• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 71
  • 57
  • 5
  • 4
  • 1
  • Tagged with
  • 139
  • 75
  • 63
  • 36
  • 34
  • 28
  • 26
  • 25
  • 22
  • 21
  • 20
  • 20
  • 19
  • 18
  • 13
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

A espetacularização do escritor

Santa, Everton Vinícius de 2016 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Literatura, Florianópolis, 2016. Made available in DSpace on 2016-09-20T04:34:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 339983.pdf: 1116299 bytes, checksum: 2222b936e35f39a019f7f2dcc7de7017 (MD5) Previous issue date: 2016 O estudo da presente tese investiga escritores contemporâneos e suas estratégias de autopromoção e autoexibição de suas imagens no cenário literário. Nesse sentido, esta pesquisa tem como principal objetivo a identificação de tais estratégias, em como elas afetam as narrativas e a recepção delas com foco na ficção contemporânea brasileira. A tese é que o escritor cada vez mais espetacularizado dá força às narrativas sobre o Eu e promovem a construção de uma imagem autoral que se dá por meio dos paratextos autorreferenciais: entrevistas, eventos literários, perfis em redes sociais, debates sobre sua própria produção, entre outros, aproximando-se de seu leitor. O corpus será constituído pelas narrativas A menina do sobrado, de Cyro dos Anjos, Cidade livre, de João Almino, O filho eterno e O espírito da prosa: uma autobiografia literária, de Cristovão Tezza. Acredito que reflexões e as narrativas aqui abordadas serão exemplos norteadores para que se possa entender o processo de espetacularização do escritor de hoje, cada vez mais mediatizado e preocupado com sua imagem, com a persona que se mostra ao público, um processo que não é exclusivo da contemporaneidade, ou seja, ele vem se modificando ao longo do tempo.
Abstract : The study of this thesis investigates contemporary writers and their self-promotion strategies and auto exhibition of their images on the literary scene. Thus, this study aims the identification of these strategies in how they affect their narratives and reception of them focusing on contemporary Brazilian fiction. The thesis is that the writer more and more spectacularized gives strength to the narratives about the self and promotes the construction of an authorial image that takes place through the self-referential paratexts: interviews, literary events, social network profiles, debates about their own production, among others, moving closer to the reader. The research corpus is constituted by the narratives A menina do sobrado, by Cyro dos Anjos, Cidade livre, by João Almino, O filho eterno and O espírito da prosa: uma autobiografia literária, by Cristovão Tezza. Therefore, I believe that the reflections and the narratives discussed here will be guiding examples to understand the writer spectacularization process even more mediatized and concerned about their public image, with the persona that present itself to the public, a process that is not unique to contemporaneity, in other words, it has been changed over time.
2

Máquinas literárias, máquinas carcerárias

Campos, Daniel Correa Felix de 2006 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Literatura Made available in DSpace on 2012-10-22T14:55:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 232071.pdf: 1106718 bytes, checksum: d425027a5befa2a4a8a07daa5b4e887e (MD5) Esta tese, cujo eixo central gira em torno do estudo de narrativas prisionais de Graciliano Ramos, Reinaldo Arenas e Jean Genet, constroem-se em dois blocos principais. O primeiro trata das narrativas como escritos-testemunhos com base na filosofia de Giorgio Agamben. Somam-se ao debate desse conceito outras noções como literatura menor, máquina literária-máquina de guerra, máquina carcerária, fluxos desejantes e a dobra memória-esquecimento, desenvolvida pelo pensamento filosófico de Gilles Deleuze e Felix Guattari, cujo aporte teórico tece trama e sustém a tese. Incorpora-se também à discussão a dobra literatura-confinamento, direcionando o ângulo da análise ao imperativo de escrever no cárcere e a angústia ante a impossibilidade de não poder satisfazê-lo, tema em que se faz uma aproximação com a psicanálise. O segundo bloco detém-se no aparato-aparelho carcerário, com atenção às engrenagens que movem a máquina carcerária no exercício do controle e da vigilância e cujo poder é confrontado e enfrentado pelo poder paralelo e pelas engrenagens desejantes da máquina literária. No entrecruzamento desses dois poderes procura-se apreender as estratégias #beligerantes# de cada lado, os estratagemas que se traduzem em linhas de fuga, camuflagens, processos de territorialização, desterritorialização e reterritorialização comandados pelo desejo/trabalho de construção clandestina de passagens desejantes-desejadas por parte dos corpos aprisionados. No que se refere ao poder carcerário destaca-se o Panóptico, solução arquitetônica para qual tudo converge. A proposta para o entendimento desses agenciamentos diversos concretizou-se, na tese, com a elaboração de uma cartografia das passagens, nesse mapeamento, pela apreensão/compreensão dos territórios das bordas, das margens e dos fluxos centrífugos e centrípetos, foi possível perceber que o que atravessa essas narrativas, isto é, o tema que as percorre, o problema central é o teorema do desejo; o desejo como força motriz produtora e provocadora de fendas, fissuras, derivas e devires que conduzem à liberdade, ainda que enjaulados os corpos em celas escuras e subterrâneas. Por fim, e como conseqüência, observa-se o incessante movimento-fluxo-fruição-gozo de escrever e a impossibilidade de não escrever. The thesis has as heading: Literary machines, jail machines: the writings of Graciliano Ramos, Reinaldo Arenas and Jean Genet. It is constructed in two main blocks: the first one on the prisoner narratives while writetestimonies searching the understanding of this concept on the basis of the philosophy of Giorgio Agamben. Other notions are added to this debate of the writing-testimonies such as; machine literary-war machine, desiring-flows and the fold memory/forgetening. For the insertion of such notion, it is concentrated on the theoretical philosophy of Deleuze and Guattari, philosophical thought that weaves, tram and support the thesis. Another subject is also incorporated to the discussion, the writing act in the confinement or the impossibility not-to write and the anguish, subject that comes close to the trails of the psychoanalysis. The second block withholds it in the jail apparatus-device, in order to deal with the existing desiring gears of this complex. It looks for apprehending the territo ries and the meetings and, more particularly, the passages desiring-desired provoked and carried through by agencies, desiring devices and becomings of the imprisoned bodies. The crossing proposed for the understanding of the passages goes trough the comprehension of the Panoptic, architectural solution of control, monitoring, discipline and torture to the desire/work of the clandestine construction of the desiring passages. This crossing described is shown by a cartography of passages. Besides that, it is important to mention that, in the composition of the blocks of the thesis occurred the insertion of other prisoner narratives, those written in the two last decades here in Brazil. This more recent constellation of narratives is weaved by the writings of: Anderson, Francisco Horácio, Luiz Alberto, Hosmany, Andres du Rap and Jocenir. Finally, there is the conclusion, which presents itself in deterritorializing flow. It is composed of three eminently rizomatic edges: the edge of conclusion-flow one, the edge of conclusion-flow two and to the edge, this one points to a third (and not last) edge. Maps, passages, desire-deserts and constellations are observed and transits in the domains of the cartography and astronomy.
3

Elizabeth Bishop and 5 brazilizn authors

Quandt, Guilherme de Oliveira 2005 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Letras/Inglês e Literatura Correspondente Made available in DSpace on 2013-07-15T23:18:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 226347.pdf: 287869 bytes, checksum: 85ac1962c0951271a11aef6d73a8a83c (MD5) This is an intertextual reading of texts by Elizabeth Bishop and texts by Carlos Drummond de Andrade, João Cabral de Melo Neto, Manuel Bandeira, Vinicius de Moraes, and Clarice Lispector, based on Mikhail M. Bakhtin's notion that juxtaposing texts may establish semantic dialogues between them, even if they are not apparently related. The first chapter shows that in some poems by Bishop and Drummond, encounters of the narrator with animals and paupers represent the act of becoming increasingly aware of the world and of the limits of one's own perception; then the first chapter moves to Bishop's translation of Cabral's poem "Morte e Vida Severina" and to her own ballad "The Burglar of Babylon," analyzing how these works are related in theme-the life of poor migrants-and how they differ. The second chapter deals with the perception of intimacy and private life in some texts by Bishop, Bandeira, Vinicius, and Clarice, showing that in the selected poems by Vinicius and Bandeira intimacy is associated to loneliness, while in Bishop and Clarice the presence of other people is taken in consideration but intimacy itself seems frail and unstable. Esta é uma leitura intertextual de textos de Elizabeth Bishop e de textos de Carlos Drummond de Andrade, João Cabral de Melo Neto, Manuel Bandeira, Vinicius de Moraes e Clarice Lispector, baseado na idéia de Mikhail M. Bakhtin segundo a qual a justaposição de textos aparentemente sem relação uns com os outros pode estabelecer diálogos semânticos entre eles. O primeiro capítulo mostra que em determinados poemas de Bishop e Drummond, encontros do narrador com animais e com pobres representa uma evolução de sua percepção sobre o mundo e sobre os limites de sua própria consciência; em seguida o primeiro capítulo passa à tradução de Bishop para o poema "Morte e Vida Severina" de Cabral e à balada "The Burglar of Babylon", analisando como essas obras se relacionam quanto ao assunto (a vida de imigrantes miseráveis) e como diferem. O segundo capítulo trata do tema da intimidade em textos de Bishop, Bandeira, Vinicius e Clarice, apontando que os poemas selecionados de Vinicius e Bandeira mostram intimidade associada à solidão, ao passo que nos textos de Bishop e Clarice as demais pessoas são levadas em conta, mas a intimidade em si parece frágil e instável.
4

Millôr Fernandes : análise do estilo de um escritor sem estilo através de suas fabulosas fábulas

Coleone, Eduardo. 2008 (has links)
Orientador: Maria de Lourdes Ortiz Gandini Baldan Mestre
5

El tránsito del ensueño a la tragedia: investigación biográfica sobre la escritora María Carolina Geel

Jiménez Morales, Carolina Elena 2000 (has links)
Memoria para optar al título de Periodista El autor no autoriza el acceso a texto completo de su documento “Amar y desaparecer : he ahí cosas aparejadas desde la eternidad. Querer amar es también estar pronto a la muerte”. Con estas palabras del filósofo alemán Federico Nietzsche, María Carolina Geel dio inicio a la primera novela que publicara en el año 1946 llamada “El Mundo dormido de Yenia”. Esta frase abre a la luz pública su obra editada, quizás de alguna manera presagiando el aciago instante que cambiaría su vida para siempre o tan sólo constatando su definición trágica del amor en que necesariamente lo eterno es imposible, por lo tanto siempre existe el riesgo o la posibilidad de que este se extinga, desaparezca o muera. En las siguientes páginas intentaré reconstruir parte de la vida de una mujer, que aunque poco conocida en el medio literario nacional, dejó huella en las letras femeninas imponiendo un sutil estilo de novela psicológica en que las descripciones realistas y costumbristas pasan a segundo plano, dejando como protagonista principal de sus temáticas el intento de desnudar el alma humana, siguiendo íntimamente el intrincado camino que los seres humanos eligen para desarrollar sus historias de vida. Como eje central de mi memoria está el asesinato que perpetró la escritora a un hombre en un conocido hotel capitalino de los años ‘50, por que al hecho se le ha conocido como “El Crimen del Crillón”. Se buscará atar cabos de las causas y consecuencias de este suceso y rearmar aquel período de su vida mediante los diarios de la época y testimonios de gente que de alguna manera la conoció o fue contemporáneo a la escritora.
6

A formação do ídolo

Souza, Marcelo Mendes de 25 October 2012 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Literatura, Florianópolis, 2010 Made available in DSpace on 2012-10-25T07:06:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 279954.pdf: 1159906 bytes, checksum: 7cd1618e2961e6075cd34dad2b17b463 (MD5) Esta tese propõe uma leitura comparativa entre O Momento Literário, livro de entrevistas feitas por João do Rio, e A Vida Literária no Brasil 1900, de Brito Broca; dois livros citados na historiografia literária por seu valor informativo no que diz respeito à vida literária brasileira do 1900, mas raramente incorporados a esta historiografia. Partindo da descrição de João do Rio do autor como ídolo, esta leitura pretende compor um panorama da literatura brasileira na virada do século XIX para o século XX baseada nas modas literárias, nas palavras de Brito Broca, e nas relações interpessoais dentro da esfera intelectual e letrada do 1900 brasileiro. Em outras palavras, diferente do estabelecimento de escolas literárias e cânones, típicos da historiografia tradicional, que se baseia na figura do autor canônico, esta tese analisa a constituição de uma história literária interpessoal, que molda, em suas repetições, em seus esquemas, e em seus princípios de classificação, assim como nas práticas dos agentes deste campo, a figura do autor como ídolo. A hipótese é que a figura do autor como ídolo é constituída dentro deste panorama momentâneo, principalmente através da mídia, separado do campo institucional ao qual os autores e intelectuais reunidos nos livros de João do Rio e Brito Broca tradicionalmente pertencem. Esta passagem do autor para o ídolo, nesta tese, será analisada principalmente na polarização entre dois autores: Machado de Assis e Olavo Bilac.
7

Literatura e engajamento na trajetória da Associação Brasileira de Escritores (1942-1958) Literature and engagement in the trajectory of the Associação Brasileira de Escritores (1942-1958).

Felipe Victor Lima 8 December 2015 (has links)
Esta tese tem por objetivo analisar a curta trajetória da Associação Brasileira de Escritores, entre 1943 e 1958, a partir de dois aspectos fundamentais: a definição de uma função social dos intelectuais, bem como a defesa dos direitos autorais dos homens e mulheres de letras do país. Tais elementos, conforme se pôde observar, serviram, ora como pontos de encontro dos interesses dos diferentes grupos que compunham a entidade, ora como causas do distanciamento entre os mesmos. Neste sentido, e com base na leitura de memórias, biografias e de um extenso material produzido pela imprensa do período, foi possível determinar, ao menos, quatro momentos no histórico da A.B.D.E.: desde a aproximação de liberais, socialistas, católicos e comunistas em torno da luta comum contra o nazifascismo, o Estado Novo e as péssimas condições econômicas em que se encontravam boa parte dos escritores; passando pela crise decorrente das disputas partidárias e da Guerra Fria, pós 1945; a violenta divisão da associação, em abril de 1949; até, finalmente, o seu aparelhamento pelo PCB, tornando-a uma espécie de porta-voz das diretrizes culturais do partido. Dessa maneira, a pesquisa visa demonstrar que, se em seus anos iniciais, a A.B.D.E. procurava ser um espaço donde os intelectuais brasileiros poderiam agir de forma autônoma distante da intervenção do Estado, das disputas ideológico-partidárias e das pressões do mercado editorial; posteriormente, em razão dos conflitos políticos resultantes do fim da Segunda Guerra e da queda de Getúlio Vargas, a diversidade de pontos de vista existente da agremiação acabou levando esse projeto de autonomia ao fracasso. This thesis aims to analyze the short history of the Associação Brasileira de Escritores, between 1943 and 1958, from two main aspects: the definition of a \"social function\" of intellectuals, as well as the protection of copyrights of the Brazilian writers. Such elements, as it could be observed, served either as meeting points of interests of the different groups that made up the organization, either as causes of the separation between them. Thus, and based on the reading of memoirs, biographies and an extensive material produced by the press of the period, it was possible to determine at least four moments in ABDEs history: since the approach of liberals, socialists, Catholics and communists around the common fight against Nazi-fascism, the Estado Novo and the poor economic conditions in which they found most of the writers; passing by the crisis arising from the partisan bickering and the Cold War, post 1945; the violent division of the association, in April 1949; until, finally, his \"rigging\" by the PCB, making it a sort of spokesman of cultural party guidelines. Thus, the research aims to demonstrate that, in its early years, the ABDE tried to be a space where Brazilian intellectuals could act \"autonomous\" way - away from State intervention, the ideological and partisan disputes and the pressures of publishing; later, due to the political conflicts resulting from the end of World War II and the fall of Getúlio Vargas, the diversity of points of view inside of the association eventually led this project of \"autonomy\" to failure.
8

Victorio Alfieri y el teatro clásico argentino

Borzoni, Alzina R. 1933 (has links)
No description available.
9

Manuel Puig: recepción e inserción en el campo intelectual

Romero, Julia 2005 (has links)
No description available.
10

Escrituras de lo real: César Aira y Arturo Carrera

Fernández, Nancy P. 2005 (has links) (PDF)
El trabajo no realiza un estudio comparatístico sino que explora las relaciones móviles y productivas entre dos poéticas que son afines y son producto de dos autores importantes en la literatura argentina contemporánea. De esta manera, los conceptos de vanguardia y tradición nos permiten dar un marco para examinar el estatuto experimental de estas escrituras a través de motivos como el viaje, la experiencia subjetiva del espacio, del tiempo y la cultura.

Page generated in 0.0888 seconds