• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 44
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • Tagged with
  • 44
  • 44
  • 36
  • 14
  • 9
  • 8
  • 7
  • 7
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Preferência de monogenéticos por microhabitat branquial em jundiá Rhamdia quelen sob condições de laboratório

Debortoli, Jully Anne January 2013 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2013. / Made available in DSpace on 2013-12-05T23:49:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 321480.pdf: 474485 bytes, checksum: 740a5ce5064047e1a848613752299430 (MD5) Previous issue date: 2013
2

Marcação química de jundiás Rhamdia quelen com alizarina vermelha

Sá, Ana Rosa Sant'anna de January 2014 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Gradução em Aquicultura, Florianópolis, 2014. / Made available in DSpace on 2015-02-05T20:44:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 327924.pdf: 1008903 bytes, checksum: 8520e3b6f9e5c041343ceac1fa80efe0 (MD5) Previous issue date: 2014 / Desde a construção dos primeiros empreendimentos hidrelétricos grandes esforços têm sido empregados na tentativa de mitigar os impactos e manejar a ictiofauna. Ao desenvolver ações de repovoamento é necessário fazer uma avaliação destas atividades através de monitoramentos contínuos. Um pré-requisito fundamental antes de qualquer avaliação eficaz do sucesso das ações de estocagem é uma identificação confiável dos peixes introduzidos. A aplicação de marcas químicas é considerada uma técnica de grande potencial para monitoramento de estocagens, pois permite marcar grandes lotes de peixes nos variados estágios de vida. Diversos protocolos têm sido utilizados para a marcação química. A introdução do marcador pode ser feita através de injeção, ingestão alimentar e banho de imersão. O objetivo deste estudo foi definir os procedimentos de marcação química com Alizarina Vermelha para o jundiá Rhamdia quelen. Foram testadas três concentrações de Alizarina Vermelha (30mg/L, 60mg/L e, 90mg/L) com tempo de imersão de 18 horas (banho longo), sendo divididos em dois grupos: a) com prévia indução osmótica salina, quando os peixes foram mantidos em solução a 30ppt de NaCl durante 10 minutos e imediatamente submetidos ao banho com o marcador; b) sem indução osmótica, quando os peixes foram diretamente submetidos ao banho com o marcador, e três concentrações de Alizarina Vermelha (90mg/L, 300mg/L e 700mg/L) com tempo de imersão de 10 minutos (banho curto), todos com prévia indução osmótica salina (solução aquosa de NaCl a 30ppt) durante 10 minutos. Todos os tratamentos apresentaram a marcação química após uma semana, sendo os melhores resultados obtidos nos tratamentos de 90mg/L com choque osmótico (banho longo) e o tratamento de 300mg/L realizado em banho curto. Na reavaliação das marcas, feita após três meses do banho imersão no marcador químico foi possível notar que todos os tratamentos continham marcas visíveis, tendo melhores resultados nos tratamentos submetidos ao choque osmótico, que apresentaram marcas mais intensas. A indução osmótica antes do banho de imersão no marcador químico Alizarina Vermelha resultou em uma maior intensidade nas marcações. A Alizarina Vermelha foi verificada com eficácia como marcador químico em banhos de imersão para jundiá Rhamdia quelen.
3

Indução à triploidia no Jundiá (Rhamdia quelen, QUOY

Huergo, Giuliano Palemão Carlos Maia January 2004 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-graduação em Aquicultura / Made available in DSpace on 2012-10-22T05:47:17Z (GMT). No. of bitstreams: 0 / O Jundiá Rhamdia quelen, é considerado um peixe com grande potencial para a piscicultura nas regiões sudeste e sul do Brasil. Para essa espécie, a maturação sexual precoce dos machos exerce uma influência negativa na taxa de crescimento. Desta forma a possibilidade de uso de jundiás triplóides estéreis torna-se uma opção interessante na piscicultura. O presente estudo avaliou o efeito do choque de pressão na produção de larvas triplóides do jundiá, e o rendimento dessas ao final do período de absorção da reserva vitelina. Ovos recém fertilizados foram submetidos à 7 tratamentos definidos pela interação entre diferentes intensidades de pressão (4000, 5000 e 6000 psi), tempos após a fertilização (2, 5 e 8 minutos) e duração dos choques (2, 5 e 8 minutos), realizados em duas datas distintas (testes 1 e 2). Foram avaliadas as taxas de fertilização, deformação embrionária, eclosão, sobrevivência e rendimento larval. Os tratamentos com maior tempo de duração e intensidade de pressão apresentaram menores taxas de fertilização, eclosão e maiores freqüências de embriões deformados. Um resultado oposto foi observado nos tratamentos com choques de menor duração e intensidade de pressão. O primeiro teste obteve melhores resultados para as taxas de triploidia, sobrevivência e rendimento larval, quando comparados aos resultados do segundo teste, possivelmente pela influencia da temperatura durante a aplicação dos tratamentos e qualidade dos gametas utilizados. A exposição por 5 minutos a uma pressão de 5000 psi aplicada aos 2 ou 5 minutos após a fertilização foi suficiente para induzir 100% de triploidia em R. quelen, apresentando, respectivamente, 29,1 e 20,5% de rendimento larval ao fim do período de alimentação endógena.
4

Caracterização genética do jundiá (Rhamdia quelen) por meio do DNA barcode e marcadores microssatélites

Scaranto, Bianca Maria Soares January 2017 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2017. / Made available in DSpace on 2017-08-01T04:14:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 348099.pdf: 1717751 bytes, checksum: e8cafbaea19e3eb1d9c5165e35f481e4 (MD5) Previous issue date: 2017 / O gênero Rhamdia é composto por espécies morfologicamente semelhantes e com ampla distribuição geográfica. O jundiá Rhamdia quelen destaca-se entre elas, com grande participação na piscicultura do Sul do Brasil. A despeito de sua relevância para o cultivo, a identificação atualmente é incerta, e comercialização é feita normalmente pela denominação jundiá. A caracterização genética através do DNA barcode e de marcadores microssatélites é de grande importância para o crescimento da piscicultura continental. O presente estudo teve como objetivo utilizar o gene COI para investigar o número de unidades taxonômicas operacionais moleculares (MOTUs), definir o ótimo threshold (OT) a partir do conjunto de dados analisados, e determinar a diversidade e a estrutura genética através de marcadores microssatélites. Para análise do gene COI foram utilizadas 85 indivíduos oriundos de cultivos comerciais de Santa Catarina (SC), Paraná (PR) e Rio Grande do Sul (RS), selvagens do rio Uruguai além de sequências referência do BOLD. Três MOTUs foram definidas a partir do OT (1,73%). O número de clados obtidos pela árvore NJK2P corroborou com o número de MOTUs obtidas. As análises dos marcadores microssatélites foram realizadas com 90 indivíduos de jundiá de cultivos comerciais e selvagens do sul do Brasil. As análises de estrutura genética populacional suportam existência de três unidades genéticas distintas, sendo uma formada por indivíduos provenientes de cultivos dos estados de SC e PR, outra de indivíduos oriundos do rio Uruguai, e uma terceira de indivíduos de cultivo oriundas do RS. A análise bayesiana indicou que alguns indivíduos analisados representam o resultado cruzamentos entre indivíduos de distintas unidades genéticas. Os resultados indicaram que R. quelen é formada por diferentes MOTUs, sugerem que ocorre intercâmbio de indivíduos correspondentes às distintas unidades moleculares dos diferentes locais de cultivo analisados e alta diversidade genética. Os marcadores moleculares utilizados neste estudo se mostraram eficientes para definição de grupos genéticos, o que possibilita que os cultivos analisados a partir dos resultados obtidos neste estudo comecem a desenvolver programas de melhoramento genético. Este trabalho sugere que não sejam feitos programas de repovoamentos com peixes oriundos de cultivos comerciais.<br> / Abstract : The Rhamdia genus is composed by morphologically similar species with wide geographic distribution. The Rhamdia quelen jundiá stands out with a great participation in fish-farm of the South of Brazil. Despite its relevance for cultivation, currently the identification is uncertain, and its commercialization is usually done just by the denomination jundiá. The genetic characterization through DNA barcode and microsatellite markers has great importance for the growth of continental fish farming. The aim of the present study was to use the Mitochondrial Cytochrome Oxidase I (COI) gene to investigate the number of molecular operational taxonomic units (MOTUs), to define the optimal threshold (OT) from the analyzed data set and to determine the diversity and the genetic structure through microsatellite markers. In order to analyze the COI gene 85 individuals were used in this study coming from commercial cultivation from states of Santa Catarina (SC), Paraná (PR) and Rio Grande do Sul (RS), savages from Uruguai river. Three MOTUs were defined from OT of 1,73%. The number of clades obtained by NJK2P tree has corroborated with the number of obtained MOTUs. The analyses of the microsatellite markers were realized with 90 individuals of jundiás from commercial cultivation and wild from the south of Brazil. The analyses of population genetic structure support the existence of three distinct genetic units, one from individuals from SC and PR cultivation, another from Uruguai river and a third composed by individuals coming from RS. The bayesian analysis has indicated that some analyzed individuals represent the result of the crossing of individuals from distinct genetic units. The results indicated that R. quelem is formed by different MOTUs and suggest that occurs an interchange of individuals coming from distinct molecular units belong to different analyzed cultivation sites and high genetic diversity. The molecular markers used in this study has proved to be efficient for definition of genetic groups, and this enables that analyzed cultures from the obtained results in this study start to develop genetic breeding programs. This paper suggests that restocking programs with fishes coming from commercial cultivations does not be done.
5

Relação energia|proteína em dietas práticas para juvenis de jundiá (Rhamdia quelen): digestibilidade e desempenho

Freitas, Luiz Eduardo Lima de January 2015 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2015. / Made available in DSpace on 2016-10-19T13:21:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 340613.pdf: 1486631 bytes, checksum: e54be906578e663ab10e08e337ba1e56 (MD5) Previous issue date: 2015 / Foram determinados os coeficientes de digestibilidade aparente (CDA) dos aminoácidos essenciais, proteína, energia e matéria seca das farinhas de resíduo do processamento de salmão (FRS), de vísceras de aves (FVA), de carne e ossos e de penas hidrolisadas, além do concentrado proteico (CPS) e farelo de soja e glútens de milho e trigo para juvenis de jundiá, Rhamdia quelen (peso médio: 160 g). A dieta referência e as dietas teste (compostas por 69,9% da dieta referência, 30% de um dos ingredientes teste e 0,1% de óxido de ítrio) foram ofertadas (10 e 16 h) aos peixes e as coletas das fezes foram realizadas a cada 5 h (23, 4 e 9 h), após sedimentação em tubos coletores. Os resultados dos CDA?s mostraram que o jundiá aproveitou melhor os ingredientes vegetais frente aos animais. Entre os ingredientes avaliados, destaca-se o CPS, a FVA e a FRS, que além de serem bem digeridos, atenderam adequadamente às exigências em aminoácidos essenciais do jundiá. A partir dos valores de nutrientes digestíveis desses ingredientes, foram formuladas cinco dietas contendo diferentes relações de energia digestível:proteína digestível (ED:PD = 12, 11, 10, 9 e 8 kcal/g), as quais foram empregadas na avaliação do desempenho de jundiás com peso médio de 31 g. Cada dieta foi fornecida até a saciedade aparente a três grupos de 25 peixes às 9 e 16 h por 75 dias, sendo os mesmos submetidos a biometrias quinzenais. A sobrevivência foi de 100% em todos os tratamentos e as análises de regressão mostraram que as diferentes ED:PD afetaram (P<0,05) todas as variáveis de desempenho zootécnico e econômico, assim como a deposição de gordura corporal e o índice hepatossomático. As dietas contendo 12 e 8 kcal/g proporcionaram desempenho inferior, enquanto as dietas com ED:PD entre 9 e 11 kcal/g favoreceram maior ganho em peso diário (GPD), as melhores taxas de retenção proteica (TRP) e conversão alimentar (CA), proporcionando menores custos de alimentação (CMA) e acúmulo de gordura corporal. Com base no GPD e CA, a melhor ED:PD foi estimada em 9,08 kcal/g (38,28% e 3437,5 kcal/g) e 9,58 kcal/g (36,07% e 3125 kcal/g), respectivamente. Já as ED:PD ótimas para TRP e CMA foram 10,34 kcal/g (32,29% e 3229 kcal/g) e 10,4 kcal/g (33,38% e 3200 kcal/g), respectivamente.<br> / Abstract : Apparent digestibility coefficients (CDA) for essential amino acids, protein, energy and dry matter of salmon fishmeal (FRS), poultry byproduct meal (FVA), meat and bone meal, poultry feather meal hydrolyzed feathers, soybean protein concentrate (CPS), soybean meal, corn gluten meal and wheat gluten meal were evaluated for juvenile jundiá, Rhamdia quelen (185 g, average body weight). A reference diet and seven test diets (comprised of 69.9% reference diet, 30% test ingredient, and 0.1% yttrium oxide) were fed to fish at 10 and 16 h. Following tank cleaning, feces were collected by sedimentation, every 5 h (23, 4 and 9 h). Our CDA results showed that jundiá valued plant over animal ingredients. Among the assessed ingredients, CPS, FVA and FRS showed to be well digested and able to meet fish?s essential amino acid requirements. Subsequently, five diets were formulated, considering the digestible values of these ingredients, to have different energy to protein ratios (ED:PD = 12; 11; 10; 9 and 8 kcal/g), and were fed to jundiá (31 g average weight). Each diet, were fed twice daily (9 and 16 h) to three groups of 25 fish, during 75 days. Fish weight was evaluated every 15 days. Survival rates was 100% for all diet groups and regression analysis showed that the different dietary ED:PD ratios affected (p<0.05) all performance and economic variables, as well as the deposition of body fat. Diets containing 12 and 8 kcal/g yielded poorer performances, whereas diets containing ED:PD from 9 to 11 kcal/g favored weight gain (GPD), protein retention rates (TRP) and feed conversion (CA), also allowing for better feeding costs and less body fat buildup. Considering the variables GPD and CA, the best dietary ED:PD was estimated to be 9.08 kcal/g (38.28% and 3437.5 kcal/g) and 9.58 kcal/g (36,07% and 3125 kcal/g), respectively. However, when pondering on TRP and CMA, optimal dietary ED:PD was 10.34 kcal/g (32.29% and 3229 kcal/g) and 10.4 kcal/g (33.38% and 3200 kcal/g), respectively.
6

Caracterização do sêmen de neomachos de Rhamdia quelen

Rocha, Vanessa Martins da January 2017 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2017. / Made available in DSpace on 2018-02-06T03:14:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 351582.pdf: 1141244 bytes, checksum: b9d644efe245788c93763e71cfb5788e (MD5) Previous issue date: 2017 / O objetivo deste estudo foi caracterizar a qualidade do sêmen de neomachos de jundiá, Rhamdia quelen, através de parâmetros qualitativos e quantitativos. O sêmen foi coletado e caracterizado por meio do volume e concentração do sêmen, motilidade, morfologia e integridade dos espermatozoides, espermatócrito e taxa de fertilização e posteriormente comparado ao sêmen de machos genotípicos utilizando análise estatística. Na coleta realizada em setembro/2016, neomachos apresentaram qualidade do sêmen similar à de machos genotípicos, mas apresentaram espermatozoides com menor porcentagem de células (p < 0,05) com morfologia normal (69,0 ± 10,0%) e menos viáveis a fertilização (47,6 ± 20,5). Em abril/2017 os parâmetros avaliados pelo sêmen de um único neomacho foram similares ao sêmen de machos genotípicos. Na coleta realizada em junho/2017 foi observada menor qualidade do sêmen de neomachos, acentuando as diferenças entre os grupos avaliados. Diferenças encontradas no sêmen indicaram que o tratamento hormonal usado para a inversão do sexo afetou a qualidade dos espermatozoides. No entanto, neomachos de Rhamdia quelen apresentaram liberação do sêmen e foram capazes de realizar a fecundação dos ovócitos e gerar descendentes. / Abstract : The objective of this study was to characterize the semen quality of jundiá neomales, Rhamdia quelen, through qualitative and quantitative parameters. Semen was collected and characterized by the volume and concentration of semen, motility, morphology and sperm integrity, spermatocrit and fertilization rate and later compared to semen of genotypic males using statistical analysis. In the sampling made in September/2016, neomales presented semen quality similar to that of genotypic males, but presented spermatozoa with a lower percentage of cells (p < 0.05) with normal morphology (69.0 ± 10.0%) and less viable fertilization (47.6 ± 20.5). In April/2017 the parameters evaluated by the semen one single neomale were similar to the semen of genotyping males. In the sampling carried out in June/2017, lower semen quality of neomales was observed, accentuating the differences between the evaluated groups. Differences in semen indicated that the hormonal treatment used for sex inversion affected sperm quality. However, neomales of Rhamdia quelen presented release of the semen and were able to perform fertilization of the oocytes and generate offspring.
7

Efeito da temperatura da água de fertilização e incubação na determinação da proporção sexual do jundiá, Rhamdia quelen

Longo, Ricardo da Silva January 2008 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Aquicultura. / Made available in DSpace on 2012-10-24T06:13:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 262652.pdf: 187141 bytes, checksum: 28dcf56fd3fa662842898c6b0d6b9a91 (MD5) / O presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito da temperatura da água de fertilização e de incubação na determinação da proporção sexual do jundiá, Rhamdia quelen. Para tanto foram utilizadas três temperaturas de água de fertilização de ovos (19, 25 e 30°C), e para cada uma delas os ovos foram incubados nas temperaturas de 19, 25 e 30°C. O aumento da temperatura reduziu a taxa de fertilização de Rhamdia quelen, enquanto o número final de indivíduos foi reduzido quando a menor temperatura de incubação foi utilizada. As temperaturas de fertilização ou incubação testadas não alteram a proporção entre os sexos.
8

Avaliação do cultivo de jundiás Rhamdia quelen triplóides

Fukushima, Hirla Costa Silva 24 October 2012 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Gradução em Aquicultura. / Made available in DSpace on 2012-10-24T14:31:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 275617.pdf: 339304 bytes, checksum: e480325f9972091eddd16cd11dcecc93 (MD5) / O jundiá Rhamdia quelen possui grande potencial econômico para a indústria da aquicultura brasileira. Entretanto, seu cultivo ainda apresenta alguns entraves, como a maturação sexual precoce e o crescimento heterogêneo. A triploidia é uma técnica de manipulação cromossômica que tem como principal objetivo gerar esterilidade nos peixes. Esta técnica tem sido amplamente empregada em diversas espécies de peixes de interesse comercial, como carpas, bagres, tilápias e salmonídeos. Contudo, existem diferenças fisiológicas e comportamentais entre peixes com diferentes ploidias. O objetivo deste estudo foi investigar o efeito da triploidia na fisiologia hematológica e no desempenho de juvenis de jundiá. O estudo foi realizado no Laboratório de Biologia e Cultivo de Peixes de Água Doce (LAPAD) e no no Núcleo de Estudos em Patologia Aqüícola, (NEPAQ), ambos pertencentes à Universidade Federal de Santa Catarina. Para realização deste estudo foram realizados dois experimentos: 1) Parâmetros hematológicos de jundiá Rhamdia quelen: comparação entre juvenis diplóides e triplóides; 2) Comparação do desempenho de larvas diplóides e triplóides de jundiá Rhamdia quelen submetidas a diferentes densidades de estocagem. Na avaliação hematológica comparativa entre jundiás diplóides e triploides, os resultados demonstraram que a triploidia aumentou significativamente (P<0,01) todos os índices morfométricos mensurados nos eritrócitos, incluindo comprimento, largura e volume. Além disso, como esperado, a triploidia ainda alterou numericamente (P<0,01) a quantidade de eritrócitos circulantes no sangue periférico do jundiá. Por outro lado, os efeitos da triploidia não ficaram evidentes (P>0,05) quando consideradas as contagens totais de leucócitos e trombócitos. Na contagem diferencial dos eritrócitos, os linfócitos foram as células predominantes nos indivíduos diplóides (62.5%), enquanto que nos triplóides foram os monócitos (49.6%). Além disso, os indivíduos triplóides apresentaram quantidade de neutrófilos circulantes (35.2±21.9%) significativamente superior (P<0,01) aos diplóides (2.93±5.3%). Essas diferenças hematológicas podem promover um desempenho distinto entre as ploidias de jundiá, sendo recomendados estudos para avaliar o efeito dessas diferenças desempenho do jundiá triplóide em condições de cultivo. No segundo estudo, o desempenho no crescimento e na sobrevivência de diplóides e triplóides de jundiá R. quelen foram avaliados sob seis diferentes densidades de estocagem (10, 60, 110, 160 210 e 260 larvas/litro) durante o cultivo em sistema de larvicultura intensiva. A média de sobrevivência dos animais ao final do período experimental foi 12.4±3.3% para os tratamentos diplóides e 27.1±4.3% para os tratamentos triplóides (P<0,01), por outro lado, a mesma não foi afetada pelas densidades de estocagem (P>0,05) em ambas ploidias. O ganho em comprimento não foi afetado pelas ploidias e pelas densidades de estocagem (P>0,05). O crescimento em peso das larvas diplóides foi maior do que o observado para os jundiás triplóides (P<0,05). Embora esse crescimento diferencial possa ter sido causado pela maior mortalidade dos diplóides, reduzindo assim a densidade de estocagem. Essa hipótese é reforçada pela maior biomassa das unidades experimentais contendo jundiás triplóides (P<0,05).
9

Indução a poliploidia por choque térmico em jundiá Rhamdia quelen (Quoy e Gaimard, 1824)

Garcia, Silvano January 2014 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Gradução em Aquicultura, Florianópolis, 2014. / Made available in DSpace on 2015-04-29T21:04:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 332967.pdf: 1047868 bytes, checksum: e3d1c1e8d2c4c68e5711ba914c825a92 (MD5) Previous issue date: 2014 / O jundiá (Rhamdia quelen) é um bagre nativo da América do Sul que possui grande potencial para a aquicultura devido a sua rusticidade, rápido crescimento, tolerância à variação de temperatura e facilidade de reprodução. No entanto, pelo fato do macho atingir a maturidade sexual prematuramente, grande parte da energia fornecida por meio do alimento é direcionada para o desenvolvimento de suas gônadas e comportamento reprodutivo, favorecendo um declínio na sua taxa de crescimento corporal. A indução à poliploidia, feita por meio de choque químico, térmico ou de pressão hidrostática é uma das técnicas que vem sendo atualmente estudada para prevenir tais efeitos indesejados e favorecer a esterilidade gonadal. O presente estudo avaliou a eficiência do choque térmico duplo (calor e frio em sequência) na triploidização e tetraplodização de jundiá Rhamdia quelen com vistas à sua utilização em atividades de cultivo. Para induzir a triploidia, ovos aos 3 mpf (minutos pós fertilização) foram submetidos a choque térmico quente às temperaturas de 37, 39 e 41 °C por 2 minutos e, logo em seguida, submetidos a choque frio à 1 °C por 20 min. Houve mortalidade total dos ovos submetidos ao tratamento à 41°C. A porcentagem de triploides, confirmada por citometria de fluxo, foi de 98,5% à 37 °C e 100% à 39 °C, enquanto que a taxa de eclosão foi de 64,6 ± 36,81% (controle), 24,4 ± 15,49% (37°C) e 0,6 ± 0,07% (39°C). Para induzir a tetraploidia, o experimento consistiu em submeter ovos de Rhamdia quelen recém fertilizados (10, 15, 20, 25, 30 e 35 mpf) a choque térmico quente (39 ± 0,2 ºC) durante 3 minutos, seguido por choque térmico frio (1,0 ± 0,1 ºC) durante 30 minutos. A taxa de fertilização do tratamento controle foi de 87,83%, e de 23,4% 28,5%, 30,4%, 20,0%, 30,3%, 36,7%, para os tratamentos 10, 15, 20, 25, 30, 35 mpf, respectivamente. Larvas tetraploides foram encontradas somente nos grupos submetidos ao choque aos tratamentos 15 e 20 mpf (três e duas larvas, respectivamente). Os resultados indicam que é possível a obtenção de um lote homogêneo de larvas triploides por choque térmico quente e frio em sequência. Apesar disso, a nocividade do tratamento necessário é muito grande, resultando na sobrevivência inferior a 1%. Alternativamente, a técnica de tetraploidização de jundiá por choque térmico duplo é viável, abrindo oportunidades para aperfeiçoar essa técnica para a produção de larvas em larga escala.
10

Imunização com Ichthyophthirius multifiliis (Fouquet, 1876) em jundiá Rhamdia quelen (Quoy &amp; Gaimard, 1824): efeitos na sobrevivência, respostas hemato-imunológica, bioquímica e histopatológica

Tancredo, Karen Roberta January 2015 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura, Florianópolis, 2015. / Made available in DSpace on 2015-05-26T04:07:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 333787.pdf: 922745 bytes, checksum: 81e3d3b4adf89b42bdb8a0a2862fd0e4 (MD5) Previous issue date: 2015 / O jundiá (Rhamdia quelen) representa importante fonte de renda para os produtores de peixes no sul do Brasil. No entanto, uma das causas mais importantes de perdas econômicas é a ocorrência do parasito Icthyophthirius multifiliis na fase de alevinagem. Uma alternativa para o controle do parasito é a utilização de vacina, por meio de imunização, que pode ser feita por meio de injeção intraperitoneal (i.p.) com terontes vivos ou por banhos de imersão. Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito da imunização com terontes vivos e sua influência na sobrevivência, resposta hemato-imunológica e histopatológica em jundiá. Foram realizados dois ensaios, imunização via i.p. (ensaio I) e imunização via banho de imersão (ensaio II). Os peixes foram divididos em controle; não imunizado e desafiado com 12.000 terontes/peixe; não imunizado e desafiado com 22.000 terontes/peixe; imunizado e desafiado com 12.000 terontes/peixe; imunizado e desafiado com 22.000 terontes/peixe. Nos peixes do ensaio I o número de trombócitos, leucócitos, linfócitos, neutrófilos e monócitos foram maiores 20 dias após imunização e menores nos peixes após o desafio. Os valores de imunoglobulina total foram maiores nos peixes não imunizados. Os níveis de catalase no fígado dos peixes no ensaio II foram maiores (1.738,47 U/mgprt) após 14 dias do que após 21 dias (1.114,26 U/mgprt) de imunização. Os resultados mostraram que novos parâmetros como proteínas totais, imunoglobulinas e enzimas antioxidantes podem ser utilizados para avaliar a resposta do hospedeiro à infecção. As alterações histológicas nos peixes foram consideradas leves e de ocorrência eventual, com exceção do fígado que apresentou significativa atrofia e hipertrofia de hepatócitos após imunização via i.p. O desenvolvimento de uma vacina eficiente contra o protozoário desperta grande interesse e se constitui em importante ferramenta para piscicultura sustentável.

Page generated in 0.0485 seconds