• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 57
  • 5
  • 2
  • Tagged with
  • 65
  • 30
  • 26
  • 24
  • 24
  • 22
  • 13
  • 9
  • 9
  • 9
  • 8
  • 7
  • 7
  • 7
  • 7
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Ecologia de uma população de contomastix lacertoides (squamata: teiidae) em restinga arbustivo/arbórea no sul de Santa Catariana

Souza, Karolina Schimitt January 2017 (has links)
Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC, como requisito parcial para a obtenção do título de Mestre em Ciências Ambientais. / Contomastix lacertoides é um teiídeo de hábitos diurnos que ocorre em ambientes de campo e restinga no sul do Brasil. No presente estudo, foram analisados dados da ecologia da espécie em um ambiente de restinga arbustivo-arbórea, em Jaguaruna, sul de Santa Catarina, contemplando três dimensões de nicho: temporal, espacial e trófico e investigamos a influência de fatores ambientais locais na ecologia da espécie. O estudo ocorreu entre julho de 2015 e setembro de 2016, com amostragens mensais realizadas durante quatro a cinco dias consecutivos. As coletas de dados sobre a atividade da espécie foram realizadas com busca ativa, enquanto dados sobre a dieta foram obtidos através de exemplares capturados manualmente ou com uso de armadilhas de queda (pitfall traps with drift fence) e coleta de presas disponíveis no ambiente. Contomastix lacertoides esteve ativo ao longo de todo ano, não diferindo sazonalmente. A espécie foi influenciada mais fortemente pela radiação do que pela temperatura. O uso de micro-hábitats diferiu entre espécimes juvenis e adultos, onde adultos utilizaram o folhiço no bordo das moitas de vegetação com frequência superior aos outros micro-hábitats, enquanto juvenis utilizaram a areia nua com maior frequência do que adultos. A dieta da espécie foi composta principalmente por aranhas. A frequência, importância e volume dos itens consumidos diferiu entre juvenis e adultos e entre as estações. Não houve correlação entre a dieta e a frequência ou abundância dos recursos alimentares disponíveis no ambiente. No entanto, a dieta da espécie esteve positivamente correlacionada com a massa das presas disponíveis. A espécie apresentou dimorfismo sexual no tamanho e espécimes maiores apresentaram maiores tamanhos de cauda. A atividade anual da espécie, o uso de micro-hábitat e a composição da dieta registradas diferem parcialmente da literatura, sugerindo que estes aspectos estão sujeitos a variações locais dos recursos térmicos, espaciais e tróficos disponíveis no ambiente.
2

História natural e aspectos ecológicos de Coleodactylus meridionalis (Boulenger, 1888) em um fragmento de Mata Atlântica, Pernambuco, Nordeste, Brasil

OLIVEIRA, Camila Nascimento de 29 July 2016 (has links)
Submitted by Pedro Barros (pedro.silvabarros@ufpe.br) on 2018-08-21T18:10:45Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) DISSERTAÇÃO Camila Nascimento de Oliveira.pdf: 2975451 bytes, checksum: 02202fcc2f4f775aaab44adac2c0f18f (MD5) / Approved for entry into archive by Alice Araujo (alice.caraujo@ufpe.br) on 2018-08-21T20:39:18Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) DISSERTAÇÃO Camila Nascimento de Oliveira.pdf: 2975451 bytes, checksum: 02202fcc2f4f775aaab44adac2c0f18f (MD5) / Made available in DSpace on 2018-08-21T20:39:18Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) DISSERTAÇÃO Camila Nascimento de Oliveira.pdf: 2975451 bytes, checksum: 02202fcc2f4f775aaab44adac2c0f18f (MD5) Previous issue date: 2016-07-29 / CNPq / UFPE / A história natural de uma espécie representa a adaptação atual e histórica de uma linhagem, e carrega fortes evidências da evolução e ecologia do grupo, permitindo identificar as complexas interações inter e intraespecíficas que afetam a dinâmica das populações. Coleodactylus meridionalis é uma pequena espécie de lagarto terrícola, de ampla distribuição geográfica, foi aqui utilizada como modelo para se descrever diversos aspectos de sua história natural em um fragmento de Mata Atlântica. Mais precisamente, foram avaliados a sua dieta, o uso do habitat e microhabitat, o comportamento de defesa, a presença de dimorfismo sexual, a reprodução e a infecção por endoparasitas. As coletas dos dados ocorreram entre agosto de 2014 e julho de 2015, com duração de sete dias em cada mês, no Campo de Instrução Marechal Newton Cavalcante (CIMNC), Pernambuco, Brasil. Para a amostragem foram utilizados 25 conjuntos de armadilhas de interceptação e queda em “Y”, e busca ativa limitada por tempo. Foram registrados 394 espécimes de C. meridionalis, destes, 285tiveram o microhabitat registrado, ocupando preferencialmente a serrapilheira (90,52%; N= 258). A dieta foi composta por 22 categorias de presas, com maior volume e frequência para Isopoda e maior número para Psocoptera. Foram registrados seis comportamentos de defesa para C. meridionalis: esconder-se (55,34%), imobilidade (18,18%), fuga (17,79%), descarga cloacal (2,37%), fuga por saltos (1,97%) e autotomia caudal (4,35%). A taxa de perda da cauda foi 46,7%, incluindo espécimes com cauda autotomizada e/ou regenerada, o que pode indicar uma considerável pressão de predação. Machos e fêmeas apresentaram dimorfismo sexual, com fêmeas maiores (comprimento rostro-cloacal), e com maior comprimento da cauda e altura da cabeça em relação aos machos. C. meridionalis apresentou ninhada fixa (apenas um ovo), com média de 1,09±0,29 considerando ovos e folículos vitelogênicos, e reprodução contínua, com múltiplas ninhadas durante o ano. Foram encontradas duas espécies de parasitos, uma larva de Acanthocephala (Cistacanto) (prevalência de 13% e intensidade média de infecção de1,5±0,74) e um Trematoda (Digenea: Brachycoeliidae) (1,9% de prevalência e intensidade emédia de 3±1,9). Estes foram os primeiros registros de parasitas para C. meridionalis, tanto como hospedeiro paratênico de cistacanto, como hospedeiro definitivo de Brachycoeliidae. / Natural history data may provide insights on adaptations of a lineage, allowing the identification of complex inter- and intraspecific interactions that affect population dynamics. Coleodactylus meridionalis is a small terrestrial lizard, widely distributed. Here, we describe various aspects of its natural history from an Atlantic Forest fragment. Specifically, we analyzed diet, habitat and micro-habitat use, defensive behavior, sexual dimorphism, reproduction, and endoparasite infection rate. We collected data from August 2014 to July 2015 during seven days each month in the Campo de Instrução Marechal Newton Cavalcante (CIMNC), Pernambuco, northeastern Brazil. We sampled lizards using 25 pitfall traps “Y” and time-limited active search. We found 394 specimens of C. meridionalis, which occurred mostly on leaf litter (90.52%; N = 258). They ingested 22 prey categories, of which Isopoda had largest volume and frequency and Psocoptera the highest number of prey. Lizards exhibited at least six defensive behaviors, namely: hide, immobility, escape, cloacal discharge, jumping escape, and caudal autoctomy in decreasing order of occurrence. Tail loss rate was 46.7%, including specimens with autotomized either/or regenerated tail, suggesting considerable predation pressure. The species showed sexual dimorphism, with females having larger body, tail length, and head height than males. The species laid only one egg, with mean= 1.09 ± 0.29 considering both eggs and vitellogenic follicles. It showed continuous reproductive activity. We found two parasite species: an Acanthocephala larva (Cystacanth) with prevalence = 13% and mean intensity of infection = 1.5 ± 0.74 and Trematoda (Digenea: Brachycoeliidae) with prevalence = 1.9% and mean intensity of infection = 3 ± 1.9). These were the first parasite records for C. meridionalis, both as paratenic host of cystacanth and definitive host of Brachycoeliidae.
3

Aspectos autecológicos relevantes para la conservación de Phymaturus flagellifer (Reptilia, Tropiduridae) en la Reserva Nacional Altos del Lircay, Región del Maule

Araya Díaz, Sergio January 2007 (has links)
Memoria para optar al título profesional de: Ingeniero en Recursos Naturales Renovables
4

Aspectos ecológicos de Mabuya arajara Rebouças-Spieker, 1981 (Squamata, scincidae) na encosta da chapada do Araripe, Nordeste do Brasil

RIBEIRO, Samuel Cardozo 31 January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T15:07:11Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo3013_1.pdf: 1219172 bytes, checksum: ae6c2e373f35392b79a2f980e36c3c9b (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2011 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Mabuya arajara (Scincidae) é um lagarto encontrado em alguns Brejos-de-altitude do estado do Ceará, escassamente estudado quanto a aspectos de sua biologia e ecologia. Nesse estudo avaliamos o período de atividade, o uso do hábitat, a ecologia térmica, a dieta, a reprodução e os parasitas pulmonares associados ao lagarto em um ambiente de Mata-úmida da Chapada do Araripe, Ceará, Brasil, entre os meses de Setembro de 2009 e Julho de 2010. Foram capturados 131 lagartos para análise dos dados. Os lagartos se encontraram ativo durante todo período diurno, principalmente, nas horas mais quentes do dia (11:00-12:00hs), apresentando um padrão unimodal de atividade. M. arajara utilizou primariamente a faixa de transição entre floresta densa e áreas abertas (73,8%), podendo ser classificada como uma espécie que habita tipicamente a borda ou clareiras da floresta densa, utilizando sítios que podem receber iluminação solar. Os animais apresentaram temperatura corpórea média de 32,06 ± 2,72°C, significativamente superior às temperaturas do ar e do substrato, indicando uma termoregulação ativa. O principal microhábitat utilizado foi palhas de palmeiras caídas (Arecaceae) (47,7%), que quando amontoadas se apresentaram como sítios estruturalmente complexos, ideais para realização das atividades diária dos lagartos, inclusive como abrigo. A dieta foi composta principalmente por artrópodes, predominantemente cupins, tanto em número (93,5%) como volume (58,55%), para ambos os sexos. M arajara apresentou ninhadas com dois a nove indivíduos (4,87 ± 1,70; N=49), as fêmeas maiores tenderam a apresentar ninhadas maiores. O período de recrutamento foi entre os meses de Outubro e Dezembro. Os pulmões de M. arajara estavam infectados apenas pelo Pentastomida Raillietiella mottae (prevalência 1,6%), representando um novo hospedeiro para este parasita
5

Efeitos da variação sazonal sobre o metabolismo intermediário e o status oxidativo de Tropidurus catalanensis (Squamata, Tropiduridae)

Oliveira, Maiara Rodriguez de January 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-30T14:07:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000467666-Texto+Completo-0.pdf: 1009580 bytes, checksum: fdf4a9b22505abde150b877e386a5b96 (MD5) Previous issue date: 2015 / During the cycle of life of organisms, the food intake is crucial to maintenance and anticipation of biological events. One of the major events in terms of metabolic costs is reproduction. Indicators of oxidative status may become important tools in conservation biology, in order to evaluate survival and reproduction expectations on organisms, as well as to elucidate the effects of anthropic impacts among populations in their natural environment. Tropidurus catalanensis it is a dark-colored and medium size lizard that can be found in rocky outcrops, and has a day-light habit and territorial behavior. It´s reproductive period goes to September from January, with males defending its harem and females tend to be more sedentary. The objective of the present study was to analyze seasonal variations of the intermediate metabolism, body index and biomarkers of the oxidative status of males and females from a population of Tropidurus catalanensis from Pampa biome, which occurs in Argentina, Brazil and Uruguay. The study was developed in a farm located in the city of Alegrete, RS. The study lasted one year, and it was collected 73 animals by active search and manual capture. It was measured the snout-vent-length (SVL), the body weight and it was taken blood samples by cardiac puncture with heparinized syringes. It was analyzed total proteins, uric acid, glucose, total lipids, triglycerides, total cholesterol and VLDL cholesterol of the blood plasma. On the liver, it was analyzed the levels of total proteins, glycogen, total lipids and triglycerides. On the liver, kidneys and muscle tissue from the lizard´s tale it was analyzes the levels of lipid peroxidation (TBARS) and the activities of the following antioxidant enzymes: superoxide dismutase (SOD), catalase (CAT) and glutathione S-transferase (GST). It was also measured the hepatosomatic and gonadosomatic index, as well as the abdominal fat. The present results indicate that this lizard has a clear pattern of seasonal variation on its metabolism, its oxidative stress biomarkers and its body indexes. The winter period seems to induce a hypometabolic state mainly in males, and the reproductive period seems to be the biological event that requires the largest energetic demands, especially in females. These costs caused by reproduction may increase the vulnerability of the species to any environmental disturbance. Thus, the present study can be considered important on the description and understanding of the effects of the seasonality on the intermediate metabolism and oxidative status of free-living lizards, providing resources for the conservation of herpetofauna. / Ao longo do ciclo de vida dos organismos, a entrada de nutrientes se faz necessária para a manutenção e antecipação de eventos biológicos. Um dos eventos com maiores custos para o metabolismo é a reprodução. Marcadores do status oxidativo podem tornar-se ferramentas importantes na biologia da conservação para avaliar expectativas de sobrevivência e reprodução nos organismos, bem como elucidar os efeitos de impactos antrópicos em populações em ambiente natural. Tropidurus catalanensis é um lagarto encontrado em afloramentos de rocha, de porte médio e cor escura, com hábito diurno e comportamento territorialista. O período reprodutivo inicia-se em setembro e se encerra em janeiro, onde machos defendem seus haréns e fêmeas tornam-se residentes. O objetivo do presente estudo foi analisar as flutuações sazonais do metabolismo intermediário, de índices corporais e marcadores do status oxidativo de machos e fêmeas de uma população de Tropidurus catalanensis, que habita os campos do Pampa, bioma que abrange os países Argentina, Brasil e Uruguai. O estudo foi desenvolvido em uma área localizada em Alegrete, RS. Foram coletados 73 animais ao longo de um ano, através de busca ativa e captura manual. Houve o levantamento do comprimento rostro-cloacal (CRC), da massa corporal e foram retiradas amostras de sangue através de punção cardíaca com o auxílio de seringas heparinizadas. No plasma foram analisados os níveis de proteínas totais, ácido úrico, glicose, lipídeos totais, triglicerídeos, colesterol total e colesterol VLDL. No fígado foram analisados os níveis de proteínas totais, glicogênio, lipídeos totais e triglicerídeos. Nos tecidos hepático, renal e porção do músculo caudal foram analisados os níveis de lipoperoxidação (TBARS) e a atividade das enzimas antioxidantes superóxido dismutase (SOD), catalase (CAT) e glutationa S-transferase (GST). Também foram levantados os índices hepatossomático, gonadossomático e de gordura abdominal. Os resultados obtidos revelam que este sáurio apresenta um claro padrão de variação sazonal em seu metabolismo, dos marcadores de estresse oxidativo e nos índices corporais. Os meses de inverno parecem levar a um estado de hipometabolismo principalmente em machos, assim como o período reprodutivo parece ser o evento biológico que exige maior demanda energética, principalmente para as fêmeas. Estes custos ocasionados pela reprodução podem tornar a espécie mais vulnerável a alterações em seu meio ambiente. Sendo assim, o presente trabalho pode ser considerado importante na descrição e entendimento dos efeitos da sazonalidade no metabolismo intermediário e no status oxidativo de lagartos de vida livre, dando subsídios para a conservação da herpetofauna.
6

Citogenômica comparativa de lagartos da família Teiidae da Amazônia

Carvalho, Natalia Dayane Moura 13 October 2015 (has links)
Submitted by Dominick Jesus (dominickdejesus@hotmail.com) on 2016-01-06T19:28:43Z No. of bitstreams: 2 Tese_Natalia Dayane Moura Carvalho.pdf: 6463489 bytes, checksum: 97adced66113479245624ef1a4a4624c (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-01-06T19:28:43Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Tese_Natalia Dayane Moura Carvalho.pdf: 6463489 bytes, checksum: 97adced66113479245624ef1a4a4624c (MD5) license_rdf: 23148 bytes, checksum: 9da0b6dfac957114c6a7714714b86306 (MD5) Previous issue date: 2015-10-13 / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - FAPEAM / Macroteiids Neotropical lizards Teiidae family. Classical cytogenetic approaches in this group revealed karyotype variation with diploid numbers ranging 34-52 chromosomes, as well as differences in the distribution patterns of heterochromatin and composition thereof. However, the physical chromosomal mapping of repetitive DNA and comparative analysis of these elements is incipient fundamental to the understanding of the dynamics, organization and carioevolution this group of lizards. In that sense, this study mapped different classes of sequences of repetitive DNA, such as 5S rDNA, telomeric sequences, genes of tropomyosin 1 and retrotransposons Rex 1 and SINE and repetitive fraction Cot1-DNA in chromosomes of five species of Ameiva ameiva, Cnemidophorus sp.1, Kentropyx calcarata, Kentropyx pelviceps and Tupinambis teguixin. The mapping of repetitive sequences revealed a distinct pattern in Cnemidophorus sp.1, while the remaining species showed all sequences associated with each other in the heterochromatic region. The chromosomal physical mapping of tropomyosin 1 gene was first performed in lizards and revealed that in addition to being functional, has a structural function similar to the other mapped repetitive elements (rDNA 5S, telomeric sequences, retrotransposons Rex 1 and SINE) being located preferably in the centromeric regions of chromosomes and terminals. The FISH Cot1-DNA isolated from both Ameiva ameiva much Cnemidophorus sp.1 showed that these sequences are mainly located in the regions heterochromatic centromeric and telomeric chromosome of Ameiva ameiva, Kentropyx calcarata, Kentropyx pelviceps and Tupinambis teguixin. In Cnemidophorus sp.1 the Cot1-DNA probe isolated from Ameiva ameiva had multiple interstitial markings on chromosomes, while the mapping Cot1-DNA isolated from the species itself marked centromeric regions of some chromosomes, highlighting the centromeric differential composition in this species. The cloning and sequencing oh the repetitive fraction showed that different microsatellites, transposons, retrotransposons and some gene families also make up the fraction of moderately and highly repetitive DNA in the species teídeos. The results of this study demonstrated that different classes of repetitive DNA are part of the genome of Ameiva ameiva, Cnemidophorus sp.1, Kentropyx calcarata, Kentropyx pelviceps and Tupinambis teguixin, being interspersed heterochromatin and differences in the composition of this repetitive fraction between teideos are evident. These sequences plays an important role in the functional and structural organization of the centromere and telomere these species. / Macroteídeos são lagartos Neotropicais da família Teiidae, a qual apresenta variação cariotípica quanto ao número diploide e diferenças nos padrões de distribuição da heterocromatina. Contudo, o mapeamento físico cromossômico de DNAs repetitivos bem como análises comparativas destes elementos são incipientes no grupo, sendo fundamentais para o entendimento da dinâmica, organização e a carioevolução destes lagartos. Diante disto, o presente estudo isolou e mapeou diferentes classes de sequências de DNAs repetitivos, tais como fração repetitiva Cot1-DNA, DNAr 5S, sequências teloméricas, genes da tropomiosina 1 e os retroelementos Rex 1 e SINE em cromossomos mitóticos de cinco espécies de teídeos amazônicos: Ameiva ameiva, Cnemidophorus sp.1, Kentropyx calcarata, Kentropyx pelviceps e Tupinambis teguixin. O mapeamento das sequências repetitivas revelou um padrão diferenciado em Cnemidophorus sp.1, enquanto que as demais espécies apresentaram todas as sequências associadas entre si na região heterocromática. O mapeamento físico cromossômico do gene da tropomiosina 1 foi realizado pela primeira vez em lagartos e revelou que, além de ser funcional, este possui função estrutural semelhante aos demais elementos repetitivos mapeados, estando localizados preferencialmente nas regiões centroméricas e terminais dos cromossomos. A FISH com Cot1-DNA isoladas tanto de Ameiva ameiva quanto de Cnemidophorus sp.1 evidenciou que estas sequências estão localizadas principalmente nas regiões heterocromáticas centroméricas e teloméricas dos cromossomos de Ameiva ameiva, Kentropyx calcarata, Kentropyx pelviceps e Tupinambis teguixin. Em Cnemidophorus sp.1 a sonda de Cot1-DNA isolada de Ameiva ameiva apresentou múltiplas marcações intersticiais nos cromossomos, enquanto que o mapeamento do Cot1-DNA isolado da própria espécie marcou regiões centroméricas de alguns cromossomos, ressaltando a composição centromérica diferencial nesta espécie. A clonagem e o sequenciamento do Cot1-DNA evidenciou que diferentes microssatélites, transposons, retrotransposons e algumas famílias gênicas também compõe a fração de DNA moderada e altamente repetitiva nas espécies de teídeos. Assim, os resultados obtidos neste estudo demonstraram que diversas classes de DNAs repetitivos fazem parte do genoma das espécies analisadas, estando estes intercalados e alocados na heterocromatina, especialmente em regiões centroméricas e teloméricas, indicando que estes desempenham papel importante na organização funcional e estrutural.
7

Distribución potencial y ámbito de hogar del lagarto gruñidor del volcán (Pristidactylus volcanensis)

Carrasco Alfaro, Ignacio January 2018 (has links)
Memoria para optar al titulo de Geógrafo
8

Ecologia t?rmica e tr?fica de popula??o de Phyllopezus periosus Rodrigues, 1986 (Squamata, Phyllodactylidae) em ?rea protegida na Caatinga

Palmeira, Cristiane Nikely Silva 17 April 2017 (has links)
Submitted by Automa??o e Estat?stica (sst@bczm.ufrn.br) on 2017-07-04T11:53:11Z No. of bitstreams: 1 CristianeNikelySilvaPalmeira_DISSERT.pdf: 2490218 bytes, checksum: 22c80c02ea8594490ac6e43c595615ac (MD5) / Approved for entry into archive by Arlan Eloi Leite Silva (eloihistoriador@yahoo.com.br) on 2017-07-11T11:53:01Z (GMT) No. of bitstreams: 1 CristianeNikelySilvaPalmeira_DISSERT.pdf: 2490218 bytes, checksum: 22c80c02ea8594490ac6e43c595615ac (MD5) / Made available in DSpace on 2017-07-11T11:53:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1 CristianeNikelySilvaPalmeira_DISSERT.pdf: 2490218 bytes, checksum: 22c80c02ea8594490ac6e43c595615ac (MD5) Previous issue date: 2017-04-17 / Coordena??o de Aperfei?oamento de Pessoal de N?vel Superior (CAPES) / Dentre as fam?lias de lagartos que habitam o semi?rido brasileiro, destaca-se Phyllodactylidae, e nesta, em especial o g?nero Phyllopezus, com as esp?cies P. pollicaris e P. periosus. A primeira possui distribui??o ampla na Caatinga e em outras forma??es abertas brasileiras, enquanto que P. periosus ? end?mica e com distribui??o restrita a algumas ?reas de Caatinga. Diante destes fatos, este estudo teve como objetivos registrar e analisar a ecologia t?rmica, dieta e modo de forrageamento de P. periosus, na tentativa de identificar fatores que possam influenciar a aparente distribui??o relictual desta esp?cie na Caatinga. Foram realizadas duas excurs?es nos meses de julho e outubro de 2015, com dura??o de dez dias cada ? Esta??o Ecol?gica do Serid? (ESEC Serid?), Unidade de Conserva??o da Caatinga no Estado do Rio Grande do Norte. Foram coletados 45 esp?cimes de P. periosus para os quais foram mensuradas a temperatura corporal do lagarto e as temperaturas ambientais (substrato e ar); todos os esp?cimes foram soltos em seguida. Para an?lise da dieta e comportamento alimentar foi utilizada a t?cnica de regurgita??o for?ada do alimento, al?m de grava??es das descri??es observadas sobre a atividade de forrageamento dos lagartos. Phyllopezus periosus utilizou como h?bitat, principalmente, os afloramentos rochosos com fendas, apresentou h?bito noturno com tend?ncia bimodal, e picos de atividades das 18:00 ?s 20:59 h e de 01:00 at? as 04:59 h. N?o houve diferen?a significativa na temperatura corporal entre machos e f?meas, por?m os juvenis apresentaram temperatura do corpo mais elevada que os adultos. A temperatura m?dia corporal de 28,5 ? 2,1?C foi influenciada pelas temperaturas das vari?veis analisadas, por?m apresentou maior rela??o com a temperatura do substrato, demonstrando que esta esp?cie ? tigmot?rmica. Quanto ? dieta, nos 31 est?magos com conte?do foram identificadas 107 presas pertencentes a 19 categorias de itens alimentares. Houve diferen?a na composi??o da dieta entre esp?cimes adultos e juvenis, mas n?o entre os sexos. Os indiv?duos observados passaram em m?dia 1,72 ? 1,94% do tempo em movimento (PTM) e apresentaram cerca de 0,37 ? 0,32 movimento por minuto (MPM), indicando modo de forrageamento do tipo senta-e-espera ou ?de espreita?. A predomin?ncia de cerca de 91% dos lagartos no uso do habitat ?grandes afloramentos rochosos com fendas profundas? pode constituir um dos fatores que contribuem para a distribui??o relictual de P. periosus. / Among the families of lizards that inhabit the Brazilian semiarid, Phyllodactylidae stands out, and in this, especially the genus Phyllopezus, with the species P. pollicaris and P. periosus. The first one has a wide distribution in the Caatinga and in other open Brazilian formations, while P. periosus is endemic and with restricted distribution to some Caatinga areas. Given these facts, this study aimed to record and analyze the thermal ecology, diet and mode of foraging behavior of P. periosus, in an attempt to identify factors that may influence the apparent relictual distribution of this species in the Caatinga. Two excursions were carried out in the months of July and October de 2015, with a duration of ten days each, to the Serid? Ecological Station (ESEC Serid?), Caatinga Conservation Unit in the State of Rio Grande do Norte. Forty-five specimens of P. periosus were collected for which the body temperature of the lizard and the environmental temperatures (substrate and air) were measured; all specimens were then released. For each specimen of P. periosus collected were measured the body temperature of the lizard and the environmental temperatures (substrate and air). For the analysis of the diet and feeding behavior was used the technique of forced regurgitation of the food, as well as recordings of the descriptions observed on the foraging activity of the lizards. Phyllopezus periosus used as habitat rocky outcrops with crevices, presented a nocturnal habit with a bimodal tendency, with peaks from 18:00 to 20:59 h and from 01:00 to 04:59 h. There was no significant difference in body temperature between males and females, but juveniles had higher body temperature than adults. The mean body temperature of 28.5 ? 2.1 ?C was influenced by the temperatures of the analyzed variables, but showed a higher relation with the temperature of the substrate, demonstrating that this species is tigmothermic. In the diet, of the 31 stomachs with content, 107 prey belonging to 19 categories of food items were identified. There was a difference in diet composition between adult and juvenile specimens, but not between the sexes. The observed individuals spent on average 1.72 ? 1.94% of the time in movement (PTM) and presented about 0.37 ? 0.32 movements per minute (MPM), indicating the mode of foraging of the type sit-and-wait or ?lurking?. The predominance of about 91% of lizards in habitat use "large rocky outcrops with deep cracks" may be one of the contributing factors for the relictual distribution of P. periosus.
9

Biologia reprodutiva de cercosaura schreibersii (Wiegmann, 1834) (sauria: gymnophthalmidae) no sul do Brasil

Diehl, Luciana Schramm January 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:12:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000392745-Texto+Completo-0.pdf: 1078134 bytes, checksum: 63f9e93c876928aeceb6fdaca8d989bb (MD5) Previous issue date: 2007 / The reproductive biology of Cercosaura schreibersii was studied on 80 animals captured at the Centro de Pesquisas e Conservação da Natureza Pró-Mata (29°28’ S, 50°10’ W), São Francisco de Paula, Rio Grande do Sul, Brazil. Animals are deposited at Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS. The female reproductive cycle was clearly seasonal, with reproductive period beginning in October and ending in January. Females with eggs or follicles larger than 1. 5 mm were considered as reproductive. Minimum size at maturity for females was 34. 7 mm of SVL (snout-vent length). The simultaneous presence of eggs and enlarged follicles suggested that females lay multiple clutches in the same breeding season. Males showed no evidence of seasonal cycles in testis size, and all males were mature, with convoluted epididymides except captive born young animals. The smallest mature male had 21 mm SVL. Sexual dimorphism was evident from counting femoral pores. Females presented from two to six femoral pores, and males presented six to ten pores. Through the analysis of morphometrical power functions, significant differences were detected between males and females in 10 of 13 adjusted regressions. A multiple logistic regression model was also adjusted from the residuals of coupled (male plus females) morphometric regressions. The model was able to correctly identify 34 among 37 females (92% correct) and 38 among 43 males (88% correct). / No presente trabalho foi estudada a biologia reprodutiva de Cercosaura schreibersii, a partir de 80 exemplares provenientes do Centro de Pesquisas e Conservação da Natureza Pró-Mata (29°28’ S, 50°10’ W), São Francisco de Paula, Rio Grande do Sul, Brasil. Os animais analisados encontram-se depositados no Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS. Observou-se um caráter claramente sazonal no ciclo reprodutivo das fêmeas, estendendo-se de outubro a janeiro. Considerou-se como reprodutiva toda fêmea com ovos ou folículos vitelogênicos de comprimento maior ou igual a 1,5 mm. A menor fêmea reprodutiva encontrada na amostra possuía comprimento rostro-cloacal de 34,7 mm. A presença simultânea de folículos vitelogênicos e ovos na mesma fêmea sugeriu a existência de mais de uma desova por período reprodutivo. Os machos não apresentaram qualquer padrão sazonal de variação do comprimento testicular, sendo que todos os animais, à exceção de animais recém-eclodidos em cativeiro, apresentaram epidídimo enovelado. O menor macho maduro possuiu 21 mm de CRC. Através da contagem de poros femorais foi identificada a existência de dimorfismo sexual, sendo que fêmeas apresentaram um número total de poros femorais entre dois e seis, enquanto em machos observou-se de seis a dez poros. Para a análise de dimorfismo sexual também foram ajustadas funções potência, relacionando diversas medidas morfométricas, identificando-se diferenças significativas entre os sexos em dez dentre as 13 regressões ajustadas. Como abordagem complementar para a diferenciação sexual, ajustou-se um modelo de regressão múltipla logística, o qual foi capaz de identificar o sexo dos exemplares com margem de acerto de 92% (34 dentre 37 animais) para fêmeas e 88% para machos (38 dentre 43 animais).
10

Efeito do reflorestamento de restingas sobre taxocenose de lagartos

Falcão, Ana Cecília Guedes Pereira 27 February 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-17T14:55:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 arquivototal.pdf: 2854727 bytes, checksum: 47ab31d2ee19fcc6dc2bcd2cafe714cb (MD5) Previous issue date: 2009-02-27 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES / Habitat loss caused by human occupation and land use has been reducing preserved areas to small and isolated fragments. For a proper management of populations, studies on fauna and flora of primary areas and in successional environment are necessary. In this work, the effect of the reforestation on a soil using lizard assemblage was analyzed in a sandy coastal plain area in northeast of Brazil, during a two year sampling (oct/2006 to may/2008). Samplings were conducted in four reforesting areas 3, 5, 9, and 17 years, and in a control area, in which there was no vegetation removal, with 3 sampling points each, called parcels A, B and C. A line of drift-fences pitfall traps was positioned in each parcel. A total of 768 lizards was collected, representing 13 species of nine families. Richness was similar amongst reforested and control areas, nevertheless, diversity was higher in the latter; on the other hand, individual abundance was higher in the reforested localities. The species composition of lizards differed among reforested and control areas, with differences in dominance and exclusivity of species of each area. The control locality showed higher equitability in the distribution of abundance among species, differently of reforested areas, where there was a predominance of lizards of one or two species. In the control area, two exclusive species were found: Enyalius bibronii e Kentropyx calcarata. On the other hand, both species Cnemidophorus ocellifer e Mabuya heathi were recorded in all reforested areas and absent in the control. / A perda de hábitats pela ocupação urbana e uso da terra vem reduzindo áreas preservadas a pequenos e isolados fragmentos. Para um manejo adequado das populações são necessários estudos da fauna e flora das áreas primárias e em ambientes sucessionais. Nesse trabalho foi avaliado o efeito do reflorestamento sobre uma taxocenose de lagartos que utiliza o solo, em uma área de restinga do nordeste do Brasil em Mataraca, Paraíba, durante dois anos de coleta (10/2006 a 05/2008). As coletas foram realizadas em 4 áreas de reflorestamento de 3, 5, 9 e 17 anos, e em uma área controle, onde não houve retirada da vegetação, com 3 parcelas de amostragem em cada, totalizando 15 pontos de coleta, nos quais foram instaladas linhas com 10 armadilhas de queda com cercas direcionadas. Foi capturado um total de 786 lagartos de 13 espécies classificadas em nove famílias. A riqueza estimada e a diversidade foram maiores na área controle; já a abundância total de indivíduos foi maior nas áreas reflorestadas. A área controle apresentou uma distribuição de abundância mais equitativa entre as espécies, diferente das áreas reflorestadas onde existe a predominância de uma ou duas espécies. A composição das espécies de lagartos difere entre as áreas reflorestadas e a área controle, com diferenças na dominância de espécies e espécies exclusivas de cada área: na área controle foram encontradas 2 espécies exclusivas: Enyalius bibronii e Kentropyx calcarata e nas áreas de reflorestamento, foram encontradas as espécies Cnemidophorus ocellifer e Mabuya heathi em todas as áreas de reflorestamento e ambas ausentes na área controle.

Page generated in 0.0469 seconds