• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 143
  • 15
  • 15
  • 15
  • 15
  • 13
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 143
  • 37
  • 34
  • 30
  • 22
  • 19
  • 19
  • 17
  • 17
  • 16
  • 15
  • 15
  • 13
  • 12
  • 12
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Expressão heteróloga, purificação e análise da imunoreatividade do alérgeno antígeno 5 do veneno de Polybia paulista (Hymenoptera, Vespidae) /

Bazon, Murilo Luiz. January 2017 (has links)
Orientador: Márcia Regina Brochetto Braga / Banca: Patricia Ucelli Simioni / Banca: Patricia Pasquali Parise Maltempi / Resumo: A vespa social Polybia paulista é muito agressiva e abundante nos Estados de São Paulo e Sul de Minas Gerais e, responsável por muitos acidentes de importância médica. Os principais alérgenos (Fosfolipase, Hialuronidase e Antígeno 5) de seu veneno já foram caracterizados por estudos proteômicos porém, os estudos em nível molecular estão em andamento pelo nosso grupo. O Antígeno 5 (Ag 5) (~23 kDa) tem sido relatado, em alguns venenos de vespas, como um dos mais abundantes e importantes alérgenos, com elevada prevalência de ligação a IgE (em Vespula vulgaris e em Polistes versicolor) enquanto que em outros, como uma molécula hipoalergênica (em Polybia scutellaris). No Brasil, ainda não existem extratos alergênicos ou componentes padronizados para o tratamento e diagnóstico de alergia ao veneno de Hymenoptera. Neste trabalho, o Ag 5 de P. paulista foi clonado, sequenciado, expresso utilizando a levedura Pichia pastoris X-33, purificado e analisado mediante a imunodetecção por IgE. Os maiores níveis de expressão da proteína recombinante rPoly p 5 foram obtidos em meio BMMY, a 28ºC após 120 horas de indução com metanol. O alérgeno recombinante (rPoly p 5), obtido no meio extracelular, foi purificado por cromatografia de afinidade em resina de Ni+2 e posteriormente por exclusão molecular em coluna de Sephadex-G 100 acoplada a um sistema AKTA-FPLC, com um rendimento de 158 μg/mL. Em paralelo, o Ag 5 nativo (nPoly p 5) foi extraído de glândulas de veneno de P. paulista e purificado a... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The social wasp Polybia paulista is very aggressive and abundant in the states of São Paulo and South of Minas Gerais, responsible for many accidents of medical importance. The major allergens (Phospholipase, Hyaluronidase and Antigen 5) of its venom have already been characterized by proteomic studies. However, studies at the molecular level are in progress by our group. Antigen 5 (Ag 5) (~ 23 kDa) has been reported in some wasp venoms as one of the most abundant and important allergens with a high prevalence of IgE binding (in Vespula vulgaris and in Polistes versicolor), while in others as a hypoallergenic molecule (in Polybia scutellaris). In Brazil, there are no standardized allergenic extracts or components for treatment and diagnosis of allergy to Hymenoptera venoms. In this work, Ag 5 from P. paulista was cloned, sequenced, expressed using the Pichia pastoris X-33 yeast, purified and analyzed by immunodetection by IgE. The highest levels of expression of the rPoly p 5 recombinant protein were obtained in BMMY medium at 28 ° C after 120 hours of methanol induction. The recombinant allergen (rPoly p 5) obtained in the extracellular medium was purified by Ni+2 resin affinity chromatography and subsequently by column exclusion of Sephadex-G 100 coupled to an AKTA-FPLC system with an yield of 158 μg/mL. In parallel, the native Ag 5 (nPoly p 5) from P. paulista venom glands was purified by cation exchange chromatography. Western Blotting analysis was used to evaluate the Ig... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
2

Avaliação de leveduras isoladas de áreas agrícolas como agentes no controle biológico de fitopatógenos

Rosa, Marcia Maria [UNESP] 27 October 2009 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:32:54Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2009-10-27Bitstream added on 2014-06-13T20:44:15Z : No. of bitstreams: 1 rosa_mm_dr_rcla.pdf: 4775636 bytes, checksum: 3a910249e344253877ee9051e3958b03 (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / As leveduras são microrganismos importantes em diferentes processos biotecnológicos, sendo amplamente empregadas industrialmente. Apesar de se apresentarem em grande número em ambientes naturais, como na superfície de plantas (folhas, flores e frutos) e na rizosfera, pouco é conhecido sobre sua função nestes habitats. O controle de fitopatógenos tem sido estudado como um potencial papel das leveduras, principalmente inibindo fungos que causam podridões em frutas no período pós-colheita, e controlando doenças de diversas culturas de interesse econômico no campo, pois são ótimas competidoras por nutrientes e espaço. Neste contexto, o objetivo do presente trabalho foi isolar, avaliar e caracterizar leveduras de áreas agrícolas quanto ao controle de fungos fitopatogênicos in vitro e in vivo. Foram isoladas mais de uma centena de linhagens de leveduras, as quais foram avaliadas inicialmente quanto ao antagonismo à três fungos fitopatogênicos (Colletotrichum sublineolum, Colletotrichum graminicola e Thielaviopsis paradoxa) em testes in vitro. Os isolados com comportamento antagônico foram identificados através do sequenciamento da região ITS do rDNA e por fingerprinting utilizando-se a técnica de ISSR (Inter Simple Sequence Repeats). Foram realizados testes de antagonismo em meios de cultura sólidos (pela avaliação do crescimento micelial do fitopatógeno) e líquidos (pela avaliação da germinação dos esporos fúngicos), além de experimentos in vivo em plantas de sorgo e toletes de cana-de-açúcar, verificando-se o controle das doenças antracnose e podridão abacaxi, respectivamente. Foram realizadas análises para detecção de possíveis mecanismos de ação das leveduras, como competição por nutrientes; produção de toxina killer, compostos voláteis, enzimas hidrolíticas e sideróforos, além da avaliação de possíveis danos causados pela levedura... / The yeasts are important microorganisms for different purposes in biotechnological processes and widely utilized industrially. Although in high numbers in natural environments, as plant surfaces (leaves, flowers and fruits) and rhizosphere, a little is known about their functions in the habitats. The control of phytopathogens by the yeasts has been studied, mainly inhibiting molds which cause fruit rots in the postharvesting period, and controlling diseases of economically important cultures in the field, once they are good competitors for nutrients and space. In this context, the aim here is the isolation, screening and characterization of yeasts from agricultural areas regarding their ability to control phytopathogenic molds in vitro and in vivo. More than a hundred of strains were isolated, which were initially screened for the in vitro antagonism against three phytopathogenic molds (Colletotrichum sublineolum, Colletotrichum graminicola and Thielaviopsis paradoxa). The isolates with antagonistic behavior were identified by the sequencing of ITS region in the rDNA and by fingerprinting with the ISSR (Inter Simple Sequence Repeats) technique. Antagonism tests in solid media (evaluating the mycelial growth of the phytopathogen) and liquid media (evaluating the fungal spore germination) were carried out, besides in vivo experiments with sorghum and sugar cane to verify the control of anthracnose and pineapple disease, respectively. Mechanisms of action by yeasts towards the molds were evaluated as competition for nutrients; production of killer toxin, volatile compounds, hydrolytic enzymes and siderophores. The damage caused by the yeast in the fungal hyphae was also approached. The results indicated three yeast species with good results as antagonists (Torulaspora globosa, Candida intermedia and Rhodotorula mucilaginosa). All the yeasts exhibited antagonism against the phytopathogenic... (Complete abstract click electronic access below)
3

Elaboração de sidra pelo método Champenoise utilizando leveduras livres e encapsuladas

Savi, Cássia Cristina January 2014 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, Florianópolis, 2014. / Made available in DSpace on 2015-03-18T20:58:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 332295.pdf: 1538689 bytes, checksum: c2c7f9fd7cac25037dfc2bb7e09b8394 (MD5) Previous issue date: 2014 / A produção comercial da maçã no Brasil tem pouco mais de 40 anos de tradição e ocupa a décima primeira posição mundial, com uma produção estimada de 1.395.478 toneladas no ano de 2012. A produção brasileira se concentra na Região Sul, sendo o Estado de Santa Catarina responsável por 59% da produção nacional as quais as principais variedades cultivadas são Fuji, Gala e seus clones. As maçãs desclassificadas ao consumo in natura apesar de apresentarem tamanho reduzido, formato inadequado e má distribuição de pigmentos, constituem uma matéria prima de qualidade, pois, suas características físico-químicas são idênticas às frutas selecionadas. Devido ao seu baixo valor comercial, há uma demanda para a utilização dessa matéria-prima na fabricação de produtos com maior valor agregado. Nesse contexto, a elaboração de sidra de alta qualidade é uma alternativa bastante interessante. Na Espanha a sidra é muito valorizada e quando produzida pelo método Champenoise, é protegida por Denominação de Origem de "Sidra de Astúrias". A levedura imobilizada é uma alternativa tecnológica que pode ser aplicada para facilitar a operação de "degola" das garrafas e eliminar a etapa de "remuage" reduzindo tempo e custos operacionais. O seu uso na produção de sidra é uma proposta pouco difundida no Brasil. O presente estudo propõe a elaboração de sidras de qualidade, pelo método Champenoise, a partir de maçãs industriais das variedades Joaquina, Sansa, Imperial Gala, Fred Hough, Imperatriz, Daiane, Condessa e Fuji. Os mostos das cultivares foram fermentados individualmente e, as respectivas bases divididas para comparação do uso de leveduras livres e imobilizadas (encapsuladas) na segunda fermentação. Foram realizadas análises físico-químicas dos mostos, fermentados base e das sidras. A avaliação sensorial das sidras foi realizada por uma equipe de 10 enólogos. Os resultados indicaram que as maçãs industriais são uma promissora alternativa para elaboração de um produto nobre e de qualidade superior, com destaque sensorial para sidra elaborada pela cv. Joaquina com leveduras encapsuladas. O emprego de leveduras imobilizadas, na segunda fermentação, permitiu eliminar a etapa de "remuage". Portanto, é uma proposta relevante para o desenvolvimento de estudos futuros. Enfim, este trabalho contribui para a estratégia da bioeconomia, no que se refere ao aumento sustentável da cadeia produtiva da maçã, por meio da agregação de valor a maçã destinada à industrialização.<br> / Abstract : The commercial apple production in Brazil has a just over 40 years of tradition and takes the eleventh worldwide position, with an estimated production of 1,395.478 tons in 2012. The Brazilian production is concentrated in the South region, being the State of Santa Catarina responsible for 59% of national production; the main varieties grown are Fuji, Gala and its clones. Unclassified apples to the fresh market constitute a quality raw material, because its physicochemical properties are identical to those selected fruits, although having small size, an inappropriate shape and unequal distribution of pigment. Due to its low commercial value, there is demand for using of this raw material in the manufacture of products with higher added value. In this context, the cider elaboration is a very interesting alternative. For example, in Spain, the cider is highly valued and when produced by the Champenoise method, is protected by Denomination of Origin "Asturias Cider" The immobilized yeast is a technological alternative which can be applied to facilitate the operation of "sticking" of the bottle, as well, to eliminate the step of "remuage", with consequent reduction of time and operational costs. Its use in the cider production is not a widespread proposal in Brazil. This study proposes the development of quality ciders, by Champenoise method, from industrial apples of the varieties: Joaquina, Sansa, Imperial Gala, Fred Hough, Imperatriz, Daiane, Condessa and Fuji. The musts of cultivars were fermented individually and, the respective bases were divided to compare the use of free and immobilized yeast (encapsulated) in the second fermentation. Physicochemical analysis of musts, fermented base and ciders were performed. The sensorial evaluation of ciders was conducted by a team of 10 wine experts. The results indicated that the industrial apples are a promising alternative for the elaboration of a noble product of superior quality, with emphasis on sensorial cider cv. Joaquina elaborated with the yeast encapsulated. The use of immobilized yeast in the second fermentation, allowed to eliminate the step of "remuage". Therefore, it is a relevant proposal for the development of future studies. Finally, this work contributes to the bioeconomy strategy, as regards the sustainable increase of the apple productive chain, by adding value to the by-product destined to the industrialization.
4

Bioprospecção de leveduras oleaginosas capazes de utilizar o glicerol bruto como fonte de carbono.

Siqueira, Filipe da Silva January 2015 (has links)
Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas. Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto. / Submitted by Oliveira Flávia (flavia@sisbin.ufop.br) on 2015-03-24T20:39:47Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 22190 bytes, checksum: 19e8a2b57ef43c09f4d7071d2153c97d (MD5) DISSERTAÇÃO_BioprospecçãoLevedurasOleaginosas.pdf: 1524822 bytes, checksum: edff16b7f4e7acc91d279a9b13ad296a (MD5) / Approved for entry into archive by Gracilene Carvalho (gracilene@sisbin.ufop.br) on 2015-03-25T15:49:47Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 22190 bytes, checksum: 19e8a2b57ef43c09f4d7071d2153c97d (MD5) DISSERTAÇÃO_BioprospecçãoLevedurasOleaginosas.pdf: 1524822 bytes, checksum: edff16b7f4e7acc91d279a9b13ad296a (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-25T15:49:47Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 22190 bytes, checksum: 19e8a2b57ef43c09f4d7071d2153c97d (MD5) DISSERTAÇÃO_BioprospecçãoLevedurasOleaginosas.pdf: 1524822 bytes, checksum: edff16b7f4e7acc91d279a9b13ad296a (MD5) Previous issue date: 2015 / Os biocombustíveis, bioetanol e biodiesel, estão entre as fontes de energia alternativas promissoras para reduzir a utilização dos combustíveis fósseis. O biodiesel é um éster metílico ou etílico obtido a partir da transesterificação de óleos vegetais na presença de um álcool. Esta reação gera como subproduto, o glicerol bruto (GB), que equivale a 10% de todo volume gerado. Uma alternativa para o consumo do GB é a sua utilização como fonte de carbono por micro-organismos oleaginosos. Os óleos estocados podem ser utilizados como uma fonte alternativa de óleos para produção do biodiesel. Os micro-organismos oleaginosos são capazes de acumular mais de 20% de sua biomassa em lipídeos e seus óleos apresentam estrutura química semelhante aos óleos vegetais. Portanto, o objetivo deste trabalho foi selecionar leveduras capazes de metabolizar o glicerol bruto e estocá-lo na forma de lipídeos. Sessenta e três isolados de leveduras oriundas da produção de cachaça foram avaliados quanto à capacidade de crescer na presença de GB, como única fonte de carbono, e armazená-lo na forma de lipídeos. As leveduras foram inoculadas em meio mínimo Synthetic Defined (SD) contendo 10% de GB e incubadas a 23°C, durante um período de 48 horas. No ensaio colorimétrico com Sudan Black (corante lipofílico) as culturas foram fixadas em lâminas e analisadas em microscópio óptico. Vinte e cinco cepas foram selecionadas como leveduras capazes de armazenar lipídeos. Posteriormente, estas cepas foram submetidas a ensaio quantitativo utilizando o corante fluorescente Nile Red. Para isso, foram inoculadas em meio SD com 10% de GB, incubadas a 28°C, sob agitação de 180 RPM, por 48 horas e colocadas em solução Nile Red 0,1 mg/mL por 10 minutos. Seis leveduras apresentaram o dobro da acumulação de lipídeo em comparação a Yarrowia lipolytica (controle positivo). Estas cepas foram posteriormente submetidas à caracterização dos ácidos graxos produzidos, na cromatografia gasosa-Flame Ionization Detector (CG-FID). A cepa LBCM3 apresentou o maior conteúdo lipídico dentre as selecionadas com 36,60% de lipídeos. Além disso, esta foi a única cepa capaz de produzir simultaneamente os ácidos linoléico e linolênico, lipídeos estes importantes para produção de biodiesel. A cepa LBCM17 apresentou o segundo maior conteúdo lipídico com 27,90% de lipídeos totais. As cepas LBCM95 e LBCM98 exibiram 21,90% e 2,17% de lipídeos totais, respectivamente. A LBCM1 apresentou o menor conteúdo lipidíco com 0,22% de lipídeos totais. Os resultados demonstram que as leveduras selecionadas são capazes de utilizar o GB como fonte de carbono e possuem potencial para aplicação na produção de biodiesel. As seis leveduras selecionadas na análise semi-quantitativa, segundo resultado do sequenciamento da região ITS5.8s, são Saccharomyces cerevisiae. _________________________________________________________________________ / ABSTRACT: The biofuels, bioethanol and biodiesel, are among the promising alternative energy sources to reduce the use of fossil fuels. Biodiesel is a methyl or ethyl ester obtained from the transesterification of vegetable oils in the presence of an alcohol. This reaction generates the crude glycerol (CG) as a by-product, which corresponds to 10% of all generated volume. An alternative to consumption of GB is its use as a carbon source for oleaginous microorganisms. These may be used as an alternative source of oils to produce biodiesel. The oleaginous microorganisms are able to accumulate more than 20% of their biomass into lipids and their oils present chemical structure similar to vegetable oils. Therefore, the objective of this work was to select yeast capable of metabolizing the crude glycerol and store it in the form of lipids. Sixty-three yeast strains derived from the cachaça production were evaluated for the ability to grow in the presence of GB, as the only source of carbon and store it in the form of lipids. The strains were inoculated in a minimal SD medium containing GB 10% and incubated at 23°C for a period of 48 hours. The cultures were fixed on slides and analyzed by light microscopy after colorimetric assay with Sudan Black (lipophilic dye). Twenty five strains were selected as yeasts that can store lipids. Subsequently, these strains were subjected to quantitative assay using Nile Red fluorescent dye. To this, were inoculated into Synthetic Defined (SD) medium with GB 10% were incubated at 28°C under agitation of 180 RPM for 48 hours and placed in Nile Red solution 0.1 mg/ml for 10 minutes. Six strains showed twice the accumulation of lipids in comparison to Yarrowia lipolytica (positive control).These strains subsequently underwent characterization of fatty acids produced in the gas chromatography- Flame Ionization Detector (GC-FID). The LBCM3 strain showed the highest lipid content with 36,60 % of lipids. Moreover, this was the only strain able to produce both linoleic and linolenic acids which are important lipids for biodiesel production. The LBCM17 strains exhibited the second highest lipid content with 27,90 % of total lipids. The LBCM95 strains and 98 exhibited 21,90 % and 2,17 % of total lipids respectively. The LBCM1 presented the lowest lipid content with 0,22% of total lipids. The results showed that the selected strains are able to utilize GB as a source of carbon and have potential for use in the production of biodiesel. Six yeasts selected in the semi -quantitative analysis, according to results of sequencing ITS5.8s region, are Saccharomyces cerevisiae.
5

Produção de glicerol quinase em Pichia pastoris /

Aizemberg, Raquel. January 2011 (has links)
Orientador: Edwil Aparecida de Lucca Gattás / Banca: Eleonora Cano Carmona / Banca: Rubens Monti / Resumo: A levedura Pichia pastoris vem sendo largamente utilizada como um eficiente sistema de expressão para a produção de proteínas heterólogas, pois é um sistema seguro, fácil e mais barato que sistemas de expressão de outros eucariotos. Neste trabalho, a enzima de interesse é a glicerol quinase (GK), que cataliza a transferência do fosfato terminal do ATP para o glicerol originando glicerol-3-fosfato e ADP. Esta reação pode ser utilizada na determinação da concentração de glicerol, subproduto da fermentação alcoólica. A leitura do consumo de glicerol é realizada pela determinação espectrofotométrica do NADH gerado na reação de oxido-redução catalizada pela enzima glicerol-3-fosfato desidrogenase. Este estudo de indução foi realizado em diferentes condições de crescimento da levedura Pichia pastoris. Os resultados mostraram a seleção do melhor clone da levedura Pichia pastoris para a expressão extracelular da enzima glicerol quinase, e a determinação das melhores condições do meio de cultura para a produção da enzima de interesse foram: concentração do meio de cultura BMMY (20 vezes), densidade inicial de célula (0,1 mg/mL), concentração de metanol na fase de indução (1%), natureza do tampão (fosfato de potássio), pH (6,0), suplementação de glicerol no meio BMMY (1%), peptona (marca Difco), sem adição de sulfato de amônio, caseína e glicina, uso do meio BMMY e liofilização do mesmo. Estudos de parâmetros cinéticos foram realizados e a atividade máxima da GK foi obtida em pH 9,8, a 50ºC e 2,5 μM de substrato, por metodologia clássica, além da presença de sulfato de magnésio e diluição da enzima de 30 vezes. A enzima apresentou alta estabilidade térmica ― a atividade foi completamente... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The yeast Pichia pastoris has been widely used as an efficient expression system for production of heterologous proteins because it is a safe, easy and cheaper than expression systems in other eukaryotes.In this studie, the enzyme of interest is glycerol kinase (GK), which catalizes the transfer of terminal phosphate from ATP to glycerol resulting glycerol-3-phosphate and ADP. This reaction can be used in determining the concentration of glycerol, a byproduct of fermentation. The reading of the consumption of glycerol is carried out by spectrophotometric determination of NADH generated in the redox reaction catalyzed by the enzyme glycerol-3-phosphate dehydrogenase. This study of induction was performed in different conditions of growth of the yeast Pichia pastoris. The results show that selecting the best clone of the yeast Pichia pastoris for the expression of extracellular enzyme glycerol kinase, and determining the best conditions of the culture medium for producing the enzyme of interest were: concentration of the culture medium BMMY (20 times), initial cell density (0.1 mg/mL), methanol concentration in the induction phase (1%), nature of buffer (potassium phosphate), pH (6.0), glycerol supplementation in BMMY medium (1%), peptone (Difco), without addition of ammonium sulfate, casein and glycine in BMMY and lyophilized medium. Studies of kinetic parameters were conducted and the GK maximum activity was obtained at pH 9.8 at 50°C and 2.5 μM substrate by conventional method, besides the presence of magnesium sulfate and diluting the enzyme 30 times. The enzyme showed high thermal stability - the activity was fully maintained up to 50°C for one hour - and at pH 7.0 for 7 days and kept under refrigeration, freeze-dried extract showed a decrease in enzymatic activity. Calculated by... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
6

Seleção e caracterização taxonomica de leveduras produtoras de inulinases

Santos, Miriam Teresinha dos 18 August 1997 (has links)
Orientador: Vanderlei Perez Canhos / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos / Made available in DSpace on 2018-07-22T16:28:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Santos_MiriamTeresinhados_D.pdf: 4853465 bytes, checksum: 6946889f82c0985f945cf4c90309a069 (MD5) Previous issue date: 1997 / Resumo: Com o objetivo de obter leveduras produtoras de inulinases com propriedades biotecnológicas interessantes fez-se o isolamento de leveduras a partir de suco da planta Agave e resíduos da indústria de si sal (substratos ricos em inulina). Para a seleção de linhagens tolerantes a pH baixo e altas temperaturas, utilizou-se o sistema "Microtiter Reader" automatizado para reduzir tempo, custo e mão-de-obra. A caracterização taxonômica incluiu técnicas convencionais, quimiotaxonômica e taxonomia numérica. Foram isoladas 79 leveduras a partir de 4 locais de coleta em condição seletiva (meio de cultura contendo inulina em diferentes temperaturas). A caracterização morfológica e bioquímica, junto com a determinação do tipo de coenzima-Q (quinona) foram utilizadas na identificação de 73 leveduras ascomicéticas compreendendo os estados anamórficos: 42 linhagens de Candida kefyr (estado teleomórfico Kluyveromyces marxianus); 11 linhagens de Candida lusitaniae (estado teleomórfico Clavispora lusitaniae) e 6 linhagens de Candida guilhermondii (estado teleomórfico Pichia guilhermondii); 14 isolados semelhantes à espécie Pichia strasburgensis, que não apresentaram reprodução sexuada; e 6 leveduras deuterornicéticas identificadas como pertencentes à espécie Rhodotorula rubra. Na análise por taxonomia numérica, utilizou-se 58 características fenotípicas para o cálculo da similaridade entre as leveduras (coeficientes "simple matching" e Jaccard) e foram construídos dendogramas através dos programas computacionais X e NTSYS. As leveduras foram agrupadas em sete "clusters". Três "clusters" Q6, Q7 e QIO apresentaram boa definição e incluíram 18 linhagens de Candida kefyr, 10 linhagens de Pichia strasburgensis e os 6 representantes da espécie Rhodotorula rubra, respectivamente. Um "cluster", denominado Major, apresentou-se heterogêneo reunindo linhagens das espécies C. kefyr (24), C. lusitaniae (8), C. guilhermondii (3) e Pichia strasburgensis (2) confirmando a semelhança em relação às características morfológicas e bioquímicas observada na taxonomia convencional, na ausência das características relacionadas à reprodução sexuada. A estratégia de seleção utilizada comprendeu o teste do crescimento dos isolados em meios mínimo (YNB) e complexo (YEP) acrescidos de inulina em diferentes condições de pH e temperatura. Os dados de cinética de crescimento foram comparados e foram selecionadas 20 linhagens de Candida kefyr com constante específica de crescimento (?máx)?0,50 em meio mínimo (YNB) pH 4,0 e a temperatura de 50°C. Onze linhagens apresentaram atividade enzimática superior à obtida para a cultura referência Kluyveromyces marxianus CBS 6556 no menor tempo testado (12 horas). A linhagem Candida kefyr A54a mostrou atividade inulolítica de 2,31 U a 12 horas de produção comparável à linhagem referência (2,64 U) em 18 horas de produção / Abstract: Aiming to obtain inulinase-producing yeasts with interesting biotechnological properties the isolation of yeasts from Agave juice and from sisal industry residues (substrates rich in inulin) was carried on. For the screening of low pH and high temperature tolerant strains an automated microtiter reader system was utilized to reduce time, cost and work. The taxonomic characterization was performed using conventional and chemotaxonomic and numerical approaches. Were isolated 79 yeast strains from four sampling places on selective condition (culture medium with inulin at high temperatures). The morphological and biochemical characterization together with the coenzyme-Q type determination were utilized for the identification of 73 ascomycetous yeasts in anamorph state that include: 42 strains of Candida ke.fyr (sexual state Kluyveromyces marxianus); 11 strains of Candida lusitaniae (sexual state Clavispora lusitaniae); 6 strains of Candida guilhermondii (sexual state Pichia guilhermondii) and 14 isolates analogous to Pichia strasburgensis that did not show sexual reproduction and 6 deuteromycetous yeasts identified as Rhodotorula rubra. In the numerical analysis 58 phenotypic characters were utilized to ca1culated the similarity between isolates (simple matching and Jaccard coefficients) and c1ustering using X and NTSYS softwares. The yeasts were c1ustered on seven groups. The clusters Q6, Q7 e QlO presented a good definition and grouped 18 strains of C. ke.fyr, 10 strains of P. strasburgensis-lik.e and 6 strains of Rhodotorula rubra, respectively. One c1uster, defined Major, formed an heterogeneous group, c1ustering strains of C. ke.fyr (24), C. lusitaniae (8), C. guilhermondii (3) e P. strasburgensis (2) that confirms the similarity of these species based on the morphological and biochemical characteristics as shown by conventional taxonomy on absence of sexual reproduction. The screening strategy used included growth test at minimal medium YNB and complex medium YEP with inulin 1 % at different pH and temperature conditions. Kinetics data were compared and twenty strains were selected that presented specific growth constant (?máx)?0,50 h-1 at YNB pH 4,0 50°C condition. Of these, eleven strains of Candida kefyr showed inulolitic activity greater than reference culture (K. marxianus CBS 6556) with 12 hours of production. The strain C. ke.fyr A54a showed AE = 2,31 U (?moles of fructose per minute) at 12 hours of production, this value was comparable to strain K. marxianus CBS 6556 at 18 hours (2,64 U) / Doutorado / Doutor em Ciência de Alimentos
7

Estudo de metodologia para caracterização de leveduras da fermentação alcoolica industrial atraves de taxonomia numerica e potencial fermentativo

Malto, Miriam Laranjeira 29 September 1997 (has links)
Orientador: Maria Isabel Rodrigues / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos / Made available in DSpace on 2018-07-22T23:03:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Malto_MiriamLaranjeira_M.pdf: 4119859 bytes, checksum: f04ab39545840f89b5e4431a76835e62 (MD5) Previous issue date: 1997 / Resumo: A indústria alcooleira, no sentido de buscar maior produtividade e rendimento com redução de custos, vem estudando as formas de controlar e otimizar o processo de fermentação alcoólica. Um dos problemas-chave é a importância do controle microbiológico na fermentação alcoólica, detectando microrganismos prejudiciais ao bom rendimento da fermentação, principalmente em relação às leveduras "selvagens". Qualquer atitude drástica para eliminar essas leveduras, acarretará prejuízos para a levedura de processo. Diferenciando-se da contaminação bacteriana que pode ser controlada por antibióticos específicos que não afetam a levedura. Esse trabalho consistiu no acompanhamento do potencial fermentativo e identificação das leveduras isoladas mensalmente durante o período da safra da indústria alcooleira Clealco. Todas as leveduras presentes numa concentração 106 ou superior foram isoladas para a realização dos testes. Isto porque, a partir desta concentração as leveduras boas produtoras de etanol ou não, podem dominar o processo rapidamente. Para as análises, a metodologia escolhida foi aquela compatível com a realidade de um laboratório de controle microbiológico de uma usina alcooleira, ou seja, técnicas simples sem necessidade de instrumentos complexos, contudo não afetando a qualidade do diagnóstico final. Foram empregados os testes de Taxonomia Numérica para a identificação de leveduras, proposto por GRIFFITS (1981), que compara as características da cepa a ser identificada com características de outras já anteriormente identificadas por Taxonomia Clássica. Paralelamente, analisou-se os parâmetros cinéticos e o Potencial Fermentativo de cada levedura isolada durante o período de safra. A correlação destes parâmetros com os resultados de Taxonomia Numérica forneceu informações rápidas e seguras das condições de fermentação. Essa metodologia permite a tomada de decisões antes da perda do controle da fermentação, como ocorre atualmente quando não há um acompanhamento durante o processo / Abstract: The ethanol fermentation industries have studied alternative way to control and optimise the alcoholic fermentation process. One of the key problems is the importance of the microbiological control in the alcoholic fermentation by detecting the microrganisms that damage for the good alcoholic performance of the fermentation, mainly in relation to wild yeasts. Any drastic act for eliminating these yeasts, shall result in damage for the process yeast. By different of the bacterian contamination, that can be controlled by specific antibiotics, which does not affect the yeast. The purpose this work is to evaluate the Fermentation Potential and identification of the yeasts isolated of the processing period from the ethanol fermentation industry Clealco. Each yeast strain encountered in the concentration 106 or higher was isolated to carry out the tests. This procedure carried out because good or bad ethanol producer yeasts with higher concentration can dominate the process fast. For the analysis, the selected methodology was that compatible with the reality of a microbiological control laboratory of an alcoholic factory, i.e., a factory that uses simple approaches without the necessity to use complex instruments, moreover not affecting the quality of the final diagnostic. It was employed the Numerical Taxonomy tests for yeasts identification, proposed by GRIFFITHS (1981), which compare the characteristics of the yeast unknown with the others already identified. Moreover, the kinetics parameters and the Fermentation Potential of each yeast isolated during the harvest were analyzed. The correlation these parameters with the results of the Numerical Taxonomy supplied fast and safety information about the fermentation conditions. This methodology permits to make decisions before the fermentation control fail, as occur when there is not a supervision during the process / Mestrado / Mestre em Engenharia de Alimentos
8

Estudo da caracterização das propriedades reologicas de caldos de fermentação

Lozano, Denis Cantu 31 August 1982 (has links)
Orientador: Iracema de Oliveira Moraes / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos / Made available in DSpace on 2018-07-15T00:31:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Lozano_DenisCantu_M.pdf: 2462128 bytes, checksum: 5f5030ad3023d459b76e5f056285615c (MD5) Previous issue date: 1982 / Resumo: Foram estudadas as propriedades reolõgicas de caldos de fermentação de leveduras (Sacharomyces cerevisiae) e fungos (Aspergillus orizae) . No caso de fermentação com 1eveduras foi utilizada a equação de Vand: µs = µl [l + 2,5ø + 7,25 ø2] e eq. de Einstein: µs = µl [1 + 2,5ø] para calcular a viscosidade da suspensão (µs) de partículas quase esféricas (leveduras) em função da fração volumétrica (ø) no meio de cultura que tem viscosidade µl. Para as fermentações com fungos, utilizou-se um agitador tipo turbina Rushton de 6 pás de 3,5 cm de diâmetro acoplado a um instrumento Brookfield LVT-Synchro-Lectric como medidor de Torque, com um copo de diâmetro de 7,0 cm. A calibração do viscosTmetro de turbina foi feita com soluções padronizadas de Óleo de silicone Dow Corning e de acordo com o método utilizado por Metz et all (1979). Para determinar o índice de comportamento do escoamento (n), e o índice de consistência (K) dos caldos fúngicos, foram usadas as correlações obtidas na calibração: ? = 38,4154N e ? = 0,0730 M, aplicando o modelo de Ostwald-de Waele ou Lei da Potência ? = K. ?. Os caldos de fermentação com leveduras apresentaram comportamento Newtoniano. Os resultados com fungos mostram que a viscosidade aparente (na) aumentou com o tempo de fermentação, o índice de comportamento do escoamento (n), que no inicio da fermentação apresentava características Newtonianas ia depois diminuindo, chegando a um valor mínimo o que significa máxima pseudoplasticidade, para no final tender novamente a um comportamento Newtoniano. A consistência (K) apresentou comportamento inverso ao (n), ou seja aumentando até um valor máximo para 36 horas de fermentação e tendo depoisuma pequena queda no final da fermentação / Abstract: An experimental research work was carried out to study some rheological properties of fermentation broths with yeast (Saccharomyces cerevisiae) and mould (Aspergillus orizae). For the yeast fermentation broths the equations by Vand: µs = µl [l + 2,5 ø + 7,25 ø2] and Einstein: µs = µl [l + 2,5 ø] in order to obtain the viscosity (µs) of nearly spherical particles (yeast) as a function of the volumetric fraction (ø) in the culture medium which has a viscosity ?. The fungi fermentation were measured in a 7,0 cm diameter cup, with a 6 blades and 3,5 cm diameter Rushton turbine impeller coupled to a Brookfield-LVT-Synchro-Lectric instrument that provided the torque measurements. Calibration of the turbine viscometer was made with standard solutions of Dow Corning silicone oil according to the method presented by Metz at all (1979). Both the flow behaviour index n and the consistency index K were calculated with the correlations obtained during the calibration procedure: ? = 38,4154 N and ? = 0,0730 M by applying the Ostwald-de Waele model. The fermentation broths with yeast showed a Newtonian behaviour. The fungi broths showed an apparent viscosity (na) increasing with the time, the flow behaviour index initially Newtonian decreased to a minimum which means a maximum pseudoplasticity and finally returning to a Newtonian behaviour. The consistency index showed an opposite behaviour increasing to a Maximum up to 36 hours and then decreasing slightly / Mestrado / Mestre em Engenharia de Alimentos
9

Qualidade físcio-química e microbiológica de refrigerantes sabor guaraná em embalagens PET-2000mL e ocorrência de leveduras /

Gubolino, Sandra Isabel Franzotti. January 2007 (has links)
Orientador: Fernando Leite Hoffmann / Banca: Miyoko Jakabi / Banca: Alexandre Rodrigo Coelho / Resumo: Os refrigerantes são conceituados como bebidas não alcoólicas, produzidas com água, açúcar, suco natural ou extrato vegetal, corante, acidulante, antioxidante, aromatizante, conservante e gás carbônico. A composição química com elevado teor de açúcar, o pH menor que 4,3, a atividade de água (Aa) maior que 0,90 e a atmosfera dos refrigerantes oferecem condições favoráveis ao desenvolvimento de microrganismos aeróbios, microaerofílicos e anaeróbios facultativos, como bactérias, leveduras e fungos filamentosos. Tendo em vista essas características, o objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade físico-química e microbiológica e a ocorrência de leveduras em 69 amostras de refrigerantes sabor guaraná, envasadas em embalagens PET - 2000 mL, comercializadas na região de São José do Rio Preto - SP. Com referência às análises físico-químicas de Brix, acidez titulável, pH eletrométrico e teor de CO2 foram encontradas, respectivamente, as variações de: 0,1 a 12,2 ºBrix; 0,082 a 0,222%; 2,55 a 3,73 e 0,0 a 3,5. Os resultados obtidos para coliformes totais revelaram que todas as amostras (100,0%) encontravam-se em conformidade com o padrão federal em vigor, sendo consideradas, portanto, "produtos em condições sanitárias satisfatórias". Foram, ainda, isoladas 19 leveduras, as quais foram submetidas, para identificação, aos testes taxonômicos (morfológicos, fisiológicos e de assimilação de fontes de carbono). Por meio deles, foi evidenciada a ocorrência de 5 (26,3%) culturas classificadas como Saccharomyces cerevisiae e 14 (73,7%) Debaryomyces hansenii var. fabryi. Foi também verificada a resistência dessas culturas em relação aos conservantes alimentícios utilizados comercialmente como benzoato de sódio, sorbato de potássio e metabissulfito de potássio, respectivamente, nas concentrações de 0,025; 0,05 e 0,1%; 0,015; 0,03 e 0,06%; ... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Soft drinks can be considered as non-alcoholic drinks, produced with water, sugar, natural juice or vegetable extract, coloring, acidulant, antioxidant, aromatizer, preservative and carbonic gas. The chemical composition with high sugar content, the pH < 4.3, the water activity (aw) > 0.90 and the soft drinks' atmosphere offer favorable conditions for the development of optional anaerobic, microaerofilic and aerobic microorganisms, as bacteria, yeasts and filamentous fungi. Considering these characteristics, the objective of this work was to evaluate the microbiological and physical chemistry quality, and the occurrence of yeasts in 69 samples of guarana flavor soft drinks, 2000 mL PET bottled, commercialized in the region of São José do Rio Preto - SP. Referring to the physical chemistry analyses of Brix, titratable acidity, pH and CO2 content, the following variations were verified, respectively: from 0.1 to 12.2 °Brix; 0.082 to 0.222%; 2.55 to 3.73 and 0.0 to 3.5. The results obtained for thermotolerant coliforms revealed that all samples (100.0%) were in comformity with the current federal standard, being considered therefore "products in satisfactory sanitary conditions". Ninetten yeasts were isolated, which were submitted, for identification, to taxonomic tests (morphological, physiological and assimilation of the carbon sources). By the tests it was evidenced the occurrence of 5 (26.3%) cultures classified as Saccharomyces cerevisiae and 14 (73.7%) as Debaryomyces hansenii var. fabryi. It was also verified the resistance of these cultures to food preservatives commercially used as sodium benzoate, potassium sorbate and potassium metabisulphite in the concentrations of 0.025; 0.05 and 0.1%; 0.015; 0.03 and 0.06%; 0.002; 0.004 and 0.008%, respectively; and to thermal treatment (65°C/10 and 20 minutes). The sodium benzoate was the most efficient preservative because... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
10

Bioprocessos para produção de biomassa de levedura e enriquecimento nutricional de resíduos agroindustriais /

Shinya, Thaís Yumi. January 2017 (has links)
Orientador: Pedro de Oliva Neto / Banca: Lara Durães Sette / Banca: Jonas Contiero / Banca: Carlos Eduardo Vaz Rossell / Banca: Valdeir Arantes / Resumo: O aumento da população mundial levou à busca por novas fontes de proteína e maior produção animal. Nesse sentido, a biomassa microbiana produzida em larga escala demonstra ser uma saída viável para amenizar tais problemas, e, aliada ao uso de resíduos agroindustriais como substrato, representa uma solução para entraves ambientais, sociais e econômicos. O resíduo final tem seus valores nutricionais incrementados, sendo um interessante alimento para os animais. O objetivo desse estudo foi a seleção de leveduras com capacidade de crescer em bagaço de cana e de mandioca, pré-tratados ou não, para produção de biomassa microbiana e incremento do valor nutricional dos resíduos para uso como ração. A capacidade em crescer em anaerobiose, em ausência pontual de aminoácidos e vitaminas, assimilação de alguns carboidratos e avaliação da composição centesimal das espécies foram avaliados. A pré-seleção de nove leveduras isoladas do meio ambiente ocorreu em agitador orbital em aerobiose contendo bagaço de cana sem ou pré-tratado com CaO, H2SO4 e NaOH. Quatro linhagens foram selecionadas e cultivadas em fermentador com bagaço de cana e de mandioca hidrolisado com amilases ou não, em batelada simples ou alimentada. Uma linhagem de Saccharomyces cerevisiae M26 serviu como comparativo para os testes em fermentador. O pré-tratamento do bagaço de cana não foi benéfico para o crescimento celular. As maiores atividades celulolíticas foram atingidas para o meio contendo soro de leite, variando até 0,18 FPU/mL e 0,90 U/mL (CMCase). De acordo com as maiores concentrações celulares, quatro espécies foram selecionadas e identificadas como Sporobolomyces japonicus Sia 70a, Sporidiobolus pararoseus Sia 33.1, Wickerhamomyces onychis LABI2 e Rhodotorula mucilaginosa LABI1. Todas produziram xilanases em cultivo com bagaço de cana em ... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The increase of world population led to the search for new sources of protein and higher animal production. In this sense, microbial biomass produced on large scale demonstrate to be a viable way to soften such problems and combined with the use of agro-industrial residues represent a solution to environmental, social and economic concerns. The final residue has its nutritional values increased, being an interesting food for animals. The objective of this study was to select yeasts with growth capacity in sugarcane bagasse and cassava residue, pre-treated or not, for the production of microbial biomass as well as increase the residue nutritional value to use as feed. The ability to grow in anaerobiosis, absence of amino acids and vitamins, assimilation of some carbohydrates and evaluation of the chemical composition of the species were evaluated. The preselection of nine yeasts isolated from the environment occurred in orbital shaker incubator in aerobiosis with sugarcane bagasse with or without treatment (CaO, H2SO4 and NaOH). Four strains were selected and cultivated in bioreactor with sugarcane bagasse and cassava residue, hydrolysed with amylases or not, in single-batch or fed-batch process. An industrial strain of Saccharomyces cerevisiae M26 served as a comparison for bioreactor tests. Pretreatment of sugarcane bagasse was not beneficial for cell growth. Higher cellulolytic activities were measured in medium containing whey, ranging up to 0.18 FPU/mL and 0.90 U/mL (CMCase). According to the highest cellular concentrations, four yeasts were selected and identified as Sporobolomyces japonicus Sia 70a, Sporidiobolus pararoseus Sia 33.1, Wickerhamomyces onychis LABI2 and Rhodotorula mucilaginosa LABI1. All produced xylanase in bioreactor with sugarcane bagasse (0.25 U/mL for S. pararoseus Sia 33.1, 0.31 U/mL R. mucilaginosa LABI1, 0.34 U/mL W. onychis LABI2 and ... (Complete abstract electronic access below) / Doutor

Page generated in 0.0397 seconds