• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 187
  • 6
  • 3
  • 1
  • Tagged with
  • 199
  • 82
  • 61
  • 52
  • 44
  • 42
  • 40
  • 39
  • 33
  • 30
  • 30
  • 29
  • 27
  • 26
  • 25
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Função mastigatoria em indios Ianomami

Van der Laan, Thomas 25 May 1998 (has links)
Orientador: Altair A. Del Bel Cury / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-23T15:50:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 VanderLaan_Thomas_M.pdf: 5380857 bytes, checksum: 348850e723b7c389f1de4f3ba782e085 (MD5) Previous issue date: 1998 / Resumo: Este trabalho é baseado nas observações da dentição, oclusão e função mastigatória em duas aldeias de indígenas lanomami: uma (rio Maturacá) com o processo de aculturação mais avançado que a outra (rio Maiá). Tem o mesmo o objetivo de questionar atuais conceitos de função e tratamento oclusais. Quatro milhões de anos de evidências naturais, representados por fósseis pré-históricos e crânios antigos, são escavados e estudados anualmente apresentando adequado desenvolvimento das arcadas e variados níveis de atrição dental. Este fato comprova uma descaracterização morfo-funcional sofrida pelo sistema estomatognático humano nos últimos 150 ou 300 anos, resultado de uma brusca. mudança de hábitos alimentares ocorrida pós industrialização da sociedade. A partir de meados do século XIX, diversas teorias de oclusão foram elaboradas para descrever a oclusão normal do Homem. O fator atrição dental foi esquecido. Todas as teorias clássicas de oclusão .descrevem oclusão dental em cúspides e fossas isentas de desgastes. Quando desgastes dentais são mencionados, são considerados quase sempre como patológicos ou seja, um fator natural foi desconsiderado no conceito de normalidade oclusal. O estudo da dinâmica mandibular em indígenas lanomami, demonstrou que a função mastigatória deste grupo humano, em sua maioria, é balanceada bilateral (89,5%), com contato dental simultâneo em trabalho e em balanceio. Foram observadas maiores variações em relação à oclusão normal, na aldeia Maturacá, contatada anteriormente. A fisiologia e biofisica da mastigação natural do ser humano são de fundamental importância para a compreensão do natural desenvolvimento do seu sistema estomatognático, sua oclus~o e função. Os dados obtidos neste estudo convergem com os objetivos da Reabilitação Neuro-Oclusal (RNO) / Abstract: This work is based on the occlusion and masticatory function of two lanomami groups, one of them already contacted for some years, and the other just beginning contact with civilized habits, in order to question the present day concepts of dental occlusion and methods of treatment for oclusal disorders. The evidence of four milIion years of natural history, as seen both in prehistoric fossils and in ancient skulIs, invariably shows minimal tooth loss together with varying levels of dental attrition. This evidence attests to the morfo- functional de-characterization of the human stomatognathic system, which occurred in the last 150-300 years, result of the abrupt change in dietary habits that occurred during .the industrialization of society. Since the middle of tth century, different theories were put forward to describe dental occlusion. The attrition factor was overlooked. AlI the classical theories described dental occlusion in terms of cusp and fossa omitting wear. When dental attrition was mentionedd, it was considered usualIy as a pathological variation. The natural factor was not considered in the concept of normal occlusion. The mandibular dynamics studied in the Ianomami, showed that the masticatory function of this human group living in natural conditions, has a bilateral balanced pattem (89,5%), with simultaneous dental friction in the working and balancing sides. The group contacted some years ago (10), presented more oclusal variation than the other group, just in the beginning of contact. Therefore, the natural occlusion of Man is of fundamental importance to the understanding of natural development of human stomatognathic system, its occlusion and function / Mestrado / Fisiologia e Biofisica do Sistema Estomatognatico / Mestre em Ciências
2

Participação da mastigação e da gengiva ceratinizada na fisiologia do sulco gengival.

Maria Luiza Esteves Pacheco Lagos 17 March 2003 (has links)
Com o intuito de avaliar o comportamento homeostático do sulco gengival em função da quantidade de gengiva ceratinizada, direcionando-se a análise para a variação da quantidade de fluido gengival produzida pelo estimulo da mastigação de alimentos fibrosos (carne bovina), foram selecionados 16 pacientes com boas condições de saúde geral e áreas de pré-molares e molares homólogas, saudáveis clinicamente, apresentando no lado experimental faixa adequada de gengiva ceratinizada (Grupo A ?2mm) e no lado controle faixa insuficiente de gengiva ceratinizada (Grupo I < 2mm). Os parâmetros clínicos avaliados foram: Índice de placa bacteriana, Índice de sangramento gengival, Profundidade de sondagem, Quantidade de gengiva ceratinizada e Quantidade de fluido gengival. A quantidade de fluido gengival foi obtida antes e após a mastigação de alimento fibroso culinariamente preparado, por 10 minutos, sendo avaliada por meio da impregnação de tiras de filtro de papel absorvente. Conforme proposta de LÖE; HOLM-PEDERSEN, a coleta do fluido gengival foi inicialmente feita por meio da colocação do papel sobre o dente e a mucosa, para embebição do papel na região da mucosa alveolar (P1A) e da margem gengival (P1B), seguindo-se a colocação de outra tira com sua extremidade junto ao orifício de entrada do sulco gengival (P2). Uma terceira tira foi disposta intrasulcularmente (P3), conforme proposto por BRILL e KRASSE. Todas as áreas foram secas previamente com jato de ar e as tiras de papel foram mantidas por 1 minuto em cada posição de cada grupo, depois removidas, deixadas a secar pelo calor, e em seguida embebidas em solução alcoólica de ninidrina a 2%, deixadas secar, e posteriormente as áreas coradas foram medidas com paquímetro digital na sua extensão longitudinal. Os dados coletados foram estatisticamente avaliados por meio do teste "t" de Student pareado. Os dados obtidos neste estudo permitiram concluir que a maior quantidade de gengiva ceratinizada resulta em melhor comportamento homeostático do periodonto marginal, pois esta interfere no processo de extravasamento do fluido gengival; a mastigação influencia a quantidade de fluido extravasado marginalmente como fluido gengival; quanto maior a faixa de gengiva ceratinizada, tanto maior parece ser a defesa natural do sulco gengival / With the intention of assessing the gingival crevice homeostatic behavior in relation to the keratinized gingiva, and more specifically, directing the analysis to the variation of gingival fluid produced by the chewing of fibrous foods (bovine meet), it was chosen 16 patients in good general health and with clinically healthy homologous pre-molars and molars. The patients presented on the experimental side adequate width of keratinized gingiva (Group A?2mm), and on the control side insufficient width of keratinized gingiva (Group B < 2mm). The clinical indexes used were: plaque index (PI), gingival bleeding index (GBI), probing depth (PD), keratinized gingiva width (KGW) and amount of gingival fluid (GF). The amount of gingival fluid was collected before and after the chewing of cooked fibrous food (bovine meat) for ten minutes by the use of absorbing filter paper strips - PerioPaper. The collection of gingival fluid according to LÖE; HOLM-PEDERSEN was initially carried out by the placement of the PerioPaper over the tooth and the mucosa for the staining of the paper strips in the alveolar mucosa region (P1A) and the gingival border (P1B). After that the tip of another strip of paper was placed at the entrance of the gingival crevice (P2). Finally, a third strip was placed intracrevicularly (P3) as proposed by BRILL. All the areas were previously dried with a jet of air, and the strips of papers were kept in place for 1min in each of the positions in each group, then removed, allowed to dry and immersed in a nihidrine solution at 2%. After drying the stained areas were measured longitudinally with a digital caliper. The data collected was statistically assessed through Student's paired "t" test. The results in this study seem to lead to the conclusion that a greater width of keratinized gingiva results in a better homeostatic behavior of the marginal periodontum, since it interferes with the gingival fluid leaking process: chewing influences the amount of fluid leaked marginally as gingival fluid: the greater the keratinized gingiva the greater seems to be the natural defenses of the gingival crevice
3

Avaliação da função mastigatória de sujeitos assintomáticos para disfunção temporomandibular através da eletromiografia e da eficiência mastigatória pelo método colorimétrico / Evaluation of masticatory function of subjects asymptomatic for temporomandibular dysfunction through electromyography and masticatory efficiency by colorimetric method

Cazal, Mateus Sgobi 18 December 2013 (has links)
O objetivo deste estudo foi avaliar a função mastigatória de sujeitos adultos jovens assintomáticos para Disfunção Temporomandibular (DTM), utilizando eletromiografia (EMG) de superfície e teste de eficiência mastigatória (EM). A partir destes testes, analisar as variáveis eletromiográficas durante a mastigação de materiais (naturais e artificiais) de diferentes texturas, a fim de verificar se: diferentes texturas alimentares promovem diferentes valores de índice eletromiográficos; o índice de simetria mastigatória com a cápsula mastigatória se assemelha a algum alimento natural testado. A amostra foi composta por 30 sujeitos adultos jovens saudáveis, com idade média de 23,46 anos (variando de 18 a 29 anos), sendo 15 homens e 15 mulheres, assintomáticos para DTM, ambos confirmados por exame clínico odontológico e seguindo a classificação proposta pelo protocolo do Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders - RDC/ TMD. Os sujeitos foram submetidos a uma anamnese sobre o comportamento mastigatório incluindo perguntas sobre hábitos e dificuldades mastigatórias. Também foram realizados exame clínico de oclusão e posterior análise EMG (Eletromiógrafo Freely - De Götzen srl; Legano, Milano, Italy) e de EM utilizando cápsulas mastigatória (Sistema de avaliação da Eficiência Mastigatória: ME-mastig - FORP, FCFRP/USP). Os registros eletromiográficos foram realizados em etapas: teste de normalização (Máxima Contração Voluntária com roletes de algodão), teste estático (Máxima Contração Voluntária em Máxima Intercuspidação Habitual) e teste dinâmico (mastigação de goma, uva passa, cápsula mastigatória e amendoim - à direita, esquerda e habitual). Os valores de EM foram obtidos durante a mastigação da cápsula concomitante ao teste dinâmico. Os valores EMG e EM obtidos foram submetidos ao Teste Komogorov-Smirnov, apresentando distribuição normal. Os dados experimentais foram analisados estatisticamente pela Análise de Variância (ANOVA-paramétrico) para os valores de EMG e EM encontrados nos sujeitos da pesquisa. O Teste de Tukey (p&le;0,05) foi utilizado para múltiplas comparações. Os resultados EMG do teste estático foram: POCT 84,03%; POCM 85,20%; TORS 10,90%; ASSIM 1,80%; ATTIV -6,85%; IMPACT 104,43%; e os resultados do teste dinâmico foram: goma: Ciclo 22,86; Freq 1,52 Hz; SIMETRIA 43,11%; IMPACT 2590,97 &mu;V/ &mu;V.s%; uva passa: Ciclo 22,93; Freq 1,54 Hz; SIMETRIA 52,62%; IMPACT 3632,49 &mu;V/ &mu;V.s%; cápsula: Ciclo 23,03; Freq 1,53 Hz; SIMETRIA 29,69%; IMPACT 4028,58 &mu;V/ &mu;V.s%; amendoim: Ciclo 24,10; Freq 1,60 Hz; SIMETRIA 44,40%; IMPACT 4498,43 &mu;V/ &mu;V.s%. O Teste de Tukey (p&le;0,05) foi utilizado para múltiplas comparações e para todos os materiais testados Ciclo e Frequência foram considerados semelhantes. Para SIMETRIA, goma, uva passa e cápsula foram semelhantes e diferentes do amendoim, assim como uva passa, cápsula e amendoim foram semelhantes e diferentes da goma. Para IMPACTO, uva passa, cápsula e amendoim e diferentes da goma. Os valores de EM direita (0,66 &mu;g/ml), esquerda (0,60 &mu;g/ml) e habitual (0,61 &mu;g/ml) foram considerados semelhantes. A partir dos resultados, foi possível concluir que a função mastigatória foi satisfatória para os materiais utilizados, e a cápsula mastigatória apresentou todos os índices EMG analisados semelhantes aos obtidos com os alimentos naturais de diferentes texturas. / The aim of this study was to evaluate the masticatory function of subjects asymptomatic young adults for Temporomandibular Disorders (TMD) using surface lectromyography (EMG) and testing of masticatory efficiency (ME). From these tests, examine the EMG variables during mastication of materials (natural and artificial) of different textures in order to check that: different food textures promote different electromyographic index values, the rate of symmetry with masticatory chewing the capsule is resembles some natural food tested. The sample consisted of 30 healthy young adult subjects with a mean age of 23.46 years (range 18-29 years), 15 men and 15 women, with no symptoms of TMD, both confirmed by dental examination and following the classification proposed protocol by Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders - RDC/ TMD. The subjects were submitted to an interview on the chewing behavior including questions about habits and chewing difficulty. Were also carried out clinical examination and subsequent occlusion EMG analysis (Electromyograph Freely - De Götzen srl; Legano, Milano, Italy) and ME using capsules masticatory system (Masticatory Efficiency assessment: ME- mastig - FORP, FCFRP/ USP). The EMG recordings were performed in stages: test standards (Maximum Voluntary Contraction with cotton rolls), static test (Maximum Voluntary Contraction in maximal intercuspal Habitual) and dynamic testing (chewing gum, raisins, peanut and capsule chewing right, left and habitual). ME values were obtained during chewing the capsule concomitant dynamic test. EMG values and ME were submitted to Test Komogorov-Smirnov test showed normal distribution. The experimental data were statistically analyzed by analysis of variance (ANOVA - parametric) for values of EMG and ME found in research subjects. The Tukey test (p&le; 0.05) was used for multiple comparisons. The EMG static test results were: POCT 84.03%, POCM 85.20%; TORS 10.90%, ASSIM 1.80%; ATTIV -6.85%, IMPACT 104.43%, and the test results dynamic were: gum: Cycle 22.86; Freq 1.52Hz; SIMETRIA 43.11%; IMPACT 2590.97&mu;V/&mu;V.s%; raisins: Cycle 22.93; Freq 1.54Hz; SYIMETRIA 52,62%; IMPACT 3632.49&mu;V/&mu;V.s%; capsule: Cycle 23.03; Freq 1.53Hz; SYMMETRY 29.69%; IMPACT 4028.58&mu;V/&mu;V.s%; peanuts: Cycle 24.10, Freq 1.60Hz; SIMETRIA 44.40%; IMPACT 4498.43&mu;V/ &mu;V.s%. The Tukey test (p&le; 0.05) was used for multiple comparisons and for all tested materials cycle and frequency were considered similar. To SIMETRIA, gum, raisins and capsule were similar and different peanut, as well as raisins, peanut and capsule were similar and different gum. For IMPACT, raisins, peanuts and different capsule and gum. The values of ME right (0.66&mu;g/ml), left (0.60&mu;g/ml) and usual (0.61&mu;g/ml) was considered similar. From the results, it was concluded that the masticatory function was satisfactory for the materials used, and the capsule masticatory EMG showed all indices analyzed similar to those obtained with the natural foods of different textures.
4

Participação da mastigação e da gengiva ceratinizada na fisiologia do sulco gengival.

Lagos, Maria Luiza Esteves Pacheco 17 March 2003 (has links)
Com o intuito de avaliar o comportamento homeostático do sulco gengival em função da quantidade de gengiva ceratinizada, direcionando-se a análise para a variação da quantidade de fluido gengival produzida pelo estimulo da mastigação de alimentos fibrosos (carne bovina), foram selecionados 16 pacientes com boas condições de saúde geral e áreas de pré-molares e molares homólogas, saudáveis clinicamente, apresentando no lado experimental faixa adequada de gengiva ceratinizada (Grupo A ?2mm) e no lado controle faixa insuficiente de gengiva ceratinizada (Grupo I < 2mm). Os parâmetros clínicos avaliados foram: Índice de placa bacteriana, Índice de sangramento gengival, Profundidade de sondagem, Quantidade de gengiva ceratinizada e Quantidade de fluido gengival. A quantidade de fluido gengival foi obtida antes e após a mastigação de alimento fibroso culinariamente preparado, por 10 minutos, sendo avaliada por meio da impregnação de tiras de filtro de papel absorvente. Conforme proposta de LÖE; HOLM-PEDERSEN, a coleta do fluido gengival foi inicialmente feita por meio da colocação do papel sobre o dente e a mucosa, para embebição do papel na região da mucosa alveolar (P1A) e da margem gengival (P1B), seguindo-se a colocação de outra tira com sua extremidade junto ao orifício de entrada do sulco gengival (P2). Uma terceira tira foi disposta intrasulcularmente (P3), conforme proposto por BRILL e KRASSE. Todas as áreas foram secas previamente com jato de ar e as tiras de papel foram mantidas por 1 minuto em cada posição de cada grupo, depois removidas, deixadas a secar pelo calor, e em seguida embebidas em solução alcoólica de ninidrina a 2%, deixadas secar, e posteriormente as áreas coradas foram medidas com paquímetro digital na sua extensão longitudinal. Os dados coletados foram estatisticamente avaliados por meio do teste "t" de Student pareado. Os dados obtidos neste estudo permitiram concluir que a maior quantidade de gengiva ceratinizada resulta em melhor comportamento homeostático do periodonto marginal, pois esta interfere no processo de extravasamento do fluido gengival; a mastigação influencia a quantidade de fluido extravasado marginalmente como fluido gengival; quanto maior a faixa de gengiva ceratinizada, tanto maior parece ser a defesa natural do sulco gengival / With the intention of assessing the gingival crevice homeostatic behavior in relation to the keratinized gingiva, and more specifically, directing the analysis to the variation of gingival fluid produced by the chewing of fibrous foods (bovine meet), it was chosen 16 patients in good general health and with clinically healthy homologous pre-molars and molars. The patients presented on the experimental side adequate width of keratinized gingiva (Group A?2mm), and on the control side insufficient width of keratinized gingiva (Group B < 2mm). The clinical indexes used were: plaque index (PI), gingival bleeding index (GBI), probing depth (PD), keratinized gingiva width (KGW) and amount of gingival fluid (GF). The amount of gingival fluid was collected before and after the chewing of cooked fibrous food (bovine meat) for ten minutes by the use of absorbing filter paper strips - PerioPaper. The collection of gingival fluid according to LÖE; HOLM-PEDERSEN was initially carried out by the placement of the PerioPaper over the tooth and the mucosa for the staining of the paper strips in the alveolar mucosa region (P1A) and the gingival border (P1B). After that the tip of another strip of paper was placed at the entrance of the gingival crevice (P2). Finally, a third strip was placed intracrevicularly (P3) as proposed by BRILL. All the areas were previously dried with a jet of air, and the strips of papers were kept in place for 1min in each of the positions in each group, then removed, allowed to dry and immersed in a nihidrine solution at 2%. After drying the stained areas were measured longitudinally with a digital caliper. The data collected was statistically assessed through Student's paired "t" test. The results in this study seem to lead to the conclusion that a greater width of keratinized gingiva results in a better homeostatic behavior of the marginal periodontum, since it interferes with the gingival fluid leaking process: chewing influences the amount of fluid leaked marginally as gingival fluid: the greater the keratinized gingiva the greater seems to be the natural defenses of the gingival crevice
5

Estudo comparativo entre dois adesivos no desempenho mastigatório de usuários de próteses totais

Oliveira Junior, Norberto Martins de [UNESP] 07 March 2014 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-12-02T11:16:38Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014-03-07Bitstream added on 2014-12-02T11:21:06Z : No. of bitstreams: 1 000792994.pdf: 1161267 bytes, checksum: 9a60b292709b40dca901efbce97149e7 (MD5) / Proposição: O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da utilização de dois adesivos para prótese em relação ao desempenho mastigatório de usuários de próteses totais convencionais, por meio de um estudo “cross-over”. Material e Método: Cinquenta indivíduos totalmente desdentados receberam novas próteses totais bimaxilares e, após o período de adaptação posterior à instalação, foram submetidos à análise do desempenho mastigatório com as próteses sem adesivos protéticos (controle). Posteriormente, a amostra foi dividida aleatoriamente e designada a dois protocolos, nos quais a ordem de uso dos adesivos era diferente. Os adesivos Ultra Corega creme e Ultra Corega pó foram utilizados por 15 dias previamente à aplicação de novas análises do desempenho mastigatório, por toda a amostra, e respeitando-se um período de descanso (washout), também de 15 dias, entre o uso de cada adesivo. O desempenho mastigatório foi avaliado pelo método dos tamises. Os dados obtidos foram submetidos ao teste não-paramétrico de Friedman e comparação múltipla de média de ordens utilizando o teste de DUNN (α=0,05). Resultados: Houve aumento significativo do desempenho mastigatório após uso dos adesivos Ultra Corega creme (med=27,4%) e Ultra Corega pó (med=28,0%), quando estes foram comparados ao grupo controle (med=16,5%) (p<0,001; n=30), não havendo diferença estatisticamente significante entre os adesivos testados (p=0,897; n=30). Conclusões: O uso de adesivos aumentou o desempenho mastigatório de usuários de próteses totais convencionais, e não houve diferença para o desempenho mastigatório quanto ao uso de adesivos nas formas de creme e pó. / Objective: The objective of this study was evaluate the effect of use of two denture adhesives in relation to masticatory performance of conventional complete denture wearers, by means of a cross-over study. Material and Method: Fifty edentulous individuals received new bimaxillary complete dentures and, after the adaptation period, were submitted to masticatory performance analysis with complete dentures without adhesives (control). So, the sample was randomly divided and assigned to two protocols, in which the adhesives order of use was different. The adhesives Ultra Corega cream and Ultra Corega powder were used for 15 days prior the application of new masticatory performance analysis, by all the sample, and respecting a washout period, also 15 days, between the use of each adhesive. The masticatory performance was evaluated by sieves method. Data were analyzed by nonparametric Friedman test and multiple comparison of average orders using test DUNN (α=.05). Results: There was significant increase in masticatory performance after use of adhesives Ultra Corega cream (med=27.4%) and Ultra Corega powder (med=28.0%), when these were compared to the control group (med=16.5%) (p<.001; n=30), without statistically significant difference between the tested adhesives (p=0,897; n=30). Conclusions: The use of adhesives increased masticatory performance of conventional complete denture wearers, and there was no difference for masticatory performance as the use of adhesives in the forms of cream and powder.
6

Avaliação da função mastigatória de sujeitos assintomáticos para disfunção temporomandibular através da eletromiografia e da eficiência mastigatória pelo método colorimétrico / Evaluation of masticatory function of subjects asymptomatic for temporomandibular dysfunction through electromyography and masticatory efficiency by colorimetric method

Mateus Sgobi Cazal 18 December 2013 (has links)
O objetivo deste estudo foi avaliar a função mastigatória de sujeitos adultos jovens assintomáticos para Disfunção Temporomandibular (DTM), utilizando eletromiografia (EMG) de superfície e teste de eficiência mastigatória (EM). A partir destes testes, analisar as variáveis eletromiográficas durante a mastigação de materiais (naturais e artificiais) de diferentes texturas, a fim de verificar se: diferentes texturas alimentares promovem diferentes valores de índice eletromiográficos; o índice de simetria mastigatória com a cápsula mastigatória se assemelha a algum alimento natural testado. A amostra foi composta por 30 sujeitos adultos jovens saudáveis, com idade média de 23,46 anos (variando de 18 a 29 anos), sendo 15 homens e 15 mulheres, assintomáticos para DTM, ambos confirmados por exame clínico odontológico e seguindo a classificação proposta pelo protocolo do Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders - RDC/ TMD. Os sujeitos foram submetidos a uma anamnese sobre o comportamento mastigatório incluindo perguntas sobre hábitos e dificuldades mastigatórias. Também foram realizados exame clínico de oclusão e posterior análise EMG (Eletromiógrafo Freely - De Götzen srl; Legano, Milano, Italy) e de EM utilizando cápsulas mastigatória (Sistema de avaliação da Eficiência Mastigatória: ME-mastig - FORP, FCFRP/USP). Os registros eletromiográficos foram realizados em etapas: teste de normalização (Máxima Contração Voluntária com roletes de algodão), teste estático (Máxima Contração Voluntária em Máxima Intercuspidação Habitual) e teste dinâmico (mastigação de goma, uva passa, cápsula mastigatória e amendoim - à direita, esquerda e habitual). Os valores de EM foram obtidos durante a mastigação da cápsula concomitante ao teste dinâmico. Os valores EMG e EM obtidos foram submetidos ao Teste Komogorov-Smirnov, apresentando distribuição normal. Os dados experimentais foram analisados estatisticamente pela Análise de Variância (ANOVA-paramétrico) para os valores de EMG e EM encontrados nos sujeitos da pesquisa. O Teste de Tukey (p&le;0,05) foi utilizado para múltiplas comparações. Os resultados EMG do teste estático foram: POCT 84,03%; POCM 85,20%; TORS 10,90%; ASSIM 1,80%; ATTIV -6,85%; IMPACT 104,43%; e os resultados do teste dinâmico foram: goma: Ciclo 22,86; Freq 1,52 Hz; SIMETRIA 43,11%; IMPACT 2590,97 &mu;V/ &mu;V.s%; uva passa: Ciclo 22,93; Freq 1,54 Hz; SIMETRIA 52,62%; IMPACT 3632,49 &mu;V/ &mu;V.s%; cápsula: Ciclo 23,03; Freq 1,53 Hz; SIMETRIA 29,69%; IMPACT 4028,58 &mu;V/ &mu;V.s%; amendoim: Ciclo 24,10; Freq 1,60 Hz; SIMETRIA 44,40%; IMPACT 4498,43 &mu;V/ &mu;V.s%. O Teste de Tukey (p&le;0,05) foi utilizado para múltiplas comparações e para todos os materiais testados Ciclo e Frequência foram considerados semelhantes. Para SIMETRIA, goma, uva passa e cápsula foram semelhantes e diferentes do amendoim, assim como uva passa, cápsula e amendoim foram semelhantes e diferentes da goma. Para IMPACTO, uva passa, cápsula e amendoim e diferentes da goma. Os valores de EM direita (0,66 &mu;g/ml), esquerda (0,60 &mu;g/ml) e habitual (0,61 &mu;g/ml) foram considerados semelhantes. A partir dos resultados, foi possível concluir que a função mastigatória foi satisfatória para os materiais utilizados, e a cápsula mastigatória apresentou todos os índices EMG analisados semelhantes aos obtidos com os alimentos naturais de diferentes texturas. / The aim of this study was to evaluate the masticatory function of subjects asymptomatic young adults for Temporomandibular Disorders (TMD) using surface lectromyography (EMG) and testing of masticatory efficiency (ME). From these tests, examine the EMG variables during mastication of materials (natural and artificial) of different textures in order to check that: different food textures promote different electromyographic index values, the rate of symmetry with masticatory chewing the capsule is resembles some natural food tested. The sample consisted of 30 healthy young adult subjects with a mean age of 23.46 years (range 18-29 years), 15 men and 15 women, with no symptoms of TMD, both confirmed by dental examination and following the classification proposed protocol by Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders - RDC/ TMD. The subjects were submitted to an interview on the chewing behavior including questions about habits and chewing difficulty. Were also carried out clinical examination and subsequent occlusion EMG analysis (Electromyograph Freely - De Götzen srl; Legano, Milano, Italy) and ME using capsules masticatory system (Masticatory Efficiency assessment: ME- mastig - FORP, FCFRP/ USP). The EMG recordings were performed in stages: test standards (Maximum Voluntary Contraction with cotton rolls), static test (Maximum Voluntary Contraction in maximal intercuspal Habitual) and dynamic testing (chewing gum, raisins, peanut and capsule chewing right, left and habitual). ME values were obtained during chewing the capsule concomitant dynamic test. EMG values and ME were submitted to Test Komogorov-Smirnov test showed normal distribution. The experimental data were statistically analyzed by analysis of variance (ANOVA - parametric) for values of EMG and ME found in research subjects. The Tukey test (p&le; 0.05) was used for multiple comparisons. The EMG static test results were: POCT 84.03%, POCM 85.20%; TORS 10.90%, ASSIM 1.80%; ATTIV -6.85%, IMPACT 104.43%, and the test results dynamic were: gum: Cycle 22.86; Freq 1.52Hz; SIMETRIA 43.11%; IMPACT 2590.97&mu;V/&mu;V.s%; raisins: Cycle 22.93; Freq 1.54Hz; SYIMETRIA 52,62%; IMPACT 3632.49&mu;V/&mu;V.s%; capsule: Cycle 23.03; Freq 1.53Hz; SYMMETRY 29.69%; IMPACT 4028.58&mu;V/&mu;V.s%; peanuts: Cycle 24.10, Freq 1.60Hz; SIMETRIA 44.40%; IMPACT 4498.43&mu;V/ &mu;V.s%. The Tukey test (p&le; 0.05) was used for multiple comparisons and for all tested materials cycle and frequency were considered similar. To SIMETRIA, gum, raisins and capsule were similar and different peanut, as well as raisins, peanut and capsule were similar and different gum. For IMPACT, raisins, peanuts and different capsule and gum. The values of ME right (0.66&mu;g/ml), left (0.60&mu;g/ml) and usual (0.61&mu;g/ml) was considered similar. From the results, it was concluded that the masticatory function was satisfactory for the materials used, and the capsule masticatory EMG showed all indices analyzed similar to those obtained with the natural foods of different textures.
7

Estudo comparativo entre dois adesivos no desempenho mastigatório de usuários de próteses totais /

Oliveira Junior, Norberto Martins de. January 2014 (has links)
Orientador: Marco Antonio Compagnoni / Banca: Ana Carolina Pero / Banca: Karin Hemana Neppelenbroek / Resumo: Proposição: O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da utilização de dois adesivos para prótese em relação ao desempenho mastigatório de usuários de próteses totais convencionais, por meio de um estudo "cross-over". Material e Método: Cinquenta indivíduos totalmente desdentados receberam novas próteses totais bimaxilares e, após o período de adaptação posterior à instalação, foram submetidos à análise do desempenho mastigatório com as próteses sem adesivos protéticos (controle). Posteriormente, a amostra foi dividida aleatoriamente e designada a dois protocolos, nos quais a ordem de uso dos adesivos era diferente. Os adesivos Ultra Corega creme e Ultra Corega pó foram utilizados por 15 dias previamente à aplicação de novas análises do desempenho mastigatório, por toda a amostra, e respeitando-se um período de descanso (washout), também de 15 dias, entre o uso de cada adesivo. O desempenho mastigatório foi avaliado pelo método dos tamises. Os dados obtidos foram submetidos ao teste não-paramétrico de Friedman e comparação múltipla de média de ordens utilizando o teste de DUNN (α=0,05). Resultados: Houve aumento significativo do desempenho mastigatório após uso dos adesivos Ultra Corega creme (med=27,4%) e Ultra Corega pó (med=28,0%), quando estes foram comparados ao grupo controle (med=16,5%) (p<0,001; n=30), não havendo diferença estatisticamente significante entre os adesivos testados (p=0,897; n=30). Conclusões: O uso de adesivos aumentou o desempenho mastigatório de usuários de próteses totais convencionais, e não houve diferença para o desempenho mastigatório quanto ao uso de adesivos nas formas de creme e pó. / Abstract: Objective: The objective of this study was evaluate the effect of use of two denture adhesives in relation to masticatory performance of conventional complete denture wearers, by means of a cross-over study. Material and Method: Fifty edentulous individuals received new bimaxillary complete dentures and, after the adaptation period, were submitted to masticatory performance analysis with complete dentures without adhesives (control). So, the sample was randomly divided and assigned to two protocols, in which the adhesives order of use was different. The adhesives Ultra Corega cream and Ultra Corega powder were used for 15 days prior the application of new masticatory performance analysis, by all the sample, and respecting a washout period, also 15 days, between the use of each adhesive. The masticatory performance was evaluated by sieves method. Data were analyzed by nonparametric Friedman test and multiple comparison of average orders using test DUNN (α=.05). Results: There was significant increase in masticatory performance after use of adhesives Ultra Corega cream (med=27.4%) and Ultra Corega powder (med=28.0%), when these were compared to the control group (med=16.5%) (p<.001; n=30), without statistically significant difference between the tested adhesives (p=0,897; n=30). Conclusions: The use of adhesives increased masticatory performance of conventional complete denture wearers, and there was no difference for masticatory performance as the use of adhesives in the forms of cream and powder. / Mestre
8

Análise da biomecânica dos movimentos mandibulares e da cabeça, durante mastigação de alimento duro e macio, na ausência e presença de obstrução nasal, usando SCAM 3D

Maciel, Márcia 25 January 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2013. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2013-06-05T14:00:03Z No. of bitstreams: 1 2013_MarciaMaciel.pdf: 32415173 bytes, checksum: 9c218303d0b3d14f93eb7e7db69e30cb (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-06-05T14:17:51Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_MarciaMaciel.pdf: 32415173 bytes, checksum: 9c218303d0b3d14f93eb7e7db69e30cb (MD5) / Made available in DSpace on 2013-06-05T14:17:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_MarciaMaciel.pdf: 32415173 bytes, checksum: 9c218303d0b3d14f93eb7e7db69e30cb (MD5) / A Mastigação do humano é um processo biomecânico complexo que envolve diferentes estruturas. O comportamento alimentar requer aperfeiçoamento quanto à coordenação entre a mastigação, respiração e deglutição. No entanto, os detalhes desta interação não são totalmente compreendidos. Neste estudo, analisaram-se os movimentos da mastigação na presença e ausência de respiração nasal, fisiológica. Dez voluntários saudáveis participaram do estudo. Movimentos da cabeça e da mandíbula foram registrados em 3 eixos por um Sistema de Captura de Movimento (Qualisys, Suécia), e a descarga de peso, registrada nas plataformas de força, em quatro condições experimentais: quando os participantes comiam goma (alimento macio/pegajoso) e castanha-de-caju (alimento duro), com e sem obstrução nasal. As trajetórias dos referidos movimentos, bem como a velocidade, amplitude, tempo e posição foram analisadas por meio de um software de computação de alto nível técnico. Os dados foram comparados entre respiração nasal e obstrução nasal por meio do teste t pareado, onde o valor de p<0,05 foi considerado estatisticamente significativo. A partir da análise dos dados, constatou-se que os movimentos mastigatórios foram afetados pela consistência dos alimentos (macio e duro) e o modo de respiração (nasal e com obstrução nasal). Comparado com a respiração nasal, movimentos mastigatórios na ostrução nasal, mostraram uma sequência mastigatória mais curta e irregular. Para alimento macio em obstrução nasal, apresentou uma menor amplitude média do ciclo mastigatório nos movimentos latero medial, lateralidade, o que produziu um ciclo mastigatório com movimentos mais verticais. O comportamento da cabeça durante a mastigação foi modulada em resposta as mudanças na entrada sensorial da mandíbula. Ás alterações da porcentagem de peso na descarga de força foram significativas para alimento macio e duro, na condição obstrução nasal. Estes resultados sugerem que mecanismos de retroalimentação sensoriais envolvidos no controle dos movimentos da mastigação e postura corporal, podem ser modulados pelo modo da respiração. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Human mastication is a complex biomechanical process. Many different structures, tissues and functional units are involved. Feeding behavior requires fine-tuned coordination between mastication, breathing, and swallowing. However; the details of this interaction are not fully understood. In this study.were analyzed masticatory movements in the presence or absence of normal nasal breathing. Ten healthy volunteers had participated in this study. Head and jaw movements were recorded in 3 axes by a motion capturing system (Qualisys, Sweden) and the weight bearing was registered in force platforms in four experimental conditions. When the subjects ate either a soft gummy (soft/sticky food) or a cashew nut (hard/brittle food), with and without nasal obstruction. The Trajectories of those movements, as well as their velocities were analyzed with high-level computing software. The data were compared between nasal and oral breathing by the paired t-test, where the value of p<0,05 was considered statistically significant. From the data analysis, it was found that the chewing movements were affected by the food consistency (hard and soft) and by the way of breathing (nasal and oral). When compared Comparing with nasal breathing. the chewing movement at oral breathing showed chewing sequency’s shorter and irregular. To the soft food at oral breathing, it has shown less average amplitude of the chewing cycle in the medial lateral direction, which produces chewing s cycle with more vertical movements. The head behavior during chewing was moduled by answering the changes at the sensorial input of the jaw. The oral breathing provided changes of weight percentage in the discharge power were significant for soft and hard food. These results suggest that sensory feedback mechanisms involved in the control of masticatory movements and body posture may be modulated by the way of breathing.
9

Avaliação clinica e eletromiografica da função mastigatoria em individuos com disfunção craniomandibular

Berretin, Giedre 26 October 1999 (has links)
Orientador: Alceu Sergio Trindade Junior / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-26T06:14:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Berretin_Giedre_M.pdf: 4512963 bytes, checksum: f7d12d0f3d96a8eb7cc84e4689856445 (MD5) Previous issue date: 1999 / Resumo: o presente trabalho teve como propósito avaliar a função mastigatória em 26 indivíduos com DCM, adultos, de ambos os sexos, por meio da avaliação miofuncional oral e da avaliação da atividade dos músculos masseteres durante a mastigação habitual de alimentos de diferentes consistências e de folha de parafina (parafilm M). Os resultados foram comparados aos de um grupo controle, composto por outros 26 indivíduos adultos, de ambos os sexos, livres de sinais e/ou sintomas de DCM. Na avaliação mio funcional foram investigados os aspectos morfológicos, o sistema sensório-motQr-oral e as funções de respiração, mastigação e deglutição. Para a avaliação da atividade muscular, utilizou-se o programa computadorizado K6-I, da MYO TRONICS, Inc., no modo de processamento eletromiográfico. Os parâmetros eletromiográficos analisados foram a duração do ato, a duração do ciclo mastigatório e o número de ciclos. Os seguintes alimentos foram utilizados: pão francês, maçã com casca, banana e castanha de caju. s indivíduos com DCM apresentaram alterações quanto aos aspectos dento oclusais (desvios nas medidas de overjet e overbite, mordida cruzada, mordida aberta, ausência de elementos dentários posteriores e uso de próteses dentárias) e musculares (hipertonia dos músculos masseteres e dor durante a palpação dos músculos cervicais e mastigatórios). Além disso, esses indivíduos apresentaram alterações na mobilidade mandibular (modificações na trajetória da abertura bucal e limitação de movimento), ruídos articulares, padrão mastigatório unilateral, variações quanto ao tempo mastigatório, prejuízos na apreensão do alimento e hiperatividade dos músculos mentális, orbicular dos lábios e da língua, além de movimentos compensatórios de cabeça durante a deglutição. Na avaliação eletromiográfica, não foram encontradas diferenças estatisticamente significantes entre os indivíduos do grupo-controle e os indivíduos com DCM, para a duração do ato e do ciclo mastigatório, considerando-se todos os materiais utilizados para a mastigação. A comparação dos diferentes parâmetros analisados, para os diversos materiais. utilizados, mostrou que a duração do ato e a duração do ciclo mastigatório foram maiores, em ambos os grupos, durante a mastigação de folha de parafina. O número de ciclos mastigatórios durante a mastigação de pão e de maçã foi maior que o número de .ciclos mastigatórios obtidos durante a mastigação de banana em ambos os grupos Os resultados da avaliação miofuncional oral sugeriram que a presença de dor, bem como de hipertrofia do músculo masseter em indivíduos com DCM, resulta em queda de desempenho na motricidade oral, com prejuízos no padrão mastigatório. Os parâmetros eletromiográficos analisados não foram diferentes entre oS grupos, provavelmente devido à variabilidade de sintomas e características clínicas dos indivíduos com DCM / Abstract: The aim of the present study was to evaluate the masticatory function in 26 adult subjects, of both sexes, with temporomandibular joint dysfunction (Tl / Mestrado / Fisiologia Oral / Mestre em Odontologia
10

Avaliação eletromiografica dos musculos temporal e masseter durante fadiga induzida por mastigação prolongada

Buzinelli, Richard Victoria 19 August 1999 (has links)
Orientador: Fausto Berzin / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-28T16:37:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Buzinelli_RichardVictoria_M.pdf: 2042547 bytes, checksum: acc0210dc5e6d60c55f9896ae56d89b3 (MD5) Previous issue date: 1999 / Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar as alterações nos registros eletromiográficos dos músculos temporal (porção anterior) e masséter após fadiga induzida por mastigação contínua de goma. Para tanto, foram empregados eletrodos de superfície sobre os músculos temporal (porção anterior) e masséter bilateralmente em 31 voluntários com normoclusão. Os registros foram realizados a cada minuto, do início da mastigação até o exato momento em que o voluntário relatou sensação de cansaço nos músculos avaliados. Além do tempo total de mastigação de cada voluntário (limiar de fadiga), foram também quantificadas amplitude média e duração da fase de ativação e duração da fase de relaxamento, a partir dos traçados eletromiográficos de cada músculo. O tempo médio de mastigação ficou em torno de 500s. Não foi observada alteração estatisticamente significante na amplitude média da fase de ativação, ao passo que tanto fase de ativação quanto fase de relaxamento, em todos os músculos estudados, diminuíram significativamente após fadiga, caracterizando uma diminuição na duração total do ciclo mastigatório / Abstract: The aim of this study was to evaluate the electromyographic changes in the anterior temporalis and masseter muscles after fatigue induced by continuous chewing. Surface electrodes were placed bilaterally over the anterior temporalis and masseter muscles of 31 subjects with normal dentition. Recordings were taken every minute from the beginning of chewing to the exact moment the volunteer reported subjective sensation of fatigue in the jaw muscles. The length of endurance period (fatigue threshold) was measured to each subject, as well as the average amplitude and duration of activation phase and duration of relaxation phase through electromyographic recording af each muscle. The average endurance period was about 500s. No significant change occurred on the average amplitude of activation phase meanwhile the duration ofboth the activation and relaxation phase diminished after fatigue / Mestrado / Biologia e Patologia Buco-Dental / Mestre em Odontologia

Page generated in 0.079 seconds