• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 243
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 244
  • 106
  • 102
  • 75
  • 68
  • 63
  • 50
  • 41
  • 35
  • 26
  • 25
  • 24
  • 24
  • 24
  • 23
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
41

Diagnóstico de microalbuminúria em pacientes com diabete melito

Incerti, Juliane January 2003 (has links)
A microalbuminúria representa o primeiro estágio da nefropatia diabética (ND) e, além de prever a evolução para nefropatia clínica e insuficiência renal, é acompanhada de elevado risco de doença cardiovascular. Este trabalho discute o curso clínico, valores e procedimentos utilizados no diagnóstico da microalbuminúria em pacientes com diabete melito (DM). A progressão de microalbuminúria para nefropatia clínica é menor do que inicialmente suposto. O rastreamento da microalbuminúria deve ser realizado por ocasião do diagnóstico de DM tipo 2, em pacientes com DM tipo 1 após 5 anos de duração de DM e por ocasião da puberdade. A microalbuminúria é diagnosticada com valores de excreção urinária de albumina (EUA 24-h) entre 20-200 μg/min, embora valores elevados ainda dentro da faixa normal já sejam preditivos de nefropatia clínica. A concentração de albumina em amostra casual de urina, além de ser facilmente realizada, é o teste de maior acurácia e menor custo para o rastreamento da microalbuminúria. Contudo, o diagnóstico deve ser confirmado com EUA 24-h. Fitas reagentes para medida semi-quantitativa apresentam baixa acurácia, além de alto custo. No presente momento, a albuminúria é ainda o melhor teste para prever a instalação da nefropatia clínica. / Microalbuminuria is the first stage of diabetic nephropathy (DN) and, beyond prediction of clinical nephropathy and renal failure, it is associated with an increased risk of cardiovascular disease. This paper discuss the clinical course, and the values and procedures adopted to diagnosis microalbuminuria in patients with diabetes mellitus (DM). The progression of microalbuminuria to clinical nephropathy is lower than previously described. The screening of microalbuminuria must be performed at diagnosis of type 2 DM, and after 5 years duration in patients with type 1 DM, and when achieving puberty. Microalbuminuria is diagnosed when urinary albumin excretion (24-h UAE) values are within 20-200 μg/min, although increased values still in the normal range are predictive of clinical nephropathy. Measurement of albumin concentration on a random urine specimen, in addition to be easily performed, is the most accurate and cheapest test for microalbuminuria screening. However, the diagnosis must be confirmed with 24-h UAE. Semiquantitative strips used to measure albumin have low accuracy and high cost. At this point, albuminuria is still the best test to predict clinical nephropathy.
42

Avaliação da função renal e da proteinúria de 24 horas em pacientes portadores da Doença de Fabry, por 36 meses, com terapia de reposição da enzima agalsidade alfa : uma experiência brasileira

Thofehrn, Scheila Pretto Almeida January 2006 (has links)
Resumo não disponível
43

Efeito do uso da tadalafila, inibidor da fosfodiesterase tipo 5, na isquemia-reperfusão renal : estudo experimental em suínos

Morales, Cláudio Miguel Pinto January 2010 (has links)
Objetivo: Avaliar os efeitos da tadalafila, um inibidor da fosfodiesterase tipo 5, nos valores teciduais renais de malondialdeído (produto da lipoperoxidação celular), nos níveis séricos de uréia e creatinina e na histologia renal em suínos submetidos à isquemia-reperfusão renal em rim único. Material e métodos: Doze suínos Large-White foram submetidos à uninefrectomia seguida por isquemia-reperfusão renal contralateral e separados aleatoriamente em dois grupos com ou sem tratamento com tadalafila 20 mg via oral. Foram analisados os resultados de lipoeroxidação, histologia e função renal. Resultados: Os valores teciduais de Malondialdeído (MDA) foram significativamente superiores no grupo não tratado com tadalafila (p<0,05), quando comparados ao grupo de animais tratados com o fármaco. Houve diferença estatística nos estudos histológicos, tendo ocorrido mais vacuolização e infiltrado polimorfonuclear intersticial no grupo não tratado com tadalafila. Não houve diferença significativa nas dosagens séricas de uréia e creatinina. Conclusão: Nosso estudo sugere, pela primeira vez na literatura, que a tadalafila tem um efeito protetor na isquemia e reperfusão renal em suínos, como evidenciado pelos resultados da lipoperoxidação e pelos estudos histológicos.
44

Intervenções farmacológicas para prevenção de nefropatia induzida por contraste : uma aplicação do método do tamanho ótimo da informação corrigido para heterogeneidade a fim de determinar se as evidências de uma metanálise são definitivas e conclusivas

Bressel, Mathias Azevedo Bastian January 2008 (has links)
Objetivo: O número necessário de participantes em uma metanálise (i.e. tamanho da informação) deve ser pelo menos do mesmo tamanho que um ensaio clínico com poder adequado e deve ser corrigido para heterogeneidade (tamanho ótimo da informação corrigido para heterogeneidade - TOIH). Análises seqüenciais podem reduzir o risco de erro aleatório devido aos múltiplos testes aplicados, avaliando se a metanálise atinge o tamanho da informação através dos limites de monitorização. Isso é análogo aos limites seqüenciais de monitorização de um estudo individual. Aplicamos este método para avaliar se as evidências das intervenções farmacológicas para prevenção de nefropatia induzida por contraste (NIC) são conclusivas e definitivas. Fonte de dados: MEDLINE e referências de revisões sistemáticas prévias. Seleção de estudos: Incluímos ensaios clínicos randomizados (ECR), controlados por placebo, que avaliaram a eficácia de uma intervenção farmacológica para prevenção de NIC. Extração de dados: Qualidade dos estudos, características das intervenções e incidência de NIC. Resultados: Incluímos 51 artigos (40 estudos com N-acetilcisteína, 5 estudos com teofilina, 4 estudos com dopamina, 3 estudos com fenoldopam e 2 estudos com furosemida) e realizamos 5 metanálises separadas (uma para cada intervenção). A maioria dos estudos era de baixa qualidade metodológica (40,4% eram duplo-cego, 25% tinham sigilo da lista de alocação e 15,4% reportaram análise com intenção de tratar). Para cada uma das 5 metanálises, estimamos o tamanho da informação (TOIH) considerando um poder de 90%, alfa de 1%, e uma redução de risco relativo de 30%. Monitoramos os resultados dessas metanálises gerando uma análise interina após a inclusão de cada um dos estudos, avaliando os resultados usando análise seqüencial com os limites de Lan- DeMets. Nenhuma das metanálises cumulativas alcançou o tamanho da informação necessário ou cruzou os limites de monitorização. Conclusões: As metanálises dos estudos avaliando as intervenções farmacológicas para prevenção de NIC não conseguiram atingir o tamanho de informação necessário para obtermos uma resposta confiável e conclusiva. Mais estudos com tamanho de amostra maior e de melhor qualidade metodológica são necessários. / Background and Objective: The required number of participants in a meta-analysis (i.e. information size) should be at least as large as an adequately powered single trial and must be corrected for heterogeneity (heterogeneity corrected optimal information size - HOIS). Trial sequential analysis (TSA) may reduce risk of random errors due to repetitive testing of accumulating data by evaluating meta-analyses not reaching the information size with monitoring boundaries. This is analogous to sequential monitoring boundaries in a single trial. We applied this method to evaluate if the evidence for pharmacological interventions to prevent contrast-induced nephropathy (CIN) is reliable and conclusive. Data Sources: MEDLINE and references from previous systematic reviews. Study Selection: We included placebo-controlled randomized trials (RCT) evaluating the efficacy of a pharmacological interventions for the prevention of CIN. Data Extraction: Quality of trials, characteristics of the interventions and incidence of CIN. Results: We included 51 Trials (40 trials with N-acetylcysteine, 5 trials with theophylline, 4 trials with dopamine, 3 trials with fenoldopam and 2 trials with furosemide) and conducted 5 separate meta-analysis (one for each pharmacological intervention). Most trials were of low methodological quality (40.4% were double-blind, 25% had allocation concealment and 15.4% reported as intention-to-treat). For each of the 5 meta-analysis, we estimated the required information size (HOIS) considering 90% statistical power, alpha of 1% and a 30% relative risk reduction. We monitored the results of these meta-analyses by generating interim cumulative meta-analyses after each included trial and evaluated their results using TSA with Lan-DeMets monitoring. None of the cumulative meta-analysis reached the information size or crossed the monitoring boundaries. Conclusions: The meta-analysis of trials evaluating pharmacological interventions for the prevention of CIN fail to meet the minimal required sample size to provide a reliable and conclusive answer. Further trials with larger sample sizes and with higher methodological quality are required in this field.
45

Perfil das manifestações clínicas ocorridas com pacientes portadores de insuficiência renal crônica terminal submetidos à hemodiálise / Profile of the clinical manifestations occured with patients of terminal chronic renal insufficience submitted to the hemodialysis

Alcântara, Maria da Penha de January 2005 (has links)
ALCÂNTARA, Maria da Penha de. Perfil das manifestações clínicas ocorridas com pacientes portadores de insuficiência renal crônica terminal submetidos à hemodiálise. 2005. 105 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2005. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2012-12-19T12:35:03Z No. of bitstreams: 1 2005_dis_mpalcântara.pdf: 416662 bytes, checksum: 51444544c317c1b89445c5b0f7bd9d61 (MD5) / Approved for entry into archive by Erika Fernandes(erikaleitefernandes@gmail.com) on 2012-12-19T13:40:31Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2005_dis_mpalcântara.pdf: 416662 bytes, checksum: 51444544c317c1b89445c5b0f7bd9d61 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-12-19T13:40:31Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2005_dis_mpalcântara.pdf: 416662 bytes, checksum: 51444544c317c1b89445c5b0f7bd9d61 (MD5) Previous issue date: 2005 / A Insuficiência Renal Crônica Terminal (IRCT) caracterizada pela perda progressiva, persistente e irreversível das funções renais vem aumentando consideravelmente a cada ano. Com o objetivo de conhecer o perfil das manifestações clínicas que acometem os renais crônicos sob terapia hemodialítica, realizou-se um estudo longitudinal prospectivo envolvendo 83 pacientes procedentes de três clinicas de hemodiálises na cidade de Fortaleza. Utilizou-se como principal instrumento de coleta de dados um questionário que foi aplicado aos pacientes por meio de entrevista. Os pacientes foram observados durante duas sessões de hemodiálise por semana e seguidos por dois meses, correspondendo assim a 1.328 sessões de hemodiálise analisadas. Os resultados demonstraram que 45 (54%) eram do sexo masculino com uma média de idade de 47 anos (DP ± 16) e em relação a renda familiar esta se encontrava entre 1 e 2 salários mínimo para 57 (69,5%) dos pacientes. Quanto à doença determinante da IRCT verificou-se que 40% dos pacientes tiveram causa não identificada. Em se tratando da utilização de medicamentos verificou-se uma média de 10 medicamentos por paciente e houve uma relação quanto maior o número de medicamentos maior o número de manifestações clínicas observadas (p=0,001). Cerca de 80% dos indivíduos em algum momento do estudo deixaram de receber pelo menos um dos medicamentos excepcionais. Verificou-se a presença de manifestações neurológicas (87%), cardiovasculares (81%), musculoesqueléticas (69%), gastrointestinais (66%), anemia (66%) e dermatológicas (55%). Em relação às manifestações gastrointestinais verificou-se que pacientes com Taxa de Redução da Uréia <65% tinham duas vezes mais chance de apresentar tais manifestações (RR-1,90) Ic 95% (1,43-2,5). A sorologia positiva para hepatite C foi observada em 25% dos indivíduos. Sendo que pacientes com mais de 5 anos em tratamento dialítico tem 4 vezes mais chances de ter hepatite C. (RR 3,99) Ic 95% (1,72-9,20). Das manifestações observadas durante as sessões de hemodiálises a mais freqüente foi a cefaléia 66% (55). A presença de alguma manifestação clínica foi verificada em 100% dos pacientes e aqueles que tinham mais tempo de hemodiálise (> 5 anos) apresentaram maior número de manifestações quando comparados com indivíduos com menor tempo em HD (< 5 anos), sendo esta diferença estatisticamente significante (p=0,043). O Sistema Único de Saúde foi o responsável por 94% dos atendimentos. Conclue-se que indivíduos semi-analfabeto do sexo masculino com idade superior aos 45 anos e renda entre 1 e 2 salário mínimos são os indivíduos mais atingidos pela IRCT embora esta possa atingir qualquer pessoa em qualquer período da vida. As manifestações clínicas mais freqüentes foram neurológicas, cardiovasculares e musculoesqueléticas. A garantia do acesso ao medicamento é negada a grande maioria destes pacientes, a falta do medicamento leva a ineficiência de todo processo terapêutico ocasionando transtorno ao paciente e diminuindo sua qualidade de vida. / Terminal Chronic Renal Insufficience (TCRI) characterized by the gradual loss, persistent and irreversible of the renal functions increases each year. With the objective to identify the profile of the clinical manifestations that appear in the chronic renal under hemodialysis, a prospective longitudinal study was realized over 83 patients of three clinics of hemodialysis in Fortaleza. A questionnaire was used as main instrument of collection of data, being applied to the patients by interview. The patients had been observed during two sessions of hemodialysis for week and followed by two months, corresponding to 1,328 analyzed sessions of hemodialysis. The results had demonstrated that 45 (54,2%) were of the male sex with a average of age of 47 ±16 years and in relation the familiar income this if it found between 1 and 2 minimum wages for 56 (67,5%) of the patients. About the illness to the IRCT, it was verified that in 40% of the patients the cause was not identified, in 22% was hypertension and in 13% was diabetes. About the use of drugs in this population, an average of 10 drugs for patient was verified. Relating the drug total with the average of presented clinical manifestations, it was identified how much the bigger drug number, bigger the manifestations number was observed (p=0,001). About 80% of the individuals at some moment of the study they had left to receive the ‘exceptional drugs’ that the Public System of Health would have to supply. It was verified presence of cardiovascular manifestations (81%), musculoskeletal (69%), neurological (87%), dermatological (55%), gastrointestinal (66%) and anemia (65%). Relating to the gastrointestinal manifestations was verified that patient with Reduction of Urea Tax <65% they had two times more possibility to present such manifestations (RR-1.90) CI 95% (1.43-2.5). Of the total of patients: 43% had presented a type of infection, which the vein access (fistula arterial-vein or catheter) was responsible by 36% of these infections. A positive sorology for Hepatitis C was observed in 25% of the individuals. Patients with more than 5 years treating dialysis had 4 times more chance to suffer from Hepatitis C (RR- 3.99, CI 95% - 1.72-9.20). During the hemodialysis sessions, chronic headache (76%) was the manifestation most frequently observed. The presence of a clinical manifestation was verified in 100% of the patients. Those individuals who had more time of hemodialysis (> 5 years) presented greater number of manifestations when compared with individuals with lesser time (< 5 years) - p=0.043. The Public System of Health is the greatest supplier of the dialitic treatment, being the responsible for 94% of the treatments. It was concluded that male individuals half-illiterate >45 years old and income between 1 and 2 minimum wage were the individuals more reached by the IRCT, even so this it can reach any person in any period of the life. The more frequent clinical manifestations had been neurological, cardiovascular and musculoskeletal. The guarantee of the access to the drugs is denied the majority of these patients. The lack of the drugs takes the inefficiency of all therapy, causing upheaval to the patient and decreasing its quality of life.
46

Efeito nefrotóxico direto induzido pela fração L-aminoácido oxidase isolada do veneno da serpente Bothrops leucurus / Effect direct nephrotoxic induced by L-aminoacid oxidase isolated of Bothrops leucurus venom

Morais, Isabel Cristina Oliveira de January 2015 (has links)
MORAIS, Isabel Cristina Oliveira de. Efeito nefrotóxico direto induzido pela fração L-aminoácido oxidase isolada do veneno da serpente Bothrops leucurus. 2015. 98 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) – Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2015-12-01T12:17:59Z No. of bitstreams: 1 2015_dis_icomorais.pdf: 2308756 bytes, checksum: a19cf84310abf884525d01a755823c19 (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2015-12-01T12:19:03Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_dis_icomorais.pdf: 2308756 bytes, checksum: a19cf84310abf884525d01a755823c19 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-12-01T12:19:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_dis_icomorais.pdf: 2308756 bytes, checksum: a19cf84310abf884525d01a755823c19 (MD5) Previous issue date: 2015 / The pit viper Bothrops leucurus (White-tailed-jararaca) is a poisonous snake habituating area in the northeast of Brazil. The biological effects due envenomation have similar profile than those observed with other Bothrops, such as important severe local and systemic effects such as Acute Renal Failure (ARF). Bothrops leucurus venom induces nephrotoxicity in the isolated perfused kidney of rats associated with cytotoxicity against renal tubular epithelia cells. In this study, it was evaluated the direct nefrotoxicity of L-aminoacid oxidase isolated of B. leucurus venom (LAAO-Bl) on renal epithelial cells (MDCK and HK2) and their potential nephrotoxic in isolated rat kidney. In these cells treated with LAAO-Bl, 1.56 – 100 µg/mL for 12 h, there was a decrease in their viability in a concentration-dependent manner after 12 hours of treatment. In MDCK cells LDH release was not observed after 12 h of LAAO-Bl exposure while LAAO-Bl induced membrane rupture in HK-2 cells at the highest concentrations studied when compared with untreated cells. In MDCK cells, LAAO-Bl significantly increased the percentage of early apoptotic (Annexin-V+, PI-), necrotic (Annexin-V-, PI+) and secondary necrotic cells (Annexin-V+, PI+) when compared with control untreated cells. In HK-2 cells LAAO-Bl induced an increase in necrotic (PI+ cells) and secondary necrotic cells (Annexin-V+, PI+) in a concentration-dependent manner. MDCK apoptosis induction was accompanied with Ca2+ release from the endoplasmic reticulum, reactive oxygen species (ROS) generation, mitochondria dysfunction with enhanced expression of Bax protein levels. LAAO-Bl induced caspase-3 and caspase-7 activation in both cell lines. LAAO-Bl (10 µg/mL) exerts significant effects on the isolated kidney perfusion increasing perfusion pressure and urinary flow and decreasing the glomerular filtration rate and sodium, potassium and chloride tubular transport. Taken together our results suggest that LAAO-Bl contributes for the nephrotoxicity observed in the envenomation by Bothrops leucurus. Moreover, the cytotoxic of LAAO-Bl to renal epithelial cells might be responsible, least in part for the nephrotoxicity observed in isolated kidney. / A Bothrops leucurus (jararaca do rabo branco) é uma serpente peçonhenta que habita a região Nordeste do Brasil. Os efeitos biológicos devido ao envenenamento por B. leucurus têm perfil semelhante àqueles apresentados por outras serpentes do gênero Bothrops, tais como, importantes efeitos locais e sistêmicos graves como a Insuficiência Renal Aguda (IRA). O veneno de Bothrops leucurus induziu nefrotoxicidade em sistema de perfusão de rim isolado de rato, associado com citotoxicidade em células tubulares epiteliais renais. Neste trabalho foi avaliado o efeito nefrotóxico direto da enzima L-aminoácido oxidase isolada do veneno de Bothrops leucurus (LAAO-Bl) sobre células epiteliais renais (MDCK e HK2) e o seu potencial nefrotóxico em rim isolado de rato. O tratamento com LAAO-Bl, 1.56 – 100 µg/mL induziu significativa morte celular de maneira concentração dependente em ambas às linhagens celulares após 12 horas de tratamento. Nas células MDCK não foi observada liberação de LDH após 12 horas de exposição à LAAO-Bl, enquanto nas células HK2 LAAO-Bl induziu ruptura de membrana nas maiores concentrações estudadas quando comparado ao controle não tratado. Nas células MDCK o tratamento com LAAO-Bl aumentou significativamente a porcentagem de células em apoptose (Anexina-V+, IP-), necrose (Anexina-V-, IP+) e necrose secundária (Anexina-V+, IP+). Nas células HK2 LAAO-Bl induziu um aumento na porcentagem de células em necrose (IP+) e necrose secundária (Anexina-V+, IP+) de maneira concentração dependente. A indução de apoptose nas células MDCK foi acompanhada de liberação de Ca2+ do retículo endoplasmático, aumento de espécies reativas de oxigênio, disfunção mitocondrial e aumento de expressão de Bax. O tratamento com LAAO-Bl induziu ativação de caspase 3 e 7 em ambas as linhagens celulares. LAAO-Bl (10 µg/mL) exerce efeitos significativos no rim isolado de rato aumentando a pressão de perfusão e o fluxo urinário e diminuindo a taxa de filtração glomerular e os transportes tubulares de sódio, potássio e cloreto. Os nossos resultados sugerem que LAAO-Bl contribui para nefrotoxicidade observada no envenenamento por Bothorps leucurus. Além disso, os efeitos citotóxicos de LAAO-Bl nas células epiteliais renais podem ser responsáveis, pelo menos em parte, pela nefrotoxicidade observada no rim isolado.
47

Relação entre o conteúdo de gorduras da dieta e desfechos clínicos nos pacientes com Diabetes Melito tipo 2 : doença renal do diabetes e mortalidade

Santos, Ana Luiza Teixeira dos January 2014 (has links)
O Diabete Melito (DM) é considerado um problema de saúde pública, em razão da acentuada morbimortalidade e dos custos envolvidos no seu tratamento. As complicações crônicas do DM podem ser divididas em microvasculares ou macrovasculares. Uma das principais complicações microvasculares do DM é a doença renal crônica (DRC), podendo acometer cerca de um terço destes pacientes. A Doença Cardiovascular (DCV) é a principal causa de complicação macrovascular, e também a principal causa de morbidade e mortalidade em pacientes com DM. Embora o manejo intensivo do controle glicêmico e das morbidades concomitantes, a freqüência de complicações crônicas diabéticas persiste alta, resultando em maior mortalidade. Além disso, mesmo com o avanço do tratamento farmacológico para o manejo da doença, a prevalência de complicações associadas ao DM ainda é bastante elevada. Nesse sentido, a terapia nutricional assume grande importância em relação às medidas não farmacológicas. A composição de gordura da dieta, especialmente dos ácidos graxos poliinsaturados n-3 vem sendo o foco dos principais estudos que buscam descobrir o papel da dieta nas complicações do DM, porém os estudos são na sua grande maioria com indivíduos não-diabéticos. A quantidade e a qualidade dos lipídeos da dieta têm sido debatidas em pesquisas recentes a fim de esclarecer seu papel tanto na DRC, quanto na DCV e nos desfechos mais duros como mortalidade. Entretanto, os resultados além de controversos, ainda são escassos a fim de estabelecer um padrão alimentar adequado para estes pacientes. No presente estudo, observamos que a menor ingestão de AG poliinsaturados, especialmente do ácido linolênico, está associada à presença de doença renal crônica em pacientes com DM 2. Em um segundo momento, foi também observado que em mulheres com Diabetes tipo 2, o maior consumo de ácido graxo poli-insaturado n-3 total, especialmente o ácido linolênico, está associado a menor mortalidade total. Porém, esta associação não foi observada nos homens. Desde modo, estes resultados sugerem que a associação do manejo farmacológico com a maior ingestão dos ácidos graxos poli-insaturados n-3, tem influência positiva sobre desfechos clínicos, principalmente sobre a Doença Renal do Diabete e risco de Mortalidade Total e Cardiovascular em pacientes com DM 2.
48

Eficácia da diacereína sobre função renal, controle metabólico e parâmetros inflamatórios agudos em pacientes com diabetes mellitus tipo 2, com nefropatia : ensaio clínico randomizado

Piovesan, Fabiana January 2015 (has links)
Objetivos: Diacereína melhorou o controle metabólico e reduziu os níveis de marcadores inflamatórios em ensaio clínico realizado em pacientes com diabetes melito tipo 2 (DM2). Contudo, não há evidencia sobre seu efeito em pacientes com nefropatia do diabetes (ND). Este ensaio clínico randomizado avaliou alterações sobre função renal, controle metabólico, níveis pressóricos e citocinas inflamatórias em portadores de ND. Desenho do estudo e métodos: 72 pacientes com ND, com 18 a 80 anos, em tratamento com antidiabéticos, IECA ou BRA e 7,0-11,0% de A1C foram randomizados para receber diacereína ou placebo, sendo acompanhados por 90 dias. A análise foi realizada por intenção de tratar, investigando-se variações na razão albumina/creatinina (ACR), taxa de filtração glomerular (TFG) e controle metabólico e pressórico através de análise de variância com medidas repetidas. Resultados: Diacereína reduziu ACR nos pacientes com proteinúria ≥ 300 mg/g, comparativamente ao grupo placebo (valor P para interação = 0,006), preveniu a elevação da glicemia (P = 0,04), reduzindo 41% (10-61%) a falta de controle metabólico. Houve redução da pressão diastólica de 24 h, pressões sistólica e diastólica durante o sono, comparativamente ao grupo placebo. No grupo diacereína observou-se redução no nível de TNF-α no percentil 75 (P = 0,05), sem alterar níveis de interleucinas, adiponectina, leptina e selectina. Conclusões: Este ensaio clínico randomizado caracterizou a eficácia da diacereína sobre o controle metabólico e níveis pressóricos, reduzindo ACR em participantes com proteinúria, resultado exploratório que deveria ser testado em estudo desenhado para esse propósito. O impacto desses achados na preservação da função renal provavelmente devem ser corroborados por outros estudos.
49

Escores de risco de nefropatia induzida pelo contraste como preditores do desenvolvimento de desfechos adversos em pacientes submetidos à intervenção coronariana percutânea

Araújo, Gustavo Neves de January 2017 (has links)
Nefropatia induzida pelo contraste (NIC) não é um evento incomum após a exposição à contraste e afeta cerca de 1-2% dos pacientes em procedimentos de imagem radiológica geral. A incidência de NIC é ainda maior entre os pacientes submetidos à intervenção coronária percutânea (ICP) e varia de 3% a 19% de acordo com o perfil de risco do paciente. A NIC está associada ao aumento da morbidade, da mortalidade, do tempo de permanência hospitalar e dos custos de saúde, e porque não há tratamento direcionado após o desenvolvimento, identificar pacientes de alto risco e prevenir a ocorrência é a pedra angular para evitar resultados adversos após a ICP. Vários modelos de predição do desenvolvimento de NIC foram criados usando definições discrepantes do desfecho. O escore ACEF (Age, Creatinine and Ejection Fraction) é um modelo de risco simples desenvolvido para predizer a mortalidade em pacientes submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica eletiva, sendo mais tarde validado em pacientes submetidos à ICP. O objetivo deste trabalho é determinar se este simples modelo de risco de mortalidade é capaz de prever também NIC, já que estas duas condições têm fatores de risco em comum, em pacientes submetidos à ICP primária. / Contrast-induced acute kidney injury (CI-AKI) is not an uncommon event after contrast media exposure, and affects around 1-2% of the patients in general radiological imaging procedures. CI-AKI incidence is even higher among patients undergoing percutaneous coronary intervention (PCI), and ranges from 3% to 19% according to the patient`s risk profile. CI-AKI is associated with increased morbidity, mortality, hospital length-of-stay and healthcare costs, and because there is no targeted treatment after it develops, identifying high risk patients and preventing its occurrence is the cornerstone to avoid adverse outcomes after PCI. Several prediction models of CI-AKI development were created using discrepant definitions of this outcome. ACEF (Age, Creatinine and Ejection Fraction) score is a simple risk model developed to predict mortality in patients undergoing elective myocardial revascularization, and later validated in patients undergoing PCI. The objective of this study is to determine whether this simple model of mortality risk is able to predict CI-AKI, since these two conditions have common risk factors, in patients submitted to primary PCI.
50

Associação entre a composição dos ácidos graxos da dieta e doença renal crônica em pacientes com Diabetes Mellitus

Pavinatto, Cristina January 2017 (has links)
Introdução: Anormalidades no metabolismo lipídico na doença renal crônica podem anteceder ou se desenvolver na evolução da mesma. Existem algumas evidências que a quantidade e o tipo de ácidos graxos (AG) consumidos na dieta possuem efeitos sobre a função renal e podem representar proteção ou predispor para o desenvolvimento e progressão da doença renal do diabetes (DRD). No entanto, não há evidência suficiente para estabelecer uma recomendação nutricional específica para pacientes com DRD. Com base no exposto, a presente dissertação de mestrado foi elaborada com o objetivo de analisar a associação entre a composição dos AG da dieta e a DRD, através de uma revisão sistemática e metanálise de estudos observacionais realizados com pacientes com diabetes mellitus (DM). Métodos: Foi realizada uma revisão sistemática e metanálise de estudos observacionais publicados até fevereiro de 2017, pesquisando as seguintes bases: PubMed, LILACS, Cochrane e EMBASE. A busca manual nas referências bibliográficas de estudos de revisão prévios também foi realizada. Não foi realizada restrição de idioma ou período na estratégia de busca. Estudos observacionais que avaliaram a ingestão e composição sérica de ácidos graxos e a presença da DRD em pacientes com diabetes foram incluídos. Os dados foram extraídos de forma independente e duplicada por dois investigadores, incluindo o ano em que os estudos foram realizados e publicados, seu delineamento, tamanho, tipo da população e média e desvio padrão do conteúdo na dieta ou no sangue dos ácidos graxos saturados (AGS), ácidos graxos monoinsaturados (AGMI) e ácidos graxos polinsaturados (AGPI), ou intervalos de confiança no percentil mais baixo e mais alto. Resultados: Foram encontrados 4933 artigos através de busca sistemática e manual. Após a remoção das duplicatas, foi realizada a leitura de 4016 resumos e títulos pelos revisores e 66 artigos foram selecionados para leitura completa. Finalmente, sete artigos foram incluídos na revisão sistemática e cinco foram incluídos na metanálise. Para análise dos AGPI da dieta, foram avaliados dois estudos (339 participantes). Os AGPI foram inversamente associados à DRD (diferença média: - 1,95% do valor calórico da dieta; 95% IC: -3,57 a -0,32; P=0,02 [I²=85,6%; P = 0,009]). Para análise dos AGPI séricos, foram incluídos dois estudos (748 participantes). Foi também observada uma associação inversa entre a presença da DRD e a proporção de AGPI séricos (diferença média: - 0,63% do total de AG; 95% IC: -0,85 a –0,40, P=0,0001 [I² = 0%, P 0,368]). Para análise dos AGMI da 9 dieta, foram avaliados dois estudos (339 participantes). Os AGMI parecem apresentar uma associação inversa com a DRD, mas não estatisticamente significativa (diferença média: - 0,69% do valor calórico da dieta; 95% IC: -1,50 a 0,12; P=0,09 [I²=0,0%; P=0,48]). Na análise dos AGS da dieta, não se observou associação com a DRD. Conclusão: Na presente revisão, a menor ingestão de AGPI parece estar associada a presença da DRD. No entanto, o número pequeno de estudos e a grande heterogeneidade entre eles são fatores limitantes para esta conclusão. São necessários mais estudos para avaliar a associação entre a ingestão de ácidos graxos e seus possíveis efeitos sobre a função renal em pacientes com DM. / Introduction: Abnormalities of the lipid metabolism in chronic kidney disease may precede or develop during its evolution. In addition to the likely beneficial effects of lipid-lowering agents, there is some evidence that the amount and type of fatty acids (FA) consumed in the diet have effects on renal function and may protect or predispose to the development and progression of diabetic kidney disease (DKD). However, there is insufficient evidence to establish a specific nutritional recommendation for patients with DKD. Based on the above, this dissertation was elaborated for the purpose of analyzing the association between dietary FA composition and DKD, through a systematic review and meta-analysis of observational studies performed on patients with diabetes mellitus (DM). Methods: A systematic review and meta-analysis of observational studies published until February 2017 were performed, researching the following bases: PubMed, LILACS, Cochrane and EMBASE. Manual search in the cited references in previous review articles was also made. There was no restriction for language or period in the search strategy. Observational studies that evaluated the intake and serum composition of fatty acids and the presence of DKD in diabetic patients were included. The data were extracted independently and duplicated by two researches, including the year in which the studies were performed and published, their design, size, type of population and mean and standard deviation of the content in the diet or in the blood of saturated fatty acids (SFA), monounsaturated fatty acids (MUFA) and polyunsaturated fatty acids (PUFA), or confidence intervals at the lowest and highest percentile. Results: 4933 articles were found in a systematic and manual search. After the duplicates were removed, 4016 abstracts and titles were read by the reviewers, and 66 articles were selected for complete reading. Finally, seven articles were included in the systematic review and five were included in the meta-analysis. To analyze the dietary PUFA, two studies were evaluated (339 participants). The dietary PUFA were inversely associated with DKD (mean difference: - 1.95% of energy [95% CI: -3.57 to -0.32]; P=0.02 [I²=85.6%; P = 0.009]). Two studies (748 participants) were included to analyze the serum PUFA. An inverse association was also observed between the presence of DKD and the proportion of serum PUFA (mean difference: - 0,63% of total FA [95% CI: -0,85 to – 0,40], P=0,0001 [I² = 0%, P 0,368]). In order to analyze the MUFA in the diet, two studies were evaluated (339 participants). The 11 MUFA presented an inverse, but not statistically significant association with the DKD (mean difference: - 0.69% of energy [95% CI: -1.50 to 0.12]; P=0.09 [I²=0.0%; P=0.4794]). Analyzing the dietary SFA, no association with DKD was observed. Conclusion: In the present review, the lower intake of PUFA appears to be associated with the presence of DKD. However, the small number of studies and great heterogeneity among them are limiting factors for this conclusion. Further studies are needed to evaluate the association between the intake of fatty acids and their possible effects on kidney function in diabetic patients.

Page generated in 0.0493 seconds