• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 130
  • 1
  • Tagged with
  • 132
  • 132
  • 106
  • 68
  • 34
  • 33
  • 32
  • 30
  • 30
  • 26
  • 25
  • 17
  • 16
  • 16
  • 16
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Aspectos psicossociais do auto-exame: implicações num outro olhar da prevenção do câncer de mama / Psicossociais aspects of the auto-examination: implications in one another look of the prevention of the breast cancer

Ellery, Ana Ecilda Lima January 2004 (has links)
ELLERY, Ana Ecilda Lima. Aspectos psicossociais do auto-exame : implicações num outro olhar da prevenção do câncer de mama. 2004. 170 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2004. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2011-10-28T13:11:03Z No. of bitstreams: 1 2004_dis_aelellery.pdf: 1406942 bytes, checksum: c4234e8ac631152d933b3da1441e51be (MD5) / Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2011-11-01T13:20:27Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2004_dis_aelellery.pdf: 1406942 bytes, checksum: c4234e8ac631152d933b3da1441e51be (MD5) / Made available in DSpace on 2011-11-01T13:20:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2004_dis_aelellery.pdf: 1406942 bytes, checksum: c4234e8ac631152d933b3da1441e51be (MD5) Previous issue date: 2004 / The breast cancer is a pathology that has crescent incidence, in the countries of higher degree of development like in the countries in development. There are evidences that its causes seem to have relation to modern life style, of difficult control. In this context, the efforts are direct to secondary prevention, in order to make an early diagnosis of tumors, trying to avoid a great number of mutilations and ensure higher survival and a better quality of life for women with this type of neoplasy. Among of the methods of precocious detection that had been recommended by Cancer National Institute, until the launch of Consensus to the Control of Breast Cancer, in April 2004, the breast self-examinations had prominence of place, beside medical exam and mammography. However, researches show the women are difficult of breast self- examination adhesion, although this is a painless, fast and free technique. The aim of this study was the comprehension of the psicossociais aspects involved in breast self-examination, in order to offer subsidy to prevention practices in breast of cancer. To realization this study, we based on the Qualitative Epistemology, Gonzalez Rey (2002). It is based on Dialectic Method and shows that the quality and quantity of facts are inseparable and interpedent. In this direction, our study pondered either the structure reality through the numbers as the qualitatives aspects. We accomplished a transversal study, of population base, with 561 women in the Sobral city, state of Ceará, Brazil. 13 women were interviewed. They were considered key – informers for survey. It was made still a group meeting with women who had the breast cancer. The process of the construction of information allowed the identification of six themes: 1. knowledge and frequency of breast self-examination and variable correlated; 2. Imputed meaning and produced sense about breast self-examination; 3. Motivation of the practice breast self-examination; 4. Resistance to practice of the breast self-examination; 5. Talks and insight sense in the education actions; 6. Re-think the preventive practices in breast cancer. Based on the process of information construction, we understand the cancer social representation, which influences the acceptation of breast self-examination. The breast self-examination is associated with breast cancer and this fact increases the fear of women. We conclude that the breast self-examination isn’t a simple technique to make. It needs support to find any alteration in breast. We also conclude that there is sufficient knowledge to make primary prevention in breast cancer. It is necessary to understand that the illness process is complex and involves subjective, physics, social and environmental aspects. / O câncer de mama é uma patologia de incidência crescente, tanto nos países desenvolvidos quanto nos países em desenvolvimento, parecendo estarem suas causas relacionadas ao estilo de vida moderna, de difícil controle. Neste contexto, os esforços são dirigidos à prevenção secundária, no sentido de diagnosticar cada vez precocemente os tumores, com vistas a evitar maiores mutilações e assegurar longa sobrevida e qualidade de vida para as mulheres acometidas por este tipo de neoplasia. Entre os métodos de detecção precoce que vinham sendo recomendados pelo Instituto Nacional do Câncer, até o lançamento do Consenso para Controle do Câncer de Mama, em abril de 2004, o auto-exame das mamas – AEM ocupava lugar de destaque, ao lado do exame médico e da mamografia. Contudo, as pesquisas indicam a dificuldade de adesão das mulheres a este tipo de exame, apesar de ser uma técnica indolor, rápida e gratuita. O objetivo deste estudo foi compreender os aspectos psicossociais envolvidos na prática do auto-exame das mamas, no intuito de oferecer subsídios para as práticas preventivas em câncer de mama. Para a realização deste estudo, utilizamos a Epistemologia Qualitativa, Gonzalez Rey (2002), a qual se embasa no Método Dialético e compreende ser a quantidade e a qualidade dos fatos inseparáveis e interdependentes. Nesta perspectiva, nosso estudo contemplou tanto a realidade estruturada por meio dos números quanto os aspectos qualitativos. Desenvolvemos um estudo transversal, de base populacional, com 561 mulheres no município de Sobral-CE, como também entrevistamos treze mulheres, consideradas informantes-chave para o estudo, e realizamos uma reunião de grupo com mulheres mastectomizadas. O processo de construção de informações permitiu a identificação de seis focos temáticos: 1. Conhecimento e freqüência da prática do auto-exame das mamas e variáveis correlacionadas; 2. Significados atribuídos e sentidos produzidos sobre o AEM; 3. Motivação para a prática do AEM; 4. Entendendo a resistência para a prática do AEM; 5. Discursos e sentidos presentes nas ações educativas; 6. Repensando as práticas preventivas em câncer de mama. A articulação destes focos temáticos permitiu- nos tecer reflexões acerca da representação social do câncer de mama em nossa sociedade, que influencia sobremaneira a aceitação do auto-exame de mamas. Isto porque referida técnica vinha sendo trabalhada como forma de identificar alteração nas mamas, associada ao câncer de mama, exacerbando o temor da existência deste nas mulheres. Concluímos que o auto-exame das mamas, ao contrário do postulado por muitos, não é uma técnica simples de ser realizada, pressupondo capacidade de enfrentamento, pois, ao fazer o auto-exame, a mulher depara-se com uma situação, na qual, de forma solitária, pode encontrar algo que ela considera ser maligno. Esta expectativa da mulher é fruto das práticas discursivas dominantes sobre o auto-exame e sobre o câncer de mama. Concluímos, ainda, existir conhecimento suficiente sobre a etiologia do câncer de mama capaz de orientar ações no sentido da prevenção primária desta patologia, se compreendermos ser o adoecimento um processo complexo a envolver aspectos físicos, psicológicos, sociais e ambientais.
2

O significado da comunicação na assistência de enfermagem à mulher mastectomizada : o olhar de quem cuida

Araújo, Iliana Maria de Almeida January 2006 (has links)
ARAÚJO, Iliana Maria de Almeida. O significado da comunicação na assistência de enfermagem à mulher mastectomizada : o olhar de quem cuida. 2006. 111 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2006. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2012-02-15T16:05:24Z No. of bitstreams: 1 2006_tese_imaaraújo.pdf: 516733 bytes, checksum: 521b0866b240bb3ef563b61e3405330d (MD5) / Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2012-02-16T12:19:52Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_tese_imaaraújo.pdf: 516733 bytes, checksum: 521b0866b240bb3ef563b61e3405330d (MD5) / Made available in DSpace on 2012-02-16T12:19:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_tese_imaaraújo.pdf: 516733 bytes, checksum: 521b0866b240bb3ef563b61e3405330d (MD5) Previous issue date: 2006 / The breast cancer is reason of great fear in the society in general and mainly in the women, in result of the raised index of morbi-mortality and mutilation, with consequent compromised of auto-they esteem and of the personal development of who it is for carrier it. However, intervenes excessively with social, personal, professional and affective the relations, Therefore to know as the nurse communicates itself with this clientele was the fidget for the accomplishment of this study, whose objective was to understand the communication process patient nurse/, emphasizing the meaning, values and possibilities of change in the assistance of nursing to the mastectomized woman. The following felt question is about a descriptive study of qualitative boarding that it used as referencial theoretician the Symbolic Interacionismo and the Theory Based on Data Ground Theory as referencial metodológic, on the basis of: how the nurse perceives its process of communication with the mastectomized woman? The collection of data occurred in the months of June and July of 2006 in an institution of reference in the treatment of the cancer. We use as strategy for collection of data the interview with nine nurses who gave assistance to the mastectomized woman. We got then, the data that the analysis had after allowed the creation of the central theory: The meaning of the communication in the assistance of nursing to the mastectomized woman, which consists of three distinct phenomena that if interrelate. They are they: One to look at on the communication, that is characterized as a process of the theory where the phenomena that had led the nurses to reflect on its way of communication with the mastectomized woman had been elucidated emerging meanings and values to its respect; identifying the rocks of the way, that point the main difficulties found in the implantation of a communication accomplishes between patient nurse/, including the limitations personal; e rethink the communication nurse/woman mastectomized, who emphasizes the meaning attributed for the nurse to its necessity to remain itself sensetized to the communication process accomplishes with the mastectomized woman, in intention to give optimum possible care. This significant interaction emerges when the nurse uses itself of its communication ability, perceiving the patient and interacting with it, provoking changes and seeing the woman as a social being, that is, attributing one meant to it. In our opinion, for a satisfactory communication the installment of the human being care, the professional who works in the assistance the women mastectomized necessary to become involved itself and to believe that its presence is so important how much the accomplishment of procedures technician, therefore, in general way, the objective knowledge technician function so well ahead of situations of estresse how much the subjective knowledge that if disclose in the therapeutical communication. / O câncer de mama é motivo de grande temor na sociedade em geral e principalmente nas mulheres, em decorrência do elevado índice de morbi-mortalidade e de mutilação, com conseqüente comprometimento da auto-estima e do desenvolvimento social de quem é por ele acometido. Ademais, interfere sobremaneira nas relações sociais, pessoais, profissionais e afetivas, Portanto conhecer como a enfermeira comunica-se com essa clientela foi a inquietação para a realização desse estudo, cujo objetivo foi compreender o processo de comunicação enfermeira/paciente, enfatizando a significação, valores e possibilidades de mudança na assistência de enfermagem à mulher mastectomizada.Trata-se de um estudo descritivo de abordagem qualitativa que utilizou como referencial teórico o Interacionismo Simbólico e a Teoria Fundamentada em Dados Ground Theory como referencial metodológico, com base na seguinte questão norteadora: como a enfermeira percebe seu processo de comunicação com a mulher mastectomizada? A coleta de dados ocorreu nos meses de junho e julho de 2006 em uma instituição de referência no tratamento do câncer. Utilizamos como estratégia para coleta de dados a entrevista com nove enfermeiras que prestavam assistência à mulher mastectomizada. Obtivemos então, os dados que após a análise permitiram a criação da teoria central: O significado da comunicação na assistência de enfermagem à mulher mastectomizada, a qual constitui-se de três fenômenos distintos que se inter-relacionam. São eles : Um olhar sobre a comunicação, que caracteriza-se como um processo da teoria onde os fenômenos que levaram as enfermeiras a refletirem sobre seu modo de comunicação com a mulher mastectomizada foram elucidados emergindo significados e valores ao seu respeito; identificando as pedras do caminho, que pontua as principais dificuldades encontradas na implantação de uma comunicação efetiva entre enfermeira/paciente, incluindo as limitações pessoais; e repensando a comunicação enfermeira/mulher mastectomizada, que enfatiza a significação atribuída pela enfermeira à sua necessidade de manter-se sensibilizada ao processo de comunicação efetiva com a mulher mastectomizada, no intuito de prestar o melhor cuidado possível. Essa interação significativa emerge quando a enfermeira utiliza-se de sua habilidade comunicativa, percebendo a paciente e interagindo com ela, provocando mudanças e vendo a mulher como um ser social , ou seja, atribuindo-lhe um significado. Na nossa opinião, para uma comunicação satisfatória a prestação do cuidado humanizado, a profissional que trabalhe na assistência a mulheres mastectomizadas precisa envolver-se e acreditar que sua presença é tão importante quanto a realização de procedimentos técnicos, pois, de modo geral, os conhecimentos técnicos objetivos funcionam tão bem diante de situações de estresse quanto os conhecimentos subjetivos que se revelam na comunicação terapêutica.
3

Mortalidade e sobrevida por câncer de mama, no Estado do Pará / Mortality and supervened by breast neoplasms, in the State of Pará

Pereira, Waltair Maria Martins January 2001 (has links)
Made available in DSpace on 2012-09-06T01:11:30Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 264.pdf: 1560580 bytes, checksum: f3d80711f212f0093bd856d17f6f97d0 (MD5) Previous issue date: 2001 / A análise das tendências de mortalidade por câncer de mama no estado do Pará revela um padräo de flutuaçäo, com as maiores taxas ocorrendo na capital (11,83/100000 em 1980-82 e 12,53/100 000 em 1992-94). Houve crescimento anual das taxas padronizadas de mortalidade tanto na capital como no interior do Estado, sendo que neste último mais elevada, (crescimento de 1,00 por cento e 3,99 por cento, respectivamente). Na capital, as taxas de mortalidade foram aumentando evolutivamente à medida que aumentou a faixa etária, assim é que para o período de 1995-97 as maiores taxas foram observadas para as mulheres acima de 60 anos de idade (58,23/100000 mulheres), representando quase o dobro da faixa etária de 50 a 59 anos com registro de taxa de 27,59 por 100 000 mulheres. As maiores taxas ocorreram na mesorregiäo metropolitana, com variaçäo de 8,03 a 11,53/100 000 quando comparado o período inicial e final da série. A análise da sobrevida geral, de cinco anos em uma coorte hospitalar de câncer de mama, em Belém estado do Pará, foi de 61 por cento, com a maior sobrevida (69,5 por cento) tendo sido observada para as mulheres com 40 a 49 anos. O baixo nível de escolaridade registrado em 40,3 por cento dos casos näo esteve associado à taxa de sobrevida. A maioria dos casos realizou exame histopatológico do tumor primário (97,3 por cento). Em 44,3 por cento das mulheres, o estadiamento tumoral näo estava registrado nos prontuários. Para os casos sem comprometimento ganglionar a sobrevida foi de 80 por cento com p=0,002. Segundo o tipo histológico, a menor sobrevida foi observada para os casos de adenocarcinoma esquirroso, 29 por cento (p=0,001). O fato de ter sido ou näo tratada proporcionou 63 por cento de sobrevida para o grupo de mulheres tratadas contra 45 por cento do grupo que näo recebeu nenhuma forma de tratamento, näo estando entretanto, o tipo de tratamento associado à sobrevida porém o esquema que conjuga a cirurgia e a quimioterapia adjuvante proporcionou a maior sobrevida, (72 por cento).
4

Qualidade de vida de mulheres com neoplasia mamária em tratamento quimioterápico

Garcia, Sabrina Nunes January 2014 (has links)
Orientadora: Profª Drª Luciana Puchalski Kalinke / Co-orientador: Prof. Dr. Jorge Vinicius Cestari Félix / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Defesa: Curitiba, 13/11/2014 / Inclui referências / Área de concentração: Prática profissional de enfermagem / Resumo: A neoplasia mamária é uma doença temida pelas mulheres, pois comumente está associada à mutilação física e alterações no estilo de vida, ocasionadas pelo diagnóstico tardio e pelos efeitos sistêmicos do tratamento. O conhecimento e acompanhamento dos sintomas da doença e seus efeitos adversos permitem a avaliação do tratamento e seu impacto, bem como o planejamento de intervenções de enfermagem para a reabilitação e melhores condições de qualidade de vida. Trata-se de um estudo observacional analítico, de coorte prospectivo, cujo objetivo foi investigar a qualidade de vida de mulheres com diagnóstico de neoplasia mamária em tratamento quimioterápico ambulatorial. O estudo foi realizado em uma instituição privada de Oncologia em Curitiba-PR, especialista em tratamento quimioterápico. Foram convidadas a participar da pesquisa todas as mulheres com diagnóstico de neoplasia mamária submetidas pela primeira vez à quimioterapia no período de outubro de 2012 a julho de 2013. A amostra foi constituída por 48 mulheres e a coleta de dados ocorreu em três fases do tratamento, mediante os questionários de caracterização sóciodemográfica e clínica; Quality of Life Questionnaire Core 30 (QLQ C30) e Quality of Life Questionnaire – Breast Cancer Module (QLQ BR23). Os dados obtidos nos questionários foram organizados em tabelas elaboradas no programa computacional Microsoft® Excel 2010 e posteriormente efetuada análise descritiva, por meio da distribuição de frequência absoluta e relativa, média, desvio padrão, valores mínimos e máximos e testes estatísticos de associação entre variáveis (Friedman, Diferença Mínima Significativa, Spearman e Kruskal-Wallis). Valores de p<0,05 foram considerados estatisticamente significativos. Os resultados mostraram que 62,5% (n=30) das participantes apresentaram média de idade inferior a média nacional (50 anos), 54% (n=26) possuíam ensino superior completo, 39,5% (n=19%) apresentaram estadio clínico III ao diagnóstico, 62,5% (n=30) foram submetidas ao tratamento adjuvante, 54% (n=26) realizaram protocolo quimioterápico baseado em antraciclinas e taxanos e 35,5% (n=17) iniciaram o tratamento em até um mês após o diagnóstico. A análise estatística reportou diferenças significativas na função física (p=0,00056) e função social (p=0,00551) entre a primeira e a terceira etapas; nos sintomas fadiga (p=0,00001) e náuseas e vômitos (p=0,00046) entre a primeira e a segunda, e entre a primeira e a terceira etapas; e nos itens imagem corporal (p=0,00003) e efeitos sistêmicos da terapêutica (p=0,00001) entre a primeira e a segunda, e entre a primeira e a terceira etapas. A associação entre as variáveis idade e função física apresentou-se significativa na segunda etapa (p=0,041), enquanto que a associação entre a escolaridade e a imagem corporal foi estatisticamente significante na primeira etapa (p=0,036), o que denota comprometimento da qualidade de vida das mulheres em relação a esses domínios. Tais evidências subsidiam um cuidado mais direcionado e efetivo, de forma a impactar positivamente sobre a qualidade de vida, valorizando não somente a ocorrência dos sintomas fisiológicos dos quimioterápicos, mas também o impacto físico, social e emocional que a doença e a terapêutica podem ocasionar à vida dessas mulheres. Palavras-Chave: Enfermagem Oncológica. Qualidade de Vida. Neoplasias da Mama. / Abstract: Breast neoplasia is a disease feared by women because it is commonly associated to physical mutilation and changes in lifestyle due to late diagnosis and the systemic effects of treatment. Knowledge and follow-up of the disease and its adverse effects enable treatment assessment and its impact as well as nursing intervention planning aiming at rehabilitation and better conditions of life. It is an analytical observational study, prospective cohort, which objectified to investigate the quality of life of women diagnosed with breast neoplasia undergoing chemotherapy outpatient treatment. The study was held at a private oncology institution in Curitiba, Paraná State/Brazil, specialized in chemotherapy treatment. All women diagnosed breast neoplasia, undergoing chemotherapy for the first time, were invited to participate in the research between October, 2012 and July, 2013. The sample entailed 48 women, and data collection was carried out in three phases of treatment by means of clinic, sociodemographic profile questionnaires: Quality of Life Questionnaire Core 30 (QLQ C30) and Quality of Life Questionnaire – Breast Cancer Module (QLQ BR23). Data obtained from the questionnaires were organized in tables elaborated in the Microsoft® Excel 2010 computer program, and further descriptive analysis was held by means of absolute and relative frequency distribution, standard deviation, minimum and maximum values, and statistical tests of association between variables (Friedman, Minimum Significant Difference, Spearman and Kruskal-Wallis). Values of p<0,05 were considered statistically significant. Results showed that 62,5% (n=30) had mean age inferior to national mean age (50 years old), 54% (n=26) were higher education graduates, 39,5% (n=19) presented clinical stage III when diagnosed, 62,5% (n=30) were submitted to adjuvant treatment, 54% (n=26) underwent chemotherapy based on anthracyclines and taxanes, and 35,5% (n=17) started treatment until one month after diagnosis. Statistical analysis reported significant differences in physical function (p=0,00056) and social function (p=0,00551) between the first and third phases; in the symptoms of fatigue (p=0,00001) and nausea and vomiting (p=0,00046) between the first and second, and between the first and third phases; and in the items of body image (p=0,00003) and systemic effects of therapeuthics (p=0,00001) between the first and second, and between the first and third phases. The association between age and physical function variables evidenced significant in the second phase (p=0,041), while the association between schooling and body image was statistically significant in the first phase (p=0,036), which evidences the harm on women’s quality of life in relation to these domains. Such evidences foster effective, more oriented care to impact positively on quality of life, stressing not only the occurrence of physiological symptoms due to chemotherapy drugs, but also the physical, social and emotional impact that disease and therapeutics may cause to those women’s lives. Key words: Oncology Nursing. Quality of Life. Breast Neoplasms.
5

Práticas de autocuidado com o braço para prevenção de linfedema: relato de mulheres submetidas à técnica da biópsia do linfonodo sentinela / Practices of self with the arm to prevent lymphedema: report of women subjected to the technique of the sentinel lymph node biopsy

Pascoal, Caroline Kíssilla Pereira January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2011-11-09T14:45:42Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1648 bytes, checksum: e095249ac7cacefbfe39684dfe45e706 (MD5) 000222.pdf: 13148729 bytes, checksum: bd9235adfcbd74cb00559d31eda92173 (MD5) Previous issue date: 2008 / Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Fernandes Figueira. Departamento de Ensino. Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e da Mulher. Rio de Janeiro, RJ, Brasil / A cirurgia tem sido opção de escolha para o tratamento do câncer de mama há anos, porém vem a cada dia sendo aprimorada visando menores seqüelas físicas e emocionais às pacientes. A técnica da biópsia do linfonodo sentinela (BLS) emergiu na década de 90, com o objetivo de possibilitar qualidade de vida com menor morbidade para as pacientes, sendo uma alternativa oncologicamente válida e melhor tolerada pelas pacientes do que a linfadenectomia radical. Existe uma urgente necessidade da abordar o câncer de mama em uma perspectiva interdisciplinar, ampliando a visão biomédica hegemônica nas formulações de políticas de prevenção e tratamento. O fisioterapeuta, como profissional que reabilita e orienta as mulheres no pós-operatório de câncer de mama, para assistir à sua clientela de forma integral, precisa compreender as interpretações e os significados dados à cirurgia axilar e as práticas de auto cuidado com o braço homolateral a este procedimentopara prevenção do linfedema. Desta maneira, pode ser capaz de direcionar os atendimentos para as singularidades das mulheres, possibilitando a compreensão e a adequada utilização das informações e orientações fornecidas, sem causar muita limitação ou restriçãonas atividades da vida diária de cada uma. Este trabalho objetiva conhecer as mudanças nas atividades da vida das mulheres submetidas á BLS, identificar conhecimentos e práticas dos cuidados com o braço do lado da mama operada para prevenção de linfedema, analisar o significado da técnica da biópsia do linfonodo sentinela na vida das entrevistadas. O estudo teve abordagem qualitativa. Foram gravadas e transcritas 10 entrevistas de mulheres submetidas àBLS no INCA/III, para tratamento de câncer de mama. As perguntas foram realizadas seguindo um roteiro e a análise dos dados utilizou a técnica de análise de conteúdo. Concluímos que no grupo estudado ocorreram mudanças nas atividades da vida conseqüentes à BLS e conseguimos identificar os conhecimentos e práticas de auto cuidado com o braço do lado da mama operada. Após análise dos relatos sobre o sentido da BLS na vida das participantes, podemos afirmar que elas consideram importante terem sido submetidas a esta técnica. Os relatos deixam claro que a comunicação entre profissionais de saúde e pacientes não vem acontecendo de maneira eficaz e sim normativa e generalizada. Ressaltamos a importância de o fisioterapeuta cumprir seu papel de envolver a paciente nas práticas de auto cuidado, tornando compreensível a necessidade de segui-las, para menores limitações nas atividades da vida diária das mulheres e possibilitando que o linfedema seja prevenido, contribuindo para melhorar a qualidade de vida das pacientes. / For many years, breast cancer treatment of choice has been surgery and its techniques have been improved day-by-day with the intent to cause less physical and emotional consequences to the patient.The sentinel lymph node biopsy technique (LSB) emerged in the nineties withthe purpose of improving quality of life with less morbidity to patients. This alternative is oncologically valid and better tolerated by patients than the radical lymphadenectomy. There is an urgent need to deal with breast cancer in an interdisciplinary perspective, broadening the hegemonic biomedical model when outlining guidelines on prevention and treatment of this disease. In order to assist clients thoroughly, the physiotherapist - professional who rehabilitates and guides women in breast cancer postoperatory - needs to understand all interpretations and meanings given to the axillary surgery and self care practices with the homolateral limb with regard to prevent lymphedema. In this context,this professional is able to direct the approach towards these women particularities - facilitating their information and counseling comprehension - without restricting their daily life activities. The objectives of this study is to acknowledge the changes on daily life activities of women who went through LSB, to identify these women knowledge and practices with the homolateral limb concerning lymphedema prevention and to analyze the BLS meanings to the interviewed women. This study had a qualitative approach. Ten interviews with women submitted to LSB in the INCA/III for breast cancer treatment were recorded and transcripted. There was a questionnaire previously elaborated to guide the applied interview and data discussion was based on analysisof content technique. Changes on the daily life activities due to LSB were recognized in this studied group and it was possible to identify the women knowledge on self care practices with the homolateral limb. After analysisof the reports it is possible to assert that these women considered important to have been submitted to LSB. The statements showed how communication between patient and health professional is not effective and still normative and depthless. It is important to point out the physiotherapist role of involving thepatient on the self care process to less limit these women on their daily life activities, to prevent lymphedema and to improve their quality of life.
6

Papel da nova citocina FAM3B/PANDER na progressão tumoral em câncer de mama. / Role of new cytokine FAM3B/PANDER in breast tumor progression.

Caldeira, Izabela Daniel Sardinha 25 August 2016 (has links)
FAM3B/PANDER, é uma nova proteína tipo citocina pertencente a família FAM3. Foram reveladas algumas similaridades estruturais entre o FAM3B e outras citocinas associadas ao câncer, como IL-6 e FAM3C suportando a hipótese, de que FAM3B também poderia estar envolvido na progressão tumoral. Considerando que o FAM3B é expresso por tumores de mama, este trabalho dedicou-se a elucidar suas possíveis funções em tumores, a partir de um modelo de superexpressão na linhagem celular tumoral da mama, MDA-MB-231. Ensaios celulares e moleculares sugeriram que o FAM3B é capaz de conferir, proteção à morte celular e de aumentar taxa de migração nas células MDA-MB-231 via, principalmente, Bcl-2 e Bcl-xL. Em concordância, os resultados in vivo demonstraram aumento do volume e peso tumoral, com aumento da expressão de Bcl-2 nos tumores dos animais inoculados com as células MDA-MB-231-FAM3B. Estes resultados indicam que esta proteína, exerce funções nas etapas de invasão e metástase em tumores de mama, o que permite considerar o FAM3B, como um possível candidato a marcador tumoral. / FAM3B/PANDER is a new cytokine-like protein, member of the new FAM3 family. Recent data has been shown similarities between FAM3B/PANDER and others citokines involved in tumor progression, like IL-6 and FAM3C/ILEI, supporting the hypothesis that FAM3B is also involved in tumor progression. In Silico data revealed that FAM3B is expressed by breast tumors and using the overexpression of FAM3B in MDA-MB-231 tumor cell line, the aim was evaluated possible roles of FAM3B in breast tumor progression. The results revealed that FAM3B overexpression inhibits cell death and promotes cell migration in MDA-MB-231 cell line, through, at least in parts, Bcl-2 and Bcl-xL pathways. In agreement, in vivo results shown an increase in volume, weight tumors and increase expression of Bcl-2 in mice with cells overexpressing FAM3B.These results suggest important functions of this protein in cell invasiveness and migration, which allows us to consider, FAM3B as a possible future candidate as a molecular biomarker.
7

Avaliação da sensibilidade no trajeto do nervo intercostobraquial, em mulheres com linfadenectomia axilar, pós-cirurgia por câncer de mama / Evaluation of the sensibility in the region of the intercostobrachial nerve, in women with linfadenectomia axillary after surgery for breast cancerBreast Cancer. Innervation. Evaluation.

Santos, Marina Scarulis Mamede dos 04 July 2008 (has links)
A cirurgia da remoção da mama, associada à linfadenectomia axilar, tem sido o tratamento tradicional do câncer de mama. Apesar dos seus benefícios, a cirurgia está associada a algumas seqüelas e complicações, entre elas, as alterações de sensibilidade no trajeto do nervo intercostobraquial. Objetivos: Analisar, através do estesiômetro de Semmes-Weinstein, as alterações de sensibilidade no trajeto do nervo intercostobraquial, em mulheres que realizaram linfadenectomia axilar, por câncer de mama; identificar os descritores de alteração de sensibilidade, segundo a percepção dessas mulheres; comparar a sensibilidade entre mulheres com e sem linfadenectomia axilar; comparar a percepção da sensibilidade de mulheres com linfadenectomia com a resposta obtida com a utilização do estesiômetro. Métodos: Foi aplicado o estesiômetro de Semmes-Weinstein para a avaliação da sensibilidade no trajeto do nervo intercostobraquial e um questionário com dados pessoais e sociodemográficos, acerca do tratamento e sobre a percepção da sensibilidade no membro superior. Participaram desse estudo, 94 mulheres, divididas em dois grupos: um grupo composto por 47 mulheres que realizaram linfadenectomia axilar por câncer de mama e um grupo composto por 47 mulheres não diagnosticadas por câncer de mama e sem qualquer tipo de cirurgia nas axilas. Em cada participante foi realizado o teste com o estesiômetro, por duas vezes consecutivas, e no grupo com cirurgia, também foi aplicado o questionário. Resultados: A prevalência de alteração de sensibilidade, avaliada por meio do estesiômetro de Semmes-Weinstein foi alta, mostrando que 85,1% das mulheres do grupo com linfadenectomia axilar tiveram respostas abaixo dos valores considerados de normalidade, baseado nas respostas do grupo sem linfadenectomia axilar. Foi confirmada a repetibilidade na aplicação do estesiômetro, no grupo com linfadenectomia, através do teste de Kappa (p = 0,8696). O sintoma mais relatado foi adormecimento (70,2%). Conclusões: Na população desse estudo, a queixa de alterações de sensibilidade teve alta prevalência e consideramos o estesiômetro um aparelho de fácil aplicação na prática clínica, baixo custo e confiável. Porém, enfatizamos a importância do treinamento do profissional que irá aplicá-lo e a padronização do teste, de acordo com as orientações do fabricante. / The surgery of the removal of the breast associated to the axillary lymph node dissection has been the traditional treatment for breast cancer. In spite of their benefits, the surgery is associated some sequels and complications, among them the sensibility alterations in the region of the intercostobrachial nerve. Objective: To analyze the sensibility alterations around intercostobrachial nerve in women who were operated by axillary lymph node dissection, for breast cancer through the Semmes- Weinstein monofilament testing; to identify the subject headings of sensibility alteration according to those women\'s perception; to compare the sensibility among women with and without axillary lymph node dissection; and to compare the perception of the women\'s sensibility with axillary lymph node dissection with the answer obtained by the Semmes-Weinstein monofilament testing. Methods: The Semmes-Weinstein monofilament testing was applied for the evaluation of the sensibility in the region of the intercostobrachial nerve and a questionnaire with personal data and sociologically demographic aspects, concerning the treatment and about the perception of the sensibility in the superior member. In that study, 94 women took part in, divided in two groups. A group composed by 47 women that were operated by axillary lymph node dissection for breast cancer and a group composed by 47 women no diagnosed by breast cancer and without any axillary surgery. In each participant the test was accomplished with the monofilament for twice consecutive and in the group with surgery the questionnaire was applied also. Results: The prevalence of sensibility alteration, appraised through the Semmes-Weinstein monofilament testing it was high, 85,1% of the group with axillary lymph node dissection had answers below the considered values of normality, based on the answers of the group without axillary surgery. The repeatability was confirmed in the application of the monofilament in the group with axillary lymph node dissection through the test of Kappa (p=0,8696). The symptom more told was numbness (70,2%). Conclusions: In the population of that study, the complaint of sensibility alterations had high prevalence and we considered the Semmes-Weinstein monofilament testing appliance of easy application in practice clinic, low cost and reliable. However we emphatize the importance of the professional\'s training that will apply it and the standardization of the test in agreement with the manufacturer\'s orientations.
8

Estudo preliminar da farmacocinética da doxorrubicina e avaliação do ajuste de dose em mulheres com cancêr de mama / Preliminary investigation of the pharmacokinetics of doxorubicin and evaluation of dose adjustment in women with breast cancer

Barpe, Deise Raquel January 2009 (has links)
Objetivos: Simular um ajuste de dose em pacientes com sobrepeso e com obesidade que utilizam a doxorrubicina (DOX), que proporcione curvas de concentração plasmática e concentrações máximas (Cmáx) semelhantes às de pacientes com peso normal. Metodologia: Determinou-se as concentrações plasmáticas de DOX em pacientes com câncer de mama após a administração i.v. de 60 mg/m2, com ajuste de dose pelo BSA e com tempo de infusão de 40 minutos (0,66 h). As pacientes foram divididas em três grupos: a) pacientes com peso normal (IMC até 24,9) (n = 3); b) pacientes com sobrepeso (IMC 25,0 – 29,9) (n = 5); c) pacientes com obesidade (IMC acima 30,0) (n = 2). Os tempos de coleta utilizados foram: 0,66, 1,66, 8,66, e 24,66 h. Os perfis farmacocinéticos da DOX foram avaliados após quantificação da DOX através de metodologia por CLAE desenvolvida e validada. Resultados e Discussão: Os parâmetros farmacocinéticos ASC e Cmáx foram analisados por abordagem não-compartimental e compartimental. Em ambas as análises encontraram-se diferenças significativas (α = 0,05) entre os grupos com sobrepeso e com obesidade comparados com o grupo com peso normal para ASC e diferenças significativas entre o grupo com sobrepeso comparado ao grupo de pacientes com peso normal para o Cmáx. Após simulação de ajuste de dose pelo peso e pelo IMC, para as pacientes com sobrepeso e obesas, obtivemos novos valores de ASC e Cmáx. Houve diferenças significativas (α = 0,05) para o grupo de pacientes com sobrepeso comparado ao grupo com peso normal para a ASC e nenhuma diferença significativa entre os grupos estudados para Cmáx. Os percentuais de diferença da ASC e Cmáx do grupo das pacientes com sobrepeso e obesas comparados com o grupo de pacientes com peso normal foram diminuindo quando a dose era ajustada pelo peso e IMC. Conclusões: O ajuste de dose pelo índice BSA, comumente usado na prática clínica, não produz concentrações plasmáticas iguais em grupos de pacientes com peso normal e com sobrepeso, indicando que outros índices devem ser considerados, como peso e IMC. / Objectives: to simulate a dose adjustment in patients with overweight and obesity using doxorrubicin (DOX), providing plasma concentrations similar to those of patients with normal weight. Methodology: plasma concentrations of DOX were determined in patients with breast cancer after the iv. administration of 60 mg/m2 of DOX, adjusted by the BSA and with an infusion time of 40 minutes (0.66 h). The patients were divided into three groups: (a) patients with normal weight (BMI < 24.9) (n = 3); b) patients with overweight (BMI 25.0 – 29,9) (n = 5); c) patients obese (BMI > 30.0) (n = 2). Samples were collected at 0.66, 1.66, 8.66, and 24,66 h. DOX's pharmacokinetic profiles were evaluated after quantification of DOX using a new HPLC method developed and validated. Results and discussion: pharmacokinetic parameters (AUC and Cmax) were analyzed by non-compartmental and compartmental approaches. Significant differences (α = 0.05) between overweight and obese groups when compared with the normal weight group were found with respect to AUC and significant difference between the group with overweight compared to the patients with normal weight was found for Cmax. After simulating the dose adjustment by weight and by BMI for overweight and obese patients, new values for Cmax ASC were calculated. The new values obtained using both weight and BMI were closer to the normal group than those obtained with the BSA. The percentage of difference of ASC and Cmax of the overweight and obese group compared with the Group of patients with normal weight were lower when the dose was adjusted by weight and IMC. Conclusions: dose adjustment index BSA, commonly used in clinical practice, produced different plasma concentrations in groups of patients with normal weight, overweight, and obese, indicating that other indexes must be considered, such as weight and BMI.
9

Estudo preliminar da farmacocinética da doxorrubicina e avaliação do ajuste de dose em mulheres com cancêr de mama / Preliminary investigation of the pharmacokinetics of doxorubicin and evaluation of dose adjustment in women with breast cancer

Barpe, Deise Raquel January 2009 (has links)
Objetivos: Simular um ajuste de dose em pacientes com sobrepeso e com obesidade que utilizam a doxorrubicina (DOX), que proporcione curvas de concentração plasmática e concentrações máximas (Cmáx) semelhantes às de pacientes com peso normal. Metodologia: Determinou-se as concentrações plasmáticas de DOX em pacientes com câncer de mama após a administração i.v. de 60 mg/m2, com ajuste de dose pelo BSA e com tempo de infusão de 40 minutos (0,66 h). As pacientes foram divididas em três grupos: a) pacientes com peso normal (IMC até 24,9) (n = 3); b) pacientes com sobrepeso (IMC 25,0 – 29,9) (n = 5); c) pacientes com obesidade (IMC acima 30,0) (n = 2). Os tempos de coleta utilizados foram: 0,66, 1,66, 8,66, e 24,66 h. Os perfis farmacocinéticos da DOX foram avaliados após quantificação da DOX através de metodologia por CLAE desenvolvida e validada. Resultados e Discussão: Os parâmetros farmacocinéticos ASC e Cmáx foram analisados por abordagem não-compartimental e compartimental. Em ambas as análises encontraram-se diferenças significativas (α = 0,05) entre os grupos com sobrepeso e com obesidade comparados com o grupo com peso normal para ASC e diferenças significativas entre o grupo com sobrepeso comparado ao grupo de pacientes com peso normal para o Cmáx. Após simulação de ajuste de dose pelo peso e pelo IMC, para as pacientes com sobrepeso e obesas, obtivemos novos valores de ASC e Cmáx. Houve diferenças significativas (α = 0,05) para o grupo de pacientes com sobrepeso comparado ao grupo com peso normal para a ASC e nenhuma diferença significativa entre os grupos estudados para Cmáx. Os percentuais de diferença da ASC e Cmáx do grupo das pacientes com sobrepeso e obesas comparados com o grupo de pacientes com peso normal foram diminuindo quando a dose era ajustada pelo peso e IMC. Conclusões: O ajuste de dose pelo índice BSA, comumente usado na prática clínica, não produz concentrações plasmáticas iguais em grupos de pacientes com peso normal e com sobrepeso, indicando que outros índices devem ser considerados, como peso e IMC. / Objectives: to simulate a dose adjustment in patients with overweight and obesity using doxorrubicin (DOX), providing plasma concentrations similar to those of patients with normal weight. Methodology: plasma concentrations of DOX were determined in patients with breast cancer after the iv. administration of 60 mg/m2 of DOX, adjusted by the BSA and with an infusion time of 40 minutes (0.66 h). The patients were divided into three groups: (a) patients with normal weight (BMI < 24.9) (n = 3); b) patients with overweight (BMI 25.0 – 29,9) (n = 5); c) patients obese (BMI > 30.0) (n = 2). Samples were collected at 0.66, 1.66, 8.66, and 24,66 h. DOX's pharmacokinetic profiles were evaluated after quantification of DOX using a new HPLC method developed and validated. Results and discussion: pharmacokinetic parameters (AUC and Cmax) were analyzed by non-compartmental and compartmental approaches. Significant differences (α = 0.05) between overweight and obese groups when compared with the normal weight group were found with respect to AUC and significant difference between the group with overweight compared to the patients with normal weight was found for Cmax. After simulating the dose adjustment by weight and by BMI for overweight and obese patients, new values for Cmax ASC were calculated. The new values obtained using both weight and BMI were closer to the normal group than those obtained with the BSA. The percentage of difference of ASC and Cmax of the overweight and obese group compared with the Group of patients with normal weight were lower when the dose was adjusted by weight and IMC. Conclusions: dose adjustment index BSA, commonly used in clinical practice, produced different plasma concentrations in groups of patients with normal weight, overweight, and obese, indicating that other indexes must be considered, such as weight and BMI.
10

Avaliação da sensibilidade no trajeto do nervo intercostobraquial, em mulheres com linfadenectomia axilar, pós-cirurgia por câncer de mama / Evaluation of the sensibility in the region of the intercostobrachial nerve, in women with linfadenectomia axillary after surgery for breast cancerBreast Cancer. Innervation. Evaluation.

Marina Scarulis Mamede dos Santos 04 July 2008 (has links)
A cirurgia da remoção da mama, associada à linfadenectomia axilar, tem sido o tratamento tradicional do câncer de mama. Apesar dos seus benefícios, a cirurgia está associada a algumas seqüelas e complicações, entre elas, as alterações de sensibilidade no trajeto do nervo intercostobraquial. Objetivos: Analisar, através do estesiômetro de Semmes-Weinstein, as alterações de sensibilidade no trajeto do nervo intercostobraquial, em mulheres que realizaram linfadenectomia axilar, por câncer de mama; identificar os descritores de alteração de sensibilidade, segundo a percepção dessas mulheres; comparar a sensibilidade entre mulheres com e sem linfadenectomia axilar; comparar a percepção da sensibilidade de mulheres com linfadenectomia com a resposta obtida com a utilização do estesiômetro. Métodos: Foi aplicado o estesiômetro de Semmes-Weinstein para a avaliação da sensibilidade no trajeto do nervo intercostobraquial e um questionário com dados pessoais e sociodemográficos, acerca do tratamento e sobre a percepção da sensibilidade no membro superior. Participaram desse estudo, 94 mulheres, divididas em dois grupos: um grupo composto por 47 mulheres que realizaram linfadenectomia axilar por câncer de mama e um grupo composto por 47 mulheres não diagnosticadas por câncer de mama e sem qualquer tipo de cirurgia nas axilas. Em cada participante foi realizado o teste com o estesiômetro, por duas vezes consecutivas, e no grupo com cirurgia, também foi aplicado o questionário. Resultados: A prevalência de alteração de sensibilidade, avaliada por meio do estesiômetro de Semmes-Weinstein foi alta, mostrando que 85,1% das mulheres do grupo com linfadenectomia axilar tiveram respostas abaixo dos valores considerados de normalidade, baseado nas respostas do grupo sem linfadenectomia axilar. Foi confirmada a repetibilidade na aplicação do estesiômetro, no grupo com linfadenectomia, através do teste de Kappa (p = 0,8696). O sintoma mais relatado foi adormecimento (70,2%). Conclusões: Na população desse estudo, a queixa de alterações de sensibilidade teve alta prevalência e consideramos o estesiômetro um aparelho de fácil aplicação na prática clínica, baixo custo e confiável. Porém, enfatizamos a importância do treinamento do profissional que irá aplicá-lo e a padronização do teste, de acordo com as orientações do fabricante. / The surgery of the removal of the breast associated to the axillary lymph node dissection has been the traditional treatment for breast cancer. In spite of their benefits, the surgery is associated some sequels and complications, among them the sensibility alterations in the region of the intercostobrachial nerve. Objective: To analyze the sensibility alterations around intercostobrachial nerve in women who were operated by axillary lymph node dissection, for breast cancer through the Semmes- Weinstein monofilament testing; to identify the subject headings of sensibility alteration according to those women\'s perception; to compare the sensibility among women with and without axillary lymph node dissection; and to compare the perception of the women\'s sensibility with axillary lymph node dissection with the answer obtained by the Semmes-Weinstein monofilament testing. Methods: The Semmes-Weinstein monofilament testing was applied for the evaluation of the sensibility in the region of the intercostobrachial nerve and a questionnaire with personal data and sociologically demographic aspects, concerning the treatment and about the perception of the sensibility in the superior member. In that study, 94 women took part in, divided in two groups. A group composed by 47 women that were operated by axillary lymph node dissection for breast cancer and a group composed by 47 women no diagnosed by breast cancer and without any axillary surgery. In each participant the test was accomplished with the monofilament for twice consecutive and in the group with surgery the questionnaire was applied also. Results: The prevalence of sensibility alteration, appraised through the Semmes-Weinstein monofilament testing it was high, 85,1% of the group with axillary lymph node dissection had answers below the considered values of normality, based on the answers of the group without axillary surgery. The repeatability was confirmed in the application of the monofilament in the group with axillary lymph node dissection through the test of Kappa (p=0,8696). The symptom more told was numbness (70,2%). Conclusions: In the population of that study, the complaint of sensibility alterations had high prevalence and we considered the Semmes-Weinstein monofilament testing appliance of easy application in practice clinic, low cost and reliable. However we emphatize the importance of the professional\'s training that will apply it and the standardization of the test in agreement with the manufacturer\'s orientations.

Page generated in 0.0697 seconds