• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 7
  • Tagged with
  • 7
  • 4
  • 4
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Sistemas de alimentação de vacas em lactação, utilizando volumosos associados a concentrados com diferentes níveis de degradação ruminal da proteína / Feeding Systems of cows in lactation, using forages associated with concentrates at different levels of ruminal degradation of the protein

Reis, Cláudio Samara dos 28 February 2003 (has links)
Submitted by Nathália Faria da Silva (nathaliafsilva.ufv@gmail.com) on 2017-07-10T14:05:26Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 676813 bytes, checksum: e5b21476153461c5d3fe97b56d4627d5 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-07-10T14:05:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 676813 bytes, checksum: e5b21476153461c5d3fe97b56d4627d5 (MD5) Previous issue date: 2003-02-28 / Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais / O objetivo deste trabalho foi estudar a viabilidade técnico-econômica do uso, na alimentação de vacas leiteiras, de volumosos associados a concentrados com diferentes quantidades de proteína não degradada no rúmen (PNDR). Foram analisadas a utilização dos constituintes da ração para produção de leite; a energia líquida (mantença e produção) – ([EL m+p ]) – dos volumosos, bem como a eficiência bruta na utilização da energia metabolizável aparente da ração para produção de leite; o comportamento nictemeral do nitrogênio amoniacal ruminal; e os teores dos metabólitos sangüíneos, urinários e do leite. Também foram feitas validações de modelos empíricos, de predição da [El m+p ] dos volumosos, e do Sistema Cornell (CNCPS 4.0). Por último, analisou-se o desempenho econômico das vacas, em sistema semi-extensivo. O trabalho foi executado nas dependências do Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET) de Bambuí, em Bambuí, MG, entre 7/abril e 5/agosto de 2001, usando-se rações com silagem de milho e concentrado convencional (SMC), silagem de capim-elefante (SCE) e cana-de-açúcar (cana) com concentrado, variando-se o teor de PNDR. Utilizaram-se 10 vacas, com graus de sangue entre 3/4 e 15/16 holandês-gir, alimentadas em baias individuais e ordenhadas duas vezes ao dia. Durante aquele período, foram coletadas amostras da ração e seus ingredientes, leite, fezes, urina e sangue, bem como feitas as pesagens dos animais, do leite, da ração e das sobras. Ao final do experimento, coletou-se amostra de fluido ruminal das vacas, a fim de conhecer o perfil nictemeral do nitrogênio amoniacal ruminal por tratamento. As taxas de passagem de sólido e líquido foram determinadas, também, fora do período experimental. Determinaram-se os consumos de matéria seca e constituintes da ração; a degradações e escapes ruminal de proteína e de carboidrato; a digestão total dos constituintes da ração; a produção, composição química e energia bruta do leite; e os teores de N-uréia, glicose e creatinina do sangue e N-uréia da urina e do leite. Calcularam-se o consumo de energia líquida (mantença e produção) dos volumosos e a eficiência energética bruta da ração para lactação. Utilizando os modelos matemáticos propostos por Moe et al. (1972), Mertens (1987), Chandler (1990), Boever et al. (1999) e NRC (2001), obtiveram-se as estimativas do consumo de [EL m+p ] dos volumosos. Estimaram-se, com o auxílio do “software” CNCPS 4.0, consumo de matéria seca indigerível da ração (proteína, carboidrato, gordura e cinzas) e de nutrientes digeríveis totais e a produção e teor de N-uréia do leite. As validações dos estimadores de [EL m+p ] dos volumosos das fontes citadas e do CNCPS 4.0 foram feitas por meio da análise dos modelos de regressão dos valores observados x preditos. Os dados de desempenhos alimentar e produtivo das vacas e as análises de preços e de utilização dos recursos (operacionais e fixos) da Unidade de Ensino e Produção do CEFET – Bambuí foram empregados para determinar a renda bruta, o equivalente produzido em leite, os custos e as margens. Dessas determinações, geraram-se o custo médio do leite e os lucros. Para analisar a sensibilidade do retorno sobre o capital investido neste sistema, com ração à base de cana/CPDR, simularam- se diferentes cenários de produtividade da cana e preços do farelo de soja e milho, assim como da variação percentual dos custos de produção da soja e do milho. Analisaram-se também, com relação às cinco modalidades de rações, cenários de preços e variações percentuais da escala de produção do leite. Com base nos resultados, concluiu-se que a ração à base de silagem de milho com concentrado convencional, em comparação às outras rações, teve a mesma eficiência energética para leite, como também desempenhos econômicos próximos. A ração à base de SCE, em relação à de cana, apresentou a mesma eficiência energética para leite e desempenhos superiores, e também econômicos, na produção de leite e de seus constituintes. A suplementação das rações à base de SCE e cana, com CPNDR, reduziu a conversão alimentar de leite e, na SCE, aumentou os desempenhos produtivos (leite e constituintes) e econômicos. Os modelos matemáticos de EL m+p estudados não se ajustaram em predizer a [EL m+p ] dos volumosos, enquanto o CNCPS 4.0 o fez com relação ao consumo de matéria seca, aos indigeríveis, aos teores de nutrientes digeríveis totais aparentes da ração e, no leite, ao teor de N-uréia. / The objective of this work was to study both the economic and technical feasibility by using, in the feeding of the dairy cows, forages associated with concentrates at different levels of undegraded protein in the rumen (CUPR). The ration representatives used for the milk production; the net energy (maintenance and production) - ([NE m+p ]) - of the forages as well as the gross efficiency in the use of the apparent metabolizable energy of the ration for the milk production; the nicyterohemeral behavior of the ammoniacal ruminal nitrogen; and the contents of the blood metabolites, of the urinary and of the milk were evaluated. The validations of empiric models of prediction of the [NE m+p ] of the forages and of the System Cornell (CNCPS 4. 0) were also done. After that, the economical performance of the cows was analyzed in semi- extensive system. The work was executed in the facilities of the “Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET) de Bambuí”, from 04/07 to 08/05/2001, in which was used rations with corn silage and conventional concentrated (CSC), elephant grass silage (EGS) and sugar cane (cane) with concentrate, varying in xivthe UPR contents. Ten crossbreed cows (3/4 to 15/16 Holstein-Gir) fed in individual stalls and milked twice a day were used. From 04/07 to 08/05/2001 samples from the ration and its ingredients, from the milk, from the feces, from the urine and blood were collected. The animals, milk, ration and surpluses were weighed. For each treatment, by the end of the experiment, ruminal fluid samples of the cows were collected, to be determined the nitrogen nicyterohemeral profile in ammonia form. After the experimental period it was also determined the rates of solid and liquid passages. The intakes of the dry matter and the ration constituents; ruminal degradations and ruminal escapes of the protein and of the carbohydrate; the complete digestion of the representatives of the ration; production, chemical composition and gross energy of the milk; and N-urea, glucose and creatinine contents from the blood and, N-urea content from the urine and from the milk were determined. The intakes of net energy (maintenance and production) of the forages and the gross energy efficiency for lactation of the ration were calculated. It was used the mathematical models proposed by Moe et al. (1972), Mertens (1987), Chandler (1990), Boever et al. (1999) and NRC (2001), in order to obtain intake estimates of [NE m+p ] of the forages. Estimates were made from the dry matter intake, from the indigestible part of the ration (protein, carbohydrate, fat and ashes) and from the forages (fraction C the protein e carbohydrate), from the total digestible nutrients, from the production and content of N-urea of the milk, in which the "software" CNCPS 4.0 was used. The validations of the mathematical models [NE m+p ] of the forages of the sources mentioned above, and of CNCPS 4.0 were done through the analyses of the regression models of the observed x predicted values. The data from both alimentary and productive performance of the cows and the analyses of the prices and the use of the resources (operational and fixed ones), in the CEFET- Bambuí Teaching and Production Unit were used to determine the gross income, the equivalent produced in milk, the costs and the margins. Based on these determinations, the average cost of the milk and the profits were obtained. In order to analyze the sensibility of the return on the invested capital in the semi-extensive system, with ration based on cane and prepared concentrate with degraded protein in the rumen simulations were made in different sceneries: cane productivity, soybean meal and corn prices as well as of the percentile variation of the costs xvof the soybean and corn productions. It was used five modalities of rations to analyzed both price and percentile variations of the scale of production sceneries of the milk. Based on the obtained results, it was concluded that the ration based on the corn silage with conventional concentrate, compared to the other rations, had the same energetic efficiency for milk as well as relatively similar economical performance. The ration based on EGS, compared to the cane, presented the same energetic efficiency for milk and superior performances in the milk production and its representatives as well as in the economical field. The supplementation of the rations based on EGS and cane with CUPR reduced the milk alimentary conversion and in the EGS, it increased the productive (milk and constituent) and economical performances. The NE m+p mathematical models were not adjusted in predicting the [NE m+p ] of the forages. The CNCPS 4.0 adjusted in the predictions: the dry matter intake, the indigestible, the contents of apparent total digestible nutrients of the ration and the content of N-urea in the milk.
2

Presentes e ausentes: Os Sertões euclidiano no imaginário e na política de desenvolvimento do Brasil semiárido (2003 – 2014) / Presences and absences:Os Sertões, by Euclides da Cunha, in the imaginary and the barzilian's semiarid development policy

Pinheiro, Robinson Santos 04 February 2015 (has links)
Submitted by Luciana Ferreira (lucgeral@gmail.com) on 2017-02-02T10:24:06Z No. of bitstreams: 2 Tese - Robinson Santos Pinheiro - 2015.pdf: 5121274 bytes, checksum: 63e2a7630f544560c2ee6ad27df42c4a (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Approved for entry into archive by Luciana Ferreira (lucgeral@gmail.com) on 2017-02-02T10:24:22Z (GMT) No. of bitstreams: 2 Tese - Robinson Santos Pinheiro - 2015.pdf: 5121274 bytes, checksum: 63e2a7630f544560c2ee6ad27df42c4a (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Made available in DSpace on 2017-02-02T10:24:22Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Tese - Robinson Santos Pinheiro - 2015.pdf: 5121274 bytes, checksum: 63e2a7630f544560c2ee6ad27df42c4a (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Previous issue date: 2015-02-04 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES / The literary work Os Sertões (1902), by Euclides da Cunha, is considered a founder of Brazilian nationality. In it, more than narrate and denounce the Canudos War (1896 – 1897), Euclides da Cunha designed a future for Brazil. In his imagination, the future would be in the national integration through the values and pratices of Western modern society. The Euclidean discourse in a systematically way from 1930 to the early twenty-first century becomes the major project for Brazilian State. Integrat the territory from Western modern precepts, is hegemonized as possibility for a “great Brazil”, promoting economic growth and social development, while the second is limited to the first. The thesis aimed to understand the contemporaneity of the Euclidean projetct. For this, we sought to interpret the state of the imaginary form the National Policy for Regional – PNDR – established in 2003. As analysis space, it was interpreted the socio-spatial transformations in the semiarid region during 13 year of operation of the PNDR. Looking closer to “Os Sertões” and the limited space for the study, there was the field and the analysis of Bahia’s micro-region of de Euclides da Cunha, involving nine municipalities. Five municipalities (Euclides da Cunha – old Cumbe -, Monte Santo, Tucano, Uauá, Canudos – old Belo Monte) are mentioned by Euclides da Cunha. Thus, the choice of semi-arid and the micro-region of Euclides da Cunha comes from the fact that these correspond physically and socially whith the space that through PNDR enabled us to verify that the Euclidean project remains in its respective specificity, in the base of the State’s action; thus concludes with the interpretation of modernizing integration imaginary, that this is a process that is not ending. The spatial imagery analysis of Os Sertões and PNDR allowed to understand that in the meeting points of yesterday with “today”, the history of state intervention trought the modernizing integration served as instrument of a cicle for social strutctures (political and economic) conservative. The state does not promote significant improvements to building a more just Brazil. The modernization in the way reproduced in historiy, is a scam legitimized by the sate. And that’s the point of orientation of the analysis / interpretation / reading Os Sertões to contemporary: overcoming the institutionalized deception involving imaginary of Brazilian spaces. / A obra literária Os Sertões (1902), de Euclides da Cunha, é considerada fundante da nacionalidade brasileira. Nela, mais que narrar e denunciar a Guerra de Canudos (1896 – 1897), Euclides da Cunha projetou um futuro para o Brasil. Em seu imaginário, o futuro estaria na integração nacional por meio dos valores e práticas da sociedade moderna Ocidental. O discurso euclidiano, de forma sistemática desde 1930 até o início do século XXI, se torna o grande projeto para o Estado brasileiro. Integrar o território, a partir dos preceitos modernos ocidentais, se hegemoniza enquanto possibilidade de um “Brasil grande”, promovendo o crescimento econômico e o desenvolvimento social, conquanto, o segundo fica circunscrito ao primeiro. A tese objetivou compreender a contemporaneidade do projeto euclidiano. Para isso, se buscou interpretar o imaginário do Estado a partir da Política Nacional de Desenvolvimento Regional – PNDR -, criada em 2003. Como espaço de análise, foi interpretado as transformações socioespaciais ocorridas na região do Semiárido durante os 13 anos de atuação da PNDR. Procurando maior aproximação com “Os Sertões” e o espaço delimitado para estudo, houve o campo e a análise sobre a microrregião baiana de Euclides da Cunha, envolvendo nove municípios. Cinco municípios (Euclides da Cunha – antiga Cumbe -, Monte Santo, Tucano, Uauá e Canudos – antiga Monte Belo) são citados por Euclides da Cunha. Assim, a escolha do Semiárido bem como da microrregião de Euclides da Cunha é oriunda do fato destes corresponderem fisicamente e socialmente com o espaço que envolveu a trama romanesca Os Sertões. A interpretação da integração modernizadora por meio da PNDR possibilitou verificar que o projeto euclidiano permanece, em sua respectiva especificidade, na base da ação do Estado; assim, conclui-se, com a interpretação do imaginário de integração modernizadora, que este é um processo que não se finda. A análise do imaginário espacial de Os Sertões e da PNDR permitiu compreender que, nos pontos de encontro do ontem com o “hoje”, o histórico de intervenção estatal via a integração modernizadora serviu como instrumento de retroalimentação das estruturas sociais (política e econômica) conservadoras. O Estado não promove, portanto, melhoras significativas para a construção de um Brasil mais justo. A modernização, assim, na forma com que se reproduziu na história, é uma farsa legitimada pelo Estado. E aqui se encontra o ponto de orientação da análise/interpretação/leitura de Os Sertões para a contemporaneidade, a superação dos engodos institucionalizados que envolvem o imaginário modernizador dos espaços brasileiro.
3

Inclusão de tanino condensado em dietas com alto teor de concentrado para bovinos de corte / Influence of condensed tannin in beef steers fed high concentrate diet

Mezzomo, Rafael 23 February 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2015-03-26T13:54:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 1431828 bytes, checksum: e7d74eb0d250f3b5781c47a91dd51f20 (MD5) Previous issue date: 2010-02-23 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / This trial was conducted to evaluate the effect of condensed tannin (TN) associated or not with a true protein source on intake, ruminal and total digestibility, ruminal digestion rate and urinary nitrogen excretion in beef steers fed high concentrate diet (87% of DM). Four crossbred steers (407 kg of average BW) fitted with rumen cannula were assigned to a 4x4 latin square design, arranged in a 2x2 factorial arrangement. Steers were fed a basal diet based on cracked corn, whole cottonseed, sugar-cane bagasse, mineral mixture and 1 out of four supplements: soybean meal with condensed tannin (SMT); soybean meal without condensed tannin (SM); condensed tannin without soybean meal (TN) and a treatment without both soybean meal and condensed tannin (BS). Quebracho extract were used as tannin source, included to provide 4 g of tannin/100 g of diet DM. Intake of DM and nutrients was not affected (P>0.10) by TN supplementation. However, there was an effect (P<0.10) of TN supplementation on ether extract digestibility. A smaller (P<0.10) concentration of urinary urea nitrogen (71.94 vs. 53.62) and total nitrogen (86.43 vs. 74.07) were observed in the animals supplemented with condensed tannin. Serum urea nitrogen concentration did not differ (P>0.10) among treatments. There was an interaction (P<0.10) between condensed tannin and soybean mean on ruminal digestibility and digestion rate of crude protein (CP), where when supplemented with soybean meal the condensed tannin reduced the ruminal digestibility of 46.92 to 33.46 and consequently, reduced the digestion rate of CP. Crude protein intake increased (P<0.10) with the inclusion of soybean meal in the supplement. No differences in DM passage rate were observed (P>0.10) among treatments. Urinary urea nitrogen and total nitrogen were higher in the animals supplemented with soybean meal. The nitrogen balance indicated that the use of TN improved the efficiency of nitrogen utilization (P<0.10), however, no differences were observed when soybean meal was added to the diet (P>0.10). There was an interaction (P<0.10) between condensed tannin and soybean mean supplementation on flux of rumen undegradable protein (RUP), metabolizable protein (MP) and on the ratio MP:CP. In the presence of soybean meal the addition of TN increased the flux of RUP (302.24 to 416.02), MP (540.23 to 671.03) and improved the ratio MP:CP (58.69 to 46.54). The yield of microbial protein on the abomasum and the microbial efficiency did not differ among treatments (P>0.10). There was no effect of TN supplementation (P>0.10) on ruminal pH, VFA and ammonia (N-NH3) concentration. N-NH3 increased and ruminal pH decreased with the inclusion of soybean meal (P<0.10) in the diet. The use of condensed tannin as an additive in cattle fed high concentrate diet using soybean meal as true protein source decreases the digestion rate and ruminal degradability of crude protein without affecting feed intake. The utilization of condensed tannin as an additive in cattle fed high concentrate diet using soybean meal as true protein source implies in positive effects on efficiency of N utilization, increasing the flux of metabolizable and decreasing nitrogen excretion with no changes in ruminal fermentation, optimizing the nitrogen assimilation by the animal. / Quatro bovinos de corte, com peso corporal médio de 407 ±12 kg, fistulados no rúmen e abomaso, foram distribuídos em um quadrado latino 4 x 4, em esquema fatorial 2 x 2, com o objetivo de avaliar a eficiência da inclusão de tanino condensado e/ou farelo de soja a dietas de bovinos de corte submetidos a altos níveis de concentrado sobre o consumo, digestibilidade aparente total e parcial, fluxo de nutrientes, excreção de nitrogênio e uréia pela urina, balanço de nitrogênio (BN), perfil protéico, perfil de ácidos graxos voláteis (AGV) no rúmen, pH ruminal, concentração de amônia ruminal e eficiência microbiana. A alimentação basal dos animais foi composta por ração contendo 87% de concentrado e constituída por milho (moído grosso), caroço de algodão, bagaço de cana in natura e núcleo mineral, fornecida ad libitum. Os quatro tratamentos foram: dieta com farelo de soja e tanino condensado (FST); dieta com farelo de soja sem tanino condensado (FS); dieta sem farelo de soja e com tanino condensado (CAT) e dieta sem farelo de soja e sem tanino condensado (CA). Como fonte de tanino condensado utilizou-se extrato de quebracho. Não se verificou efeito (P>0,10) da suplementação com TC sobre o consumo de MS e de nutrientes. Verificou-se efeito positivo (P<0,10) da suplementação com TC sobre a digestibilidade do extrato etéreo. Os valores de nitrogênio uréico na urina (NUU) e nitrogênio total na urina (NU) foram menores (P<0,10) com a suplementação de tanino condensado. Os níveis de nitrogênio uréico no soro (NUS) não foram diferentes (P>0,10) entre os tratamentos avaliados. O balanço de nitrogênio (BN) indicou que a utilização de tanino condensado melhorou a eficiência de utilização de nitrogênio (P<0,10). Verificou-se efeito da interação (P<0,10) entre tanino condensado e farelo de soja sobre a digestibilidade ruminal da proteína, taxa de digestão da PB, a proteína não degradada no rúmen (PNDR), a estimativa de proteína metabolizável (PM) e sobre a razão PM:PB, onde a suplementação conjunta com TC e farelo de soja reduziu a degradabilidade ruminal e, consequentemente, a taxa de digestão, aumentou o fluxo de PNDR e de PM e melhorou a relação PM:PB. A quantidade de proteína microbiana no abomaso e a eficiência microbiana não sofreram alterações nos tratamentos avaliados (P>0,10). Não houve diferença no pH, AGV e nitrogênio amoniacal (N-NH3) ruminal frente à adição de tanino condensado, porém, os parâmetros ruminais foram influenciados pelo tempo de coleta das amostras. Verificou-se aumento do consumo de proteína bruta (P<0,10) frente à inclusão de farelo de soja. A digestibilidade ruminal e total do extrato etéreo foi maior com a remoção do farelo de soja da dieta. A taxa de passagem da MS não diferiu entre os tratamentos avaliados. A inclusão de farelo de soja à dieta acarretou aumento (P<0,10) nas taxas de digestão da MO, PB e FDNcp. Os níveis de NUU e NU foram mais elevados com a suplementação com FS. Houve aumento do N ingerido e do N excretado via urina e fezes (P<0,10) quando adicionado farelo de soja à dieta, não havendo modificações no BN (P>0,10). O N-NH3 aumentou e o pH ruminal diminuiu com a inclusão de farelo de soja (P<0,10). As concentrações de AGV não se diferenciaram com a adição de farelo de soja. Verificou-se que a utilização de tanino condensado (0,4% sobre a MS da dieta) como aditivo para bovinos de corte alimentados com dietas de alto teor de concentrado e com farelo de soja como fonte de proteína verdadeira diminui a taxa de digestão e degradabilidade ruminal da proteína bruta, sem alterar o consumo dos animais, implicando em efeitos positivos sobre a utilização da proteína bruta, aumentando os níveis de proteína metabolizável e diminuindo o desperdicio de nitrogênio sem alterar os parâmetros ruminais, otimizando a assimilação de nitrogênio no ambiente ruminal.
4

Desempenho e qualidade de carne em novilhas de corte alimentados com dois níveis de concentrado e proteína não degradável no rúmen e influência da maturidade fisiológica sobre parâmetros qualitativos da carcaça e da carne bovina / Performance and meat quality of beef heifers fed with two levels of concentrate and ruminally undegradable protein and Influence of physiological maturity on carcass yield and meat quality parameters

Duarte, Marcio de Souza 22 February 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2015-03-26T13:54:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 847490 bytes, checksum: 96b19b5b36a4040238163990d01928e6 (MD5) Previous issue date: 2010-02-22 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / The present work was developed based on two experiments. The first experiment was conducted aiming to evaluate the effects of ruminal energy-protein synchronization on feed intake, nutrients digestibility, feed conversion, animal performance, carcass yields and composition, composition of the carcass gain, percentage of commercial cuts and meat quality of feedlot heifers. In this trial, twenty crossbreed heifers (240+6kg) were used, all of them coming from the same contemporary group. At the beginning, four animals were slaughtered as reference group and the sixteen animals remaining were assigned to a completely randomized design in 2x2 factorial schemes, two levels of concentrate (40 and 80%, based on dry matter) and two levels of ruminally undegradable protein (RUP). These animals were individually fed during 112 days and slaughtered at the end of the trial. There was no interaction (P>0.05) between the level of concentrate and RUP. The dry matter intake (DMI), feed intake and nutrients digestibility were not affected (P>0.05) by RUP level. However, the animals fed higher level of RUP diets had higher (P<0.05) average daily gain (ADG) compared with the animals fed lower level of RUP diets. The level of concentrate did not affect (P>0.05) the DMI, feed conversion and ADG, but the intakes of TDN, NDFcp and EE, were superior (P<0.05) in the animals fed higher concentrate diets. The digestibilities of all nutrients, except the NDFcp, were greater (P<0.05) for the 80% concentrate diets. There was no affect (P>0.05) of RUP level on carcass yields. Similarly, the percentage of commercial cuts, the composition of the carcass and the composition of the carcass gain were not affected (P>0.05) by the level of RUP and concentrate. However, the animals fed 80% concentrate diets had a larger (P<0.05) rib eye area (REA) compared with the animals fed 40% concentrate diets. No differences (P>0.05) in Warner-Bratzler shear force, myofibrillar fragmentation index, percentage of total cooking loss, and chemical composition of the Longissimus dorsi, were found among the levels of concentrate and RUP. It can be concluded that the level of RUP did not affect the feed intake and nutrients digestibilities, but improved the feed conversion and increased the ADG. Neither level of RUP nor level of concentrate affected the carcass composition, composition of carcass gain, percentage of commercial cuts and the meat quality of the feedlot heifers. The second experiment was conducted to evaluate the beef carcass traits and meat quality of cattle differing in numbers of permanent incisors. Sixty-three Nellore bulls, non-castrated, all from the same farm and grown on pasture, were used. The animals were selected at a large commercial beef plant. Immediately after the slaughter, the numbers of incisors were recorded after a visual examination by looking directly at the teeth and the carcasses were grouped in four categories according to teeth maturity (two, four, six or eight). After 24-h chill, data of carcass weight, pH, rib eye area (REA) and 12th rib fat thickness were collected. After carcass data collection, a boneless Longissimus section between the 9th and 11th rib was removed, vacuum packaged, frozen and held at -200C. The REA and the 12th rib fat thickness increased (P<0.05) as the number of permanent incisors increased. However, no differences (P>0.05) in carcass ultimate pH were found among the four dental classes. There was no effect (P>0.05) of dental maturity on percentage of evaporative and total cooking losses, but differences in percentage of thawing and drip losses were found (P<0.05) among the four dental classes. The Longissimus intramuscular fat and water content were affected (P<0.05) by the dental maturity. However, there was no difference (P>0.05) in percentage of protein and ashes among the dental classes. With the exception of b* values, the dental maturity did not affect (P>0.05) the instrumental color of the Longissimus. The Warner-Bratzler shear force (WBSF), the myofibrillar fragmentation index (MFI) and collagen solubility were affected (P<0.05) by dental maturity, whereas the WBSF has increased while the MFI and collagen solubility decreased as the number of permanent incisors increased. An increase of WBSF was associated (P<0.01) with decreased MFI (r = -0,36) and collagen solubility (r = - 0,14). It can be concluded that the physiological maturity, based on dental classification, affects the carcass traits and meat quality of Nellore cattle. It can also be concluded that meat from non-castrated Zebu cattle up to four permanent incisors has a desirable tenderness. / O presente trabalho foi desenvolvido a partir de dois experimentos. O primeiro foi conduzido para de avaliar o efeito da adequação de energia e proteína na dieta sobre o consumo, digestibilidade dos nutrientes, conversão alimentar, desempenho, características e composição físico-química da carcaça, composição do ganho de carcaça, rendimento de cortes comerciais e características qualitativas da carne de novilhas confinadas. Nesse experimento, foram utilizadas 20 novilhas mestiças, provenientes de um mesmo grupo contemporâneo e com peso corporal médio inicial de 240 kg. Quatro animais foram abatidos no inicio do experimento para constituir o grupo referência e os 16 animais restantes foram distribuído em quatro tratamentos em delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2x2, 40 e 80 % de concentrado, e dois níveis de proteína não degradável no rúmen (PNDR). Os animais permaneceram em média 112 dias em confinamento, sendo alimentados individualmente e foram abatidos ao final do período experimental. Não foi verificada interação (P>0,05) entre o nível de concentrado na dieta e a degradabilidade da proteína. Não houve efeito da PNDR (P>0,05) sobre o consumo e digestibilidade dos nutrientes. Entretanto, PNDR influenciou (P>0,05) o ganho de peso médio diário (GMD) dos animais. O nível de concentrado na dieta não influenciou (P>0,05) o consumo de matéria seca (CMS), a conversão alimentar e o GMD dos animais. Entretanto, o consumo de nutrientes digestíveis totais (NDT), fibra em detergenteneutro corrigido para cinzas e proteína (FDNcp) e extrato etéreo (EE) dos animais alimentados com dietas contendo 80% de concentrado mostrou-se superior (P<0,05) em relação aos animais alimentados com a dieta contendo 40% de concentrado. A dieta contendo 80% de concentrado propiciou maiores coeficientes de digestibilidade (P<0,05) de todos os nutrientes, comparado-se a dieta contendo 40% de concentrado, exceto para a FDNcp. As novilhas alimentadas com os diferentes níveis de concentrado apresentaram composição físico-química da carcaça e do ganho de carcaça similar (P>0,05). O nível de concentrado na dieta influenciou (P<0,05) a área de olho de lombo (AOL), e as novilhas alimentadas com dietas contendo 80% de concentrado apresentaram maior AOL em relação às novilhas alimentadas com dietas contendo 40% de concentrado. O rendimento dos cortes comerciais e as características qualitativas da carne não foram influenciadas (P>0,05) pela quantidade de PNDR presente na dieta nem pelo nível de fornecimento de concentrado. O nível de PNDR na dieta não alterou o consumo e digestibilidade dos nutrientes; melhorou a conversão alimentar e o desempenho de novilhas confinadas; não alterou a composição físico-química da carcaça, do ganho de carcaça e as características qualitativas da carne. As novilhas alimentadas com 80% de concentrado apresentam composição físico-química da carcaça, composição do ganho de carcaça e características qualitativas da carne semelhantes às novilhas alimentadas com dietas contendo 40% de concentrado. Conclui-se o maior fornecimento de PNDR na dieta de novilhas confinadas não implica em melhorias nas principais características de carcaça e qualidade da carne. Conclui-se ainda que novilhas confinadas alimentadas níveis moderados de concentrado na dieta (40% na matéria seca total) apresentam características de carcaça e da carne semelhantes às novilhas alimentadas com altos níveis de concentrado (80% na matéria seca total). No segundo experimento objetivou-se avaliar as características de carcaça e a qualidade da carne de bovinos em diferentes estádios de maturidade fisiológica, avaliada através da contagem do número de dentes incisivos permanentes (d.i.p.) na arcada dentária. Foram utilizados 63 animais da raça Nelore, todos machos não castrados e criados a pasto. Os animais foram selecionados em frigorífico comercial previamente ao abate. As carcaças dos animais selecionados foram agrupadas em quatro categorias de acordo com o número de d.i.p presentes na arcada dentária (2, 4, 6 e 8 d.i.p.). Após o período de resfriamento, as carcaças foram pesadas e realizou-se a mensuração do pH, área de olho de lombo (AOL) e espessura de gordura subcutânea (EGS). Em seguida foram coletadas amostras do músculo Longissimus entre a 9a e a 11a costela para realização das análises de qualidade de carne. A maturidade alterou (P<0,05) o peso da carcaça fria, AOL e a espessura de gordura subcutânea (EGS) da carcaça sendo observado aumento dessas características com o aumento do número de d.i.p na arcada dentária dos animais. Entretanto, a maturidade não alterou (P>0,05) o pH final da carcaça sendo o valor médio encontrado para essa característica igual a 6,4. Em relação as perdas das carne, à exceção das perdas por descongelamento e gotejamento, não foram detectadas diferenças (P>0,05) entre os grupos de dentição. Não houve diferença (P>0,05) entre os grupos de dentição para o teor de proteína e cinzas do músculo Longissimus. Entretanto, foram verificadas diferenças (P<0,05) entre os grupos de dentição quanto ao teor de água e extrato etéreo presentes no Longissimus. Os valores de luminosidade (L*) e intensidade de vermelho (a*) da carne não diferiram (P>0,05) entre os grupos de dentição. Entretanto, verificou-se que a maturidade alterou (P<0,05) a intensidade de amarelo (b*). A força de cisalhamento (FC), o índice de fragmentação miofibrilar (IFM) e o teor de colágeno solúvel foram influenciados (P<0,05) pela maturidade sendo observado o aumento da FC e redução dos valores de IFM e colágeno solúvel com o aumento no número de d.i.p. A FC apresentou-se negativamente correlacionada (P<0,01) com o IFM (r = -0,36) e com o teor de colágeno solúvel (r = -0,14). Conclui-se que a maturidade fisiológica avaliada pela análise da arcada dentária, influencia as características de carcaça e os principais parâmetros qualitativos da carne de bovinos Nelore. Conclui-se ainda que para animais zebuínos inteiros abatidos em frigorífico comercial, a carne pode ser considerada com maciez aceitável nos animais com até 4 dentes incisivos permanentes, ou seja, animais de até 36 meses, aproximadamente.
5

Comportamento alimentar, metabolismo ruminal e estabilidade do leite de vacas alimentadas com milho floculado e diferentes níveis de degradabilidade da proteína / Feeding behavior, ruminal metabolism and milk stability of cows fed steam flakes and different levels of protein degradability

Danielle de Cássia Martins da Fonseca 09 February 2018 (has links)
O presente estudo foi desenvolvido em dois experimentos: 1) Tipo de processamento do milho e a relação PDR:PNDR sobre a fermentação ruminal, comportamento alimentar e seletividade ingestiva de vacas leiteiras cujos objetivos foram: a) avaliar o efeito do tipo de processamento do milho (floculado ou moído) e a relação da proteína degradável (PDR) e não degradável no rúmen (PNDR) (alta ou baixa) sobre a fermentação ruminal, o comportamento alimentar e a seletividade ingestiva de vacas leiteiras durante o período experimental; b) avaliar o efeito a curto prazo da troca da dieta contendomilho moído ou floculado e alta ou baixa relação PDR:PNDR sobre o consumo de matéria seca, produção e estabilidade do leite (teste do álcool, pH, cálcio iônico, estabilidade térmica e alcoólica) de vacas leiteiras durante período de adaptação. Foram utilizadas 20 vacas da raça Holandesa, com 162 &#177; 70 DEL, 666 &#177; 68 kg de peso corporal, 3,15 &#177; 0,48 de escore de condição corporal e 36,0 &#177; 7,78 kg/vaca/ dia de produção de leite. Os resultados de metabolismo ruminal indicaram que o milho floculado reduziu a relação acetato:propionato e a concentração de ácido acético (%) e aumentou as concentrações dos ácidos valérico (&micro;mol/L) e de propiônico (%) e o pH fecal em relação ao milho moído. Quanto ao comportamento alimentar, observou-se que o uso de milho floculado associado à alta relação PDR:PNDR e a utilização de milho moído associado à baixa relação PDR:PNDR reduziram os tempos de alimentação (TAL/ kg de MS ingerida) e de ruminação (TRU/ kg de MS ingerida) entretanto, o uso de milho floculado associado à alta ou à baixa relação PDR:PNDR aumentaram o tempo de ruminação (TRU/ kg de FDN consumido). Já para índice de seleção notou-se que a rejeição de partículas longas (&gt; 19,0 mm) foi menor em vacas alimentadas com milho floculado em relação às alimentadas com moído. 2) Efeito a curto prazo da troca da dieta sobre a produção e estabilidade do leite de vacas da raça Holandesa que teve por objetivo avaliar o efeito do dia de troca da dieta com diferentes fontes de carboidrato não fibroso associado ou não a inclusão de tamponante/alcalinizante sobre CMS, produção e estabilidade do leite (teste do álcool, pH, cálcio iônico, estabilidade térmica e alcoólica). Foram utilizadas 16 vacas da raça Holandesa, com 130 &#177; 81 DEL, peso corporal de 660 &#177; 62 kg e produção média de leite de 28,5 &#177; 4,79 kg/vaca/dia. O milho moído associado à alta ou à baixa relação PDR:PNDR aumentou o CMS, entretanto o fornecimento de dieta contendo a alta relação PDR:PNDR associada ao milho moído ou floculado apresentaram redução na PL. O uso de milho floculado associado à alta relação PDR:PNDR aumentou o valor de pH das amostras de leite e em todos os tratamentos testados a concentração de Cai apresentou redução. O uso de milho floculado associado ao aumento da relação PDR:PNDR causou redução na estabilidade alcoólica do leite e o uso do milho moído associado a baixa relação PDR:PNDR aumentou a estabilidade do leite ao teste do álcool. O CMS foi a única variável que apresentou efeito da dieta, em que o uso de milho moído sem a inclusão de tamp/alc aumentou o CMS. Sendo assim, durante o período de adaptação, o efeito a curto prazo de troca foi mais nítido nas dietas contendo milho processado associado à proteínas de diferentes degradabilidades ruminal do que nas dietas contendo fontes de carboidratos não fibrosos associados à inclusão ou não de tamp/alc. / The present study was developed in two experiments: 1) Corn processing type and the RDP:RUP ratio on ruminal fermentation, feeding behavior and ingestive selectivity of dairy cows. The objectives were: to evaluate the effect of corn processing type (flocculated or ground) and the ratio (hight or low) of degradable (RDP) and non-degradable protein (RUP) on ruminal fermentation, feed behavior and ingestive selectivity of dairy cows during the experimental period. Indeed to evaluate the short-term effect of dietary exchange containing either ground or flocculated corn and high or low RDP: RUP ratio on dry matter intake, milk yield and stability (alcohol test, pH, ionic calcium, of dairy cows during adaptation period. Twenty Holstein cows were used, with 162 &#177; 70 DIM, 666 &#177; 68 kg body weight, 3.15 &#177; 0.48 body condition score and 36.0 &#177; 7.78 kg / cow / day of milk yield. The results of ruminal metabolism indicated that the flocculated corn reduced the acetate: propionate ratio and the acetic acid concentration (%) and increased the concentrations of valeric (&micro;mol / L) and propionic acid (%) and fecal pH in relation to ground corn. As regards feed behavior, it was observed that the use of flocculated corn associated with high RDP:RUP ratio and the use of milled corn associated with low RDP:RUP ratio reduced feeding times (TAL / kg of intake DM) and rumination (TRU / kg of DM ingested). However, the use of flocculated corn associated with high or low RDP:RUP ratios increased rumination time (TRU / kg of NDF consumed). For the selection index, it was noted that the rejection of long particles (&gt; 19.0 mm) was lower in cows fed flocculated maize than those fed with milled corn. 2) Short-term effect of the diet change on the production and stability of Holstein cows milk that aimed to evaluate the effect of the diet change day with different sources of non-fibrous carbohydrate associated or not with the inclusion of buffer / alkalinizing on DMI, milk production and stability (alcohol test, pH, ionic calcium, thermal and alcoholic stability). Sixteen Holstein cows, 130 &#177; 81 DIM, body weight of 660 &#177; 62 kg and mean milk yield of 28.5 &#177; 4.79 kg / cow / day were used. Ground corn associated with high or low RDP:RUP ratios increased of intake DM; however, the diet containing the high RDP:RUP ratio associated to ground or flocculated corn showed a decrease in milk yield. The use of flocculated corn associated with high RDP:RUP ratio increased the pH value of milk samples; and in all tested treatments; the concentration of Cai presented reduction. The use of flocculated corn associated with the increase of the RDP:RUP ratio caused a decrease in the milk alcoholic stability while the use of ground corn associated with a low RDP:RUP ratio increased this variable. The intake DM was the only variable that presented a dietary effect, in which the use of ground corn without the inclusion of buffer/alk increased intake DM. Thus, during the adaptation period, the short-term effect of exchange was more pronounced in diets containing processed corn associated with proteins of different ruminal degradability than in diets containing sources of non-fibrous carbohydrates associated with the inclusion of buffer/alk .
6

Comportamento alimentar, metabolismo ruminal e estabilidade do leite de vacas alimentadas com milho floculado e diferentes níveis de degradabilidade da proteína / Feeding behavior, ruminal metabolism and milk stability of cows fed steam flakes and different levels of protein degradability

Fonseca, Danielle de Cássia Martins da 09 February 2018 (has links)
O presente estudo foi desenvolvido em dois experimentos: 1) Tipo de processamento do milho e a relação PDR:PNDR sobre a fermentação ruminal, comportamento alimentar e seletividade ingestiva de vacas leiteiras cujos objetivos foram: a) avaliar o efeito do tipo de processamento do milho (floculado ou moído) e a relação da proteína degradável (PDR) e não degradável no rúmen (PNDR) (alta ou baixa) sobre a fermentação ruminal, o comportamento alimentar e a seletividade ingestiva de vacas leiteiras durante o período experimental; b) avaliar o efeito a curto prazo da troca da dieta contendomilho moído ou floculado e alta ou baixa relação PDR:PNDR sobre o consumo de matéria seca, produção e estabilidade do leite (teste do álcool, pH, cálcio iônico, estabilidade térmica e alcoólica) de vacas leiteiras durante período de adaptação. Foram utilizadas 20 vacas da raça Holandesa, com 162 &#177; 70 DEL, 666 &#177; 68 kg de peso corporal, 3,15 &#177; 0,48 de escore de condição corporal e 36,0 &#177; 7,78 kg/vaca/ dia de produção de leite. Os resultados de metabolismo ruminal indicaram que o milho floculado reduziu a relação acetato:propionato e a concentração de ácido acético (%) e aumentou as concentrações dos ácidos valérico (&micro;mol/L) e de propiônico (%) e o pH fecal em relação ao milho moído. Quanto ao comportamento alimentar, observou-se que o uso de milho floculado associado à alta relação PDR:PNDR e a utilização de milho moído associado à baixa relação PDR:PNDR reduziram os tempos de alimentação (TAL/ kg de MS ingerida) e de ruminação (TRU/ kg de MS ingerida) entretanto, o uso de milho floculado associado à alta ou à baixa relação PDR:PNDR aumentaram o tempo de ruminação (TRU/ kg de FDN consumido). Já para índice de seleção notou-se que a rejeição de partículas longas (&gt; 19,0 mm) foi menor em vacas alimentadas com milho floculado em relação às alimentadas com moído. 2) Efeito a curto prazo da troca da dieta sobre a produção e estabilidade do leite de vacas da raça Holandesa que teve por objetivo avaliar o efeito do dia de troca da dieta com diferentes fontes de carboidrato não fibroso associado ou não a inclusão de tamponante/alcalinizante sobre CMS, produção e estabilidade do leite (teste do álcool, pH, cálcio iônico, estabilidade térmica e alcoólica). Foram utilizadas 16 vacas da raça Holandesa, com 130 &#177; 81 DEL, peso corporal de 660 &#177; 62 kg e produção média de leite de 28,5 &#177; 4,79 kg/vaca/dia. O milho moído associado à alta ou à baixa relação PDR:PNDR aumentou o CMS, entretanto o fornecimento de dieta contendo a alta relação PDR:PNDR associada ao milho moído ou floculado apresentaram redução na PL. O uso de milho floculado associado à alta relação PDR:PNDR aumentou o valor de pH das amostras de leite e em todos os tratamentos testados a concentração de Cai apresentou redução. O uso de milho floculado associado ao aumento da relação PDR:PNDR causou redução na estabilidade alcoólica do leite e o uso do milho moído associado a baixa relação PDR:PNDR aumentou a estabilidade do leite ao teste do álcool. O CMS foi a única variável que apresentou efeito da dieta, em que o uso de milho moído sem a inclusão de tamp/alc aumentou o CMS. Sendo assim, durante o período de adaptação, o efeito a curto prazo de troca foi mais nítido nas dietas contendo milho processado associado à proteínas de diferentes degradabilidades ruminal do que nas dietas contendo fontes de carboidratos não fibrosos associados à inclusão ou não de tamp/alc. / The present study was developed in two experiments: 1) Corn processing type and the RDP:RUP ratio on ruminal fermentation, feeding behavior and ingestive selectivity of dairy cows. The objectives were: to evaluate the effect of corn processing type (flocculated or ground) and the ratio (hight or low) of degradable (RDP) and non-degradable protein (RUP) on ruminal fermentation, feed behavior and ingestive selectivity of dairy cows during the experimental period. Indeed to evaluate the short-term effect of dietary exchange containing either ground or flocculated corn and high or low RDP: RUP ratio on dry matter intake, milk yield and stability (alcohol test, pH, ionic calcium, of dairy cows during adaptation period. Twenty Holstein cows were used, with 162 &#177; 70 DIM, 666 &#177; 68 kg body weight, 3.15 &#177; 0.48 body condition score and 36.0 &#177; 7.78 kg / cow / day of milk yield. The results of ruminal metabolism indicated that the flocculated corn reduced the acetate: propionate ratio and the acetic acid concentration (%) and increased the concentrations of valeric (&micro;mol / L) and propionic acid (%) and fecal pH in relation to ground corn. As regards feed behavior, it was observed that the use of flocculated corn associated with high RDP:RUP ratio and the use of milled corn associated with low RDP:RUP ratio reduced feeding times (TAL / kg of intake DM) and rumination (TRU / kg of DM ingested). However, the use of flocculated corn associated with high or low RDP:RUP ratios increased rumination time (TRU / kg of NDF consumed). For the selection index, it was noted that the rejection of long particles (&gt; 19.0 mm) was lower in cows fed flocculated maize than those fed with milled corn. 2) Short-term effect of the diet change on the production and stability of Holstein cows milk that aimed to evaluate the effect of the diet change day with different sources of non-fibrous carbohydrate associated or not with the inclusion of buffer / alkalinizing on DMI, milk production and stability (alcohol test, pH, ionic calcium, thermal and alcoholic stability). Sixteen Holstein cows, 130 &#177; 81 DIM, body weight of 660 &#177; 62 kg and mean milk yield of 28.5 &#177; 4.79 kg / cow / day were used. Ground corn associated with high or low RDP:RUP ratios increased of intake DM; however, the diet containing the high RDP:RUP ratio associated to ground or flocculated corn showed a decrease in milk yield. The use of flocculated corn associated with high RDP:RUP ratio increased the pH value of milk samples; and in all tested treatments; the concentration of Cai presented reduction. The use of flocculated corn associated with the increase of the RDP:RUP ratio caused a decrease in the milk alcoholic stability while the use of ground corn associated with a low RDP:RUP ratio increased this variable. The intake DM was the only variable that presented a dietary effect, in which the use of ground corn without the inclusion of buffer/alk increased intake DM. Thus, during the adaptation period, the short-term effect of exchange was more pronounced in diets containing processed corn associated with proteins of different ruminal degradability than in diets containing sources of non-fibrous carbohydrates associated with the inclusion of buffer/alk .
7

A proposta de política nacional de desenvolvimento regional: abordagem microrregional X modelo macrorregional, unidade ou fragmentação

Emílio Bastos Gonçalves, George January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:35:35Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo7855_1.pdf: 1711008 bytes, checksum: a42692a0f7943a3bc6e820afa47d98b3 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2006 / Num país de dimensões continentais como o Brasil, há uma grande diversidade econômica e social entre as suas regiões. A questão da organização territorial dos Estados contemporâneos é hoje de fundamental importância para a construção e consolidação da democracia, forma cada vez mais participativa e fundada na cidadania. Nessa conjuntura, a estrutura do Estado Nacional vem sendo utilizada como plataforma para a globalização, retirando seu papel fundamental como promotor do desenvolvimento e do bem estar social. Uma organização territorial se funda em realidades históricas, culturais, institucionais, políticas, sociais e econômicas específicas, que sintetizam o sentimento de identidade de um povo reafirmado pela soberania política. Estas são condições fundamentais para uma efetiva descentralização territorial, institucional, política e administrativa, como forma de promover a democratização, a racionalização e a eficácia econômico-social, como responsabilidades intransferíveis e inadiáveis do Estado, na formulação e implementação de políticas públicas mais direcionadas para o cidadão. Contudo, a proposição da Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR) do Governo Federal adota uma nova metodologia que maximiza uma abordagem microrregional, que pode produzir danosas conseqüências políticas, institucionais, econômicas e sociais sobre a organização territorial brasileira, em especial sobre a Região Nordeste e, sobre o próprio Pacto Federativo, que reforçam a concentração e a centralização de poder, em detrimento do modelo da macrorregionalização. Este estudo considera que para o equilíbrio federativo, faz-se necessário se analisar alternativas de descentralização política e econômica, inclusive baseadas em experiências do federalismo regional. A ação responsável do Estado, da qual emana a atual formulação de políticas e estratégias, materializadas no planejamento e execução de programas governamentais, deve estar de acordo com as determinações constitucionais e totalmente comprometidas com os objetivos nacionais. Portanto, nelas poderia estar priorizado o compromisso com o desenvolvimento, a redução das desigualdades regionais e pessoais de renda e uma efetiva realização da justiça social, integrando econômica, social e interregionalmente os brasileiros na perspectiva de um Brasil melhor para todos. Sem elas, podem agudizar a crise social brasileira e a fragmentação territorial, com riscos efetivos para a ordem institucional, podendo ameaçar a unidade nacional

Page generated in 0.0433 seconds