• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 76
  • Tagged with
  • 77
  • 35
  • 11
  • 11
  • 10
  • 10
  • 10
  • 10
  • 9
  • 9
  • 9
  • 7
  • 7
  • 7
  • 7
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Multiplicidade e propriedades funcionais da hemoglobina de Geochelone carbonaria (Spisc,1924)(tartaruga terrestre)

Torsoni, Marcio Alberto, 1967- 25 August 1994 (has links)
Orientador: Satie H. Ogo / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-19T15:47:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Torsoni_MarcioAlberto_M.pdf: 12383432 bytes, checksum: 55c7560b08c5d521c6907cc2cf9d2eaf (MD5) Previous issue date: 1994 / Resumo: O hemolisado de Geochelone carbonaria apresentou heterogeneidade eletroforética. No hemolisado foram observados 8 componentes e o oitavo componente foi completamente reduzido quando a amostra foi tratada com agente redutor, indicando que tenha sido originado pela polimerização através da formação de pontes de dissulfeto entre as hemoglobinas. O hemolisado tratado com agente alquilante (iodoacetamida), apresentou apenas 3 frações em cromatografia de troca iônica. A determinação das cadeias que constituem estes componentes demonstrou que apenas dois componentes são estruturalmente diferentes e constituídos pelas cadeias de globina (G1G2)2 e (G1G3)2. Baixa afinidade da hemoglobina pelo oxigênio foi observada tanto para o hemolisado total como para o hemolisado "stripped". O hemolisado "stripped" na presença de ATP ou IHP, mostrou ligeira alteração com relação ao valor de P50. Em concentrações fisiológicas o efeito destes polifosfatos foi ainda menor. No entanto, o sítio para ligação de polifosfatos mostrou maior afinidade pelo IHP. Todas as formas do hemolisado apresentaram efeito Bohr e os valores de nH foram sensivelmente maiores em pH próximos de 7,5 e em presença de ATP. A polimerização iniciou-se logo após a hemólise e após 210 dias de estoque do hemolisado "stripped", 73% do hemolisado era constituído pelo polímero maior (256.000 Da) e 27% por hemoglobina tetramérica. O número de grupos -SH reativos encontrados para o hemolisado "stripped" logo após a hemólise (5,3 SH/mol de Hb), corrobora os dados eletroforéticos e de peso molecular. O hemolisado total apresentou 7,3 SH/mol de Hb, logo após a hemólise. A diferença observada entre o hemolisado "stripped" e total, pode ser devido a presença de tióis não protêicos no hemolisado total, possivelmente glutationa. A ligação de glutationa a hemoglobina pode aumentar a heterogeneidade eletroforética, originando componentes GS-SHb. As pontes de dissulfeto mistas foram menos acessíveis ao agente redutor / Abstract: G. carbonaria hemolysate shows electrophoretic heterogeneity. In hemolysate 8 components were observed. The eighth component was completely reduced when the sample was treated with a reducing agent, indicating that it originated through polymeryzation induced by dissulphide bridge formation between hemoglobins. Hemolysate treated with an alkylating agent (iodoacetamide) presented only 3 fraction in ion exchange chromatography. The determination of constituent globin chains demonstrated that only two types of structurally distinct components exist, constituted by globin chains (G1G2)2 e (G1G3)2. Low hemoglobin oxygen affinity was observed for total and stripped hemolysate and both were dependent of pH. Stripped hemolysate showed a slight alteration in P50 values in the presence of ATP or IHP. In physiological concentration, the effect of these polyphosphate was even smaller. The polyphosphate binding site demonstrated higher affinity for IHP. The nH values were considerably higher in pH dose to 7,5 and in the presence of ATP. Polymeryzation initiated soon after hemolysis, and after 210 days of stocking the stripped hemolysate showed 73% the larger polymer (256.000 Da) and 27% of tetrameric hemoglobin. The number of reactive -SH groups found for the stripped hemolysate following hemolysis (5,3 SH/moles of Hb) corroborates the electrophoretic and molecular mass data. Total hemolysate presented 7,3 SH/moles of Hb following hemolysis. The observed difference between total and stripped hemolysate may be due to non-proteic thiol, present in total hemolysate, possibly glutathione. The binding of glutathione to hemoglobin can raise electrophoretic heterogeneity, originating GS-SHb components. The mixed dissulphide bridges were less acessible to the reducing agent / Mestrado / Bioquimica / Mestre em Ciências Biológicas
2

Analise filogenetica da familia Teiidae (Squamata, Reptilia), a ultra-estrutura de espermatozoide e a sua utilidade filogenetica

Teixeira, Ruscaia Dias 15 July 2003 (has links)
Orientadores: Sonia Nair Bao, Guarino Rinaldi Colli / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-08-03T17:57:06Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Teixeira_RuscaiaDias_D.pdf: 17531780 bytes, checksum: 016a58d00cf880db59332986a7801fe0 (MD5) Previous issue date: 2003 / Resumo: Vários estudos têm sido realizados entre os lagartos da família Teiidae, utilizando diversas linhas de evidência morfológicas, sem resolver as relações filogenéticas entre os gêneros dentro das subfamílias Teiinae e Tupinambinae. A utilização de conjuntos de dados morfológicos tradicionais ainda não utilizados (hemipênis, língua e escamas), e dados morfológicos não tradicionais (a ultra-estrutura de espermatozóide) pode dar subsídio para a construção de uma árvore filogenética mais resolvida e provável para o grupo. A proposta do presente trabalho é buscar uma melhor compreensão das relações de parentesco entre os gêneros de teiídeos, avançar os conhecimentos do novo conjunto de dados morfológicos não tradicionais, a ultra-estrutura de espermatozóide, e avaliar a utilidade filogenética desta nova fonte de caracteres no nível genérico. Os estudos comparativos da ultra-estrutura de espermatozóide indicam altos níveis de variabilidade inter e intra-genérica, sugerindo o uso de espécies como táxons terminais, a fim de melhorar as estimativas da filogenia da família. Apesar da filogenia derivada dos conjuntos de dados morfológicos tradicionais e ultraestrutura de espermatozóide apresentar muitas incongruências com os estudos prévios, ela reflete uma melhor estimativa da história filogenética da família devido ao grande número de caracteres empregados. Comparações do grau de congruência entre as filogenias derivadas pelo conjunto de dados morfológicos tradicionais e a ultra-estrutura de espermatozóide, indicam que a ultra-estrutura de espermatozóide é um bom indicador de filogenia da farm1ia Teiidae, apresentando poucas regiões conflitantes e de pouco suporte com a topologia baseada nos conjuntos de dados morfológicos tradicionais / Abstract: Several studies have attempted to clarify the relationship among the teiid genera, based on several types of morphological data sets. Therefore, the relationships among teiid genera are not completely solved. Increase the number of characters, using new sources of characters, the sperm ultrastructure, and additional traditional morphological characters such as hemipenis, scales, and tongue were included to possibly improve the resolution of Teiidae phylogenetic hypotheses. The proposals of this work are (1) to clarify the phylogenetic relationships of teiids, (2) to expand the knowledge on the new data set, sperm ultrastructure, investigating the level of variability in sperm ultrastructure, in order to reveal intergeneric stability of characters, and (3) to evaluate the usefulness of sperm ultrastructure characters in phylogenetic reconstruction at the generic level. Comparative studies among teiid genera indicate high levels of inter and intra generic levels of variability in sperm ultrastructure characters, suggesting a spliting of genera in species as terminals, in order to give more accurate estimates of phylogeny. Despite the fact that phylogeny derived from the combined data show high levels of incongruence with those of previous studies, it reflects favorably the evolutionary history of the family due to the high number of characters applied (those data sets used in the previous hypotheses, combined with meristic, tongue, hemipenis and sperm ultrastructural data), surely improving the estimates of teiid relationships. Sperm ultrastructure may be a good indicator of phylogeny, producing topologies with major areas in congruence with the traditional morphological phylogeny, having on1y few incongruent areas weak1y supported by the traditional topology / Doutorado / Biologia Celular / Doutor em Biologia Celular e Estrutural
3

Ecologia geografica de Tropidurus torquatus (Squamata : Tropiduridae) em areas de restinga da costa sudeste e sul-nordeste do Brasil : aspectos reprodutivos, ecologia termica e comunidades de nematodeos associados

Kiefer, Mara Cintia 18 September 2003 (has links)
Orientador: Carlos Frederico Duarte da Rocha / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-08-03T18:33:34Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Kiefer_MaraCintia_D.pdf: 8906377 bytes, checksum: 86e147c4918ad33ce9b0408a8aba8481 (MD5) Previous issue date: 2003 / Resumo: Estudos sobre ecologia geográfica permitem detectar a ocorrência de variação nos diferentes atributos ecológicos de uma espécie ao longo de sua distribuição geográfica e avaliar em que extensão fatores históricos e/ou ambientais locais explicam essas variações. O lagarto tropidurídeo Tropidurus torquatus possui ampla distribuição geográfica, constituindo uma espécie apropriada para estudos de ecologia geográfica. Neste estudo foram investigados três aspectos da ecologia de T. torquatus (ecologias reprodutiva, térmica e parasitária) em 10 populações de restinga nos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia, incluindo a quase totalidade da extensão da distribuição costeira da espécie. O tamanho mínimo na maturidade foi semelhante para as fêmeas das várias populações, embora os tamanhos corpóreos médios tenham variado. O tamanho médio das ninhadas foi, em geral, baixo e pouco variável, predominantemente constituído por dois ovos e pouco influenciado pelo tamanho da fêmea. O volume dos ovos foi afetado pelo tamanho da fêmea e variou entre as populações. Houve evidência de que as fêmeas produzem mais de uma ninhada por estação reprodutiva em quase todas as restingas. Todas as populações tiveram dimorfismo sexual no tamanho do corpo e, exceto em Maricá, também no tamanho da cabeça, com os machos sempre maiores do que as fêmeas. A variação geográfica existente no tamanho da ninhada e dos ovos pôde ser explicada por fatores filogenéticos (tamanho corpóreo), mas os fatores ambientais locais (estrutura do habitat e características climáticas) também parecem ter influenciado alguns atributos ecológicos (tamanho da ninhada). As populações litorâneas de T. torquatus têm tamanho corpóreo médio menor do que as interioranas e as insulares, resultando em diferenças nos vários aspectos reprodutivos e apontando para a possibilidade de que elas constituam um grupo diferenciado dentro da espécie. As temperaturas corpóreas médias em atividade das populações de T. torquatus de restinga foram semelhantes às temperaturas corpóreas registradas para outras populações da espécie. As temperaturas do substrato e do ar influenciaram conjuntamente a temperatura corpórea dos lagartos, mas a importância relativa dessas fontes de calor variou entre as localidades em função das condições climáticas locais. Na maioria das populações, a temperatura do ar predominou como a principal fonte de calor utilizada pelos lagartos. A termorregulação primariamente ativa foi constatada para várias populações: à medida em que as temperaturas ambientais aumentam, os lagartos termorregulam mais ativamente para evitar o aquecimento excessivo. A hipótese de conservatividade filogenética foi comprovada para essas populações: as temperaturas corpóreas em atividade tendem a permanecer constantes ao longo da distribuição geográfica da espécie e as diferenças constatadas resultam da influência das temperaturas ambientais locais sobre elas. Em relação aos helmintos endoparasitas associados, foram registradas pelo menos oito espécies de helmintos infectando as populações de T. torquatus nas restingas estudadas. Dentre os nematódeos, foram encontradas quatro espécies"core" (P. lutzi, P. retusa, S. oscari e P. sceleratus), três espécies secundárias (P. venancioi, S.lacertilia e S. intermedia) e uma espécie cuja infecção foi acidental (H. boddaertii). A composição das comunidades de helmintos variou pouco, pois as espécies "core" ocorreram em todas ou em quase todas as populações do lagarto. A principal variação geográfica ocorreu na estrutura das comunidades componentes, pois as espécies tiveram diferentes abundâncias ao longo das populações. O tamanho do corpo do lagarto influenciou significativamente a riqueza de nematódeos e/ou a intensidade da infecção pelos helmintos em todas as populações. Quando comparado com outras espécies de lagartos, T. torquatus tem uma fauna de helmintos rica e complexa e parece constituir uma espécie-chave para a comunidade de parasitas das restingas onde ocorre, pois é importante para manter a riqueza e a estrutura dessas comunidades / Abstract: Studies of geographical ecology can detect variation in a species' ecological attributes along its geographical range, and determine the extent to which historical factors and/or local environmental factors can explain such variations. The wide geographic distribution of the tropidurid lizard Tropidurus torquatus makes it a good model for geographical ecology studies. In the present work three ecological aspects (reproductive traits, thermal ecology and parasite ecology) of T. torquatus were investigated in 10 populations of "restinga" (coastal sand dune) habitats along the coast of the states of Rio de Janeiro, Espírito Santo and Bahia. The minimum size at maturity of the females of T. torquatus was similar in all studied populations, although the mean body size varied. Mean c1utch size was low and showed little variation. The c1utch usually contained two eggs, most1y independent of female body size. Egg size was determined by female body size and showed marked interpopulational variation. 1n almost all populations of T. torquatus studied, females produced more than one c1utch during each reproductive season. Sexual dimorphism in size occurred in all populations and, except for the Maricá restinga, in head size as well. Geographical variation in c1utch and egg size can be explained by phylogenetic factors (body size), but local environmental factors (habitat structure and c1imatic conditions) seem to influence some ecological attributes such as c1utch size. Coastal populations of T. torquatus have a smaller body size than inland and insular populations, resulting in differences in many life history characteristics and suggesting that these coastal populations could make up a single group within the species. The mean body temperature of activity of the coastal T. torquatus populations was similar to those of other conspecific populations. The environmental temperatures (substrate and air) together influenced lizard body temperature, but their relative importance varied among the different populations as a consequence of the local c1imatic conditions. In most of the populations, air temperature was the main source of heat for the lizards. Active thermoregulation was recorded for several populations studied: as the environmental temperature increases, the lizards tend to thermoregulate more actively to avoid overheating. The conservative phylogenetic hypothesis was confirmed for the coastal populations of T. torquatus: the body temperatures in activity tend to remain constant along the geographic distribution of the species, and the differences observed result from the influence of environmental temperatures. At least eight helminth species were recorded in the community infecting T. torquatus in coastal populations. Considering only the nematodes, four species were considered "core" (P. lutzi, P. retusa, S. oscari and P. sceleratus), three were secondary species (P. venancioi, S. lacertilia and S. intermedia) and one resulted from accidental infection (H. boddaertii). The composition of the helminth community varied little as the core species were common in all or almost alllizard populations. The main geographical variation occurred in the structure of the helminth community as the abundance of the parasite species varied along the T. torquatus coastal populations. Lizard body size had a strong influence over nematode richness and helminth infection in all populations. Compared with other lizard species, T. torquatus has a rich and complex helminth fauna and seems to be a key host species for the coastal restinga parasite community harboured by it and other sympatric lizards, since it helps to maintain the richness and structure of the helminth communities / Doutorado / Doutor em Ecologia
4

Filogenia molecular da família Dipsadidae (serpentes : Colubroidea)

Grazziotin, Felipe Gobbi [UNESP] 21 December 2011 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:35:44Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2011-12-21Bitstream added on 2014-06-13T21:08:02Z : No. of bitstreams: 1 grazziotin_fg_dr_rcla.pdf: 876560 bytes, checksum: 3e4c47b55167b94d86962842d103f78a (MD5) / A relação filogenética entre os caenofídeos (serpentes avançadas) tem sido matéria de debate durante décadas. As principais questões para a sistemática eram representadas pela condição monofilética da família Colubridae, e a composição de sua subfamílias. Mais recentemente, novos métodos para inferir filogenias baseadas em critérios objetivos, bem como a utilização da biologia molecular, lançaram alguma luz sobre estas questões tradicionais. Aqui, são apresentados os resultados de duas análises filogenéticas moleculares das serpentes cenofídeas, focando principalmente nas serpentes neotropicais (subfamílias Xenodontinae e Dipsadinae). Otimização direta com base na máxima parcimônia, e homologia estática (alinhamento múltiplo), utilizando máxima parcimônia e máxima verossimilhança foram aplicados em uma matriz expandida de dados molecular. Os principais resultados de ambas as análises são: posicionamento de Acrochordus, Xenodermatideos e Pareatideos como grupos irmãos sucessivos de todos os caenofídeos restantes; viperídeos e homalopsideos são clados irmãos sucessivos de todos as demias serpentes, foram recuperados os seguintes clados monofiléticos dentro do crown-group Caenophidia: psammofídeos Afro-Asiaticos (incluindo Mimophis de Madagascar), Elapidae, Pseudoxyrhophiinae, Colubrinae, Natricinae, Dipsadinae e Xenodontinae. Homoroselaps está associada com os atractaspidídeos. Dois grupos taxonômicos superiores dentro de Caenophidia e uma nova subfamília dentro Dipsadidae foram nomeados. As análises filogenéticas sugerem mudanças taxonômicas dentro dos xenodontíneos; cinco novas tribos, oito novos gêneros foram criados e dois gêneros foram ressuscitados. Os gêneros Xenoxybelis e Pseudablabes foram sinonimizados com Philodryas; Liophis e Umbrivaga com Erythrolamprus e Lystrophis e Waglerophis com Xenodon / The phylogenetic relationship among the caenophidian (advanced) snakes has been a matter of debate for decades. The principal issues for the systematic were represented by the monophyletic condition of the large family Colubridae, and the composition of its subfamilies. More recently, new methods for infering phylogenies based on objective criteria, and the use of molecular biology, shed some light on these traditional issues. Here, two molecular phylogenetic analyses of caenophidian snakes focusing principally in the Neotropical snakes (subfamilies Xenodontinae and Dipsadinae) are presented. Direct optimization based on maximum parsimony, and static homology (multiple alignment) using maximum parsimony and maximum likelihood were applied on a expanded molecular data matrix. The major results of both analyses are: placement of Acrochordus, Xenodermatids, and Pareatids as successive outgroups to all remaining caenophidians; viperids and homalopsids are sucessive sister clades to all remaining snakes; the following monophyletic clades within crown group caenophidians: Afro- Asian psammophiids (including Mimophis from Madagascar), Elapidae, Pseudoxyrhophiinae, Colubrinae, Natricinae, Dipsadinae, and Xenodontinae. Homoroselaps is associated with atractaspidids. Two higher taxonomic clades within Caenophidia one new subfamily within Dipsadidae were nomed. The phylogenetic analyses suggest taxonomic changes within xenodontines, five new tribes, eight new genera were created and two genera were resurrected. The genera Xenoxybelis and Pseudablabes were synonymize with Philodryas; Liophis and Umbrivaga with Erythrolamprus; and Lystrophis and Waglerophis with Xenodon
5

Análise da dieta de Trachemys dorbigni (duméril & Bibron, 1835) no sul do Rio Grande do Sul (Testudines : Emydidae)

Hahn, Anelise Torres January 2005 (has links)
Resumo não disponível
6

Análise da dieta de Trachemys dorbigni (duméril & Bibron, 1835) no sul do Rio Grande do Sul (Testudines : Emydidae)

Hahn, Anelise Torres January 2005 (has links)
Resumo não disponível
7

Análise da dieta de Trachemys dorbigni (duméril & Bibron, 1835) no sul do Rio Grande do Sul (Testudines : Emydidae)

Hahn, Anelise Torres January 2005 (has links)
Resumo não disponível
8

Filogeografia global da tartaruga oliva (Lepidochelys olivacea)

Hahn, Anelise Torres January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:12:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000440888-Texto+Completo-0.pdf: 1750102 bytes, checksum: 2d4b0ddd911b604f135c53931233d8f2 (MD5) Previous issue date: 2011 / The first chapter of this thesis is the first study about the olive ridley turtle’s (Lepidochelys olivacea) genetic diversity and population structure in Brazil. The olive ridley is the most abundant species of marine turtle and is listed as vulnerable by the IUCN. Olive ridleys had a strong history of harvest in the Atlantic Ocean, with some populations being severely depleted; in Brazil the egg exploitation was intense until before 1982. However, a single study with a very low sample size so far investigated the species´ mtDNA diversity in the region. Herein we characterize the genetic diversity and population structure of the olive ridley nesting populations in the Brazilian coast based on 92 samples sequenced for the mtDNA control region and 67 samples genotyped for fifteen microsatellite loci. Although three mtDNA haplotypes were found, two previously unknown but very rare, the Brazilian nesting population presented one of the lowest mtDNA diversity known for the species. Contrary, our newly described microsatellite data showed moderate to high genetic diversity for olive ridleys from Brazilian nesting sites, similar to the few other nesting populations studied so far, suggesting that the high level of egg harvest in Brazil did not result in a recent genetic bottleneck. mtDNA data indicated a population expansion following a population decline in the past while microsatellite data suggested a scenario of demographic stability, supporting the scenario of colonization of Atlantic Ocean via a founder effect. Since results from both markers present no evidence of significant genetic differences between the studied olive ridleys nesting areas in the Brazilian coast, conservation strategies should consider the Brazilian olive ridleys as a single interbreeding population. The second chapter is a global phylogeographic study of the olive ridley. It was proposed that the ridley turtles diverged after the closure of the Isthmus of Panama during the Pliocene, and then L. olivacea has spread from the Pacific Ocean into the Indo-Pacific, Indian and only recently to the Atlantic Ocean. Genetic analyses have been consistent with this scenario although some authors have proposed the Indo-Pacific region as the center of origin for the ridley turtles instead. To address this and other questions on the population structure patterns and demographic changes through time, we used mtDNA sequence and the STRs for 300 samples of ridley turtles across their range. The olive ridley nesting sites are well structured for the mtDNA, while for STRs the population divergences are lower for regional rookeries but highly significant among oceans, suggesting male-mediated gene flow within oceans. Beyond a kemp’s clade, we corroborated the existence of four geographic mtDNA clades for the olive ridleys: the K clade only found in Indian Ocean, and the East Pacific, Indo- Pacific and Atlantic clades. The K clade originated around 1. 6 Mya, the East Pacific clade about 0. 61 Mya, and the split between the Indo-Pacific and Atlantic lineages around 0. 36 Mya. These results are mostly consistent with the recent colonization of East Pacific and the Atlantic and suggest a model of recurrent extinction/colonization for most ridley nesting sites that may be explained by the climatic changes, especially during the Pleistocene. Diversification times within all five clades are very similar, ranging between 221 Kya and 342 Kya, suggesting the most recent demographic events for most oceanic regions may have been concurrent. Significant statistics for the STR data and similarly shaped star trees in each of the four major olive ridley clades suggested a population expansion, a scenario partially corroborated by the Bayesian Skyline Plot analysis which is indicating a population expansion for L. olivacea after the last glacial maximum. / O capítulo inicial desta tese é o primeiro estudo sobre a diversidade genética e estrutura populacional de Lepidochelys olivacea (tartaruga oliva) no Brasil. O litoral de Sergipe e do norte da Bahia correspondem as principais áreas de desova da tartaruga oliva no Brasil. Desde 1992, o número de desovas de tartaruga oliva vem crescendo nestas áreas, indicando um aumento populacional; porém, a espécie continua ameaçada, principalmente devido às atividades de pesca e ao desenvolvimento costeiro desordenado. Neste estudo foram utilizadas sequências do DNA mitocondrial (mtDNA), além de 15 loci de microssatélites (STRs) para avaliar a diversidade genética e a estrutura populacional da tartaruga oliva em sítios de desova no Brasil. Além disso, utilizaram-se sequências previamente publicadas do mtDNA do Suriname para comparações populacionais. Identificou-se baixa diversidade genética no mtDNA da tartaruga oliva, com registro de apenas três haplótipos (F, F1 e F2), sendo o mais comum deles (F) encontrado em quase 95% dos indivíduos amostrados. Por outro lado, os loci de STRs mostraram maior diversidade genética. Os resultados também evidenciaram a falta de diferenciação genética entre as praias de desova na costa do Brasil, tanto para o mtDNA quanto para os STRs, sugerindo assim, a existência de uma única população de desova da tartaruga oliva no Brasil. As análises de diferenciação populacional entre Brasil e Suriname indicaram baixa distinção genética entre estas duas áreas, porém características biológicas sugerem que as duas populações atualmente estejam isoladas.O segundo capítulo estuda a filogeografia global de L. olivacea, utilizando um segmento do mtDNA e 15 loci de STRs em 330 e 291 indivíduos amostrados, respectivamente. Foram encontradas quatro clados mitocondriais correspondentes aos oceanos Índico, Indo-Pacífico, Pacífico leste e Atlântico. As idades de separação foram 1,6, 0,6 e 0, 32 milhão de anos atrás para o clado exclusivo do oceano Índico, do Pacífico leste e do Indo-Pacífico e Atlântico, respectivamente, ou ainda, mais recente que isto. Nossos resultados corroboram um modelo de extinção/colonização recorrentes para a maioria dos sítios de desova da espécie. A estruturação genética entre os oceanos foi altamente significativa, bem como entre a maior parte dos diferentes sítios de desova intra-oceânicos. Da mesma forma, a análise dos STRs demonstrou que a diferenciação entre os oceanos é alta, no entanto, dentro dos oceanos esta diferenciação é consideravelmente menor e não significativa entre a maior parte das áreas de desova, indicando os machos como importantes veículos para o fluxo gênico. Nossos resultados indicam que as linhagens atuais se diversificaram há aproximadamente 200 mil anos atrás com uma expansão populacional para a espécie há aproximadamente 15 mil anos, sendo que, este cenário é parcialmente corroborado quando analisamos as linhagens separadamente. Os resultados com STRs indicaram crescimento populacional quando as análises foram realizadas agrupando as populações dentro dos oceanos. Os resultados obtidos neste estudo indicam que as populações de desova de L. olivacea dos oceanos Índico, Indo-Pacífico, Pacífico leste e Atlântico são distintas e devem ser manejadas separadamente.
9

Análise da variação e taxonomia de echinanthera occipitalis (Jan, 1863) (serpentes, colubridae) com a descrição de uma nova espécie

Santos, Alfredo Pedroso dos January 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:12:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000382367-Texto+Completo-0.pdf: 1512459 bytes, checksum: 7aa97dd4baa9710ef6d3785f21cfed9c (MD5) Previous issue date: 2005 / The analysis of variation of Echinanthera occipitalis (Jan, 1863) was made on 255 specimens. The species presented variation in the head and neck coloration indicating geographic variation and allowing the description of a new species. After statistical treatment of the external characters and analysis of the hemipeniana morphology, it was evidence that E. occipitalis is composed by groups of species formed by three different taxa, which informally is called occipitalis group. This group is composed by the taxa: E. occipitalis sensu stricto, from northeastern Brazil; E. miolepis (Boettger, 1891), revalidated here; and Echinanthera sp. n., described for the easter Brazilian Amazonia in Para State. / Foi realizada a análise da variação morfológica de Echinanthera occipitalis (Jan, 1863) baseada em 255 exemplares. A espécie apresentou variação na coloração da cabeça e do pescoço indicando variação geográfica e possibilitando a descrição de uma nova espécie. Após tratamento estatístico dos caracteres externos e análise da morfologia hemipeniana, constatou-se que E. occipitalis é formada por um grupo de espécies formado por três táxons, o qual tratamos informalmente como grupo occipitalis. Esse grupo é composto por: E. occipitalis sensu stricto, própria da região Nordeste do Brasil; E. miolepis (Boettger, 1891), revalidada neste trabalho; e Echinanthera sp. n., ocorrente no leste da Amazônia brasileira, Estado do Pará.
10

Composição e história natural de uma comunidade de serpentes em área de transição Amazônia-cerrado, ecorregião florestas secas de Mato Grosso, município de Claudia, Mato Grosso, Brasil

Carvalho, Marcos André de January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:12:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000379490-Texto+Completo-0.pdf: 2432240 bytes, checksum: 754b0e0f479a79dbcde2d66ac779b3da (MD5) Previous issue date: 2006 / The present study deals with composition and natural history of a snake community at primary forest reserve ( 150 ha) in the selective logging area of the Continental Farm (11° 24’49,9” S e 55° 19’ 45,1” W), in the Matas Secas de Mato Grosso ecorregion, southwest of Claudia, Mato Grosso state, focusing on: species richness, relative abundance, habitat use, diel and seasonal activity, diet and reproduction. The data are based on 250 non consecutive days of fieldwork, from April 2002 to June 2004, encompassing 18 field trips to the locality. Fieldwork included four sampling methods: pitfall traps with drift fences (AIQ), time constrained search (PVLT), incidental encounters (EO), and local collectors (CT). The AIQ effort was 4200 h/pitfall (=117600 hours to 28 pitfall), and captured 123 snakes (0,001 snake/pitfall/hour or 0,72 snake/pitfall/month). The PVLT were effectuated from June 2003 to June 2004, the mean rate of the search was five hour-man/day, totalizing 945,2 hour-man (805,3 during day and 139,9 during the night), and captured 41 snakes (13 species) (0,04 snake/hour-man; night = 0,05 and day = 0,007; or 1,04 snake/day/observer). The EO was measured to workfield per day (250 non consecutive days), the effort was 6000 hour-field, and captured 108 snakes (33 species) (0,043 snake/day-field/man). The CT included the snakes captured at three local collectors. This method captured 43 snakes (18 species) during 775 days (0,0007 snake/hour/collector). We recorded 315 specimens of the 39 species, distributed in five families (Typhlopidade, Boidae, Colubridae, Elapidae e Viperidae). The composition of the snake community is more related to those from Amazonian habitats forest, principally the oriental area. Considering areas that were studied at Amazônia region, Claudia is the most related to the Cerrado. Oxyrhopus melanogenys was the dominant specie (9,8%).The distribution abundance was equilibrated and was statistically adjusted to three models: geometric series, lognormal, and Broken Stick. The activity is mainly nocturnal and the soil and litter exploration is the most frequent pattern. The relative abundance is related to monthly precipitation and averages of minimum temperatures. The AIQ and PVLT mean rate of snake capture, and the number of female and male captured also showed quantitative variation, although only female capture rate can be related with the precipitation (positively) and with the difference between the maximum and minimum temperature (negatively); these show that there is more female movement in humid and more stable thermal period. The most frequent food items consumed by the snakes were lizards, anurans, and mammals (in this order). They also eat invertebrates (18%), being centipedes the principal (11%). Reproduction is aseasonal. In the Claudia region the number of females involved in reproductive events and juveniles captured did not change between dryness and rainy periods. However, the analysis of the reproductive cycle of particular species showed a clear seasonality, indicating that the general aseasonal pattern of the community results from the superposition of asynchronic seasonal cycles of different species, each one variable in its extension. / O presente estudo teve como objetivos básicos conhecer a composição, estrutura e história natural de uma comunidade de serpentes de uma reserva de floresta primária (≈150 ha) localizada em área de corte seletivo de madeira da Fazenda Continental (11° 24’49,9” S e 55° 19’ 45,1” W), ecorregião Florestas Secas de Mato Grosso, no sudoeste do município de Claudia, centro-norte de Mato Grosso. Enfocou a riqueza e a abundância relativa das espécies, a utilização do ambiente (hábitat e microhábitat), os padrões de atividade diária e sazonal, a dieta e a reprodução das serpentes. Entre abril de 2002 e junho de 2004, foram realizadas 18 campanhas, totalizando 250 dias não consecutivos de trabalho de campo. Foram utilizados quatro métodos de amostragem: armadilhas de interceptação e queda (AIQ), procura visual limitada por tempo (PVLT), encontros ocasionais (EO) e coletas por terceiros (CT). As AIQ permaneceram abertas por 175 dias; resultaram em um esforço de 4200 h (= 117600 horas-tambor) e no registro de 123 indivíduos (0,001 serpente/hora/tambor) de 27 espécies. A PVLT, efetuada ao longo de 136 dias, de junho de 2003 a junho de 2004, correspondeu em média a cinco horas-homem de procura diária, totalizou 945,2 horas-homem (805,3 no período noturno e 139,9 no diurno) e registrou 41 indivíduos de 13 espécies (0,04 serpente/hora/homem; noite = 0,05 e dia = 0,007). Os EO foram quantificados por dia de trabalho de campo (250 dias-campo), e resultaram no registro de 108 indivíduos de 33 espécies (0,43 serpente/dia-campo). A CT incluiu as serpentes coletadas por três colaboradores residentes na área e registrou 43 indivíduos de 18 espécies em 775 dias (0,017 serpente/dia/colaborador). No total foram registrados 315 indivíduos de 39 espécies, distribuídas em cinco famílias (Typhlopidade, Boidae, Colubridae, Elapidae e Viperidae).A composição de espécies da comunidade é mais assemelhada às de outras áreas florestadas da Amazônia, principalmente da porção oriental, que às áreas de Cerrado. Entretanto, dentre as demais áreas amazônicas estudadas, a comunidade de Claudia é a que mais se assemelha às de áreas de Cerrado. A espécie dominante foi Oxyrhopus melanogenys, com 9,8% dos registros. A distribuição de abundância da comunidade mostrou-se equilibrada e se ajustou estatisticamente a três modelos: série geométrica, lognormal e Brocken Stick. Predominaram serpentes de atividade noturna que exploram o solo e a serapilheira. A abundância relativa variou sazonalmente e apresentou correlação positiva com a precipitação mensal e as médias mensais da temperatura mínima. Também houve variação sazonal na taxa de captura de AIQ e PVLT e nas capturas de machos e fêmeas. A movimentação de fêmeas foi correlacionada diretamente com a precipitação pluviométrica e inversamente com a variação da diferença entre médias mínimas e máximas mensais, indicando maior movimentação no período mais úmido e de maior estabilidade térmica. A utilização de recursos pelas espécies da comunidade foi diversificada, sendo que os itens alimentares mais consumidos foram lagartos, anuros e mamíferos, nessa ordem. Invertebrados estiveram presentes em cerca de 18% das amostras; dentre eles, a categoria mais recorrente foi representada por quilópodes (11%). O número de fêmeas em eventos reprodutivos e a captura de juvenis não diferiu significativamente entre a estação seca e a chuvosa, e a distribuição temporal dos eventos reprodutivos indicou a ocorrência de um padrão reprodutivo assazonal para a comunidade como um todo. Contudo, foram identificadas espécies com ciclos sazonais bem definidos, o que indica que a assazonalidade registrada resulta da sobreposição de ciclos reprodutivos de diferentes espécies e extensões (sazonais e assazonais).

Page generated in 0.0191 seconds