• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 9897
  • 319
  • 315
  • 313
  • 296
  • 200
  • 113
  • 110
  • 84
  • 39
  • 39
  • 26
  • 25
  • 24
  • 13
  • Tagged with
  • 10201
  • 4455
  • 2439
  • 1938
  • 1744
  • 1587
  • 1548
  • 1475
  • 1159
  • 1152
  • 1000
  • 976
  • 948
  • 935
  • 927
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
11

Corpo-mídia ou corpo-suporte? : representações do signo corpo em publicidades de perfumes /

Campos, Camila Craveiro da Costa. January 2005 (has links)
Orientador: Elaine da Graça de Paula Caramella / Banca: Ana Sílvia Lopes Davi Médola / Banca: Rosamaria Luzia de Melo Rocha / Resumo: Este trabalho trata do signo corpo através das representações que a publicidade faz dele, visto que o corpo que detém visibilidade na mídia corresponde à propagação de um ideal estético desejado pela maioria da sociedade. Portanto, elaboramos conceitos que são, na verdade, formas de olhar o corpo que nos ajudam a pensar as funções que ele adquire em determinados contextos. É ainda pelos anúncios que analisamos os índices que qualificam e valoram este signo, percebendo suas mudanças num espaço de tempo que abrange as três últimas décadas. / Abstract: This work refers to the sign-body through the representations that the publicity makes of it, as since the body that has visibility in the media corresponds to the disseminations of an esthetics ideal desired by the majority of the society. Therefore, we have elaborated concepts that are, actually, ways of looking the body that help us thinking about the functions it acquires in certain contexts. It is, yet, by the advertisements that we can analyze the indices that qualify and value this sign, realiazing his changes in a space of time that covers the last three decades. / Mestre
12

Repórter-cronista: jornalismo e literatura na interface de João Antônio com Lima Barreto /

Coração, Cláudio Rodrigues. January 2009 (has links)
Orientador: Marcelo Magalhães Bulhões / Banca: Dimas Antonio Künsch / Banca: Mauro de Souza Ventura / Resumo: Radiografar "faixas esquecidas da sociedade". Eis a premissa levantada pelo escritor-jornalista João Antônio no ensaio "Corpo-a-corpo com a vida" (1975). Tal assertiva reverbera e se manifesta em sua produção jornalística futura e funciona como uma propensa idéia de enfrentamento, de combatividade, por parte do intelectual escritor e jornalista brasileiro. O objetivo deste trabalho é verificar, analisar e contextualizar o "universo" de João Antônio à luz das inquietações emolduradas por ele e a relação com alguns paradigmas, dos quais o mais forte é Lima Barreto. Por meio da aproximação de João Antônio com o escritor-jornalista carioca, procurou-se desenvolver, nesta pesquisa, um percurso dos pressupostos sugeridos por ambos, em uma interface analítica. Assim, identifica-se, neste trabalho, como Lima Barreto está presente nos textos de João Antônio nos anos 70. Focalizou-se, como referência comparativo, a produção dos textos da coluna Corpo-a-corpo, de João Antônio, presente no jornal carioca Última Hora (março a setembro de 1976), a fim de se discutir e se identificar as convergências de gêneros (jornalísticos e literários), desenvolvidas por João Antônio na "apropriação" e "leitura" do jornalista Lima Barreto. Estudou-se, por meio da interface entre os dois autores, as manifestações da reportagem, da crônica, as funções decorrentes da prática do jornalismo e da criação literária. Nos últimos capítulos, projetou-se o estudo das similitudes entre João Antônio e Lima Barreto, principalmente no que se refere a um modelo de concepção literária e crítica, como também se apresentou uma estruturação dos temas engendrados por João Antônio em Corpo-a-corpo / Abstract: Not available / Mestre
13

Uma nova abordagem para o ensino da comunicação

Guedes, Jeanine Kassia Bellini January 2000 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. / Made available in DSpace on 2012-10-17T23:36:59Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-25T17:08:06Z : No. of bitstreams: 1 174285.pdf: 4347732 bytes, checksum: 99551b2f26f3c98c6ebf0be062e2ac17 (MD5) / O advento do ciberespaço potencializa novas perspectivas para que a organização social volte-se mais ao reconhecimento e à valorização das qualidades humanas de cada pessoa e à cooperação. Para este fim, será necessário que todos entendam a importância da comunicação na construção dos diferentes mundos que permeiam os pensamentos de cada indivíduo. Os professores precisam ser verdadeiros mestres nessa jornada e têm como missão construir um ambiente que incentive um coletivo autônomo e cooperativo. As pessoas que participam deste coletivo, por sua vez, agirão dessa forma nos outros ambientes a que cada um pertence, efetuando uma teia de relações sociais mais consistentes e mais preocupada com a valorização da vida. Essa missão acentua-se em especial àqueles que auxiliam na formação dos que estarão lidando com a comunicação através dos veículos em seu dia-a-dia. O objetivo deste trabalho é contribuir para que os cursos de Comunicação Social sejam instituições docentes cooperativas e criadoras. Para isso, buscamos propiciar aos professores algumas contribuições teóricas para o ensino da comunicação.
14

Conceituando a marca pela enunciação : uma proposta do campo da comunicação

Perotto, Evandro Renato January 2007 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, 2007. / Submitted by Guimaraes Jacqueline (jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2009-06-22T14:51:16Z No. of bitstreams: 1 conceituando_a_marca_pela_enunciacao.pdf: 561836 bytes, checksum: e828c837aa2b41639a814ba4c68fa962 (MD5) / Approved for entry into archive by Tania Milca Carvalho Malheiros(tania@bce.unb.br) on 2009-06-23T13:54:01Z (GMT) No. of bitstreams: 1 conceituando_a_marca_pela_enunciacao.pdf: 561836 bytes, checksum: e828c837aa2b41639a814ba4c68fa962 (MD5) / Made available in DSpace on 2009-06-23T13:54:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1 conceituando_a_marca_pela_enunciacao.pdf: 561836 bytes, checksum: e828c837aa2b41639a814ba4c68fa962 (MD5) Previous issue date: 2007 / Esta dissertação apresenta os resultados de uma pesquisa de mestrado, de caráter fundamental, buscou construir uma teorização e conceituação para a marca a partir do campo da comunicação e da pespectiva teórica da produção de sentido, desenvolvida por Eliseo Verón. A marca é entendida como um fenômeno discursivo cujo sentido, decorrente de sua enunciação de qualidades únicas e da sua intertextualidade, lhe confere grande capacidade de mediação e mobilização simbólica e visibilidade social. Contudo, apesra da onipresença social e mediática da marca, há lacunas de conhecimento teórico que possa explicá-la de modo mais amplo. Procurando se inserir nesses espaços, esta pesquisa discute e constrói uma possibilidade de teorização sobre a marca a partir da análise de anunciação e ensaia uma conceituação. A conclusão desta pesquisa é que os aportes e pressupostos teórico-metodológicos da produção de sentido são adequados e potencializados pelas peculiaridades intertextuais e contextuais de enunciação da marca. As conclusões apontam ainda para as ricas possibilidades de explicações generalizantes, rumo a uma teoria da marca, e amplitude de aplicação,pois permite seu desdobramento em ferramentas de análise para os mais diversos aspectos do fenômeno da marca. ______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This thesis presents the results of a master's degree research aimed at building a theoretical and conceptual construct for the brand from the communications point of view, as well as from the theoretical perspective of meaning production as developed by Eliseo Verón. The brand is understood as a discursive phenomenon whose meaning, due to its enunciation of unique qualities and their inter textuality, has great symbolic mediation and mobilization capacity, as well as social visibility. However, in spite of the social and mediatic omnipresence of the brand, there are gaps in the theoretical knowledge that prevent wide reaching explanations. This paper attempts to fill in these spaces by presenting and discussing a proposal for theoretically treating the brand phenomenon by analyzing its enunciation and arriving at a conceptually built formulation. The major conclusion of this investigation is that the contributions and theoretical methodological assumptions of the meaning production explanations are appropriate, and that they are reinforced by the inter textual and contextual peculiarities of brand enunciation. The conclusions also point to promising possibilities of comprehensive explanations and lead to a theory of the brand, with wide applications, as they allow for developing analytical tools for studying the manifold aspects of the brand phenomenon.
15

A comunicação humana: um processo relacional

Morais, Lenice Ferreira de 10 May 1976 (has links)
Submitted by Estagiário SPT BMHS (spt@fgv.br) on 2012-04-20T13:44:46Z No. of bitstreams: 1 000014255.pdf: 10064865 bytes, checksum: 5a2c61a2798612c58954b12095cdf40c (MD5) / Made available in DSpace on 2012-04-20T13:46:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000014255.pdf: 10064865 bytes, checksum: 5a2c61a2798612c58954b12095cdf40c (MD5) Previous issue date: 1974 / This work treats human comunication as an imminently relational process. This focus aims ta situate the communication process at human level, as a basic phenomenon of. cultural development reflecting in this way the constant necessity inherent in man ta interchange with his environment. Through an analysis of different levels of this process, as well as the contribution of various authors who have tried to elaborate models for it, we can conclude that. because of its interational structure human communication is of capital importances to ·activate the condition necessary for a human being ta adapt to his environment. The very behaviour of any individual in this sense is seen as yet another factor that demonstrates the diverse psychological phenomena which are active whithin individuals and can be cansidered as another kind of messages. / Neste trabalho aborda-se a comunicação humana como um processo eminentemente relacional. Este enfoque objetiva situar o processo de comunicação a nível humano, como um fenômeno basilar no desenvolvimento da cultura refletindo, desta forma a constante necessidade inerente ao Homem de intercambiar com o meio circundante. Através da análise dos diversos níveis deste processo, bem como das contribuições de vários autores que intentaram elaborar modelos para ele pode-se concluir que por sua estrutura interacional, a comunicação humana é de capital importância para dinamizar as condições de adaptabilidade do ser humano à ambiência neste sentido que a própria conduta do indivíduo, encarada sob a forma de dado informativo dos diversos fenômenos psicológicos que nele se processam poderá ser considerada uma modalidade de mensagem.
16

Comunicação e responsabilidade social : um estudo sobre o Festival de Inverno da Universidade Federal do Paraná

Carvalho, Patricia Guilhem de Salles January 2014 (has links)
Orientadora: Profª Celsi Brönstrup Silvestrin / Anexo Cd-rom / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Parana, Setor de Artes, Comunicação e Design, Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Defesa: Curitiba, 26/02/2014 / Inclui referências / Área de concentração : Comunicação e sociedade / Resumo: O tema central deste trabalho situa-se no contexto da comunicação e da responsabilidade social, analisadas na perspectiva das dimensões de avaliação do Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior (SINAES). Com esta finalidade foi feito um estudo sobre o Festival de Inverno da Universidade Federal do Paraná, evento artístico-cultural realizado anualmente na cidade de Antonina, PR, tendo como objetivo principal analisar se o evento pode ser entendido como uma ação de comunicação pautada na agenda de responsabilidade social da Universidade, que contribui com a prática democrática e estimula a cidadania. Para tanto, propõe-se: conhecer quais são as diretrizes legais impostas às universidades no que se refere à responsabilidade social; identificar como a comunidade de Antonina percebe o Festival de Inverno da UFPR; e refletir sobre a importância da comunicação entre a Universidade Federal do Paraná e a comunidade de Antonina, por meio da realização do Festival de Inverno. O referencial teórico está fundamentado nos conceitos de comunicação e sociedade e suas interações baseadas nas premissas do interacionismo simbólico e das formas simbólicas de Thompson (1995). Também são apresentados os conceitos de universidade, cidadania, responsabilidade social e accountability, considerados relevantes para a fundamentação teórica da pesquisa. A opção metodológica é o estudo de caso, fazendo uso das seguintes técnicas para o levantamento de dados: pesquisa bibliográfica, questionário semiestruturado e grupo focal. O referencial metodológico deste estudo fundamenta-se na Hermenêutica de Profundidade sustentada por Thompson (1995). O resultado das análises realizadas aponta para uma reinterpretação possível do evento como uma ação de comunicação no exercício de responsabilidade social. / Abstract: The central subject of this work is related to communication and social responsibility, analyzed in the context of the various dimensions of the evaluation carried out by the Brazilian National Evaluation Systems of Universities (Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior – SINAES). To this end a study was made about of the Winter Festival of the Federal University of Paraná, an artistic and cultural event held annually in the town of Antonina, PR, having as main objective to analyze if this event may be understood as an communication action according to the university social responsibility agenda, which contributes to a democratic practice and to stimulates the sense of citizenship. For such, it is proposed in the present work: to know legal requirements for the universities in relation to social responsibility; to indentify how the community of Antonina perceives the Winter Festival of the Federal University of Paraná and to reflect about the importance of the communication between the Federal University of Paraná and the community of Antonina through the realization of the Winter Festival. The theoretical framework has its foundations in the concepts of communication and society and their interactions based on the symbolic forms and interactions according with Thompson (1995). It is also presented the concepts of university, citizenship, social responsibility and accountability, considered relevant for the theoretical foundation of this research. The case study method was used, with the following techniques to gather information: bibliographic survey, a semi-structured questionnaire and focal group. The methodological framework of the study has its foundations in Thompson's depth hermeneutics (1995). The results of analyses carried out point to a possible reinterpretation of the event as a communication action in the exercise of social responsibility.
17

Estado e comunicação : uma análise dos modos de regulação da radiodifusão no Brasil e na Venezuela

Braz, Rodrigo Garcia Vieira 26 April 2010 (has links)
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, Programa de pós-graduação em Comunicação, 2010. / Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2011-05-09T18:20:06Z No. of bitstreams: 1 2010_RodrigoGarciaVieiraBraz.pdf: 1404720 bytes, checksum: 111d313be4ed8ac459f5cef8d85ce984 (MD5) / Approved for entry into archive by Jaqueline Ferreira de Souza(jaquefs.braz@gmail.com) on 2011-05-09T18:22:19Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_RodrigoGarciaVieiraBraz.pdf: 1404720 bytes, checksum: 111d313be4ed8ac459f5cef8d85ce984 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-05-09T18:22:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_RodrigoGarciaVieiraBraz.pdf: 1404720 bytes, checksum: 111d313be4ed8ac459f5cef8d85ce984 (MD5) / A presente pesquisa tem como objetivo analisar os atuais modos de regulação da radiodifusão no Brasil e na Venezuela e as mudanças eventualmente ocorridas com a chegada de governos de esquerda ao poder nos dois países. O trabalho parte do conceito de modo de regulação de autores da Escola Regulacionista Francesa como Boyer e Theret, que o entendem, de maneira geral, como uma estrutura específica materializada pelas disputas sociais. Recorremos às teorias do Estado de Antônio Gramsci e Nikos Poulantzas, para compreender como essa luta se materializa na ossatura material do Estado, entendido como o lugar de organização do domínio e da hegemonia de classe. Os meios de comunicação desempenham um papel essencial para a conquista ou manutenção do poder, uma vez que são estruturas centrais para a reprodução do capital e, enquanto produtores de bens simbólicos, atuam como espaço de vínculo e intermediação entre a economia e a política, além de mascarar o caráter classista da própria informação e da comunicação sob o capitalismo. A partir desta perspectiva teórica, analisou-se o processo de construção dos modos de regulação da radiodifusão vigentes no Brasil e na Venezuela e os impactos causados com a ascensão ao poder de Lula e de Chávez. No primeiro caso, o grupo hegemônico que se alçou ao poder no setor da radiodifusão apoiado pelo regime militar permanece o mesmo; a redemocratização do país não representou alteração nas estruturas de poder construídas naquele período no âmbito da radiodifusão e a gestão do Partido dos Trabalhadores, ainda que tenha tentado implementar algumas medidas que poderiam representar um processo de mudança, atendeu sempre, na matéria, às reivindicações da classe hegemônica. Na Venezuela, a lógica do modo de regulação que vigorou no país entre os anos 1940 e o final da década de 1990 era de total liberalização do setor em troca de apoio ao governo de plantão. Nesse período, o rádio e a televisão venezuelana se desenvolveram à sombra do Estado. O governo Chávez, iniciado em 1999, engendrou um novo modo de regulação para as comunicações e levou um novo bloco social ao poder, articulando os interesses da pequena burguesia, antigos setores hegemônicos convertidos ao chavismo e participação de grande parte das classes subalternas através do fomento à produção nacional independente e à criação de meios comunitários. Essa participação tem sido liderada e conduzida pelo próprio governo, que, ao mesmo tempo, estabelece os limites à permeabilidade popular e se atribui a prerrogativa de representante dos interesses gerais da nação, configurando um processo que Gramsci denominou de "cesarismo" ou que o cientista político Guillermo O´Donnel chamou de "democracia delegativa". _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This study aims to analyze the current modes of regulation of broadcasting in Brazil and Venezuela, and the changes that might have occurred with the arrival of left-wing governments to power in both countries. This study is based on the concept of mode of regulation of the authors of the French School Regulationist as Boyer and Theret, who say, in a general way, as a special structure, embodied by the social struggle. We use the theories of the State based on the concepts from Antonio Gramsci and Nikos Poulantzas, to understand how this struggle is embodied in the material structure of the State, that is understood as the place of the organization domination and the class hegemony. The media play an essential role for gaining or maintaining power, since the structures are central to the reproduction of capital and as producers of symbolic goods, they still act as na articulation space and also as an intermediary between economics and politics, and mask the class aspects of their own information and communication under capitalism. From this theoretical perspective, it was analyzed the process of building of the current modes of broadcasting regulation in Brazil and Venezuela and the impacts caused by the rise to power of Lula and Chavez. In the first case, the hegemonic group that has risen to power in the broadcasting sector supported by the military regime remains the same as the last governments, the democratization of the country did not represent a change in power structures built during that period the field of broadcasting and management of the Workers Party, and even they still have tried to implement some measures that could represent a process of change, it always attended, in the matter, the demands of the hegemonic class. In Venezuela, the logic of the mode of regulation that governed the country between 1940 and late 1990 was the full liberalization of the sector in exchange for supporting the government on duty. In this period, the Venezuelan radio and television have developed in the shadow of the State. Chavez’ government, which began in 1999, engendered a new mode of regulation for the communications and took a new social group to power, articulating the interests of the small bourgeoisie, old hegemonic sectors converted to Chavism and the participation of many of the lower classes by raising the domestic employment and the creation of community media. This contribution has been led and conducted by the own government, at the same time, sets the limits for popular permeability and gives the privilege of representing the general interests of the nation, setting up a process that Gramsci called "caesarism" and that the political scientist Guillermo O'Donnell called "delegate democracy."
18

Programas policiais : fenômenos de audiência no rádio

José de Araújo, Marcos January 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T16:30:02Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo4569_1.pdf: 540714 bytes, checksum: 76e9c5d27a614f595d9061261ab0bd70 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2003 / O objetivo central desse estudo é verificar como se dá a grande audiência dos programas radiofônicos dedicados a violência enquanto símbolo, ou seja, na forma como é representada pelos meios de comunicação, visando, especialmente, a uma audiência popular. Considerou-se que existem vários aspectos, especialmente ligados à história da formação cultural e social, além de mediações, que interferem no momento da audiência. Nessa perspectiva, utilizaram-se como suporte teórico, fundamentalmente, os estudos de Gilberto Freyre, Sérgio Buarque de Holanda e Roberto DaMatta, sobre as singularidades da colonização e da formação do caráter nacional brasileiro, além de trabalhos sobre os processos de socialização, ideologia e identidade, imaginário, senso comum e representações sociais. Apesar do foco sobre a audiência, também são vistos, com atenção, aspectos ligados à mídia e seu singular universo simbólico, modos de produção dos meios de comunicação e elementos característicos da produção e do discurso dos programas policiais. Mesmo em se tratando de um estudo de caso, as conclusões apresentadas podem sugerir um novo paradigma nos estudos sobre o consumo de bens simbólicos, matéria prima da mídia e dos meios de comunicação, especialmente quando da exploração de temas como a violência, de grande repercussão social, enquanto produto midiático
19

Do poder público para a agenda local : estudo sobre a construção de políticas públicas de comunicação, com ênfase no âmbito municipal, a partir da experiência da cidade de Camaragibe, em Pernambuco

MELLO FILHO, José Ricardo Rodrigues de January 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T16:30:10Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo4571_1.pdf: 624783 bytes, checksum: 612358c1bf344d2c2f9b85a5ec7ae64d (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2003 / Este trabalho encontrou seus principais pontos de início e de chegada em uma experiência essencialmente prática, na cidade de Camaragibe, localizada na Região Metropolitana do Recife/PE. O elemento propulsor estava na Secretaria de Comunicação Social. Mais do que uma descrição e uma avaliação acerca do projeto desenvolvido, o estudo procurou conceitos e elementos teóricos, partindo da Esfera Pública de Habermas, em um universo que permite contemplar a comunicação governamental, para atingir uma compreensão ampliada. Entrevistas com personagens envolvidos, nos mais diversos papéis, inserem-se com destaque na metodologia aplicada, dando suporte ao levantamento de dados. A partir do local, buscou-se refletir também sobre o universal. Tendo a comunicação enxergada, antes de tudo, como um processo, repleto de símbolos e instrumentos, em permanente atuação sobre a vida cotidiana. Um bem público, um tema de interesse coletivo, centrado na construção de políticas públicas de comunicação, que coloca em cena dois personagens: A Sociedade Civil e o Estado. Há indícios suficientes para defender a inclusão da comunicação neste temário, que pauta a população e seus governos. A comunicação, como direito e necessidade, é parte fundamental na viabilização de transformações almejadas pelo ser humano. E o poder público tem função a desempenhar, sobretudo diante do novo cenário nacional e internacional. Deste contexto, nestes encontros, que inclui a comunicação, pode surgir uma nova esfera pública, redesenhando a relação entre entre o Estado e sociedade civil
20

Fotografia e Contemplação Amorosidade do olhar no contemporâneo

FARACHE, Ana Elyzabeth de Araujo 27 February 2013 (has links)
Submitted by Fabio Sobreira Campos da Costa (fabio.sobreira@ufpe.br) on 2016-08-09T13:54:00Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Ana Elyzabeth de Araujo Farache_Tese de Doutorado_ Fotografia e contemplacão_2013.compressed.pdf: 4418948 bytes, checksum: 8f69bc5aa90b286de52099fca5426cae (MD5) / Made available in DSpace on 2016-08-09T13:54:00Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Ana Elyzabeth de Araujo Farache_Tese de Doutorado_ Fotografia e contemplacão_2013.compressed.pdf: 4418948 bytes, checksum: 8f69bc5aa90b286de52099fca5426cae (MD5) Previous issue date: 2013-02-27 / Esta tese se estrutura em torno do questionamento sobre o espaço reservado para a contemplação no contemporâneo através de um olhar amoroso. A impressão é a de que a contemplação como dimensão do olhar não teria mais lugar nos dias de hoje pela velocidade e diversidade imposta nas atividades cotidianas. São já corriqueiros os argumentos de que a modernidade ampliou a quantidade de tentações visuais ao mesmo tempo em que aumentou a velocidade de distribuição e de circulação das mesmas. Nesse sentido, uma posição que defenda a permanência de uma experiência visual que procura discernir a unidade naquilo que é fragmentado e múltiplo pareceria condenado, a priori, ao fracasso. No entanto, apesar dessas circunstâncias de superfície do contemporâneo, não são poucas as oportunidades em que se torna possível apreender posturas contemplativas capazes de impregnar parte da produção visual, em geral, e da fotográfica, em particular. Assim, a partir dessa reflexão surgiu a indagação: Que olhar é este que contempla? E mais: O que é contemplar? E como se dá essa contemplação no contemporâneo? Para refletir sobre essas questões, foi mantido o foco na relação que se estabelece entre o objeto e o observador, o contemplado e o contemplador, o visto e a visão. Uma visão na qual, segundo Plotino, “o objeto se converte no próprio ato de ver.” / This thesis is structured around the questioning about the space reserved to contemplation in contemporary through a loving gaze. The impression is that contemplation, as a dimension of the gaze, would be out of place nowadays as a result of the speed and diversity imposed by the daily activities. Arguments that modernity expanded the amount of visual temptations while it increased the speed of distribution and circulation of the same are now commonplace. In this sense, a position that defends the permanence of a visual experience that seeks to discern the unity in what is fragmented and multiple seems, a priori, sentenced to failure. However, despite these circumstances, there are opportunities when it becomes possible to grasp contemplative stances capable to impregnate part of the visual production, in general, and photographic production, in particular. Therefore, the following question arose from this discussion: which gaze is this that contemplates? And: what is contemplating? And how this contemplation happens in the contemporary? To reflect about these issues, the focus was kept on the relationship established between the object and the observer, and contemplated the contemplator, the seen and the vision. A vision in which, according to Plotinus, "the object becomes the very act of seeing."

Page generated in 0.4943 seconds