• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 23
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • Tagged with
  • 23
  • 23
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Aplicabilidade do sistema de Bethesda no diagnóstico das lesões escamosas orais e importância do papilomavírus na gênese dessas lesões

Vianna, Leonora Maciel de Souza 15 February 2008 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2008. / Submitted by Thaíza da Silva Santos (thaiza28@hotmail.com) on 2010-02-27T14:06:44Z No. of bitstreams: 1 Dissert_Leonora Maciel.pdf: 2358535 bytes, checksum: c780e93fed8baa9f9dfeafcc8a4ffe67 (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2010-03-02T22:50:02Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissert_Leonora Maciel.pdf: 2358535 bytes, checksum: c780e93fed8baa9f9dfeafcc8a4ffe67 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-03-02T22:50:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissert_Leonora Maciel.pdf: 2358535 bytes, checksum: c780e93fed8baa9f9dfeafcc8a4ffe67 (MD5) Previous issue date: 2008-02-15 / A citologia esfoliativa é uma ferramenta diagnóstica importante, que pode ser de grande auxílio no diagnóstico das lesões neoplásicas, infecciosas e bolhosas que acometem a cavidade bucal. O sistema de Bethesda é um sistema de classificação que permite uma excelente interação entre o clínico e o patologista na análise dos esfregaços citopatológicos cérvicovaginais, decorrentes de lesões neoplásicas e virais causadas pelo papilomavírus. O objetivo desse trabalho foi o de utilizar o sistema de Bethesda na caracterização morfológica dos esfregaços citológicos de lesões escamosas que ocorrem na cavidade bucal avaliando a possibilidade de participação do papilomavírus na etiologia das mesmas. A amostra foi proveniente de 41 pacientes atendidos no Serviço de Estomatologia do HUB, que foram selecionados por apresentarem lesões clinicamente suspeitas de malignidade, lesões benignas de provável etiologia viral e por estarem em acompanhamento após tratamento de câncer oral. A biópsia cirúrgica com finalidade diagnóstica comparativa foi realizada em 28 pacientes. A reação em cadeia da polimerase (PCR) para pesquisar papilomavírus (HPV) foi feita em 26 pacientes. A análise comparativa entre o diagnóstico citológico utilizando os critérios de Bethesda e o histológico mostrou que houve concordância entre os mesmos. Quando foi feita a comparação entre os achados morfológicos resultantes do efeito citopático decorrente da ação viral nas células e o resultado da reação em cadeia da polimerase, não houve correlação entre os mesmos. A citologia esfoliativa foi considerada uma ferramenta útil no diagnóstico das lesões escamosas orais, porém a biópsia será sempre necessária para confirmar o diagnóstico em casos suspeitos de malignidade. As alterações citoarquiteturais causadas pelo papilomavírus nas células escamosas da cavidade bucal não são exuberantes o suficiente para permitir o diagnóstico etiológico, sendo necessária a reação em cadeia da polimerase para detectar a presença do vírus nas células. ____________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The exfoliative cytology is a important diagnostic tool, that can give a great aid in the diagnosis of neoplasics, infectious and blisted’s lesions that attack the buccal cavity. The system of Bethesda is a classification’s system that allows an excellent interaction between the doctor and the pathologist in the analysis of cytopathologics cervicovaginals’ smears, resulting from neoplasics and viral lesions, caused by the papilomavírus. The objective of this work was to verify the applicability of the Bethesda’s System in the morphologic characterization of the cytological smears of scamous lesions that can happen in the oral cavity, evaluating the possibility of participation of the papilomavírus in the aetiology in the same ones. The sample was originated from 41 patients assisted in the stomatologic’s service of HUB that were selected for present the lesions clinically malignity suspicious, benign lesions of probable viral’s aetiology or because they were in attendance after treatment of oral cancer. The chain reaction of the polimerase (PCR) to research papilomavírus (HPV) was made in 26 patient. The comparative analysis among the cytological diagnosis using the Bethesda’s criterions and the histological showed that there was agreement among the same ones. When it was made the comparison among the morphologic discoveries resultants of the citopatic effect due the viral action in the cells and the result of the chain reaction of the polimerase, there was not correlation among the same ones. The exfoliative cytology was considered an usual tool in the diagnosis of the oral scamous lesions , however, the biopsy was utility always necessary to confirm the diagnosis in malignity suspicious cases. The alterations cytoarchiteturals caused by the papilomavírus in the scamous cells of the oral cavity are not exuberant enough to allow the etiological diagnosis, being necessary the chain reaction of the polimerase to detect the presence of the virus in the cells.
2

Diagnóstico por imagem na identificação de linfonodos metastáticos cervicais em pacientes com carcinoma espinocelular da cavidade oral

Figueiredo, Paulo Tadeu de Souza January 2009 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2009. / Submitted by Larissa Ferreira dos Angelos (ferreirangelos@gmail.com) on 2010-04-12T18:43:46Z No. of bitstreams: 1 TesePauloversãofinal3.pdf: 9403053 bytes, checksum: 51a142e33c37361ee2884b59ce0baa43 (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2010-05-04T18:06:54Z (GMT) No. of bitstreams: 1 TesePauloversãofinal3.pdf: 9403053 bytes, checksum: 51a142e33c37361ee2884b59ce0baa43 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-05-04T18:06:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 TesePauloversãofinal3.pdf: 9403053 bytes, checksum: 51a142e33c37361ee2884b59ce0baa43 (MD5) Previous issue date: 2009 / O estadiamento das linfadenopatias cervicais pode ser considerado como um dos principais fatores de determinação do prognóstico do câncer de boca. Somente o exame clínico não é suficiente para avaliação do envolvimento de linfonodos no carcinoma espinocelular da cavidade oral. Por conseguinte, os exames por imagem oferecem informações importantes para adequada identificação de metástases cervicais. Visto que cirurgiões-dentistas e médicos geralmente são os responsáveis pelo diagnóstico inicial dos carcinomas da cavidade oral, torna-se importante comparar as diferenças nas avaliações entre os profissionais. O principal objetivo deste trabalho foi comparar o exame clínico, a tomografia computadorizada (TC) e a ressonância magnética (RM) para identificação de metástases em linfonodos cervicais. O estudo também examinou diferenças entre as avaliações de quatro radiologistas. A amostra foi composta de 10 pacientes com diagnóstico inicial de carcinoma espinocelular da cavidade oral, sem tratamento. Todos os pacientes realizaram exame clínico, TC e RM. Dois radiologistas odontológicos (observadores 1 e 2) e dois radiologistas médicos (observadores 3 e 4) avaliaram o estádio N e o número de linfonodos metastáticos na TC e na RM. Não houve associação entre a avaliação clínica e por imagem (na TC e na RM) do estádio N. Foram identificados mais linfonodos metastáticos na TC e na RM do que clinicamente. Comparando as análises dos quatro radiologistas, houve concordância na determinação do estádio N ( 2, p<0,05) e na identificação de linfonodos metastáticos (coeficiente de correlação intraclasse, p<0,05). A concordância foi maior entre os radiologistas odontológicos do que entre os radiologistas médicos, sendo que os radiologistas odontológicos identificaram mais linfonodos metastáticos na TC. O observador 3 detectou mais linfonodos metastáticos na TC, enquanto que o observador 4 identificou mais linfonodos na RM. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The staging of cervical lymphadenopathy may be considered one of the most significant factors in determining patients' prognosis. Clinical examination alone is not sufficient to evaluate lymph node involvement in oral squamous cell carcinoma. Therefore, imaging examinations provide key information for the adequate identification of cervical metastasis. As dentists and physicians generally perform the initial diagnosis of oral cancer, it is important to compare the evaluation differences of these professionals. The main aim of this study was to compare clinical examination, computed tomography (CT) and resonance magnetic imaging (MRI) for identifying cervical lymph node metastases. This work also verified the evaluation differences of CT and MRI between four radiologists. The sample consisted of ten patients with an initial diagnosis of squamous cell carcinoma of oral cavity without treatment. All of the selected patients underwent clinical, CT and MRI examinations. Two oral and maxillofacial radiologists - OMFRs (observer 1 and 2) and two medical radiologists (observer 3 and 4) analyzed all the examinations. The radiologists evaluated the N-Stage, and also counted the metastatic lymph nodes. No association was demonstrated between clinical and imaging (CT and MRI) staging evaluations. There were more clinically negative necks than revealed by CT and MRI. Comparing the four radiologists, there was concordance in determining the N-Stage ( 2, p<0,05), and also in identifying lymph node metastasis (intraclass correlation coefficiente, p<0,05). The concordance was higher between OMFRs than medical radiologists. OMFR were able to identify more negative lymph nodes in CT. The third observer detected more lymph node metastasis in CT, but the fourth identified more lymph nodes in MRI.
3

Remissão completa de tumores de língua, induzidos em células do tumor de Ehrlich, por meio da Terapia Fotodinâmica mediada pela Alumínio-Cloro-Ftalocianina em formulação lipossomal

Bicalho, Leandro Santos 05 November 2010 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2010. / Submitted by Larissa Ferreira dos Angelos (ferreirangelos@gmail.com) on 2011-05-12T19:33:30Z No. of bitstreams: 1 2010_LeandroSantosBicalho.pdf: 2148451 bytes, checksum: e9a823ad1edd7321272ebb505072240d (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2011-05-13T11:50:03Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_LeandroSantosBicalho.pdf: 2148451 bytes, checksum: e9a823ad1edd7321272ebb505072240d (MD5) / Made available in DSpace on 2011-05-13T11:50:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_LeandroSantosBicalho.pdf: 2148451 bytes, checksum: e9a823ad1edd7321272ebb505072240d (MD5) / O câncer bucal é a neoplasia mais freqüente entre as de cabeça e pescoço e representa cerca de um terço de todas essas neoplasias. De acordo com estimativas atuais, cerca de 275.000 novos casos de câncer bucal são diagnosticados ao ano em uma escala mundial. Além dessa elevada incidência, aproximadamente 145.000 mortes por ano são causadas por essa doença, dos quais dois terços ocorrem em países em desenvolvimento. Os tratamentos mais utilizados para esses tumores são cirurgia, radioterapia, quimioterapia, ou uma combinação dessas modalidades terapêuticas. Devido ao grande comprometimento estrutural, funcional e estético que os tratamentos convencionais ocasionam, muitos estudos buscam novas metodologias para substituir ou auxiliar o tratamento do câncer de boca. A terapia fotodinâmica (TFD) é uma nova e promissora modalidade de tratamento do câncer que já vem sendo utilizada clinicamente com sucesso. Tendo como base o cenário atual das possibilidades terapêuticas para o tratamento das neoplasias bucais, o presente estudo teve como objetivo avaliar a efetividade da Terapia Fotodinâmica mediada pela Alumínio-Cloro-Ftalocianina (AlClFt) em formulação lipossomal na remissão de tumores. Para isso, foram induzidos tumores nas línguas de camundongos Balb-c por meio de injeções de células derivadas do tumor ascítico de Ehrlich. Após 48 horas da indução tumoral, os animais foram submetidos à TFD e a efetividade dessa terapia foi determinada pela análise clínica e histopatológica dos tumores. Essas análises mostraram que 100% dos animais tratados com a TFD apresentaram remissão completa dos tumores inicialmente induzidos. As análises histopatológicas mostraram que a TFD atua na destruição tumoral pela indução de citotoxicidade, o que leva a um intenso processo de necrose. Esse processo de necrose eliminou as células tumorais, mas também ocasionou degeneração do tecido muscular adjacente. Contudo, 21 dias após o término da TFD foi possível observar um processo de cicatrização, com a substituição do tecido muscular por tecido conjuntivo. Desta forma, a Terapia Fotodinâmica foi eficaz na remissão completa dos tumores induzidos nas línguas de camundongos Balb-c a partir de suspensões celulares do tumor ascítico de Ehrlich. Esses resultados indicam excelentes perspectivas para a utilização da TFD mediada pela AlClFt em formulação lipossomal em ensaios clínicos posteriores. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Oral cancer is the most frequent among the head and neck cancer; it represents one third of this type of pathology. Indeed, about 275.000 new cases of cancer of the oral cavity are being diagnosed every year resulting in 145.000 deaths per year; two thirds of it are found in less developed countries. The treatment of oral cavity cancer consists of surgery, and a combination of radio and chemotherapy. These treatments inevitably carry structural, functional, and esthetic compromising to patients. Therefore there is a need to study methods and ways to cope with the innumerous side effects and sequels of oral cancer treatments. Photodynamic therapy (PDT) is a new method with that has been utilized with promising clinical results. Therefore we studied the efficacy of PDT, mediated by Aluminium-Chloro-Ftalocianin in a liposome formulation, on tumor remission. Lingual tumors were induced in Balb-c mice with ascitic-derived Ehrlich cells; after 48 hours, the animals were treated with PDT and were evaluated both clinically and histopathologically. 100% of the PDT treated mice showed complete tumor remission; histopathology PDT acts through citotoxicity which elicits an intense necrosis that destroys tumoral cells and some adjacent muscular tissue. Nevertheless, 21 days after PDT treatment there was indication of tissue regeneration with the replacement of muscle tissue by connective tissue. Thus, photodynamic therapy was effective in complete remission of tumors induced in the languages of Balb-c mice from cell suspensions of Ehrlich ascites tumor. These results encourage further studies of PDT in AlClFt lipossome formulation to be used in clinical assays.
4

Investigação do envolvimento dos tipos mais comuns do virus do papiloma humano embasado em estudo clínico e epidemiológico das neoplasias incidentes de cavidade bucal e orofaringe no Distrito Federal

Leitão, Eliziário Cesar de Vasconcelos 04 August 2011 (has links)
Dossertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2011. / Submitted by Shayane Marques Zica (marquacizh@uol.com.br) on 2011-10-31T10:46:48Z No. of bitstreams: 1 2011_EliziarioCesardeVasconcelosLeitao.pdf: 1950856 bytes, checksum: a273cb1804896fbcfa1d95f0ed6f3d79 (MD5) / Approved for entry into archive by Leila Fernandes (leilabiblio@yahoo.com.br) on 2011-12-23T11:03:46Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_EliziarioCesardeVasconcelosLeitao.pdf: 1950856 bytes, checksum: a273cb1804896fbcfa1d95f0ed6f3d79 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-12-23T11:03:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_EliziarioCesardeVasconcelosLeitao.pdf: 1950856 bytes, checksum: a273cb1804896fbcfa1d95f0ed6f3d79 (MD5) / O câncer bucal é uma das neoplasias malignas mais comuns nas regiões de cabeça e pescoço, responsável por elevada incidência na população e altas taxas de óbito. A exposição aos produtos do fumo e álcool tem sido considerada a maior causa de seu desenvolvimento. Todavia, algumas evidências apontam para o fato de que o Vírus do Papiloma Humano (HPV) possa participar em sua gênese e progressão. O objetivo principal deste trabalho é a investigação da presença de sequências gênicas dos tipos circulantes do HPV em lesões escamosas que ocorrem na cavidade bucal, embasada em estudo clínico e epidemiológico das neoplasias incidentes. Amostras de 26 pacientes atendidos no Serviço de Estomatologia do Hospital Regional da Asa Norte, selecionados por apresentarem lesões clinicamente suspeitas de malignidade, foram biopsiadas com finalidade diagnóstica comparativa. Aplicou-se formulário próprio para a coleta de dados clínicos e epidemiológicos com prévia aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa em Seres Humanos. Os resultados mostraram que dos 26 pacientes estudados, 21 deles (84.61%) tiveram o diagnóstico de carcinoma epidermóide, dos quais 15 apresentaram o de cavidade bucal (71%) e 6, o de orofaringe (29%). Entre os pacientes estudados, predominou o gênero masculino, 69,2%, preponderando a ancestralidade caucásica, 57,7%, seguido de mestiços com 38,5% e de origem negra africana com 3,8%. A faixa etária predominante foi de 60-69 anos com 34,6%, seguida da de 70-79 anos com 19,2%. Dos pacientes da amostra, 80,8% declararam ser tabagistas crônicos e 65,4%, etilistas crônicos. Em nenhum dos 26 pacientes da amostra, detectaram-se sequências gênicas dos tipos mais frequentes de HPV investigados nos tecidos biopsiados através do emprego da hibridação do ácido nucléico do HPV pela técnica da captura híbrida 2 da Qiagen. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The oral cancer is one of the most common malignant neoplasia of head and neck, exhibiting high incidence in the general population, accounting for high rates of death. Exposure to tobacco smoking products and alcohol ingestion have been considered the major cause of oral cancer development. Besides, some scientific reports point out to the possible involvement and co-participation of the Human Papillomavirus in the etiology and progression of oral cancer. The main objective of this research work was to investigate the presence of genic sequences of circulating HPV types in squamous lesions that happen to occur in the oral cavity based on clinical and epidemiological studies of incident neoplasias. Samples of 26 patients attended in the Stomatology Service of the Hospital Regional da Asa Norte, Brasília, were selected as they presented clinical lesions suspected of câncer and had the lesions surgically removed for histopatological and molecular analysis and for diagnostic purposes. Appropriate forms were applied to collect clinical and epidemiological data. In order to investigate the presence of distinct types of HPV in the tissues removed, the HPV DNA virus hybrid capture assay was employed (Qiagen). The results showed that of 26 patients studied, 80.76% (21) had the histopathological diagnostic of carcinoma epidermoid , which 71% in the oral cavity (15) and 29% the oropharynx (06). Of all patients enrolled in the study, male gender predominate, 69,2%, and prevailed the caucasian ancestry, 57,7%, followed by the mixed racial representatives compounding 38,5% and of african ancestry of 3,8%. Relating to the age distribution, the 60-69 years old group predominated accounting for 34,6%, followed by the 70-79 years old group representing 19,2% of them. Chronic tabagists were represented by 80.8% and alcohol chronic consumer by 65.4% of all patients. None of the patients had HPV DNA segment detected by the assay previously mentioned.
5

Produção de nitrosamina por leveduras isoladas em neoplasia maligna bucal e atividade antifúngica do fluconazol e extrato de Indigofera suffruticosa

ANDRADE, Suanni Lemos de 27 February 2014 (has links)
Submitted by Pedro Barros (pedro.silvabarros@ufpe.br) on 2018-08-08T17:28:14Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE Suanni Lemos de Andrade.pdf: 7566032 bytes, checksum: 39c42072f2634d0cff4165f120178aca (MD5) / Approved for entry into archive by Alice Araujo (alice.caraujo@ufpe.br) on 2018-08-16T22:06:12Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE Suanni Lemos de Andrade.pdf: 7566032 bytes, checksum: 39c42072f2634d0cff4165f120178aca (MD5) / Made available in DSpace on 2018-08-16T22:06:12Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE Suanni Lemos de Andrade.pdf: 7566032 bytes, checksum: 39c42072f2634d0cff4165f120178aca (MD5) Previous issue date: 2014-02-27 / FAPEAM / Neoplasia maligna bucal se desenvolve a partir do revestimento epitelial da mucosa da boca. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, ocorrem 640.000 casos de câncer oral por ano, sendo o sexto tipo mais incidente e responsável por 10% de todos os tumores malignos no mundo. Diversos fatores estão envolvidos na carcinogênese, incluindo as infecções por micro-organismos. As leveduras podem desencadear mecanismos cancerígenos por metabolizar substâncias cancerígenas, como as nitrosaminas. Infecções fúngicas em pacientes portadores de câncer bucal são induzidas pelo desequilíbrio imunológico devido à terapia antineoplásica, assim como pela virulência do agente etiológico. A virulência das espécies de Candida pode ser determinada pela capacidade de aderência, proliferação, produção de enzimas como a protease, formação de tubo germinativo e resistência a drogas antifúngicas, o que torna importante a busca de novas alternativas terapêuticas, como a planta Indigoffera suffruticosa. O objetivo deste trabalho é estudar a relação da produção de nitrosamina, testar a susceptibilidade antifúngica in vitro de drogas convencionais e do extrato de I. suffruticosa em leveduras isoladas de neoplasia maligna bucal. Amostras foram isoladas de lesões malignas bucais através de biópsia, em seguida processadas para a realização de exame direto e cultura. As leveduras isoladas foram purificadas e posteriormente identificadas através da taxonomia clássica e automação. Em seguida, foram verificados fatores de virulência das leveduras quanto à produção de tubo germinativo, aderência às células epiteliais orais, detecção de protease e sensibilidade a antifúngicos (anfotericiana B, fluconazol, nistatina e o extrato de I. suffruticosa). Foram coletadas 68 amostras clínicas em pacientes que apresentavam tumores bucais. Ocorreu o predomínio do gênero masculino, da tumoração na língua e do tipo histológico Carcinoma escamocelular. Um paciente apresentou paracoccidioidomicose que simulava clinicamente lesões neoplásicas. Das amostras clínicas obtidas em tumores bucais, foram isoladas 14 espécies de leveduras, sendo Candida albicans (7), C. famata (2), C. tropicalis (3), C. lusitanie (1), C. parapsilosis (1). Destas apenas os isolados C. famata (7085) e C. tropicalis (7090) não formaram tubo germinativo. Todos os isolados foram capazes de aderir às células epiteliais orais, sendo que 57% apresentaram forte aderência, 14% moderada e 29% fraca aderência. C. famata (7085), C. tropicalis (7092) e C. albicans (7098) não apresentaram atividade proteásica. Com relação ao teste de susceptibilidade a antifúngicos, todas as leveduras foram sensíveis às drogas nistatina e anfotericina B. Os isolados C. albicans (7094) e C. famata (7096) apresentaram resistência ao fluconazol. A proteína inibe o crescimento de C. albicans, C. krusei, C. parapsilosis e C. tropicalis com CIM de 64, 32, 8 e 16 μg.mL⁻¹, respectivamente. Leveduras isoladas em tumores bucais apresentam perfis diversos quanto a patogenicidade e susceptibilidade a drogas antifúngicas. Anfotericina B, nistatina e fluconazol podem ser utilizadas no tratamento de infecções fúngicas da mucosa oral ou sistêmicas em pacientes com câncer de boca. Contudo, se faz importante o diagnóstico micológico em pacientes com suspeita de câncer oral, devido ao perfil clínico que pode simular o câncer e as de infecções associadas. / Malignant oral neoplasm develops from the epithelial lining of the mucosa of the mouth. According to the World Health Organization, there are 640,000 cases of oral cancer, the sixth type being more accessible and responsible for 10% of all malignancies in the world. Several factors are involved in carcinogenesis, including microorganism infections. Yeasts can initiate cancer mechanisms by metabolizing carcinogens, such as nitrosamines. Fungal infections in patients with oral cancer are induced by immunological imbalance due to antineoplastic therapy, as by virulence of the etiological agent. The virulence of Candida species can be determined by the ability of adhesion, proliferation, production of enzymes such as protease, formation of germ tubes and resistance to antifungal drugs, which makes it important to search for new therapeutic alternatives, such as the Indigoffera suffruticosa. The objective of this work is to study the relationship of nitrosamine production, to test the in vitro antifungal susceptibility of conventional drugs and I. suffruticosa extract in yeast isolated from oral malignant neoplasia. Samples were isolated from oral malignant lesions by biopsy, then processed for direct examination and culture. The isolated yeasts were purified and later identified through classical taxonomy and automation. Afterwards, yeast virulence factors were verified for germ tube production, adhesion to oral epithelial cells, protease detection and antifungal sensitivity (amphotericin B, fluconazole, nystatin and I. suffruticosa extract). A total of 68 clinical samples were collected in patients with oral tumors. The predominance of the male gender, of the tumor in the tongue and of the histological type squamous cellular Carcinoma. One patient had paracoccidioidomycosis that clinically mimicked neoplastic lesions. From the clinical samples obtained in oral tumors, 14 yeast species were isolated, being Candida albicans (7), C. famata (2), C. tropicalis (3), C. lusitanie (1) and C. parapsilosis (1). Of these, only C. famata (7085) and C. tropicalis (7090) isolates did not form germ tubes. All isolates were able to adhere to oral epithelial cells, with 57% showing strong adhesion, 14% moderate and 29% poor adherence. C. famata (7085), C. tropicalis (7092) and C. albicans (7098) showed no protease activity. Regarding the antifungal susceptibility test, all yeasts were sensitive to the drugs nystatin and amphotericin B. Isolates C. albicans (7094) and C. famata (7096) showed resistance to fluconazole. The protein inhibits the growth of C. albicans, C. krusei, C. parapsilosis and C. tropicalis with CIM of 64, 32, 8 and 16 μg.mL⁻¹, respectively. Yeasts isolated from oral tumors have different profiles regarding pathogenicity and susceptibility to antifungal drugs. Amphotericin B, nystatin and fluconazole may be used in the treatment of fungal infections of the oral or systemic mucosa in patients with oral cancer. However, the mycological diagnosis is important in patients with suspected oral cancer, due to the clinical profile that can simulate the cancer and the associated infections.
6

Câncer de boca : grau de conhecimento e perfil epidemiológico dos romeiros de Juazeiro do Norte- CE

Oliveira, Paulo Leonardo Celestino 04 October 2017 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-30T00:26:29Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2017-10-04 / Abstract This study aimed to evaluate the degree of knowledge about oral cancer of the pilgrims in Juazeiro do Norte-CE and to correlate the data with sociodemographic, educational level and income indicators. For the study, questionnaires were applied to 422 pilgrims representing more than 130 Brazilian cities predominantly from the Northeast region. These questionnaires were applied during the pilgrimages of the months of September and November of 2016. According to the quality of the answers, four classifications were analise for the degree of knowledge: full, acceptable, compromised and insufficient. The results showed a higher prevalence of responses to a population with low levels of income and schooling, and with insufficient knowledge for mouth cancer. The variables income, schooling and occupational risk presented a statistically significant relationship with the degree of knowledge. Keywords: Oral neoplasms. Health promotion. Risk factors. / Este estudo propôs avaliar o grau de conhecimento sobre o câncer de boca dos romeiros de Juazeiro do Norte CE, uma população de mais de 130 cidades brasileiras, predominantemente da região Nordeste, reunida em evento religioso, buscando uma correlação com seus indicadores sociodemográficos, como o nível de escolaridade e renda. Através de aplicação de questionário, foram entrevistados 422 romeiros durante as peregrinações dos meses de setembro e novembro de 2016. De acordo com a qualidade das respostas, convencionou-se quatro classificações para o grau de conhecimento: pleno, aceitável, comprometido e insuficiente. Os resultados apontaram para uma população com níveis de renda e escolaridade baixos, e com o grau de conhecimento insuficiente para o câncer de boca, o mais inferior. As variáveis renda, escolaridade e risco ocupacional apresentaram relação estatística significante com o grau de conhecimento. Palavras-chaves: Neoplasias bucais. Promoção de saúde. Fatores de risco.
7

Avaliação das instabilidades cromossômicas em displasias epiteliais e carcinomas de células escamosas orais

Rodrigues, Andre Montezuma Sales 13 April 2018 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-30T00:26:38Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2018-04-13 / Cancer, today, is one of the biggest public health problems in the world. Oral squamous cell carcinoma (OSCC) is the most common type of oral cancer, accounting for 90% of the cases, preceded by changes known as potentially malignant oral disorders (POMD). Several studies have sought to identify molecular markers capable of predicting the malignant transformation potential of POMDs, however, to date no markers have been reported that are capable of predicting the progression of normal mucosa or POMDs to invasive cancer. For the development of a malignant neoplasm, several molecular events are necessary in a cellular environment. Chromosomal instability (CIN) describes a condition in which cells often acquire cytogenetic changes and do not accurately segregate their chromosomes. These defects result in lack of segregation of chromatids during anaphase, generating aneuploid daughter cells and indirect defects of segregation can be caused by structural chromosome rearrangements generated before mitosis. The present study aimed to verify the existence of numerical alterations in chromosome 17 and deletions on chromosome 1 in oral squamous cell carcinoma (OSCC), comparing with oral epithelial dysplasia (OED). It was used FISH-fluorescence in situ hybridization, in a population of 120 cases, 57 of ODE and 63 of OSCC (ploidy status of chromosome 17 and chromosome 1 deletions in 1p36, 1q25 and 1pTEL). The results showed a man: woman ratio for the OSCCs of 1.3: 1, and anatomic sites more frequent was the tongue (33.3%), mouth floor (25.4%) and lower lip (15.9%). Aneuploidies of chromosome 17 are more frequent in OSCCs, with greater evidence in trisomies and polysomies. The combination of the histopathological and clinical data of ODEs and OSCCs demonstrated that 1pTEL deletion is a possible biological marker of malignant progression for oral epithelial dysplasias, as well as a demonstration of the aggressiveness presented by OSCCs. The three deletions studied, 1p36, 1q25 1pTEL, were found in trisomies and polysomies of OSCCs, showing a correlation of deletions in aneuploidies in cases of advanced OSCCs. Although there is a clear difference between OEDs and OSCCs in relation to CINs, no statistical differences were found between the gradations proposed for both conditions. / O câncer, atualmente, é um dos maiores problemas de saúde pública em todo o mundo. O carcinoma de células escamosas oral (CCEO) é o tipo mais comum de câncer de boca, correspondendo a 90% dos casos, sendo precedidos por alterações conhecidas como desordens orais potencialmente malignas (DOPM). Vários estudos buscam identificar marcadores moleculares capazes de predizer o potencial de transformação maligna das DOPMs, contudo, até o momento não foram relatados marcadores que sejam capazes de prever a progressão da mucosa normal ou das DOPMs para um câncer invasivo. Para que haja o desenvolvimento de uma neoplasia maligna são necessários vários eventos moleculares em ambiente celular. A instabilidade cromossômica (CIN) descreve uma condição em que as células frequentemente adquirem alterações citogenéticas e não segregam com precisão seus cromossomos. Esses defeitos resultam em falta de segregação de cromátides durante a anáfase, gerando células filhas aneuplóides e defeitos indiretos de segregação podem ser causados por rearranjos cromossômicos estruturais gerados antes da mitose. O presente estudo teve como objetivo verificar a existência de alterações numéricas no cromossomo 17 e deleções no cromossomo 1 no carcinoma de células escamosas oral (CCEO), comparando com a displasia epitelial oral (DEO). Fez uso da FISH ¿ fluorescence in situ hybridization, (status de ploidia do cromossomo 17 e deleções do cromossomo 1 em 1p36, 1q25 e 1pTEL), em uma população de 120 casos, sendo 57 de DEO e 63 de CCEO. Os resultados demonstraram uma proporção homem:mulher para os CCEOs de 1,3:1, e sítios anatômicos mais frequentes a língua (33,3%), assoalho bucal (25,4%) e lábio inferior (15,9%). As aneuploidias do cromossomo 17 mostraram-se mais frequentes nos CCEOs, com maior evidência nas trissomias e polissomias. A combinação dos dados histopatológicos e clínicos das DEOs e dos CCEOs demonstraram que a deleção de 1pTEL é um possível marcador biológico de progressão maligna para as displasias epiteliais orais, como também um demonstrativo da agressividade apresentada pelos CCEOs. As três deleções estudadas, 1p36, 1q25 1pTEL, foram encontradas nas trissomias e polissomias dos CCEOs, mostrando uma correlação das deleções nas aneuploidias nos casos de CCEOs avançados. Muito embora haja diferença evidente entre as DEOs e os CCEOs em relação às CIN, não foram encontradas diferenças estatísticas entre as gradações propostas para ambas as condições. Descritores: Câncer Oral, Carcinoma de Células Escamosas, Instabilidade Cromossômica, Aneuploidia, Deleção Cromossômica, Hibridização In Situ Fluorescente.
8

Acurácia da ressonância magnética no diagnóstico de câncer bucal: revisão sistemática e metanálise

Moreira, Marcelo Aldrighi January 2016 (has links)
Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (Mestrado Profissional) da Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC, como requisito para a obtenção do título de Mestre em Saúde Coletiva. / Introdução: O câncer de boca é o sexto tipo de câncer mais comum no mundo e tem uma preocupante taxa de letalidade estimada em 50%, representando, assim, um problema de Saúde Pública, que pode acarretar também em incapacitações. Assim, contribuindo à área de Avaliação de Tecnologias em Saúde, são necessários estudos associados à investigação de novos métodos de prevenção e diagnóstico do câncer de boca, possibilitando detecção precoce e maior taxa de sucesso no tratamento. Ao longo das últimas décadas, o padrão ouro para diagnóstico do câncer bucal tem sido a biópsia, porém novos métodos diagnósticos não invasivos têm sido propostos, dentre eles a Ressonância Nuclear Magnética. Objetivo: Determinar a acurácia diagnóstica da Ressonância Nuclear Magnética no apoio ao diagnóstico de câncer bucal por meio de uma Revisão Sistemática e Metanálise. Métodos: Revisão Sistemática e Metanálise. A estratégia de busca foi realizada fazendo-se uma pesquisa exaustiva nas bases de dados Medline, Embase, Cochrane (e bases correlatas), incluindo a Literatura Cinza, por publicações realizadas de 1986 a 2016. Foram incluídos estudos primários de acurácia diagnóstica, que avaliaram o câncer de boca (condições alvo) por meio de Ressonância Nuclear Magnética (teste em avaliação). Mediante heterogeneidade apresentada foi utilizado o modelo de efeitos aleatórios de DerSimonian e Laird. Foi realizada a análise de limiar diagnóstico. Análises de sensibilidade também foram realizadas para identificar os cofatores associados a heterogeneidade, e potenciais cofatores contínuos também foram investigados pela metaregressão. A metanálise foi desenvolvida no software Meta-DiSc® v.1.4. Resultados: Foram avaliados 24 estudos primários que totalizaram 1.404 lesões de câncer bucal. Desses, 9 estudos utilizaram a Ressonância Nuclear Magnética Diffusion Weighted resultando em DOR de 30,7 (IC 95%: 12,7-74,3), AUC de 0,917 (IC 95%: 0,915- 0,918), sensibilidade de 76,4% (IC 95%: 67,3%-83,9%), e especificidade de 91,3% (IC 95%: 87,3%-94,4%); 7 utilizaram a Ressonância Nuclear Magnética Dynamic Contrast Enhanced, resultando em DOR de 48,1 (IC 95%: 22,4-103,2), AUC de 0,936 (IC 95%: 0,934-0,937), sensibilidade de 84,0% (IC 95%: 76,2%-90,1%), e especificidade de 89,5% (IC 95%: 84,7%-93,2%); e 13 consideraram a Ressonância Nuclear Magnética Tradicional, resultando em DOR de 23,9 (IC 95%: 13,2-43,3), AUC de 0,894 (IC 95%: 0,894-0,895), sensibilidade de 72,5% (IC 95%: 66,4%-78,0%), e especificidade de 86,6% (IC 95%: 84,0%-88,9%). Não foi observado efeito de limiar diagnóstico. Nas análises realizadas por meio da meta-regressão, observou-se que a intensidade do campo magnético Tesla possa ter influenciado a heterogeneidade (p=0,0233) na Ressonância Tradicional. As análises de sensibilidade revelaram discreta diminuição da Inconsistência em alguns subgrupos. Conclusão: A Ressonância Nuclear Magnética Dynamic Contrast Enhanced apresentou maior acurácia para o diagnóstico de câncer bucal em relação as demais, apresentando-se como método não invasivo e acurado de apoio ao diagnóstico de câncer de boca. Assim, considerando a importância do tratamento precoce e do rastreamento, e que a melhor qualidade da assistência de saúde resulta em melhores taxas de sobrevida e melhor qualidade de vida para o paciente com câncer bucal, sugerimos sua utilização como parte do protocolo de pré-tratamento e acompanhamento no SUS.
9

Avaliação da eficácia da terapia fotodinâmica mediada pela alumínio cloro ftalocianina - AlPHCl - lipossomal no tratamento de células derivadas do câncer bucal e sua atuação na regulação da via de sinalização PI3K/AKT/mTOR

Velloso, Nathália Vieira January 2009 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2009. / Submitted by Raquel Viana (tempestade_b@hotmail.com) on 2010-04-05T17:26:37Z No. of bitstreams: 1 2009_NathaliaVieiraVelloso.pdf: 1001743 bytes, checksum: a8d16e21f19b589d5ba533fd46d72736 (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2010-04-11T02:09:11Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_NathaliaVieiraVelloso.pdf: 1001743 bytes, checksum: a8d16e21f19b589d5ba533fd46d72736 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-04-11T02:09:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_NathaliaVieiraVelloso.pdf: 1001743 bytes, checksum: a8d16e21f19b589d5ba533fd46d72736 (MD5) Previous issue date: 2009 / A Terapia Fotodinâmica (TFD) apresenta grande potencial para o tratamento de câncer de boca. Enquanto as terapias mais difundidas contra o câncer tendem a ser imunossupressoras, a TFD configura-se como uma terapia local capaz de destruir eficientemente as células tumorais ao mesmo tempo em que estimula o sistema imune a procurar e destruir metástases. A TFD consiste na administração de um fármaco não-tóxico, por via sistêmica, local ou tópica, seguida da aplicação de uma dose específica de luz visível sobre o tecido ou lesão a ser tratada. Avanços recentes no entendimento biomolecular da iniciação, progressão e conseqüentes metástases do carcinoma epidermóide bucal estão possibilitando o melhor entendimento desta patologia bem como a descoberta de moléculas chaves para a aplicação terapêutica. O presente trabalho teve como objetivo avaliar através de testes citotóxicos e citostáticos a eficácia da Terapia Fotodinâmica mediada pela alumínio cloro ftalocianina-AlPHCl-lipossomal (AlPHCl) no tratamento de céllas derivadas do câncer bucal e verificar por análise de imunofluorescência sua atuação na regulação da via de sinalização PI3K/AKT/mTOR, uma via de sinalização que vem sendo amplamente correlacionada com a carcinogênese. Os resultados apresentados nesta dissertação demonstram que o tratamento com a TFD utilizando-se AlPHCl lipossomal suscita diferentes mecanismos de morte celular dose-dependente, sendo a apoptose a via principal envolvida, e pode ainda regular a proliferação, crescimento, e outros processos celulares pela inibição da via do mTOR. Desta forma, a TFD utilizando-se AlPHCl lipossomal apresenta grandes possibilidades para o tratamento do câncer bucal. Acredita-se que, combinada com terapias como a quimioterapia ou a radioterapia, esta modalidade terapêutica possa ser ainda mais eficaz no tratamento do câncer bucal. _____________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Photodynamic Therapy (PDT) presents great potential for oral cancer treatment. PDT is known as a local therapy that not only destroy the primary tumor, but also trigger the immune system to recognize, to track down and to destroy remaining tumor cells. PDT can be defined as the administration of a nontoxic drug or dye known as a PS to a patient bearing a lesion, either systemically, locally, or topically, followed by the illumination of the lesion with visible light which, in the presence ofoxygen, leads to the generation of cytotoxic species and, consequently, to cell death and tissue destruction. Recent advances in the biomolecular knowledge of initiation, progression and consequent metastases of oral squamous cell carcinoma are contributing to construct a better understanding of this pathology and also to discover molecule keys for the therapeutical application. This present work aimed to evaluate the effectiveness of Photodynamic Therapy using for Chloroaluminum-phthalocyanine-AlPHCl-lipossomal in the oral cancer treatment and its effects on PI3K/AKT/mTOR signaling pathway,which have been reported as a frequent event activated in squamous cell carcinoma. The presented results in vitro demonstrate that the treatment with PDT using lipossomal AlPHCl excites different mechanisms of dose-dependant,cellular death being apoptose the main triggered pathway triggered, and can still regulate the proliferation, growth, and other processes for the inhibition of mTOR. In such a way, the PDT using lipossomal AlPHCl presents great possibilities for the oral cancer treatment.
10

Imunoexpressão de P16, BUB3, SOX4 E KI67 em líquen plano oral, comparação com líquen plano cutâneo, displasia oral e hiperplasia oral / P16, BUB3, Ki67 and SOX4 immunohistochemical expression in oral lichen planus, cutaneous lichen planus, oral dysplasia and oral fibrous hyperplasia

Rosa, Eduardo Augusto 27 March 2015 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Pós-graduação em Ciências Médicas, 2015. / Submitted by Ana Cristina Barbosa da Silva (annabds@hotmail.com) on 2015-05-14T16:04:32Z No. of bitstreams: 1 2015_EduardoAugustoRosa.pdf: 17236503 bytes, checksum: bbfab38745a25fee1717ad180d847582 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2015-05-14T20:42:15Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_EduardoAugustoRosa.pdf: 17236503 bytes, checksum: bbfab38745a25fee1717ad180d847582 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-05-14T20:42:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_EduardoAugustoRosa.pdf: 17236503 bytes, checksum: bbfab38745a25fee1717ad180d847582 (MD5) / Introdução: O câncer de boca está entre os dez tipos de câncer mais comuns em todo o mundo. Lesões precursoras como leucoplasia e líquen plano em geral precedem o surgimento do tumor invasivo. Nesse contexto, a busca por marcadores biológicos para o diagnóstico e prognóstico dessas lesões é extremamente relevante. Objetivo: Avaliar a expressão das proteínas P16, BUB3, SOX4 e Ki67 no líquen plano oral (LPO) e comparar os resultados com a expressão dos mesmos anticorpos no líquen plano cutâneo (LPC), na displasia oral (DO) e na hiperplasia fibrosa oral (HFO). Materiais e Métodos: Conduziu-se um estudo retrospectivo, que incluiu 120 blocos de tecido parafinados, distribuídos igualmente em LPO, DO, HFO e LPC. A partir desses blocos foi realizada reação imunoistoquímica com os anticorpos citados em cada um dos grupos. A expressão dos anticorpos foi avaliada por um índice de positividade (IP) determinado após a contagem de 500 células de cada amostra. Resultados: Verificou-se que o IP (mediana) de P16 em LPC foi o mais elevado (86,59), seguido pelo LPO (20,65), HFO (11,8) e DO (7,85) (p <0,001). A comparação de pares post-hoc mostrou diferença estatisticamente significativa entre LPO / LPC, LPO / DO. O IP para BUB3 também foi maior no LPC (83,2), seguido por LPO (80), HFO (77) e DO (71,4) (p = 0,04). O maior IP para SOX4 foi encontrado em LPC (86,8) seguido por HFO (82,3), DO (72,4) e LPO (66,1) (p <0,001). Foi verificada diferença estatísticamente significativa entre LPO / LPC. O Ki67 apresentou expressão maior em DO (14,4) seguido de LPO (11,6), LPC (8,24) e HFO (5,5) (P <0,001). O teste post hoc mostrou diferença significativa entre LPO / HFO, LPC / DO e DO / HFO. Conclusão: Os resultados aqui apresentados sugerem que o LPO tem um potencial intermediário de transformação maligna. O P16 não se comportou como um marcador confiável de transformação maligna das lesões orais. A expressão de BUB3 e SOX4 devem ser melhor esclarecidas, mas talvez possam atuar como fatores de proteção. Mais estudos devem ser realizados envolvendo esses marcadores. / Background: Oral cancer is one of the ten most common types of cancer worldwide. In this context, the search for diagnosis and prognosis biological markers is extremely relevant. Objective: To evaluate the expression of the antibodies P16, BUB3, SOX4 and Ki67 in oral lichen planus (OLP) and compare its results with their expression among cutaneous lichen planus (CLP), oral dysplasia (OD) and oral fibrous hyperplasia (OFH). Materials and methods: This is a retrospective study design, which included 120 formalin fixed paraffin embedded tissue blocks of OLP, OD, OFH and CLP, equally distributed. Results: It was verified that positive index (median) of P16 in CLP was the highest one (86.59), followed by OLP (20.65), OFH (11.8) and OD (7.85) (p <0.001). Post-hoc pairwise comparisons showed significant statistical differences between OLP/CLP, OLP/OD, CLP/OD and CLP/OFH. Positive index for BUB3 was also higher in CLP (83.2) followed by OLP (80), OFH (77) and OD (71.4) (p = 0.04). The highest SOX4 index was found in CLP (86.8) followed by OFH (82.3), OD (72.4) and OLP (66.1) (p < 0.001). Significant statistical difference was verified between LPO/LPC and LPC/OD. Ki67 was higher in OD (14.4) followed by OLP (11.6), CLP (8.24) and OFH (5.5) (P < 0.001). Post hoc test showed significant difference between OLP/OFH, CLP/OD and OD/OFH. Conclusion: The results presented here suggest that OLP has an intermediate malignant potential. P16 can not be considered a reliable marker for malignant transformation in oral lesions. The expression of BUB3 and SOX4 should be further clarified, but they may act as protect factors. More studies should be performed envolving these markers.

Page generated in 0.1337 seconds