• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 764
  • Tagged with
  • 764
  • 764
  • 764
  • 764
  • 182
  • 181
  • 114
  • 111
  • 98
  • 96
  • 95
  • 49
  • 48
  • 47
  • 45
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Avaliação do potencial antinociceptivo e mecanismo de ação do 2-[5-triclorometil-5-hidroxi-3-fenil-4,5-dihidro-1hpirazol- 1-il] 4-(4 bromofenil)- 5 metiltiazol (b50) em camundongos / Antinociceptive evaluation of 2-[5- triclorometyl-5-hidroxy-3-phenyl-4,5-dihydro-1hpyrazole- 1-yl]-4-(4-bromophenyl)-5-metylthiazole( b50) and its mechanism of action in mice

Souza, Alessandra Hübner de 21 July 2005 (has links)
Pain is a common symptom in the clinical practice. Therefore, novel analgesic drugs, with more favorable pharmacological properties have been searched. Previous studies from our group showed that the systemic administration of the 2-[5-triclorometyl-5-hidroxy-3-phenyl-4,5-dihydro-1H-pyrazole-1-yl]-4-(4-bromophenyl)-5-metyl-thiazole(B50) causes antinociception in the acetic acid writhing test. However, it is not know whether such an antinociceptive action involves central or peripheral mechanisms. In this study we investigated the antinociceptive effect of the intrathecal administration of the new pyrazole derivative 2-[5-triclorometyl-5-hidroxy-3-phenyl-4,5-dihydro-1H-pyrazole-1-yl]-4-(4- bromophenyl)-5-metyl-thiazole (B50) in adult male mice, using the acetic acid writhing induced by acetic acid and hot-plate tests, in order to determine its putative site of action. B50 caused antinociception (200 nmol/ 5 μl, i.t.), 120 minutes after its administration, in the acetic acid writhing assay and 90 minutes after its administration in the hot plate test. Naloxone (8.25 μmol/kg, s.c.) reverted the antinociceptive action of B50 (200 nmol/ 5 μl, i.t.) in the acetic acid writhing assay, suggesting that opioid mechanisms are involved in the antinociception caused by B50. B50 had no effect on spontaneous locomotion or rotarod performance, indicating that the currently reported antinociceptive effect of B50 is not related to unspecific motor effects. / Trabalhos realizados em nosso laboratório, demonstraram que a administração sistêmica do pirazoltiazol 2-[5-triclorometil-5-hidroxi-3-fenil-4,5-dihidro-1h-pirazol-1-il] 4-(4 bromofenil)- 5 metiltiazol (B50) provocou antinocicepção no teste das contorções abdominais induzidas por ácido acético 0,8%. Porém, não se sabe se a ação antinociceptiva do B50 é central ou periférica. Nesse estudo, nós investigamos o efeito antinociceptivo da administração intratecal do composto B50 em camundongos adultos machos, usando os testes de contorções abdominais induzidos por ácido acético e o teste da placa quente a ± 50 ºC. O B50 (200 nmol/5 μl, i.t.) causou antinocicepção 120 minutos depois de sua administração no teste das contorções abdominais induzidas por ácido acético e 90 minutos depois de sua administração no teste da placa quente. A Naloxona (8,25 μmol/kg, s.c.) reverteu a ação antinociceptiva do B50 (200 nmol/5 μl, i.t.) no teste das contorções abdominais induzidas por ácido acético, sugerindo que mecanismos opióides estão envolvidos na antinocicepção causada pelo B50. Este pirazol-tiazol não alterou a locomoção espontânea e nem a performance dos animais no cilindro giratório, indicando que o efeito antinociceptivo do B50 não é relacionado a efeitos motores inespecíficos.
2

Administração sistêmica de agentes poliaminérgicos modula a memória na tarefa de medo condicionado em ratos / Systemic administration of polyaminergic agents modulate fear conditioning in rats

Camera, Keli 01 December 2006 (has links)
The polyamines, spermine, spermidine and putrescine, are a group of aliphatic amines that interact with diverse cellular targets such as nucleic acids and proteins. The polyamines may act as physiological modulators of N-methyl-D-aspartate (NMDA) receptors. The processes mediated by NMDA receptor include synaptic plasticity and formation of neural circuitry consequently in the learning and memory process. However, little is known about the role of systemic administration endogenous modulators of the NMDA receptor, such as polyamines, in Pavlovian fear conditioning learning. In this paradigm, an emotionally neutral conditioned stimulus (CS), such as a tone, elicits behavioral responses after association with a noxious aversive unconditioned stimulus (US), such as a brief electric footshock. Once the CS-US association is learned, innate physiological and behavioral responses appear, such as freezing. Therefore, the present study was conducted to investigate whether the immediate post-training intraperitoneal injection of spermidine (1-100 mg/kg), an agonist of the NMDA receptor polyamine binding site, arcaine (0-360 min post- training), an antagonist of the NMDA receptor polyamine binding site and/or MK-801, a noncompetitive antagonist of the NMDA receptor, affected classical fear conditioning in rats. Intraperitoneal administration of arcaine (10 mg/kg) decreased, within a limited time window (0-180 min post-training), while spermidine (10-100 mg/kg) increased contextual and auditory fear conditioning. Arcaine or MK-801 co-administration, at a dose that had no effect per se, reversed the facilitatory effect of spermidine. These results provide evidence that endogenous and exogenous systemic administration of polyamine binding site ligands modulate early consolidation of fear-conditioning task. The facilitatory effect induced by spermidine would be NMDAreceptor-mediated. / As poliaminas endógenas, putrescina, espermina e espermidina são aminas alifáticas que atuam como moduladores endógenos de diversos canais iônicos, incluindo o subtipo de receptor glutamatérgico N-metil-D-aspartato (NMDA-R) os quais estão envolvidos com plasticidade sináptica e formação de circuitos neurais, consequentemente em processos de aprendizagem e memória. No entanto, não se sabe o papel das poliaminas administrados sistemicamente sobre o aprendizado do medo condicionado Pavloviano. Neste teste comportamental, um estímulo condicionado neutro (CS), tal como um tom, provoca respostas comportamentais depois da associação com um estímulo incondicionado aversivo (US), como um choque. Quando a associação CS-US é aprendida, respostas fisiológicas e comportamentais inatas aparecem tal como o comportamento de congelamento. Assim nós investigamos o efeito da administração intraperitoneal de espermidina, um agonista do sítio das poliaminas no NMDA-R, da arcaína, um antagonista do sítio das poliaminas no receptor NMDA, em uma determinada janela de tempo (0-360 min após o treino) e do MK-801, um antagonista não competitivo do NMDA-R, sobre a consolidação da memória na tarefa do medo condicionado clássico em ratos. Para isso, os ratos foram treinados, recebendo três pareamentos de tom (10 seg-2.000 Hz, 90 dB) e choque (1 seg-0,6 mA) nas patas com intervalos de 40 segundos e imediatamente após o treino recebiam injeções intraperitoneal de espermidina (1-100 mg/kg), arcaína (0,1-10 mg/kg), MK-801 (0,001-0,1 mg/kg), associação de espermidina (100 mg/kg) e arcaína (0,1 mg/kg) ou associação de espermidina (100 mg/kg) e MK-801 (0,001 mg/kg). Após 24h foram testados na tarefa do medo condicionado contextual e 48 h após ao medo condicionado ao tom. A administração de arcaína (0-180 min após o treino) e do MK-801 diminuiu, enquanto que espermidina aumentou o condicionamento de medo ao contexto e ao tom. A arcaína e o MK-801, em doses que não apresentaram efeito per se sobre a memória, reverteram o efeito facilitatório sobre a memória, causado pela espermidina. Estes resultados indicam que as poliaminas endógenas e exógenas modulam o início da consolidação da tarefa do medo condicionado quando administradas por via sistêmica em ratos, provavelmente esses efeitos são mediados pela modulação do NMDA-R.
3

Óxido nítrico modula a melhora da memória induzida por espermidina em ratos / Nitric oxide modulates the improvement of the memory induced by spermidine in rat

Guerra, Gustavo Petri 06 December 2006 (has links)
The endogenous poliaminas, putrescine, spermidina and spermine are aliphatics amines that are present in high concentrations in the central nervous system (SNC). The action of the poliamines involves the modulation of several ionic channels, including the subtype of glutamatergic N-methyl-D-aspartate receptor (NMDA). The processes mediated by NMDA receptor include synaptic plasticity and formation of neural circuitry. It is believed that these plasticities happening in some cerebral areas specifies, as the hippocampus, are critical for the learning and memory processes. It is described that spermidine (SPD), as well as the nitric oxide are directly involved with processes of formation of the memory. Therefore, we investigated the involvement of the nitric oxide in the facilitatory effect induced by SPD on the memory of males Wistar rats. For that, the rats were bilaterally cannulae in the hippocampus, after the surgical recovery, the animals were trained in the inhibitory avoidance task, injected bilaterally in the hippocampus and tested in the same task. Thirty minutes after the administration of the drugs the animals were decapitated and the nitrite and nitrate levels (NOX) they were determined in the hippocampus of the rats. The bilateral injection of 0.1 nmol of L-NAME, a non-selective inhibitor of the nitric oxide synthase, SPD (0.2 nmol) or the association of SPD and L-NAME, were achieve Immediately after the training in the inhibitory avoidance task. The administration of L-NAME didn't cause effect per se on memory and it reverted the facilitatory effect induced by SPD. Spermidine increased the levels of NOX in the hippocampus, and the coinjection of L-NAME prevented this increase induced by SPD. The systemic administration of 7-NI (30 mg/kg), a selective inhibitor of the nitric oxide synthase neuronal, 30 minutes before the training of it the inhibitory avoidance impaired the memory and didn't prevent the increase in the levels of NOX induced by SPD. None of the drugs studies altered the locomotor activity of the animals. These results suggest that the facilitatory effect of the memory induced by SPD it is mediated, at least partly, for the increase of the synthesis of the nitric oxide. / As poliaminas endógenas, putrescina, espermidina e espermina, são aminas alifáticas que estão presentes em altas concentrações no sistema nervoso central (SNC). A ação das poliaminas envolve a modulação de diversos canais iônicos, incluindo o subtipo de receptor glutamatérgico N-metil-Daspartato (NMDA). Os processos mediados pelo receptor NMDA incluem plasticidade sináptica e formação de circuitos neurais. Acredita-se que estas plasticidades ocorrendo em algumas regiões cerebrais especificas, como o hipocampo, são críticas para os processos de aprendizado e memória. Está descrito que espermidina (SPD), assim como o óxido nítrico (NO) estão diretamente envolvidos com processos de formação da memória. Assim nós investigamos o envolvimento do óxido nítrico sobre a melhora da memória induzida por SPD em ratos Wistar machos. Para isso, os ratos foram canulados bilateralmente no hipocampo, após a recuperação cirúrgica, os animais foram treinados no aparelho de esquiva inibitória, injetados bilateralmente no hipocampo e testados no mesmo aparelho. Trinta minutos após a administração das drogas os animais foram decapitados e os níveis de nitrito e nitrato (NOX) foram determinados no hipocampo dos ratos. A injeção bilateral de 0,1 nmol de L-NAME, um inibidor não seletivo da óxido nítrico sintase, SPD (0,2 nmol) ou a associação de SPD e L-NAME, foram realizadas imediatamente após o treino na tarefa de esquiva inibitória. A administração de L-NAME não causou efeito per se sobre a memória e reverteu o efeito facilitatório causado pela SPD. Espermidina aumentou os níveis de NOX no hipocampo, e a co-injeção de L-NAME preveniu este aumento induzido por SPD. A administração sistêmica de 7-NI (30 mg/kg), um inibidor seletivo da óxido nítrico sintase neuronal, 30 minutos antes do treino da esquiva inibitória piorou a memória e não preveniu o aumento nos níveis de NOX induzidos por SPD. Nenhuma das drogas estudas alterou a atividade motora dos animais. Estes resultados sugerem que o efeito facilitatório da memória induzido por SPD é mediado, pelo menos em parte, pelo aumento da síntese do óxido nítrico.
4

Avaliação do potencial antinociceptivo de novos 3-Metil-1h-1-pirazol metil esteres 5-substituídos em Camundongos / ASSESSMENT OF THE ANTINOCICEPTIVE POTENTIAL OF NOVEL 3-METHYL-1H-1-PYRAZOL METHYL ESTERS 5-SUBSTITUTED IN MICE.

Mai, Carla Mirelle Giotto 31 August 2007 (has links)
In the present study the antinociceptive activity of six 1-H-1-pyrazol methyl ester derivatives in the hot-plate test and Complete Freund s Adjuvant (CFA)-induced inflammation in mice was investigated. The administration of 3,5-dimethyl-1H-1-pyrazole methyl ester (1), 3-methyl-5-trichloromethyl-1H-1-pyrazole methyl ester (2), 5-dichloromethyl-5-hydroxy-3-methyl-4,5-dihydro-1H-1-pyrazole methyl ester (4), 5-(chloro-difluoro-methyl)-5-hydroxy-3-methyl-4,5-dihydro-1H-1-pyrazole methyl ester (5) (20 1000 μmol/kg, i.p.) produced antinociception in the hot plate test. All compounds, except compound 4, did not cause motor alterations in the rotarod and open field tests. The compounds 3 and 6 did not produce antinocicpetive effects. Since compound 2 presented good antinociceptive activity in the hot plate test and was devoid of motor effects, we tested whether it caused antinociception in an animal model of chronic pain. Compound 2 (0.6 20 μmol/kg, i.p.) effectively reduced CFA-induced mechanical allodynia (83 ± 8%) and paw edema. The results of the present study suggest that novel 1-H-1-pyrazol methyl ester derivatives, particularly compound 2, have a good analgesic potential against acute and chronic pain. / No presente estudo nós investigamos a atividade antinociceptiva de seis derivados 1-H-1-pirazol metil ester no teste da placa quente e inflamação causada por Adjuvante Completo de Freund (CFA) em camundongos. A administração de 3,5-dimetil-1H-1-pirazol metil ester (1), 3-metil-5-triclorometil-1H-1-pirazol metil ester (2), 5-diclorometil-5-hidroxi-3-metil-4,5-dihidro-1H-1-pirazol metil ester (4), 5-(cloro-difluor-metil)-5-hidroxi-3-metil-4,5-dihidro-1H-1-pirazol metil ester (5) (20 1000 μmol/kg, i.p.) produziram antinocicepção no teste da placa quente. Todos os compostos, exceto o composto 4, não causaram alterações motoras nos testes de locomoção forçada em cilindro giratório e campo aberto. Os compostos 3 e 6 não tiveram efeito antinociceptivo no teste da placa quente. O composto 2 por apresentar boa atividade antinociceptiva no teste da placa quente e ser desprovido de efeitos motores, foi testado em um modelo de dor crônica. O composto 2 (0.6 20 μmol/kg, i.p.) efetivamente reduziu alodínia mecânica causada por CFA (83 ± 8 %) e edema de pata. Os resultados do presente estudo sugerem que os novos derivados 1-H-1-pirazol metil ester, particularmente o composto 2, tem um bom potencial analgésico contra dores aguda e crônica.
5

Purifica??o e caracteriza??o parcial de uma Fucana C de Dictyota mentrualis e estudo do seu efeito antiinflamat?rio e nociceptivo

Albuquerque, Ivan Rui Lopes de 20 December 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2014-12-17T14:03:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 IvanRL.pdf: 1440908 bytes, checksum: 252dbe95a961c089e5f3a3e0e698103f (MD5) Previous issue date: 2005-12-20 / In recent years, sulfated polysaccharides from marine algae have emerged as an important class of natural biopolymers with potential application in human and veterinary health care, while taking advantage of the absence of potential risk of contamination by animal viruses. Among these, fucans isolated from the cell walls of marine brown alga have been study due to their anticoagulant, antithrombotic, anti-inflammatory and antiviral activities. These biological effects of fucans have been found to depend on the degree of sulfation and molecular size of the polysaccharide chains. In the present study, we examined structural features of a fucan extracted from brown alga Dictyota menstrualis and its effect on the leukocyte migration to the peritoneum. The sulfated polysaccharides were extracted from the brown seaweed by proteolytic digestion, followed by sequential acetone precipitation producing 5 fractions. Gel lectrophoresis using 0.05 M 1,3-diaminopropane-acetate buffer, pH 9.0, stained with 0.1% toluidine blue, showed the presence of sulfated polysaccharides in all fractions. The chemical analyses demonstrated that all fractions are composed mainly of fucose, xylose, galactose, uronic acid, and sulfate. Electrophoresis in agarose gel in three different buffers demonstrated that the fraction 2.0v have only one population of fucan. This compound was purify by exclusion molecular. It has shown composition of fucose, xilose, sulfate and uronic acid in molar ration of 1.0: 1.7: 1.1: 0.5 respectively. The effect of this heterofucan on the leukocyte migration was observed 6h after zymozan (mg/g) administration into the peritoneum. The heterofucan showed higher antimigratory activity, it decrease the migration of leukocyte in 83.77% to peritoneum. The results suggest that this fucan is a new antimigratory compound with potential pharmacological appications / Em anos recentes, os polissacar?deos sulfatatos de algas marinhas tem emergido como importante classe natural de biopolimeros que podem ser aplicado na assistencia medica humana e veterinaria, tendoi a vantagem da als?ncia de potencial risco de contamina??o por virus animal. Algumas amostras de fucanas foram isoladas de alga marinha maron tensido estudadas quanto a sua atividader anticoagulante, antitromb?tica, antiinflamat?ria e antiviral. O efeito biol?gico das fucanas tem sido dependente do grau de sulfata??o e do tamanho da molecula do polissacar?deo. Neste estudo foi realizado uma analise da composi??o da fucana extra?da da alga maron Dictyota menstrualis e o efeito na migra??o de leuc?citos no peritonio com sua molula??o influencia na modula??o da sensa??o dolorosa perif?rica. O polissacar?deos sulfatado foi extra?do da alga maron por digest?o proteol?tica sequido por precipita??o com acetona produzindo 05 fra??es. A eletroforese em gel usando tamp?o 0,05 M 1,3-diaminopropano-acetato (PDA) pH 9,0 revelado com 1,0% de azul de toluidina demonstrou a presen?a de polissacar?deos em todas as fra??es. A analise qu?mica demonstrou que todas as fra??es s?o compostas principalmente de fucose, xilose, galactose, ?cido uronico e sulfato. As eletroforeses em tr?s sistemas de tamp?es demonstraram que a fra??o 2,0v possui apenas uma popula??o de fucana. Este componente foi purificado por exclus?o molecular e demonstrou uma composi??o de fucose, xilose, sulfato e ?cido ur?nico de 1,0:1,7:1,1:0,5 respectivamente. O efeito desda heterofucana na migra??o de leuc?cito observado 06 horas ap?s a aplica??o zymozan no peritonio. A heterofucana demonstrou alta atividade antimigrat?ria diminuindo a migra??o em 100% na concentra??o de 20,0mg/kg, tamb?m apresentamdo um efeito modulado da sensa??o dolorosa perif?rica de modo dose dependente. Estes resultados sugerem que este fucana possa ser utilizada como novo antiinflamat?rio na industria farmaceutica
6

Poliaminas modulam a memória nas tarefas de medo condicionado e esquiva inibitória em ratos / Polyamines modulate memory in fear-condidioning and inhibitory avoidance tasks in rats

Berlese, Daiane Bolzan 03 September 2004 (has links)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / The polyamines, spermine, spermidine and putrescine, are a group of aliphatic amines that interact with diverse cellular targets such as nucleic acids and proteins. The polyamines may act as physiological modulators of N-methyl-D-aspartate (NMDA) receptors. The processes mediated by NMDA receptor include synaptic plasticity and formation of neural circuitry. Amygdalar NMDA receptors activation has been implicated in the acquisition of fear memories in rats. However, little is known about the role of endogenous modulators of the NMDA receptor, such as polyamines, in Pavlovian fear conditioning learning. Therefore, the present study was conducted to investigate whether the immediate pre-training or post-training bilateral infusion of arcaine, an antagonist of the NMDA receptor polyamine binding site, and/or spermidine, an agonist of the NMDA receptor polyamine binding site, into the amygdala affected classical fear conditioning in rats. Bilateral microinjections of arcaine (0,0002-0,2 nmol) decreased, while spermidine (0,002-20 nmol) increased contextual and auditory fear conditioning. Arcaine co-administration, at a dose that had no effect per se, reversed the facilitatory effect of spermidine.These results provide evidence that endogenous and exogenous polyamines modulate the acquisition and/or early consolidation of the fear conditioning task in the amygdala. Little is known thus far about the period of time during which memory processing in the hippocampus is sensitive to polyamines, and whether polyamines affect memory retrieval. The present study valued the effect of bilateral infusions of spermidine (0,02-2 nmol), a polyamine agonist, into the CA1 region of the rat dorsal hippocampus on inhibitory avoidance learning 30 minutes pre-training, immediately post-training, 6 hours post-training or 10 minutes pre-test. Bilateral microinjections of 0,2 nmol spermidine prolonged step-down latencies compared to the respective control group when administered 30 minutes pre-training or immediately post-training. These results provide evidence that the modulatory effects of spermidine on the acquisition and/or early consolidation of memory of inhibitory avoidance tasks in the hippocampus occur within a limited time window. / As poliaminas endógenas, putrescina, espermina e espermidina são aminas alifáticas que interagem com diversos alvos celulares como ácidos nucléicos e proteínas. Elas atuam como moduladores endógenos de diversos canais iônicos, incluindo o subtipo de receptor glutamatérgico N-metil-D-aspartato (NMDA) Os processos mediados pelo receptor NMDA incluem plasticidade sináptica e formação de circuitos neurais. Acredita-se que a ativação dos receptores NMDA na amígdala é crítica para aquisição da memória do medo em ratos. No entanto, pouco se sabe sobre o papel de moduladores endógenos do receptor NMDA, como as poliaminas, no aprendizado do medo condicionado Pavloviano. Assim, num primeiro momento nós investigamos o efeito da administração intra-amígdala de arcaína, um antagonista do sítio das poliaminas no receptor NMDA, e da espermidina, sobre a tarefa do medo condicionado clássico. Para isso, os ratos foram canulados bilateralmente nas amígdalas e, após a recuperação cirúrgica, os animais foram treinados e testados na tarefa do medo condicionado contextual e auditivo. Microinjeções bilaterais de arcaína (0,0002-0,2 nmol), espermidina (0,002-20 nmol) ou a associação de espermidina e arcaína, foram realizadas imediatamente antes do treino ou imediatamente após o treino do medo condicionado. A administração de arcaína diminuiu, enquanto espermidina aumentou o medo condicionado ao contexto e auditivo. A arcaína numa dose que não apresentou efeito per se reverteu o efeito facilitatório causado pela espermidina. Nenhuma das drogas estudas alteraram a atividade motora, a ansiedade e a sensibilidade dos animais ao choque. Estes resultados indicam que as poliaminas endógenas e exógenas modulam a aquisição e/ou o início da consolidação da tarefa do medo condicionado na amígdala em ratos. Tendo em vista a falta de estudos na literatura avaliando o período de tempo em que o processamento da memória no hipocampo é sensível as poliaminas, avaliou-se o efeito da espermidina administrada no hipocampo sobre a memória em ratos utilizando-se o teste de esquiva inibitória. Os animais receberam microinjeções bilaterais de espermidina (0.02-2 nmol), 30 minutos antes do treino, imediatamente após o treino, 6 horas após o treino ou 10 minutos antes do teste na região CA1 do hipocampo dorsal. Espermidina na dose de 0,2 nmol melhorou a performance dos ratos na tarefa de esquiva inibitória quando administrada 30 minutos antes ou imediatamente após o treino. Estes resultados sugerem que o efeito modulatório da espermidina na aquisição e/ou início da consolidação da memória na tarefa de esquiva inibitória no hipocampo ocorre dentro de uma janela temporal limitada.
7

Modelagem molecular da ribose-5-fosfato isomerase de leishmania major e de homo sapiens :predição de estruturas e estudos de atracamento molecular / Molecular modeling of Leishmania major and homo sapiens ribose-5-phosphate isomerase : prediction of structures and Docking studies

Baptista, Luiz Phillippe Ribeiro. 29 June 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2015-03-04T18:57:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 thesis_Baptista_LPR.pdf: 17392105 bytes, checksum: cc35fa1188cd3dff14124658b1799f05 (MD5) Previous issue date: 2011-06-29 / A Leishmaniose é uma doença infecciosa causada por protozoários do gênero Leishmania. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 12 milhões de pessoas estão atualmente infectadas com Leishmaniose. Destes, aproximadamente 90% dos casos ocorrem em países em desenvolvimento, caracterizando-a claramente como uma doença negligenciada. Casos de resistência aos principais medicamentos foram relatados em diferentes países, reafirmando a necessidade de pesquisa e desenvolvimento de novas drogas para o tratamento desta doença. A ribose-5-fosfato isomerase (Rpi), uma importante enzima da via da pentose fosfato, catalisa a interconversão de D-ribose-5-fosfato (R5P) e D-ribulose-5-fosfato (Ru5P). É conhecido que existem dois tipos de Rpi: o tipo B (RpiB) é mais comumente encontrado em procariotos (presente no genoma de Leishmania major) enquanto o tipo A (RpiA) é principalmente encontrado em eucariotos (ausenteno genoma de Leishmania major). Considerando que RpiB não é encontrada em eucariotos superiores, esta enzima pode se tornar um importante alvo para o desenvolvimento de novas drogas antileishmania. Neste trabalho, as estruturas tridimensionais (3D) da Rpi do parasita L. major (LmRpiB) e a RpiA do hospedeiro (Homo sapiens, HsRpiA) foram modeladas usando uma metodologia híbrida combinando modelagem comparativa e ab initio. De posse das estruturas tridimensionais das duas enzimas, foram realizados os seguintes estudos: (i) caracterização e comparação das propriedades físico-químicas dos sítios catalíticos; (ii) validação dos modelos através de estudos de atracamento molecular para predição do modo de ligação de substratos; (iii) estudos de triagem virtual de compostos para determinação de possíveis candidatos a fármacos seletivos. Os resíduos do sítio ativo em ambas as enzimas foram caracterizados quanto ao seu estado de protonação. Os resultados obtidos sugerem que a LmRpiB segue o mecanismos de reação descrito atualmente na literatura. Entretanto, para a enzima HsRpiA foi encontrada uma diferença significativa no estado de protonação do resíduo catalítico Glu182. Foram verificadas diferenças importantes nos volumes de distintos sítios ativos em cada enzima relacionadas a diferenças na acessibilidade ao solvente de resíduos carregados positivamente. Os estudos de atracamento mostraram que em LmRpiB a correta orientação dos substratos _e altamente sensível a variações na posição destes resíduos. Finalmente, ambas estruturas, utilizando os resultados da caracterização dos sítios ativos, foram utilizadas em experimentos de triagem virtual empregando um conjunto de 1202 compostos do banco de ligantes ZINC. Os melhores compostos candidatos a inibidores de LmRpiB foram analisados levando-se em conta a sua seletividade frente a enzima HsRpiA.
8

Estudo estrutural e de propriedades de reconhecimento receptor-ligante dos alvos IKK1, IKK2 e MAPKp38 utilizando técnicas de modelagem molecular / Structural and ligand binding properties studies of IKK1, IKK2 AND MAPKP38 targets by molecular modeling techniques

Guedes, Isabella Alvim 15 July 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2015-03-04T18:57:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertacao_Isabella_Final.pdf: 20727738 bytes, checksum: dd3b20329660c2fe2868a6796b23e869 (MD5) Previous issue date: 2011-07-15 / The protein kinases are responsible for regulating various biological mechanisms. The active protein kinase can phosphorylate several substrates and proteins in the body, having an important role in regulating biological functions. The lack of phosphorylation in the process of this family of proteins is associated with various diseases such as cancer, diabetes and rheumatoid arthritis. The human genome contains approximately 478 different kinase genes. Among these, the protein kinases IKK-2 and MAPKp38 are considered potential targets for developing anti-inflammatory drugs. In this work, we used the techniques of comparative modeling and molecular docking for a better understanding of the molecular characteristics and properties which can confer potency and selectivity to the inhibitors described in the literature for these two enzymes. The three-dimensional models built for the IKK's (1 and 2) made possible the understanding of special features available in these enzymes. The study of molecular docking with inhibitors allowed to infer important information about the characteristics of the binding modes that give potency and selectivity to the compounds tested. Regarding MAPKp38, cross-docking studies showed that the conformational change of the A-loop of this enzyme has a profound influence on the results of molecular docking of the inhibitors tested. The success rates of sets of structures of the enzyme were estimated, in order to indicate the combinations of structures that could achieve greater accuracy in real ensemble docking experiments. / As proteínas cinases são responsáveis pela regulação de diversos mecanismos biológicos. A proteína cinase ativa é capaz de fosforilar os substratos e diversas proteínas do organismo, tendo um importante papel na regulação das funções biológicas. O descontrole no processo de fosforilação dessa família de proteínas está associado com diversas doenças, como câncer, diabetes e atrite reumatoide. O genoma humano contém aproximadamente 478 diferentes genes de cinases. Dentre estas, as proteínas cinases IKK-2 e MAPKp38 são consideradas como potenciais alvos para o desenvolvimento de fármacos anti-inflamatórios. Neste trabalho, foram utilizadas as técnicas de modelagem comparativa e atracamento molecular para obter um melhor entendimento das características e propriedades moleculares que podem conferir potência e seletividade aos inibidores descritos na literatura para estas duas enzimas. Os modelos tridimensionais construídos para as IKK s (1 e 2) tornaram possível o entendimento de características especiais existentes nessas enzimas. O estudo de atracamento molecular de inibidores possibilitou inferir informações importantes com relação às características dos modos de ligação que conferem potência e seletividade aos compostos testados. Com relação à MAPKp38, os estudos de crossdocking demonstraram que a variação conformacional do A-loop desta enzima exerce grande influência nos resultados de atracamento molecular em inibidores potentes. Conjuntos de estruturas da enzima tiveram as taxas de sucesso estimadas, com o objetivo de indicar as combinações de estruturas que poderiam obter a maior acurácia em experimentos reais de ensemble docking.
9

CITOGENÉTICA MOLECULAR EM Characidium: UMA ANÁLISE DA DIVERSIFICAÇÃO DOS CROMOSSOMOS SEXUAIS ZZ/ZW

Machado, Tatiana Cristina 28 February 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2017-07-21T19:59:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tatiana Cristina Machado.pdf: 1197786 bytes, checksum: 5f8b2181ba411a99fe6d77d54ddc3784 (MD5) Previous issue date: 2011-02-28 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / The Characidium genus shows a broad karyotypic variability regarding the origin and diversification of the sex chromosomes, intra-and interindividual variation of B chromosomes and location of sites and number of NORs chromosomes bearing. Variations in the sex chromosomes Z and W morphology provide an excellent model to study chromosomal differentiation associated with a potential mechanism for reproductive isolation. In this study, we obtained a probe of the sex chromosome W of Characidium gomesi by chromosome microdissection , amplification by DOP-PCR and conducting comparative chromosome painting of W probe together with the 18S rDNA probe in some populations / species: C. gomesi of Rio Verde (PR), C. gomesi of Rio Grande (SP), C. gomesi of Ribeirão Minhoca (MG), C. lauroi of the Rio Grande (SP), C. zebra of Passa Cinco (SP). The conventional analysis of the populations of C. gomesi from rio Verde and ribeirão Minhoca, not yet described, showed the diploid number with 50 chromosomes and the presence of sex chromosome ZZ / ZW in advanced stages of differentiation. With the use of dual FISH, W and 18S rDNA probes, in populations of C. gomesi, C. lauroi and C. zebra was hypothesized a pathway of differentiation of sex chromosomes in the group. In this possible pathway, transposition / translocation of the NORs sites to proto sex chromosome was the first event this differentiation. Thereafter, the heterochromatization of other repetitive DNAs, not present in NORs site, acted on the alteration of the chromosomes Z and W morphologies. The heterochromatization of W chromosome wasintense in C. gomesi and C. alipioi species so the NOR siteswere again transposed to an autosomal condition. Was discussed also the biogeographic barriers help to differentiation of sex chromosomes in Characidium promoting reproductive isolation and speciation of the group. / O gênero Characidium apresenta alta variabilidade cariotípica no que diz respeito a origem e diversificação dos cromossomos sexuais, variação intra e interindividual de cromossomos B e localização e número de sítios de RONs. Variações populacionais na morfologia dos cromossomos sexuais Z e W propiciam excelente modelo de estudo de variação cromossômica associada a mecanismo em potencial para o isolamento reprodutivo. Neste estudo, foi obtida sonda do cromossomo sexual W de Characidium gomesi por microdissecção cromossômica posterior ao bandamento C, amplificação por DOP-PCR e realização de pintura cromossômica comparativa desta sonda W juntamente com o rDNA 18S em algumas populações/espécies do gênero: C. gomesi do rio Verde (PR), C. gomesi do rio Grande (SP), C. gomesi do ribeirão Minhoca (MG), C. lauroi do ribeirão Grande (SP), C. zebra do rio Passa Cinco (SP). A análise convencional das populações de C. gomesi do ribeirão Minhoca e rio Verde, ainda não descritas, demonstraram o número diplóide de 50 cromossomos e presença de cromossomos sexuais ZZ/ZW em estágio avançado de diferenciação. Com a utilização da dupla FISH sonda W e rDNA 18S nas populações de C. gomesi, C. lauroi e C. zebra foi possível hipotetizar uma via de diferenciação dos cromossomos sexuais no grupo. Nessa possível via, a transposição/translocação da RON para um proto cromossomo sexual foi um primeiro evento da diferenciação. Posteriormente, a heterocromatinização de outros DNAs repetitivos não presentes na RON atuou na alteração das morfologias dos cromossomos ZW. Nas espécies C. gomesi e C. alipioi a heterocromatinização do W é intensa, a RON sofreu nova transposição e é observada em condição autossômica. Ainda, foi discutido o isolamento biogeográfico e a diferenciação dos cromossomos sexuais em Characidium com eventos essenciais ao isolamento reprodutivo e especiação do grupo.
10

Amplifica??o, clonagem, superexpress?o e purifica??o da enzima citidina deaminase (Cdd, E.C.3.5.4.5) de Mycobacterium tuberculosis

Quitian, Zilpa Adriana S?nchez 23 March 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-14T14:50:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 410668.pdf: 610134 bytes, checksum: 96d58c78aa5915846ec6c97a8caffdcb (MD5) Previous issue date: 2009-03-23 / A tuberculose (TB) ? considerada uma amea?a ? sa?de p?blica mundial; segundo a Organiza??o Mundial da Sa?de, cerca de dois milh?es de pessoas morrem anualmente em conseq??ncia desta doen?a. Uma das caracter?sticas mais importantes do pat?geno causador da TB ? a sua capacidade de persistir nos tecidos do hospedeiro por um longo per?odo em um estado de lat?ncia, tamb?m conhecido como persist?ncia. A import?ncia do estado de lat?ncia ? sobreviv?ncia do bacilo tem sido um atrativo fator para o desenvolvimento de trabalhos que caracterizem com maior profundidade esta fase da infec??o por M. tuberculosis. O entendimento do modo de a??o e o papel das enzimas da rota de salvamento de pirimidinas em M. tuberculosis poderia revelar novos alvos para o desenho racional de agentes anti-TB potentes e seletivos capazes de, se poss?vel, prevenir a progress?o e a reativa??o da doen?a. A citidina deaminase (CDA, EC 3.5.4.5), uma enzima evolutivamente conservada da rota de salvamento das pirimidinas, catalisa a deaminacao hidrol?tica de citidina e 2'-desoxicitidina para formar uridina e 2'-desoxiuridina, respectivamente. O prov?vel gene da CDA (cdd, Rv3315c) de M. tuberculosis foi clonado, seq?enciado e expresso em c?lulas de Escherichia coli BL21(DE3). O protocolo de purifica??o da CDA recombinante de M. tuberculosis (MtCDA) produziu 35 mg de prote?na homog?nea a partir de 10 g de c?lulas. A an?lise de espectrometria de massas, seq?enciamento N-terminal e cromatografia por gel filtra??o confirmaram a massa molecular prevista, a identidade e o estado oligom?rico de MtCDA, que foi estimada em 52,99 kDA. Estes resultados e os de alinhamento m?ltiplo de seq??ncias sugere que MtCDA ? um homotetr?mero em solu??o. Medidas de cin?tica em estado estacion?rio da CDA geraram os seguintes par?metros: valores de KM e kcat de, respectivamente, 1004 uM e 4,8 s-1 para citidina, e 1059 uM e 3,5 s-1 para 2'- desoxicitidina. A depend?ncia dos valores de kcat e kcat/KM em fun??o do pH para citidina indicam que a protona??o de um ?nico grupo ioniz?vel com valor de pKa de 4,3 elimina a atividade, e a protona??o de um grupo com pKa de 4,7 reduz a liga??o ao substrato. Foram obtidos cristais de CDA utilizando o m?todo de difus?o de vapor em gota pendente. A demonstra??o de que o locus Rv3315c codifica uma prote?na com atividade CDA em M. tuberculosis ? o primeiro passo para entender o papel do produto deste gene e dever? ajudar no desenho de agentes anti-TB e vacinas.

Page generated in 0.0807 seconds