• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 14
  • Tagged with
  • 14
  • 14
  • 14
  • 13
  • 11
  • 10
  • 10
  • 9
  • 9
  • 9
  • 9
  • 8
  • 7
  • 7
  • 6
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Dinâmicas territoriais e interações espaciais: o circuito espacial produtivo da avicultura de corte no município de Pocinhos-PB

Buriti, Maria Marta dos Santos 26 August 2016 (has links)
Submitted by Leonardo Cavalcante (leo.ocavalcante@gmail.com) on 2018-05-08T11:07:32Z No. of bitstreams: 1 Arquivototal.pdf: 2259414 bytes, checksum: 7933670168794ed23b7c865ab45259b9 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-05-08T11:07:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Arquivototal.pdf: 2259414 bytes, checksum: 7933670168794ed23b7c865ab45259b9 (MD5) Previous issue date: 2016-08-26 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES / Given the technical, political, economic and social which began to rationalize the geographical space in the globalization period, the feature of the territory is indicative of the progress of the capitalist mode of production in the different directions of space and the various local scenes. At the moment of our history, the geographical dissociation of production as a strategy for better flow of production processes clarified the concepts of productive spatial circuit and cooperation circles as fundamental theoretical and analytical tools for understanding the movement of economic activities in space and its developments in the organization, regulation and uses of the territory. In accordance with this thinking, this study points to a reading of the territorial dynamics of productive spatial circuit of poultry making in the municipality of Pocinhos-PB, from the action of two forces that, at different times, were made hegemonic. These forces, Azeven company and Agrobusiness Cialne in the light of competitive, organizational and individual technical factors were responsible for creating spatial interactions and distinct territorial dynamics in the productive space circuit of poultry making, which reverberated directly in the territory uses. Given this context, the objective of the research is to understand the spatial interactions and territorial dynamics in the productive space circuit court of poultry and its consequences in the territory of uses in Pocinhos-PB. The study revealed that, under the hegemony of Azeven action in the productive spatial circuit, the spatial interactions and territorial dynamics were designed from relational plots on a small scale, which reflected the accommodation of the competing demands on a forced circulation space inside the state of Paraiba. Already, under the hegemony of Cialne action in the productive spatial circuit of poultry making, the expansion of productive contexts and the expansion of flow spaces corroborated for the establishment of spatial interactions and more complex territorial dynamics that reached the complementarity levels necessary for the operation of the production circuit on a regional scale. Keywords: Spatial Productive Circuit, Poultry Production, Territory, Spatial Interactions. / Diante da ordem técnica, política, econômica e social que passou a racionalizar o espaço geográfico no período de globalização, a feição do território é indicativa dos avanços do modo de produção capitalista nas diferentes direções do espaço e nas diversas cenas territoriais. No atual momento de nossa história, a dissociação geográfica da produção como estratégia para melhor fluir os processos produtivos clarificou os conceitos de circuito espacial produtivo e de círculos de cooperação como instrumentos teórico-analíticos fundamentais para o entendimento do movimento das atividades econômicas no espaço e dos seus desdobramentos na organização, na regulação e nos usos do território. Em conformidade com esse pensamento, o presente trabalho aponta para uma leitura da dinâmica territorial do circuito espacial produtivo da avicultura de corte no município de Pocinhos-PB, a partir da ação de duas forças que, em períodos diferentes, fizeram-se hegemônicas. Essas forças, a empresa Azeven e a Agroindústria Cialne, à luz de fatores competitivos, organizacionais e técnicos particulares, foram responsáveis por criar interações espaciais e dinâmicas territoriais distintas no circuito espacial produtivo da avicultura de corte, que repercutiram diretamente nos usos do território. Considerando esse quadro, o objetivo da pesquisa consiste em compreender as interações espaciais e as dinâmicas territoriais no circuito espacial produtivo da avicultura de corte e os seus desdobramentos nos usos do território em Pocinhos-PB. O estudo revelou que, sob a ação hegemônica da Azeven no circuito espacial produtivo, as interações espaciais e as dinâmicas territoriais se projetaram a partir de tramas relacionais em pequena escala, o que refletiu a acomodação das demandas competitivas em um espaço de circulação constrangido no interior do estado da Paraíba. Já sob a ação hegemônica da Cialne no circuito espacial produtivo da avicultura de corte, o alargamento dos contextos produtivos e a expansão do espaço dos fluxos corroboraram para o estabelecimento de interações espaciais e dinâmicas territoriais mais complexas, que alcançam na escala regional os níveis de complementaridade necessários ao funcionamento do circuito produtivo. Palavras-chave: Circuito espacial produtivo, avicultura de corte, território, interações espaciais.
2

O circuito espacial produtivo e a topologia dos equipamentos de radiologia e diagnóstico por imagem no território brasileiro / The productive spatial circuit and topology of radiology and diagnostic imaging devices in Brazil

Fernando Diório Alves dos Santos 02 February 2016 (has links)
A economia da saúde, composta pela demanda social de bens e serviços, pela formação de profissionais, por indústrias de alta tecnologia e por produção e consumo de insumos e medicamentos, pode ser entendida por meio dos conceitos de circuito espacial produtivo e círculos de cooperação no espaço, assim como pelo de complexo industrial da saúde. Essa economia desenvolveu-se na relação entre serviços públicos e privados, tendo o Estado como mediador, para corrigir as assimetrias das estratégias de mercado. Estudando suas principais periodizações e o processo brasileiro de industrialização, esta pesquisa sistematiza informações que explicitam a vertente espacial da produção de equipamentos para radiologia e diagnóstico por imagem, que se caracteriza pela profunda interação entre ciência e técnica sob a égide do sistema capitalista de produção e que logram tornar-se globais, e discute a tipologia e a topologia dos equipamentos avaliados, refletindo sobre sua distribuição desigual no território, o que acaba reforçando as contradições socioeconômicas já existentes. Assim, esse período técnico-científico-informacional assiste à permanente introdução de novos objetos técnicos, conformando uma tecnosfera e uma psicosfera que orientam a racionalidade, a irracionalidade e a contrarracionalidade no território e nas práticas médicas contemporâneas. / Health economics, formed by the social demand for goods and services, specific professional education, high technology industries, the production and consumption of medicines and intermediary goods, can be understood through the concepts of productive spatial circuits, circles of cooperation in space and the health industry complex. It has been developed through the relations between public and private services, having the State as mediator to rebalance the asymmetric market strategies. Stressing its most important periods and to the brazilian industrialization process, this research intents to undertake: systematically address data regarding the spatial perspective on the production of radiology and diagnostic imaging devices for medical uses, which is deeply involved with the interaction between science and technique under the auspices of the capitalist system of production, thanks to whom it became global; the characteristics and the topology of the devices studied, reflecting the uneven distribution of these devices in the use the brazilian territory, which end up to reinforce the existing socioeconomic contradictions. This period, technical, scientific and informational, thus, witness the constant addition of technical objects, creating a tecnosphere and a psychosphere that conducts the rationality, counter-rationality in brazilian territory and the contemporary medical practice.
3

Refuncionalização espaciais das estruturas de saúde na cidade de São Paulo: a implementação do paradigma tecnológico da medicina no Hospital das Clínicas (FMUSP) e no Hospital São Paulo (EPM-Unifesp) / Space refunctionalization of health facilities in the city of São Paulo: the implementation of the technological paradigm of medicine at the Clínicas Hospital (FMUSP) and São Paulo Hospital (EPM-Unifesp)

Tatiana dos Santos Thomaz 10 February 2017 (has links)
Na incessante transformação da cidade, incorporaram-se novos objetos e sistemas técnicos que refletem a lógica hegemônica contemporânea e, com isso, os velhos objetos e sistemas técnicos foram submetidos a refuncionalizações com o objetivo de se adequar a essa nova lógica do sistema produtivo. E a medicina não escapa a essa lógica, já que foi com o desenvolvimento da técnica atrelada ao conhecimento científico que o paciente passou a ser visto de forma cada vez mais artificializada, abrindo-se novas possibilidades de intervenção no doente. Logo, os hospitais passaram a se situar no centro do exercício dessa medicina, convertendo-se em atividade econômica, lugar de consumo de serviços de saúde, inseridos na lógica urbana, promovendo constantes mudanças nos padrões tecnológicos que levam a grandes impactos na transformação da cidade. É na cidade de São Paulo que avanços e inovações científicas e tecnológicas encontram importante campo para sua aplicação, devido à existência de um complexo médico-hospitalar (hospitais, centro de atendimento básico e especializado, laboratórios, centros de diagnóstico, consultórios etc.) amplo e diversificado, com hospitais e serviços de alta complexidade e com certificações de excelência englobando a rede privada e a conveniada pelo Sistema Único de Saúde (SUS), com pesquisa e formação de profissionais especializados, tornando-se centro de referência no Brasil. Enquadram-se nesse cenário o Hospital das Clínicas (FMUSP) e o Hospital São Paulo (EPM-Unifesp), classificados como hospitais de alta complexidade, com ensino e pesquisa médico-científica. / Throughout the ceaseless transformations the city of São Paulo went through, new objects and technical systems were constantly incorporated in the citys geographical space, reflecting the current hegemonic logic and, thus, old objects and technical systems became subordinated to renewed functions whose goals are to adapt to the constantly renewed logic of the production system. Meanwhile, medical practice and knowledge do not bypass this logic given that their development is entangled with scientific knowledge, ultimately resulting in an artificialized gaze in patient care. In this context, hospitals became the center of modern medicine, transforming itself in a specific economic activity and the place of health services consumption, furthermore they became a part of this urban logic, putting forward a set of technological changes that led to further impact in the city. Therefore, is in the city of São Paulo that technological changes and scientific innovations are mainly applied due to the presence of large medical care complexes (hospitals, health care centers, laboratories, clinics and etc.) with high complexity facilities that overarches the private and public sectors of healthcare, along with research and development in health care an the formation of specialized professionals, making the city a reference of health care in Brazil. In this context the Clínicas Hospital (FMUSP) and the São Paulo Hospital (EPM-Unifesp) are classified as high complexity hospitals equipped with school hospitals and medical research and development.
4

O circuito espacial produtivo da vacina no território brasileiro e a pandemia Influenza A H1N1 / The productive spatial circuits of vaccine in Brazil and the pandemic Influenza A H1N1

Mait Bertollo 02 December 2013 (has links)
O aprofundamento da especialização produtiva em cada porção do espaço geográfico e a integração territorial de todo o sistema econômico, produtos do capitalismo contemporâneo, traz a possibilidade da unificação de setores industriais mediante o uso de redes de transporte, comercialização e acesso instantâneo a informações. Sob esse aspecto, discutiu-se o circuito espacial produtivo das vacinas no Brasil e seus respectivos círculos de cooperação; especificamente, a indústria de base química e biotecnológica produtoras e dispersoras dos vários tipos de vacinas para uso humano, cuja concepção, pesquisa, produção, comercialização e distribuição são realizadas por vários tipos de instituições: públicas, privadas, organizações não governamentais, Estados e instituições como a Organização Mundial da Saúde (parte dos sistemas da Organização dos Estados Americanos e da Organização das Nações Unidas) e, de acordo com as peculiaridades de cada agente, cada qual foi responsável pela elaboração de normas e políticas que precederam as técnicas e a organização do circuito espacial produtivo. A vacina contra a Influenza A H1N1 foi escolhida para problematizar e aprofundar a análise da dinâmica do circuito espacial produtivo, por ser um evento inédito no que tange a sua concepção e ação de vacinação global para combater a primeira pandemia do século XXI. / The current corporate capitalism bases the deepening production specialization in each portion of geographical space and territorial integration of the entire economic system. Then there is the concrete possibility of unification of industrial sectors, through the use of transport networks, commercialization networks and access to information instantly. According to this dynamic, we present this research results on fixed health vaccine producers in Brazil and around the globe, more specifically the basic chemical and biotechnology industry producers and dispersers of several and distinct types of vaccines, setting real productive spatial circuits of this product with their circles of cooperation consisting of public and private institutions.
5

O circuito espacial produtivo e a topologia dos equipamentos de radiologia e diagnóstico por imagem no território brasileiro / The productive spatial circuit and topology of radiology and diagnostic imaging devices in Brazil

Santos, Fernando Diório Alves dos 02 February 2016 (has links)
A economia da saúde, composta pela demanda social de bens e serviços, pela formação de profissionais, por indústrias de alta tecnologia e por produção e consumo de insumos e medicamentos, pode ser entendida por meio dos conceitos de circuito espacial produtivo e círculos de cooperação no espaço, assim como pelo de complexo industrial da saúde. Essa economia desenvolveu-se na relação entre serviços públicos e privados, tendo o Estado como mediador, para corrigir as assimetrias das estratégias de mercado. Estudando suas principais periodizações e o processo brasileiro de industrialização, esta pesquisa sistematiza informações que explicitam a vertente espacial da produção de equipamentos para radiologia e diagnóstico por imagem, que se caracteriza pela profunda interação entre ciência e técnica sob a égide do sistema capitalista de produção e que logram tornar-se globais, e discute a tipologia e a topologia dos equipamentos avaliados, refletindo sobre sua distribuição desigual no território, o que acaba reforçando as contradições socioeconômicas já existentes. Assim, esse período técnico-científico-informacional assiste à permanente introdução de novos objetos técnicos, conformando uma tecnosfera e uma psicosfera que orientam a racionalidade, a irracionalidade e a contrarracionalidade no território e nas práticas médicas contemporâneas. / Health economics, formed by the social demand for goods and services, specific professional education, high technology industries, the production and consumption of medicines and intermediary goods, can be understood through the concepts of productive spatial circuits, circles of cooperation in space and the health industry complex. It has been developed through the relations between public and private services, having the State as mediator to rebalance the asymmetric market strategies. Stressing its most important periods and to the brazilian industrialization process, this research intents to undertake: systematically address data regarding the spatial perspective on the production of radiology and diagnostic imaging devices for medical uses, which is deeply involved with the interaction between science and technique under the auspices of the capitalist system of production, thanks to whom it became global; the characteristics and the topology of the devices studied, reflecting the uneven distribution of these devices in the use the brazilian territory, which end up to reinforce the existing socioeconomic contradictions. This period, technical, scientific and informational, thus, witness the constant addition of technical objects, creating a tecnosphere and a psychosphere that conducts the rationality, counter-rationality in brazilian territory and the contemporary medical practice.
6

O circuito espacial produtivo da vacina no território brasileiro e a pandemia Influenza A H1N1 / The productive spatial circuits of vaccine in Brazil and the pandemic Influenza A H1N1

Bertollo, Mait 02 December 2013 (has links)
O aprofundamento da especialização produtiva em cada porção do espaço geográfico e a integração territorial de todo o sistema econômico, produtos do capitalismo contemporâneo, traz a possibilidade da unificação de setores industriais mediante o uso de redes de transporte, comercialização e acesso instantâneo a informações. Sob esse aspecto, discutiu-se o circuito espacial produtivo das vacinas no Brasil e seus respectivos círculos de cooperação; especificamente, a indústria de base química e biotecnológica produtoras e dispersoras dos vários tipos de vacinas para uso humano, cuja concepção, pesquisa, produção, comercialização e distribuição são realizadas por vários tipos de instituições: públicas, privadas, organizações não governamentais, Estados e instituições como a Organização Mundial da Saúde (parte dos sistemas da Organização dos Estados Americanos e da Organização das Nações Unidas) e, de acordo com as peculiaridades de cada agente, cada qual foi responsável pela elaboração de normas e políticas que precederam as técnicas e a organização do circuito espacial produtivo. A vacina contra a Influenza A H1N1 foi escolhida para problematizar e aprofundar a análise da dinâmica do circuito espacial produtivo, por ser um evento inédito no que tange a sua concepção e ação de vacinação global para combater a primeira pandemia do século XXI. / The current corporate capitalism bases the deepening production specialization in each portion of geographical space and territorial integration of the entire economic system. Then there is the concrete possibility of unification of industrial sectors, through the use of transport networks, commercialization networks and access to information instantly. According to this dynamic, we present this research results on fixed health vaccine producers in Brazil and around the globe, more specifically the basic chemical and biotechnology industry producers and dispersers of several and distinct types of vaccines, setting real productive spatial circuits of this product with their circles of cooperation consisting of public and private institutions.
7

Refuncionalização espaciais das estruturas de saúde na cidade de São Paulo: a implementação do paradigma tecnológico da medicina no Hospital das Clínicas (FMUSP) e no Hospital São Paulo (EPM-Unifesp) / Space refunctionalization of health facilities in the city of São Paulo: the implementation of the technological paradigm of medicine at the Clínicas Hospital (FMUSP) and São Paulo Hospital (EPM-Unifesp)

Thomaz, Tatiana dos Santos 10 February 2017 (has links)
Na incessante transformação da cidade, incorporaram-se novos objetos e sistemas técnicos que refletem a lógica hegemônica contemporânea e, com isso, os velhos objetos e sistemas técnicos foram submetidos a refuncionalizações com o objetivo de se adequar a essa nova lógica do sistema produtivo. E a medicina não escapa a essa lógica, já que foi com o desenvolvimento da técnica atrelada ao conhecimento científico que o paciente passou a ser visto de forma cada vez mais artificializada, abrindo-se novas possibilidades de intervenção no doente. Logo, os hospitais passaram a se situar no centro do exercício dessa medicina, convertendo-se em atividade econômica, lugar de consumo de serviços de saúde, inseridos na lógica urbana, promovendo constantes mudanças nos padrões tecnológicos que levam a grandes impactos na transformação da cidade. É na cidade de São Paulo que avanços e inovações científicas e tecnológicas encontram importante campo para sua aplicação, devido à existência de um complexo médico-hospitalar (hospitais, centro de atendimento básico e especializado, laboratórios, centros de diagnóstico, consultórios etc.) amplo e diversificado, com hospitais e serviços de alta complexidade e com certificações de excelência englobando a rede privada e a conveniada pelo Sistema Único de Saúde (SUS), com pesquisa e formação de profissionais especializados, tornando-se centro de referência no Brasil. Enquadram-se nesse cenário o Hospital das Clínicas (FMUSP) e o Hospital São Paulo (EPM-Unifesp), classificados como hospitais de alta complexidade, com ensino e pesquisa médico-científica. / Throughout the ceaseless transformations the city of São Paulo went through, new objects and technical systems were constantly incorporated in the citys geographical space, reflecting the current hegemonic logic and, thus, old objects and technical systems became subordinated to renewed functions whose goals are to adapt to the constantly renewed logic of the production system. Meanwhile, medical practice and knowledge do not bypass this logic given that their development is entangled with scientific knowledge, ultimately resulting in an artificialized gaze in patient care. In this context, hospitals became the center of modern medicine, transforming itself in a specific economic activity and the place of health services consumption, furthermore they became a part of this urban logic, putting forward a set of technological changes that led to further impact in the city. Therefore, is in the city of São Paulo that technological changes and scientific innovations are mainly applied due to the presence of large medical care complexes (hospitals, health care centers, laboratories, clinics and etc.) with high complexity facilities that overarches the private and public sectors of healthcare, along with research and development in health care an the formation of specialized professionals, making the city a reference of health care in Brazil. In this context the Clínicas Hospital (FMUSP) and the São Paulo Hospital (EPM-Unifesp) are classified as high complexity hospitals equipped with school hospitals and medical research and development.
8

Circuito espacial produtivo e círculos de cooperação no espaço do setor microcervejeiro no estado de São Paulo : uma proposta de estudo do processo de distribuição das cervejas especiais e artesanais /

Rosalin, João Paulo. January 2019 (has links)
Orientador: Fabricio Gallo / Resumo: Nos últimos anos, o setor cervejeiro brasileiro passou por diversas mudanças e o crescente interesse da população pela cerveja trouxe ao Brasil diversos investidores estrangeiros e abriu as portas para que pequenos produtores pudessem trazer a público o seu produto diferenciado. As chamadas “cervejas especiais”, que contam com características exclusivas tais como cor, aromas e sabores diferenciados, passaram a ser apreciadas pelo brasileiro e hoje correspondem a 1% do consumo nacional. O número de microcervejarias registradas em órgãos oficiais passa de poucas dezenas nos anos 2000 para aproximadamente 700 em 2018. Além disso, diversos eventos e feiras são realizados anualmente no intuito de aproximar o produto do consumidor e atrair cada vez mais pessoas ao mercado. Pode-se apontar que no setor cervejeiro um rearranjo no circuito espacial da produção e um novo círculo de cooperação no espaço vem se articulando no território brasileiro, já que todo um conjunto de novas microcervejarias vem se instalando em distintas partes do território nacional, sobretudo no estado de São Paulo. Sob a ótica produtiva, este fato acarreta todo um novo sistema logístico de distribuição dos pequenos lotes produzidos, já que para os pequenos produtores (microcervejarias ou artesanais independentes) o custo do frete passa a ser um elemento imperativo na distribuição da bebida em maior escala. / Abstract: In recent years, the Brazilian brewery has undergone several changes and the population's growing interest in beer has brought to Brazil several foreign investors and opened the door for small producers to bring their differentiated product to the public. The so-called "special beers", which have exclusive characteristics such as color, aromas and different flavors, are now appreciated by the Brazilian and today correspond to 1% of national consumption. The number of microbreweries registered in official bodies goes from a few dozen in the years 2000 to approximately 700 in 2018. In addition, several events and fairs are held annually in order to bring the product closer to the consumer and attract more and more people to the market. It can be pointed out that in the brewing sector a rearrangement in the spatial circuit of production and a new circle of cooperation in space has been articulated in the Brazilian territory, since a whole set of new microbreweries has been installed in different parts of the national territory, state of São Paulo. From the productive point of view, this fact entails a whole new logistic system of distribution of the small lots produced, since for the small producers (microbreweries or independent artisans) the cost of freight becomes an imperative element in the distribution of the drink on a larger scale. / Mestre
9

Usos do território e agentes do setor sucroenergético : a relação entre a COPLACANA e a empresa Raízen na organização da produção canavieira na região de Piracicaba - SP. /

Gadotti, Amanda. January 2019 (has links)
Orientador: Fabrício Gallo / Resumo: O cooperativismo pode ser considerado uma forma de organização da sociedade, tendo em seus objetivos elementos sociais e econômicos. Em Piracicaba-SP, os plantadores de canas da região estão organizados na Cooperativa dos Plantadores de Cana do Estado de São Paulo – COPLACANA desde 1948, com a característica de ser composta, em sua maioria, por pequenos e médios produtores. No município de Piracicaba, além de ter a presença de uma representante do cooperativismo em seu território (sede matriz da Coplacana), desde 2011 passou a possuir a presença de um grande grupo empresarial, cujos fins não versam, exatamente, com os do cooperativismo: a Raízen. Assim, o território piracicabano especializado no setor sucroenergético, sendo este setor muito importante para a economia local, buscou-se analisar a relação entre dois agentes do uso do território que atuam em um mesmo setor econômico, mas que buscam atingir diferentes objetivos. Para isso, utilizou-se os conceitos de circuito espacial produtivo (relações produtivas materiais) e ao círculo de cooperação no espaço (relações imateriais), que estão representados e presentes, constantemente, no território, e que tais ações e objetos influenciam diretamente na configuração territorial, nas relações dos agentes, e consequentemente, são carregadas de estratégias. Desta forma, buscou-se encontrar as táticas que integram a relação COPLACANA e Raízen, sendo, o principal agente desta integração o produtor de cana-de-açúcar (fornecedores/coope... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Cooperativism can be considered a form of organization of society, having in its objectives social and economic elements. In Piracicaba-SP, sugarcane growers in the region are organized in the Cooperative of Sugarcane Planters of the State of São Paulo - COPLACANA since 1948, with the characteristic of being composed mostly of small and medium producers. In the city of Piracicaba, in addition to having the presence of a cooperative representative in its territory (Coplacana headquarters), since 2011 it has had the presence of a large business group, whose purposes are not exactly those of cooperativism: to Raízen. Thus, the Piracicaban territory specialized in the sugar-energy sector, being this sector very important for the local economy, sought to analyze the relationship between two agents of land use that operate in the same economic sector, but that seek to achieve different objectives. For this, we used the concepts of productive space circuit (material productive relations) and the circle of cooperation in space (immaterial relations), which are constantly represented and present in the territory, and that such actions and objects directly influence the configuration. in the relations of the agents, and consequently, are loaded with strategies. Thus, we sought to find the tactics that integrate the relationship COPLACANA and Raízen, being the main agent of this integration the sugarcane producer (suppliers / cooperatives / cultivars) and its territorial organization. / Mestre
10

O circuito espacial produtivo e os c?rculos de coopera??o da carcinicultura do Rio Grande do Norte

Morais, Dalyson Luiz Araujo de 27 March 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2015-03-13T17:10:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DalysonLAM_DISSERT.pdf: 6797728 bytes, checksum: 2a2e0c83256e7715884d34dce709225b (MD5) Previous issue date: 2013-03-27 / Coordena??o de Aperfei?oamento de Pessoal de N?vel Superior / Suponiendo que la din?mica territorial del per?odo hist?rico actual se caracteriza por la nueva divisi?n territorial del trabajo, por la especializaci?n regional productiva y por la racionalidad que preside el movimiento de las mercanc?as y de la informaci?n, la teor?a de los circuitos espaciales de producci?n se convierte fundamental para la comprensi?n de la organizaci?n, regulaci?n y del uso de territorios por las actividades productivas. As?, teniendo en cuenta este supuesto y aplicando esta teor?a para analizar el ?rea de la producci?n de camar?n en el estado de Rio Grande do Norte, se llega a comprender la din?mica del territorio Potiguar. Por lo tanto, en nuestro trabajo pretendemos entender el movimiento, la secuencia de los casos que geogr?ficos que separan la producci?n, distribuci?n, intercambio y consumo de camar?n Potiguar, en este momento, sobre todo a partir de la d?cada de 1990, sucede la expansi?n del cultivo de camar?n en la costa norte Riograndense. La investigaci?n ha demostrado que a pesar de la presencia de un gran n?mero de agentes en la actividad, hay un control y una concentraci?n del circuito en las manos de grandes empresas. Este control se pasa por el reducido n?mero de agentes de venta de larvas, alimentaci?n, maquinaria e insumos. Y con respecto a la concentraci?n, esto ocurre sobre todo en la etapa de producci?n en las haciendas de engorde. En este caso, podemos decir que hay un predominio de los peque?os productores en n?meros absolutos en el cultivo de camar?n potiguar, ya que gran parte de los emprendimientos tienen dimensiones inferiores a 10 ha. Sin embargo, cuando analizamos las empresas de gran escala, ?stos, a pesar de representar un porcentaje menor del total, concentran casi la mitad de las ?reas cultivadas, adem?s de tener en el control de gran parte del movimiento establecido por el circuito espacial productivo de la producci?n de camar?n. As?, aparecen en el circuito espacial productivo de la producci?n de camar?n de Rio Grande do Norte, las diferencias cualitativas de los usos del territorio entre los agentes que participan de este circuito. Porque un n?mero limitado de agentes tienen las mayores ?reas productivas, son dotados de un mayor nivel de tecnificaci?n y tienen, hasta cierto punto, el control del movimiento de su producto, mientras que, eso no se reproducen por otros agentes, especialmente aquellos dedicados a la producci?n, efectiva, en las haciendas de engorde / Partindo do pressuposto de que ? din?mica territorial do per?odo hist?rico atual ? caracterizada pela nova divis?o territorial do trabalho, pela especializa??o regional produtiva e por uma racionalidade que preside o movimento das mercadorias e da informa??o, a teoria dos circuitos espaciais de produ??o torna-se fundamental para o entendimento da organiza??o, da regula??o e do uso dos territ?rios por atividades produtivas. Assim, considerando esse pressuposto e aplicando essa teoria para analisar a ?rea de produ??o do camar?o no estado do Rio Grande do Norte, chega-se a compreens?o da din?mica do territ?rio potiguar. Dessa forma, objetivamos em nosso trabalho, compreender a circula??o, o encadeamento das inst?ncias geogr?ficas que separam a produ??o, distribui??o, troca e consumo do camar?o potiguar, no momento em que, especialmente, a partir da d?cada de 1990, ocorre a expans?o da carcinicultura no litoral Norte-Riograndense. A pesquisa mostrou que apesar da presen?a de um grande n?mero de agentes na atividade, h? um controle e uma concentra??o do circuito nas m?os de grandes empresas. Esse controle d?-se pelo n?mero reduzido de agentes que comercializam larvas, ra??o, maquinas e insumos. E no tocante ? concentra??o, isso se d?, principalmente, na etapa da produ??o propriamente dita desenvolvida nas fazendas de engorda. Nesse caso, podemos afirmar que, h? uma predomin?ncia dos pequenos produtores em n?meros absolutos na carcinicultura potiguar, j? que boa parte possui empreendimentos de dimens?es menores que 10 ha. Entretanto, quando analisados os empreendimentos de grande porte, estes, apesar de representarem uma porcentagem menor do total, concentram quase que a metade das ?reas cultivadas, al?m de controlarem boa parte da circula??o estabelecida pelo circuito espacial produtivo da carcinicultura. Assim, evidenciam-se no circuito espacial produtivo da carcinicultura no Rio Grande do Norte, diferen?as qualitativas dos usos do territ?rio entre os agentes participantes desse circuito. Pois um n?mero restrito de agentes det?m maiores ?reas produtivas, s?o dotados de um maior n?vel de tecnifica??o e possuem, em certa medida, o controle da circula??o do seu produto, enquanto que, isso n?o se reproduz para os demais agentes, principalmente, aqueles dedicados a produ??o propriamente dita nas fazendas de engorda

Page generated in 0.1418 seconds