• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 283
  • 7
  • Tagged with
  • 290
  • 87
  • 77
  • 61
  • 48
  • 46
  • 37
  • 33
  • 33
  • 33
  • 31
  • 31
  • 29
  • 29
  • 29
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Os mecanismos do poder e a consciência moral

Mendes, Germano Gimenez 2014 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Filosofia, Florianópolis, 2014. A presente pesquisa trata da fundamentação da moralidade em Locke. Procuramos mostrar como é possível interpretá-lo de maneira sistemática, articulando as três leis fundamentais da moralidade (a lei natural, a lei de reputação, e a lei civil),contra o que é sugerido pela literatura secundária (Jorge Filho, Bobbio, Macpherson, Laslett, por exemplo), na qual comumente se sustenta a tese de que são leis incompatíveis de fundamentação da moralidade, não coordenadas em um sistema coerente.
Abstract : The present research treats of the grounding of morality in Locke. It`s intended to show how is possible construe his philosophy in a systematic way, in articulating the three main moral laws (the natural law, the law of opinion, and the civil law), against a common place of the secondary literature (Jorge Filho, Macpherson, Laslett, for example), in which the thesis that affirms them as incompatible grounding laws of morality is commonly maintained, not coordinated in a consistent system.
2

Análise do contexto escolar de alunos que apresentam condutas típicas

Dias, Sabrina Alves. 2012 (has links)
Orientador: Maria de Lourdes Morales Horiguela Banca: Sandra Regina Gimeniz Paschoal Banca: Carmem Lúcia Dias Resumo: Os alunos que apresentam Condutas Típicas podem vivenciar situações de muitos conflitos para se adaptarem aos contextos familiar, escolar e comunitário que tendem a prejudicar suas relações e, mais fortemente, o seu processo de ensino e aprendizagem. No ambiente escolar, constantemente vivenciam situações de fracasso e ocasionam grande angústia em seus professores, especialmente, no que se refere ao manejo do comportamento inadequado. O presente estudo teve por objetivo geral analisar o contexto escolar de três alunos que apresentam Condutas Típicas, regularmente matriculados nas séries iniciais do Ensino Fundamental e oferecer subsídios adequados para o contexto escolar. Os objetivos específicos foram: caracterizar as informações que a direção de cada escola possuía dos alunos com Condutas Típicas; analisar quantitativamente as estratégias que os professores utilizaram para viabilizar e acompanhar esses alunos, tendo como prioridade a apresentação de conteúdos curriculares, alternativas de resolução de problemas comportamentais e formas de comunicação utilizadas na sala de aula entre os professores e alunos com Condutas Típicas; caracterizar as professoras participantes baseando-se nos conceitos e conhecimento sobre o aluno e elaborar uma orientação específica para cada escola participante, elencando as estratégias adequadas para o ensino e aprendizagem destes alunos. O estudo foi realizado em três escolas do ensino fundamental que possuíam crianças com Condutas Típicas inseridas em classes regular das séries iniciais. Participaram deste estudo três diretoras com mais de cinco anos de experiência na função, três professoras que lecionam no Ensino Fundamental há mais de dois anos e três alunos com Condutas Típicas, com idades entre 8 e 10 anos, inseridos em classes regulares... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) Abstract: Students who have Conducts Typical situations can experience many conflicts to fit in family contexts, school and community that tend to harm their relationships and more strongly the process of teaching and learning. In the school environment constantly experiencing situations of failure and cause great distress in their teachers especially with regard to the management of inappropriate behavior. The present study aimed at exploring the context of three school students presenting Typical Conduit, enrolled in the initial series of Teaching fundamental. The specific objectives were to characterize the information that the direction of each school had students with Conduit, analyze quantitatively the strategies the teachers used to facilitate and monitor these students, prioritizing the presentation of curriculum content, resolution alternatives behavioral problems and forms of communication used in the classroom between teachers and students with Conduit Typical characterize the participating teachers based on the concepts and knowledge of the student and develop specific guidance for each participating school, listing appropriate strategies for teaching and learning of these students. The study was conducted in three elementary schools that had children with Conduit Typical inserted into regular classes of the initial series. The study included three principals, three teachers of elementary school and three students with Conduit Typical, aged 8 and 10 years entered in regular classes. The data were collected through structured interview, classroom observations and literature review. Data analysis occurred both quantitatively and qualitatively. The results showed a lack of specific knowledge about the topic, low use of appropriate strategies for these students, and an isolated work that is not in school with guidance, support and resources specific... (Complete abstract click electronic access below) Mestre
3

Desvios de conduta da administração pública.

Castro, Celso Luiz Braga de 2000 (has links)
No description available.
4

Monitoramento eletrônico de conduta: uma alternativa constitucional e eficaz à pena privativa de liberdade no Estado Democrático de Direito

Tourinho, Luciano de Oliveira Souza 2012 (has links)
196 p.: il. O histórico do Direito Penal foi construído por barbaridades em nome da legalidade, considerada como sinônimo de justiça por longos anos. Assim, passou-se da lei severa que autorizava os suplícios e as torturas à privação da liberdade, objeto do clamor Iluminista. Apesar de ser pena recente na história desse subsistema jurídico, o cárcere se apresenta como alternativa falida ao programa punitivo, devendo ser paulatinamente atenuado e substituído quando do cometimento de ilícitos de menor potencial ofensivo. Essa necessidade é consubstanciada na garantia de realização dos fins principais da ciência da ultima ratio, bem como na proteção dos direitos constitucionalmente previstos, erigidos à condição de normas-princípios, como a dignidade da pessoa humana, fundamental à existência do Estado Democrático de Direito, a liberdade, a privacidade, a intervenção mínima do Direito Penal, a individualização e limitação das penas, dentre outros. O avanço tecnológico que descortinou o Século XXI às Ciências Criminais apresenta o monitoramento eletrônico de condutas como nova alternativa ao sistema punitivo, sendo tema de muitas discussões entre os mais respeitados teóricos da Ciência Jurídica. Nesse sentido, projetos de leis estaduais e federais nasceram, tornando-se parturientes de uma inovação que deverá ser implementada em todo o País nos próximos anos, e suscitando calorosas discussões sobre a sua constitucionalidade e eficácia da tecnologia de controle eletrônico, a partir da análise da Norma Suprema, dos resultados práticos previstos e das experiências em outras nações. O trabalho desenvolvido foi monográfico, em sua forma, com o emprego da metodologia bibliográfica e documental. A proposta de pesquisa adotada foi exploratória. Foi realizada uma abordagem histórica e comparativa da implementação do sistema de monitoramento de conduta em diversos países, elucidando as vantagens e desvantagens de tal sistema, utilizando-se, para tanto, do método crítico quando do estudo dos diversos desenvolvimentos teóricos sobre este sistema.
5

Meninas na escola: (im)possibilidades para (des)construções mediadas pelas relações de gênero

Castanheira, Marina Aparecida Marques 2014 (has links)
Os estudos sobre gênero ganham cada vez mais espaço nas pesquisas em educação. Assim sendo me dediquei a problematizar as relações de gênero, estreitamente vinculadas às relações de poder e articulei-as às (im)possibilidades experienciadas pelos sujeitos inseridos na escola, sobretudo, às experiências de meninas. A pesquisa foi realizada numa escola pública de uma cidade do Sul de Minas Gerais. Considerando que as meninas, desde a tenra idade, na maioria das vezes, são educadas de forma a se comportarem de acordo com os discursos, as normalizações e as imposições de gênero que tendem a incentivá-las à docilidade e à passividade, percebemos também algumas estratégias, (im)previstos, (im)prováveis, enfim, algumas resistências vivenciadas por elas, em seus espaços de convivência. Na presente pesquisa, embasando-me no referencial pós-estruturalista, problematizo os enunciados, ditos e não-ditos pelas próprias meninas, pelos/as seus/suas professores/as, por uma funcionária e por dois bolsistas, que participaram do grupo focal e das entrevistas propostas. A partir das problematizações realizadas, foi possível perceber a necessidade em (des)construir discursos, que dicotomizam e impõem comportamentos, mas também as múltiplas (im)possibilidades decorrentes das relações que envolvem o cenário escolar e os seus sujeitos. Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Educação, área de concentração em Formação de Professores, para a obtenção do título de Mestre.
6

O conceito de máxima e a sua relação com a lei moral kantiana

Ott Júnior, Alexandre Roque 2014 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Filosofia, Florianópolis, 2014. A filosofia prática kantiana tem sido objeto de inúmeros estudos desde o seu surgimento, sendo estes motivados pelo desejo de compreensão da ação humana e das possibilidades de escolha que ela enseja - quanto aos seus fundamentos e limites concretos. O conceito de máxima tem especial importância nesse contexto porque é nele que se dá a gênese da ação moral. Toda ação é sustentada por máximas, ao mesmo tempo em que toda máxima visa sua própria realização em ato. Porém, se, conforme o idealismo transcendental de Kant, a mera experiência não pode fundamentar nem o saber teórico acerca do real, tampouco a legislação prática da ação, que, ademais, torna a moralidade real (como um factum), cabe perguntar: como se dá a relação entre a máxima (notadamente um princípio condicionado à empiria, já que encerra um desejo, a representação de um objeto) e a lei moral (dada a priori de modo incondicional, pois é ela a forma de toda ação)? Este trabalho busca responder esta pergunta de modo a esclarecer, fundamentalmente, o que é a máxima para Kant. Realizamos uma análise da relação entre máxima e lei, entendendo o papel mediador de alguns conceitos junto a esta. Analisamos o conceito de imperativo (hipotético e categórico), bem como os de móbil e motivo (por meio dos pares forma/matéria e fim/meio) valendo-nos de comentadores importantes sem, no entanto, aderir a interpretações demasiado dualistas ou formalistas, mas reconstruindo o conceito de máxima e sua relação com a lei, de modo a dar novo ânimo à solução do problema.
Abstract : Kant's practical philosophy has been the subject of numerous studies since its emergence, motivated by the desire to understand human action and the possibilities of choice that it entails - regarding its groundwork and concrete limits. The concept of maxim has special importance in this context because it is in it that the genesis of moral action occurs. Every action is supported by maxims, while every maxim seeks its own fulfillment in action. However, if, according to Kant´s transcendental idealism, the mere experience cannot ground neither theoretical knowledge about the real world nor the practical legislation of action, which, moreover, makes morality real and concrete (as a factum), we can ask: how is the relationship between maxims (notably an empirically-conditioned principle, since it includes a desire, the representation of an object) and moral law (given a priori and unconditionally, for it is the form of every action)? This study seeks to answer that question in order to, fundamentally, clarify what is maxim for Kant. We perform an analysis of the relationship between maxims and moral law, understanding the mediating role of some concepts for such relationship. We analyze the concept of imperative (hypothetical and categorical), as well as those of incentives and motives (through the form/matter and end/mean pairs) resorting to important commentators without, however, acceding to too dualistic or too formalistic interpretations, but rebuilding the concept of maxim and its relationship with law, in order to give new impetus to the solution of that problem.
7

A teoria da imputação objetiva na construção de um direito penal democrático e garantidor

Marchionatti, Wilson Antônio Cini 2001 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas. Programa de Pós-Graduação em Direito Esta dissertação compara doutrinariamente a teoria causal, a teoria finalista da ação, ambas consagradas pela Dogmática Tradicional no estudo da teoria do crime, e a teoria da imputação objetiva, a qual, mais recentemente advinda da doutrina estrangeira, vem sendo introduzida no Brasil, comparação essa com vistas a verificar qual das três teorias conduz à discriminalização de condutas menos graves, à constitucionalização do Direito Penal e ao direito punitivo mínimo, outorgando maior segurança ao jurisdicionado.
8

Análise do contexto escolar de alunos que apresentam condutas típicas

Dias, Sabrina Alves [UNESP] 14 September 2012 (has links)
Os alunos que apresentam Condutas Típicas podem vivenciar situações de muitos conflitos para se adaptarem aos contextos familiar, escolar e comunitário que tendem a prejudicar suas relações e, mais fortemente, o seu processo de ensino e aprendizagem. No ambiente escolar, constantemente vivenciam situações de fracasso e ocasionam grande angústia em seus professores, especialmente, no que se refere ao manejo do comportamento inadequado. O presente estudo teve por objetivo geral analisar o contexto escolar de três alunos que apresentam Condutas Típicas, regularmente matriculados nas séries iniciais do Ensino Fundamental e oferecer subsídios adequados para o contexto escolar. Os objetivos específicos foram: caracterizar as informações que a direção de cada escola possuía dos alunos com Condutas Típicas; analisar quantitativamente as estratégias que os professores utilizaram para viabilizar e acompanhar esses alunos, tendo como prioridade a apresentação de conteúdos curriculares, alternativas de resolução de problemas comportamentais e formas de comunicação utilizadas na sala de aula entre os professores e alunos com Condutas Típicas; caracterizar as professoras participantes baseando-se nos conceitos e conhecimento sobre o aluno e elaborar uma orientação específica para cada escola participante, elencando as estratégias adequadas para o ensino e aprendizagem destes alunos. O estudo foi realizado em três escolas do ensino fundamental que possuíam crianças com Condutas Típicas inseridas em classes regular das séries iniciais. Participaram deste estudo três diretoras com mais de cinco anos de experiência na função, três professoras que lecionam no Ensino Fundamental há mais de dois anos e três alunos com Condutas Típicas, com idades entre 8 e 10 anos, inseridos em classes regulares... Students who have Conducts Typical situations can experience many conflicts to fit in family contexts, school and community that tend to harm their relationships and more strongly the process of teaching and learning. In the school environment constantly experiencing situations of failure and cause great distress in their teachers especially with regard to the management of inappropriate behavior. The present study aimed at exploring the context of three school students presenting Typical Conduit, enrolled in the initial series of Teaching fundamental. The specific objectives were to characterize the information that the direction of each school had students with Conduit, analyze quantitatively the strategies the teachers used to facilitate and monitor these students, prioritizing the presentation of curriculum content, resolution alternatives behavioral problems and forms of communication used in the classroom between teachers and students with Conduit Typical characterize the participating teachers based on the concepts and knowledge of the student and develop specific guidance for each participating school, listing appropriate strategies for teaching and learning of these students. The study was conducted in three elementary schools that had children with Conduit Typical inserted into regular classes of the initial series. The study included three principals, three teachers of elementary school and three students with Conduit Typical, aged 8 and 10 years entered in regular classes. The data were collected through structured interview, classroom observations and literature review. Data analysis occurred both quantitatively and qualitatively. The results showed a lack of specific knowledge about the topic, low use of appropriate strategies for these students, and an isolated work that is not in school with guidance, support and resources specific... (Complete abstract click electronic access below)
9

Efeitos do diazepam sobre os compotamentos não-colaborativos de crianças em atendimento odontologico

Rosana de Fatima Possobon 2003 (has links)
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficácia do emprego do diazepam, na dose de 0,5 mg/Kg de peso, associado à estratégias psicológicas de manejo para o controle comportamental de crianças que apresentam comportamentos não-colaborativos, durante o atendimento odontológico. Foram selecionados 10 participantes (faixa etária: 42 a 48 meses), que receberam tratamento odontológico durante 4 sessões, nas quais empregou-se o placebo ou o diazepam, de maneira duplo-cega, além das estratégias psicológicas de manejo do comportamento, agrupadas em três categorias: Direciona Comportamento; Distrai, Tranqüiliza e/ou Elogia e Contenção Física. As sessões foram filmadas em vídeo?tape, com marcas sonoras a cada 15 segundos, indicativas dos momentos em que os comportamentos emitidos pelos participantes e as estratégias de manejo de comportamento utilizadas pela dentista foram registrados. Os comportamentos emitidos pelos participantes foram agrupados em: Reação Física Intensa; Reação Física e/ou Verbal Branda e Reação Verbal Intensa. Os resultados mostraram que o medicamento, na dose utilizada, promoveu alterações fisiológicas em 50% dos casos, porém não foi eficaz em produzir comportamentos de colaboração Abstract: The present research investigated the use of diazepam in conjunction with behavioral strategies to manage child presenting uncooperative behavior during dental treatment. The participants, 10 children (ages between 42 and 48 months), received formal dental treatment during 6 sessions each child. Using a double blind design children received in each session placebo or diazepam (0,5 mg/weight) and at the same time were submitted to behavior management procedures: Guidance, Distraction, Relaxation and/or Reinforcement and Physical Restraint. All sessions were recorded in video-tapes. The tapes were biped in 15 seconds intervals, in which pre-trained observers recorded child's behavior classified as Intense Physical Reaction, Mild Physical and/or Verbal Reaction and Intense Verbal Reaction. Analysis of the results indicated that diazepam, considering the used dose, resulted in physiological alterations in half of the subjects as indicated by body relaxation or sleep, therefore it was not efficient to control children?s uncooperative behavior
10

Os fundamentos da civilidade no pensamento conservador de Michel Oakeshott

Marchiori Neto, Daniel Lena 2012 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas. Programa de Pós-Graduação em Direito. A presente tese investiga como é formulado o conceito de civilidade na obra de Michael Oakeshott. A primeira afirmação é de que a noção de civilidade não se resume a uma prática jurídica de simplesmente estabelecer os termos da associação civil, contrariando a interpretação tradicional dos comentadores de Oakeshott. Aponta-se a existência de outra dimensão, demasiado sutil, porém determinante, que não está vinculada com o dever de seguir normas. Trata-se de uma concepção estética da associação civil, que insinua um temperamento pelo qual os indivíduos desfrutam da vida civilizada. A civilidade é, aqui, comparada ao jogo, revelando um aspecto lúdico em oposição a qualquer visão manipulativa ou instrumental que se queira a ela atribuir. Neste aspecto, Oakeshott é profundamente influenciado pela obra Homo Ludens: A study of the Play-Element in culture, do historiador holandês Johan Huizinga. Desta forma, apresenta-se a tese de que a civilidade tem dois fundamentos na obra do autor: um jurídico e outro poético. De um lado, os indivíduos oakeshotteanos estão vinculados pelo reconhecimento da uma linguagem composta exclusivamente de regras. Por outro, entendem que a constituição dessas regras não sinaliza nenhuma intencionalidade ou racionalidade da associação civil: o império da civilidade assemelha-se a um jogo, cuja preocupação legítima dos agentes não reside nos resultados, mas sim na disposição de jogar. A tese insinua, por fim, que a teoria da associação civil na obra de Oakeshott é mais adequadamente compreendida como uma longa meditação entre essas duas faces da civilidade, sem nenhuma resolução clara sobre a definição de um projeto político em especial. Se a hipótese desta tese estiver correta, a associação civil constitui um modelo teórico apto a lidar com a dimensão do conflito e do antagonismo da política, de uma forma muito mais profunda do que seus críticos usualmente a consideram. This doctoral thesis investigates how it is formulated the concept of civility in the work of Michael Oakeshott. The first assertion is that the notion of civility is not just a legal practice of simply establish the terms of civil association, contrary to the traditional interpretation of commentators on Oakeshott. There is another dimension, too subtle, but crucial, which is not concerned to the duty to subscribe rules. It is an aesthetic of civil association, which insinuates a disposition to which individuals enjoy the civilized life. Civility is here compared to the game, revealing a playful aspect as opposed to any manipulative or instrumental vision. In this aspect, Oakeshott is profoundly influenced by the book Homo ludens: A study of the Play-Element in culture, written by Dutch historian Johan Huizinga. Therefore, it is presented the thesis that civility has two bases in the author#s work: a legal and other poetic. On the one hand, Oakeshottean civitas are joined by the recognition of a language composed exclusively of rules. On the other hand, they believe that the establishment of these rules does not indicates any intentionality or rationality of civil association: the rule of civility is like a game, whose only legitimate concern of agents lies not in the results, but in the willing to play. The thesis intimates, finally, that the theory of civil association in Oakeshott#s work is more properly understood as a long meditation between these two sides of civility, with no clear resolution on the definition of a political project in particular. If the hypothesis of this thesis is correct, civil association is a theoretical model able to deal with the dimension of the conflict and antagonism of politics, in a much more profound way than his critics usually consider.

Page generated in 0.0822 seconds