• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 11
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 11
  • 11
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Avaliação terapêutica do pimecrolimo creme 1% no tratamento da dermatite seborréica da face de pacientes com HIV- Positivos / Pimecrolimus cream 1% efficacy study in adults with facial seborrheic dermatitis infected with HIV virus.

Moraes, Andrea Pinheiro de January 2006 (has links)
MORAES, Andréa Pinheiro de. Avaliação terapêutica do pimecrolimo creme 1% no tratamento da dermatite seborréica da face em pacientes HIV-positivos. 2006. 162 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2006. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2012-03-06T12:16:52Z No. of bitstreams: 1 2006_dis_apmoraes.pdf: 1615550 bytes, checksum: 8f41a7801651f0d49128542711bf7609 (MD5) / Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2012-03-07T11:37:26Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_dis_apmoraes.pdf: 1615550 bytes, checksum: 8f41a7801651f0d49128542711bf7609 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-03-07T11:37:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_dis_apmoraes.pdf: 1615550 bytes, checksum: 8f41a7801651f0d49128542711bf7609 (MD5) Previous issue date: 2006 / Seborrheic dermatitis (SD) is a one of the most common dermatosis in HIV-positive patients affecting between 40 to 80% of AIDS patients and 20 to 40% of HIV-positive patients. To investigate efficacy and safety of pimecrolimus cream 1% in HIV-positive patients with facial SD a phase II study was done. First of all 4 HIV-infected patients (Group A) with mild/severe SD were treated twice-daily with pimecrolimus cream 1% for 7 days and after this 21 HIV-infected patients (Group B) with mild/severe SD were treated twice-daily with pimecrolimus cream 1% for 14 days. Thereafter, treatment was discontinued and patients followed up for 5 weeks. Skin involvement (erythema, scaling, burning, pruritus, infiltration/papulation, excoriation and lichenification) at baseline, Days 7, 14, 21, 35 and 49 was assessed using a 4-point clinical score and digital photographs. Marked improvement was seen in clinical parameters at Day 7, with >= 90% patients clear of symptoms at Day 14. Erythema and scaling relapsed at Day 35 in approximately 50% of patients, but all symptoms were milder than at baseline. All patients responded to therapy, despite their immunologic status. Pimecrolimus cream represents a new, attractive and effective therapeutic option for facial SD in HIV-patients. / A dermatite seborréica (DS) é uma das doenças mais comum entre os pacientes portadores do vírus HIV afetando entre 40 a 80% dos pacientes com AIDS e 20 a 40% dos pacientes soropositivos para o vírus HIV. Com o intuito de avaliar a eficácia terapêutica e segurança do pimecrolimo creme 1% na DS de face de pacientes HIV-positivos, foi realizado estudo fase II. Inicialmente quatro pacientes (Grupo A) portadores de DS leve a severa foram tratados com o pimecrolimo duas vezes por dia por 7 dias e o segundo grupo (Grupo B) vinte e um pacientes, foram tratados com pimecrolimo duas vezes por dia por 14 dias. Em seguida o tratamento era descontinuado e os pacientes foram acompanhados por mais 5 semanas. A avaliação das lesões foi realizada no dia inicial, 7º, 14º, 21º, 35º e 49º dia utilizando-se uma escala com pontuação de zero a quatro para cada parâmetro avaliado (eritema, descamação, ardor, prurido, infiltração/papulação, escoriação, liquenificação), e também por meio de fotografia digital. Obteve-se importante melhora em todos os parâmetros clínicos avaliados no 7º dia; no 14º dia 90% dos pacientes apresentavam-se livres de sinais. O eritema e a descamação apresentaram recidiva em aproximadamente 50% dos pacientes no 35º dia do estudo, mas o quadro clínico era menos intenso que o quadro clínico inicial. Todos os pacientes responderam a terapêutica independente do seu “status” imunológico. O pimecrolimo creme 1% representa uma nova, atrativa e eficaz, opção terapêutica para o tratamento da DS de face em pacientes HIV-positivos.
2

Efeitos imunomoduladores e atividade anti-Candida de lactobacilos com propriedades probióticas em macrófagos e em modelo invertebrado de Galleria mellonella /

Oliveira, Felipe Eduardo de. January 2017 (has links)
Orientador: Luciane Dias de Oliveira / Co-orientadora : Mariella Vieira Pereira Leão / Banca: Ana Paula Candido Santos / Banca: Michelle Cardoso de Sousa / Banca: Graziella Nuernberg Back Brito / Banca: Estela Kaminagakura Tango / Resumo: Muitos produtos probióticos são compostos pela associação de lactobacilos no intuito de potencializar seu efeito benéfico. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar a imunomodulação e atividade anti-Candida causada por diferentes combinações de suspensões probióticas em macrófagos e em Galleria mellonella. Lactobacillus rhamnosus (LR), L. acidophilus (LA), e L. paracasei (LP) foram suspendidos para obtenção das suspensões LR, LA, LP, LR+LA, LR+LP, LA+LP e LR+LA+LP. Foram utilizadas suspensões de Candida albicans (CA) ATCC 18804, C. krusei (CK) ATCC 6258 e C. glabrata (CG) ATCC 9030. Macrófagos de camundongo (RAW 264.7) foram ativados por cada suspensão de lactobacilos e desafiados por cada uma das cepas fúngicas. Foram investigadas taxa de fagocitose, produção de citocinas e óxido nítrico e a viabilidade celular. A melhor suspensão probiótica para cada cepa fúngica seria usada nos testes in vivo, com G. mellonella, no entanto, devido à baixa virulência das espécies não-albicans, os testes in vivo prosseguiram com CA e LR. Duas cepas clínicas de CA foram acrescentadas: 21 e 60. Suspensões de LR foram injetadas na hemolinfa das larvas 24 h antes do desafio com as cepas fúngicas. Foram determinadas curva de sobrevivência, contagem de UFC/mL das cepas de C. albicans e de hemócitos. Os resultados foram analisados estatisticamente de acordo com a distribuição normal (ANOVA e Tukey ou Kruskal-Wallis e Dunn) e a curva de sobrevivência pelo teste de Log-rank (Mantel-Cox), p<0,05. As ... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Many probiotic products are composed by association of lactobacilli in order to potentiate their beneficial effect. Therefore, the objective of this study was evaluating the immunomodulation and anti-Candida activity caused by different combinations of probiotic suspensions in macrophages and in Galleria mellonella. Lactobacillus rhamnosus (LR), L. acidophilus (LA) and L. paracasei (LP) were suspended to obtain the suspensions LR, LA, LP, LR + LA, LR + LP, LA + LP and LR + LA + LP. Suspensions of Candida albicans (CA) ATCC 18804, C. krusei (CK) ATCC 6258 and C. glabrata (CG) ATCC 9030 were used. Mouse macrophages (RAW 264.7) were activated by each suspension of lactobacilli and then challenged by each fungal strain. Phagocytosis, cytokine and nitric oxide production and cell viability were investigated. The best lacobacilli suspension for each fungal strain would be used in the in vivo assays with G. mellonella, however, because of low virulence of the non-albicans species, in vivo tests were performed with CA and LR. Two clinical strains of CA were added: 21 and 60. LR suspensions were injected into the haemolymph of the larvae 24 h before challenging with fungal strains. Survival curve, CA strains CFU/mL counting and hemocytes were determined. The results were statistically analyzed according to their normal distribution (ANOVA and Tukey or Kruskal-Wallis and Dunn) and the survival curve by Log-rank test (MantelCox), p <0.05. The best suspensions for CA, CK and CG were LR (which obtained the best results in the cytokine profile), LP and LA (which obtained the best results on phagocytosis), respectively. In G. mellonella, LR suspension increased percentage survival and hemocyte counting and decreased CFU/mL counting in all groups, with statistically significant differences in the results. Thus, it can be concluded that the suspensions of lactobacilli have ...(Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Doutor
3

Ação do metabólito secundário 5-hidroxi-2-hidroximetil gama-pirona isolado de fungos do gênero Aspergillus sobre monócitos humanos in vitro

COSTA, Josineide Pantoja da 15 June 2012 (has links)
Submitted by Samira Prince (prince@ufpa.br) on 2012-10-16T13:54:31Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Dissertacao_AcaoMetabolitoSecundario.pdf: 2939051 bytes, checksum: 51621d2319315de98ef8a633e19ecb42 (MD5) / Approved for entry into archive by Ana Rosa Silva(arosa@ufpa.br) on 2012-10-16T14:21:38Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Dissertacao_AcaoMetabolitoSecundario.pdf: 2939051 bytes, checksum: 51621d2319315de98ef8a633e19ecb42 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-10-16T14:21:38Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Dissertacao_AcaoMetabolitoSecundario.pdf: 2939051 bytes, checksum: 51621d2319315de98ef8a633e19ecb42 (MD5) Previous issue date: 2012 / CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / O 5-hidroxi-2-hidroximetil-gama-pirona (HMP) é um metabólito secundário sintetizado por algumas espécies de fungos dos gêneros Aspergillus, Penicillium Acetobac-ter. O HMP tem várias aplicações, sendo utilizado como antioxidante, inibidor da tirosinase, agente protetor contra a radiação e antitumoral. Recentemente, foi também demonstrado que esse metabólito atua como ativador de macrófagos. No entanto, o efeito do HMP em mo-nócitos humanos é desconhecido. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos de HMP sobre a viabilidade e diferenciação celular de monócitos do sangue humano in vi-tro. Leucócitos humanos do sangue periférico foram obtidos a partir de bolsas de san-gue doadas pela Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (HEMOPA). O isolamento das células foi realizado por meio de gradiente de densidade com Histopaque ®1077. Os monócitos foram tratados durante 24, 48 e 72 horas com 50 e 100 μg / mL de HMP. A análise ultraestrutural dos monócitos tratados revelou que essas células apresen-tam maior espraiamento, elevado número de projeções citoplasmáticas e vacúolos, caracterís-ticas que são frequentemente observadas em células ativadas. A análise da expressão da proteína de superfície específica para macrófago (F4/80) por imunofluorescência, de-monstrou que os monócitos humanos tratados com 50 e 100 μg / mL de HMP por 48 e 72 horas, mostrou um padrão de expressão semelhante ao verificado em macrófagos humanos originados de monócitos tratados com o M-CFS. Os testes de viabilidade utilizados (Método thiazolyl blue, Potencial de membrana mitocondrial, Vermelho Neutro e Azul de Tripan) mostraram que o HMP não tem nenhum efeito citotóxico em monócitos humanos quando tra-tados com 50 e 100 μg/ mL do bioproduto. Estes resultados demonstram um novo papel pa-ra HMP como um agente imunomodulador, induzindo a diferenciação de monócitos em macrófagos. / The 5-hydroxy-2- hydroxymethyl-gamma-pyrone (HMP) is a secondary metabolite synthe-sized by some species of fungi from Aspergillus, Penicillium and Acetobacter genera. The HMP has several applications, being used as antioxidant, tyrosinase inhibitor, protective agent against radiation and antitumor. Recently, it was also shown that this metabolite acts as a macrophage activator. However, the effect of HMP in human monocytes is unknown. Thus, the aim of this study was to evaluate the effects of HMP on the cell viability and differentia-tion of human blood monocytes in vitro. Human peripheral leucocytes were obtained from blood bag donated from Fundation Hemocenter of Para State. Cell isolation was performed using HISTOPAQUE® 1077-density-gradient. Monocytes were treated for 24, 48 and 72 hours with 50 and 100 μg/mL of HMP. The ultrastructural analysis of treated monocytes showed spreading ability, high number of cytoplasmatic projections and vacuoles, features that are often observed in activating cells. Immunofluorescence analysis of the expression of surface protein specific for the macrophage (F4/80), demonstrated that human monocytes treated with 50 and 100 μg/mL for 48 and 72 h showed the similar pattern of expression of proteins to that of human monocytes differentiated by macrophage colony-stimulating factor (M-CFS). The viability test used showed that HMP has no citotoxicity effect on human mon-ocytes when treated with 50 and 100 μg/mL of HMP. These results demonstrate a new role for HMP as an immunomodulator agent, inducing the differentiation of monocytes into macrophages.
4

Estudo experimental para avaliar o mecanismo protetor da frutose 1,6 bisfosfato no tratamento da sepse

Nunes, Fernanda Bordignon January 2003 (has links)
Resumo não disponível.
5

Estudo experimental para avaliar o mecanismo protetor da frutose 1,6 bisfosfato no tratamento da sepse

Nunes, Fernanda Bordignon January 2003 (has links)
Resumo não disponível.
6

Comparação do efeito imunomodulador da vitamina D e do paricalcitol em camundongos C57BL/6 e DBA/1J

Missio, Aline Parisoto. January 2016 (has links)
Orientador: Alexandrina Sartori / Resumo: A vitamina D (VitD) ativa possui várias funções importantes incluindo efeitos imunomoduladores na imunidade inata e na específica. A deficiência desta vitamina já alcançou proporções epidêmicas em várias regiões e por isto sua suplementação tem sido sugerida em algumas doenças. Diferentes linhagens de camundongos têm sido utilizadas para avaliar os efeitos imunomoduladores da VitD. O estudo dos efeitos da deficiência e da suplementação com VitD tem sido realizado em seres humanos e também em linhagens isogênicas de camundongos. Neste trabalho comparamos o efeito da suplementação com 0,1 µg de VitD e de paricalcitol nas linhagens murinas C57BL/6 e DBA/1J. Estes animais foram injetados com 0,1 µg de VitD ou paricalcitol durante 15 dias, em dias alternados. O peso corporal foi avaliado diariamente e sangue e baço foram coletados 24 horas após a última dose. Na linhagem C57BL/6 a VitD diminuiu o peso corporal e aumentou a concentração de cálcio sérico. Em relação aos parâmetros imunológicos, houve diminuição da produção de citocinas por células esplênicas e maior expressão de MHC II nas células dendríticas. O paricalcitol não afetou o peso corporal e o nível de cálcio sérico, mas diminuiu a produção de citocinas nesta linhagem. Com exceção do peso corporal que diminuiu, os demais parâmetros não foram afetados pela VitD ou pelo paricalcitol nos camundongos DBA/1J. A suplementação com 0,2 µg de VitD nos animais DBA/1J desencadeou a diminuição de peso corporal, queda na produção de ... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Mestre
7

Estudo experimental para avaliar o mecanismo protetor da frutose 1,6 bisfosfato no tratamento da sepse

Nunes, Fernanda Bordignon January 2003 (has links)
Resumo não disponível.
8

Expressão ex vivo de fatores antivirais em mães infectadas por HIV-1 e recém-natos. / Ex vivo expression of antiviral factors in mothers infected by HIV-1 and newborns.

Pereira, Natalli Zanete 16 April 2013 (has links)
A transmissão vertical mãe-recém-nato é a principal fonte de infecção pediátrica. O tratamento antirretroviral vem reduzindo a transmissão vertical, mas também tem elevado o número de infantes expostos não infectados, os quais vêm mostrando maior risco de morbidade e mortalidade. Este dado salienta a importância de avaliar as características imunológicas, relacionadas à resposta inata no binômio mãe e recém-nato. A proposta do trabalho foi avaliar a expressão de fatores antivirais em células mononucleares (CMN), tecido placentário e no colostro de mães infectadas por HIV e cordão umbilical (RN), comparadas com mães-RN controle não infectadas. Os dados mostram que há uma ativa expressão dos fatores antivirais, sejam constitutivos ou induzíveis por IFN, nas mães infectadas por HIV e nos RN expostos. No sítio de interface materno-fetal, decídua e face fetal da placenta, foi detectado um perfil alterado de expressão dos fatores antivirais, especialmente da proteína APOBEC3G. Apesar da relativa imaturidade imunológica dos RNs, a infecção materna por HIV gerou um perfil semelhante de expressão dos fatores antivirais nos RN, por uma complexa interação de fatores relacionados a gestação e a infecção. / Vertical transmission mother-newborn is the main source of pediatric infection. The antiretroviral therapy has reduced vertical transmission, but also has increased the number of exposed uninfected infants, which have shown increased risk of morbidity and mortality. This finding emphasizes the importance of evaluating the immunological characteristics, related to innate response in both the mother and newborn. The purpose of this study was to evaluate the expression of antiviral factors in mononuclear cells (MNC), placental tissue and colostrum of HIV-infected mothers and umbilical cord (RN), compared with control mothers-uninfected infants. The data show that the active expression of antiviral factors, are constitutive or inducible by IFN in HIV-infected mothers and newborns exposed. At the site of maternal-fetal interface, decidua and placental villi, a profile was detected altered expression of antiviral factors, especially the APOBEC3G protein. Despite the relative immunological immaturity of the newborn, maternal HIV infection generated a similar profile of expression of antiviral factors in RN, by a complex interaction of factors related to pregnancy and infection.
9

Efeito do plasma rico em plaquetas pré ou pós inseminação artificial sobre a resposta inflamatória e índice de fertilidade em éguas susceptíveis a endometrite persistente pós-cobertura

Segabinazzi, Lorenzo Garrido Teixeira Martini. January 2016 (has links)
Orientador: Marco Antonio Alvarenga / Banca: Marco Antonio Alvarenga / Banca: José Antonio Dell'Aqua Jr. / Banca: Rodrigo Costa Mattos / Resumo: A endometrite persistente pós-cobertura (EPPC) é a principal causa de redução da fertilidade nas éguas, causando impactos importantes dentro do mercado do cavalo. Os tratamentos comumente utilizados para EPPC visam apenas minimizar os fatores predisponentes a sua instalação, não atuando diretamente no processo inflamatório. Com o intuito de reduzir a resposta inflamatória, estudos recentes têm demonstrado um aumento da fertilidade de animais acometidos por EPPC, quando se utiliza agentes imunomoduladores. O PRP é modulador da resposta inflamatória que está sendo largamente utilizado na medicina veterinária. Este concentrado de plaquetas contém diversos fatores de crescimento que atuam diretamente nos mediadores inflamatórios, reduzindo o processo e promovendo reparação tecidual. O PRP é benéfico no tratamento de inflamações tendíneas e osteoarticulares, modulando a inflamação e acelerando a regeneração do tecido lesionado. Mais recentemente alguns pesquisadores demonstraram o efeito benéfico do PRP em tratamentos intrauterinos de éguas. Desta forma o presente estudo tem por objetivo revisar os aspectos relacionados a EPPC assim como ao PRP e seu mecanismo de ação. / Abstract: The persistent breeding-induced endometritis (PBIE) is the main cause of decrease fertility in the horses, thereby causing significant impact in the horse's market. The treatments commonly used for PBIE view only minimize the predisposing factors and do not act directly in the inflammatory process. Aiming to reduce the inflammatory response, recent studies have shown an increase in fertility of animals with PBIE when used immunomodulatory agents. A modulator of the inflammatory response that has been largely used in veterinary medicine is the platelet-rich plasma (PRP). This platelet concentrate contains many growth factors which act directly on inflammatory mediators, reducing process and promoting tissue repair. Several studies have shown that PRP is beneficial in the treatment of osteoarticular and tendon inflammations, modulating inflammation and accelerates the regeneration of injured tissue. More recently some researchers have demonstrated the beneficial effect of PRP in intrauterine treatment of mares. Thus, the present study aimed to do a literature review on the aspects related to PBIE, as well as the PRP and its mechanism of action. / Mestre
10

Expressão ex vivo de fatores antivirais em mães infectadas por HIV-1 e recém-natos. / Ex vivo expression of antiviral factors in mothers infected by HIV-1 and newborns.

Natalli Zanete Pereira 16 April 2013 (has links)
A transmissão vertical mãe-recém-nato é a principal fonte de infecção pediátrica. O tratamento antirretroviral vem reduzindo a transmissão vertical, mas também tem elevado o número de infantes expostos não infectados, os quais vêm mostrando maior risco de morbidade e mortalidade. Este dado salienta a importância de avaliar as características imunológicas, relacionadas à resposta inata no binômio mãe e recém-nato. A proposta do trabalho foi avaliar a expressão de fatores antivirais em células mononucleares (CMN), tecido placentário e no colostro de mães infectadas por HIV e cordão umbilical (RN), comparadas com mães-RN controle não infectadas. Os dados mostram que há uma ativa expressão dos fatores antivirais, sejam constitutivos ou induzíveis por IFN, nas mães infectadas por HIV e nos RN expostos. No sítio de interface materno-fetal, decídua e face fetal da placenta, foi detectado um perfil alterado de expressão dos fatores antivirais, especialmente da proteína APOBEC3G. Apesar da relativa imaturidade imunológica dos RNs, a infecção materna por HIV gerou um perfil semelhante de expressão dos fatores antivirais nos RN, por uma complexa interação de fatores relacionados a gestação e a infecção. / Vertical transmission mother-newborn is the main source of pediatric infection. The antiretroviral therapy has reduced vertical transmission, but also has increased the number of exposed uninfected infants, which have shown increased risk of morbidity and mortality. This finding emphasizes the importance of evaluating the immunological characteristics, related to innate response in both the mother and newborn. The purpose of this study was to evaluate the expression of antiviral factors in mononuclear cells (MNC), placental tissue and colostrum of HIV-infected mothers and umbilical cord (RN), compared with control mothers-uninfected infants. The data show that the active expression of antiviral factors, are constitutive or inducible by IFN in HIV-infected mothers and newborns exposed. At the site of maternal-fetal interface, decidua and placental villi, a profile was detected altered expression of antiviral factors, especially the APOBEC3G protein. Despite the relative immunological immaturity of the newborn, maternal HIV infection generated a similar profile of expression of antiviral factors in RN, by a complex interaction of factors related to pregnancy and infection.

Page generated in 0.5646 seconds