• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1017
  • 18
  • 5
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 1061
  • 553
  • 166
  • 117
  • 93
  • 80
  • 76
  • 72
  • 70
  • 62
  • 56
  • 53
  • 52
  • 51
  • 50
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Mecanismo antiinflamatório do peptídeo mimético da Apolipoproteína E (COG 133) na recuperação da mucosite intestinal induzida por 5-Fluoruracil em camundongos Swiss echanism of anti-inflammatory peptide mimetic of Apolipoprotein E (COG 133) in the recovery of intestinal mucositis induced by 5-fluorouracil in mice

Ripardo, Orleâncio Gomes 2010 (has links)
AZEVEDO, Orleâncio Gomes Ripardo de. Mecanismo antiinflamatório do peptídeo mimético da Apolipoproteína E (COG 133) na recuperação da mucosite intestinal induzida por 5-Fluoruracil em camundongos Swiss. 2010. 107 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2010. Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2012-05-08T12:13:08Z No. of bitstreams: 1 2010_dis_ogripardo.pdf: 2802059 bytes, checksum: 7c2b46f8a53bc8712f027539cfe1b33c (MD5) Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2012-05-08T16:53:22Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_dis_ogripardo.pdf: 2802059 bytes, checksum: 7c2b46f8a53bc8712f027539cfe1b33c (MD5) Made available in DSpace on 2012-05-08T16:53:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_dis_ogripardo.pdf: 2802059 bytes, checksum: 7c2b46f8a53bc8712f027539cfe1b33c (MD5) Previous issue date: 2010 O câncer é uma doença grave que atinge milhares de pessoas no mundo, possuindo altos índices de morbidade e mortalidade. Atualmente existem diversos alvos terapêuticos no tratamento do câncer, um deles reside no fato de inibir a replicação do DNA impossibilitando a célula tumoral de se duplicar como é o caso do 5-fluoruracil (5-FU).O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito antiinflamatório do peptídeo mimético da ApoE (COG 133) em camundongos Swiss desafiados pela mucosite intestinal induzida pelo 5-FU. Utilizamos camundongos Swiss machos com peso de 30g, sendo desafiados com injeção (dose única) intraperitoneal de 5-FU (450 mg/kg).Alguns animais foram tratados com diferentes doses (0,3, 1,0 e 3,0 µM) do peptídeo mimético da apolipoproteína E (ApoE) COG133 por via intra-peritoneal, após o desafio com 5-FU. Animais tratados com PBS foram usados como controles. Os camundongos foram sacrificados com solução de deslocamento cervical 3 dias após o desafio com 5-FU.Algumas amostras de intestino foram congeladas imediatamente em nitrogênio líquido e em seguida armazenadas em freezer a -80ºC para biologia molecular. Outras amostras foram fixadas em formaldeído para processamento histológico.Monitoramos o peso corporal dos animais e fizemos leucometria a partir de coleta retrorbital de sangue para avaliação do efeito citotóxico mielosupressor do 5-FU nos grupos experimentais.Avaliamosos parâmetros morfométricos de altura de vilo e profundidade de cripta em segmentos do duodeno. Para a detecção de proteínas de interesse, utilizamos o Western blot com a utilização dos seguintes anticorpos IL-1β, TNF-α e iNOS. Para o RT-PCR, avaliamos os seguintes primers IL-1β, TNF-α e iNOS. No ensaio de citocinas por ELISA, utilizamos os seguintes anticorpos IL-1β, IL-10, TNF-α. Nas análises morfométricas de duodeno, encontramos uma grande redução na altura de vilos e profundidade de criptas nosanimais tratados com 5-FU, que foi reduzida com com a utilização do peptídeo COG133 na dose 3,0 µM (p<0,001).Nas análises histopatológicas, observamos um intensoinfiltrado inflamatório nos animais do grupo que foi injetadocomo 5-FU, que foi parcialmente revertido pela administração do peptídeo COG133.Os dados de ELISA evidenciaram um aumento da quantidade de citocinas pró-inflamatórias IL-1β (p<0,05), TNF-α (p<0,05) e uma redução da citocina antiinflamatória IL-10 (p<0,05), quando comparados ao controle salina, em duodenos de animais que foram injetados com 5-FU. A administração do peptídeo COG 133 reduziu os níveis de IL-1β de maneira estatisticamente significante (p<0,05 1μM; p<0,001 3μM), TNF-α (p<0,001 na dose de 1,0 μM); p<0,001 na dose de 3μM) e para IL-10 (p<0,001 na dose de 3μM).Dados de Western blot evidenciam que o peptídeo na dose de 3μM reduziu de maneira estatisticamente significante a expressão de citocinas como IL-1β (p<0,001), TNF-α (p<0,05) e do mediador inflamatório iNOS (p<0,05) no duodeno. Pelo protocolo de RT-PCR,encontramos uma elevação na expressão do transcrito para TNF-α e iNOS nos animais injetados com 5-FU, o que foi parcialmente diminuído pela administração do peptídeo na dose de 3μM para TNF-α (p<0,05) e iNOS (p<0,05)pelo ANOVA.A partir dos nossos achados, podemos concluir que o peptídeo mimético da ApoE (COG 133) possui uma ação anti-inflamatória, especialmente no segmento duodeno, visto que reduz a expressão de citocinas pró-inflamatórias de animais desafiados, dessa forma sugerindo sua utilização em humanos com mucosite intestinal sob quimio/radioterapia.
2

Caracterização da ação modulatória de citocinas inflamatórias pelo óleo de Melaleuca alternifolia e seus componentes (terpinen-4ol e alfa-terpineol) em macrófagos humanos ativados lipopolissacarídeos de Porphyromonas gingivalis e Escherichia coli

Nogueira, Marianne Nicole Marques [UNESP] 28 March 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:33:29Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2013-03-28Bitstream added on 2014-06-13T19:23:27Z : No. of bitstreams: 1 nogueira_mnm_dr_arafo.pdf: 1578323 bytes, checksum: 6ef77905acf94bb01ba70858855a37c0 (MD5) O óleo de Melaleuca alternifolia (TTO) tem propriedades antimicrobianas e somado a isso, sugere-se que apresente características anti-inflamatórias. Este estudo investigou o potencial do TTO e seus componentes (terpinen-4-ol e alfa-terpineol) em modular citocinas e os mecanismos intracelulares participantes desta ação. Células monocíticas (U937) foram diferenciados em macrófagos com 40ng/mL de 12-miristato 13-acetato de forbol. A citotoxicidade dos óleos foi determinada com o ensaio de redução de Metil-tetrazolium (MTT). A habilidade em modular a produção das citocinas após o estímulo com LPS de Porphyromonas gingivalis (agonista de TLR2) e Escherichia coli (agonista de TLR4), foi estabelecida por meio de ensaios ELISA. Os efeitos dos compostos testados, na ativação de vias de sinalização intracelular, foram avaliados por western blot. As concentrações selecionadas pelo MTT foram: 0,015% e 0,004% para o TTO, 0,059% e 0,0073% para o terpinen-4-ol e 0,0064% e 0,0007% para alfa-terpineol. A influência do TTO na produção de citocinas foi mais marcante após estímulo de TLR4, com diminuição de IL-1β, IL-6 e IL-10. O terpinen-4-ol reduziu a produção de INF-γ, IL-1β, IL-6, IL-4, IL-10 e IL-17 após ativação tanto TLR4 quanto TLR2. O alfa-terpienol atua após ativação de TLR2 e 4 inibindo a produção de IL-1β, IL-6 e IL-10. Nenhuma das vias analisadas (NF-kB, ERK, p38 MAP-Kinase) sofreram interferência dos óleos. O TTO tem ação 8 modulatória inibindo produção de citocinas inflamatórias e o terpinen-4-ol é o seu maior componente ativo, entretanto este mecanismo não ocorre via inibição de NF-kB, ERK e p38 MAP-Kinase The oil of Melaleuca alternifolia (TTO) has antimicrobial properties, coupled with this, it is suggested that it also has antiinflammatory characteristics. This study investigated the potential of TTO and its components (terpinen-4-ol and alpha-terpineol) and cytokines in modulating the intracellular mechanisms that participate in this action. Monocytic cells (U937) were differentiated into macrophages with 40ng/mL 12-myristate 13-acetate phorbol. The olil cytotoxicity was determined with the reduction assay Methyl-tetrazolium (MTT). The ability to modulate cytokine production after stimulation with LPS of Porphyromonasgingivalis (TLR2 agonist) and Escherichia coli (TLR4 agonist), was established by ELISA assays. The effects of the tested compounds, the activation of intracellular signaling pathways were evaluated by western blot. The concentrations selected by the MTT were 0.015% and 0.004% for the TTO, 0.059% and 0.0073% to terpinen-4-ol and 0.0064% and 0.0007% for alpha-terpineol. The influence of TTO in cytokine production was more marked after TLR4 stimulation, with decreased IL-1β, IL-6 and IL-10. The terpinen-4-ol reduced the production of INF-γ, IL-1β, IL-6, IL-4, IL-10 and IL-17 activation after both TLR4 as TLR2. The alpha-terpienol acts upon activation of TLR2 and four inhibiting the production of IL-1β, IL-6 and IL-10. None of the analyzed pathways (NF-kB, ERK, p38 MAP-Kinase) suffered interference oils. The TTO has modulatory action by 10 inhibiting the production of inflammatory cytokines and terpinen-4-ol is your greatest asset component however, this mechanism does not occur via inhibition of NF-kB, ERK and p38 MAP-kinase
3

Investigação comparativa de dados clínicos e microbiológicos entre indivíduos geneticamente suscetíveis e não suscetíveis à periodontite

Finoti, Livia Sertori [UNESP] 2 March 2012 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:28:03Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-03-02Bitstream added on 2014-06-13T19:57:17Z : No. of bitstreams: 1 finoti_ls_me_arafo.pdf: 807524 bytes, checksum: 5006bb12d9dfd8b018947dc9bf5f9a44 (MD5) Bitstreams deleted on 2016-10-27T11:27:32Z: finoti_ls_me_arafo.pdf,. Added 1 bitstream(s) on 2016-10-27T11:28:04Z : No. of bitstreams: 1 000699432_20161215.pdf: 108734 bytes, checksum: bb249231be9783ec2b2e8a69bab2d4d9 (MD5) Bitstreams deleted on 2016-12-16T09:54:38Z: 000699432_20161215.pdf,. Added 1 bitstream(s) on 2016-12-16T09:55:19Z : No. of bitstreams: 1 000699432.pdf: 1829489 bytes, checksum: 1673fe1964d933a8139de0e818870022 (MD5) Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) A Doença Periodontal (DP) é uma doença infecciosa de caráter multifatorial causada por microrganismos periodontopatogênicos e influenciada por fatores como: suscetibilidade genética do hospedeiro, reação do sistema imune, hábito de fumar e doenças sistêmicas. Estudos recentes realizados por nosso grupo verificaram indivíduos com predisposição genética à periodontite crônica, mesmo após ajustes para idade, gênero, cor da pele e hábito de fumar. Tal predisposição genética foi determinada pela presença de um haplótipo formado por polimorfismos no gene IL8. O objetivo do presente estudo é comparar a microbiota subgengival de sítios afetados ou não pela DP, antes e após 45 dias do tratamento periodontal não-cirúrgico em indivíduos geneticamente suscetíveis e não suscetíveis à periodontite crônica. Dessa forma, será possível saber se, entre indivíduos geneticamente suscetíveis e não suscetíveis à DP, ocorrem diferenças qualitativa e/ou quantitativa de microrganismos periodontopatogênicos. Também se pretende avaliar se indivíduos geneticamente suscetíveis e não suscetíveis à DP respondem diferentemente ao tratamento periodontal não-cirúrgico, por meio da análise de parâmetros clínicos e microbiológicos. Foram selecionados 65 indivíduos divididos quanto à presença ou não do referido haplótipo ATC/TTC no gene IL8, de forma que os indivíduos “suscetíveis” e “não suscetíveis” à DP foram subdivididos quanto à presença ou ausência de periodontite crônica. Os pacientes selecionados foram submetidos a novo exame clínico periodontal e coleta de placa subgengival antes e 45 dias após tratamento periodontal. Três microrganismos periodontopatogênicos Porphyromonas gingivalis, Tannerella forsythia... Periodontal disease (PD) is a multifactorial disease caused by periodontopathogenic microorganisms and influenced by factors such as genetic susceptibility, reaction of the immune system, smoking and the occurrence of systemic diseases. Recent studies carried out by this group have observed individuals with a genetic predisposition to periodontitis even after adjusting for covariates such as age, gender, skin color and smoking. Such genetic predisposition was determined by the haplotype presence formed by IL8 gene polymorphisms. The purpose of this study is to compare the subgingival microbiota of sites with and without PD, before and after 45 days of non-surgical periodontal treatment in individuals who are genetically susceptible and non susceptible to PD. In this way, it will be possible to know if there are qualitative/quantitative differences of periodontopathogenic microorganisms between individuals who are genetically susceptible and non susceptible to PD, and if between these groups, there is differential influence on non-surgical periodontal treatment on the clinical and microbiological parameters. Sixty-five individuals were selected and divided regarding the presence or not of that ATC/TTC haplotype in the IL8 gene. The susceptible and the non susceptible individuals were subdivided about the presence or absence of PD. In each group there are patients with and without periodontitis. The selected patients were submitted to a new periodontal exam and had their gingival fluid collected before and after 45 days of periodontal treatment. The periodontopathogenic microorganism Porphyromonas gingivalis, Tannerella forsythia, and Treponema denticola have been quantified by absolute quantification by the use of Real Time PCR (qPCR). The microbiological data... (Complete abstract click electronic access below)
4

Avaliação dos efeitos da imersão diária em água termomineral de Caldas da Imperatriz-SC na inflamação periférica em camundongos

Madeira, Fernanda 2016 (has links)
Objective: This study aimed to evaluate the effects of daily immersion in thermomineral water from Caldas da Imperatriz-SC in a preclinical model of inflammatory pain. Methods: After approval of the protocol by the Ethics Committee on Animal Use UNISUL - CEUA / UNISUL (Protocol 13.0064.08.IV), male Swiss mice (25 to 35g) received an intraplantar injection of complete Freund's adjuvant (CFA). Twenty-four hours after the injection we initiated the immersion treatments with thermomineral water (ATM for ―água termomineral‖ in portuguese). 3, 10 or 30 minute treatments were performed six days a week for three weeks. Mechanical hyperalgesia and edema were evaluated. Additionally, at the end of first week after injection the concentrations of pro- and anti-inflammatory cytokines in the paw and spinal cord were determined. Results: Daily ATM immersion reduced the mechanical hyperalgesia in a dose dependent effect (corresponding to immersion time); Daily treatment with immersion in ATM induced a summed effect, which can be evidenced by the extension of the anti-hyperalgesic response in the time-course evaluations; daily immersion in ATM restored sensory response even after the end of the treatment; daily immersion in ATM did not affect paw edema. Furthermore, our findings indicate that immersion treatment reduced hyperalgesia through a reduction of pro-inflammatory cytokines and concomitant increase of antiinflammatory cytokine concentration in animal’s paws; in association with a decrease of pro-inflammatory cytokines spinal cord concentration. Conclusion: This study provides evidence that BT (balneotherapy) carried out with ATM from Santo Amaro da Imperatriz, SC reduces inflammatory mechanical hyperalgesia, but does not decrease edema in an animal model of persistent peripheral inflammatory pain. Submitted by Tatyane Barbosa Philippi (tatyane.barbosa@unisul.br) on 2017-10-23T18:54:42Z No. of bitstreams: 2 Dissertação FERNANDA MADEIRA.pdf: 1080681 bytes, checksum: 6cb202ad90aa08750a638e01466812d9 (MD5) Fernanda_Madeira.pdf: 747592 bytes, checksum: 5fd2fc38d3265d29c5caa0511dbea9b2 (MD5) Approved for entry into archive by Fabiane dos Santos (fabiane.santos3@unisul.br) on 2017-10-23T19:27:08Z (GMT) No. of bitstreams: 2 Dissertação FERNANDA MADEIRA.pdf: 1080681 bytes, checksum: 6cb202ad90aa08750a638e01466812d9 (MD5) Fernanda_Madeira.pdf: 747592 bytes, checksum: 5fd2fc38d3265d29c5caa0511dbea9b2 (MD5) Made available in DSpace on 2017-10-23T19:27:08Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Dissertação FERNANDA MADEIRA.pdf: 1080681 bytes, checksum: 6cb202ad90aa08750a638e01466812d9 (MD5) Fernanda_Madeira.pdf: 747592 bytes, checksum: 5fd2fc38d3265d29c5caa0511dbea9b2 (MD5) Previous issue date: 2016-07 Objetivo: O presente estudo teve como objetivo avaliar os efeitos da imersão diária em água termomineral de Caldas da Imperatriz-SC em um modelo pré-clínico de dor inflamatória. Métodos: Após aprovação do protocolo pela Comissão de Ética no Uso de Animais da UNISUL – CEUA/UNISUL sob o protocolo nº 16.009.4.01.IV, camundongos Swiss machos (25 a 35g) receberam uma injeção intraplantar do adjuvante completo de Freund (CFA). Vinte quatro horas após a injeção iniciou-se os tratamentos com imersão em água termomineral (ATM) por 3, 10 ou 30 minutos, sendo realizados seis dias por semana durante três semanas. A hiperalgesia mecânica e o edema foram analisados. Por fim, as concentrações de citocinas pró- e anti-inflamatórias foram determinadas na pata e na medula espinal no final da primeira semana após a injeção. Resultados: a imersão diária em ATM por diferentes tempos reduziu a hiperalgesia mecânica na pata dos animais, sendo este efeito dependente do tempo de imersão; O tratamento diário por imersão diária em ATM induziu efeito somatório, evidenciado pelo prolongamento da resposta antihiperalgésica nas avaliações dos decursos temporais; A imersão diária em ATM restabeleceu a resposta sensorial dos animais mesmo após o final dos tratamentos; A imersão diária em ATM não alterou o edema na pata dos animais com inflamação; Além disso, os resultados encontrados aqui apontam que os tratamentos por imersão em ATM reduziram a hiperalgesia por reduzir as concentrações de citocinas pró-inflamatórias e aumentar as concentrações de citocinas anti-inflamatórias na pata dos animais com inflamação e; também por reduzir as concentrações de citocinas pró-inflamatórias na medula espinal dos camundongos com inflamação periférica. Conclusão: o presente estudo apresenta evidências de que a BT realizada com ATM de Santo Amaro da Imperatriz-SC reduz a hiperalgesia mecânica inflamatória, mas não alterou o edema, em um modelo animal de dor inflamatória periférica persistente.
5

Atividade imunomoduladora de Lactobacillus rhamnosus em macrófagos de camundongos estimulados com Lipopolisacarídeo, Ácido Lipoteicóico e manana

Oliveira, Felipe Eduardo de [UNESP] 18 December 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2014-08-13T14:51:00Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2013-12-18Bitstream added on 2014-08-13T17:59:40Z : No. of bitstreams: 1 000776180.pdf: 1926203 bytes, checksum: 60db49d6033717478f4a4a7a4f1c63aa (MD5) Os probióticos são capazes de equilibrar a microbiota residente e modular a resposta imune aos diferentes estímulos microbianos, entretanto, seus efeitos imunomoduladores ainda não estão claramente elucidados. O presente estudo avaliou o efeito imunomodulador de Lactobacillus rhamnosus ou seus produtos sobre macrófagos (RAW 264.7) ativados por lipopolissacarídeo (LPS), ácido lipoteicóico (LTA) ou manana, pela análise da produção de citocinas pró e anti-inflamatórias (TNF-α, IL-1 β, IL-4, IL-6, IL-10, IL-12). Foi utilizada a cepa padrão de L. rhamnosus ATCC 7469, semeada em Ágar Man-Rogosa-Shape (MRS) e cultivada a 37ºC/5% CO2 por 24 h. Foram empregadas três diferentes preparações de probióticos: 1) L. rhamnosus vivo (LV) na concentração de 2,5 x 107 células/mL; 2) L. rhamnosus morto (LM) obtido por autoclavagem da preparação anterior a 121°C/15 min; 3) Sobrenadante da suspensão de L. rhamnosus (SL), resultante da centrifugação da suspensão LM a 8300 xg/10min. Foram utilizados macrófagos de camundongos (RAW 264.7), cultivados em meio DMEM completo (suplementado com 10% de soro fetal bovino) foram distribuídos em microplacas de poliestireno na concentração de 5 x 105 células viáveis/poço/mL de meio DMEM completo. Após 24 h de incubação (37°C/5% CO2) para adesão celular, as placas foram lavadas com PBS estéril e apirogênico e as células foram estimuladas com LPS de Escherichia coli, LTA de Streptococcus faecalis ou manana de Saccharomyces cerevisiae na concentração de 1 μg/mL, na presença ou ausência das diferentes preparações dos probióticos por 2,5h. Em seguida as placas foram lavadas com PBS, tiveram seu meio trocado e foram incubadas por 16h (37°C/5% CO2). Os sobrenadantes das culturas foram coletados para a detecção e quantificação das citocinas (TNF-α, IL-1β, IL-4, IL-6, IL-10 e IL-12) pelo método imunoenzimático ELISA. Os .... Probiotics are able to balance the resident microbiota and modulate the immune response to different microbial stimuli, however its immunomodulatory effects are not clearly understood. This study intends to evaluate the immunomodulatory effect of Lactobacillus rhamnosus or its products on macrophages (RAW 264.7) activated by lipopolysaccharide (LPS), lipoteicoic acid (LTA) or mannan through the analysis of the production of pro and anti-inflammatory cytokines (TNF-α, IL-1 β, IL-4, IL-6, IL-10, IL-12). It was used the standard strain of L. rhamnosus ATCC 7469, seeded on Agar Man-Rogosa-Shape (MRS) and grown at 37°C/5% CO2 for 24 h. Three different preparations of probiotics were prepared: 1) L. rhamnosus solution at a concentration of 5 x 107 cells/mL; 2) Heat-killed L. rhamnosus, obtained by autoclaving previous preparation at 121°C/15 min, 3) Supernatant of L. rhamnosus suspension, obtained through centrifugation of the suspension with heat-killed probiotic at 8300 xg/10 min. Mouse macrophages (RAW 264.7) grown in complete DMEM medium (supplemented with 10% fetal bovine serum) were distributed in polystyrene microplates at a concentration of 1 x 106 viable cells/well/ml complete DMEM medium. After 24 h incubation (37°C/5% CO2) for cell adhesion, plates were washed with sterile-apirogenic physiologic saline and cells were stimulated with Escherichia coli LPS, Enterococcus faecalis LTA or Saccharomyces cerevisiae mannan at a concentration of 1 μg/mL, in the presence or absence of the different preparations of probiotics at the same time for 2,5 h. Then the plates were washed, had its medium traded and were incubated for 16 h (37°C/5% CO2). Culture supernatants were 14 collected for the detection and quantification of cytokines (TNF-α, IL-1β, IL-4, IL-6, IL-10 and IL-12) by ELISA immunoenzymatic method. The results were statistically analyzed by ANOVA and Tukey tests (p≤0,05). With ...
6

Mecanismos envolvidos na cardiotoxidade aguda induzida pela doxorrubicina em ratos

Polegato, Bertha Furlan [UNESP] 7 November 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:31:10Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2011-11-07Bitstream added on 2014-06-13T20:41:30Z : No. of bitstreams: 1 polegato_bf_dr_botfm.pdf: 3262960 bytes, checksum: 5e228e55d5391695f03d5175bdcfb7ef (MD5) Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) A doxorrubicina, ou adriamicina, é uma droga utilizada como agente antineoplásico no tratamento de tumores sólidos e neoplasias hematológicas, principalmente. Apesar de seu amplo uso, apresenta como efeito colateral mais importante a cardiotoxicidade. A toxicidade crônica é bastante conhecida e estudada e cursa com miocardiopatia dilatada e quadro clínico clássico de insuficiência cardíaca. A toxicidade aguda, por cursar com quadro clínico pouco exuberante e manifestar-se através de alterações eletrocardiográficas, é muito pouco diagnosticada e seu mecanismo fisiopatológico não é totalmente conhecido. Os mecanismos envolvidos na toxicidade cardíaca são distintos dos mecanismos de ação da droga e são múltiplos: aumento do estresse oxidativo, aumento da apoptose e alteração na dinâmica intracelular do cálcio. Nossa hipótese é que ocorra lesão estrutural e funcional cardíaca, precocemente, após infusão da doxorrubicina. O objetivo do presente estudo foi avaliar a função ventricular esquerda agudamente após administração de doxorrubicina, a expressão gênica das proteínas reguladoras do trânsito de cálcio, a atividade de metaloproteinases 2 e 9 no miocárdio e alterações das citocinas inflamatórias no miocárdio de ratos tratados com a droga. Para isso, foram utilizados ratos Wistar machos adultos (n=35), que foram submetidos à infusão intraperitoneal de dose única de doxorrubicina de 20 mg/Kg ou volume equivalente de salina (grupo controle). Os animais foram eutanasiados 48 horas após injeção da droga. Todos os ratos foram submetidos ao ecocardiograma antes e 48 horas após a injeção da doxorrubicina. Além da avaliação da função cardíaca in vivo pelo ecocardiograma, a função ventricular esquerda foi avaliada in vitro através de estudo do coração isolado, segundo preparação... Doxorubicin, or adriamycin, is a drug used as an antineoplastic agent in the treatment of solid tumors and hematologic malignancies. Despite of its use, there are several side effects, and the most important is cardiotoxicity. Chronic toxicity is well known and studied. It presented with dilated cardiomyopathy and clinical features of heart failure. The acute toxicity has mild clinical signs manifesting usually as electrocardiographic changes. Probably, this acute effect is underdiagnosed and the pathophysiological mechanism is not fully understood. The mechanisms involved in cardiac toxicity are multiple, and include increased oxidative stress, increased apoptosis and alteration in intracellular calcium dynamics. Our hypothesis is that structural and functional damage occurs in the heart early after infusion of doxorubicin. The purpose of this study was to evaluate left ventricular function acutely after doxorubicin administration. In addition, gene expression of calcium regulatory proteins, activity of metalloproteinases 2 and 9, and inflammatory cytokines in the myocardium of rats treated with this drug will also be evaluated. Thus, we used adult male Wistar rats (n = 35) who received a single-dose, by intraperitoneal infusion, of doxorubicin (20 mg / kg) or equivalent volume of saline (control group). After 48 hours of drug injection the rats were euthanized. All animals were submitted to echocardiography before drug infusion and immediately before euthanasia. Besides in vivo cardiac function evaluation by echocardiography. In vitro left ventricular function was assessed by isolated perfusion heart study, according to Langendorff preparation. We evaluated interstitial collagen and myocyte hypertrophy by light microscopy, and cardiac tissue metalloproteinases 2 and 9 activity was assessed by zymography. In addition... (Complete abstract click electronic access below)
7

Estudo de alterações comportamentais e neuroinflamatórias induzidas pela administração sistêmica de lipopolissacarídeo de escherichia coli em camundongos Study of behavioral changes and neuroinflammatory induced systemic administration Escherichia coli lipopolysaccharide in mice

Custódio, Charllyany Sabino 2012 (has links)
CUSTÓDIO, Charllyany Sabino. Estudo de alterações comportamentais e neuroinflamatórias induzidas pela administração sistêmica de lipopolissacarídeo de escherichia coli em camundongos. 2012. 82 f. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Médica) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2012. Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2014-07-07T16:07:28Z No. of bitstreams: 1 2012_dis_cscustódio.pdf: 757850 bytes, checksum: 67f83a151b1bb10a8063e8cc9ab3fd28 (MD5) Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2014-07-07T16:10:29Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_dis_cscustódio.pdf: 757850 bytes, checksum: 67f83a151b1bb10a8063e8cc9ab3fd28 (MD5) Made available in DSpace on 2014-07-07T16:10:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_dis_cscustódio.pdf: 757850 bytes, checksum: 67f83a151b1bb10a8063e8cc9ab3fd28 (MD5) Previous issue date: 2012 Based on evidences that systemic administration of lipopolysaccharide (LPS) in animals can trigger time-dependent pathophysiological changes, which together are named sickness behavior and depression, we sought to determine by immune challenge with systemic administration of LPS (0.5 mg / kg, ip) in male mice, the behavioral changes on parameters such as: behavior related to depression and anxiety, pre-pulse inhibition (PPI), working memory, motor coordination and locomotor activity, 1, 5 and 24h after administration of endotoxin, respectively, the time points for the development of disease and behavior depressive-like, and neurochemical by evaluating the levels of cytokines (TNF and IL1β) in the blood (plasma) and brain areas (prefrontal cortex (PFC), hippocampus (HC) and striatum (ST). Moreover, were measured brain levels of nitrite. Changes 1.5 h post-LPS were hypolocomotion, behaviors related to depression and anxiety, working memory deficits, accompanied by increases in levels of IL-1β in plasma and PFC, TNF a and reductions in plasma levels of nitrite in ST and PFC. Twenty-four hours after LPS, depression-related behavior and deficits of working memory remained, while the levels of PPI reduced significantly accompanied by an increase in the content of IL-1β in the PFC and decreased levels of nitrite in HC, ST and PFC. Taken together, the results of this study provide further evidence for changes in levels of PPI behavior similar to LPS-induced depression and for the involvement of nitric oxide in behavior similar to depression induced by LPS in mice. Baseando-se na evidência que a administração sistêmica de Lipopolissacarídeo (LPS) em animais pode desencadear alterações fisiopatológicas tempo-dependentes, que em conjunto são denominadas comportamento de doença ou depressão símile, buscou-se determinar através do desafio imune com administração sistémica de LPS (0,5 mg / kg, ip) em camundongos machos, as alterações comportamentais, sobre parâmetros tais como: comportamentos relacionados à depressão e à ansiedade, inibição pré-pulso (PPI), memória de trabalho, atividade locomotora e coordenação motora, 1,5 e 24 h após a administração da endotoxina, respectivamente, os pontos de tempo chave para o desenvolvimento dos comportamentos de doença e à depressão semelhante, e neuroquímicas através da avaliação dos níveis de citocinas (IL1β e TNFα) no sangue (plasma) e nas áreas cerebrais (córtex pré-frontal - CPF, hipocampo - HC e corpo estriado - ST). Além disso, foram dosados os níveis cerebrais de nitrito. As alterações 1,5 h pós-LPS foram: hipolocomoção, comportamentos relacionados à depressão e à ansiedade, déficits de memória de trabalho, acompanhado por incrementos no teor de IL-1β no plasma e PFC, TNFα no plasma e reduções nos níveis de nitrito no ST e PFC. O comportamento relacionado à depressão e os déficits de memória de trabalho mantiveram-se em vinte e quatro horas pós-LPS, enquanto os níveis de PPI reduziram significativamente acompanhados por um aumento no teor de IL-1β no PFC e diminuição dos níveis de nitrito no HC, ST e PFC. Tomados em conjunto, os resultados do presente estudo fornecem novas evidências para alterações de PPI no comportamento semelhante à depressão induzido por LPS e para o envolvimento do óxido nítrico no comportamento semelhante à depressão induzido por LPS em camundongos.
8

Estudo do polimorfismo dos genes das citocinas TNFα, IFNγ, TGFβ, IL-6, E IL-10 em hanseníase Study of polymorphism of genes of cytokines TNFa, IFN, TGFβ, IL-6, IL-10 in leprosy

Lima, Luana Nepomuceno Gondim Costa 2009 (has links)
LIMA, Luana Nepomuceno Gondim Costa. Estudo do polimorfismo do genes das citocinas TNFa, IFNy, TGFß, IL-6, E IL-10 em hanseníase . 2009. 164 f. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Médica) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2009. Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2012-01-05T12:56:35Z No. of bitstreams: 1 2009_dis_lngclima.pdf: 1702836 bytes, checksum: 54a1aa9b42b5683d9013d146e3e741d1 (MD5) Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2012-02-02T16:26:17Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_dis_lngclima.pdf: 1702836 bytes, checksum: 54a1aa9b42b5683d9013d146e3e741d1 (MD5) Made available in DSpace on 2012-02-02T16:26:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_dis_lngclima.pdf: 1702836 bytes, checksum: 54a1aa9b42b5683d9013d146e3e741d1 (MD5) Previous issue date: 2009 As citocinas desempenham um papel importante na resposta imune do hospedeiro contra o M. leprae. Polimorfismos de genes de citocinas têm sido implicados como um fator do hospedeiro influenciando a susceptibilidade para doenças infecciosas. O objetivo deste estudo foi verificar a relação entre a hanseníase e os polimorfismos dos genes TNFα (fator de necrose tumoral-α) -308 G→A; IFNγ (interferon-γ) +874 T→A; IL-6 (interleucina-6) -174 G→C; IL-10 -1082 A→T, -819 C→T, -592 A→C e TGFβ (fator de crescmento tumoral-β) códon 10 e códon 25. O estudo foi realizado com moradores do município de Sobral com 15 anos ou mais, no Estado do Ceará, durante o período de março de 2006 a julho de 2008. Os indivíduos foram divididos em três grupos. O grupo caso índice foi composto por 46 indivíduos com hanseníase. Controles internos foram 110 contactantes que residiam no domicílio do caso índice e os controles externos foram 83 indivíduos que não residiam no mesmo domicílio do caso índice. Desses indivíduos foram coletados 3ml para extração de DNA através do “Genomic Prep Blood DNA Isolation Kit” (GE Healthcare) e para tipificação dos polimorfismos dos genes das citocinas através do “kit” da “One-Lambda” (Canoga Park, CA, EUA). Também forma coletados 4,9ml de sangue para detecção de anticorpos IgM para PGL-I utilizando um teste ELISA. Os dados epidemiológicos e clínicos foram obtidos a partir de um questionário aplicado à todos participantes, padronizado para o projeto “Epidemiologia da hanseníase no Ceará: aprofundamento dos estudos imuno-epidemiológicos”, ao qual esse estudo está vinculado. Assim, não foram observadas associações significantes entre os polimorfismos dos genes das citocinas estudados e a susceptibilidade à hanseníase. Em relação ao gene IL-10, os indivíduos com o genótipo GCC/GCC apresentaram uma tendência a desenvolver a hanseníase mais precocemente. Em relação aos SNPs do gene IFNγ e TGFβ encontramos uma associação do genótipo T/T do IFNγ e do genótipo T/T G/G do TGFβ com uma predisposição à doença em indivíduos vacinados, podendo ser que indivíduos com esses genótipo não sejam beneficiados com a vacina. Em relação aos SNPs do gene IL-6 do grupo de controles internos foi observada uma associação entre um considerável aumento do genótipo C/C e a positividade para o anti-PGL-I. Dessa forma, o estudo do polimorfismo dos genes das citocinas traz um melhor esclarecimento da relação entre a genética do hospedeiro e a hanseníase, complementando estudos sobre a sua transmissão e fatores intra e extra-familiares em suas características imunológicas.
9

Associação de polimorfismos dos genes de citocinas com susceptibilidade para infecção por micobactérias Association of polymorphisms of cytokine genes with susceptibility to mycobacterial infection

Nunes, Sammara Tavares 2010 (has links)
NUNES,Sammara Tavares. Associação de polimorfismos dos genes de citocinas com susceptibilidade para infecção por micobactérias. 2010. 76 f. Dissertação (Mestrado em Patologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Patologia, Fortaleza, 2010. Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2012-01-02T13:54:24Z No. of bitstreams: 1 2010_dis_stnunes.pdf: 5960414 bytes, checksum: 809527b6966a214358d9f4c75ceb6f26 (MD5) Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2012-02-02T16:27:49Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_dis_stnunes.pdf: 5960414 bytes, checksum: 809527b6966a214358d9f4c75ceb6f26 (MD5) Made available in DSpace on 2012-02-02T16:27:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_dis_stnunes.pdf: 5960414 bytes, checksum: 809527b6966a214358d9f4c75ceb6f26 (MD5) Previous issue date: 2010 Cytokine genetic polymorphisms studies are helpful to determine diverse genetic profiles, to correlate populations, and to promote the knowledge of ethnic influence on the genetic susceptibility to diseases. The aim of the present study was to correlate TNF-α -308, TGF-β, codon 10 and codon 25, IL-10 -1082, -819, -592, IL-6 -174, and IFN-γ +874 polymorphisms with the susceptibility and the protection to M. tuberculosis and M. leprae infection. The study included 194 patients, 65 of them with leprosy and 129 with tuberculosis, and 168 healthy volunteers. The local Ethical Committee approved the study and all of the participants consented. To DNA purification and amplification 3-5 mL of peripheral blood was collected. An Easy-DNA (Invitrogen) kit was used to purification. Cytokines SNPs TNF-α (-308G>A), TGF-β codon 10 and 25, IL-10 (-1082G>A, -819C>T, -592C>A), IL-6 (-174G>C) and IFN-γ (+874T>A) were amplified by the polymerase chain reaction using sequence-specific primers (SSP-PCR) (One-Lambda). Statistical analysis was proceeded using GraphPad prism 5, and p values were determined by the Fisher test, with significance when p<0.05. Frequencies of TNFα genotypes were not different among patients and controls. However, IL-10 genotypes analyses showed a reduction on the frequency of the GCC/GCC in patients (7.1% vs 17.9%, p=0.006). This reduction was also observed with the IL-6 GC (22.1% vs 32.8%, p=0.04) and IFNγ TA (36.6% vs 51.6%, p=0.01) genotypes. In contrast, the frequencies of the IL-6 GG (72.1% vs 57.0%, p=0.008) and the IFNγ AA (54.0% vs 41.4%, p=0.03) genotypes were increased in patients. Furthermore, there was a trend to an increase in the frequency of the TGFβ CC/GC genotype (7.5% vs 0.8%, p=0.06). In conclusion, IL-10 (GCC/GCC), IL-6 (GC) and IFN-γ (TA) genotypes conferred protection against, while TGF-β (CC/GC), IL-6 (GG) and IFN-γ (AA) genotypes determined susceptibility to mycobacteria infection. On the other hand, T allele in codon 10 and G allele in codon 25 of the TGF-β gene, determined protection against tuberculosis. In contrast, the IL-6 -174G conferred susceptibility to mycobacteria infection. Os estudos de polimorfismos dos genes de citocinas podem ser utilizados como uma ferramenta de análise antropológica para determinar perfis genéticos distintos, para traçar relações entre populações e para promover o entendimento das disparidades raciais na susceptibilidade genética a doenças. O objetivo deste estudo foi correlacionar os polimorfismos das citocinas, TNF-α -308, TGF-β, códon 10 e códon 25, IL-10 -1082, -819, -592, IL-6 -174, e IFN-γ +874 com a susceptibilidade e a proteção às infecções por M. tuberculosis e M. leprae. A casuística incluiu 194 pacientes, sendo 65 com hanseníase e 129 com tuberculose. Como controles foram selecionados 168 voluntários saudáveis. Todos os indivíduos assinaram termo de consentimento informado e o estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética local. Para a obtenção do DNA genômico e amplificação foram coletados 3-5ml de sangue periférico, sendo utilizado na extração do DNA o kit Easy-DNA (Invitrogen). Os SNPs dos genes das citocinas TNF-α (-308G>A), TGF-β códon 10 e 25, IL-10 (-1082G>A, -819C>T, -592C>A), IL-6 (-174G>C) e IFN-γ (+874T>A) foram tipificados por reação em cadeia da polimerase, empregando-se iniciadores de seqüência específica (PCR-SSP) (One-Lambda). Utilizou-se para a análise estatística o programa GraphPad prism 5, sendo o valor de ρ determinado através do Teste de Fisher bicaudal com significância em ρ<0,05. Durante a comparação dos resultados entre os grupos estudados observou-se que não houve diferenças entre as freqüências dos genótipos de TNFα. Entretanto, na análise dos genótipos de IL10, houve uma redução da freqüência do GCC/GCC nos casos (7,1% vs 17,9%, p=0,006). Esta redução também foi observada quando analisados os genótipos IL-6 GC (22,1% vs 32,8%, p=0,04) e IFNγ TA (36,6% vs 51,6%, p=0,01). No entanto, as freqüências dos genótipos GG de IL-6 (72,1% vs 57,0%, p=0,008) e AA de IFNγ (54,0% vs 41,4%, p=0,03) estavam aumentadas nos casos. Ademais, houve uma tendência para aumento da freqüência do CC/GC de TGFβ (7,5% vs 0,8%, p=0,06). Dessa forma pode-se concluir que os genótipos: IL-10 (GCC/GCC), IL-6 (GC) e IFN-γ (TA) conferiram efeito protetor, enquanto os genótipos TGF-β (CC/GC), IL-6 (GG) e IFN-γ (AA) conferiram efeito de susceptibilidade para infecção por micobactérias. Por outro lado, os alelos T no códon 10 e G no códon 25 de TGF-β determinaram efeito protetor contra tuberculose. Em contraste, o alelo -174G de IL-6 determinou susceptibilidade às infecções por micobactérias.
10

Estudo do efeito farmacológico da alfa, beta-amirina, uma mistura de triterpenos isolada de Protium heptaphyllum, na pancreatite aguda experimental Pharmacological study of the effect of alfa,β-amyrin, a mixture of triterpenes isolated from Protium hepthaphyllum in acute pancreatitis experimental

Melo, Caroline Mourão 2009 (has links)
MELO, Caroline Mourão. Estudo do efeito farmacológico da alfa e beta-amirina, uma mistura de triterpenos isolada de protium heptaphyllum, na pancreatite aguda experimental . 2009. 153 f. Tese (Doutorado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2009. Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2012-05-25T12:38:35Z No. of bitstreams: 1 2009_tese_cmmelo.pdf: 6818284 bytes, checksum: 73a0ebdea14df94f91bf8d3e2a8e3334 (MD5) Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2012-05-30T14:16:54Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_tese_cmmelo.pdf: 6818284 bytes, checksum: 73a0ebdea14df94f91bf8d3e2a8e3334 (MD5) Made available in DSpace on 2012-05-30T14:16:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_tese_cmmelo.pdf: 6818284 bytes, checksum: 73a0ebdea14df94f91bf8d3e2a8e3334 (MD5) Previous issue date: 2009 Triterpenes are natural compounds with anti-inflammatory and cytoprotective effects relatively non-toxic. Acute pancreatitis, an inflammation of the pancreas, may lead to systemic inflammatory response syndrome (SIRS) and multiple organ dysfunction syndrome (MODS), conditions that can lead the patient to death. In this study, a mixture of triterpenes isolated from Protium hepthaphyllum was investigated for their effects in models of acute pancreatitis. In the model of acute pancreatitis induced by L-arginine, male Wistar rats were treated with a mixture of ,β-amyrin (10, 30 and 100 mg/kg, p.o.) or with vehicle (2% Tween 80 in distilled water, 10 ml/kg) 48, 24 and 1.5 h before the administration of L-arginine (2 x 2.5 g/kg, 1 h apart) or with metilprednisolone (30 mg/kg, i.m.) 30 min before the administration of L-arginine. In cerulein-induced pancreatitis, male Swiss mice were treated with a mixture of ,β-amyrin (10, 30 and 100 mg/kg, p.o.) or with vehicle (2% Tween 80 in distilled water, 10 ml/kg) 48, 24 and 1.5 h before administration of cerulein (5 x 50 mg/kg, 1 h apart) or with thalidomide (200 mg/kg, p.o.) 1h before administration of cerulein. Animals treated with saline (0.9% NaCl) were included in both models. We analyzed the pancreatic edema, serum amylase, lipase and cytokines (TNF-, IL-6), myeloperoxidase, reactive substances to thiobarbituric acid (TBARS), histology and immunohistochemistry (TNF-, iNOS and nitrotyrosine) pancreatic. L-arginine and cerulein significantly increased pancreatic edema and serum levels of amylase, lipase, TNF- and IL-6. Histopathologic evaluation of pancreas revealed the presence of edema, neutrophil infiltration, hemorrhage, acinar vacuolization and necrosis. We observed a marked increase in the expression of TNF-, iNOS and nitrotyrosine in the evaluation by immunohistochemistry. The pre-treatment with alpha and beta-amyrin (10, 30 and 100 mg/kg, p.o.), metilprednisolone (30 mg/kg, i.m.) or thalidomide (200 mg/kg, p.o.) significantly attenuated the severity of acute pancreatitis induced by either L-arginine, and by cerulein, as evidenced by the reduction of pancreatic edema, amylase, lipase and serum cytokines, myeloperoxidase and pancreatic TBARS. Furthermore, treatment with ,β-amyrin and the reference drugs suppressed the histopathological changes and expression of cytokines and nitrotyrosine pancreatic. Together, these results indicate that the mixture of ,-amyrin reduces the severity of acute pancreatitis induced by L-arginine or cerulein acting as anti-inflammatory and antioxidant agent. Os triterpenos pentacíclicos são compostos naturais com atividade antiinflamatória e citoprotetora e são relativamente atóxicos. A pancreatite aguda, uma inflamação aguda do pâncreas, pode levar à síndrome da resposta inflamatória sistêmica (SRIS) e à síndrome da disfunção múltipla de órgãos (MODS), condições que podem levar o paciente ao óbito. Neste trabalho, a mistura de triterpenos pentacíclicos alfa,β-amirina, isolada do Protium hepthaphyllum, foi investigada quanto aos seus efeitos nos modelos de pancreatite aguda induzida por L-arginina em ratos e por ceruleína em camundongos. No modelo de pancreatite aguda induzida por L-arginina, ratos Wistar machos foram tratados com a mistura de alfa,β-amirina (10, 30 e 100 mg/kg, v.o.) ou com o veículo (2% de Tween 80 em água destilada, 10ml/kg) 48, 24 e 1,5h antes da administração de L-arginina (2 x 2,5 g/kg; 1 h de intervalo) ou com metilprednisolona (30 mg/kg, i.m.) 30 min antes da administração de L-arginina. Na pancreatite induzida por ceruleína, camundongos Swiss machos foram tratados com a mistura de alfa,β-amirina (10, 30 e 100 mg/kg, v.o.) ou com o veículo (2% de Tween 80 em água destilada, 10ml/kg) 48, 24 e 1,5h antes da administração de ceruleína (5 x 50 μg/kg; 1 h de intervalo) ou com talidomida (200 mg/kg, v.o.) 1h antes da administração de ceruleína. Animais tratados apenas com salina (0,9%, NaCl) foram incluídos nos dois modelos. Foram analisados o edema pancreático, níveis séricos de amilase, lipase e citocinas (TNF alfa, IL-6), mieloperoxidase, substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS), histologia e imunohistoquímica (TNF-alfa, iNOS e nitrotirosina) pancreática. L-arginina e ceruleína aumentaram significativamente o edema pancreático e os níveis séricos de amilase, lipase, TNF alfa, IL-6. A avaliação histopatológica do pâncreas revelou a presença de edema, infiltração neutrofílica, hemorragia, vacuolização e necrose acinar. Foi observado um aumento acentuado na expressão de TNF alfa, iNOS e nitrotirosina na avaliação por imunohistoquímica. O pré-tratamento com alfa e beta-amirina (10, 30 e 100 mg/kg, v.o.), metilprednisolona (30 mg/kg, i.m.) ou talidomida (200 mg/kg, v.o.) atenuaram significativamente a severidade da pancreatite aguda induzida tanto por L-arginina, quanto por ceruleína, evidenciado pela redução do edema pancreático, amilase, lipase e citocinas séricas, mieloperoxidase e TBARS pancreático. Além disso, o tratamento com alfa,β-amirina e com as drogas de referência suprimiram as alterações histopatológicas e a expressão de citocinas e nitrotirosina pancreáticas. Em conjunto, esses resultados indicam que alfa,β-amirina melhora a severidade da pancreatite aguda induzida por L-arginina ou ceruleína por agir como antiinflamatório e antioxidante.

Page generated in 0.0617 seconds