• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1112
  • 33
  • 33
  • 33
  • 33
  • 29
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • Tagged with
  • 1118
  • 647
  • 645
  • 631
  • 467
  • 355
  • 326
  • 241
  • 170
  • 162
  • 161
  • 159
  • 144
  • 133
  • 125
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Intraluminal impedance evaluation of the pharynx after acute exposure in patients with posterior laryngitis / AvaliaÃÃo da impedÃncia intraluminal da faringe apÃs exposiÃÃo Ãcida em pacientes com laringite posterior

Tanila Aguiar Andrade Coutinho 18 December 2015 (has links)
nÃo hà / ABSTRACT The integrity of the esophageal mucosal barrier is a protective mechanism against gastroesophageal reflux. The baseline value of intraluminal impedance has be used to assess the integrity of the esophageal mucosa. Patients with higher esophageal acid exposure time present lower basal impedance, which leads to structural changes in the mucosa. This study hypothesis is that patients with unspecified chronic laryngopharyngitis have lower basal pharyngeal impedance than healthy individuals after acid exposure. Quantitative, interventional, and open study comprising two groups of patients: Laryngitis Group (LG) (n=11) with patients presenting chronic intermittent hoarseness and laryngeal edema, and Control Group (CG) (n=10) composed by healthy volunteers. LG underwent clinical assessment (standardized questionnaires) and the two groups underwent functional evaluation (high-resolution manometry and intraluminal impedance-pH monitoring). The intervention lasted 55 minutes, from the 1st to 5th, 30mL of water were administered orally (6mL/minute); 16th to 30th, 60mL of hydrochloric acid were administered (2mL/30 seconds); 41st to 45th, 30mL of water were once again administered (6mL/minute). Intraluminal impedance was continuously monitored with a probe whose sensors were placed 2cm above the proximal edge of the upper esophageal sphincter (UES), the edge of the UES, and the proximal esophagus. Values were measured every 5 minutes on stable, artifacts-free segments. Basal impedance 2cm above the upper edge of the UES in laryngitis group was similar to the control (LG=2525Â448 vs. CG=2439Â282, p=0.72). During acid exposure, 20th minute of the intervention, the impedance was significantly lower in the laryngitis than in control group (LG=1374Â334 vs. CG=2595Â2110, p=0.02). At the end of the test, 55th minute, this significance was confirmed even after water intake (LG=1088Â331 vs. CG=1691Â654, p=0.02). In the hypopharyngeal, at the edge of the UES, basal impedance presented no differences among the two groups (LG=2583Â322 vs. CG=2514Â348, p=0.72). During acid exposure, 20th minute, impedance was lower in LG (LG=1207Â212 vs. CG=1518Â387, p=0.05) and at the end of the test, 55th minute, there was no significant difference, but the impedance value was higher in control than in laryngitis group (LG=1004Â240 vs. CG=1288Â427, p=0.19). Hypopharyngeal impedance-pH monitoring values after acid exposure were lower in patients with unspecified chronic laryngitis, commonly attributed to reflux disease, than in healthy volunteers. / A integridade da barreira mucosa do esÃfago à um mecanismo de proteÃÃo contra o refluxo gastroesofÃgico. O valor basal da impedÃncia intraluminal tem sido usado para avaliar a integridade da mucosa esofÃgica. Pacientes com maior tempo de exposiÃÃo Ãcida no esÃfago tÃm impedÃncia de base mais baixa e isto se associa a alteraÃÃes estruturais da mucosa. A hipÃtese deste estudo à que pacientes com laringofaringite crÃnica inespecÃfica teriam menor impedÃncia basal da faringe do que indivÃduos saudÃveis apÃs exposiÃÃo Ãcida. Estudo quantitativo, intervencionista e aberto, composto de dois grupos de pacientes: Grupo Laringite (GL) (n=11), com pacientes apresentando rouquidÃo intermitente crÃnica e edema larÃngeo; e Grupo Controle (Grupo Controle) (n=10), composto por voluntÃrios saudÃveis. O GL foi submetido à avaliaÃÃo clÃnica (questionÃrios padronizados) e os dois grupos foram submetidos à avaliaÃÃo funcional (manometria de alta resoluÃÃo e impedanciometria intraluminal). Foram 55 minutos de intervenÃÃo, do 1 ao 5 foi administrado via oral 30 ml de Ãgua (6 ml/minuto), do 16 ao 30 foi administrado 60 ml de Ãcido clorÃdrico (2 ml/30 segundos), do 41 ao 45 foinovamente administrado 30 ml de Ãgua (6 ml/minuto). A impedÃncia intraluminal foi monitorada continuamente com uma sonda, cujos sensores foram posicionados 2 cm acima do bordo proximal do esfincter esofÃgico superior (EES), no bordo do EES, e no esÃfago proximal. As medidas foram realizadas a cada 5 minutos, em segmentos estÃveis do traÃado, livres de artefatos. A impedÃncia basal 2 cm acima do bordo superior do EES no grupo laringite foi semelhante ao controle (GL=2525Â448 versus GC=2439Â282, p=0,72). Durante a exposiÃÃo Ãcida, no 20 minuto da intervenÃÃo, a impedÃncia foi significantemente mais baixa nos laringites do que nos controles (GL=1374Â334 versus GC=2595Â2110, p=0,02). Ao final do exame, no 55 minuto, continua significante, mesmo apÃs a ingestÃo de Ãgua (GL=1088Â331 versus GC=1691Â654, p=0,02). Na faringe mais distal, no bordo do EES, a impedÃncia basal, tambÃm nÃo foi diferente entre os dois grupos (GL=2583Â322 versus GC=2514Â348, p=0,72). Durante o Ãcido, no 20 minuto, a impedÃncia foi menor no GL (GL=1207Â212 versus GC=1518Â387, p=0,05) e ao final do exame 55 minuto, nÃo alcanÃou diferenÃa significante, mas o valor de impedÃncia foi maior nos controles do que nos laringites (GL=1004Â240 versus GC=1288Â427, p=0,19). Os valores de impedanciometria da hipofaringe, apÃs exposiÃÃo Ãcida, foram menores nos pacientes com laringite crÃnica inespecÃfica, frequentemente atribuÃda ao refluxo, do que em voluntÃrios saudÃveis.
2

Características vocais de uma amostra de professores da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal

Quintanilha, Jane Kátia Mendes Cravo January 2006 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2006. / Submitted by Érika Rayanne Carvalho (carvalho.erika@ymail.com) on 2009-12-01T02:53:22Z No. of bitstreams: 1 2006_Jane Katia Mendes Cravo Quintanilha.pdf: 459888 bytes, checksum: 2fc3f50a97fe1b5e463e00b4cbee2a4d (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2010-01-11T22:04:00Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_Jane Katia Mendes Cravo Quintanilha.pdf: 459888 bytes, checksum: 2fc3f50a97fe1b5e463e00b4cbee2a4d (MD5) / Made available in DSpace on 2010-01-11T22:04:00Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_Jane Katia Mendes Cravo Quintanilha.pdf: 459888 bytes, checksum: 2fc3f50a97fe1b5e463e00b4cbee2a4d (MD5) Previous issue date: 2006 / O professor faz parte de uma categoria profissional que necessita da voz como instrumento de trabalho, na transmissão do conhecimento e nas suas relações com o outro. Sabe-se que o conhecimento em sala de aula não acontece somente do conhecimento teórico, mas da capacidade de perceber as reais necessidades dos alunos, para a transmissão dos conhecimentos de forma mais global. Para isso, é necessária uma voz que seja de qualidade adequada, sem alterações, com projeção vocal e entonação no momento do discurso. Este estudo foi realizado com o objetivo de detectar e quantificar alterações vocais em uma amostra de professores do ensino fundamental da Secretaria de Educação do Distrito Federal. Com isso, buscou-se identificar os hábitos vocais e os fatores riscos das possíveis alterações vocais. Para tal, foi distribuído aos professores o questionário proposto por Ferreira et al (2003), tal questionário inquiria sobre dados pessoais dos professores, sua situação funcional, aspectos da sua saúde geral e vocal, seus hábitos de vida diários que interferem na voz, antecedentes familiares e lazer. Foram selecionadas, de forma aleatória, escolas do Plano Piloto e de cidades satélites, e entregues 183 questionários. Foram devolvidos 149 para análise, sendo selecionados, somente os professores concursados e em atividades laborativas. Os resultados encontrados indicaram que a maior parte da amostra pesquisada é do sexo feminino, casada, com nível superior completo, tendo em média 35 anos de idade e 13 anos de profissão. A maior parte trabalha somente em uma escola. Dos pesquisados, 74,5% relatam ter alteração vocal e atribuem essa alteração ao uso intensivo da voz (89,2%), seguido de exposição ao barulho (65.8%), estresse e o clima seco, ambos com 64,9%. Os sintomas e sensações mais freqüentes relativos às alterações vocais foram: rouquidão, cansaço ao falar, garganta seca e pigarro. Desta parcela que relata ter alteração vocal, 79,3% são do sexo feminino, 62,3% não estão satisfeitos com sua voz e 83,5% não receberam na sua formação profissional, nenhum tipo de informação sobre cuidados com a voz. Portanto, os resultados justificam que medidas preventivas relativas à saúde vocal, como palestras, campanhas educativas e acompanhamento periódico devem ser adotadas. Além disso, também sugerimos a inclusão de disciplinas, que tratem do tema em questão, na grade curricular dos cursos de formação para os professores. Tudo isso poderá auxiliar na prevenção de alterações vocais, assim como aperfeiçoar a função comunicativa dos docentes, fazendo com que haja uma diminuição de casos de afastamento dos professores da sala de aula. ____________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Teachers belong to a professional category that needs the voice both as a work instrument in the knowledge transmission and in its relations to others. It is known that the knowledge transmission in the classroom does not happen only through the theoretical teaching but also through the teacher’s capacity to perceive the real necessities of the students in order to transmit the knowledge in a more global form. Therefore, the teacher’s voice should have an adjusted quality, without alterations, with vocal projections and intonations during the speech. This study was carried through with the objective to detect and to quantify vocal disorders in middle school teachers that work for the Federal District Educational Secretary. With this in mind, this study sought to identify vocal habits and risk factors of possible vocal alterations, and also to suggest to the responsible authorities a prophylaxis action aiming at a better overall life quality as well as a reduction of governmental expenses with as consequences of vocal alterations. For this, a questionnaire proposed by Ferreira et al (2003), were distributed to the teachers, this questionnaire inquired about personal information, such as professional situation, general health, possible problems in the voice, family background, and leisure habits. Schools from Plano Piloto and Cidades Satelites were selected randomly and 183 questionnaires were delivered. From those, 149 were returned for analysis. The study selected only teachers admitted by a public test and those who work in the classroom. The results indicate that most teachers of the searched sample are married females with an average age of 35, have an university degree and 13 years of professional experience. Most of them work for only one school. Of the searched participants 74.5% relate vocal alteration and attribute this alteration to the intensive use of their voice (89.2%), followed by noise exposition (65.8%), stress and the dry climate both being at 64.9%. The most frequent symptoms and sensations relative to the vocal alterations were: hoarseness, tiredness when speaking, dry throat, and throat clearing. Of this population with some alterations in the voice, 79.3% are females, 62.3% are not satisfied with their voices and 83.5% had not received during their professional formation any information about how to take care of their voices. Hence, the results justify that preventive measures relative to the vocal health, such as lectures, educative campaigns and periodic accompaniment should be implemented. Besides that, we suggest the inclusion in the formation courses for teachers of disciplines about the present theme. Those actions will help in the prevention of vocal alterations at the same time perfecting the teachers’ communicative function reducing, therefore, the number of teachers that need to stop working in the classrooms.
3

Elaboração de programa de intervenção com as habilidades percepto-viso-motoras em escolares com dislexia do desenvolvimento /

Fusco, Natália. January 2013 (has links)
Orientador: Simone Aparecida Capellini / Coorientador: Giseli Donadon Germano / Banca: Clara Regina Brandão de Ávila / Banca: Cristiane Moço Canhetti de Oliveira / Resumo: Escolares com dislexia do desenvolvimento apresentam alterações perceptivas visuais pelo fato de apresentarem disfunções em áreas cerebrais responsáveis pela percepção viso-espaciais implícitas na grafia. Para que o escolar seja capaz de ler e escrever é necessário que ele chegue a um grau de maturidade, quanto as habilidade de percepção viso motora, por esta razão a habilidade de percepção viso-motora é fundamental para o sucesso escolar. Esta pesquisa foi desenvolvida em dois estudos: o estudo 1, com o objetivo de elaborar um programa de intervenção com as habilidades de percepto-viso-motora. Como parte da metodologia foram elaboradas exercícios para o trabalho com a coordenação viso-motora, a discriminação visual, a memória visual, a relação viso- espacial, a constância de forma, a memória sequencial, a figura-fundo visual e a closura visual. O estudo piloto foi realizado com 5 escolares com diagnóstico interdisciplinar de dislexia em 12 sessões individuais de 40 minutos. Os resultados indicaram a necessidade de reestruturação de alguns itens do programa de intervenção o que tornou o mesmo com aplicabilidade para utilização com escolares com dislexia. O estudo 2 teve como objetivo verificar a eficácia do programa de intervenção com as habilidades percepto-viso-motora em escolares com dislexia do desenvolvimento. Participaram deste estudo 20 escolares do 3º ao 5º ano do ensino fundamental público da cidade de Marília-SP, na faixa etária de oito a 11 anos e 11 meses de idade, sendo distribuídos nos seguintes grupos: GI (10 escolares com dislexia do desenvolvimento) e GII (10 escolares com bom desempenho acadêmico). Em situação de pré e pós testagem, todos os grupos deste estudo foram submetidos à aplicação do Teste de Habilidades Perceptuais Visuais (TVPS-3) e a análise da escrita foi realizada... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Students with developmental dyslexia have visual perceptual difficulties caused by dysfunctions in brain areas which are responsible for visuospatial perception implicit in writing. For the student being able to read and write it is necessary a level of maturity, regarding the ability of perception visuo-motor, therefore the ability to visual-motor perception is fundamental for school success. This research was conducted in two studies: Study 1, with the aim was to elaborate an intervention program with perceptual-visual-motor skills. As part of the methodology, it was developed exercises to work with visual-motor coordination, visual discrimination, visual memory, visual-spatial relationship, constancy of form, sequential memory, figure-ground visual and visual closura. The pilot study was conducted with 5 children with interdisciplinary diagnosed of dyslexia submitted in 12 individual sessions of 40 minutes. The results indicated the need of restructuring of some items of the intervention program which allowed the program to become applicable for use with students with dyslexia. The Study 2 aimed to verify the effectiveness of the intervention program with perceptual-visual-motor skills in students with developmental dyslexia. Twenty students participated of this study, from 3rd to 5th grade of elementary public school in Marília-SP, aged between 8 years old to 11 years and 11 months years, being divided into two groups: GI (10 students with developmental dyslexia) and GII (10 students with good academic performance). In pre and post testing, all groups in this study were submitted to the Visual Perceptual Skills Test (TVPs-3) and written analysis performed by writing Scale Dysgraphia. The results were statistically analyzed and showed that both groups of students showed dysgraphia in pre testing, however students with developmental... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
4

Elaboração de programa de intervenção com as habilidades percepto-viso-motoras em escolares com dislexia do desenvolvimento

Fusco, Natália [UNESP] 28 March 2013 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:24:15Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2013-03-28Bitstream added on 2014-06-13T20:12:16Z : No. of bitstreams: 1 fusco_n_me_mar.pdf: 779843 bytes, checksum: 54bbe64d207587b7890061ebed2057ae (MD5) / Escolares com dislexia do desenvolvimento apresentam alterações perceptivas visuais pelo fato de apresentarem disfunções em áreas cerebrais responsáveis pela percepção viso-espaciais implícitas na grafia. Para que o escolar seja capaz de ler e escrever é necessário que ele chegue a um grau de maturidade, quanto as habilidade de percepção viso motora, por esta razão a habilidade de percepção viso-motora é fundamental para o sucesso escolar. Esta pesquisa foi desenvolvida em dois estudos: o estudo 1, com o objetivo de elaborar um programa de intervenção com as habilidades de percepto-viso-motora. Como parte da metodologia foram elaboradas exercícios para o trabalho com a coordenação viso-motora, a discriminação visual, a memória visual, a relação viso- espacial, a constância de forma, a memória sequencial, a figura-fundo visual e a closura visual. O estudo piloto foi realizado com 5 escolares com diagnóstico interdisciplinar de dislexia em 12 sessões individuais de 40 minutos. Os resultados indicaram a necessidade de reestruturação de alguns itens do programa de intervenção o que tornou o mesmo com aplicabilidade para utilização com escolares com dislexia. O estudo 2 teve como objetivo verificar a eficácia do programa de intervenção com as habilidades percepto-viso-motora em escolares com dislexia do desenvolvimento. Participaram deste estudo 20 escolares do 3º ao 5º ano do ensino fundamental público da cidade de Marília-SP, na faixa etária de oito a 11 anos e 11 meses de idade, sendo distribuídos nos seguintes grupos: GI (10 escolares com dislexia do desenvolvimento) e GII (10 escolares com bom desempenho acadêmico). Em situação de pré e pós testagem, todos os grupos deste estudo foram submetidos à aplicação do Teste de Habilidades Perceptuais Visuais (TVPS-3) e a análise da escrita foi realizada... / Students with developmental dyslexia have visual perceptual difficulties caused by dysfunctions in brain areas which are responsible for visuospatial perception implicit in writing. For the student being able to read and write it is necessary a level of maturity, regarding the ability of perception visuo-motor, therefore the ability to visual-motor perception is fundamental for school success. This research was conducted in two studies: Study 1, with the aim was to elaborate an intervention program with perceptual-visual-motor skills. As part of the methodology, it was developed exercises to work with visual-motor coordination, visual discrimination, visual memory, visual-spatial relationship, constancy of form, sequential memory, figure-ground visual and visual closura. The pilot study was conducted with 5 children with interdisciplinary diagnosed of dyslexia submitted in 12 individual sessions of 40 minutes. The results indicated the need of restructuring of some items of the intervention program which allowed the program to become applicable for use with students with dyslexia. The Study 2 aimed to verify the effectiveness of the intervention program with perceptual-visual-motor skills in students with developmental dyslexia. Twenty students participated of this study, from 3rd to 5th grade of elementary public school in Marília-SP, aged between 8 years old to 11 years and 11 months years, being divided into two groups: GI (10 students with developmental dyslexia) and GII (10 students with good academic performance). In pre and post testing, all groups in this study were submitted to the Visual Perceptual Skills Test (TVPs-3) and written analysis performed by writing Scale Dysgraphia. The results were statistically analyzed and showed that both groups of students showed dysgraphia in pre testing, however students with developmental... (Complete abstract click electronic access below)
5

Bifurcação de Hopf generalizada para um sistema planar suave por partes

Arantes, Izabel Santana Almeida January 2007 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Exatas, Departamento de Matemática, 2007. / Submitted by samara castro (sammy_roberta7@hotmail.com) on 2009-12-10T23:31:02Z No. of bitstreams: 1 2007_IzabelSantanaAlmeidaArantes.pdf: 488295 bytes, checksum: 5dd54c370ea81b42b6e021f995c89445 (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2010-01-15T22:36:45Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2007_IzabelSantanaAlmeidaArantes.pdf: 488295 bytes, checksum: 5dd54c370ea81b42b6e021f995c89445 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-01-15T22:36:45Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2007_IzabelSantanaAlmeidaArantes.pdf: 488295 bytes, checksum: 5dd54c370ea81b42b6e021f995c89445 (MD5) Previous issue date: 2007 / Neste trabalho utilizamos a teoria qualitativa das equações diferenciais para estudar rapidamente a bifurcação de Hopf para um sistema dinâmico planar suave mediante a variação do parâmetro de controle do sistema, e a bifurcação de Hopf generalizada emanada de um canto de um sistema planar suave por partes, sobre a geração de uma família de órbitas periódicas bifurcando, também variando o parâmetro de controle. Para isso, definimos o número de Lyapunov e a aplicação de Poincaré. E, a partir da composição de aplicações aplicações de Poincaré, construímos uma aplicação Retorno e estudamos seus pontos fixos. Ilustramos esses fenômenos de bifurcação através de uma análise dos modelos suave e suave por partes da oscilação das pregas vocais no processo de produção da voz (fonação). A maior parte desta dissertação está baseada em [28, 30, 35, 37, 40]. _____________________________________________________________________________________ ABSTRACT / In this work we use the qualitative theory of the di?erential equations to quickly study the Hopf bifurcation for a smooth planar dynamical system under the variation of the control parameter of the system, and a generalized Hopf bifurcation emanated from a corner for piecewise smooth planar dynamical system, about the generation of a branch of periodic orbits bifurcating, varying the control parameter. For this, we define the Liapunov number and the Poincar´e map. And, through the composition of the Poinacr´e maps, we build a Return map and we study its fixed points. We illustrate those bifurcation phenomena by a analysis of the smooth and piece- wise smooth models for a vocal fold oscillation in process of the voice production (phona- tion). The main part of this dissertation is based on [28, 30, 35, 37, 40].
6

Bifurcação de Andronov-Hopf em um modelo de Liénard para as pregas vocais

Ferreira, Luverci do Nascimento January 2006 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Exatas, Departamento de Matemática, Brasília, 2006. / Texto parcialmente liberado pelo autor. / Submitted by Mariana Fonseca Xavier Nunes (nanarteira@hotmail.com) on 2010-09-16T09:30:42Z No. of bitstreams: 1 2006_Luverci do Nascimento Ferreira.pdf: 68703 bytes, checksum: 51f4552f8d0d59a6e3f088349d06533c (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2010-09-24T14:36:43Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_Luverci do Nascimento Ferreira.pdf: 68703 bytes, checksum: 51f4552f8d0d59a6e3f088349d06533c (MD5) / Made available in DSpace on 2010-09-24T14:36:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_Luverci do Nascimento Ferreira.pdf: 68703 bytes, checksum: 51f4552f8d0d59a6e3f088349d06533c (MD5) / Os fenômenos oscilatórios da natureza podem ser estudados por modelos matemáticos. Neste trabalho estudamos a dinâmica de um oscilador do tipo Liénard, que modela o comportamento das pregas vocais durante a fonação utilizando a teoria qualitativa das equações diferenciais. Estudamos o número de Lyapunov e a bifurcação de Andronov-Hopf para o caso bidimensional sobre a geração de um ciclo limite quando variamos uma parâmetro do sistema. Verificamos que a oscilação é produzida com valores fisiológicos realistas para os parâmetros. Ela é gerada através de uma bifurcação de Andronov-Hopf, a qual pode assumir as formas supercrítica e subcrítica. Ilustramos os resultados encontrados fazendo uma análise numérica com retratos de fase e diagramas de bifurcação. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Oscillatory phenomena in nature may be studied by mathematical models. In this work, we explore the dynamics of an oscillator of the Lienard type, which models the behavior of the vocal folds at phonation, using the qualitative theory of differential equations. We study the Lyapunov number and the Andronov-Hopf bifurcation for the bidimensional case, about the generation of a limit cycle when a systems parameter is varied. We verify that the oscillation is produced with realistic physiological values for the parameters. It is generated through an Andronov-Hopf bifurcation, which can assume supercritical and subcritical forms. We illustrate the results by a numerical analysis with phase portraits and bifurcation diagrams.
7

Encantos e encontros com a fala : explorações psicanalíticas sobre a clínica fonoaudiológica com crianças autistas

Leão, Luciana Silveira 25 October 2010 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2010. / Submitted by Luanna Maia (luanna@bce.unb.br) on 2011-06-03T15:37:20Z No. of bitstreams: 1 2010_LucianaSilveiraLeao.pdf: 536803 bytes, checksum: 626c53b0a36e2a4cf078dc55f4230952 (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2011-06-03T15:37:59Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_LucianaSilveiraLeao.pdf: 536803 bytes, checksum: 626c53b0a36e2a4cf078dc55f4230952 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-06-03T15:37:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_LucianaSilveiraLeao.pdf: 536803 bytes, checksum: 626c53b0a36e2a4cf078dc55f4230952 (MD5) / A área de interesse desta dissertação é a exploração teórica-clínica no atendimento fonoaudiológico de crianças autistas. Os pressupostos teórico-metodológicos que embasaram este estudo advém das articulações estabelecidas entre fundamentos da fonoaudiologia, da psicanálise lacaniana e winnicottiana e da linguística. Os objetivos do trabalho são: 1) refletir a clínica fonoaudiológica de crianças autistas a partir do olhar psicanalítico; 2) investigar e discutir as formas de abordagem e de intervenção clínica fonoaudiológica de crianças autistas; e 3) explorar a importância dos conceitos winnicottianos de placement e holding nas intervenções fonoaudiológicas, contemplando a clínica interdisciplinar. A dissertação abrange a área da linguística e evidencia o encontro da psicanálise com a fonoaudiologia, traçando o caminho realizado para o estudo do surgimento da linguagem da criança. Ao final da dissertação apresentamos vinhetas clínicas do atendimento fonoaudiológico de duas crianças com sintomas autísticos. A partir da análise dessas vinhetas, procuramos demonstrar a importância do profissional estar sintonizado com a criança, com a família e também com a equipe clínica. Nesta perspectiva, é possível acolher a criança e humanizar o ambiente, favorecendo as aquisições da comunicação. Por fim, buscamos demonstrar a importância da relação terapêutica fonoaudiológica para a criança autista, auxiliando em seu desenvolvimento da comunicação em seu meio social. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This dissertation is focused on the theoretical and clinical analysis of speech therapy treatment for autistic children. The theoretical and methodological assumptions on which this study is based come from the connection between principles of Speech Therapy, Lacanian and Winnicottian Psychoanalysis and Linguistics. This study aims at: 1) reflecting upon the speech therapy practice for autistic children from a psychoanalytic point of view; 2) examining and discussing the approaches and clinical intervention on autistic children in the field of Speech Therapy; and 3) considering the importance of Winnicott’s concepts of placement and holding to therapeutic interventions, including the interdisciplinary clinical practice. This dissertation embraces the linguistic field and points out the connections between Psychoanalysis and Speech Therapy, describing how language development in children has been studied. Finally, the clinical vignettes of the speech treatment of two children with autistic symptoms are presented. Based on the analysis of these vignettes, the study intends to show how important it is that the speech therapist be closely bound to the child, the family and the whole clinical staff. On this perspective, it is possible to protect the child and humanize the environment, fostering language acquisition. To conclude, it shows how important the speech treatment for autistic children is, helping them establish communication in their social environment.
8

Acidentes de trânsito por motocicleta: queixas fonoaudiológicas, acesso à reabilitação e a continuidade do cuidado na APS

Silva, Maria Gabriella Pacheco da 12 February 2015 (has links)
Submitted by Fabio Sobreira Campos da Costa (fabio.sobreira@ufpe.br) on 2015-05-26T15:22:43Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇÃO_MARIA_GABRIELLA.pdf: 2147572 bytes, checksum: b268707671bff7b1a413c998ea8bd569 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-05-26T15:22:43Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇÃO_MARIA_GABRIELLA.pdf: 2147572 bytes, checksum: b268707671bff7b1a413c998ea8bd569 (MD5) Previous issue date: 2015-02-12 / O objetivo do estudo foi caracterizar as queixas fonoaudiológicas, bem como avaliar o acesso à reabilitação e a continuidade do cuidado na Atenção Primária à Saúde em vítimas de acidentes por motocicletas. Trata-se de um estudo de corte transversal realizado em Recife-PE. Foram estudadas vítimas de acidentes motociclísticos hospitalizadas no Hospital da Restauração entre junho e julho de 2014. Os dados foram coletados através da consulta dos prontuários e entrevistas, no momento da internação e após a alta hospitalar. Para análise foram usados recursos da estatística descritiva, inferencial e construção de fluxos. Foram estudados 99 indivíduos, sendo 90,9% do sexo masculino, com idade média de 32,7 anos, onde 42,3% dos condutores estavam alcoolizados e 51,5% não eram habilitados. A região da cabeça e face foi a segunda área corporal mais afetada com 56,6%. Após a alta hospitalar, foram verificados 30,3% indivíduos com queixas fonoaudiológicas, mostrando uma associação estatisticamente significante com não habilitados (p= 0,012) e colisões entre motos (p= 0,004). Os principais obstáculos para o acesso à fonoterapia foram a distância aos serviços de saúde e o tempo de espera para início do tratamento. A continuidade do cuidado foi vista como efetiva para ações como obtenção de insumos e medicamentos. Já a visita domiciliar ocorreu menos frequentemente. Foram identificados alguns fatores que contribuíram para dificuldade no acesso a assistência em Fonoaudiologia, refletindo na ruptura do cuidado contínuo e integral.
9

Acidentes de trânsito por motocicleta: queixas fonoaudiológicas, acesso à reabilitação e a continuidade do cuidado na APS

Silva, Maria Gabriella Pacheco da 02 February 2015 (has links)
Submitted by Fabio Sobreira Campos da Costa (fabio.sobreira@ufpe.br) on 2015-05-26T16:19:41Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇÃO_MARIA_GABRIELLA.pdf: 2147572 bytes, checksum: b268707671bff7b1a413c998ea8bd569 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-05-26T16:19:41Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇÃO_MARIA_GABRIELLA.pdf: 2147572 bytes, checksum: b268707671bff7b1a413c998ea8bd569 (MD5) Previous issue date: 2015-02-02 / O objetivo do estudo foi caracterizar as queixas fonoaudiológicas, bem como avaliar o acesso à reabilitação e a continuidade do cuidado na Atenção Primária à Saúde em vítimas de acidentes por motocicletas. Trata-se de um estudo de corte transversal realizado em Recife-PE. Foram estudadas vítimas de acidentes motociclísticos hospitalizadas no Hospital da Restauração entre junho e julho de 2014. Os dados foram coletados através da consulta dos prontuários e entrevistas, no momento da internação e após a alta hospitalar. Para análise foram usados recursos da estatística descritiva, inferencial e construção de fluxos. Foram estudados 99 indivíduos, sendo 90,9% do sexo masculino, com idade média de 32,7 anos, onde 42,3% dos condutores estavam alcoolizados e 51,5% não eram habilitados. A região da cabeça e face foi a segunda área corporal mais afetada com 56,6%. Após a alta hospitalar, foram verificados 30,3% indivíduos com queixas fonoaudiológicas, mostrando uma associação estatisticamente significante com não habilitados (p= 0,012) e colisões entre motos (p= 0,004). Os principais obstáculos para o acesso à fonoterapia foram a distância aos serviços de saúde e o tempo de espera para início do tratamento. A continuidade do cuidado foi vista como efetiva para ações como obtenção de insumos e medicamentos. Já a visita domiciliar ocorreu menos frequentemente. Foram identificados alguns fatores que contribuíram para dificuldade no acesso a assistência em Fonoaudiologia, refletindo na ruptura do cuidado contínuo e integral.
10

Aquisição e alterações de linguagem em crianças

Granfar, Mitrá Bartar January 2016 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Linguística, Florianópolis, 2016. / Made available in DSpace on 2017-01-24T03:16:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 343393.pdf: 945353 bytes, checksum: c077fb4c392872051095be0afec5ec05 (MD5) Previous issue date: 2016 / Os processos de aquisição da linguagem, quando escapam ao seu curso natural, apresentam diferenças linguísticas, tomadas neste trabalho como alterações de linguagem. O objetivo desta pesquisa está em buscar trabalhos publicados a respeito de grupos terapêuticos fonoaudiológicos relacionados às alterações de linguagem além de descrever e promover uma reflexão em como foram metodologicamente orientados e por que teorias se pautaram. A partir desse levantamento e seleção, procurei averiguar quantos e quais desses trabalhos estão relacionados aos grupos terapêuticos fonoaudiológicos constituídos especificamente a partir de alterações de linguagem. A pergunta de pesquisa é: em trabalhos a respeito de grupo terapêutico fonoaudiológico, quais são os trabalhos localizados nas bases de dados essenciais, situados nacionalmente nos últimos dez anos? Os tipos de leitura a serem realizados nesses documentos serão a exploratória, para coleta de dados, e a interpretativa, para análise dos dados. O foco do primeiro tipo de leitura serão as metodologias de pesquisa, assim como a identificação e a análise das teorias em que estão pautadas. A leitura interpretativa permitirá uma abordagem crítica e reflexiva dos dados obtidos. Os resultados mostram que, apesar de sua difícil localização nas bases de dados virtuais, os grupos terapêuticos fonoaudiológicos existem, estão em funcionamento e têm publicações de acordo com as diversas áreas que permeiam o tema. Suas estratégias metodológicas respaldam a execução das pesquisas porém frequentemente carecem de rigor teórico, pulverizando, aproximando ou distanciando teorias, muitas vezes abstendo-se dos cuidados e respaldos necessários.<br> / Abstract : When language acquisition process escapes its natural course it presents language differences which are taken in this paper as language? alterations. The aim of the research is to check if there are papers published and analyze how they were methodologically oriented, guided by what or which theories. In doing so, we intend to determine how many and which of these papers are related to speech therapy treatment groups consisting from language disorders specifically. The question is: How do issues related to language change appear in papers on speech therapy group, dated between 2005 and 2015? The kind of reading to be done in these documents will be exploratory reading for data collection and interpretative reading to analyze the available data. The focus of the first kind of reading will be the research methodologies, as well as analysis and verification of the theories by which they are guided. The interpretative reading will allow the critical approach to the available data. The results show that, even though it is difficult and complex the online location, speech-language therapy groups does exist, and its centripetal force is based on the coexistence, in exchange, in the reinterpretation and mainly on the repositioning of each participant, which must take his/her own place.

Page generated in 0.038 seconds