• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 238
  • 2
  • Tagged with
  • 270
  • 270
  • 111
  • 108
  • 84
  • 32
  • 31
  • 26
  • 24
  • 23
  • 23
  • 22
  • 20
  • 20
  • 19
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
41

Fatores críticos de sucesso na implantação de sistemas de gestão empresarial

Zimath, Patrícia Mascarenhas Bonina January 2007 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. / Made available in DSpace on 2012-10-23T04:40:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 235599.pdf: 4252759 bytes, checksum: d268023c5386cc501793249afafe8f8e (MD5) / O presente trabalho trata da questão dos fatores críticos de sucesso em projetos de implantação de sistemas ERP, considerando as suas específicas fases e pretende colaborar para o aprofundamento no conhecimento sobre a implantação desses sistemas através do desenvolvimento de uma sistemática que permita conhecer os fatores críticos de sucesso mais importantes para cada fase do projeto. Considerando que participar da economia digital é uma condição para as empresas subsistirem e por isso vêm realizando significativos investimentos em projetos de implantação de sistemas ERP, que por sua vez vem apresentando baixas taxas de sucesso. A fim de estabelecer um quadro de referência para guiar a realização deste estudo foi desenvolvida a fundamentação teórica conceituando os sistemas ERP, demonstrando as suas características e funcionalidades, os benefícios esperados, o cenário da implantação, a questão da mudança organizacional, a teoria de gerência de projetos, de fatores críticos de sucesso e metodologias de implantação de sistemas ERP. A pesquisa exploratória, descritiva, com abordagem qualitativa e quantitativa, tendo como forma o estudo de caso, utilizou de diversas técnicas de coleta de dados. Entre os resultados obtidos destaca-se a sistemática para a implantação de sistemas ERP objetivo principal deste trabalho, além da apresentação e análise dos benefícios alcançados nos projetos avaliados.
42

Governança corporativa eficiente

May, Yduan de Oliveira January 2007 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas. Programa de Pós-Graduação em Direito. / Made available in DSpace on 2012-10-23T15:43:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 248573.pdf: 1483593 bytes, checksum: 7d4b7804f2f735cfa2b8148db05eedcf (MD5) / A governança corporativa é assunto de atenção recente na cultura empresarial brasileira. Neste trabalho, considera-se a governança corporativa como instrumento de aproximação da propriedade ao poder de controle, assegurando aos acionistas e interessados, mais transparência e participação nas decisões da empresa, em conformidade com a legislação pátria e inspirada nas séries de códigos das melhores práticas internacionais. Aqui é apresentada como resposta para superar as enormes dificuldades que muitos acionistas encontram para participar ativamente dos negócios empresariais; ora pelos poderes de administração conferidos, ora pela atribuição de diferentes espécies à ação, distinguidas pelo direito (ou não) ao voto. Isto provoca a disparidade entre os valores investidos nas empresas e o efetivo poder de gestão de tais investidores. Tais práticas não são ilegais, porém revelam-se desestimuladoras de novos investimentos, criando classes de acionistas e ferindo a eqüidade necessária. O que era uma reunião de bens com decisões conjuntas, passou a ser uma prestação de capital a um grupo decisor (com seus riscos), sem a devida correlação entre capital e poder. Assim sendo, no primeiro capítulo estudam-se os aspectos gerais das sociedades por ações. No segundo aborda-se a governança corporativa internacional e códigos estrangeiros destacados. No terceiro analisa-se a estrutura brasileira de governança corporativa. E, no último, propõem-se modificações legislativas que aprimorem as sociedades por ações brasileiras na perspectiva da Governança Corporativa Eficiente. Corporate governance is a recent subject in the Brazilian business culture. In this research, corporate governance is considered as instrument of approach of property to the power of control, assuring to shareholder and stakeholders, more transparency and participation in the company decisions, in compliance with national legislation and inspired in series of international codes of best practices. It is presented as an answer to avoid enormous difficulties found by shareholders to actively participate in business decisions. Sometimes by the administration powers conferred, sometimes by different classes of shares, distinguished by the right (or not) to vote. It provokes disparity between values invested in companies and effective power of control of such investors. Such practices are not illegal, however reveal them non-stimulating of new investments, creating classes of shareholders and wounding the necessary fairness. What was a reunion of assets with joint decisions becomes an installment of capital to a decider group (with its risks), without the proper correlation between capital and power. So, in the first chapter general aspects of public corporations are studied. In the second is approached the international corporate governance and selected foreigner codes. In the third Brazilian structure of corporate governance is analyzed. In the last chapter, legislative modifications are proposed to improve Brazilian public corporations in the perspective of Efficient Corporate Governance.
43

Governança corporativa brasileira e suas implicações no interesse dos investidores, na valorização das companhias e no custo de captação de recursos

Bolfe, Camila January 2014 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Contabilidade, Florianópolis, 2014. / Made available in DSpace on 2014-08-06T18:04:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 326147.pdf: 1502647 bytes, checksum: 1154d216f587144f0785ab7d2b9e4ad7 (MD5) Previous issue date: 2014 / Os Níveis Diferenciados de Governança Corporativa (NDGC), criados pela BM&FBOVESPA, buscam fortalecer o mercado de capitais brasileiro e propiciar a negociabilidade das ações das empresas que fazem parte destes grupos, ou seja, N1 (Nível 1), N2 (Nível 2) e NM (Novo Mercado). Entre seus objetivos estão: aumentar o interesse dos investidores; contribuir para a valorização das companhias; e diminuir o custo de captação de recursos. Contudo, com esta estrutura, é possível que o mercado não reaja da forma esperada, dificultando o atingimento dos objetivos elencados. Neste sentido, torna-se importante investigar se estas finalidades esperadas sofrem alterações estatisticamente significativas com o ingresso da empresa em algum NDGC. O objetivo geral do trabalho é verificar se as expectativas, pressupostas pela literatura e pelo sistema de governança da bolsa de valores brasileira quanto a interesse dos investidores, valorização das companhias e custo de captação de recursos, estão sendo atingidas. Foram avaliados três objetivos da BM&FBOVESPA com a criação dos NDGC por meio de testes estatísticos de diferença de médias. Para tal, compararam-se as séries históricas das variáveis selecionadas 2 anos anteriores e 2 anos posteriores à adesão das empresas a algum dos NDGC. Para este teste de diferença de médias a hipótese nula é de que as médias dos dois períodos são estatisticamente iguais e a hipótese alternativa é de que estas médias são diferentes. Além disso, tentou-se verificar a magnitude das alterações nos indicadores nos casos em que o teste de diferença de médias rejeitou hipótese nula das médias serem iguais, por meio de regressões lineares ceteris-paribus com auxílio de variáveis Dummy representando as alterações de níveis de governança. Os resultados encontrados sugerem que, de forma geral, os objetivos de aumentar o interesse dos investidores e reduzir o custo de captação de recursos estão sendo alcançados. Porém, no caso da valorização das companhias, não foi possível perceber, com a metodologia utilizada, incremento no indicador com a adesão aos NDGC.<br>
44

Formulação e implementação da estratégia e a relação com as práticas de governança na administração pública brasileira: o caso da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos

Silva, Andrey Freitas da January 2014 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Administração, Florianópolis, 2014. / Made available in DSpace on 2015-03-18T21:08:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 332321.pdf: 3568554 bytes, checksum: 71e318407ef0faf061e40d45a0eb3f21 (MD5) Previous issue date: 2014 / A presente dissertação apresenta o estudo realizado sobre o tema estratégias e governança na Administração Pública Brasileira. O objetivo geral deste trabalho consiste em analisar a aplicação na formulação e na implementação de estratégias as práticas de Governança Corporativa na administração pública brasileira a partir da análise do estudo de caso dos Correios. A fundamentação teórica para a pesquisa em relação às estratégias contou com autores como Porter (1999), Mintzberg, Ahlstrand e Lampel (2000), Whittington (2002), Pereira (2010), Kich (2010) e Beppler (2012). Sobre governança, destacam-se os autores Matias-Pereira (2010), Andrade e Rossetti (2012), Larrate (2013) e Benedicto et al (2013) e para a Administração Pública Osborne e Gaebler (1995), Denhardt e Denhardt (2003), Secchi (2009) e Salm e Menegasso (2009). A pesquisa caracteriza-se por estudo de caso de caráter qualitativo, explicativo e descritivo com entrevista semiestruturada e análise documental como instrumentos de coleta de dados. Por meio dos dados obtidos, observa-se que, para que a formulação e a implementação das estratégias alcance as partes interessadas e suas necessidades, o planejamento estratégico deve estar aliado às práticas de governança corporativa detalhadas na fundamentação teórica e aplicadas no estudo de caso. Com os resultados da pesquisa, avalia-se que a governança corporativa existente na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos apresenta evolução profissional para o modelo emergente com a implementação das estratégias, embora os estágios de aplicação dos objetivos da formulação não estejam atendidos na sua plenitude. Conclui-se que as estratégias asseguradas por meio de elementos que incluem o grau de aplicação de fatores como a Prestação de Contas, a Transparência, o atendimento aos requisitos legais e o grau de aplicação da Equidade, aliados a elementos que envolvem as características do ?Novo Serviço Público?, são diretamente proporcionais à qualidade de garantia dos objetivos da elaboração do planejamento estratégico, assim como na execução das ações na busca pelo alcance da visão, realização de valores e realização da missão organizacional.<br> / Abstract : This dissertation describes the research on the topic about governance and strategy in the Brazilian Public Administration. The overall goal of this research is to verify the application in formulation and implementation strategies of Corporate Governance Practices in Strategic Planning established at Brazilian Post and Telegraph Company. The theoretical basis for the study in relation to the strategies featured authors such as Porter (1999), Mintzberg, Ahlstrand e Lampel (2000), Whittington (2002), Pereira (2010), Kich (2010) and Beppler (2012). About corporate governance, the highlight authors are Matias - Pereira (2010), Andrade and Rossetti (2012), Larrate (2013) and Benedict et al (2013) and the topic Public Administration Osborne and Gaebler (1995), Denhardt and Denhardt (2003), Secchi (2009) and Menegasso and Salm (2009). The research is characterized by qualitative case study, explanatory and descriptive with semi-structured interviews and documentary analysis as instruments of data collection. As a result of the data, it is observed that for the formulation and implementation of strategies are reaching stakeholders and their needs, strategic planning must be combined with the detailed corporate governance practices in the theoretical foundation and applied in the case study. It can be concluded with the survey results that the existing corporate governance in the Brazilian Post and Telegraph Company presented professional development for emerging model with the implementation of strategies, although the stages of implementation of the objectives of the formulation are not met in full. The conclusion reached is that the strategies carried out by means of variables that include the degree of application of factors such as Accountability, Transparency, Compliance with legal requirements and the degree of implementation of Fairness, integrated with elements involving the characteristics of "New Public Service", are proportional to the quality assurance of the aims of developing the strategic plan, as in the implementation of actions aimed at achieving the range of vision, values and achievement of the organizational mission realization.
45

Práticas de Gestão e Relações de Trabalho na Produção: estudo de caso em uma empresa estatal

Teixeira, Tadeu Gomes 08 February 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T14:09:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_3664_.pdf: 1651514 bytes, checksum: da62dc08e92b8b0f312816b1b60b43ea (MD5) Previous issue date: 2010-02-08 / Dissertação: Práticas de Gestão e Relações de Trabalho na Produção: estudo de caso em uma empresa estatal. Autor: Tadeu Gomes Teixeira Resumo A análise das práticas de gestão e das relações de trabalho na produção na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) foi o objetivo que norteou a pesquisa para esta dissertação. O foco da análise abarcou os diversos contextos sócio-históricos em que práticas de gestão e organização do trabalho foram implantadas na empresa, bem como as correspondes relações sociais de produção. Para atingir o objetivo estabelecido, algumas questões específicas nortearam a condução do trabalho: 1) Como a história da ECT se relaciona às tentativas de modernização e racionalização dos serviços públicos no Brasil? 2) Qual foi o contexto em que ocorreram as reformas dos processos produtivos na ECT? 3) Quais são as características das práticas de gestão da produção utilizadas nas unidades operacionais de distribuição domiciliária da ECT? 4) Como as relações sociais de produção se configuram nas unidades de distribuição e se relacionam às práticas de gestão do trabalho na ECT? Para a execução do trabalho de pesquisa, realizou-se uma análise documental, entrevistas com carteiros e uma observação direta das atividades de trabalho em um Centro de Distribuição Domiciliária. Sendo assim, verifica-se que o processo de modernização da ECT acompanha as tendências constantes de atualização das práticas de gestão consoantes à dinâmica capitalista, fato evidenciado pela influência que o processo de racionalização exerceu sobre a organização, tanto nas décadas de 1930 e 1940, quando a principal característica do processo era formar uma força de trabalho disciplina e apta ao trabalho fabril, quanto na organização do processo de trabalho na década de 1970, ocasião em que o taylorismo foi a principal técnica utilizada. Nesse contexto, observou-se que o autoritarismo, o controle e a racionalização caracterizaram as relações de trabalho. Na década de 1990, a ECT inicia um processo de reestruturação produtiva visando implantar técnicas de gestão com orientação toyotista em suas unidades operacionais, em uma operação que objetiva consolidar a produção industrial de serviços na empresa. Sendo assim, verificou-se a associação de ferramentas e técnicas de orientação taylorista e toyotista na unidade operacional pesquisada, indicando existir um hibridismo nas práticas de gestão da produção, aspecto que impacta as relações sociais de produção. Nesse sentido, as relações de trabalho caracterizam-se pelo autoritarismo por parte de gestores e por conflitos entre trabalhadores e gestores. As relações sociais entre os trabalhadores são marcadas ainda pelo dissenso entre os mesmos, aspecto relacionado às práticas de gestão da produção utilizadas pela ECT. / The analysis of management practices and labor relations in the Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) was the goal that guided the research for this dissertation. The focus of analysis runs the various socio-historical contexts in which management practices and organization of work were employed in the company, as well as respond to it the social relations of production. To achieve the stated objective, specific questions guided the conduct of work: 1) As the history of ECT is related to attempts at "modernization” and streamlining of public services in Brazil? 2) What was the context in which there were reforms of productive processes in ECT? 3) What are the characteristics of management practices used in production units operating home delivery of ECT? 4) How the social relations of production to configure the switching units and relate to management practices in ECT work? For the implementation of the research work, there was a documentary analysis, interviews with mail and a direct observation of work activities in a home-delivery center. Thus, it appears that the modernization process of ECT monitors trends constant updating of management practices consonant with capitalist dynamics, evidenced by the influence that the rationalization process had on the organization, both in the 1930s and 1940s, when the main feature of the process was to create a workforce able to discipline and factory work, and in the organization of the work in the 1970s, during which taylorism was the main technique used. In this context, it was observed that authoritarianism, control and rationalization characterized labor relations. In the 1990s, ECT start a restructuring process in order to implement management techniques with guidance lean production in its operations in an operation that aims to consolidate the industrial production of services within the company. Therefore, it was the combination of tools and technical guidance and the taylorism and lean production in operation investigated, indicating that a hybrid management practices in production, an aspect that impacts the social relations of production. In this sense, the practices of production management model used by the ECT labor relations, characterized by authoritarian managers, conflicts between workers and managers, as well as dissent among workers. Keywords: Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - Management companies - Labor relations - Taylorism - Toyota Production System
46

OCDE e governança corporativa: construção e legitimação de um modelo

Claumann, Ricardo Bez January 2015 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política, Florianópolis, 2015. / Made available in DSpace on 2016-01-05T03:04:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 336382.pdf: 1130899 bytes, checksum: 85803f5f56aa93ab71092ed57a0f86d0 (MD5) Previous issue date: 2015 / Trata-se de uma pesquisa exploratória e descritiva sobre a atuação da OCDE em relação à governança corporativa, com o intuito de compreender a articulação entre instituições financeiras e a organização para a construção de um modelo global de governança. Uma serie de fenômenos relacionados ao processo de financeirização do capitalismo, como a desfronteirização e crescimento de fundos de investimento, levou a mudanças radicais nas relações de poder para o controle das corporações. Essa nova forma de relacionamento entre os mercados financeiros e as empresas de capital aberto foi formalizada como um conjunto sistematizado de práticas de gestão que recebeu a designação de governança corporativa. A governança, assim como o próprio fortalecimento dos mercados financeiros e de suas instituições, é vista pela OCDE como uma solução para muitos dos problemas que afetam o desenvolvimento econômico e social global. No fim da década de 1990, com o lançamento dos Princípios de Governança Corporativa, a OCDE legitima como universal o modelo anglo-saxão de governança, que melhor responde as demandas do capital financeiro internacional. O processo de elaboração dos Princípios foi desproporcionalmente influenciado pelas instituições financeiras internacionais em relação a outras forças sociais, conforme demonstrado pelos debates envolvidos na produção do documento que lhe dá origem, chamado de Relatório Millstein. A OCDE, organização de orientação econômica liberal, fortemente influenciada pelos governos dos EUA e da Inglaterra, ratificou as práticas dominantes nos mercados, divulgando-as como de interesse geral. A iniciativa tem, contudo, caráter político, pois o modelo determina que as corporações devem ser dirigidas para a maximização do patrimônio dos acionistas, privilegiando seus interesses em detrimento de outros grupos envolvidos com a atividade das corporações. Apesar da instabilidade do modelo prescrito, confirmada pela crise financeira de 2008, a OCDE continua a defendê-lo como econômica e socialmente mais eficiente. A investigação tem base bibliográfica e documental, e dedica-se especialmente à análise da numerosa produção de padrões de governança corporativa pela OCDE e dos documentos que lhes são complementares.<br> / Abstract : This work is an exploratory and descriptive research regarding the role of the OECD concerning corporate governance, in order to comprehend the articulation between financial institutions and the organization for the construction of a global model of governance. A series of phenomena related to the process of financialization of capitalism, such as the dismantle of borders and growth of investment funds, lead to radical changes in the power relations for the control of corporations. This new form of relationship between financial markets and open capital companies was formalized as a systematized set of management practices that was coined as corporate governance. Governance, as well as the strengthening of financial markets and its intuitions, is seen by the OECD as a solution for many of the problems that affect global economic and social development. By the end of the 1990?s, with the launch of the Corporative Governance Principles, the OECD legitimizes the Anglo-Saxon model of governance as the universal model, the one which better responds to the demands of international financial capital. The process for the elaboration of the Principles was disproportionately influenced by international financial institutions in comparison to other social forces, as demonstrated by the debates in the production of the document that originates it, the Millstein Report. The OECD, organization of liberal economic orientation, strongly influenced by the governments of the US and the UK, ratified the dominant practices on the markets, spreading them as of general interest. The initiative has, however, a political character, for the model determines that corporations must be directed for the maximization of shareholders patrimony, privileging their interests above the interests of other groups involved with the activities of corporations. Despite the instability of the predicated model, confirmed by the financial crises of 2008, the OECD continues to defend it as economically and socially more efficient. The investigation has bibliographic and documental bases, and is specially dedicated to the analysis of the numerous production of corporate governance patterns by the OECD and of its complementary documents.
47

Gerenciamento de impressão no Brasil

Souza, André Carlos de January 2013 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Contabilidade, Floríanópolis, 2013. / Made available in DSpace on 2013-06-26T01:18:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 316545.pdf: 833545 bytes, checksum: e5b1259e657fb276ef1d10d321dbe716 (MD5) / Essa pesquisa tem como objetivo estudar o gerenciamento de impressão nas mensagens dos diretores-presidentes publicadas nos relatórios anuais. Esses documentos são identificados pela literatura acadêmica como veículos para o gerenciamento de impressão que, uma vez que a sua publicação não possui caráter obrigatório, acabam por dar a oportunidade de que seja criada uma imagem positiva das empresas, mas essa imagem não condiz com a realidade das mesmas. A literatura acadêmica sugere uma relação entre o gerenciamento de impressão e a governança corporativa, no sentido que uma governança forte limita as possibilidades de manipulação das informações emitidas ao mercado. Para a análise, foram recuperados 120 relatórios anuais de empresas que negociam suas ações na BM&FBOVESPA referentes ao ano de 2011. Nos relatórios foi analisada uma única seção: a mensagem da presidência. Por ser um primeiro contato da alta administração com o público, essa parte do relatório supostamente seria um foco de gerenciamento de impressão. Para mensurar o gerenciamento de impressão foi utilizada uma metodologia que avalia o tom da evidenciação observando a existência de palavras-chave (i.e. termos que evidenciam um resultado para a empresa). Além disso, foi empregada uma metodologia para classificar a força da governança das empresas a fim de explorar um possível link entre essas duas características que a literatura acadêmica afirma existir. Por último, foram acrescentadas variáveis de controle ao modelo com o objetivo de extrair possíveis explicações sobre o gerenciamento de impressão. Os resultados sugerem que, conforme esperado, as empresas divulgam mais informações positivas sobre seus resultados do que informações negativas. Porém, não foi possível confirmar a hipótese de que o gerenciamento de impressão está negativamente relacionado à força da governança corporativa. Em relação às demais variáveis observadas, os resultados apenas sugerem relações, mas que não podem ser consideradas significativas do ponto de vista estatístico. Possíveis explicações para o resultado dizem respeito à diferença da natureza das informações evidenciadas pelas empresas analisadas, uma vez que o gerenciamento segundo a métrica utilizada apenas leva em conta resultados para a empresa. Apesar dos resultados não serem os esperados, são sugeridas novas possibilidade de pesquisas, considerando outras seções do relatório anual e análise das informações por mais de um período.<br> / Abstract : This research aims to study the impression management in CEO's messages published in Annual Reports. These documents were identified by the academic literature as vehicles for impression management where, since its publication does not have the mandatory status, end up giving the opportunity for the creation of a positive image of business, but this image does not fit with reality thereof. The academic literature suggests a relationship between impression management and corporate governance, in the sense that strong governance limits the possibility of manipulation of information issued to the market. For the analysis, were recovered 120 annual reports of companies that trade their shares on the BM&FBOVESPA for the year 2011. A single section of the reports was analyzed: the message from the CEO. Being a first contact of the senior management with its audience, this part of the report was supposed to be a focus of impression management. To measure the impression management used a methodology that evaluates the disclosure tone by the existence of keywords (i.e. terms that have a result for the company). Furthermore, a methodology was used to classify the strength of corporate governance in order to explore a possible link between these two characteristics that the academic literature states exist. Finally, the control variables were added to the model in order to extract possible explanations about the impression management. The results suggest that, as expected, firms disclose more information about their positive results than negative information. However, it was not possible to confirm the hypothesis that impression management is negatively related to the strength of corporate governance. Concerning other variables examined, the results only suggest relationships, but they cannot be considered significant from a statistical standpoint. Possible explanations for the results relate to the different nature of the information evidenced by the companies analyzed, since the second management metric used only consider the results to the company. Although the results are not as expected, suggests new research possibility of considering other sections of the annual report and analysis of information for more than one period.
48

Diagnóstico da controladoria x cultura organizacional

Santos, Cristiany Carvalho de Jesus January 2005 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. / Made available in DSpace on 2013-07-15T23:19:50Z (GMT). No. of bitstreams: 0 / Os principais objetivos deste trabalho são: diagnosticar a cultura dominante no setor de controladoria da empresa ABC S.A. e a sua relação com a cultura da empresa, o impacto da cultura organizacional nas etapas do processo de gestão e a aplicabilidade do instrumento de medição da cultura organizacional, OCAI - Organizational Culture Assessment Instrument (Instrumento de Medição da Cultura Organizacional) desenvolvido por Cameron & Quinn (1996). A população foi composta de todos os funcionários da empresa ABC S.A., com sede em Candeias-Ba, no ano de 2004. A amostra trabalhada foi escolhida de forma não probabilística acidental, pois foram entregues questionários a todos os membros da organização. O referencial teórico utilizado para identificar a cultura dominante na empresa, objeto deste estudo, foi fundamentado no estudo de Cameron e Quinn (1996) sobre o Competing Value Model - CVM (Modelo de Valores Opostos). As conclusões sobre os resultados obtidos foram as seguintes: A cultura atual da controladoria é convergente à cultura atual da empresa (cultura Grupal), porém, a segunda cultura ideal diagnosticada (cultura Inovativa), coerente com a missão, crenças e valores dos gestores da empresa necessita ser implantada; as normas, metas e planos traçados pela empresa sofrem interação e interferência dos valores nos níveis formais e informais da empresa; os critérios de efetividade organizacional e a teoria operacional dominante que dirigem o sucesso da organização dependem da cultura organizacional; o Modelo de Valores Opostos, criado por Cameron e Quinn (1996) é aplicável a esta organização.
49

Tecnologia da informação e controle organizacional

Souto, Jean Martins de January 2005 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Administração / Made available in DSpace on 2013-07-15T23:44:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 224072.pdf: 969258 bytes, checksum: 94cf3d4b080e003c65f7442a0f3628ab (MD5) / Enquadrado no âmbito da Teoria das Organizações, elege-se como tema o estudo da relação entre tecnologia da informação e controle organizacional em uma organização catarinense. Compreende-se a relação e o quanto há de influência da inserção de tecnologias da informação, mais especificamente de um sistema integrado de gestão (ERP - Enterprise Resource Planning), sobre o controle organizacional na Indústria de Madeiras Guilherme Butzke Ltda. Descrevem-se as características do software ERP adotado pela empresa e os elementos que assinalam as transformações do controle organizacional nessa organização desde a implementação desse sistema cinco anos antes. Analisa-se a empresa em relação às dimensões direta, estrutural e difusa do controle organizacional. Trata-se de um estudo de caso qualitativo, cuja coleta de dados foi feita a partir da observação livre, de entrevistas e da análise documental. Os dados primários foram tratados mediante análise de conteúdo e os dados secundários, por meio da análise documental. As observações realizadas, com objetivos descritivos, fazem um corte seccional com perspectiva longitudinal na instituição analisada. Evidencia-se a relação entre a adoção do sistema ERP e as transformações ocorridas em diferentes intensidades no controle organizacional posto em prática pela organização. Destacam-se, sobretudo, as alterações verificadas nos indicadores da dimensão estrutural do controle organizacional, em particular na formalização e padronização dos processos organizacionais, visto que estes foram os elementos dessa dimensão que mais sofreram alteração ao longo do tempo.
50

Uma proposta de modelo de governança para empresas virtuais

Costa, Scheila Nair January 2013 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Automação e Sistemas, Florianópolis, 2013. / Made available in DSpace on 2014-08-06T17:28:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 326404.pdf: 2094018 bytes, checksum: fb294fff4d116874df4b9d07d0788b11 (MD5) Previous issue date: 2013

Page generated in 0.1654 seconds