• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 133
  • 7
  • 7
  • 7
  • 7
  • 6
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 134
  • 134
  • 54
  • 51
  • 50
  • 46
  • 35
  • 26
  • 21
  • 20
  • 18
  • 17
  • 15
  • 14
  • 14
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

O ser negro : um estudo sobre a construção de subjetividades em afro-descendentes

Andre, Maria da Consolação January 2007 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2007. / Submitted by wesley oliveira leite (leite.wesley@yahoo.com.br) on 2009-10-09T19:37:36Z No. of bitstreams: 1 Tese_Maria da Consolacao Andre.pdf: 822008 bytes, checksum: 98a27ac1406f512d24498745238197c6 (MD5) / Approved for entry into archive by Gomes Neide(nagomes2005@gmail.com) on 2011-01-17T17:37:48Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Tese_Maria da Consolacao Andre.pdf: 822008 bytes, checksum: 98a27ac1406f512d24498745238197c6 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-01-17T17:37:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tese_Maria da Consolacao Andre.pdf: 822008 bytes, checksum: 98a27ac1406f512d24498745238197c6 (MD5) Previous issue date: 2007 / Este estudo teve como objetivo investigar processos de construção de subjetividade em afro-descendentes brasileiros refletindo acerca de como a herança do sistema escravista repercute na constituição de tais processos. A metodologia foi a abordagem qualitativa pautada no Materialismo Histórico. Os dados da pesquisa foram construídos por meio do registro de história de vida de três sujeitos: um assistente social, uma artesã e um estudante de Psicologia. Para a análise usamos o método regressivo progressivo, que é de autoria de Jean-Paul Sartre tendo como principio o exercício da dialética para a busca da totalidade que se apresenta nos aspectos da historia passada e presente e das projeções de futuro dos indivíduos. Na discussão dos resultados utilizamos recortes dos relatos e também adotamos uma análise comparada com outros dois materiais: o primeiro é o registro de recortes do processo de genere de Simão Sardinha, filho de Chica da Silva (Furtado, 2003) e, o segundo o caso de uma escrava alforriada pela lei do ventre livre que vendeu a si mesma porque não possuía condições de se sustentar. Os resultados indicam que a principal temática que denota as repercussões negativas para os afro-brasileiros diz respeito à ideologia do branqueamento, aparente desde a instituição da escravidão e fortalecida no pós-escravidão, apesar de ser negada veementemente. Direcionando o fechamento deste doutorado anotamos a importância e necessidade da Psicologia posicionar-se frente a essa temática, criar instrumentos e oferecer os já existentes ajudar na busca de compreensão sobre o sofrimento psíquico que essa herança acarreta para essas pessoas porque afeta negativamente as possibilidades do exercício da alteridade, das relações raciais. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This study had as objective to investigate processes of construction of subjectivity in Brazilian afro-descendants reflecting concerning as the inheritance of the escravista system rees-echo in the constitution of such processes. The methodology was made of qualitative boarding in the Historical Materialism. The data of the research had been constructed by means of the register of history of life of three citizens: a social assistant, one artesã and a student of Psychology. For the analysis we use gradual the regressive method, that is of authorship of Jean-Paul Sartre having as I begin the exercise of the dialectic for the search of the totality that if presents in the aspects of the last and present history and of the projections of future of the individuals. In the quarrel of the results we use clippings of the stories and also we adopt an analysis compared with others materials: the first one is the register of the case of genere of Simão Sardine, son of Chica Da Silva, and according to the case of a slave alforriada for the law of the free womb that sold itself same because not had conditions of if supporting. The results indicate that main the thematic one that denote the negative repercussions for the afro-brazilians the ideology of the withenning, apparent since the institution of the slavery and fortified says respect in the after-slavery, although to be denied vehemently. Directing the closing of this doutorado we write down the importance and necessity of Psychology to locate front to this thematic one, to create instruments and to offer already the existing ones to help in the understanding search on the psychic suffering that this inheritance causes for these people because it negative affects the possibilities of the exercise of the alteridade, of the racial relations. ______________________________________________________________________________ RÉSUMÉ / Le sommaire cette étude a eu aussi objectif pour étudier des processus de construction de la subjectivité dans les Afro-descendants brésiliens reflétant concerner comme transmission de l'rees-écho de système d'escravista dans la constitution de tels processus. La méthodologie était embarquer qualitatif de pautada dans le matérialisme historique. Les données de la recherche avaient été construites à l'aide du registre de l'histoire de la vie de trois citoyens : un aide social, un artesã et un étudiant de la psychologie. Pour l'analyse nous employons progressif la méthode régressive, c'est de profession d'auteur de Jean-Paul Sartre ayant pendant que je commence l'exercice de la dialectique pour la recherche de la totalité qui si des présents dans les aspects du dernier et actuel historia et des projections du futur des individus. Dans la querelle des résultats nous employons des coupures des histoires et également nous adoptons une analyse comparée à d'autres deux matériaux : le premier est le registre du cas du genere de la sardine de Simão, fils de Chica Da Silva, et selon le cas d'un alforriada slave pour la loi de l'utérus libre ce a vendu lui-même mêmes parce que pas des conditions de faire de si soutenant. Les résultats indiquent cette force la thématique qui dénotent les répercussions négatives pour les Afro-Brésiliens l'idéologie du branqueamento, évident puisque l'établissement de l'esclavage et enrichi dit le respect dans l'après-esclavage, bien qu'être nié énergiquement. Dirigeant la fermeture de ce doctorat nous notons l'importance et la nécessité de la psychologie pour localiser l'avant à celui-ci thématique, pour créer des instruments et pour offrir déjà celles existantes à l'aide dans la recherche d'arrangement sur la douleur psychique que cette transmission cause pour ces personnes parce qu'elle négatif affecte les possibilités de l'exercice de l'alteridade, des relations raciales.
2

A formação da identidade: o paradoxo como gerador do único

Lean, Tamine José January 1985 (has links)
Submitted by Beatriz_ Estagiaria (marcianb@ig.com.br) on 2012-04-10T19:01:15Z No. of bitstreams: 1 000047569.pdf: 4494284 bytes, checksum: 72838090a8b39212b22e6a077d858c69 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-04-10T19:01:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000047569.pdf: 4494284 bytes, checksum: 72838090a8b39212b22e6a077d858c69 (MD5) / The present study, intends to amplity the comprehension of the identity's formation. It wants to give the dimensions of the mechanisms involved in paradox, which works in the individual's development, permiting that himself be unique. In this sense, it evaluates the conception of the man and it delimitates the identity's definition, in which this study is based. Later on, defines the paradox and situates its role in the identity's formation. The justification of this study, between others, is inserted in the necessity of the comprehension the identity's structure, and the agents that operate itself, offering subsidy for a adjust actuation of the professionals that labor, more directly, with the individual's conformations as much danger as precious and difficult task. The identity inserts the change in the continuity, to ignore its basics interactions is to drive it for aleatory routes, and, anyway, to avoid to considerate the philosophical, anthropological and ethical questions, contained in interactions. Between the fundamentals conclusions: those a) the structuration of the individual occurs when he faces the paradox; b) the identity's concept transcends the definitions that designate the equality (in the time), singularity, selfconcept, and so on, it must integrate themselves within the concept of 'social identity'; c) the paradox may be constructed or desintegrated by the experience; d) the identity's integrity is expressed when the integration between the paradox’s elements occurs. / O presente estudo visa ampliar a compreensão da formação da identidade. Quer dimensionar os mecanismos, envolvidos no paradoxo, que operam no desenvolvimento do indivíduo, permitindo que o mesmo seja único. Neste sentido, avalia a concepção de homem e delimita a definição de identidade, que apoiam o estudo. Em seguida, define o paradoxo e situa o papel que desempenha na formação da identidade. A justificativa deste estudo, entre outras, está inserida na necessidade de compreender a estruturação da identidade e dos agentes que operam a mesma, oferecendo subsídio para uma atuação adequada dos profissionais que lidam, mais diretamente, com a conformação do indivíduo, tarefa tão perigosa quanto preciosa e difícil. A identidade insere a mudança na continuidade, desconhecer suas interações básicas é conduzi-la à rumos aleatórios, e, de qualquer modo, evitar considerar as questões de ordem filosófica, antropológica e ética que comporta. Entre as conclusões fundamentais, cita-se: a) o indivíduo estrutura-se como tal ao fazer frente aos paradoxos; b) o conceito de identidade transcende as definições que lhes são emprestadas nas designações de mesmidade, singularidade, auto conceito, etc, devendo integrá-los num conceito de 'identidade social'; c) o paradoxo tanto pode ser construído como desintegrado vivencialmente; d) a identidade é expressa, em sua integridade, quando há integração entre os elementos do paradoxo.
3

Efeito do tipo de tarefa de ensino na aquisição de relações de identidade por pessoas com autismo

Cruz, Kelvis Rodrigo Sampaio da 04 July 2014 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Processos Psicológicos Básicos, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Comportamento, 2014. / Submitted by Ana Cristina Barbosa da Silva (annabds@hotmail.com) on 2014-12-11T19:29:45Z No. of bitstreams: 1 2014_KelvisRodrigoSampaiodaCruz.pdf: 1107812 bytes, checksum: b82e957c9ed3edbd98024f8eff53aff6 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2014-12-12T17:09:39Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_KelvisRodrigoSampaiodaCruz.pdf: 1107812 bytes, checksum: b82e957c9ed3edbd98024f8eff53aff6 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-12-12T17:09:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_KelvisRodrigoSampaiodaCruz.pdf: 1107812 bytes, checksum: b82e957c9ed3edbd98024f8eff53aff6 (MD5) / A aprendizagem de relações de identidade pode ser considerada um desempenho pré-requisito para a aquisição de relações mais complexas entre estímulos. Entretanto, a literatura destaca que pessoas com autismo apresentam dificuldade para aprender relações condicionais com o procedimento de Pareamento Típico. O presente estudo avaliou o efeito de dois tipos de tarefas de ensino de pareamento de identidade, Típico (um modelo e três comparações) e Multimodelo (três modelos e três comparações, ao mesmo tempo, e em duas colunas distintas). Participaram do estudo 24 indivíduos com autismo, divididos em quatro grupos, sendo que metade foi exposto à Condição 1 e os demais à Condição 2. As duas condições se diferenciavam pela apresentação de um estímulo composto formado por elementos iguais, lado-a-lado, após cada pareamento correto nas tarefas de Pareamento Típico e de Pareamento Multimodelo. Cada condição era composta por três blocos de tentativas: Pareamento Típico, Pareamento Multimodelo, e tentativas misturadas dos dois tipos de pareamento. Os dois primeiros blocos continham tentativas de treino e de teste e o terceiro bloco apenas tentativas de teste. A ordem de exposição as tentativas de Pareamento Típico e Multimodelo variava entre os dois grupos de cada condição. Os resultados demonstraram que, independentemente da condição experimental e da ordem de exposição as tarefas de pareamento, os participantes obtiveram percentagem de acerto maior nas tentativas de de teste de Pareamento Típico do que nas tentativas de Pareamento Multimodelo. A porcentagem média de acerto para os participantes da Condição 2 foi maior do que na Condição 1 nos dois tipos de tarefa, o que sugere o efeito da apresentação do estímulo composto com elementos iguais. Esses resultados não replicam aqueles obtidos por Gomes (2011; Experimento 1) que verificou melhor desempenho dos participantes em tarefas de Pareamento Multimodelo. É possível que, além da organização visual diferente de cada tipo de tarefa de pareamento, a variável topografia da resposta (clicar ou arrastar) possa ser uma variável que afete o controle pela relação de identidade. Sugere-se que tal possibilidade seja avaliada em estudos futuros. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Learning identity relations may be considered a pre-requisite for the acquisition of more complex relations between stimuli. However, literature has emphasized that people with autism have trouble learning conditional relations with a Typical Matching procedure. The present study has evaluated the effects of two types of tasks that involved teaching identity matching: Typical (one sample and three comparisons) and Multi-sample (three samples and three comparisons displayed simultaneously in two different columns). Twenty four autistic individuals were divided into four groups, half of whom were exposed to Condition 1 and the other half to Condition 2. Both conditions differed regarding the presentation of a stimulus composed of two equal elements, placed side-by-side, after each correct matching in the Typical and Multi-sample Matching tasks. Each condition was composed of three blocks of trials: Typical Matching, Multi-sample Matching and trials that mixed both types of matching. The first couple of blocks contained training and test trials and the third block contained only test trials. The order of exposure to Typical and Multi-sample Matching trials varied among both groups in each condition. Results showed that, regardless of experimental condition and order of exposure to matching tasks, participants had higher percentages of correct responses in Typical Matching test trials than in Multi-sample trials. Mean percentage of correct responses for participants in Condition 2 was higher than in Condition 1 for both types of tasks, suggesting an effect of displaying the stimulus composed of equal elements. These results do not replicate those from Gomes (2011; Experiment 1), which showed better participant performance in Multi-sample Matching tasks. It is possible that the different visual placement for each type of matching task as well as the response topography (clicking or dragging) may be variables affecting control over the identity relation. It is suggested that such a possibility is evaluated in future studies.
4

De mediador a elo promotor : um estudo sobre os posicionamentos plurais de professores em contextos virtuais de aprendizagem / From mediator to link promoter : a study on teachers's plural positions in virtual learning contexts / De mediador a conexo promotor : un estudio sobre los posicionamientos plurales de los profesores en los entornos virtuales de aprendizaje

Carlucci, Ana Paula 05 December 2013 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2013. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2014-01-30T14:38:14Z No. of bitstreams: 1 2013_AnaPaulaCarlucci.pdf: 1700862 bytes, checksum: 06b97215b19334259746b1c61f94c22b (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2014-02-05T14:38:25Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_AnaPaulaCarlucci.pdf: 1700862 bytes, checksum: 06b97215b19334259746b1c61f94c22b (MD5) / Made available in DSpace on 2014-02-05T14:38:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_AnaPaulaCarlucci.pdf: 1700862 bytes, checksum: 06b97215b19334259746b1c61f94c22b (MD5) / No nosso trabalho, discutimos um aspecto pouco estudado no âmbito da formação docente universitária: a construção identitária em contexto de formação em ambientes virtuais. Os processos formativos contribuem com dois processos inter-relacionados: a construção de significados sobre os conteúdos curriculares e a configuração de novas identidades. No processo em que ambos tornam-se identificáveis, professores e estudantes utilizam categorias sociais de identidade que circulam em um tempo e espaço específicos, ao mesmo tempo em que se posicionam e são posicionados com as características ou comportamentos de pessoas que são interpretadas em relação àquelas categorias, tornando-se pertencentes ou não a um determinado grupo social. Assim, o processo de apropriação de conhecimentos tem uma possível influência no modo em que cada pessoa percebe a si mesma. Desde esse ponto de vista, o recurso à reflexividade se aplica ao fazer prático dos futuros professores e a quem serão, isto é, ao próprio posicionamento subjetivo e identitário. Estudamos os espaços formativos virtuais, particularmente o fórum de discussão, visto como artefato mediador da atividade que formaliza o fluxo das informações e comunicações a partir de atividades coletivas, ou seja, conecta a pessoa com os outros e com o objetivo da atividade. O fórum de discussão acadêmico virtual caracteriza-se por ser feito para estudantes, com cunho educativo e formativo, onde os participantes usam a rede de computadores para comunicarem-se com os outros e construir conhecimentos teóricos e práticos de forma assíncrona para alcançar o objetivo da aprendizagem. Situamos esse duplo processo na formação docente universitária nos ambientes mediados pelas tecnologias de informação e comunicação (TIC) com objetivo de analisar os significados mediadores de ser professor na era tecnológica em dois fóruns que contaram com a participação de 58 estudantes em formação no curso de Licenciatura Letras-Português da Universidade Aberta do Brasil. Realizamos cinco níveis de análises: sincrônica, diacrônica, análise temática dialógica, turno de intervenção nos fóruns de discussão e nível pragmático do discurso. Os resultados sugerem os posicionamentos e significados do ser professor sendo impactados na tensão e negociação entre professor como principal agente de transmissão do conhecimento em oposição ao método construtivista, professor como mediador do conhecimento. Os resultados indicaram também que os sentimentos que os motivaram a escolher a profissão geraram os sentidos sobre a profissão, ora como bons professores, sendo eles polivalentes e multifacetados, em constante formação e reflexão, ora como docentes amargurados, desinteressados que escolheram a profissão por falta de opção ou tradição familiar. Os significados mediadores de ser professor nos estudantes se constituíram dialogicamente por meio da participação nas práticas de intercâmbios discursivas, com as quais se produz no fórum estudado. Nele, se fazem presente diferentes significados sobre a identidade e a prática docente em processos de troca entre o mundo não virtual, por exemplo, as diferentes imagens sociais sobre sua atuação e como deveria ser o professor, e os processos concretos de troca realizados no fórum virtual. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / In this work, we discuss an aspect that is less studied in the context of continued education of teachers in the university: identity construction in context of educational virtual environments. Educational processes contribute to two intertwined processes: construction of meaning on the syllabus, and configuration of new identities. In the process in which both become identifiable, teachers and students use social categories of identity that circulate throughout time and space at the same time in which they position themselves and are positioned with the characteristics or behaviors of people who are interpreted in relation to those categories, as belonging or not to a certain social group. Therefore, the process of appropriation of knowledge may influence in the way each person perceives him/herself. From this point of view, resorting to reflexivity applies not only to the practical education as a future teacher, but also to who they will be, i.e., their subjective position and identity. We studied virtual educational spaces, particularly the discussion forum, which is seen as the activity mediating device that formalizes the flow of information and communication through collective activities, i.e., it connects people with one another and with the purpose of the activity. The academic virtual forum of discussion is built by students as an educational and training tool, where participants use the net to communicate with each other and exchange theoretical and practical knowledge in an asynchronous way to achieve the goal of learning. In our case, we situate this dual process in the teacher’s undergraduation education in environments mediated by ICT. Our objective was to analyze the meaning of becoming a teacher in a virtual discussion forum of the discipline Psychology and School offered by the Undergraduate Program of Portuguese Language and Literature in the Brazilian Open University (UAB). For the analysis of information, we carried out five analyses: synchronic, diachronic, turn-taking talk, dialogical thematic analysis, and pragmatic discourse analysis. Results suggest that positions and meanings about teacher identity are placed in through tension and negotiation between a traditional conception of the teacher work –teacher as locus and transmission of knowledge-, and a meditational one –teacher as mediator in the construction of knowledge-. In addition, we identified several feelings which motivate the decision of becoming a teacher. Those feelings are articulated over two kinds of meanings: on one hand, to be a good teacher, as polyvalent, multifaceted, reflective and continuous-formed professional; and on the other hand, to be a bitter and uninterested teacher, who chooses this profession because of family tradition or as a simple option among others. In conclusion, as our forum reveals, the identity of the future teacher is constructed dialogically through discursive practices and interchanges. Different meanings about identity and practice of the teacher are actualized in the forum in a interchange process between real world – social images about what is or must be a teacher- and the specific activity constructed in the virtual forum. ______________________________________________________________________________ RESUMEN / En nuestro trabajo, se discute un aspecto poco estudiado en la formación de profesores: la construcción de la identidad profesional que ocurre durante la formación en entornos virtuales. Los procesos de formación contribuyen con dos procesos interrelacionados: la construcción de significados y el aprendizaje, y la configuración de nuevas identidades. De este modo, el proceso de apropiación de conocimientos tiene una posible influencia en el modo en que cada persona se piensa y se percibe a sí misma. Desde ese punto de vista, el recurso a la reflexividad se aplica no sólo al hacer práctico de los futuros profesores sino también al propio posicionamiento subjetivo e identitario. Con esto en mente, hemos realizado un estudio de los espacios virtuales de formación, en particular el foro de debate, visto como un artefacto que media la actividad y en el que formaliza el flujo de información y comunicaciones colectivas. En el foro de discusión virtual participan estudiantes y profesores y tiene un propósito educativo y formativo. Los estudiantes utilizan los foros para comunicarse con otros y elaborar conceptos teóricos y prácticos de modo asíncrono, para alcanzar diferentes objetivos de aprendizaje. Nuestro objetivo fue analizar los significados mediadores de la formación de la identidad profesional docente en un foro virtual de debate, en la asignatura “Psicología Escolar” que se ofrece en la Licenciatura en Literatura en Portugués, en la Universidad Abierta de Brasil. Para el análisis de la información utilizamos cinco tipos de análisis: sincrónico, diacrónico, turnos de habla, temática dialógica y pragmática del discurso. Los resultados sugieren que los posicionamientos y los significados sobre el ser profesor están siendo moldeados por las experiencias de aprendizaje anteriores, por experiencias sociales, familiares y los intercambios en el propio contexto de educación a distancia. Los significados que circulan en los foros se situan en la tensión y la negociación de los conceptos traidos del metodo tradicional (el profesor como principal agente de localización, instrucción y transmisión de conocimiento) y el or en la construcción del conocimiento. Observamos también que los sentimientos que motivan a los futuros profesores a escoger la profesión docente se articulan sobre diversos significados, como ser buenos profesores; esto es profesores polivalentes, multifacéticos, en constante reflexión y formación; o, por el contrario, profesores amargados y desinteresados que escogen la profesión por falta de otras opciones o por tradición familiar. Los significados mediadores de la identidad del futuro profesor se constituyeran dialógicamente por medio de la participación en prácticas de intercambios discursivos, como los que se producen en el foro estudiado. En él se hacen presentes diferentes significados sobre la identidad y la práctica docente, provenientes de los procesos de intercambios del mundo no virtual, por ejemplo, las diferentes imagenes sociales sobre lo que es y lo que debería ser un profesor, y los procesos concretos de intercambios realizados en un foro virtual.
5

A formação da identidade numa perspectiva educacional

Souza, Laurinda Ferreira de January 1980 (has links)
Submitted by Beatriz_ Estagiaria (marcianb@ig.com.br) on 2012-03-23T16:58:31Z No. of bitstreams: 1 000049014.pdf: 6151001 bytes, checksum: 36db73a99ed4b18e80c8465478e1d6be (MD5) / Made available in DSpace on 2012-03-23T16:59:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000049014.pdf: 6151001 bytes, checksum: 36db73a99ed4b18e80c8465478e1d6be (MD5) / This work tries to clarify some identity theo-retical concepts, the way as different authors understand identity, the way we interpret it and the manner the educational process influences the adolescent's identity development. That is why we investigate the identification phenomenon, the intra-psychic conflicts, particularly during the adolescence period, as well as the social, temporal and spacial integration links. We consider identity structured through three different leveIs: through the most developed structures of personality, distingueshed by the interpersonal relationship which is based: on the introjection and projection mechanisms; through the introjective and projective identification mechanisms, and through the fusion persistence or primitive 'sincical' structure which characterizes the syncretic sociability. We begin from the conception of identification as the most prirnitive form of an affective link. We consiqer the sexual and corporal identity conquest as the base for the other partial identities. The formation of identity as a whole, which presupposes a crisis in adolescence, is based on the most specific problem of a sexual identity formation. While identification operates through tions identity comes from the opposition of identification. The process is dialectic. introjec-preceding it is our opinion that identification is formed by eminent social processes. Once it is forrned, it is supported, modified or rernodelled by social relationship. Our preoccupation is concentrated on the identity forming process, taken in a close relation with family, school and society in a constant teacher-student, teaching-learning interaction. We tried to detect, through the field research, the systematized education influences from the identity formation process, and, in especial way, we attempted to visualize the teacher's part in that process. That is why a two part compound questionary was elaborated. Former part contains information about the student's identification, as well as information about the family and school. The second part contains 40 questions considered, inferentially, as indices of poral and spacial integration. the social subjects of our research were constituted of 176 students -boys and girls in the age of 14 -from the 5th and 6th years of the State Schools 1978. The analasis of the obtained in Divinópolis, MG information made clear the development of our subjects in terms (expression) of identification with the primary the childish leveI dependence. / Este trabalho procura elucidar alguns conceitos teóricos de identidade, como é entendida por diferentes autores, como nós a interpretamos e como o processo educacional influencia o desenvolvimento da identidade dos adolescentes. Para isso recorremos ao fenômeno da identificação, aos conflitos intra-psíquicos, particularmente no período da adolescência, e aos vínculos de integração espacial, temporal e social. Consideramos a identidade estruturada por três níveis fundamentais: pelas estruturas mais desenvolvidas da personalidade, caracterizada pela relação interpessoal, baseada nos mecanismos de projeção e introjeção; pelos mecanismos de identificação projetiva-introjetiva e pela persistência da fusão ou estrutura sincicial primitiva que caracteriza a sociabilidade sincrética. Partimos da concepção de identificação como a forma mais primitiva de ligação afetiva. Tomamos a conquista da identidade corporal e sexual como a base das demais identidades parciais. A formação da identidade como um todo, que pressupõe uma crise na adolescência, baseia-se na problemática mais específica da formação de uma identidade sexual. Enquanto a identificação se opera através de introjeções, a identidade resulta da oposição de identificações anteriores. O processo é dialético. Somos de opinião que a identidade é formada por processos eminentemente sociais. Uma vez formada, é mantida, modificada ou mesmo remodelada pelas relações sociais. Nossa preocupação centralizou-se no processo de formação de identidade, considerado em estreita relação çom a família, a escola e a sociedade e em contínua interaçao professor-aluno, ensino-aprendizagem. Tentamos detectar as influências da educação sistematizadas no processo de formação da identidade e em especial visualizar o papel do professor no referido processo, através de pesquisa de campo. Para isso elaboramos um questionário composto de duas partes. A primeira contendo dados de identificação do aluno, da família e da escola. A segunda, composta de 40 perguntas consideradas, inferencialmente, como indicadores dos vínculos de integração espacial, temporal e social. Os sujeitos de nossa pesquisa constituiram-se de 176 alunos, na faixa etária de 14 anos, masculinos e femininos, de 5ª e 8ª series, do ensino de 1º grau das escolas da rede estadual de Divinopolis, M.G., em 1978. A análise dos dados obtidos evidenciou o desenvolvimento de nossos sujeitos em termos de identificação com os grupos primários, predominando a dependência em nível infantil.
6

Falando Gênero

Hochdorn, Alexander January 2013 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Florianópolis, 2013 / Made available in DSpace on 2013-12-06T00:30:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 319874.pdf: 5268068 bytes, checksum: e909a3ca6a6c20b23b5f713c20d2dcbd (MD5) Previous issue date: 2013 / O tópico da presente pesquisa é centrado no posicionamento discursivo entre atores sociais, cuja identidade de gênero se difere de uma perspectiva dicotômica dos sexos, e contextos caracterizados por acepções principalmente heteronormativas. Foram pesquisadas as margens de agenciamento, dentro das quais uma pessoa em transição entre os gêneros reivindica uma representação do self, diante das peculiares estruturas simbólicas e normativas de contextos específicos de interação. Com a finalidade de captar os processos, por meio dos quais se desenvolve uma representação do selfcomo identidade generizada, foi analisado o grau de agenciamento diante das práticas de posicionamento em três contextos: realidade carcerária, mundo do trabalho e ambiente familiar. O objetivo da tese é compreender quanto as/os transgêneras/os reproduzem certos idealtipos generizados, diante das coordenadas simbólicas do contexto, da situação das interações cotidianas, e também da especificidade dos meta-artefatos linguísticos que circunscrevem áreas de significados declinados no feminino ou no masculino. As representações do self e do outro, em uma ótica socioconstrucionista, são articuladas ao longo de produções discursivas entre interações cotidianas e superestruturas culturais e normativas. O discurso, conforme esta perspectiva, é entendido como artefato de mediação que gera significados partilhados. O corpo dos dados consiste, por isso, na coleta de material discursivo nos seguintes contextos: a) seis entrevistas semi-estruturadas com os funcionários penitenciários que, com título diverso, prestam serviço no Novo Complexo Penitenciário de Sollicciano (Florença); b) cinco entrevistas em profundidade com as detidas transgêneras reclusas no mesmo instituto; c) sete entrevistas em profundidade com pessoas transgêneras em contextos privados e de trabalho e d) três diários escritos por pessoas transgêneras, contatadas em associações sociopolíticas no centro e no norte da Itália. Estes dados textuais foram estudados por meio de duas perspectivas metodológicas: 1) Análise crítica da estrutura ideológica do discurso, em referência à produção de significados implícitos. Os repertórios simbólicos foram associados à macrocategorias conceituais, por meio de um software para a análise de forma e semiótica: Transana. 2) Análise quali-quantitativa do conteúdo semântico e da organização lexical com o programa para a classificação hierárquica descendente de dados textuais: Alceste. Emergiu a partir dos resultados que os elementos constitutivos da produção discursiva (léxico, semântica, semiótica) geram repertórios narrativos semelhantes à estrutura da representação do self e do outro. Estas unidades de significado respondem à pergunta da presente pesquisa, focada no posicionamento de gênero e con(texto). Portanto foi apontada a intersecionalidade sequencial entre as seguintes variáveis: Dualismo de gênero ? Assimetria de poder ? Desigualdade ? Discriminação ? Representação de gênero reificada. Emergiram deste processo diferentes práticas normativas, estruturais e de interação, que, por meio de universos de sentido e sistemas de ação socialmente partilhados, culturalmente legitimados e discursivamente institucionalizados, produzem significados e idealtipos generizados, aninhados em horizontes temporais, cenários relacionais e limites contextuais. A respeito do contexto carcerário, as margens de posicionamento são relegadas dentro de parâmetros institucionalizados do sistema penitenciário. A linguagem assume, sobretudo, uma função reificante a partir do momento em que as categorias semânticas definem os vínculos normativos entre si e o contexto. Contudo, a identidade de gênero resulta ser circunscrita por fronteiras discursivas precisas. No que concerne às realidades familiares e de trabalho, as representações do self como transgênera/o variam conforme as coordenadas simbólicas situadas no hic et nunc. As superestruturas normativas impregnam o discurso, sobretudo em nível implícito. O agenciamento, no processo de afirmação da própria identidade de gênero, depende da especificidade do contexto e das diversas modalidades de posicionamento entre o self e o outro. <br> / Abstract: The topic of the following research is focused on discursive positioning amongst social actors, whose gender falls somewhere between or outside of the sexual dualism, and contexts, characterized by a dominant heteronormative imprint. The edges of agency have been investigated, according to which a person, who passes amongst genders, claims a representation of self, with regard to the peculiar symbolical and normative structure of specific contexts of interaction. In order to isolate the processes, throughout which develops a self-representation as gender, the rank of agency has been analyzed, according to practices of positioning within three contexts: prison reality, workplaces and family environment. The study, therefore, aims to understand how transgender reproduce certain genderized Ideal-types, with regard to the symbolical coordinates of the context, the situativity of everyday interaction, as well as the linguistic meta-artifacts, circumscribing zones of meanings, which move in a feminine or masculine direction. The representations of self and others, within a socio-constructive perspective, are articulated along discursive productions in relation to everyday interactions and cultural and normative superstructures. Discourse, according to this approach, could be considered as a mediation artifact, which generates social meanings. The corpus of data, therefore, consists in gathering discursive material within the following contexts: a) six semistructured interviews with staff members of the Sollicciano prison near Florence; b) fivein-depth interviews with transprisoners detained in the same institute; c) seven in-depth interviews with transgender in private and work contexts and d) three diaries, written by transgender, contacted by socio-political associations in north and central Italy. These textual datas have been studied according to two methodological perspectives: 1.) Critical Analysis of the ideological matrix of discourse, with regard to the production of implicit meanings. The symbolic repertoires have been associated to conceptual macro-categories, adopting the software Transana for computer assisted discourse analysis. 2.) Quali-quantitative analysis of semantic content and lexical organization with the program for the hierarchic descendent classification of textual data Alceste. Results show that the constitutive elements of discursive production (lexicon, semantics, semiotics) generate narrative repertoires, with similar structure and affine representations of self and others. These units of meanings constitute the research goals of this study, focused on positioning between gender and (con)text. There emerged a sequential intersectionality amongst the following variables: Gender dualism ? Asymmetry of power ? Inequalities ? Discrimination ? Reified representation of gender. From this process emerged different normative, structural as well as interactive practices, which, throughout universes of sense and systems of actions, socially recognized, culturally legitimized and discursively institutionalized, produce genderized Ideal-types and meanings, embedded within temporal horizons, relational sceneries and contextual limelights. With regard to prison context the edges of positioning are relegated within the institutional parameters of the penitentiary system. Language, especially, assumes a reifying function, by the moment, that semantic categories define normative links between self and context. Gender identity, actually, is circumscribed by precise discursive borders. With regard to family and workplaces,self-representation as transgender changes, according to situated symbolic coordinates. Normative superstructures influence discourse mainly on an implicit level. Agency within processes of gender identity affirmation depends on specific contexts and different modalities of positioning amongst self and others.
7

Surdez e biculturalidade : um estudo sobre o autoconceito a partir das interações surdo-surdo e surdo-ouvinte

Amorim, Ana Cecília Ferreira de 23 April 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Processos do Desenvolvimento Humano e Saúde, 2013. / Submitted by Luiza Silva Almeida (luizaalmeida@bce.unb.br) on 2013-07-30T18:08:10Z No. of bitstreams: 1 2013_AnaCecíliaFerreiradeAmorim.pdf: 618316 bytes, checksum: dae15077cfd3bcd4c351e998110b52db (MD5) / Approved for entry into archive by Leandro Silva Borges(leandroborges@bce.unb.br) on 2013-08-02T20:25:30Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_AnaCecíliaFerreiradeAmorim.pdf: 618316 bytes, checksum: dae15077cfd3bcd4c351e998110b52db (MD5) / Made available in DSpace on 2013-08-02T20:25:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_AnaCecíliaFerreiradeAmorim.pdf: 618316 bytes, checksum: dae15077cfd3bcd4c351e998110b52db (MD5) / A partir de um acompanhamento psicoeducacional, com um grupo de adultos surdos, buscou-se pesquisar, nas interações surdo-surdo e surdo-ouvinte, os elementos enunciativos reveladores da maneira como o sujeito surdo se posiciona sobre si (como se vê – concepções de si), como vê o outro e como se vê percebido pelo outro. A orientação argumentativa da pesquisa partiu do pressuposto teórico da perspectiva histórico-cultural de L. S. Vigotski e dos preceitos conceituais da filosofia da linguagem propostos por M. Bakhtin. O campo investigativo foi configurado com base na abordagem qualitativa, via videogravação dos diálogos produzidos e mediados pelo uso da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Diante dos resultados obtidos e das discussões realizadas, pode-se concluir que o processo de autoconceitualizar-se é complexo e determinado historicamente, no qual o eu se constitui dialogicamente na(s) relação(ões) com o(s) outro(s), em uma constante contradição dialética, com base nas significações produzidas por meio das relações sociais, que são mediadas por signos ideológicos. Isto é, o modo como o surdo se vê tem relação direta com a forma como ele estabelece a sua relação com seus pares surdos e com os ouvintes. Nessa dinâmica, foi possível evidenciar que os surdos são marcados pela ideia de que a surdez é uma deficiência e que ele é alguém menor, em desvantagem social. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / A psychoeducational research with a group of deaf adults was conducted in order to analyze the deaf-deaf and deaf-listener interactions and distinguish the elements that reveal the way the deaf subject sees himself (conceptions about oneself), the way he sees the others, and the way he believes the others see him. The theoretical background for the research assumed the cultural- historical perspective of L.S. Vygotsky and the conceptual precepts of the philosophy of language proposed by M. Bakhtin. The investigation was based on a qualitative approach, and consisted of video recording of dialogues produced and mediated by the use of Brazilian Sign Language (Libras). The results and discussion show that the process of self-conceptualization is complex and historically determined. In this process, the self is constituted dialogically, affirming and/or opposing oneself dialectically, based on the meanings produced through social relations, which are mediated by ideological signs. In other words, the way the deaf see themselves is directly related to the way they interact with their deaf peers and with hearing people. As a result of this study, it became clear that the deaf believe deafness is a disability and that they are in social disadvantage.
8

Delírio e identidade : um estudo teórico-clínico

Veiga, João Ronaldo Virgílio de Carvalho Stemler 25 October 2010 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2010. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2011-02-18T15:42:29Z No. of bitstreams: 1 2010_JoaoRonaldoVirgilioCarvalhoSVeiga.pdf: 191909 bytes, checksum: 9e81ec3d3a23acb4a9465e1e1c5ab886 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2011-02-23T14:24:54Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_JoaoRonaldoVirgilioCarvalhoSVeiga.pdf: 191909 bytes, checksum: 9e81ec3d3a23acb4a9465e1e1c5ab886 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-02-23T14:24:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_JoaoRonaldoVirgilioCarvalhoSVeiga.pdf: 191909 bytes, checksum: 9e81ec3d3a23acb4a9465e1e1c5ab886 (MD5) / O presente trabalho teve como objetivo realizar a aproximação entre os conceitos de delírio e identidade, visando investigar a possibilidade de uma identidade delirante e suas conseqüências na clínica da psicose. Para tanto realiza em um primeiro momento a análise de parte do pensamento produzido acerca da identidade, presente na pesquisa sociológica; posteriormente dedica-se ao entendimento do delírio presente no pensamento psicanalítico e em parte da fenomenologia psiquiátrica clássica; em um terceiro momento dedica-se a contrapor as observações anteriores ao entendimento particular de Deleuze e Guattari sobre o fenômeno delirante para, por fim, relacionar tal aporte teórico à prática clínica realizada com sujeitos delirantes, representada neste estudo pela breve apresentação de duas vinhetas clínicas. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The present work aims to perform an alignment between the concepts of identity and delusion, designed to investigate the possibility of a delusional identity and its impact on clinical delirium. For both held in a first moment an analysis of the thinking about the identity produced on the sociological research; later dedicates to the understanding of the delusion in psychoanalytic thought and part of the classical psychiatric phenomenology; in a third phase dedicate to counter the preceding remarks to the particular understanding of Deleuze and Guattari on the delusional phenomenon to finally relate such theoretical contribution to clinical practice conducted with delusional subjects in this study represented by the brief presentation of two clinical vignettes.
9

A Identificação na contemporaneidade : a relação entre o corpo e o olhar / The ID in the present:THE RELATIONSHIP BETWEEN BODY AND LOOK (Inglês)

Theophilo, Juliana Montenegro 26 September 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:14:18Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2008-09-26 / In this research we intend to study the identification process which is characteristic of contemporaneity. Interest in this topic has arisen from the belief that apparatuses today which confer values such as family, religion, sex and socio-economical status lose their power of expressing who the individual is. What is gradually becoming central to the subjective experience today are attitudes which pertain caring for the body. The latter takes on a great and important value in social relations. Our work consists of a theoretical study based upon psychoanalysis on identification. In other words, we begin by discussing the constitutive aspects pertaining to the construction process of an identity, considering the fundamental reference to the body. This paper contains three chapters: in the first one we deal with the issue of the body s centrality, the overvaluation of an aesthetic pattern of thinness, youth and body perfection and the connection between this perfect body with the possibility of happiness. In addition, we see indistinctly the mutant character of the body, which loses the statute of fatality conditioning the individual s life. The body now becomes a reality which can be transformed according to the individual s will. In the second chapter we shall address the matter of visibility intrinsically connected to the ideal of a young and slim body, since the individual s recognition depends on how others see them, once the individual s worth is defined by their appearance. In the third chapter we shall address the Freudian theory of identification, considering two levels of analyses, the first pertaining the cultural ideals and the latter relationships with peers. We have concluded that the identification process in contemporaneity is less driven by the cultural ideals than by how individuals are seen by peers, considering that body appearance becomes the principle of social relevance. Keywords: identification, psychoanalysis, body, visibility, contemporaneity. / Nesta pesquisa, pretende-se estudar a identificação característica da contemporaneidade. Este interesse apareceu por se considerar que hoje as instâncias doadoras de valores como família, religião, sexo e status socioeconômico perdem o poder de dizer quem o sujeito é. Hoje o que se torna central para a experiência subjetiva são as práticas referentes aos cuidados com o corpo. Este assume um valor de grande importância nas relações sociais. Este trabalho consiste de um estudo teórico fundamentado na Psicanálise acerca da identificação. Sua origem está em um questionamento sobre aspectos do processo de constituição do eu, considerando a referência fundamental ao corpo. O trabalho é composto de cinco capítulos, incluindo a introdução, no segundo dos quais se cuida da questão da centralidade do corpo, supervalorização de um padrão estético de magreza, juventude e perfeição corporal, e ligação deste corpo perfeito com a possibilidade de felicidade. Além disso, entrevê-se o caráter mutante do corpo, que perde o estatuto de fatalidade, condicionando a vida do indivíduo. Agora o corpo se constitui em realidade que pode ser transformada de acordo a vontade do indivíduo.No terceiro segmento, trata-se da questão da visibilidade intrinsecamente ligada ao ideal de corpo jovem e magro, pois o rec nhecimento do sujeito depende do olhar do outro, uma vez que o valor do sujeito se define pela sua aparência. No quarto módulo, aborda-se a teoria freudiana da identificação, considerando dois níveis de análises, quais sejam, um relativo aos ideais culturais e outro às relações com semelhantes. Concluímos (quinto capítulo) que, na contemporaneidade, a identificação é menos orientada pelos ideais culturais do que pelo olhar do semelhante, na medida em que a aparência do corpo se torna o princípio da pertinência social. Palavras-chave: identificação, psicanálise, corpo, visibilidade, contemporaneidade.
10

(Re)formação da identidade e relacionamento: abordagem para os estudos de comunicação em uma instituição de ensino superior

Catto, Camilo January 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T18:47:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000430226-Texto+Completo-0.pdf: 804702 bytes, checksum: b8f9875fd1ca6a69c270910c3bbc7308 (MD5) Previous issue date: 2010 / This thesis seeks to understand the process of identity formation, from the relationship that a Higher Education Institution in Curitiba has with its crowds. Identity is thus approached from an organizational concept that goes beyond a mere managerial and corporate process. It runs through a cognitive process by the interaction between individuals and reality and shows how the world and the institutions around it are targeted. Thus, the relational approach to identity formation requires the study of public relations for a broader concept and process. Approached as a complex process, identity is socially and historically constructed. It seeks to contribute to the studies in communication by focusing on identity formation and not on issues such as image, reputation and favorable concept maintenance. Under a mainly interpretative paradigm, an exploratory qualitative study was used to collect data based on in nine depth individual surveys. For the analysis we used the categorization that foresees steps of unitization, description, interpretation and argumentation. The results indicate that organizations are spaces of political negotiation, designed formally and informally by relationship processes and thereby legitimated before their crowds. The results indicate that both relationship and identity formed complementary dimensions, dialectic results and resultants that are opposite and procedurally are auxiliary in their own views and (re)formations. / Esta Tese foi realizada com o intuito de compreender, a partir do relacionamento que uma Instituição de Ensino Superior – IES de Curitiba mantém com seus públicos, como ocorre o processo de formação da identidade. A identidade é assim abordada sob uma concepção organizacional, que vai além de um mero processo gerencial e corporativo. Ela perpassa por um processo também cognitivo, até a interação dos indivíduos com a realidade e como o mundo e as instituições ao seu redor são objetivados a partir dos relacionamentos que mantêm com seus públicos. Assim, a perspectiva relacional para a formação da identidade impõe aos estudos de relações públicas uma concepção mais ampla e processual. Abordada como um processo complexo, a identidade é social e historicamente construída. Busca contribuir para os estudos em comunicação ao definir relações públicas com ênfase nas redes de relacionamento e ao focar na formação da identidade e não em temas como imagem, reputação e manutenção de conceito favorável. Sob uma concepção paradigmática predominantemente interpretativa, foi utilizada para a coleta dos dados uma pesquisa qualitativa e exploratória, baseada em nove entrevistas individuais e em profundidade. Para a análise utilizou-se a categorização que pressupõe as etapas de unitarização, descrição, interpretação e argumentação. Os resultados indicam que as organizações são espaços políticos de negociação, concebidas formal e informalmente também, mas não menos importantes, pelos processos de relacionamento elaborados e, assim, se legitimam perante seus públicos. Os resultados indicam que tanto o relacionamento como a identidade formaram dimensões complementares, resultados e resultantes, dialéticas, que se contrapõem e que processualmente são auxiliares em suas próprias concepções e (re)formações.

Page generated in 0.085 seconds