• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 131
  • 5
  • 2
  • Tagged with
  • 139
  • 82
  • 48
  • 35
  • 31
  • 31
  • 28
  • 26
  • 17
  • 17
  • 16
  • 16
  • 16
  • 15
  • 13
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Às margens do texto : as redes de textos e as bibliotecas bíblicas em manuais devocionais jesuíticos portugueses, no século XVII / To the margins of the text : the textual networks and the biblical libraries in portuguese jesuitic devotional handbooks, in the 17th century

Ferreira, Daniel Martins 29 April 2016 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de História, Programa de Pós-Graduação em História, 2016. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-07-14T20:21:28Z No. of bitstreams: 1 2016_DanielMartinsFerreira.pdf: 1173229 bytes, checksum: aaf5c27b6ca55ca25c82ffdb454a3edf (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2016-08-16T20:23:25Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_DanielMartinsFerreira.pdf: 1173229 bytes, checksum: aaf5c27b6ca55ca25c82ffdb454a3edf (MD5) / Made available in DSpace on 2016-08-16T20:23:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_DanielMartinsFerreira.pdf: 1173229 bytes, checksum: aaf5c27b6ca55ca25c82ffdb454a3edf (MD5) / Utilizando das metodologias de close reading e distant reading, esse estudo pretende analisar manuais de bem morrer jesuíticos em português do século XVII, com a intenção de melhor compreender a relações textuais neles estabelecidas. Neste sentido, serão especialmente relevantes o conceito de biblioteca vivida e rede de textos. Biblioteca vivida sendo entendida como o conjunto de leituras e informações obtidas e registradas na memória individual e disponíveis aos processos de leitura e escrita, configurando então todo o a priori no manuseio de ideias. A rede de textos seria o subgrupo dos textos daquela biblioteca vivida que são utilizados para uma dada operação intelectual. Nesta dissertação, analisar-se-á a presença das redes de textos que se conectam aos escritos de bem morrer por meio de uma análise qualitativa, em que se analisa as ideias da salvação sobre ricos e poderosos no manual Ceo de Graça, Inferno Custozo, e de uma análise quantitativa, por meio da verificação das citações bíblicas registradas às margens dos manuais. Ao final, pretende-se indicar o achado da existência de uma matriz de escrita de bem morrer. _______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Using the metodologies of close reading and distant reading, this study intents to analyse jesuitic well dying handbooks in portuguese from the 17th century, with the purpose of better understanding the textual relations stablished in it. In this direction, will be specially relevant the concepts of lived library and textual network. Lived library is understood as a set of readings and informations obtained and registered in the individual memory and available to reading and writting processes, setting up the a priori in any handling of ideas. The textual network is the subgroup of these texts and the personal lived library which are used in a given intelectual operation. During this dissertation, will be analysed the presence of the textual networks connected to the well dying writtings through a qualitative analysis, which will take a stance on the ideas about wealthy and powerful salvation, and a quantitative analysis, through the verification of the biblical quotations marked upon the margins of the handbooks. In the end, is intended to indicate the found of a well dying s writting matrix.
2

As práticas discursivas da Companhia de Jesus e a emergência do “teatro jesuítico da missão” no Brasil do século XVI / The discursive practices of the Society of Jesus and the emergence of the Jesuit theater of the mission in Brazil of the 16th century / Les pratiques discursives de la Compagnie de Jésus et l’émergence du théâtre jésuitique de la mission au Brésil du XVIe siècle

Torres, Magda Maria Jaolino 09 1900 (has links)
Tese (doutorado)—Instituto de Ciências Humanas, Universidade de Brasília, 2006. / Submitted by Elna Araújo (elna@bce.unb.br) on 2011-05-09T18:57:12Z No. of bitstreams: 1 2006_MagdaMariaJaolinoTorres.pdf: 14824212 bytes, checksum: 7e2b6d4d4d28730d130719994ca689e6 (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2011-05-09T22:38:16Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_MagdaMariaJaolinoTorres.pdf: 14824212 bytes, checksum: 7e2b6d4d4d28730d130719994ca689e6 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-05-09T22:38:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_MagdaMariaJaolinoTorres.pdf: 14824212 bytes, checksum: 7e2b6d4d4d28730d130719994ca689e6 (MD5) Previous issue date: 2006-09 / A questão de saber se é possível pensar diferentemente do que se pensa – e perceber diferentemente do que se vê – é indispensável para continuar a olhar e refletir, alertava Foucault. Esse foi o desafio na construção do objeto desta tese: as práticas discursivas jesuíticas e a emergência do que denomino “teatro jesuítico da missão”. Para tal, considero-o enquanto experiência singular, portadora de uma historicidade que se poderia desvelar, para descrever aquilo que lhe fosse constitutivo, as suas condições de possibilidade. Assumi, deste modo, uma perspectiva de análise que questiona a espessura histórica que enuncia teatros e nomeia gentios, frente à aparente naturalidade e mesmo obviedade com que vem sendo apresentado o fazer teatro entre os gentios, no Brasil do séc. XVI. Uma postura que, ao contrário de uma narrativa seqüencial de suas manifestações no tempo, identifique, isso sim, a sua raridade, como acontecimento, e as possíveis matrizes que perpassavam e fundavam as práticas discursivas jesuíticas, entre as quais se situava esta forma particular de teatro, quando este irrompeu e configurou-se no Brasil. Portanto, examino, os documentos e, parcialmente, o arquivo construído pela Companhia de Jesus, arrolando fontes que não costumam ser imantadas por estudiosos do fazer teatral dos jesuítas no espaço colonial do séc. XVI: cartas, prédicas, a chamada Bíblia de Nadal – que analiso como um livro-teatro –, os Exercícios Espirituais de Santo Inácio de Loyola, entre outros. O teatro jesuítico, deste modo, parece emergir, construir e ser construído no interior das matrizes discursivas próprias à emergência do fazer jesuítico, no interior do arquivo, em torno da ordenação, da disciplina dos sentidos e, mais particularmente, do olhar, aquela [ordem] da contemplação que, mais do que vontade de imagens, revela-se vontade de verdade, a que produz imagens, cuja “correta” interpretação permite o agir em direção à implantação da verdade para si e para o mundo. ______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The question of knowing whether it is possible to think differently from the way one thinks – and to perceive differently from the way one sees – is indispensable for one to continue looking and reflecting, warned Foucault. This was the challenge in the building of the object of this thesis: the Jesuit discursive practices and the emergence of what I call “the Jesuit theater of the mission”. Thus, I consider it, while being a singular experiment, the bearer of a historicity that one could unveil, to describe that which would be a part of it, its condition of possibility. I assumed, thus, a perspective of analysis that questions the historical denseness which enunciates theaters and names gentile, before the apparent naturalness and even obviousness with which the making of the theater among the gentile in Brazil in the 16th century has been presented. A posture that, contrary to a sequential narrative of its manifestations in time, will indeed identify its rarity, as an event, and the possible matrixes that passed by and founded the Jesuit discursive practices, among which this particular form of theater was placed, when it emerged and was formed in Brazil. Therefore I examine the documents and parts of the archives put together by the Society of Jesus, collecting sources that are not usually used by those researching the theater making of the Jesuits in the colonial period of the 16th century: letters, sermons, the so-called Nadal’s Bible – which I analyze as a theater-book –, the Spiritual Exercises of Saint Ignatius of Loyola, among others. The Jesuit theater, thus, seems to emerge, build and be built in the inner part of the discursive matrixes pertaining to the emergence of the Jesuit task, in the archive, around the ordering, the discipline of the senses and, more specifically, the look, that [order] of contemplation that, more than the will to images, reveals itself as the will to truth, the one that produces images, whose “correct” interpretation allows the action towards the implantation of truth for itself and for the world. ________________________________________________________________________________________ RÉSUMÉ / La question de savoir s’il est possible penser différemment de ce que l’on pense – et percevoir différemment de ce que l’on voit – est indispensable pour continuer à regarder et à réfléchir, comme alertait Foucault. Celui-ci a été le défit au cours de la construction de l’objet de cette thèse: les pratiques discursives jésuitiques et l’émergence de ce que j’appelle “théâtre jésuitique de la mission”. Pour cela, je le considère en tant qu’une expérience singulière, porteuse d’une historicité que l’on pourrait devoiler, pour décrire ce que lui serait constitutif, leurs conditions de possibilité. J’ai ainsi assumé une perspective d’analyse qui questionne l’épaisseur historique qui énonce théâtres et nomme gentios, devant le naturel apparent, ou même l’évident, avec lequel le faire théâtre parmi les gentios au Brésil du XVIe siècle est souvent présenté. Cette posture, en opposition à un récit séquentiel de ses manifestations dans le temps, identifie sa rareté, en tant qu’évènement, et les possibles matrices qui suivaient et fondaient les pratiques discursives jésuitiques, parmi lesquelles se situait cette forme particulière de théâtre, lorsque celui-ci a fait irruption et a pris sa configuration au Brésil. J’examine, donc, les documents et partiellement de l’archive construit par la Compagnie de Jésus, en utilisant des sources qui, d’habitude, ne sont pas évoquées par ces qui étudient le faire théâtral des jésuites dans l’espace colonial du XVIe siècle: lettres, prédications, la dénommée Bible de Nadal – que j’analyse comme un livre-théâtre – , les Exercices Spirituels de Saint-Ignace de Loyola, parmi d’autres. De cette manière, le théâtre jésuitique semble émerger, construire et être construit à l’intérieur des matrices discursives propres à l’émergence du faire jésuitique, à l’intérieur de l’ archive, autour de l’ordination, de la discipline des sens et, plus particulièrement, du regard, celle de la contemplation qui, plus que volonté d’images, se révèle volonté de vérité, celle qui produit des images, dont l’interprétation “exacte” permet l’action vers l’implantation de la vérité pour soi et pour le monde.
3

Alexandre de Gusmão : da literatura jesuíta de intervenção social

Freitas, César Augusto Martins Miranda de January 2011 (has links)
Este projeto de investigação incidiu sobre a ação de educação e evangelização dos jesuítas no Brasil colonial, tomando como objeto de análise a vida e obra do P.e Alexandre de Gusmão (Lisboa, 14 de agosto de 1629 – Baía, 15 de março de 1724). Num primeiro momento, tanto quanto a documentação consultada o permitiu, procedemos à reconstituição do seu percurso de formação académica e religiosa, incluindo os diversos cargos desempenhados nos quadros da Companhia de Jesus. Atendendo às críticas feitas ao seu governo da província da Assistência do Brasil nas duas últimas décadas de Seiscentos, num período de profundas dissensões entre os inacianos acerca das estratégias de missionação dos índios e da admissão e formação de sacerdotes naturais da terra, procuramos justificar a ação missionária de Gusmão, dividida entre a evangelização, a educação e a administração espiritual dos indígenas (e em menor escala dos escravos negros) e, com maior fervor, a assistência moral, religiosa e espiritual dos colonos e mamelucos, em resultado de uma reorientação dos propósitos de catequização e evangelização que guiaram os primeiros jesuítas na América Portuguesa. A partir da análise de um corpus textual composto por cartas manuscritas e obras impressas (Escola de Belém, Jesus nacido no Presépio, 1678; Historia do Predestinado Peregrino, e seu Irmão Precito, 1682; Arte de crear bem os filhos na idade da puerícia, 1685; Sermão na Cathedral da Bahia de todos os Sanctos nas exequias do Ill.mo Sr. D. Fr. João da Madre de Deus, primeiro Arcebispo da Bahia, 1686; Meditações para todos os dias da semana pelos exercicios das potencias da alma, conforme ensina Santo Ignacio, 1689; Rosa de Nazareth nas montanhas de Hebron, a Virgem Nossa Senhora na Companhia de Jesus, 1715; Eleição entre o bem e o mal eterno, 1720; [...]
4

Milagres constantes e inconstantes: variações no discurso jesuítico : 1610-1640

Berto, Carla January 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T18:57:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000380208-Texto+Completo-0.pdf: 744256 bytes, checksum: 58e5f0483c19f3bcefe98536732c53bc (MD5) Previous issue date: 2005 / The analysis discussed in this paper proposes the reconsideration about the study of the miracle appealed into the Jesuitical documentation, privileging the pronounced elements in the religious speech which followed and culminate inside the phenomenon. The miracles were selected from De Angelis Collection, between the period of 1610 to 1640. It should be presented the huge quantity of the miracles registration in Jesuitical letters, aiming the phenomenon as one at the peak of Jesuitical religious experiments. It seems that, being clear construction of a model as well as the necessary missionary filter,that a miracle account should cover: first, to emphasize the degree of kindness / demoniac action (or to set an example of Christianity models), soon afterward to present a conclusion — the interpretation lead by Jesuit reporter / filter / spreader. When this is presented in the condition of letter author as well as the reporter character of the phenomenon, the miracle is evidenced as an ideal model, characterized as the example cases. Grasping the attention about these modal elements, we realize that when the Jesuit stops being an active character of the phenomenon, the account elements change themselves. The judgment about the heavenly validity, compared to the miracle, it should be given by the missioner as well as we could classify it as demoniac action. / A análise em questão propõe reconsiderar o estudo do milagre, recorrente na documentação jesuítica, privilegiando os elementos articulados no discurso religioso que acompanham e culminam no fenômeno. Os milagres foram selecionados na Coleção De Angelis, no período entre 1610 e 1640. Deve se ter presente a grande quantidade de registros destes fenômenos nas cartas jesuíticas, apontando o fenômeno como um dos ápices da experiência religiosa dos inacianos. Parece, assim, ficar evidente a construção de um modelo, bem como os necessários filtros missionários que um relato de milagre deveria percorrer: num primeiro momento, enfatizar o grau de gentilidade e ação demoníaca (ou então, exemplificando modelos de cristandade), para logo em seguida apresentar a conclusão - interpretação conduzida pelo jesuíta, relator/filtro/divulgador. Quando este se apresenta na condição de autor das cartas, bem como a personagem relatora do fenômeno, o milagre evidencia-se como um modelo idealizado, característicos como casos de edificação. Detendo a atenção sobre estes elementos modelares, percebe-se que na medida em que o jesuíta deixa de se constituir personagem ativa no fenômeno, os elementos do relato modificam-se. O julgamento sobre a validade celeste, em relação ao milagre, seria concedido pelo missionário, assim como poderia classificá-lo como ação demoníaca.
5

Tradição jesuítica: educação, identidade e sentimento de pertencimento em uma história de vida no colégio anchieta

Schneider, Dário January 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T18:50:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000447015-Texto+Completo-0.pdf: 2861960 bytes, checksum: cf6263f72df52f629e208b770bc394bb (MD5) Previous issue date: 2013 / This dissertation presents reflections on the educational tradition of the Society of Jesus and the establishment of Ignatian Pedagogy intertwined in the life story of Professor Fernando Meyer, a former student of the College of Anchieta Porto Alegre, Rio Grande do Sul, as student and as an educator today. Sought to highlight the importance of the formation of the subject through an (auto) biography understood as life history and their overlaps with the (trans) formation of the educator. I conducted a qualitative research working with narrative analysis, through interviews, study of documents, photos and observations of teacher practice. All this guided by research problem: it is possible to observe whether the contemporary Jesuit tradition, so solidly built, and continues to solidify perpassando on identity and belonging in employees' attitudes and postures of the College Anchieta through the study of an autobiography of life? While Ignatian educator as (trans) forming from its practice Fernando has essence of life inspired by the example of entrepreneurship and boldness of St. Ignatius of Loyola, founder of the Society of Jesus. The main objective of this work is to visualize the Jesuit tradition in education: identity and sense of belonging to the mission, with its principles and values and the process of (trans) formation of the educator in an institution like the College Anchieta, in the present, through a history of life. It is revealing in light of Ignatian Pedagogy, education is a fertile field for (self) training, bringing the capacity of (trans) form people. Hence the example of Ferdinand touched by Ignatian pedagogy that flooded the soul of his trainers Jesuits, became, as lay teacher, plus his personal qualities, a multiplier genuine. Managed to attract, encourage and further serve as a model for hundreds of young people, to live the experience of the passion for scientific knowledge, made their career choices with more discernment. / Esta dissertação apresenta as reflexões sobre a tradição educativa da Companhia de Jesus e a constituição da Pedagogia Inaciana imbricadas na história de vida do professor Fernando Meyer, ex-aluno do Colégio Anchieta de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, como educando e hoje como educador. Busquei destacar a importância da formação do sujeito a partir de uma (auto)biografia entendida como história de vida e suas imbricações com a (trans)formação do educador. Realizei a pesquisa de cunho qualitativo, trabalhando com a análise de narrativa, por meio de entrevistas, estudo de documentos, fotos e observações da prática do professor. Tudo isso foi pautado pelo problema de pesquisa: é possível observar se, na contemporaneidade, a tradição jesuítica, tão solidamente construída, continua perpassando e se concretizando em identidade e pertencimento, em atitudes e posturas dos colaboradores do Colégio Anchieta através do estudo de uma autobiografia de vida? Enquanto educador inaciano, como (trans)formador a partir da sua prática, Fernando tem sua essência de vida inspirada no exemplo de empreendedorismo e ousadia de Santo Inácio de Loyola, fundador da Companhia de Jesus. O principal objetivo do presente trabalho é visibilizar a tradição jesuítica em educação: a identidade e o sentimento de pertencimento à missão, com seus princípios e valores e o processo de (trans)formação do educador numa instituição como o Colégio Anchieta, na contemporaneidade, através de uma história de vida. Trata-se de revelar, à luz da Pedagogia Inaciana, que a educação é um campo fértil para a (auto)formação, trazendo a capacidade de (trans)formar as pessoas. Daí o exemplo de Fernando, que, tocado pela Pedagogia Inaciana que inundava a alma de seus formadores jesuítas, tornou-se, na qualidade de professor leigo, acrescido de suas qualidades pessoais, um multiplicador genuíno. Conseguiu cativar, incentivar e, mais, servir de modelo para centenas de jovens que, ao viver a experiência da paixão pelo conhecimento científico, fizeram as suas escolhas profissionais com mais discernimento.
6

Variações discursivas sobre os registros sacramentais: batismo, confissão e matrimônio nas reduções jesuíticas (1609-1640)

Felippe, Guilherme Galhegos January 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T18:58:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000393518-Texto+Completo-0.pdf: 778523 bytes, checksum: 6d514746fcc8a124de4de35d48e115b0 (MD5) Previous issue date: 2007 / The present study intents to analyze the occurrence of the baptism, confession and marriage sacraments into the Jesuitical discourse, trying to understand the ways as it were used, reported and interpreted by missionaries. Due the high number of registers regarding to these sacraments in the inaciana letters, were opted to the study and analysis of the Jesuitical discourse found into the letters written between 1609 and 1640 decade, within De Angelis Collection. Due the function and importance inside of the missionary context, the discourse is characterized by an example model that emphasizes the execution/application of the sacramental act, putting emphasis in the apparent incorporation of the sacraments to the Indians life, as well as great number of Indians who were baptized, confessed and/or married. It is perceived an exaggeration in the sacramental register, the measure where example cases involving the sacraments have a higher number of occurrences, besides the lower number of occurrences regarding to its effectiveness in the Indians life. Therefore, at the same time where the Jesuits inform innumerable baptisms, confessions and marriages carried through in the reductional environment, are rare the registers about permanence/conversion of the natives in a Christian life. In accordance with this, this study tries to demonstrate the variables that had provoked this discrepancy of this information into the Jesuitical registers. / O presente estudo propõe analisar a ocorrência dos sacramentos do batismo, da confissão e do matrimônio no discurso jesuítico, de maneira a tentar compreender a forma como eram acionados, relatados e interpretados pelos missionários. Tendo em vista a grande incidência de registros envolvendo estes sacramentos na correspondência inaciana, optou-se pelo estudo da análise do discurso jesuítico presentes nas cartas entre o ano 1609 e a década de 1640, pertencentes à Coleção De Angelis. Em decorrência da função e importância dentro do contexto missionário, o discurso é caracterizado por um modelo edificante que enfatiza a realização/aplicação do ato sacramental, enaltecendo a aparente incorporação dos sacramentos à vida indígena, bem como grandes quantidades de índios que são batizados, confessados e/ou casados. Percebe-se, então, um descompasso no registro sacramental, na medida em que casos edificantes envolvendo os sacramentos têm uma grande ocorrência quantitativa, não existindo a mesma proporção qualitativa no que compete à sua eficácia na vivência dos indígenas.Logo, ao mesmo tempo em que os jesuítas relatam inúmeros batismos, confissões e casamentos realizados no meio reducional, são raros os registros que enfatizam a permanência/conversão dos índios em uma vida cristã. De acordo com isso, tem-se como objetivo neste estudo demonstrar as variáveis que provocaram este desencontro de informações no registro do discurso jesuítico.
7

Aspectos da pedagogia no século XVII : um estudo comparativo entre João Amós Coménio e Alexandre de Gusmão

Pereira, Aline de Cássia Damasceno 15 May 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:38:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 1865.pdf: 581397 bytes, checksum: 71bba0e9dafad76e8459a292368aa940 (MD5) Previous issue date: 2008-05-15 / O objetivo desta pesquisa foi analisar as concepções pedagógicas que embasam o pensamento de João Amós Coménio (1592-1670) e Alexandre de Gusmão (1629-1724). Para tanto, foram selecionadas suas obras de mais destaque, respectivamente: Didática Magna e Arte de Criar Bem os Filhos na Idade da Puerícia . Ambas foram elaboradas com uma finalidade: Coménio objetivava propor um método de ensino à luz da Reforma Protestante; Gusmão, missionário da Companhia de Jesus, produziu sua obra com o intuito de zelar pela formação cristã das famílias. Foram tomados como parâmetros os aspectos família, infância, escola e método. Quanto à infância, constatou-se que ambos consideram a criança imagem da inocência e a definem como uma tábua rasa, uma cera virgem, que pode ser moldada pela educação. Com relação à família, esta é enfatizada por Gusmão, enquanto base para formação da fé e da boa educação. No caso de Coménio, poucos são os momentos em que ele se dirige à questão familiar. Entretanto, considera que os pais são os primeiros educadores dos filhos. Sobre a escola, observa-se que, para Gusmão, a educação tem a finalidade de formar bons cidadãos para a República. Coménio, igualmente, afirma que a reforma social dar-se-á pela formação da juventude e que a educação deve ser para todos. A questão dos métodos pedagógicos perpassa toda a obra de Coménio. Para ele, a escola ideal deve formar o homem completo. Propõe um método universal e uma estrutura baseada nas fases de desenvolvimento infantil. Defende um ensino útil para a vida, aspecto também considerado por Gusmão, que poucas vezes refere-se às escolas. Desse modo observa-se que o binômio família-escola permanece indissociável nessas obras, modificando-se apenas o enfoque. A família é o centro da obra de Gusmão; Coménio volta-se pouquíssimas vezes para este aspecto. Entretanto, com relação à escola, Coménio discute essencialmente essa questão, ao passo que Gusmão quase não a menciona. Assim, pode-se concluir que a concepção reformista enfatiza o processo de escolarização, enquanto o princípio pedagógico jesuítico está intrinsecamente vinculado à formação familiar, sendo a escolarização apenas uma conseqüência do trabalho de evangelização empreendido.
8

Cárdenas e Jesuítas na província do Paraguai do século XVII: disputa e sobreposição de poderes

Dalcin, Éverton January 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-30T14:05:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000467349-Texto+Completo-0.pdf: 1380139 bytes, checksum: a0f35ff3198d62b3c575ffb10f483c76 (MD5) Previous issue date: 2015 / The present investigation aims at analysing the alliance between the State and the Church according to the actions of Ordem de São Francisco and Companhia de Jesus, at Rio da Prata Colonial territory. The analysis will be carried out from the conflict involving the jesuits and the Franciscan Bernardino de Cádenas, nominated Bishop of Assunção in 1638 and Governor in 1649, thus gathering both the religious and the civil power of the Province in his hands. The time ranging between the two nominations corresponds to the period of the conflict which starts at the arrival of the new Bishop to Paraguay, in 1642 and will continue up to1660, when the courts of Rome and Spain will decide on the conflict. The feud breaks out due to the economic crisis in Paraguai, as the local settlers could not find satisfactory native labor to help them. Their difficulties continued increasing, mainly after the jesuits stablished the Jesuitic reductions according to which the reduced natives could not be incorporated to the encomienda system. This study will also indicate some differences and similarities in the reduction model proposed by the religious Orders, as well as their relations with the Royal Patronage, which will start to provide the jesuits with privileges, originating an overlap of powers which will generate the conflict. / O objetivo central desta investigação é analisar a aliança entre Estado e Igreja por meio da atuação da Ordem de São Francisco e da Companhia de Jesus no território do Rio da Prata Colonial. A análise se desenvolverá a partir do conflito envolvendo os jesuítas e o franciscano Bernardino de Cárdenas, nomeado bispo de Assunção em 1638 e Governador em 1649, reunindo na sua pessoa, o poder civil e religioso da província. A delimitação temporal corresponde ao desenrolar do conflito, que se estabelece, sobretudo, a partir da chegada do novo Bispo ao Paraguai, em 1642, e se e estenderá até 1660 quando as cortes de Roma e Espanha deliberarão acerca do conflito. A contenda eclode devido à crise econômica que o Paraguai se encontrava, visto que os colonos locais não conseguiam de maneira satisfatória a mão de obra indígena necessária para o trabalho. A dificuldade dos colonos somente aumentava, sobretudo após o estabelecimento das reduções Jesuíticas que não permitiam que os indígenas reduzidos se incorporassem ao sistema de encomienda. O estudo ainda acena nos indicará algumas diferenças e semelhanças no modelo de redução proposto pelas Ordens religiosas, bem como suas relações com o real padroado, que passará a deliberar privilégios aos jesuítas, ocasionando uma sobreposição de poderes que gerará o conflito.
9

O "modo de estar" Guarani: Miguel de Artiguaye, política fragmentária e volatilidade do "ser"

Costa Neto, José Luiz January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T18:58:07Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000407911-Texto+Completo-0.pdf: 570157 bytes, checksum: d6c64335fc335669da0c768c74f9112b (MD5) Previous issue date: 2008 / This study first put in doubt a well-known citation of priest Antonio Ruiz de Montoya in the work Spiritual Conquest, the quoted Jesuit approaches the Jesuitical silence about Guarani polygamy during the first biennium of diminution installation of Rio da Prata. Such fragment has been used to confirm the thesis that missionaries perceived in Guarani polygamy the most difficult obstacle to the native catechesis. Nevertheless, it is suggested in this study that, from the Jesuitical point of view, the polygamy was not so bad when compared to the others Guarani custom. After that, there is a research reorientation. So, it is described the trajectory of cacique Miguel de Artiguaye to, just after, put in doubt the connection between Guarani and priests. It will be seen that concepts such as identity, resistance and submission are not enough to explain the fixed relationship between cacique and priests. In contrast to it, is proposed that Artiguaye tried to include the priests into his pre-contact relationship ways. However with the proposed Christian identity, Artiguaye had to reevaluate the meanings of the arrival of catechizers in Rio da Prata and the possibility to join them and to become their enemy. / O presente estudo problematiza inicialmente uma conhecida referência do padre Antonio Ruiz de Montoya. Na obra Conquista espiritual, o referido inaciano aborda o silêncio jesuítico frente à poligamia guarani no decorrer do primeiro biênio de instalação das reduções no Rio da Prata. Tal fragmento tem sido utilizado para corroborar a tese de que os missionários perceberam na poligamia guarani o maior obstáculo à catequese dos indígenas. Não obstante, alvitra-se neste estudo que, do ponto de vista jesuítico, a poligamia era um mal menor quando comparada às demais práticas guarani. Em seguida, há uma reorientação da pesquisa. Descrevese, então, a trajetória do cacique Miguel de Artiguaye para, em seguida, problematizar o contato entre os Guarani e os inacianos. Ver-se-á que conceitos como identidade, resistência e submissão são insuficientes para a interpretação das relações estabelecidas entre o cacique e os padres. Ao contrário, propõe-se que Artiguaye tentara incluir os inacianos em suas formas relacionais pré-contato. Não obstante, diante da proposta identitária cristã, Artiguaye teve de reavaliar os significados da chegada dos catequizadores ao Rio da Prata e a possibilidade de aliar-se e inimizar-se com eles.
10

Ciegos o engañados: narrativas sobre a conquista espiritual do Norte da Nova Espanha (séculos XVII e XVIII). / Ciegos o engañados: Narratives about the spiritual conquest of Nort hern New Spain (17th and 18th centuries)

Kalil, Luis Guilherme Assis, Fernandes, Luiz Estevam de Oliveira January 2014 (has links)
Submitted by Oliveira Flávia (flavia@sisbin.ufop.br) on 2015-04-27T18:23:39Z No. of bitstreams: 1 ARTIGO_CiegosEngañadosNarrativas.pdf: 151518 bytes, checksum: e605a309aac3a55bd9836e20568018a9 (MD5) / Approved for entry into archive by Gracilene Carvalho (gracilene@sisbin.ufop.br) on 2015-04-30T13:53:06Z (GMT) No. of bitstreams: 1 ARTIGO_CiegosEngañadosNarrativas.pdf: 151518 bytes, checksum: e605a309aac3a55bd9836e20568018a9 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-04-30T13:53:06Z (GMT). No. of bitstreams: 1 ARTIGO_CiegosEngañadosNarrativas.pdf: 151518 bytes, checksum: e605a309aac3a55bd9836e20568018a9 (MD5) Previous issue date: 2014 / Neste texto, buscamos entender os textos produzidos por religiosos franciscanos e jesuítas sobre a conquista espiritual do Norte da Nova Espanha sob determinados eixos interpretativos utilizados por esses religiosos. Não pretendemos identificar o que há de “indígena” e o que há de “europeu” nessas obras, como parte da historiografia já tentou fazer, mas sim analisar quais características, modelos e formas narrativas foram utilizados pelos autores para construírem suas representações dos habitantes dessa parte do Novo Mundo e, com isso, refletir sobre as relações estabelecidas entre a forma de narrar e aquilo que é narrado. Os eixos que propusemos para essas crônicas são o da “ação demoníaca/ Providência divina” em contraposição ao da “agência humana/livre-arbítrio”. Ou seja, ainda que possamos identificar características próprias a determinada época e/ou ordem religiosa, não limitaremos nossa análise a tais conceitos. Dessa forma, pensamos outros elementos que também integram os relatos missionários, como a maior ou menor ênfase dada à capacidade humana, à vontade do indivíduo, ao livre-arbítrio nos registros sobre a alteridade indígena e o cotidiano missionário. Por fim, também traçamos algumas considerações acerca da historiografia sobre a conquista espiritual do Norte da Nova Espanha. ______________________________________________________________________________________________ / ABSTRACT: In this paper we seek to understand the texts produced by Franciscans and Jesuits about the spiritual conquest of Northern New Spain under certain interpretative axes used by those religious. We do not intend to identify what is “indigenous” and what is “European” in those texts, as part of the historiography has already tried to do, but to consider what features, models and narrative forms were used by the authors to construct their representations of the inhabitants of that part of the New World and, thus, refl ect on the relations between the form of narrating and what is narrated. Th e axes we have proposed for the reading of these chronicles are “demonical action/Divine Providence” as opposed to “human agency/free will”. Th at is, even if we can identify characteristics of a particular time and/or religious order, we will not limit our analysis to this scope. Th erefore, we consider other elements that are also part of the missionary accounts, such as a greater or lesser emphasis on human capacity, individual will, free will in the records on indigenous alterity and the mission’s everyday life. Finally, we also make some considerations about the historiography of the spiritual conquest of Northern New Spain.

Page generated in 0.0249 seconds