• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 60
  • 7
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 67
  • 67
  • 23
  • 20
  • 20
  • 18
  • 12
  • 11
  • 10
  • 10
  • 10
  • 10
  • 9
  • 9
  • 8
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Médicos cubanos e usuários do Sistema Único de Saúde

Garcia Júnior, Carlos Alberto Severo January 2016 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas, Florianópolis, 2016. / Made available in DSpace on 2017-05-23T04:08:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 345639.pdf: 1901398 bytes, checksum: 6837b0427042801329d06f679cb24324 (MD5) Previous issue date: 2016 / A assistência médica, no âmbito da Atenção Primária de Saúde (APS) do Sistema Único de Saúde (SUS), passou por um processo de ampliação significativa em determinadas regiões do Brasil, a partir da implantação do Programa Mais Médicos (PMM). Dentre os desafios atualmente enfrentados na APS destacam-se a falta de acesso à atenção médica em territórios distantes ou vulneráveis, bem como a crise de paradigmas vivenciada no âmbito do cuidado médico. O reflexo dessa última questão é percebido no distanciamento entre os interesses do profissional e o interesse dos usuários, no isolamento nas relações produzidas com outros trabalhadores de saúde, no desconhecimento das práticas de outros profissionais e no forte investimento em intervenções centradas em tecnologias ?duras?, focadas na produção de procedimentos de alta densidade tecnológica. A problematização em torno da relação entre os médicos cubanos do PMM e usuários do SUS originou-se a partir de alguns elementos: na manifestação e na controvérsia sobre a presença desses médicos no auxílio à população brasileira; na suposta formação alicerçada em concepções comunitárias e sociais, atenta às situações e aos problemas prevalentes da população; na falta de interesse de médicos brasileiros em atuar em regiões vulneráveis, e pela hostilidade na recepção aos médicos cubanos ao chegarem no Brasil. Assim, neste estudo é discutida a produção de vínculo no cuidado em saúde entre médicos cubanos e usuários nos municípios de Florianópolis e Joinville, em Santa Catarina. Trata-se de identificar a concepção dos usuários do SUS e dos médicos originários de Cuba vinculados ao PMM sobre suas experiências de produção de vínculo no âmbito do cuidado em saúde da APS; descrever quais elementos possibilitam a produção de vínculos e que são estabelecidos nesse encontro entre os sujeitos, e, por fim, evidenciar de maneira crítica as potencialidades e as fragilidades dessa produção na experiência singular do PMM. Para tanto, utilizou-se os elementos teóricos de Michel Foucault, Georges Canguilhem e outros pensadores que abordaram o problema e seus correlatos. Optou-se por uma investigação qualitativa, desenvolvida nos dois municípios catarinenses durante o ano de 2015. A coleta dos dados foi realizada a partir de entrevistas semiestruturadas com 12 médicos cubanos e 13 usuários (25 participantes). Utilizou-se como estratégia para análise dos dados a perspectiva da Análise de Conteúdo. Nos resultados, constata-se que a produção de vínculo é fundamental na relação médico-usuário, sobretudo para o cuidado em saúde. A concepção de cuidado não está unicamente definida pelo acesso ao médico e às tecnologias duras e leves-duras, mas na produção de outras formas de relação de cuidado no SUS. Por isso, a produção de vínculo possibilita o reposicionamento favorável à capacidade de desenvolver o cuidado de si na relação entre médicos cubanos e usuários brasileiros. Considera-se que nesta relação a produção de vínculos solidários, como parte de uma tecnologia que compõe o plano de cuidado, torna-se capaz de reduzir as distâncias entre os saberes e entre os poderes inerentes ao cotidiano dos encontros entre usuários e médicos.<br> / Abstract : Medical care, under the Primary Health Care (PHC) of the Unified Health System (SUS), underwent a significant expansion process in certain regions of Brazil, since the implementation of the Mais Médicos Program (PMM). Among the challenges currently faced in PHC are the lack of access to medical care in distant or vulnerable territories, as well as the crisis of paradigms experienced in the area of medical care. The reflection of this last question is perceived in the distance between the interests of the professional and the interest of the users, in the isolation in the relations produced with other health workers, in the ignorance of the practices of other professionals and in the strong investment in interventions focused on technologies "hard" , Focused on the production of procedures of high technological density. The problematization around the relationship between the Cuban PMM doctors and SUS users originated from some elements: in the manifestation and in the controversy about the presence of these physicians in the aid to the Brazilian population; In the supposed formation based on communitarian and social conceptions, attentive to the situations and the prevalent problems of the population; In the lack of interest of Brazilian physicians to work in vulnerable regions, and by the hostility in the reception to the Cuban doctors when arriving in Brazil. Thus, this study discusses the production of linkage in health care between Cuban doctors and users in the municipalities of Florianópolis and Joinville, in Santa Catarina. It is a question of identifying the conception of the users of the SUS and of the doctors originating in Cuba linked to the PMM on their experiences of producing links in the scope of PHC health care; To describe what elements make possible the production of bonds and that are established in this encounter between the subjects and, finally, to critically highlight the potentialities and fragilities of this production in the singular experience of the PMM. For that, we used the theoretical elements of Michel Foucault, Georges Canguilhem and other thinkers who approached the problem and its correlates. A qualitative investigation was carried out in the two municipalities of Santa Catarina during the year 2015. Data collection was done through semi-structured interviews with 12 Cuban physicians and 13 users (25 participants). The Content Analysis perspective was used as a data analysis strategy. In the results, it is verified that the production of bond is fundamental in the doctor-patient relationship, especially for health care. The conception of care is not only defined by access to the doctor and hard and light-hard technologies, but in the production of other forms of caring relationship in SUS. Therefore, the bonding process makes it possible to reposition itself in favor of the capacity to develop self care in the relationship between Cuban doctors and Brazilian users. It is considered that in this relationship the production of solidarity bonds, as part of a technology that makes up the plan of care, becomes able to reduce the distances between the knowledges and between the powers inherent to the quotidian of the meetings between users and doctors.
2

Comportamentos comunicativos dos medicos e satisfação das mulheres em consulta por infertilidade conjugal

Domingues, Rosangela Curvo Leite 02 October 2004 (has links)
Orientadores: Maria Yolanda Makuch, Carlos Alberto Petta / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-11-01T13:02:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Domingues_RosangelaCurvoLeite_M.pdf: 462155 bytes, checksum: 88e7d894310e4561ee80019ed8d79cd2 (MD5) Previous issue date: 2004 / Resumo: Objetivo: avaliar o grau de satisfação das mulheres em relação aos comportamentos comunicativos dos médicos residentes, em consulta por infertilidade em Ambulatório de Reprodução Humana de um serviço universitário. Sujeitos e métodos: para este estudo descritivo observacional foram selecionadas 124 mulheres que compareceram ao Ambulatório de Reprodução Humana do Departamento de Tocoginecologia da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas, para um atendimento que visava à continuidade do tratamento de infertilidade. Essas consultas, feitas por sete médicos residentes, foram observadas e os dados registrados no Guia de Observação da Consulta. Ao sair do consultório, cada mulher foi entrevistada em relação à sua percepção sobre a comunicação estabelecida entre ela e o médico; suas notas foram marcadas no questionário, de Satisfaçãos da Mulher. Os dois instrumentos utilizados foram pré-testados. A análise fatorial foi a ferramenta estatística selecionada para detectar as variáveis latentes nos dados obtidos do Questionário de Satisfação da Mulher e para construir o escore de satisfação geral. A seguir, esse escore foi estudado e correlacionado com os itens do Guia de Observação da Consulta, com as variáveis sociodemográficas e de história reprodutiva das mulheres e com a duração da consutla. Utilizaram-se métodos não paramétricos, como o coeficiente de correlação de Spearman e teste de diferença de médias de Wilcoxon e de Kurskal Wallis. Assumiu-se o nível de significância de 5%. Para análise estatística foi utilizado o programa SAS versão 8.2. Resultados: A mediana do escore de satisfação geral das mulheres foi 9,4, em uma escala de 0 a 10. Foram quatro os comportamentos comunicativos dos médicos que apresentaram diferença significativa no escore geral de satisfação das mulheres: apresentar-se, identificar o motivo da consulta, explicar os procedimentos de tratamento e questionar a mulher sobre dúvidas e/ou perguntas adicionais. Não foi encontrada diferença significativa no escore de satisfação geral para as variáveis sociodemográficas, para as relativas à história reprodutiva das mulheres estudadas e para as diferentes categorias da duração da consulta. Conclusão: em geral, as mulheres ficaram satisfeitas com a comunicação entre elas e seus médicos. A comunicação médico-paciente exerceu uma importante influência sobre a satisfação geral das mulheres, sendo um elemento chave para a eficiência da interação. Aspectos relacionados ao tratamento e às habilidades interpessoais foram igualmente valorizados pelas pacientes. Uma consulta breve pode perfeitamente ser considerada eficaz se o médico tiver sensibilidade e conseguir responder às necessidades mais urgentes da mulher / Abstract: Objective: to assess women¿s satisfaction with the communication of medical residents during an infertility consultation at a Human Reproductive Unit, in a university service. Subjects and methods: in this observational descriptive study, the follow-up visits of 124 women, attended by 7 medical residents at the Human Reproduction Unity of the Gynecology and Obstetrics Department of the School of Medicine of Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, were observed. Data were registered on a structured, pre-tested observation checklist guide. After consultation, women were interviewed about their reaction to physicians¿ communication behaviors. Their ratings were recorded on a structured, pre-tested questionnaire. Factor analysis was used to define the underlying structure in our data matrix, and to build a satisfaction score, which was then correlated with physicians¿ communicative behaviors and with control variables through Sperman correlation coefficient, Wilcoxon and Kruskal Wallis tests. Signficance level was set as p<0.05. All statistical analyses were performed using SAS software, version 8.2. Results: Median satisfaction score was 9.4, in a 0 to 10 scale. Doctors who got the highest satisfaction scores were those who introduced themselves, set the main reason for visit, provided information about treatment procedures and asked whether patient had other issues or concerns. No significant differences were found in satisfaction score for women¿s socialdemographic characteristics, reproductive history, nor for duration of consultation. Conclusions: in general, women were satisfied with their communication with clinicians. Physician-patient communication had an important influence on women¿s general satisfaction in infertility consultations, being a key element for the efficiency in the interaction. Both the technical and caring aspects of physician communication were valued by the women. A short visit may be considered effective, if the doctor is sensitive to the patient¿s most urgent needs / Mestrado / Ciencias Biomedicas / Mestre em Tocoginecologia
3

Relações iatrogênicas na instituição hospitalar: uma abordagem psicológica

Nogueira, Ana Maria Sabrosa Gomes da Costa 18 March 1992 (has links)
Submitted by Julie_estagiaria Moraes (julie.moraes@fgv.br) on 2012-01-12T17:20:42Z No. of bitstreams: 1 000058169.pdf: 7512650 bytes, checksum: 5cb374275c21d101f9e2adefcfb62eb7 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-01-12T17:20:56Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000058169.pdf: 7512650 bytes, checksum: 5cb374275c21d101f9e2adefcfb62eb7 (MD5) Previous issue date: 1992 / This research aboards the study of the psychologist's development and the iatrogenic relations of the hospital lnstitution. A 'research-action', was put into practice during the years of 1989 and 1990 in a hospital unit of an offical health establishment of Rio de Janeiro state. As theoretic basis, the study supported itself on the thesis of Renê Barbier, Ivan Illich, H. Ferrari, Isaac Luchina, Michael Balint among others, in order to facilitate the comprehension of the meaning of the Instituion,of the iatrogenic relations and of the doctor-patient relation. Working in a team of professional people connected with the psychosomatie unit, we developed some activities which would refer to psychodinamic psychological aspects of the assistent relation between the interdisciplinary group and the patient, focussing more intimatly the role of the doctor and his ACT of assisting. Analising the General Hospital, as an Institution and all the relations which occured there, the research tried to identify the speaches and the performances which went through the different segments of the Institution itself. The dialetie approuch was the basic instrument of this work and the study of the clinic cases presented offered us, besides a reflexion on the every day hospital routine, a proposal of action based on the analysis of the same. Of the four occurences examined - two relating to children and two to adults, (tended in the infantile surgery ward and in the psychosomatic clinic respectively)it became more evident that the psychologist's performance must be faced not as an alternative of work, but as an indispensable function in the development of the doctor-patient relation. / Esta pesquisa aborda o estudo do desempenho do psicólogo e as relações iatrogênicas na Instituição Hospitalar. Foi realizada durante os anos de 1989 e 1990 uma pesquisa-ação, numa unidade hospitalar da rede oficial de Saúde, do Estado do Rio de Janeiro. Como fundamentação teórica, o estudo apoiou-se nas teses, entre outras, de Renê Barbier, Ivan Illich, H. Ferrari, Isaac Luchina e Michael Balint para facilitar a compreen são do significado da Instituição, das relações iatrogênicas e da relação médico-paciente. Trabalhando numa equipe de profissionais ligados ao Serviço de Psicossomática desenvolvemos atividades que en volvessem aspectos psicológicos psicodinâmicos da relação as sistencial entre a equipe interdisciplinar e o paciente, enfocando mais intimamente o papel do médico no seu ATO de assistir. Analisando o Hospital Geral, enquanto Instituição e todas as relações que ali se efetivavam procurou a pesquisa identificar os discursos e as práticas que perpassavam os diferentes segmentos da própria Instituição. A abordagem dialética foi o instrumental básico deste trabalho e o estudo de casos clínicos apresentados ofereceu-nos além de uma reflexão sobre o cotidiano hospitalar, uma proposta de ação oriunda da análise dos mesmos. Dos quatro casos estudados, dois relativos a crianças e dois a adultos (atendidos na enfermaria de cirurgia infantil e no ambulatório do Serviço de Psicossomitica, respectivamente), tornou-se mais evidente que a atuação do psicólogo deve ser encarada não como uma alternativa de trabalho, mas sim como função imprescindível no desenvolvimento da relação médico-paciente.
4

Educação e saúde: reflexões sobre a arte do dialogo amoroso entre enfermos e homeopatas

Almeida, Regina Oliveira de 10 February 1994 (has links)
Submitted by Estagiário SPT BMHS (spt@fgv.br) on 2012-03-02T12:36:18Z No. of bitstreams: 1 000062674.pdf: 12206825 bytes, checksum: 3cd7d0770082a483c4519957b6ea5a20 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-03-02T12:36:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000062674.pdf: 12206825 bytes, checksum: 3cd7d0770082a483c4519957b6ea5a20 (MD5) Previous issue date: 1994 / Esta dissertação analisa a relação existente entre o modelo médico dominante na sociedade moderna e o surgimento contra-hegemônico de outras racionalidades médicas alternativas. Tento mostrar como estes outros modelos médicos têm a intenção de superar o reducionismo biomédico, através do desenvolvimento de processos terapêuticos alternativos, que se têm convertido em novas soluções para o 'complexo-sofrente' que constitui o ser humano. Inclui uma reflexão crítica que em uma pesquisa realizada do final de 90 a meados de 91, colheu depoimentos em entrevistas com profissionais homeopatas e pacientes do serviço de Homeopatia do CSECSF, da ENSP/FIOCRUZ (Centro de Saúde-Escola Germano Sinval Faria, Escola/Nacional de Saúde Pública, Fundação Oswaldo Cruz). Procurou-se enfatizar a questão da Educação e Saúde, como geratriz de transformações conceituais e vivenciais: a saúde, a doença, a cura e a relação médico-paciente. Assim como, dar destaque à ação 'educativa' específica de fazer homeopático – o processo de 'singularização' ('não há doenças e sim, doentes'), que envolve os atores sociais do ato médico homeopático.
5

Adesão medicamentosa em aids : interferencia de variaveis sociodemograficas, psicossociais e psicopatologicas

Dias, Marcelo Kimati 06 October 2002 (has links)
Orientadores: Paulo Dalgalarrondo, Monica Jacques de Moraes / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-02T16:10:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dias_MarceloKimati_M.pdf: 23439236 bytes, checksum: a6af48547168afa6907ac5df722519ca (MD5) Previous issue date: 2002 / Resumo: Introdução- Adesão medicamentosa a antirretrovirais é comprovadamente um dos aspectos mais importantes no tratamento para Aids e define o sucesso ou não das intervenções médicas frente a esta doença. Ainda que haja um grande investimento no setor público para proporcionar fornecimento universal de drogas antirretrovirais, existem poucos estudos sobre adesão no país. Objetivos do estudo- l)Verificar a porcentagem de pacientes que fazem uso adequado (que permitem supressão viral) de medicações no tratamento de Aids. 2)Avaliação de variáveis sociodemográficas, psicossociais e psicopatológicas que interferem na adesão medicamentosa de pacientes em tratamento com antirretrovirais. Método- Foram entrevistados 78 pacientes de ambulatório com sorologia positiva para mv em uso de antirretrovirais no ambulatório geral de Moléstias Infecciosas, no Hospital das Clinicas na UNICAMP. As entrevistas utilizaram um protocolo no qual constavam contidos: 1) dados sóciodemográficos, 2) perguntas sobre sigilo relacionado à doença e ao tratamento, 3) questões sobre motivação para o tratar-se, confiança no médico e no tratamento 4) HADS e o teste de Kent 5) dados complementares sobre o tratamento presentes no prontuário do-paciente. A-avaliaçãode adesão-foi feita a partir da razão entre o número de comprimidos tomados pelo paciente na última semana e o número de comprimidos prescritos no mesmo período. Foi criado um banco de dados informatizado e a análise estatística foi realizada pelo SPSS for Windows. Resultados- Pacientes do sexo feminino apresentam pior adesão medicamentosa, da mesma forma que pacientes pentecostais. Pacientes do sexo feminino apresentam mais sintomas depressivos que os masculinos. Pacientes que queixam-se de apresentarem mais efeitos colaterais apresentam pior adesão medicamentosa. Pacientes com pior adesão medicamentosa apresentam menor motivação no tratamento e menor crença no que é dito pelo médico durante a consulta. A análise multivariada verificou como variável mais relevante para baixa adesão o gênero feminino, seguida pela presença de efeitos colaterais, pouca crença na medicação e falta às consultas. Discussão- Os dados são sugestivos da importância da confiança em orientações médicas e de uma visão pragmática dos objetivos do tratamento. Motivação para tratar-se foi influenciado tanto pela menor presença de sintomas depressivos quanto por aspectos relacionados à relação médico-paciente / Abstract: lntroduction- Adherence to HAAD is one of most important aspects associated to success of Aids/HIV treatment. Some data suggests some particularities in Brazilian and South American epidemic both in the dynamics of disease distribution and population use of health services. Objectives- This study tests if some demographic, psychosocial and psychiatric variables are involved in non-adherence to HAAD in a Brazilian sample. Method- 78 HIV randomized serum positive outpatients in use of HAAD were interviewed. These patients were in regular treatment at an University outpatient clinic in Campinas, Brazil. The interview included socio demographic data, questions about motivation for treatment, trust in medical discourse and diagnosis and patients' reserve about disease. Adherence was measured dividing the number of pills which patients related they'd taken during the week before interview by the number of pills prescribed registered in the medical file. Results- Female patients had worse adherence to HAAD than male patients did (p= 0,001). Female patients have more depressive symptoms (measured with HADS) than male patients (p=0,04). Non-adherent patients were less motivated (p=O,OO1) than adherent ones. Non-adherent patients also have a less realistic perspective of treatment objectives and doubts about medical discourse and diagnosis. There were no associations between compliance and alcohol or illicit drugs consumption in this sample. Depressive and anxiety symptoms measure by HADS were associated to less motivation for treatment. Discussion- these data suggest that confidence in medical orientations and a pragmatic vision of objectives of treatment may be key factors for good adherence in Aids/HIV treatment. Treatment motivation was influenced both by depressive symptoms and medical-patient relationshi / Mestrado / Saude Mental / Mestre em Ciências Médicas
6

Reflexões sobre racionalidades médicas : dilemas de um clínico

Manoel Martins Vieira 15 June 1992 (has links)
Meu objetivo é identificar e entender as origens de alguns dilemas nascidos da prática médica. A partir da minha experiência clínica, tentei compreender historicamente as racionalidades subjacentes medicina. Consegui identificar alguns fatores importantes na gênese dos dilemas: a fragmentação do doente a célula, os caminhos dos médicos nessa fragmentação, o não ouvir e o não examinar o paciente, as exclusões, na prática e no conhecimento médicos, do social, do psicológico e da morte, e a tentativa de recuperação da totalidade da pessoa. Conclui que a ênfase acentuada no organicismo e a Subestimação da subjetividade, do paciente e do médico,dificultam uma prática medica voltada para a totalidade.
7

O relacionamento médico paciente : da submissão à igualdade

Sergio Luiz Alves da Rocha 31 March 2000 (has links)
Toda a discussão sobre a possibilidade do exercício da autonomia do paciente é realizada a partir da crítica ao denominado modelo tradicional de relacionamento entre o médico e o paciente. Neste modelo, também classificado como modelo hipocrático de relacionamento, ao médico cabe toda iniciativa, sendo o paciente totalmente passivo. Com o objetivo de discutir os limites desta interpretação, analisaremos as principais idéias relacionadas à prática médica grega. Esta discussão será útil para relativizar a idéia do denominado modelo hipocrático, que é atemporal, e para marcar as diferenças desta prática em relação aos tempos modernos. Um segundo capitulo, será estruturado a partir da discussão de alguns casos julgados em tribunais americanos. Esta discussão é importante, pois a discussão jurídica estabeleceu-se em torno de determinadas idéias que seriam depois retomadas pela literatura sobre o tema da autonomia do paciente. No terceiro capítulo, analisaremos as propostas de Jay Katz. Este autor propõe um modelo de relacionamento médico-paciente que não está limitado a simples afirmação do direito de decidir do paciente. Ele discute a própria natureza do trabalho médico, analisando concepções amplamente aceitas, tais como a idéia de que todo paciente tem direito a fazer valer as suas vontades, a objetividade do ato médico e a fragilidade do paciente em tomar suas próprias decisões em função de seu estado de saúde. Finalmente, nas considerações finais, em um último capítulo, utilizaremos uma bibliografia mais sociológica, tentando apontar, de maneira genérica, algumas imitações sobre a reflexão estabelecida por Katz e pela literatura sobre a autonomia do paciente.
8

Intuição e arte de curar : pensamento e ação na clínica médica

Maria Beatriz Lisbôa Guimarães 12 March 2001 (has links)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / O presente trabalho constitui-se em um estudo de natureza teórico conceitual que pretende contribuir para a análise da questão da cura na cultura ocidental contemporânea. Partimos de uma hipótese inicial que preconiza a existência de uma crise, em termos sócio-culturais, na sociedade, envolvendo as relações da sociedade com a Biomedicina. Procuramos mostrar que a medicina ocidental vem, nos últimos séculos, direcionando seu olhar para a ciência das doenças, devido ao seu grau de determinação e objetividade; e deixando de lado, em contrapartida, a arte de curar, que implica uma certa criatividade, pois exige do terapeuta mais do que assimilação de conhecimento, exige sensibilidade e intuição para lidar com o novo, o contingente e o desconhecido. Visamos, com isto, apresentar a terapêutica como elemento fundamental da Medicina e pilar da prática médica; que conjuga, em seu saber, uma instância voltada para a ciência e para a técnica, com seus conhecimentos descritos e classificados, e outra que compartilha a experiência do viver com a arte de curar. Ao mesmo tempo, problematizamos o modelo médico dominante em nossa cultura, revalorizando a relação médico-paciente, e recolocando o indivíduo doente como um todo, com sua singularidade, no centro das investigações. Nosso objetivo específico visou trabalhar com a categoria da intuição como elemento básico do conhecimento da prática terapêutica, através da análise do processo que se manifesta em terapeutas e pacientes ao longo do tratamento. Servimo-nos, para tanto, do método intuitivo proposto pelo filósofo Henri Bergson (1859-1941), visando colocar os limites de um pensamento estritamente racional e propondo a transposição deste método para a instância da clínica médica. A intuição foi tratada neste estudo como uma forma sintética de percepção/pensamento, na qual a realidade é apreendida por meio de uma consciência imediata, pautada nos sentidos e na sensibilidade. Esta tese constituiu-se em um estudo interdisciplinar, com dois eixos de narrativa: um no campo da filosofia, de onde importamos determinadas categorias para o campo da saúde coletiva, e outro no plano da na análise da sociologia do conhecimento ou da cultura, que se deu, neste caso, na instância do discurso da clínica.
9

A utilização das cores no ambiente de internação hospitalar

Boccanera, Nélio Barbosa 05 June 2007 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2007. / Submitted by Aline Jacob (alinesjacob@hotmail.com) on 2010-02-25T14:58:00Z No. of bitstreams: 1 2007_NelioBarbosaBoccanera.PDF: 1213759 bytes, checksum: 7d24d8047c874ea51a3bd1fa029d74e2 (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2010-02-26T00:23:15Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2007_NelioBarbosaBoccanera.PDF: 1213759 bytes, checksum: 7d24d8047c874ea51a3bd1fa029d74e2 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-02-26T00:23:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2007_NelioBarbosaBoccanera.PDF: 1213759 bytes, checksum: 7d24d8047c874ea51a3bd1fa029d74e2 (MD5) Previous issue date: 2007-06-05 / As cores exercem grande influência no ambiente, modificando-o, animando-o ou transformando-o, e assim, elas podem alterar a comunicação, as atitudes e a aparência das pessoas presentes, pois todos nós temos reações às cores. O objetivo deste estudo foi investigar a importância das cores e sua utilização no ambiente hospitalar em uma instituição da rede pública de assistência e ensino de Goiânia - Goiás, partindo de percepções de profissionais, pacientes e acompanhantes. Pesquisa descritiva exploratória com abordagem qualitativa, sendo a amostra constituída de: profissionais, pacientes e acompanhantes das unidades de internação das clinicas médica, cirúrgica, pediátrica, ortopédica e tropical do hospital pesquisado. Para a coleta de dados foram utilizadas: a observação dirigida e a entrevista individual semi-estruturada, essa gravada após o consentimento dos sujeitos. Foram observados os aspectos éticos recomendados pela Resolução 196/96. Os dados referentes à observação evidenciaram que embora não exista padronização de cores na instituição pesquisada, o branco foi predominante nos tetos, paredes, roupas de cama e vestuário das unidades de internação. Esta cor foi percebida por alguns como adequada e por outros como desagradável, cansativa e aversiva. As entrevistas, transcritas na íntegra deram origem a duas categorias: as sensações causadas pela cor e a sinalização do ambiente e, a cor como terapia. A utilização de cores é importante num ambiente hospitalar, pois ali estão concentradas pessoas com saúde comprometida além de profissionais que também podem ser afetados pela ação das cores. O diferencial da presente investigação é a possibilidade de uma nova visão de assistência, relacionando-a às cores no ambiente, no vestuário e na decoração, o que pode contribuir para um pouco mais de conforto e bem-estar do indivíduo que se encontra numa instituição de saúde, seja profissional, ou cliente. Recomenda-se o devido cuidado no instante da pintura de um hospital, consultando os próprios usuários ou consultando pesquisas que mostrem as cores mais adequadas para este local. Esta medida pode oferecer um ambiente ameno e agradável para todos que transitam por estes espaços. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The colors exercise great influence in the environment, modifying, encouraging or transforming it, and like this, they can alter the communication, the attitudes and the present people's appearance, because every of us have reactions to the colors. The objective of this study was to investigate the importance of the colors and her use in the hospital atmosphere in an institution of the public net of attendance and teaching of Goiânia - Goiás, leaving of professionals, patients and companions perceptions. Researches descriptive exploratory with qualitative approach, being the sample constituted by: professionals, patients and companions of the units of internment of practice medicine doctor, surgical, pediatric, orthopedic and tropical of the researched hospital. For the collection of data were used: the driven observation and the semi-structured individual interview, which recorded after the consents of the subjects. The ethical aspects were observed recommended by the Resolution 196/96. The data referring to the observation evidenced that although doesn't exist standardization of colors in the researched institution, the white was predominant in the roofs, walls, bed clothes and clothes of the units of internment. This color was noticed by some as appropriate and for other as unpleasant, tiresome and aversive. The interviews, transcribed in the complete created two categories: the sensations caused by the color and the signalization of the environment and, the color as therapy. The use of colors is important in a hospital environment, because there are concentrated people with committed health besides professionals that can also be affected for the action of the colors. The differential of the present investigation is the possibility of a new vision of attendance, relating it to the colors in the environment, in the clothes and in the decoration, what can contribute to a little more comfort and the individual's well-being that is in an institution of health, be professional, or customer. The due care is recommended in the instant of the painting of a hospital, consulting the own users or consulting researches that show the most appropriate colors to this place. This measured can offer a suave and pleasant environment for every that transit for these spaces.
10

Programa de Valorização dos Profissionais da Atenção Básica : um olhar implicado sobre sua implantação

Carvalho, Mônica Sampaio de January 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, 2013. / Submitted by Luiza Silva Almeida (luizaalmeida@bce.unb.br) on 2013-07-23T16:13:51Z No. of bitstreams: 1 2013_MônicaSampaiodeCarvalho.pdf: 2331231 bytes, checksum: 3c315ac72b008b804fa55e458463a8f0 (MD5) / Approved for entry into archive by Leandro Silva Borges(leandroborges@bce.unb.br) on 2013-07-23T19:21:31Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_MônicaSampaiodeCarvalho.pdf: 2331231 bytes, checksum: 3c315ac72b008b804fa55e458463a8f0 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-07-23T19:21:31Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_MônicaSampaiodeCarvalho.pdf: 2331231 bytes, checksum: 3c315ac72b008b804fa55e458463a8f0 (MD5) / O presente trabalho objetiva descrever e analisar como o Brasil tem enfrentado o problema de provimento, de fixação e de formação de médicos, mais especificamente, para a Atenção Básica, e como as tentativas de superação destes problemas foram se configurando de forma articulada com a implementação das políticas de saúde, tomando o Programa de Valorização da Atenção Básica (PROVAB) como caso analisador de todo este processo. O estudo mostra, a partir da análise qualiquantitativa dos dados secundários do Ministério da Saúde, que, além de prover e buscar estratégias de fixação, é preciso modificar o modelo de formação médica vigente e investir em um marco regulatório que articule a gestão do trabalho e da educação na saúde e que contribua para termos profissionais suficientes e preparados para atender às necessidades de saúde da população. O estudo ainda evidenciou que a política de provimento se fortalece quando incorpora elementos de educação permanente e tem por finalidade interferir no processo de trabalho e nas práticas em saúde para um modelo centrado no cuidado em saúde. O estudo aponta a necessidade de que esta política esteja integrada e articulada com uma mudança da escola médica, responsável pela formação destes profissionais, a definição de quantas e quais especialidades serão prioritárias para o SUS e uma proposta de regulação da formação profissional e do trabalho em saúde, sinalizando que o sistema de saúde é o espaço singular para a formação e a educação permanente destes profissionais. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This paper aims to describe and analyze how Brazil has faced the problem related to provide, to fix and to train physicians, specifically in Primary Care area, and how the attempts to overcome these problems have been shaped up in an articulated way by the implementation of health policies, taking the PROVAB - the Portuguese acronym for Program for Placing Value on Primary Care Professionals -, as the analyzer of this whole process. From a qualitative and quantitative analysis of secondary data provided by the Ministry of Health, this study shows that, in addition to provide physicians and to search for strategies to fix them in the countryside, it is necessary to modify the current model of medical training and to invest in a regulatory framework that articulates labor management and health education, contributing to create sufficient and prepared healthy professional, in order to meet population’s health needs. This research also presented that a provision policy is strengthened when it incorporates elements of continuing professional education and aims to interfere with work process and health practices, to achieve a model centered in health care. Regarding the facts presented, this study indicates that such health policy must be integrated and articulated to a change in Medical Schools, which are responsible for educating these health professionals, pursuing a definition of which specialties will take priority over the others, in order to meet the necessities of the Brazilian public healthcare system (SUS), as well as a proposal of regulation that would involve professional education in healthcare and its professionals’ practices, remarking that a healthcare system is a singular place to provide training and continuing professional education to professionals of this area.

Page generated in 0.1286 seconds