• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 41
  • Tagged with
  • 41
  • 17
  • 16
  • 16
  • 15
  • 11
  • 10
  • 8
  • 7
  • 7
  • 6
  • 6
  • 6
  • 5
  • 5
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Afetos e circunstancias : um estudo sobre os mucker e seu tempo

Dickie, Maria Amelia Schmidt 1996 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Ciencias e Letras Made available in DSpace on 2016-01-08T21:16:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 106963.pdf: 12906141 bytes, checksum: 7e4a17ff1c2999c6df715a0c6831e2cc (MD5) Previous issue date: 1996
2

Padre Antonio Vieira : navegante do profetismo

Muraro, Valmir Francisco 1998 (has links)
Tese (Doutorado) - Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Made available in DSpace on 2016-01-08T23:25:13Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 1998
3

Fraternidade eclética : compondo memórias e construindo identidades

Araújo, Daniela Nunes de 14 September 2011 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em História, 2011. Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2012-04-02T11:15:20Z No. of bitstreams: 1 2011_DanielaNunesdeAraujo.pdf: 1247657 bytes, checksum: 796e0add77eed4b4e0913db7b0816754 (MD5) Approved for entry into archive by Leila Fernandes (leilabiblio@yahoo.com.br) on 2012-04-02T15:18:09Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_DanielaNunesdeAraujo.pdf: 1247657 bytes, checksum: 796e0add77eed4b4e0913db7b0816754 (MD5) Made available in DSpace on 2012-04-02T15:18:09Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_DanielaNunesdeAraujo.pdf: 1247657 bytes, checksum: 796e0add77eed4b4e0913db7b0816754 (MD5) O presente esforço intelectual se empenha em direcionar um olhar aos movimentos religiosos contemporâneos, destacadamente a Fraternidade Eclética Espiritual Universal, surgida no antigo Distrito Federal, hoje Estado do Rio de Janeiro e, trasladada para os arredores da então futura capital do país no ano de 1956, inserida na perspectiva de uma Brasília erguida sob o ímpeto do sagrado e construindo nos arredores do Planalto Central uma cidade nos moldes dos messianismos e milenarismos tradicionais. Ao longo de mais de meio século de fundação, a Cidade dos Peregrinos viu-se enredada por distintas definições, que contribuíram para a manutenção de uma tradição que se reporta a uma concepção marcadamente religiosa, que se valida, em síntese, na restauração de uma conduta cristã primitiva, na exaltação a humildade, a caridade e a pobreza, no propósito confesso de promover o aperfeiçoamento espiritual dos indivíduos e, mesmo, para reelaboração de suas práticas cotidianas, transformando o que era um projeto ideal, em uma cidade real, animada pelos conflitos, desvios e debates do viver diariamente arquitetado pelos diversos atores sociais que a compõem. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT The present intellectual effort strives itself to directing a look to the contemporaneous religious movements, remarkably Universal Spiritual Eclectic Fraternity, emerged in ancient Federal District, currently Rio de Janeiro State and, moved to the surroundings of the forthcoming capital of the country at the time, in the year 1956, set in the perspective of a Brasília raised below the sacred impetus and building on the surroundings of Central Plateau a city in the messianic models and the traditional millenarisms. More than half century of foundation along, City of Pilgrims has seen itself entangled by distinct definitions, which it has contributed to the maintenance of a tradition that reports itself to a markedly religious conception, which it validates itself, in short, in the restoration of a primitive Christian conduct, in the praising the humility, the charity and the poverty, in the avowed purpose to promoting the spiritual improvement of the individuals, and even, for re-elaboration of their daily practices, turning out to be what it was an ideal project in a real city, excited by the conflicts, deviations and debates of living architected all the days by the diverse social actors that forms it.
4

Movimentos messiânicos na produção ficcional da segunda metade do Seculo XX

Polese, Edna da Silva 14 November 2012 (has links)
Resumo: Este estudo pretende analisar a figura do líder messiânico na produção ficcional da segunda metade do século XX. Buscamos entender a construção da figura do líder sob algumas vertentes: como a produção ficcional corrobora ou afasta a versão histórica; como a imagem desse líder está associada aos fenômenos do messianismo ou do sebastianismo; e como essa imagem é percebida pelo olhar do crente.
5

Ao fundo do abismo

Honesko, Vinícius Nicastro 2007 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas. Programa de Pós-Graduação em Direito. Made available in DSpace on 2012-10-23T03:46:51Z (GMT). No. of bitstreams: 0 O trabalho apresenta-se como desenvolvimento de três vertentes da teoria de Giorgio Agamben: o problema político, o onto-teo-lógico e a conformação messiânica do tempo. Expõe como o modelo político se desenvolve em torno de um princípio de exceção, cuja centralidade é obscurecida pelo aparato do ordenamento político-jurídico. Apresenta uma construção da idéia de biopolítica para além da proposta de Foucault, reconduzindo-a, através do rio subterrâneo da exceção, aos seus fundamentos mais distantes. Através desse desenvolvimento, mostra como do modelo conceitual da polis passa-se, na modernidade, para o modelo da metrópole, que em si carrega uma desomogeneidade essencial, que aponta para a transformação das relações de poder, isto é, de um poder soberania para um poder governo. Abre o caminho para apontar o campo como paradigma do espaço político contemporâneo. Num segundo momento, investiga o problema da linguagem humana e seus desdobramentos na esfera ontológica e, por assim dizer, teológica. Por meio da leitura de um clássico do misticismo cristão, expõe como a metafísica esteve implicada numa dimensão lingüística de modo que, seu problema fundamental - a questão do ser -, sempre esteve conexo àquele da cisão lingüística entre mostrar e significar. Apresenta o conceito de Voz como aquele que funda toda possibilidade de uma ontologia e que se coloca na posição de in-fundamento do homem. Exposto o vazio constitutivo do humano, trabalha com o problema da possibilidade da fundação de uma comunidade humana. Indica como, portanto, um fazer, que desde as mais antigas comunidades humanas é um sacrum facere, é colocado como princípio fundacional da comunidade. Reivindica a superação deste início ficcional, para além do mito do sacrifício. Aponta como a figura do homo sacer está num ponto pré-ficcional, num estágio político originário que deve ser reivindicado para sua própria superação. Num terceiro momento mostra como a idéia de um messianismo levado ao extremo pode ser o mecanismo de interpretação do tempo presente. Como único tempo que resta, a possibilidade de efetivação de um estado de exceção, tal como propõe Benjamin, é vislumbrada a partir do projeto messiânico. Através deste projeto é que a superação das categorias limites do pensamento, tais como a Voz e o campo, poderá ser pensada. Le travail se présente comme développement de trois lignes de la téorie de Giorgio Agamben: le problème politique, le problème onto-teo-logique e la conformation messianique du temps. Il expose comme la modèle politique se développe autour d´un principe d´exception, dont la centralité est obscursi par l´apparat de l´ordre politique-juridique. Il présente une construction de l´idée de biopolitique au delà de la proposte de Foucault, en la ramenent, à travers le rivière souterrain de l´exception, à leurs fondement plus distants. À travers cette développement, il demontre comment de la modèle conceptuelle de la polis on passe, dans la modernité, à la modèle de la métropole, laquelle porte en si-même une desomogénéité essentiel, que points vers la transformation des relations de pouvoir, ça veut dire, d´un pouvoir soveranie envers un pouvoir gouvernement. Il ouvre le chémin pour pointer le camp comme paradigme de l´espace politique contemporain. Dans un deuxième moment, le travail recherche le problème de la langage humaine et leur dédoublement dans l´esphère ontologique et, pour ainsi dire, teologique. Par la lecture d´un classique du mysthicisme chrétien, il expose comme la metaphysique avait été impliqué dans une dimension linguistique de maniere que, son problème fondamentale - la question de l´être -, avait été toujours branché à ce de la scission linguistique entre demontrer e signifier. Il présente le concept de Voix comme ce que fonde tout possibilité d´une ontologie et comme ce que se pose dans la position de in-fondement de l´homme. Une fois exposé le vide constitutive de l´humain, il travail avec le problème de la possibilité de la fondation d´une communauté humaine. Il indique, donc, comme un faire, que depuis les plus vieux communautés humaines est un sacrum facere, est mis comme principe fondationel de la communauté. Le travail revendique la supplantation de ce débout ficcionel, au delà du mythe du sacrifice. Il points comme la figure du homo sacer est dans un point pre-ficcionel, dans un étage politique originaire que doit être revendiqué pour sa propre supplantation. Dans un troisième moment il montre comme l´idée d´un messianisme porté à l´extrême peut être le mecanisme d´interprétation du temps présente. Comme unique temps que reste, la possibilité de réaliser l´état de exception, tel que propose Benjamin, est visualisé à partir du projet messianique. À travers ce projet la supplantation des categories limites de la pensée, tel que la Voix e le camp, pourra être pensé.
6

Um Manto para a vida nua

Fróis, Katja Plotz 25 October 2012 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas, Florianópolis, 2010 Made available in DSpace on 2012-10-25T07:12:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 285075.pdf: 2020517 bytes, checksum: 52cb2d028bcec63022197c9ee56fb010 (MD5) O resgate do conceito de biopolítica, por Michel Foucault, na década de 70, trouxe, à discussão política contemporânea, o problema dos biopoderes. A transformação da vida humana, reduzida à sua condição de pura vida biológica, em objeto do poder, levou o filósofo francês a questionar seus dispositivos. Giorgio Agamben traz, a essa discussão, o conceito de vida nua, designando a pura vida biológica. Sua contribuição original consiste em mostrar como a vida nua, ora designada homo sacer, vai progressivamente coincidindo com a integralidade do espaço político, na situação em que a exceção torna-se regra. Frente a tal situação, a arte, uma das formas de linguagem do homem, aparece, na teoria do filósofo italiano, como ponto de apoio para uma nova reflexão sobre a política. A presente tese tem por objetivo mostrar em que sentido arte e vida nua estão intimamente relacionados e em que medida a arte representa uma possibilidade de resgate da vida nua. A tese desenvolve-se em quatro partes: as duas primeiras são dedicadas aos conceitos de biopolítica e de arte. A terceira trata de uma noção paralela da relação entre arte e biopolítica: o pensamento de Gilles Deleuze. A quarta e última parte faz a conjunção das duas primeiras. The rescue of the concept of biopolitics by Michel Foucault, in the seventies, brought to the discussion of contemporary politics, the problem of biopower. The transformation of human life, reduced to its status of pure biological life, in an object of power, led the French philosopher to question its apparatus. Giorgio Agamben brings, to this discussion, the concept of bare life as designating the pure biological life. His original contribution is to show how bare life, sometimes referred to as homo sacer, will progressively coincide with the full political arena in a situation where the exception becomes the rule. Faced with this situation, the art, a form of language of man, appears in the theory of the Italian philosopher as a support for a new thinking on politics. This thesis aims to show how art and bare life are closely related and to what extent art represents a chance to rescue the bare life. The thesis is developed in four parts: the first two are devoted to the concepts of biopolitics and art. The third presents a parallel notion of the relationship between art and biopolitics: the thought of Gilles Deleuze. The fourth and last part is the conjunction of the first two.
7

Meu Rei e a construção do paraíso

Pinheiro Quirino, Priscilla 31 January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:33:46Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6582_1.pdf: 5722722 bytes, checksum: 4e6e9d797341cbf339ac868df3b396b3 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2011 Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Esta dissertação traz uma análise acerca da devoção existente em torno da figura de Cícero José de Farias, o Meu Rei, que foi o líder político, social e religioso da Comunidade da Fazenda Porto Seguro no município de Buique. Meu Rei era visto como pretenso Profeta de Deus responsável pela preparação do povo eleito para a chegada do Apocalipse, construindo naquela parte do Sertão do Moxotó uma aura messiânico-milenar que perduraria por vinte e três anos. Também foi analisado por nós a formação do campo de atuação deste líder e os agentes que junto com ele atuavam na manutenção de tal campo. Ademais, nossa pesquisa nos fez refletir sobre a administração deste mercado de bem simbólico no qual a religião de cunho apocalíptico é o seu principal capital. Do ponto de vista teórico, nos foram basilares as obras de Pierre Bourdieu, Max Weber, Jean Delumeau e Norman Cohn. Em nossa compreensão, no viés sociológico, este é um movimento singular e que consubstancia um movimento maior de (re)encanto da religiosidade que vê-se cada vez mais nos dias de hoje. Como caminhos metodológicos optamos por um estudo de caso simples e fizemos convergir interpretações de documentação oficial, com História Social e Etnografia. Do que foi argumentado ao longo deste trabalho, podemos aferir que este é um movimento de longuíssima duração, no dizer de Braudel, resiste ao devir da antiguidade no rastro da apocalíptica judaica perpassando a escatologia medieval e absorvendo alguns caracteres sebastianistas dos grandes movimentos messiânicos do século XIX
8

Expectativa messiânico-escatológica : uma aproximação entre mensagens do Apóstolo Paulo e do Monge João Maria de Agostini

Santos, Artur Araujo 15 December 2014 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em História, 2014. Submitted by Ana Cristina Barbosa da Silva (annabds@hotmail.com) on 2015-05-28T18:47:19Z No. of bitstreams: 1 2014_ArturAraujoSantos_Parcial.pdf: 1004989 bytes, checksum: d5e32398e1697f0321c227b0607dd7e5 (MD5) Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2015-06-01T16:35:56Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_ArturAraujoSantos_Parcial.pdf: 1004989 bytes, checksum: d5e32398e1697f0321c227b0607dd7e5 (MD5) Made available in DSpace on 2015-06-01T16:35:56Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_ArturAraujoSantos_Parcial.pdf: 1004989 bytes, checksum: d5e32398e1697f0321c227b0607dd7e5 (MD5) Por meio da aproximação entre duas experiências cristãs deslocadas no espaço e no tempo, o Cristianismo Tessalonicense e o Cristianismo do Movimento do Contestado, o objetivo da dissertação é refletir sobre os processos de elaboração cultural que levaram à radicalização das experiências religiosas. Os Tessalonicenses paulinos de meados do século I e os Contestados sul-brasileiros do século XX evidenciam, em suas histórias, uma disputa teológico-prática que percorre toda a história do cristianismo, a saber, os refluxos escatológicos decorrentes da assimilação de tradições apocalípticas. Os documentos referentes aos dois contextos serão lidos à contrapelo, à maneira benjaminiana, auxiliados pelas abordagens dos historiadores Ginzburg, Koselleck e Hartog no que tange à compreensão dos fluxos do tempo histórico. Pelas influências já identificadas no quadro de pregadores itinerantes no messianismo-escatológico do Contestado e pela necessidade dialógica da aproximação com a comunidade cristã antiga de Tessalônica, um momento mais recuado e ligado à atuação do primeiro monge João Maria, século XIX, foi escolhido como ponto balizador para o cruzamento com a pregação e a carta paulina de Primeira Tessalonicenses. A pregação muitas vezes severa do monge, o ajuntamento de pessoas ao seu redor, bem como os milagres a ele atribuídos perturbavam a coesão social à maneira da pregação de Paulo, no século I. Como desdobramento da análise em contraste articulada com a concepção de eixos “comparáveis”, sob o prisma do antropólogo Marcel Detienne, destaca-se o fato de que as práticas desassistidas, porém autônomas, dessas comunidades, rumaram em direção a tradições confinadas dentro do próprio cristianismo. Through the rapprochement between two Christian experiences displaced in space and time, Thessalonian Christianity and the Contestado Christianity Movement, the aim of this work is to reflect on the cultural development of processes that led to the radicalization of religious experiences. Pauline Thessalonians from the middle of the 1st century and the Southern- Brazilian Contestado Movement from the twentieth century make evident in their history both a theological and practical dispute that traverses the entire history of Christianity, namely, the eschatological reflows resulting from the assimilation of apocalyptic traditions. The documents for the two contexts will be read in sharp contrast to the way Benjamin, supported by the approaches of historians Ginzburg, Koselleck and Hartog regarding the understanding of the historical time flows. Considering the influences already identified in the framework of itinerant preachers in the eschatological messianism Contestado Movement and the need for dialogical approach to the ancient Christian community of Thessalonica, a more distant time and linked to the performance of the first monk João Maria, nineteenth century, was taken as the point beacon to the junction with the preaching and the pauline letter of First Thessalonians. The often severe preaching of the monk, the gathering of people around him, as well as the miracles attributed to him disturbed the social cohesion in the manner of Paul's preaching in the first century. As an extension of the analysis articulated to the design of "comparable" axes, under the anthropologist Marcel Detienne prism, stands out the fact that the unassisted practices, however autonomous, from communities, headed towards traditions confined within Christianity itself.
9

Memorias do fim do mundo : para uma leitura do movimento socio-religioso de Pau de Colher

Pompa, Maria Cristina 1995 (has links)
Orientador: Carlos Rodrigues Brandão Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas Made available in DSpace on 2018-07-20T21:36:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Pompa_MariaCristina_M.pdf: 7428700 bytes, checksum: 988940d899d7ccefbe0f9ec721544c9a (MD5) Previous issue date: 1995 Resumo: Este trabalho pretende ser uma contribuição à análise dos movimentos sócio-religiosos no meio rural brasileiro, através de um estudo de caso: o movimento de Pau de Colher (Casa Nova, BA, 1938). Ela insere-se na tradição dos estudos sobre "messianismo", mas propõe uma leitura especificamente histórico-religiosa. Com este termo indica-se uma abordagem que privilegia o estudo do universo simbólico construído pelo movimento e de sua dinâmica interna. Partindo do pressuposto de que o patrimônio simbólico é a base lógica de um movimento sócio-religioso, tenta-se desvendar a estrutura dos sistemas de significação subjacentes às formas tradicionais da dita religiosidade "rústica", isto é, aos conjuntos míticorituais que fundam e dão sentido ao mundo: festas, romarias, penitências. Nesta perspectiva, toma-se possível identificar os mecanismos através dos quais o movimento religioso desestrutura estes sistemas e, utilizando os mesmos elementos estruturais, embuídos de novas significações, re-estrutura um novo universo significativo. Para isso, os instrumentos privilegiados são a análise estrutural e a metodologia da escola italiana da história das religiões; esta última enfoca as dialéticas entre mito e história, sagrado e profano, tradição e transformação. O conjunto mítico/ritual tradicional e a proposta apocalíptico/escatológica do movimento são analisados, assim, em suas relações de interdependência, levando em conta tanta a dimensão sincrônica, isto é, a lógica do sistema de significações, quanto a diacrônica, isto é, a dinâmica histórica dos eventos em sua relação dialética com os símbolos. Abstract: Not informed Mestrado Mestre em Antropologia Social
10

Os franciscanos na Nova Espanha: crônica de uma experiência humanista através do seu epistolário, 1523-1583

Lopez, Juan Ignacio Jurado-Centurión 31 January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:28:30Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo1756_1.pdf: 5787663 bytes, checksum: e59ed0996ac8c246083063c488f5be73 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2011 Em 1523, somente dos anos depois da conquista de Tenochtitlán, a capital do império Asteca, o Monarca espanhol Carlos V, atendendo aos reiterados pedidos de Fernão Cortés, decide enviar um grupo de Padres Franciscanos para dar início ao processo de evangelização das novas terras do futuro Vice-reino de Nova Espanha. Um ano depois outro grupo se juntará aos anteriores. Estes homens serão considerados os Doze Apóstolos de América e com eles começará um dos momentos mais importantes da colonização do continente americano. A presencia de religiosos servirá de intermediação entre os espanhois e os indígenas dentro do complexo mundo das relações derivadas do Processo de invençâo de América tal e como o denominou Edmundo O Gorman, e da consiguinte Colonização do imaginario nas palavras de Serge Gruzinski, Para os Franciscanos, objeto desta tese, será, ao mesmo tempo, uma oportunidade única de criar na vespera do fim do mundo, um paraíso terrenal onde toda uma classe de homens seria consagrada à pobreza evangélica. (Phelan, p.88) Registro excepcional desta presença, entre os anos 1523 e 1583, são as Cartas que este grupo de religiosos e outros que chegaram ao longo de século XVI enviaram a diferentes destinatários a um lado e ao outro do Atlantico. Esta literatura epistolar, emoldurada no humanismo e no erasmismo, nos permite analisar a historia nas suas entrelinhas dentro deste singular período da história de América sem muita interferência por parte da denominada história oficial . O corpus epistolar, assim como outros registros escritos da época, nos abrem uma porta bastante esclarecedora na nossa tentativa de entender como a sociedade Nova Hispana e como esse Novo Mondo idealizado pelos Franciscanos poderia ter sido erguido com a marca da nova oportunidade para a cristandade, porém foram muitos outros fatores que condicionaram os primeiros momentos da colonização e não permitiram que o sonho se materializasse

Page generated in 0.073 seconds