• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 681
  • 51
  • 31
  • 31
  • 30
  • 27
  • 26
  • 8
  • 8
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • Tagged with
  • 750
  • 381
  • 186
  • 158
  • 155
  • 155
  • 136
  • 134
  • 118
  • 112
  • 109
  • 99
  • 97
  • 86
  • 67
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Del neoliberalismo económico al neoliberalismo ideológico: hombre-empresa y gubernamentalidad empresarial oligopólica

Santelices Ríos, Juan José January 2014 (has links)
Tesis para optar al grado de Doctor en Filosofía / El presente trabajo de tesis pretende explicar el desarrollo del neoliberalismo económico hasta convertirse en neoliberalismo ideológico. Esta transformación no fue posible sin el paso de la Razón de Estado que rigió las sociedades occidentales hasta el siglo XVIII a la Razón de Mercado cuya consolidación se pudo observar en el siglo XX con la aparición del neoliberalismo económico o monetarismo (Foucault, 2007). Si bien el neoliberalismo económico intervino en una primera etapa sólo en aspectos económicos, fue a través de la imposición de la Razón de Mercado como discurso de verdad y disciplinamiento, que pudo desplazarse a todas las áreas del quehacer social, teniendo con esto el nacimiento de lo que denomino neoliberalismo ideológico. Será entonces, el neoliberalismo ideológico el que transformará la clásica gubernamentalidad liberal en una nueva gubernamentalidad empresarial oligopólica, la cual a través de los sistemas de precios, los mercados financieros y el discurso de la responsabilidad social de la empresa impondrá su lógica a todos los estamentos de la sociedad. Para el neoliberalismo ideológico, la democracia representativa será un instrumento al servicio de su legitimación y una forma de encubrir, disciplinar y al mismo tiempo atomizar a las masas mediante lo que Foucault denominó el modelo del hombre-empresa, un nuevo homus economicus que se deshumaniza para transformarse en un producto transable en el mercado. Con esto, se pretende demostrar que más allá de los que algunos plantean como debilitamiento del modelo neoliberal a través de las sucesivas crisis políticas y económicas que vive el mundo, lo que finalmente predomina es una consolidación cada vez mayor del modelo hombre- empresa y la gubernamentalidad empresarial oligopólica (GEO), ambos pilares esenciales del Neoliberalismo Ideológico.
2

Influência do Processo de Bolonha nos institutos federais (Brasil) e nos institutos politécnicos (Portugal) : análise crítica do processo formativo dos cursos de agronegócio /

Silva, Guery Tã Baute e January 2020 (has links)
Orientador: Nelson Russo de Moraes / Resumo: Para lidar com um cenário de complexos processos produtivos, cada vez mais técnicos e competitivos, surgiu a necessidade de uma expansão do ensino superior com o viés operacional, pronto a satisfazer as necessidades do mercado. Com o argumento de combater às desigualdades e aumentar a competitividade na economia global, a Europa consolidou suas políticas educacionais no chamado Processo de Bolonha. Essas políticas educacionais possuem elementos neocolonizadores e sua análise perpassa o debate sobre a colonização do conhecimento e do poder, já que exportam modelos educacionais pautados no eficientismo e no capital humano, não nas particularidades dos países. Dessa forma, em virtude da complexificação do mundo do trabalho, da alta tecnificação da educação e das desigualdades geradas pela fase neoliberal do capitalismo, esse trabalho buscou responder a seguinte questão-problema: como ocorreu a influência do Processo de Bolonha na estruturação das políticas públicas de educação de nível superior tecnológico nos cursos de agronegócio dos Institutos Federais (IF) no Brasil e nos Institutos Politécnicos (IP) em Portugal? À luz desta problemática foi possível estruturar o seguinte objetivo geral: Analisar como o Processo de Bolonha influenciou a estruturação das políticas públicas de educação de nível superior tecnológico nos cursos de agronegócio dos Institutos Federais (IF) no Brasil e nos Institutos Politécnicos (IP) em Portugal. Para o alcance desse objetivo geral, foi necessário... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Mestre
3

O governo Lula : política, governabilidade e hegemonia /

Mecca, Andréia Cordeiro. January 2014 (has links)
Orientador: Francisco Luiz Corsi / Banca: José Marangoni Camargo / Banca: Adilson Marques Gennari / Resumo: O presente trabalho procura discutir conciliação de classes dentro do governo Lula. Para isso, entende-se como importante refletir sobre a implementação do modelo neoliberal no país e a inserção subordinada brasileira na nova ordem mundial. Posteriormente, faz-se uma análise das alianças e estratégias do governo antes da eleição de 2002. A partir dos acordos firmados, desenvolve-se o estudo das medidas políticas e econômicas desenroladas por Lula em seu primeiro mandato, tendo o contexto internacional e as disputas internas como pano de fundo. Explicita-se como esse governo possibilitou o surgimento de grandes grupos nacionais e quais as consequências para a reorganização do bloco dominante. A classe trabalhadora também é analisada, buscando-se compreender quais políticas e medidas foram direcionadas ao proletariado, além de fazer um breve histórico da central sindical mais importante do país, a CUT. O objetivo é demonstrar os movimentos das frações proletárias. Por fim, é apresentado o paralelo entre as duas classes sob o governo Lula, procurando mostrar as condições que deram a possibilidade de conciliação dessas classes, o que gerou a ampla governabilidade de Lula. / Abstract: This paper discusses the reconciliation of classes within the Lula government. For this, it is understood as important to reflect on the implementation of the neoliberal model in the country and the Brazilian subordinate position in the new world order. Later, makes the analysis of alliances and strategies of the government before the 2002 election. From the signed agreements, develops the study of political and economic measures rolled out in the first Lula term, and the international context and the infighting as background. Make explicit as this government enabled the emergence of large national groups and the implications for the reorganization of the dominant bloc. The working class is also analyzed, seeking to understand which policies and measures were directed to the proletariat, in addition to a brief history of the most important trade union federation in the country, the CUT . The objective is to demonstrate the movements of the proletarian fractions. Finally, the analysis draw a parallel between the two classes under the Lula government, trying to show the conditions that gave the possibility to reconcile these classes, which led to extensive governability of Lula. / Mestre
4

A face neodesenvolvimentista do Estado brasileiro : o falseamento da "questão social" /

Chaves, Alessandro Rodrigues. January 2016 (has links)
Orientador: Maria Orlanda Pinassi / Banca: Terezinha Ferrari / Banca: Frederico Daia Firmiano / Resumo: A inclinação política e econômica realizada pelos governos liderados pelo Partido dos Trabalhadores, denominada neodesenvolvimentista é o objeto deste trabalho. O objetivo é identificar os impactos do modelo sobre os trabalhadores. Em caminho oposto ao trilhado pelos defensores do conceito - que insistem em divulgar números de empregos criados, aumento do salário mínimo, políticas sociais e estratégias que visam impulsionar o crescimento econômico -, partimos do entendimento de que o modelo neodesenvolvimentista emerge em um cenário de crise estrutural do capital que tem como consequência o desemprego industrial e a perda da potencialidade civilizadora que caracterizou o capital após a Segunda Guerra em países da Europa ocidental. A ilusão de se resolver a "questão social" que afeta a maior parte da população brasileira a partir da intensificação das relações capitalistas é revelada, neste texto, quando percebemos a predominância dos resultantes da crise estrutural, a permanência de um Estado autocrático e de um projeto político-institucional que visa reduzir as reivindicações dos movimentos populares e dos trabalhadores a políticas públicas e inclusão no mercado por via do consumo. Através desses pressupostos é que podemos sugerir que o neodesenvolvimentismo e sua pretensão social não passam de uma farsa / Abstract: The political and economic inclination made by governments led by the Workers Party, called new-developmentalism is the object of this work. The goal is to identify the model of the impacts on workers. In the opposite way to trod by the concept advocates - who insist on disclosing numbers of jobs created, the minimum wage increase, social policies and strategies to boost economic growth - we start from the understanding that the new-developmentalism model emerges in scenario a crisis structural capital that results in the structural unemployment and loss of civilizing potential that characterized the capital after World War II in Western European countries. The illusion of solving the "social issue" that affects most of the population from the intensification of capitalist relations is revealed in this text, when we noticed the predominance of the resulting structural crisis, the permanence of an autocratic state and a political-institutional project that aims to reduce the demands of the popular movements of workers and the public policies and inclusion in the market via consumption. Through these assumptions we can suggest that the new-developmentalism and social pretension are just a scam / Mestre
5

Neodesenvolvimentismo e capitalismo dependente no Brasil contemporâneo /

Fonseca, Alan Eric. January 2017 (has links)
Orientador(a): Maria Orlanda Pinassi / Banca: Silvia Beatriz Adoue / Banca: Frederico Daia Firmiano / Resumo: A incorporação no Brasil do padrão de civilização ocidental foi lenta e gradual. A construção da sociedade nacional sob uma ordem burguesa e moderna nunca deixou de refletir os séculos de exploração colonial, o sangue indígena e negro derramado, a devastação ambiental e a superexploração da força de trabalho. Olhando-se retrospectivamente a partir o século XXI, o cenário parece ter se alterado pouco, sem rupturas profundas. O capitalismo brasileiro historicamente foi e ainda é dependente em relação aos países hegemônicos do sistema econômico mundial, fato que resulta em boa parte das mazelas que afligem a heterogênea classe trabalhadora nacional. Busca-se evidenciar neste trabalho que o chamado neodesenvolvimentismo guarda enorme distância do nacional desenvolvimentismo que se deu entre 1930 e 1980. O neodesenvolvimentismo, a partir dos anos 2000, sob os governos Lula e Rousseff, é na verdade uma adaptação contemporânea do capitalismo dependente brasileiro dentro dos marcos econômicos e ideológicos do neoliberalismo global. Por isso, o ciclo recente da economia e da política nacional aprofundam as condicionantes estruturais da dependência através da reprimarização econômica e da liberalização financeira. / Abstract: The incorporation in Brazil of the pattern of Western civilization was gradual. The construction of national society, bourgeois and modern, has always reflected centuries of colonial exploitation, bloodshed, environmental devastation and overexploitation of labor. In the 21st century, few changes, without deep ruptures. Brazilian capitalism was and is dependent on the hegemonic countries of the world economic system, from which the social problems that afflict the national working class result. This work aims to demonstrate that new developmentalism is very different from the classical developmentalism. Starting in the 2000s under the Lula and Rousseff governments, new developmentalism is, in fact, a contemporary adaptation of Brazilian dependent capitalism within the economic and ideological order of global neoliberalism. Hence, the recent pattern of national economy and politics deepens the structural constraints of dependency through economic "reprimarization" and financial liberalization. / Mestre
6

O governo Lula e a agenda dos anos 90 : ambigüidade na política administrativa /

Barbosa e Silva, Leonardo. January 2008 (has links)
Orientador: Marco Aurélio Nogueira / Banca: Milton Lahuerta / Banca: Christina Windsor Andrews / Banca: Maria do Socorro Souza Braga / Banca: Valeriano Mendes Ferreira Costa / Resumo: A reestruturação produtiva, a crise dos anos 1970, a globalização e a Queda do Muro de Berlim, se associaram para determinar as feições do final do século XX e início do XXI. Sua síntese no campo da política de gestão pode ser representada pela Nova Administração Pública, uma corrente administrativa que busca na iniciativa privada os modelos e princípios para a gestão pública. No Brasil ela foi implementada no governo Fernando Henrique Cardoso, sob a direção do Ministério da Administração Federal e Reforma do Estado, a partir de 1995. Diante da eleição, em 2002, do candidato Lula, era notável a expectativa de mudança, sobretudo em relação à agenda neoliberal dos anos 1990. Naquilo que se refere à questão administrativa, essa pesquisa, a partir do objetivo de avaliar a continuidade ou descontinuidade das políticas, constatou a existência de um comportamento ambíguo. O governo capitaneado pelo Partido dos Trabalhadores em boa medida reproduziu e consolidou a Nova Administração Pública no Brasil. Mas, concomitantemente, postou-se contrário a pontos da agenda anterior ao reverter terceirizações, reabrir concursos, politizar agências e paralisar privatizações. A presente pesquisa engajou-se na missão subseqüente de encontrar as razões para esta ambigüidade, optando preferencialmente por buscá-las na trajetória e na estrutura do Partido dos Trabalhadores. / Abstract: The productive restructuring, the 70's crisis, the globalization and the Berlin wall fall, altogether determine the portrait of the end of the 20th century and the beginning of the 21st. Its summary in the managing political field can be represented by the new public administration, an administrative trend which seeks through the corporate strategy the templates and principles for the public management. In Brazil, it was implemented in Fernando Henrique Cardoso's government, under the Ministry for Federal Administration and state reform direction, since 1995. When Lula was elected in 2002, the expectation for change was noticeable, mainly in terms of the neoliberal agenda in the 90's. As far as the administrative aspect is concerned, this research, ranging from the intent to evaluate the continuation or discontinuation of the policies, an ambiguous stance was observed. The government headed by the workers'party, in good terms, reproduced and consolidated the new public Administration in Brazil. On the other hand, at the same time, it behaved contrarily to what had been programmed while reversing outsources, reestablish contests, carry out a politization of agencies and pause privatization processes. The current research indulged in the following mission of encountering the reasons for this duplicity, deciding to look for them mainly in the history and structuring of the workers'party. There are four possible answers for the fact that the previous programmation is only partially resistant and present in the government taking over in 2003. a) Firstly, the fact that PT "slided" from The left wing to the center authorized old fight causes to tolerate conservative programation aspects b) later, / Doutor
7

El neoliberalismo: una nota reñida con la democracia

Díaz Fernández, Isidora Virginia January 2008 (has links)
Informe de Seminario de grado para optar al grado de Licenciada en Filosofía / Este informe tiene como objetivo examinar el neoliberalismo desde una perspectiva crítica, concentrando el análisis en tres aspectos: sus falencias como teoría, su paradojal carácter utópico y anti-utópico, y su conflictiva relación con la democracia. Se parte desde la constatación del carácter total del neoliberalismo como teoría. Es decir, que éste no es sólo una teoría económica, sino que es una cosmovisión o metarrelato que da cuenta de nociones complejas y completas sobre todos aspectos de la vida humana, incluyendo político, lo social e incluso lo moral. La importancia de realizar un análisis en tres niveles radica en que aquí se intenta recorrer un camino de búsqueda cuyas respuestas den cuenta de un fenómeno complejo, cuyas ramificaciones parten desde lo meramente conceptual hasta el influjo concreto en las condiciones vitales de millones de vidas humanas.
8

As reformas sindical e trabalhista na sociedade brasileira neoliberal : ampliando a escuridão na "câmara escura"

Fernandes, Luiz Fernando Viegas 06 1900 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Departamento de Serviço Social, Programa de Pós-Graduação em Política Social, 2009. / Submitted by Larissa Ferreira dos Angelos (ferreirangelos@gmail.com) on 2010-04-06T16:15:22Z No. of bitstreams: 1 2009_LuizFernandoViegasFernandes.pdf: 2848139 bytes, checksum: 4d84c084a56e383084da922720b41dc7 (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2010-05-10T17:20:15Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_LuizFernandoViegasFernandes.pdf: 2848139 bytes, checksum: 4d84c084a56e383084da922720b41dc7 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-05-10T17:20:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_LuizFernandoViegasFernandes.pdf: 2848139 bytes, checksum: 4d84c084a56e383084da922720b41dc7 (MD5) Previous issue date: 2009-06 / Este estudo busca analisar as transformações em curso na sociedade brasileira no que diz respeito às relações Capital Trabalho no período da implementação do ideário neoliberal como condutor da organização social no Brasil. Propõe-se demonstrar o papel das representações sindicais, em seus vários níveis como coadjuvantes no processo de construção de uma nova sociabilidade dos Mundos do Trabalho e dos trabalhadores. Neste aspecto, a análise terá como temporalidade o período inaugurado em 1990, com o breve governo do presidente Collor de Melo, que começa a implementar o modelo de gestão inspirado no ideário do Consenso de Washington, consubstanciado no governo do presidente Fernando Henrique Cardoso que estabelece a afirmação neoliberal como projeto societário, e que para os mundo do trabalho constrói uma nova configuração. Chega ao governo do Presidente Luís Inácio Lula da Silva, que apesar de sua origem, tanto pessoal, quanto política leva adiante as reformas que visam reconfigurar as relações trabalhistas nesta sociedade. O papel das representações dos trabalhadores e o influxo dos movimentos transformadores de projetos societários neste período histórico são analisados sob a ótica inspirada na tradição marxista, de viés lukacsiano, examinando o papel ontológico do trabalho na construção do ser social, e o pretenso deslocamento da centralidade do trabalho nas sociedades capitalistas contemporâneas, principalmente na brasileira. Neste contexto a formulação de uma sociedade democrática, dada a este período histórico, é discutida sob a ótica de sua intervenção nos Mundos do Trabalho e o papel que suas representações têm na construção desta dita democracia. Investigamos, ainda, o discurso ideológico, vitorioso, que reduziu o papel do trabalho e dos trabalhadores de sujeitos sociais a atores sociais, e como o papel das Centrais Sindicais, principalmente a Central Única dos Trabalhadores, e os agrupamentos políticos que a formaram e formam, sujeitaram-se a fomentar debates institucionais, abrindo mão de seu papel contestador, e, portanto construtores de sociabilidades que pudessem contrapor à hegemônica, para serem parceiros e partícipes da construção desta nova institucionalidade. Conclui-se que os diversos discursos e as ações propostas pelas representações sindicais, por aquelas que detiveram a hegemonia do processo, optaram por construir, em um primeiro momento, discursos adequados ao processo em curso em que a idéia de transformação fora derrotada, e quando da transferência da gestão do Estado para um setor social oriundo de suas fileiras preferiu construir a governabilidade sob o conceito de cidadania em detrimento as lutas dos mundos do trabalho. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This study aims the analysis of the transformations in course in the Brazilian society, concerning the Capital - Work relations, during the implementation of the neo-liberal model as the driving force of Brazilian social organization. We propose the demonstration of the role of the representative unions, in their several levels, as coadjuvants in the construction process of a new sociability of the Worlds of Work, and of the workers. In this aspect, the analysis will comprise the period of 1990, with the brief government of President Collor de Melo, which begins to implement the administration model inspired in the Washington Consensus, its reinforcement during the President Fernando Henrique Cardoso government, which establishes the neo-liberal affirmation as a societary project, and that constructs a new configuration for the world of work. It reaches the government of President Luís Inácio Lula da Silva which, in spite of his personal and political origin, maintains the reforms that aim the reconfiguration of the laboral relations in this society. The role of the workers representations and the influx of the transforming movements of the societary projects, during this historical period, are analysed under the scope of the Marxist tradition, with a lukacsian bias, by investigating the work ontological role in the construction of the social being, and the pretense displacement of the work centrality in contemporary capitalist societies, specially the Brazilian one. In this context, the formulation of a democratic society, in face of this historical period, is discussed under the scope of its intervention in the Worlds of Work. We also focus on the role of union representations in the construction of this pretense democracy. We have also investigated the successful ideological speech which reduced the role of the work, and of the workers, from social subjects to mere social actors. It was also studied how the Unions, specially the Central Única dos Trabalhadores, and the political groups that constitute them, submitted themselves to foment institutional debates, renouncing their contestatory role. Thus, they have also renounced their role as constructors of sociabilities that could confront the hegemonic one, and became partners of the edification of this new institutionality. We concluded that the several speeches and actions proposed by the union representations, the ones that kept the hegemony of the process, have opted to adequate themselves to the actual process, in which the transformation idea was defeated. When the union representatives reached the State administration, they preferred to build their government plan based on the concept of citizenship, irrespectively of the laboral conflicts.
9

A emergência do novo desenvolvimentismo no Brasil

Nunes, Bruno Moser January 2013 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, Florianópolis, 2013. / Made available in DSpace on 2014-08-06T17:11:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 322857.pdf: 2306410 bytes, checksum: d4d95ba90f5505fa228e6e36d0321ba4 (MD5) Previous issue date: 2013 / O declínio do neoliberalismo despertou mudanças políticas e uma revisão de paradigmas teóricos de uma série de países em desenvolvimento, que passaram a orientar suas estratégias de inserção internacional e políticas econômicas domésticas com base em elementos heterodoxos. No Brasil, estas mudanças têm sido identificadas com a emergência de uma abordagem teórica e política chamada de Novo Desenvolvimentismo. Sendo assim, neste trabalho procura-se responder o que é o Novo Desenvolvimentismo e em que medida ele se aplica à prática das políticas econômicas recentemente realizadas no Brasil. A partir de uma abordagem histórico-indutiva e descritiva, considera-se, ao fim do trabalho, que a teoria do Novo Desenvolvimentismo é responsável por parte significativa do desempenho positivo recente do crescimento econômico, da distribuição de renda e da estabilidade macroeconômica do Brasil. <br> / Abstract : The decline of neoliberalism sparked political changes and a review of theoretical paradigms of a number of developing countries, that began to direct their international insertion strategies and economic policies towards heterodox elements. In Brazil these changes have been identified with the emergence of a political and theoretical approach named as New Developmentalism. Therefore, this academic work seeks to answer what is this New Developmentalism, and in which dimension corresponds to recent economic policies executed in Brazil. From a historic-inductive methodological approach combined with descriptive, it?s considered at the end of the research, that the New Developmentalism is indeed responsible for part of its positive performance on the economic growth, with income distribution and macroeconomic stability.
10

El derecho del trabajo como sistema pendular

Gamonal Contreras, Sergio 12 April 2018 (has links)
Este artículo analiza las tendencias del derecho del trabajo en la actual Globalización. Aunque muchos de los análisis actuales son pesimistas, los estándares laborales han sobrevivido y, en los países en desarrollo, gozan de un nuevo renacer. Incluso más, es posible observar en algunos casos un refuerzo de la libertad sindical, aunque los sindicatos enfrenten problemas de agencia en gran parte del mundo. Por otro lado, en los países desarrollados no es posible dar una tendencia uniforme, puesto que en países importantes se mantiene un sofisticado derecho del trabajo, aunque en otros ha habido una clara rebaja de estándares. Todo este panorama lleva a concluir que el derecho laboral está oscilando entre menor y mayor protección, en una tendencia denominada sistema pendular.   This paper analyzes the actual trends of Labour Law in the current globalization. Even though, most of studies on the same matter have a pessimist point of view, labor standards have survived and in developing countries they are actually being reborn. Even more, it is possible to observe in some cases the reinforcement of trade union freedom, although trade unions in most countries are facing agency problems. On the other hand, there is no consistent trend in developed countries because some of them maintain a sophisticated labour law, even though there has been a clear lower in standards in some others. Based on this outlook the author concludes that labour law is oscillating between low and high protection, in a trend known as pendulum system.

Page generated in 0.0658 seconds