• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 103
  • 77
  • 35
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 220
  • 220
  • 139
  • 138
  • 138
  • 96
  • 51
  • 47
  • 47
  • 44
  • 41
  • 37
  • 28
  • 28
  • 26
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
61

A relevância do NAFTA no processo de mudança de paradigma do desenvolvimento mexicano /

Freitas, Vinicius Ruiz Albino de. January 2017 (has links)
Orientador: Francisco Luiz Corsi / Banca: Agnaldo dos Santos / Banca: Carlos Eduardo Ferreira de Carvalho / Banca: José Marangoni Camargo / Banca: Ivan Filipe de Almeida Lopes Fernandes / Resumo: O objetivo central deste trabalho é analisar a relevância do Nafta no processo de transformação do paradigma de desenvolvimento mexicano, assim como as suas novas estratégias de inserção à economia internacional, amparadas em políticas liberalizantes, na desregulamentação financeira e na promoção da industrialização voltada às exportações. A emergência em 1982 da crise da dívida externa marcou o fim de uma etapa histórica do México e o início de uma longa transição. Deste momento em diante, teve início o debate mais aprofundado acerca do esgotamento do modelo nacional desenvolvimentista, baseado na industrialização via substituição de importações, e, por conseguinte, a emergência de um novo paradigma de desenvolvimento econômico. Por meio de revisão bibliográfica e a análise de dados macroeconômicos, compreendemos que o Nafta converteu-se no eixo principal desta transição que concretizou o modelo de desenvolvimento neoliberal na década de 1990. A relevância do Nafta como processo que envolveu uma série de negociações e a sua própria consolidação, ao longo de três governos, vai muito além de um acordo comercial entre o Canadá, os Estados Unidos e o México. / Abstract: The main goal of this work is to analyze the importance of NAFTA on the transformation process of the Mexican development paradigm with its new strategies of insertion into the international economy, which was supported by liberalizing policies, financial deregulation and the promotion of industrialized exportation. The external debt crisis of 1982 set the end of a historic stage in Mexico and the beginning of a long transition. After this moment, a deep debate took discussing the national development model based on industrialization via substitution of imports, and, consequently, about the emergence of a new paradigm of economic development. Through an exhaustive bibliographical review and collected macroeconomic data, it is possible to understand that NAFTA became the main axis of this transition, which completed the model of neoliberal development of the 1990s. The importance of NAFTA as a complex process, which involved its negotiations and its consolidation throughout three governments, takes far beyond a trade agreement between Canada, the United States and Mexico. / Resumen: El objetivo central de este trabajo es analizar la relevancia del TLCAN en el proceso de transformación del paradigma de desarrollo mexicano y en sus nuevas estrategias de inserción a la economía internacional, amparadas en políticas liberalizadoras, en la desregulación financiera y en la promoción de la industrialización direccionada a las exportaciones. La emergencia en 1982 de la crisis de la deuda externa marcó el fin de una etapa histórica de México y el inicio de una larga transición. En este momento, se inició el debate más profundo sobre el agotamiento del modelo nacional desarrollista, basado en la industrialización a través de la sustitución de importaciones, y, por consiguiente, la emergencia de un nuevo paradigma de desarrollo económico. A través de la revisión bibliográfica y del análisis de datos macroeconómicos, comprendemos que el TLCAN se ha convertido en el eje principal de esta transición que concretizó el modelo de desarrollo neoliberal en la década de 1990. La importancia del TLCAN, en un proceso que involucró sus negociaciones y su consolidación a lo largo de tres gobiernos, va mucho más allá de un acuerdo comercial entre Canadá, Estados Unidos y México. / Doutor
62

A vanguarda do pensamento conservador : um estudo sobre as ideias economicas de Roberto Campos no periodo 1950-1964

Madi, Maria Alejandra Caporale, 1959- 14 July 2018 (has links)
Orientador: Liana Maria Lafayette Aureliano da Silva / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia / Made available in DSpace on 2018-07-14T11:50:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Madi_MariaAlejandraCaporale_M.pdf: 9013061 bytes, checksum: 988259a5e62e4de4e74c9a4a816608e6 (MD5) Previous issue date: 1985 / Resumo: Não informado / Abstract: Not informed. / Mestrado / Mestre em Economia
63

Desenvolvimento industrial com participação estatal: experiências históricas e o caso do Brasil e da Coréia do Sul

Liesenberg, Luciano 23 October 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2016-04-26T20:48:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 ECO - Luciano Liesenberg.pdf: 692474 bytes, checksum: 5165a15913f5888b2817c7fa0b78bef1 (MD5) Previous issue date: 2006-10-23 / This study aim to analyse the strategies of industrialization with state participation adopted in Brazil and South Korea, as well as evidencing that these strategies have also shown their relevance in developed countries. This theme was adopted to analise the effectiveness of state coordinated actions by promoting the industry despite of its interference on the mechanisms of market. The effectiveness of state interference is assumed to depend on the forms and the quality of the intervention. The first part of the study provides a historical interpretation of state coordenated development processes of industrialization in central economies. The conclusion is that this interference created competitive advantages to this economies, allowing the maintenance of dominant positions in the international trade. The second part ot the study focalize in a comparaty analise of the intervention in Brazil and South Korea. Whith this objective, specific policies were chosen to create a comparative basis: Politics of Financing, Credit and Subsidies; market protection policies, and Foreign Direct Investment incentives and tecnological absorption policies. The efectiveness of this policies was measured by the comparison of macroeconomic aggregates of the two contries. The results evidence that South Korea actieved long-run positive effects, wich provide to the country larger external projection and a more sustainable financial pattern of external indebtedness. External factors also demonstrate significant influence on the adoption and on the result of these politics. In Brazil, despite of the diversificated industrial structure created, the endogenous compound of grouth wasn´t created / Esse trabalho busca analisar as estratégias de industrialização com participação estatal adotadas no Brasil e na Coréia do Sul, bem como evidenciar a existência de experiências históricas dessas estratégias em países centrais. A escolha do tema visa analisar a eficiência de métodos de cooperação entre Estado e indústria. O trabalho assume a hipótese de que a intervenção estatal na alocação de recursos do setor produtivo não possui um componente de ineficiência intrínseco, pois essa depende das formas e da qualidade dessa intervenção. Na primeira parte, foi adotada uma análise histórica de experiências de desenvolvimento industrial com intervenções sobre os mecanismos de mercado. As conclusões dessa análise evidenciam que essas experiências tiveram importância na criação de vantagens competitivas para os países centrais, permitindo a manutenção de posições dominantes no comércio internacional. Na seção seguinte, o trabalho focaliza o estudo das formas dessa intervenção no Brasil e na Coréia do Sul. Para isso foi efetuada uma análise comparativa de políticas setoriais específicas, nas áreas: Política de Financiamento, de Crédito e Subsídios, Política de Proteção de Mercado e Política de incentivo ao Investimento Direto Externo e absorção tecnológica. A mensuração da eficiência dessas políticas foi realizada através de agregados macroeconômicos dos dois países. Os resultados evidenciam que a Coréia do Sul obteve efeitos positivos de longo prazo, que permitiram ao setor industrial do país maior inserção externa e um padrão de financiamento externo sustentável para o país. Fatores externos demonstram também influência significativa sobre a adoção e o resultado dessas políticas. O formato da política econômica adotada no Brasil permitiu o desenvolvimento de uma estrutura industrial diversificada, todavia sem o mesmo componente endógeno de crescimento
64

Relatórios contábeis e financeiros nos países em transformação: da economia planificada à economia de mercado - Rússia e China

Soares, Jairo da Rocha 24 April 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2016-04-25T20:22:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Jairo da Rocha Soares.pdf: 3884122 bytes, checksum: d7bd04bd6d958704c8d3064be9dbdcca (MD5) Previous issue date: 2009-04-24 / This thesis is the insertion of the International Accounting study as a knowledge area of International Relations. The purpose of this study is to present a research in International Accounting, in the sphere of Russia and China, disclosing about the following theme axes: globalization in the context of accounting; the new accounting agenda; main social, political and cultural characteristics; accounting education of these two countries and their accounting standards and practices. This study demonstrated that the relative irreversibility of globalization is imbricated with the right to property adopted by Russia and by China. Another factor was the much more robust accounting agenda put into action from 1978 to 2008, with issuing of new pronouncements, whose objective was an alignment with the IASB on the convergence of the IFRS. The raising, consolidation and development of any social, political and cultural system inevitably went through a tortuous process, filled with sacrifices and fights, with successes and failures. The accounting education in these countries is still a new subject. In its favor there is the high educational background of their citizens, result of the socialist political regime. In these transformation countries the adoption of the IFRS is not merely a technical exercise involving rearrangement of information and reclassification in the financial statements, but it is a challenge to the fundaments of a centrally planned economy to the market economy. It is the moment in which the Companies and the Financial Institutions will have a unique opportunity to reexamine and reorganize their businesses. The adoption of the IFRS is not a choice of different accounting policies; it involves a different system for measuring, recognizing and evidencing of its performance with the international markets. There will be levels of increased transparency for many Companies and Financial Institutions. Adopting the IFRS allows the Companies and Financial Institutions the opportunity of remodeling the business, for example, checking how the KPI´s Key performance indicators are determined and used in the business and in which way the performance of the Companies and Financial Institutions is demonstrated in relation to the competitors from the western hemisphere. When looking towards the transformation countries, the requirement of adopting the IFRS involves a small, although important, universe of companies for what these countries represent in the economic, political, social and historical spheres of the world. Another challenge is the language barrier and also the low relevance in the study of the accounting coming from the period of centrally planned economy. Coming to a conclusion, there is a substantial conformity between CAS standards and the IFRS, as a consequence of the active participation of the Chinese authorities, but the same does not occur with the RAS and the IFRS, although mandatory for some Companies and for the Financial Institutions, due to a political and professional resistances for adoption of these standards in Russia. The Putin and Hu Jintao governments were the periods with greatest advance in the studies on accounting science that seeks to make feasible the adoption of the IFRS in the next years. The debate on the application of two simultaneous methods, the ideographic and the nomothetic, in accounting research is also unveiled / Esta tese é a inserção do estudo da Contabilidade Internacional como área do saber das Relações Internacionais. O objetivo deste estudo é apresentar uma pesquisa em Contabilidade Internacional, no âmbito da Rússia e da China, discorrendo-se sobre os seguintes eixos temáticos: a globalização no contexto da contabilidade; a nova agenda da contabilidade; principais características sociais, políticas e culturais; a educação contábil desses dois países e as suas normas e práticas contábeis. Este estudo demonstrou que a irreversibilidade relativa da globalização está imbricada com o direito à propriedade adotado pela Rússia e pela China. Outro fator foi a agenda contábil muito robusta colocada em ação de 1978 a 2008, com emissão de novos pronunciamentos, cujo objetivo foi um alinhamento com o IASB sobre a convergência das IFRS. O nascimento, a consolidação e o desenvolvimento de qualquer sistema social, político e cultural passaram, inevitavelmente, por um processo tortuoso, repleto de sacrifícios e lutas, com êxitos e fracassos. A educação contábil nestes países ainda é um assunto novo. A seu favor há o elevado nível educacional de seus cidadãos, fruto do regime político socialista. Nestes países em transformação a adoção das IFRS não é meramente um exercício técnico envolvendo o reordenamento de informações e reclassificações nas demonstrações financeiras, mas é um desafio aos fundamentos de um modelo de economia planificada à economia de mercado. É o momento em que as Companhias e as Instituições Financeiras terão uma oportunidade ímpar para reexaminar e replanejar sua administração. A adoção das IFRS não é uma escolha de diferentes políticas contábeis; ela envolve um sistema diferente de mensuração, de reconhecimento e evidenciação do seu desempenho com os mercados internacionais. Haverá níveis de transparência aumentados para muitas Companhias e Instituições Financeiras. Adotar as IFRS permite às Companhias e Instituições Financeiras a oportunidade de remodelar os negócios, por exemplo, verificar como os índices de desempenho são determinados e usados nos negócios e de que maneira se demonstra o desempenho das Companhias e das Instituição Financeiras em relação aos concorrentes no Ocidente. Ao olhar para os países em transformação, a exigência de adoção das IFRS envolve um universo pequeno de companhias, porém importante, pelo que estes países representam, nos âmbitos econômico, político, social e histórico do mundo. Um outro desafio é a barreira do idioma e também a baixa relevância no estudo da contabilidade vinda das épocas da economia planificada. Concluindo, há uma substancial conformidade entre as normas CAS e as IFRS, fruto da participação ativa das autoridades chinesas, porém o mesmo não acontece com as RAS e as IFRS, embora obrigatório para algumas Companhias e nas Instituições financeiras, uma vez que na Rússia há resistências políticas e profissionais para adoção dessas normas. Os governos PUTIN e HU JINTAO foram os períodos de maior avanço nos estudos sobre a ciência contábil que procura viabilizar a adoção das IFRS nos próximos anos. Descortina-se também o debate sobre aplicação de dois métodos simultâneos, o idiográfico e o nomotético, na pesquisa contábil
65

Relatórios contábeis e financeiros nos países em transformação: da economia planificada à economia de mercado - Rússia e China

Soares, Jairo da Rocha 24 April 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2016-04-26T14:57:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Jairo da Rocha Soares.pdf: 3884122 bytes, checksum: d7bd04bd6d958704c8d3064be9dbdcca (MD5) Previous issue date: 2009-04-24 / This thesis is the insertion of the International Accounting study as a knowledge area of International Relations. The purpose of this study is to present a research in International Accounting, in the sphere of Russia and China, disclosing about the following theme axes: globalization in the context of accounting; the new accounting agenda; main social, political and cultural characteristics; accounting education of these two countries and their accounting standards and practices. This study demonstrated that the relative irreversibility of globalization is imbricated with the right to property adopted by Russia and by China. Another factor was the much more robust accounting agenda put into action from 1978 to 2008, with issuing of new pronouncements, whose objective was an alignment with the IASB on the convergence of the IFRS. The raising, consolidation and development of any social, political and cultural system inevitably went through a tortuous process, filled with sacrifices and fights, with successes and failures. The accounting education in these countries is still a new subject. In its favor there is the high educational background of their citizens, result of the socialist political regime. In these transformation countries the adoption of the IFRS is not merely a technical exercise involving rearrangement of information and reclassification in the financial statements, but it is a challenge to the fundaments of a centrally planned economy to the market economy. It is the moment in which the Companies and the Financial Institutions will have a unique opportunity to reexamine and reorganize their businesses. The adoption of the IFRS is not a choice of different accounting policies; it involves a different system for measuring, recognizing and evidencing of its performance with the international markets. There will be levels of increased transparency for many Companies and Financial Institutions. Adopting the IFRS allows the Companies and Financial Institutions the opportunity of remodeling the business, for example, checking how the KPI´s Key performance indicators are determined and used in the business and in which way the performance of the Companies and Financial Institutions is demonstrated in relation to the competitors from the western hemisphere. When looking towards the transformation countries, the requirement of adopting the IFRS involves a small, although important, universe of companies for what these countries represent in the economic, political, social and historical spheres of the world. Another challenge is the language barrier and also the low relevance in the study of the accounting coming from the period of centrally planned economy. Coming to a conclusion, there is a substantial conformity between CAS standards and the IFRS, as a consequence of the active participation of the Chinese authorities, but the same does not occur with the RAS and the IFRS, although mandatory for some Companies and for the Financial Institutions, due to a political and professional resistances for adoption of these standards in Russia. The Putin and Hu Jintao governments were the periods with greatest advance in the studies on accounting science that seeks to make feasible the adoption of the IFRS in the next years. The debate on the application of two simultaneous methods, the ideographic and the nomothetic, in accounting research is also unveiled / Esta tese é a inserção do estudo da Contabilidade Internacional como área do saber das Relações Internacionais. O objetivo deste estudo é apresentar uma pesquisa em Contabilidade Internacional, no âmbito da Rússia e da China, discorrendo-se sobre os seguintes eixos temáticos: a globalização no contexto da contabilidade; a nova agenda da contabilidade; principais características sociais, políticas e culturais; a educação contábil desses dois países e as suas normas e práticas contábeis. Este estudo demonstrou que a irreversibilidade relativa da globalização está imbricada com o direito à propriedade adotado pela Rússia e pela China. Outro fator foi a agenda contábil muito robusta colocada em ação de 1978 a 2008, com emissão de novos pronunciamentos, cujo objetivo foi um alinhamento com o IASB sobre a convergência das IFRS. O nascimento, a consolidação e o desenvolvimento de qualquer sistema social, político e cultural passaram, inevitavelmente, por um processo tortuoso, repleto de sacrifícios e lutas, com êxitos e fracassos. A educação contábil nestes países ainda é um assunto novo. A seu favor há o elevado nível educacional de seus cidadãos, fruto do regime político socialista. Nestes países em transformação a adoção das IFRS não é meramente um exercício técnico envolvendo o reordenamento de informações e reclassificações nas demonstrações financeiras, mas é um desafio aos fundamentos de um modelo de economia planificada à economia de mercado. É o momento em que as Companhias e as Instituições Financeiras terão uma oportunidade ímpar para reexaminar e replanejar sua administração. A adoção das IFRS não é uma escolha de diferentes políticas contábeis; ela envolve um sistema diferente de mensuração, de reconhecimento e evidenciação do seu desempenho com os mercados internacionais. Haverá níveis de transparência aumentados para muitas Companhias e Instituições Financeiras. Adotar as IFRS permite às Companhias e Instituições Financeiras a oportunidade de remodelar os negócios, por exemplo, verificar como os índices de desempenho são determinados e usados nos negócios e de que maneira se demonstra o desempenho das Companhias e das Instituição Financeiras em relação aos concorrentes no Ocidente. Ao olhar para os países em transformação, a exigência de adoção das IFRS envolve um universo pequeno de companhias, porém importante, pelo que estes países representam, nos âmbitos econômico, político, social e histórico do mundo. Um outro desafio é a barreira do idioma e também a baixa relevância no estudo da contabilidade vinda das épocas da economia planificada. Concluindo, há uma substancial conformidade entre as normas CAS e as IFRS, fruto da participação ativa das autoridades chinesas, porém o mesmo não acontece com as RAS e as IFRS, embora obrigatório para algumas Companhias e nas Instituições financeiras, uma vez que na Rússia há resistências políticas e profissionais para adoção dessas normas. Os governos PUTIN e HU JINTAO foram os períodos de maior avanço nos estudos sobre a ciência contábil que procura viabilizar a adoção das IFRS nos próximos anos. Descortina-se também o debate sobre aplicação de dois métodos simultâneos, o idiográfico e o nomotético, na pesquisa contábil
66

Um estudo sobre as exportações chilenas a partir das reformas liberalizantes dos anos 1970

Mussa, Luciano 17 November 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2016-04-26T20:48:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Luciano Mussa.pdf: 664629 bytes, checksum: 771118a67a8531b1d6ea882a574bd8a8 (MD5) Previous issue date: 2006-11-17 / This research analyzes the exporting performance of Chile since the great changes introduced in its economy after the military blow of 1973. The Chilean exports had grown a lot in this period, with important diversification of products and participant companies, and are pointed as one of the main responsible for the vigorous growth of the economy since middle of years 1980's. The analysis here developed presents elements to evaluate in what extend and how the exporting peak contributed for the positive performance of the Chilean economy. There are adopted three approaches for the relation between exports and growth: i) the contribution of the exports for the productivity rise and technology incorporation; ii) the sustentation of favorable position in the balance of payments; iii) the sustentation of the aggregate demand. The analysis detaches the relatively steady performance of the exports in relation to the product, one of the elements that had contributed for the good macroeconomic performance, for having contributed to reduce the risks of problems in the balance of payments, since the solution of the serious crisis of 1981-1983, beyond having contributed to keep high the chain of imports throughout the period. More controversial is the effect of the exporting peak concerning productivity gains and the incorporation of technological progress. Another important aspect to be verified is the role of the politics used by the State in the vigorous exporting peaks. The initiatives of the government, still during the dictatorship, had contributed a lot for the exporting impulse, question in general neglected by the regular vision of Chile as example of drastic reduction of the state intervention / Esta pesquisa analisa o desempenho exportador do Chile a partir das grandes mudanças introduzidas em sua economia depois do golpe militar de 1973. As exportações chilenas cresceram muito neste período, com importante diversificação de produtos e empresas participantes, e são apontadas como um dos principais responsáveis pelo vigoroso crescimento da economia a partir de meados dos anos 1980. A análise aqui desenvolvida apresenta elementos para avaliar em que medida e de que formas o auge exportador contribuiu para o desempenho positivo da economia chilena. Adotam-se três enfoques para a relação entre exportações e crescimento: i) a contribuição das exportações para a elevação da produtividade e incorporação de tecnologia; ii) a sustentação de posição favorável no balanço de pagamentos; iii) a sustentação da demanda agregada. A análise destaca o desempenho relativamente estável das exportações como percentual do produto, um dos elementos que contribuíram para o bom desempenho macroeconômico, por ter contribuído para reduzir os riscos de problemas de balanço de pagamentos, a partir do equacionamento da grave crise de 1981-1983, além de ter contribuído para manter elevada a corrente de importações ao longo do período. Mais controverso é o efeito do auge exportador no que se refere aos ganhos de produtividade e à incorporação de progresso técnico. Outro aspecto relevante a ser verificado é o papel das políticas estatais no vigoroso auge das exportações. As iniciativas do governo, ainda durante a ditadura, contribuíram em muito para o impulso exportador, questão em geral negligenciada pela visão simplificadora do Chile como exemplo de redução drástica da intervenção estatal
67

Economia e política no processo de financeirização do Brasil (1980-2006)

Garagorry, Jorge Alano Silveira 01 June 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2016-04-25T20:21:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Jorge Alano.pdf: 3605122 bytes, checksum: 88aff93dc96537248515791ff28041ef (MD5) Previous issue date: 2007-06-01 / The theme of this research is the manifestation of the financial globalization in Brazil, which main objective is to study the process of redefining the hegemony, involving the identification of the hegemonic class fraction in the interior of such dominant class and the historical moment when this redefinition is taking place. The main logical and conceptual instruments of support to the realization of this thesis were the Marxist political economy, with special emphasis in the theory of financial globalization headed by Chesnais and the concept of hegemony, promoted by Poulantzas in the field of political theory. The analysis of hegemony in Brazil, being specially inspired in the general guidelines of methodology suggested by Decio Saes (2001), took as base the economic policy and the main reforms established by the Brazilian State during the period of 1980-2006. The research allows evaluating the financialization aspects of the Brazilian economy and important impacts of the hegemony redefinition in the sphere of the dominant class, in the structural redistribution of the wealth produced by the Brazilian workers. The research concludes that the currently hegemonic fraction in the interior of the political dominant block in today s Brazilian society is the international financial oligarchy, which has a hybrid composition - it is mainly composed, in one hand, by the so-called Institutional Investors and, on the other hand, by the big international bank capital. This oligarchy is present in the national political life by means of a foreign management segment, made up mainly by Brazilians dependent of this oligarchy. Concludes also that the mark of the political victory of the new hegemonic fraction in Brazil was the impeachment of president Collor in 1992 and that from 1999 on the economic policy of the Brazilian State became entirely synchronized with the interests of the international financial oligarchy / O tema desta pesquisa é a manifestação da mundialização financeira no Brasil, tendo como objetivo principal o estudo do processo de redefinição da hegemonia, envolvendo a identificação da fração de classe hegemônica no interior da classe dominante e o momento histórico em que se concretiza esta redefinição. Os principais instrumentos lógico-conceituais de apoio à condução da pesquisa foram, por um lado, a economia política marxista, com especial ênfase na teoria da mundialização financeira encabeçada por Chesnais e, no campo da teoria política, o conceito poulantziano de hegemonia. O estudo da hegemonia no Brasil, inspirando-se, especialmente, nas linhas gerais da metodologia sugerida por Décio Saes (2001), teve por base a política econômica e as principais reformas introduzidas pelo Estado brasileiro no período 1980-2006. A pesquisa permite avaliar aspectos da financeirização da economia brasileira e importantes impactos da redefinição da hegemonia, no âmbito da classe dominante, na redistribuição estrutural da riqueza produzida pelos trabalhadores do Brasil. A pesquisa conclui que a fração hegemônica atualmente no interior do bloco no poder da sociedade brasileira é a oligarquia financeira internacional, a qual possui uma composição híbrida, pois é constituída, principalmente, por um lado, pelos chamados Investidores Institucionais , e, por outro, pelo grande capital bancário internacional. Esta oligarquia faz-se presente na vida política nacional por meio de um segmento gerencial estrangeiro, composto principalmente por brasileiros dependentes desta oligarquia. Conclui, também, que o marco da vitória política da nova fração hegemônica, no Brasil, foi o processo de impeachment do presidente Collor, em 1992, e que foi a partir de 1999 que a política econômica do Estado brasileiro se tornou plenamente sintonizada com os interesses da oligarquia financeira internacional
68

Economia e política no processo de financeirização do Brasil (1980-2006)

Garagorry, Jorge Alano Silveira 01 June 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2016-04-26T14:56:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Jorge Alano.pdf: 3605122 bytes, checksum: 88aff93dc96537248515791ff28041ef (MD5) Previous issue date: 2007-06-01 / The theme of this research is the manifestation of the financial globalization in Brazil, which main objective is to study the process of redefining the hegemony, involving the identification of the hegemonic class fraction in the interior of such dominant class and the historical moment when this redefinition is taking place. The main logical and conceptual instruments of support to the realization of this thesis were the Marxist political economy, with special emphasis in the theory of financial globalization headed by Chesnais and the concept of hegemony, promoted by Poulantzas in the field of political theory. The analysis of hegemony in Brazil, being specially inspired in the general guidelines of methodology suggested by Decio Saes (2001), took as base the economic policy and the main reforms established by the Brazilian State during the period of 1980-2006. The research allows evaluating the financialization aspects of the Brazilian economy and important impacts of the hegemony redefinition in the sphere of the dominant class, in the structural redistribution of the wealth produced by the Brazilian workers. The research concludes that the currently hegemonic fraction in the interior of the political dominant block in today s Brazilian society is the international financial oligarchy, which has a hybrid composition - it is mainly composed, in one hand, by the so-called Institutional Investors and, on the other hand, by the big international bank capital. This oligarchy is present in the national political life by means of a foreign management segment, made up mainly by Brazilians dependent of this oligarchy. Concludes also that the mark of the political victory of the new hegemonic fraction in Brazil was the impeachment of president Collor in 1992 and that from 1999 on the economic policy of the Brazilian State became entirely synchronized with the interests of the international financial oligarchy / O tema desta pesquisa é a manifestação da mundialização financeira no Brasil, tendo como objetivo principal o estudo do processo de redefinição da hegemonia, envolvendo a identificação da fração de classe hegemônica no interior da classe dominante e o momento histórico em que se concretiza esta redefinição. Os principais instrumentos lógico-conceituais de apoio à condução da pesquisa foram, por um lado, a economia política marxista, com especial ênfase na teoria da mundialização financeira encabeçada por Chesnais e, no campo da teoria política, o conceito poulantziano de hegemonia. O estudo da hegemonia no Brasil, inspirando-se, especialmente, nas linhas gerais da metodologia sugerida por Décio Saes (2001), teve por base a política econômica e as principais reformas introduzidas pelo Estado brasileiro no período 1980-2006. A pesquisa permite avaliar aspectos da financeirização da economia brasileira e importantes impactos da redefinição da hegemonia, no âmbito da classe dominante, na redistribuição estrutural da riqueza produzida pelos trabalhadores do Brasil. A pesquisa conclui que a fração hegemônica atualmente no interior do bloco no poder da sociedade brasileira é a oligarquia financeira internacional, a qual possui uma composição híbrida, pois é constituída, principalmente, por um lado, pelos chamados Investidores Institucionais , e, por outro, pelo grande capital bancário internacional. Esta oligarquia faz-se presente na vida política nacional por meio de um segmento gerencial estrangeiro, composto principalmente por brasileiros dependentes desta oligarquia. Conclui, também, que o marco da vitória política da nova fração hegemônica, no Brasil, foi o processo de impeachment do presidente Collor, em 1992, e que foi a partir de 1999 que a política econômica do Estado brasileiro se tornou plenamente sintonizada com os interesses da oligarquia financeira internacional
69

La partecipazione nella costruzione di condizioni di sostenibilità locale. Linee pedagogiche per una progettazione dialogica / The Participation to Promote the Local Sustainability Development. The Pedagogical Consideration for a Shared Planning

BARCELLA, EFREM GIUSEPPE 13 July 2007 (has links)
Il lavoro di ricerca approfondisce la riflessione pedagogica in riferimento alle prassi educative in materia di sostenibilità. L'approccio di approfondimento si impernia sul carattere interdisciplinare del concetto di sviluppo sostenibile. la prima parte del lavoro di ricerca approfondisce L'area sociale in riferimento alla partecipazione della comunità locale nei processi di promozione dello sviluppo sostenibile. La seconda parte del lavoro di ricerca prende in esame una significativa prassi di partecipazione: la progettazione partecipata. / The research provides a pedagogical consideration in relation to the educational techniques concerning sustainability. The approach of a thorough analysis is based on the interdisciplinary nature of the tenable development. The first part of the research gives importance to the social area and the presence of the local community in order to promote the bearable development. The second part takes into consideration an important participation technique: the shared planning.
70

RESPONSABILITA' DI GOVERNO / Accountability in One-party Government: Rethinking the Success of Chinese Economic Reform

LI, YUAN 19 April 2012 (has links)
Come funziona la struttura interna istituzionale una performance di governo? In questo lavoro, ci si concentra sulla Cina moderna, cercando di spiegare i meccanismi che possono indurre un governo autocratico di adottare politiche coerenti. / How does the internal institutional structure affect government performances in autocracies? In this paper, we focus on modern China, trying to explain what the mechanisms are that might induce an autocratic government to adopt congruent policies. Although there is no party or electoral competition, the leader worries deposition by coup d état by the selectorate and revolutionary threats from the citizens. We build a three players political-agency model, with the leader being the agency, the selectorate and the citizens being the principles. The effectiveness of the selectorate and the existence of revolutionary threats are two factors determining the outcomes. As the size of the selectorate and the willingness to revolt vary dramatically across countries, different types of autocracies arise, with some being kleptocraitc and some being accountable.

Page generated in 0.079 seconds