• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 406
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 408
  • 408
  • 211
  • 171
  • 106
  • 100
  • 100
  • 90
  • 89
  • 77
  • 53
  • 50
  • 45
  • 43
  • 43
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

A participação do enfermeiro no processo decisório

Berto, Gerti Schäfer January 2000 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. / Made available in DSpace on 2012-10-17T10:22:03Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-25T16:45:37Z : No. of bitstreams: 1 173313.pdf: 3390889 bytes, checksum: edba9f1136194e3d5f6eab6502e55a4d (MD5) / Entrevistas semi-estruturadas são usadas para coletar dados objetivando conhecer a vivência de 10 [enfermeiros] de 10 Unidades Básicas de Saúde pertencentes à 10ª Regional de Saúde na cidade de Cascavel - Pr, em relação à [participação] no [processo decisório] da equipe de saúde, confrontando seus discursos para identificação de convergências, divergências e contradições. O estudo evidencia que há participação do grupo nas decisões, com tendência a decidir-se conforme o conhecimento que os profissionais têm nas diversas áreas de atuação. Os sujeitos relatam que os problemas identificados são analisados visando a resolução, sem critérios que norteiam as decisões, embora demonstrem preocupação com o bem estar da população, a eficácia e a eficiência da UBS, a análise contextualizada do problema do paciente, a gravidade e o risco envolvidos. O conceito de participação dos sujeitos está voltado para a presença física no momento da decisão, ao invés de uma atuação como profissional técnico, compromissado, responsável e capacitado para influir nas decisões e intervir em favor dos usuários. A conscientização é a categoria analítica explorada para desvelar a questão da participação.
2

Decisão organizacional: caracterização das indústrias paranaenses /

Zürcher, Roberto Antonio Peredo January 1999 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. / Made available in DSpace on 2012-10-18T17:27:04Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-09T03:20:18Z : No. of bitstreams: 1 170811.pdf: 15773964 bytes, checksum: 5bbc7115bfd7139f772975aec4cba6ac (MD5) / O processo de tomada de decisão é um processo subjetivo, no qual o tomador de decisão utiliza a percepção e juízos de valor. Tomar uma decisão exige conhecimento, segurança e coerência. Neste trabalho, aplicou-se o modelo de Johnsson de tomada de decisão e utilizou-se de técnicas estatísticas visando a análise junto aos empresários industriais paranaenses entre 1996 e 1999. O modelo mostrou-se apto para explicar o processo de tomada de decisão, no período estudado, na indústria do Estado do Paraná.
3

Aversão ao risco em crianças

Moreira, Bruno César de Melo January 2008 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Economia / Made available in DSpace on 2012-10-23T16:03:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 260098.pdf: 720209 bytes, checksum: 58e571aa172df498c8b4ed0621bb557e (MD5) / A Teoria da Utilidade Esperada (TUE) - teoria econômica que domina a análise de tomada de decisão sob risco - assinala que os indivíduos adultos são racionais, maximizadores de utilidade, e por possuírem função utilidade estritamente côncava, quando se deparam com duas opções de escolha com o mesmo ganho médio, mas diferentes níveis de incerteza, evitam escolher a mais arriscada. Desta forma, comportam-se de maneira avessa ao risco. Aversão ao risco seria, portanto, o caso default em humanos adultos, o mesmo ocorrendo em inúmeras espécies de animais (RODE et al., 1999; BATESON, 2002). No entanto, estudo recente da neurobiologia (McCOY e PLATT, 2005) constatou que macacos, em um experimento envolvendo apostas visuais, se mostravam sistematicamente propensos ao risco. Tais observações apontam na direção da existência de algumas variáveis que influenciam no processo de tomada de decisão e que não foram contempladas pela TUE, entre elas os processos neurais envolvidos na tomada de decisão e o fator aprendizagem. Assim, para se avaliar como estas variáveis afetam as escolhas em humanos, replicou-se os experimentos realizados anteriormente por McCoy e Platt (2005) em crianças. O intuito era avaliar se a aversão ao risco é uma característica inata ao indivíduo ou se variáveis como aprendizagem e características biológicas e psico-neurológicas influenciam na formação destas preferências. Os resultados obtidos indicaram, então, que, de maneira semelhante aos macacos, as crianças se mostraram propensas ao risco e que experiências passadas, conforme sugerido pela Teoria da Aprendizagem, possuem significativa participação no processo de aversão ao risco em humanos. Além disso, sexo, indivíduos caracterizados como de comportamento agressivo e a razão entre o tamanho dos dedos indicadores e anelares, um indício do nível de testosterona intra-uterina, também revelaram-se fatores importantes no processo. The Expected Utility Theory (EUT) - economic theory that dominates the analysis of decision making under risk - indicates that adult humans are rational, maximizers of utility , and because they present a strict concave utility function, when confronted with two options of the same mean value but differing in uncertainty, adult humans typically avoid choosing the risky option. Thus, they seem to be risk averse. Aversion to the risk would be, therefore, the case default in adult human, the same was observed in many species of animals (RODE et al., 1999; BATESON, 2002). However, a recent neurobiology study (McCOY and PLATT, 2005) showed that monkeys systematically prefer the risky targets in a visual gambling task. These observations point in the direction of the existence of some variables that influence decision-making process and that were not contemplated by the EUT. Thus, to assess how these variables affect the choices in humans we pretend to replicate in children, the same experiments carried out previously by McCoy and Platt (2005). The intention would be to evaluated if risk aversion is an innate characteristic to the individual or if such variables like learning and biological and psycho-neurological characteristics could influence the formation of these preferences. The results indicates that, in similar way to monkeys, the children shown to be risk prone and that past experiences, as suggested by the Theory of Learning, had significant participation in the process of aversion to risk in humans. Furthermore, sex, an aggressive behavior and the ratio between the size of the second and fourth fingers, an indicative of the level of intra-uterine testosterone, also proved to be important factors in the process.
4

Aspectos da visão de engenheiros do processo de tomada de decisões em Organizações de Engenharia no Brasil : uma pesquisa empirica

Gazoni, Luiz Carlos January 1980 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de São Paulo. Faculdade de Economia e Administração, Departamento de Administração / Made available in DSpace on 2013-07-15T20:24:38Z (GMT). No. of bitstreams: 0
5

Fatores condicionantes na estruturação de uma gestão estratégica da informação

Ayres, Nilce Miranda January 2000 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. / Made available in DSpace on 2012-10-17T22:45:54Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-25T17:48:50Z : No. of bitstreams: 1 171966.pdf: 5395355 bytes, checksum: 0e5b11daba818eab6e98b7b66865afcd (MD5) / Identificação dos fatores que condicionam o estabelecimento de uma administração estratégica da informação, de forma que os dados organizacionais, tratados pelas tecnologias de informação apropriadas, possam se transformar em informações de valor à gestão. Para dispor de informações relevantes, corretas, na forma necessária e no momento oportuno, não basta só a tecnologia da informação; outros fatores precisam ser gerenciados para que a informação seja realmente um recurso da ação administrativa nas organizações. Visando identificar quais fatores, além da tecnologia, condicionam a transformação de dados em informações de valor, para a gestão, o presente estudo elaborou uma revisão e consolidação da literatura, vinculada à gestão da informação, tomando por base as dimensões de análise adotadas por Davenport (1998) e McGee & Prusak (1994). Os fatores então identificados foram avaliados usando-se um estudo de caso em administração de dados, numa grande empresa, vivenciado pela própria autora da pesquisa. Identifica-se, ao final da pesquisa, que respondem pelo sucesso de uma administração estratégica da informação, além da tecnologia, aspectos vinculados à estratégia de informação estabelecida, à definição da arquitetura de informações, à cultura organizacional em relação à informação, aos processos de engenharia da informação adotados e ao suporte das equipes especializadas.
6

A tomada de decisão individual e em grupo

Prates, Wlademir Ribeiro January 2012 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Administração / Made available in DSpace on 2013-03-04T18:16:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 305449.pdf: 1412178 bytes, checksum: f8a826fe0f5635b16ab7d19f52f5e1b0 (MD5) / O efeito disposição é realmente uma anomalia presente no processo de tomada de decisão? O efeito disposição surgiu do efeito reflexo a partir da teoria do prospecto (KAHNEMAN e TVERSKY, 1979). Este efeito refere-se à disposição dos indivíduos em vender rapidamente ativos ganhadores e em manter por um longo período ativos perdedores (SHEFRIN e STATMAN, 1985). Uma lacuna nos estudos de finanças comportamentais refere-se à análise da racionalidade na tomada de decisão entre indivíduos e grupos. Dessa forma, o presente estudo buscou verificar se (i) os indivíduos são afetados pelo efeito disposição em simulações do mercado de capitais e (ii) analisar se grupos são mais ou menos enviesados do que indivíduos no que tange a presença do efeito disposição. A importância de verificar se grupos são mais ou menos expostos ao efeito disposição que indivíduos está no fato de que muitas decisões cotidianas são tomadas por grupos e não por indivíduos (em empresas, universidades, famílias) (KOCHER e SUTTER, 2005). Nesta pesquisa foram realizados experimentos com 174 estudantes universitários. Os estudantes participaram de simulações de investimentos, tomando decisões individualmente, em duplas e trios. Os resultados mostraram que os indivíduos estão expostos à presença do efeito disposição, no entanto, esta exposição parece ser amenizada à medida que mais componentes são adicionados aos grupos. As duplas e trios não apresentaram efeito disposição estatisticamente significativo. Dessa forma, conclui-se que os grupos tendem a decidir de forma menos enviesada, pois foram mais avessos ao risco nas decisões com ativos que sofreram depreciação de valor. Assim, os grupos se aproximaram mais do que seria previsto pela teoria da utilidade esperada. / Is the disposition effect truly a present anomaly in decision making? The disposition effect arose from the reflection effect in the prospect theory (KAHNEMAN e TVERSKY, 1979). This effect refers to the investor's willingness to quickly sell winner assets and keep loser assets for a long period (SHEFRIN e STATMAN, 1985). A gap in behavioral finance studies is about the analysis of rationality in decision making among individuals and groups. Thus, this study sought to verify if (i) individuals are affected by the disposition effect in stock market simulations and (ii) to analyze whether groups are more or less biased than individuals regarding the presence of the disposition effect. The importance of checking whether groups are more or less exposed to the disposition effect than individuals is based in the fact that many daily decisions are taken by groups and not by individuals (in companies, universities, families) (KOCHER e SUTTER, 2005). In this research, 174 undergraduate students participated of experimental sessions. The students participated of investment simulations, where they took decisions individually, in pairs and in groups of three. The results showed that individuals are exposed to the presence of the disposition effect; however, this exposure appears to be attenuated when more components are added to the groups. The pairs and trios did not show a statistically significant disposition effect. This way, it is possible to conclude that there is a trend in group decision making in being less biased, because they were more risk averse in decisions with loser stocks. Thus, groups are closer than individuals about what would be predicted in the expected utility theory.
7

Julgamento relacionado às contingências

Poeta, Fabiana Zandonai January 2012 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Contabilidade / Made available in DSpace on 2013-06-25T21:16:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 309351.pdf: 927786 bytes, checksum: 6c3348e571438275e6749411678cce9b (MD5) / O aumento do julgamento e da subjetividade, por meio dos diversos pronunciamentos emitidos pelos órgãos reguladores, requer que os contadores e gestores apliquem seus conhecimentos e estimativas em prol de uma contabilidade mais realista e menos sujeita a regras impostas. A mensuração das contingências é um exemplo de situação que envolve a interpretação de probabilidades. Diante disso, o objetivo geral é verificar como ocorre a interpretação dos termos de probabilidade do CPC 25 e se existem diferenças ou preferências entre as interpretações feitas a partir destes termos para probabilidades numéricas e, vice-versa, a partir de probabilidades numéricas para os termos provável, possível e remota. Para isso, foram elaborados dois testes, em que os respondentes encontraram situações que envolviam decisões relacionadas às contingências, os testes foram elaborados com base nos estudos de Du e Stevens (2011); Du, Stevens e McEnroe (2011); Aharony e Dotan (2004) e de Tsakumis (2007). Foram selecionados para a amostra os estudantes de graduação em Ciências Contábeis de uma universidade federal, que estivessem cursando 5ª fase ou superior. Compuseram a amostra 174 estudantes. Para verificar as interpretações partindo-se de termos verbais para probabilidades numéricas, os estudantes foram solicitados a responder qual a sua percepção a respeito das três regiões de probabilidade, marcando suas escolhas em uma escala de 0 a 100%. Para verificar as interpretações a partir de probabilidades numéricas para os termos verbais, os participantes eram solicitados a decidir qual o termo que melhor descrevia cada probabilidade numérica, escolhendo entre "remota", "possível" e "provável". Com base nos objetivos específicos, foram elaboradas três hipóteses de pesquisas, que, após a obtenção das respostas dos estudantes, foram testadas estatísticamente, utilizando-se o Teste U de Mann-Whitney, Teste de Levene, dentre outras. Os resultados demonstram que as médias no ponto X não são estatisticamente diferentes entre os dois tipos de testes. Por outro lado, as médias do ponto Y são consideradas estatisticamente diferentes entre os testes. Do mesmo modo, a variância no ponto X não foi estatisticamente diferente entre os dois testes. No entanto, as variâncias do ponto Y se apresentaram estatisticamente maiores na tradução verbal para numérica. Na questão pós-experimental 86% dos estudantes responderam que a inclusão de probabilidades numéricas aos termos utilizados pela norma CPC 25 facilitaria a interpretação das contingências. As evidências sugerem que o uso de julgamento profissional pode não levar a uma solução absolutamente correta, tendo nuances sempre que julgado por diferentes indivíduos e a tradução verbal-numérica e numérica-verbal podem envolver processos de julgamento diferentes e, portanto, podem ter um impacto diferente nos demonstrativos contábeis. / The increase of judgment and subjectivity through the various statements issued by regulatory agencies, requires that accountants and managers apply their knowledge and estimates in favor of an accounting more realistic and less susceptible to imposed rules. The measurement of contingencies is an example of a situation that involves the interpretation of probabilities. Thus, this dissertation aims to verify how the interpretation of the probability terms of CPC 25 occurs and whether there are differences between the preferences or interpretations made from these terms to numerical probabilities, and vice versa, from numerical probabilities to the terms probable, possible and remote. For this, two tests were developed, in which respondents found situations involving decisions related to contingencies, the tests were developed based on studies of Du and Stevens (2011), Du, Stevens and McEnroe (2011), Aharony and Dotan (2004 ) and Tsakumis (2007). Were selected for the sample undergraduate students in Accounting from Federal University of Santa Catarina. The sample consisted in 174 students. To verify the interpretations of terms starting from verbal to numerical probabilities, students were asked to answer what is your perception about the three regions of probability, marking their choices on a scale of 0 to 100%. To verify the interpretations from numerical probabilities to verbal terms, participants were asked to decide on the term that best described each numerical probability, choosing between "remote", "possible" and "probable." Based on the specific objectives were developed three research hypotheses, which, after obtaining the responses of students, were tested statistically, using the U test of Mann-Whitney, Levene Test, and other analyzes. The results show that the means at the point X is not statistically different between the two types of tests. Moreover, the mean point Y are considered statistically different between the test. The variance at point X was not statistically different between the two tests. However, the variances of the point Y was statistically higher in numerical translation. In post-experimental question 86% of the students responded that the inclusion of numerical probabilities to the terms used by the standard 25 CPC would facilitate the interpretation of the contingencies. Evidence suggests that the use of professional judgment may not lead to an absolutely correct solution, with nuances when judged by different individuals and verbal-to-numeric and numeric-to-verbal translation may involve different judgment processes and therefore may have a different impact the financial statements.
8

Visão da decisão gerencial dos enfermeiros administradores do sistema de enfermagem de um hospital universitario

Gerges, Marcia Cruz January 1994 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnologico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção / Made available in DSpace on 2012-10-16T06:26:01Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T19:10:07Z : No. of bitstreams: 1 94753.pdf: 3649237 bytes, checksum: 24fa170d08718dc029646757e4e9e798 (MD5) / Este estudo tem como objetivo identificar a visão da decisão gerencial dos enfermeiros administradores. Utiliza-se como referencial para a análise organizacional a abordagem sistêmica, e os modelos de decisão organizacional racional, político e intuitivo como suporte de análise do processo decisorial. A visão é identificada de acordo com a lógica dominante nos processos decisórios e os tipos de decisões. A metodologia utilizada foi a de análise de conteúdo. Os dados foram coletados através da observação simples, aplicação de questionário e consulta a documentos organizacionais, que eram organizados em notas de observação, notas metodológicas e notas de conteúdo. Como resultado das primeiras análises, descreve-se o macrossistema hospitalar de ensino, o sistema de enfermagem e a população estudada, para um melhor entendimento do contexto onde a decisão é analisada. Em seguida, descreve-se os tipos de decisão e a lógica dominante encontrados nos níveis operacionais, táticos e estratégico do sistema de enfermagem. Os resultados, apontam uma visão de decisão gerencial predominantemente fragmentada, organizativamente racional, coexistindo a lógica da racionalidade técnica, econômica e burocrática e a lógica dos grupos de interesses, e limitada para a inovação e criatividade, compatível com o contexto organizacional em que o sistema está inserido. O estudo focaliza também, as dimensões de centralização e/ou descentralização e autonomia da decisão.
9

A efetividade como critério de avaliação de decisões colegiadas: um estudo comparativo em IES do estado do Pará

Leal, Ivany Coeli Alves January 1996 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Administração. / Made available in DSpace on 2012-10-16T23:36:16Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T20:47:12Z : No. of bitstreams: 1 214498.pdf: 9766455 bytes, checksum: fa5664f8a1d0f617998a2adab55778d4 (MD5)
10

Mapas cognitivos : uma ferramenta de apoio a estruturação de problemas

Montibeller Neto, Gilberto January 1996 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnologico / Made available in DSpace on 2012-10-16T23:43:06Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-08T21:05:48Z : No. of bitstreams: 1 106472.pdf: 4467940 bytes, checksum: 4b8069f822cb74fed83f367e8b8d126c (MD5) / Apresenta uma metodologia de auxílio à estruturação de problemas, os mapas cognitivos. Essa metodologia permite melhor definir o problema, obtendo e relacionando os elementos percebidos e interpretados pelos diversos atores de um processo decisório, apoiando a estruturação de modelos multicritérios nas Metodologias Multicritérios em Apoio à Decisão, MCDA. Os mapas permitem também a geração de conhecimento, já que atuam como uma ferramenta reflexiva sobre o problema. Propõe uma metodologia para identificar os critérios fundamentais, a partir do mapa cognitivo dos atores, a serem utilizados no modelo multicritério. Apresenta um caso prático do uso de tal ferramenta, visando a construção de um modelo multicritério para a avaliação da qualidade de vida nas organizações.

Page generated in 0.0698 seconds