• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 70
  • 3
  • Tagged with
  • 75
  • 34
  • 16
  • 15
  • 15
  • 11
  • 11
  • 11
  • 11
  • 10
  • 9
  • 8
  • 8
  • 8
  • 7
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

O anjo bom e o anjo mau: um estudo sobre identidade(s) prostitucional(ais) no Recife

1999 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T23:16:34Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo9377_1.pdf: 632591 bytes, checksum: 6bfdf37a345265b94028a92414533c80 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 1999 Este trabalho teve como propósito, compreender a(s) formação(ões) identitária(s) das mulheres que sobrevivem da prostituição, objetivando verificar se a dicotomia identitária - o anjo bom e o anjo mau - concorreria de que forma para a formação do processo político organizativo dessas mulheres. A efetivação do estudo tomou como parâmetro a definição de identidade social concebida a partir de um processo dinâmico em que o sujeito se conhece e é reconhecido socialmente. Desta forma, as atividades estruturantes dos agentes na elaboração e produção das representações e identidades demonstram que os indivíduos pensam e representam o mundo mediante referências gestadas no social. Na busca da compreensão das significações sociais que compõem essa construção identitária, aportamo-nos nos estudos acerca do campo representacional como forma de adentrarmos esse dúbio mundo vivido pelas mulheres prostitutas, enquanto anjos bons e maus. Delimitamos como unidade de análise as prostitutas inseridas no foco prostitucional da Rio Branco, área situada na parte histórica da cidade do Recife, como locus privilegiado, histórico e socialmente reconhecido da prostituição
2

O tráfico de mulheres : o caso do tráfico interno de mulheres para fins de exploração sexual no estado do Ceará

12 March 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2018-02-02T23:11:16Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2008-03-12 The crime of trafficking in persons, in its most varied purposes, is the newest form of transnational organised crime which is present in several countries in the world, moving exorbitant sums of money. The illegal trade of women for sexual exploitation is embodies in a lucrative business for criminal groups involved because of the high profits and impunity associated with it. For the traffickers, marketing people is better than market drugs, for example, because people can be used repeatedly, thus having greater durability. This search is available to analyse that mode criminal under four perspectives: a) under overall, it is touched up the trafficking in persons in the world, explaining its more general aspects, as a concept, purpose, species, etc.. b) under national, was conducted an analysis of crime in Brazil, bringing its history, treaties signed and law, among other features such as search, profiles of victims, traffickers, etc.. c) in the state, there was the context of trafficking in the state of Ceará, being made reference to performance of the Office of Combat Trafficking in Persons and Victim Assistance to the State of Ceará, and finally, d) the perspective of internal trafficking of women for sexual exploitation in Ceará, were plotted the profiles of the victims cearenses female and traffickers as well as the form of action of the Square. To illustrate the reality Ceará, two concrete cases were brought occurring in the state of Ceará. O crime de tráfico de pessoas, nas suas mais variadas finalidades, é a mais nova forma de crime organizado transnacional que está presente em diversos países do mundo, movimentando quantias exorbitantes de dinheiro. O comércio ilegal de mulheres para fins de exploração sexual se consubstancia em um negócio lucrativo para os grupos criminosos envolvidos em razão dos altos lucros e da impunidade inerente ao mesmo. Para os traficantes, comercializar pessoas é melhor do que comercializar drogas, por exemplo, pois as pessoas podem ser usadas repetidas vezes, tendo, assim, uma maior durabilidade. A presente pesquisa dispôs-se a analisar referida modalidade criminosa sob quatro perspectivas: a) no âmbito global, abordou-se o tráfico de pessoas no mundo, esclarecendo seus aspectos mais gerais, como conceito, finalidades, espécies, etc.; b) no âmbito nacional, foi realizada uma análise do crime no Brasil, trazendo seu histórico, tratados assinados e legislação interna, dentre outras particularidades como pesquisas, perfis de vítimas, de traficantes, etc.; c) no âmbito estadual, verificou-se o contexto do tráfico no Estado do Ceará, sendo feita referência à atuação do escritório de Combate ao Tráfico de Pessoas e Assistência à Vítima do Estado do Ceará; e, por fim, d) na perspectiva do tráfico interno de mulheres para fins de exploração sexual no Ceará, foram traçados os perfis das vítimas cearenses do sexo feminino e dos traficantes, bem como a forma de atuação das quadrilhas. Para ilustrar a realidade cearense foram trazidos dois casos concretos ocorridos no Estado do Ceará.
3

Soroepidemiologia do virus da hepatite C em grupo de prostitutas e seus clientes da cidade de Santos-SP

1994 (has links)
Made available in DSpace on 2015-12-06T22:56:38Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 1994 BV UNIFESP: Teses e dissertações
4

ESstatuto social da prostituição: uma crítica ao padrão conceitual de positivação atribuído à prostituição contemporânea

14 September 2012 (has links)
Submitted by Israel Vieira Neto (israel.vieiraneto@ufpe.br) on 2015-03-05T12:37:59Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇAO Ana Cristina da Silva.pdf: 1568989 bytes, checksum: c263bca3452df395c59da22420da2696 (MD5) Made available in DSpace on 2015-03-05T12:37:59Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇAO Ana Cristina da Silva.pdf: 1568989 bytes, checksum: c263bca3452df395c59da22420da2696 (MD5) Previous issue date: 2012-09-14 CNPq A partir dos anos de 1990 no Brasil, o tratamento dispensado à questão da prostituição passou por um deslocamento substancial no que se refere à conceituação de seu estatuto social. Esse período marcou o início de um processo de debates que teve seu ponto culminante materializado na elaboração do PL 98/2003, construído numa parceria entre o Deputado Federal que o subscreve e a direção hegemônica do movimento organizado de prostitutas no país. Desde então o destino da prostituição passou a despertar interesses sociais cada vez mais amplos. A concepção do PL 98/2003 é expressão de um novo tipo de militância social, circunscrito ao universo das lutas de mulheres, que busca, a partir da descriminalização e liberalização da atividade, conquistar uma série de direitos para as prostitutas e atribuir efetiva positividade à prostituição. Desse modo, procura retirar a prostituição da esfera criminal e sanitária e inscrevê-la na esfera do trabalho, associada ao turismo e ao entretenimento. Do ponto de vista teórico, a luta pela positivação da prostituição se assenta sob o espectro da crítica aos clássicos movimentos feministas e socialistas, por um lado, e ao terreno das lutas por mudanças políticas [práticas] na defesa da emancipação feminina, por outro. Toda essa tentativa de alteração do estatuto social da prostituição se articula aos impactos das profundas transformações contemporâneas desenvolvidas no mundo do trabalho e somente pode ser entendida se se procura na história social do fenômeno tanto sua exteriorização real quanto sua mistificação e teorização, demonstrando os inúmeros vínculos que ligam a prostituição às relações sociais mais gerais, ou seja, suas conexões intrínsecas ao modo como, no ―mundo dos homens‖, se constrói e se desenvolve a reprodução social. Este estudo, dentro de suas possibilidades, buscará mostrar os alcances e limites da nova proposta de positivação da prostituição a partir de reflexões acerca das determinações históricas e relacionais que marcaram a trajetória da prostituição, além de buscar expor algumas de suas complexas mediações com o poderoso complexo da cultura patriarcal, da ideologia machista e da alienação. Por fim apontaremos para a necessidade da superação da mercantilização da vida, sobretudo a das mulheres, a partir da perspectiva de uma efetiva emancipação humana.
5

Polícia e prostituição feminina em Brasília - um estudo de caso

2003 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2003. Submitted by Tania Milca Carvalho Malheiros (tania@bce.unb.br) on 2009-08-18T13:15:56Z No. of bitstreams: 1 Polícia e Prostituição -tese de doutorado.pdf: 5199928 bytes, checksum: 9df551f5665043da44227915dc15b2f7 (MD5) Rejected by Tania Milca Carvalho Malheiros(tania@bce.unb.br), reason: arquivo errado on 2009-08-18T13:17:04Z (GMT) Submitted by Tania Milca Carvalho Malheiros (tania@bce.unb.br) on 2009-08-18T13:19:52Z No. of bitstreams: 1 Polícia e Prostituição -tese de doutorado.pdf: 5197427 bytes, checksum: 1c6cd1e4053c49486ee72f3417e07fd5 (MD5) Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2009-08-19T12:44:11Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Polícia e Prostituição -tese de doutorado.pdf: 5197427 bytes, checksum: 1c6cd1e4053c49486ee72f3417e07fd5 (MD5) Made available in DSpace on 2009-08-19T12:44:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Polícia e Prostituição -tese de doutorado.pdf: 5197427 bytes, checksum: 1c6cd1e4053c49486ee72f3417e07fd5 (MD5) Previous issue date: 2003 Este trabalho tem como tema a atuação da polícia na esfera da prostituição feminina. A pesquisa, concretizada mediante a observação direta da prática da polícia civil, teve por objetivo levantar e sistematizar informações que permitissem analisar os determinantes, as características e os impactos da intervenção policial nessa esfera. Com a realização do trabalho foi possível constatar que a intervenção dos policiais se dava, freqüentemente, em virtude de conflitos interpessoais, não relacionados, necessariamente, à existência de qualquer delito. Ou seja, o alvo da intervenção policial, muitas vezes, era na prática à prostituição em si e não sua exploração – que o Código Penal Brasileiro tipifica como crime de lenocínio. A atuação da polícia estava marcada pela discricionariedade, a qual era fortemente influenciada, entre outros fatores, pelo imaginário de gênero e pela abordagem moralista da prostituição. A pesquisa mostrou que eram esses valores e não a definição legal dos delitos relacionados à prostituição, ou melhor dizendo, ao lenocínio, que orientavam fundamentalmente a prática policial. Como parte desse exercício discricionário, os policiais tinham adicionalmente a possibilidade de construir o crime e o criminoso, poder que entretanto se esvaía concomitantemente ao encerramento do inquérito policial e a transferência da ação para o âmbito do Judiciário. Há que se destacar, por fim, que os contornos assumidos pela prática da polícia na esfera da prostituição são influenciados também e sobremaneira pelo estigma e abjeção que atingem policiais e prostitutas e perpassam tensamente essa relação. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT This paper has as its subject the performance of the police in the subject of female prostitution. The aim of this research, made upon direct observation of civil police action, was to lift and systematize information that would allow to analyze the determinants, the characteristics and the impact of police intervention in that matter. With the realization of this work, it was possible to verify that police intervention usually occurred because of interpersonal conflicts, not necessarily related to the existence of any crime. In other words, the police action target, a lot of times, was the practice of prostitution in itself and not its exploitation - which is considered a crime by the Brazilian penal code. The police performance was based at its judgment, which was strongly influenced, among other factors, by the common sense over that milieu and the moralist approach to prostitution. This study showed that it was those values and not the legal definition of the crimes related to prostitution - or better saying, its exploitation - that fundamentally guided the police action. As part of that discretional exercise, police also had the possibility to build the crime and the criminal. That power, however, vanished simultaneously to the closing of the police inquiry and the transfer of the lawsuit to the judiciary ambit. It is also important to emphasize that the contours assumed by police practice in the prostitution matter are also very much influenced by the stigma and abjection that reach policemen and prostitutes and intensify that already tense relationship.
6

Corpos em evidencia, pontos em ruas, mundos em pontos : a prostituição na região da Rua Augusta em São Paulo

2000 (has links)
Orientador: Maria Suely Kofes Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas Made available in DSpace on 2017-03-22T07:30:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Pasini, Elisiane.pdf: 10192593 bytes, checksum: f5242dfe4c38530a07e729a647dd1143 (MD5) Previous issue date: 2000 Made available in DSpace on 2017-07-14T19:53:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Pasini_Elisiane_M.pdf: 10192593 bytes, checksum: f5242dfe4c38530a07e729a647dd1143 (MD5) Previous issue date: 2000 Resumo: Este é um estudo antropológico sobre a prostituição feminina em ruas localizadas na região da Rua Augusta na cidade de São Paulo (estado de São Paulo). O trabalho trata de compreender como suas práticas corporais expressam uma "performance" enquanto garota de programa e, ao mesmo tempo, uma divisão entre a vida na prostituição e a vida fora da prostituição - no âmbito familiar, doméstico. Para tanto, a pesquisa apresenta elementos sobre o cotidiano dessas garotas nas ruas de prostituição e sobre o que dizem a respeito de suas vivências extra profissionais. O enfoque principal da dissertação está em seus relacionamentos comerciais e afetivos Abstract: This is an anthropological study of female prostitution in the streets around Augusta Street, city of Sao Paulo (Sao Paulo State). The research seeks to understand how their bodily practices express a perfonnance of themselves as prostitutes, while ate the same time constituting a distinction between life in prostitution and out of it -in their domestic and intimate life. The research thus brings elements of those women's daily lives and their discourse about their nonprofessional activities. The main focus of this dissertation is in their commercial and affectionate relationships Mestrado Mestre em Antropologia
7

Entre boys e frangos: análise das performances de gênero dos homens que se prostituem em Recife

2009 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T22:59:58Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo3723_1.pdf: 2237620 bytes, checksum: e29c21a224afb996684c7d9ed5839eed (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2009 Este estudo analisa as vivências da prostituição masculina e tem como base de análise a pesquisa etnográfica realizada no principal território de prostituição masculina do centro do Recife. Através da observação participante, conversas informais e entrevistas com Boys de programa e outros atores relevantes para compreender o fenômeno da prostituição, busquei reconstruir os processos históricos e psicossociais que levaram os homens investigados ao engajamento no trabalho sexual; analisar o processo de construção dos papéis de gênero na perspectiva dos boys de programa; verificar quais fatores (idade, performances de gênero, raça/cor, fontes privilegiadas de prazer corporal, etc.) encontram-se envolvidos no negócio do sexo. O estudo se fundamentou em teorias construcionistas da sexualidade e do gênero. A análise sugere que as relações sexuais comerciais entre homens estão estruturadas em algumas dicotomias (boy/bicha; ativo/passivo), balizadas pelo fato de alguém supostamente ser penetrado. Acontecimento que vai ganhar diferentes sentidos a partir das marcações de sexogênero e fontes privilegiadas de prazer corporal. O estudo aponta para a centralidade do ânus, no negócio do boy. Se para o boy o ato de penetrar o cliente lhe garante a supremacia de sua masculinidade, inversamente, para o cliente, o fato de penetrar o boy destitui este último da posição de macho viril e dominador. O boy de programa que é comido pelo cliente perde o status de boy e passa a ser reconhecido como frango , por se igualar aos clientes passivos. Sob o peso simbólico de significado sócioculturalmente construído, o ânus enquanto zona proibida para muitos boys de programa deve ser resguardado, a fim de garantir o reconhecimento público de sua masculinidade. Dentro dessa lógica, o homem não se tornará, ou ainda será reconhecido enquanto frango por comer outro homem, mas sim por dar para outro homem . É neste sentido que a região anal se configura enquanto símbolo de força e cobiça. No universo da prostituição masculina, o boy, muitas vezes, cobra e ganha mais para ser penetrado. Socialmente para os boys de programa, o sexo assume uma representação valorativa estabelecida e justificável pela relação de troca e ganho econômico, onde a honra, muitas vezes, parece se concentrar única e exclusivamente no ânus. Esta zona erógena, ainda que simbolicamente, apresenta-se como divisor de águas e fator determinante para as construções de identidades sobre as quais irão se desenvolver os processos estruturadores das performances de gênero que respaldarão as práticas sexuais comerciais
8

Percursos de vida : a prostituição no Porto na década de 60/70

Alves, Ana Maria da Rocha Pereira Cardoso 2009 (has links)
A dissertação que se apresenta, pretende divulgar percuros de vida de mulheres que se prostituíram durante o período do Estado Novo, mais concretamente na década de 60/70, na cidade do Porto.
9

Estudo bibliográfico das atitudes e comportamentos ligados à prostituição da Pré-História aos dias atuais

Rebolho, Ana Claudia Figueiredo. 2015 (has links)
Orientador: Paulo Marçal Rennes Ribeiro Banca: Andreza Marques de Castro Leão Banca: Mary Neide Damico Figueiró Banca: Maria Filomena Teixeira Banca: Luci Regina Muzzeti Resumo: A prostituição, um dos mais antigos fenômenos sociais, pode ser vista por meio de diferentes registros históricos, marcada com traços peculiares de diferentes épocas e culturas. O lado, nem sempre conhecido por muitas pessoas, é que a imagem a respeito delas nem sempre foi a que temos atualmente. Eram admiradas pela inteligência e cultura, e também associadas a deusas, pois manter relações sexuais com elas, para homens de negócio e políticos, era condição primária para adquirirem maior poder e respeito junto à população masculina da época, o que lhes garantiam lugar de destaque. Com o passar dos tempos, seu status mudou de respeitável a condenável, olhar contemporâneo da sociedade sobre as prostitutas. Faz-se necessário, ao pesquisar o referido tema, um olhar desprovido de preconceitos, devido a sua complexidade estar ligada a tabus e regras. Como procedimento metodológico foi utilizado o recurso da Pesquisa Bibliográfica, tendo como referencial teórico, autores que analisam a condição da mulher sob os mais diferentes aspectos, como o sexo, a sexualidade e o ato de se prostituir, tendo ainda como preocupação, não se desvincular da realidade atual, dando voz às prostitutas por meio de livros biográficos editados por elas, que serviram como base para um comparativo com o que é apresentado pela literatura científica. Na busca em dar maior entendimento histórico à questão da prostituição, o objetivo geral deste estudo foi analisar e descrever a trajetória das prostitutas ao longo da história da humanidade. No percurso percorrido durante todo o processo de pesquisa e análise, observou-se uma gama variada de trabalhos que aborda o tema da prostituição voltado para a área da saúde (DSTs, AIDS, HPV), na área jurídica (Projetos de Leis que reivindicam a profissionalização da prostituição), na área histórica (análise documental da história das prostitutas, relacionando-as à história da mulher) e... Abstract: Prostitution is one of the oldest social phenomena known. It can be analyzed through several historical documents and it was highlighted by specific characteristics from different times and cultures. There have always been prostitutes in the world. Prostitutes were admired because of their intelligence and culture. They were also compared to goddesses by men who used to think that having sex with such women would make them be more respected by other men. However, their social status has changed from respectable to reprehensible. Nowadays, people do not see prostitutes as a good thing for society. Based on those changes through the years, it is necessary to study more about this subject without any prejudice because its complexity is related to taboos and social rules. As a methodological procedure, bibliographic research was used as a resource. The theoretical background was the authors who analyzed women's conditions through several aspects like sex, sexuality and prostitution. We had a great concern in not getting disconnected from the present reality, giving voice to the prostitutes through biographic books written by the prostitutes themselves, which served as a basis for comparison with what is presented by the scientific literature. As an attempt to greater historical comprehension of this subject, the main goal of this study is to analyze and describe the route of prostitution in human history. Along the research and analysis process, we could find a great deal of works which deal with the issue of prostitution in the health area (STD, AIDS, HPV), the legal area ( professionalization of prostitution), the historical area (analysis of historical documents about the prostitutes relating them to the women's history) and study cases of specific populations (prostitutes of the north and northeast regions of Brazil due to the poor economic situation of such regions). Although there are many studies... Doutor
10

Prostituição e morte em Maggie : a girl of the streets: uma leitura feminista sobre a Slum fiction norte-americana de Stephen Crane

Conde, Adriana Carvalho. 2014 (has links)
Orientadora: Cleide Antonia Rapucci Banca: Altamir Botoso Banca: Heloisa Helou Doca Banca: Marcio Roberto Pereira Banca: Cátia Inês Negrão Berlini de Andrade Resumo: Esta tese examina a imagem da personagem prostituta em Maggie: A Girl Of The Streets de Stephen Crane, publicado em 1896, focalizando os conceitos da crítica feminista na realização da leitura e interpretação da protagonista Maggie Johnson, o que significa ler a partir da experiência feminina de interpretação, atribuindo novos significados com essa nova leitura, considerando as imagens e estereótipos da mulher na literatura. Pressupomos que a personagem segue modelos de representação do feminino, tradicionalmente difundidos pela literatura, especialmente nas obras naturalistas, em que se elege a "fallen woman" como protagonista de diversas histórias de degradação e morte. Por meio do estudo feito sobre a mulher prostituta na literatura, fomos capazes de refletir a respeito da condição feminina, no século XIX, observando a incapacidade da personagem de se integrar socialmente, entre outros problemas acarretados pela vida degradada que experimenta. Moradora de cortiços, está retratada por Crane em um ambiente selvagem, nesse caso, na cidade de Nova York, em pleno desenvolvimento industrial. Apesar de ser personagem protagonista, o autor acentua o aspecto frágil e ingênuo da personagem, apresentando-a como se fosse intelectual e moralmente inferior, incapaz de atuar contra a fatalidade já predeterminada, realizando uma crítica da situação da mulher trabalhadora naquele contexto. Sabemos que o autor assume postura antagônica a de seus predecessores, românticos, e, por essa razão, caracteriza Maggie enfatizando os conceitos românticos na construção da personagem, no intuito de se opor às regras formais e ideológicas do Romantismo. A característica fundamental de Crane é a ironia presente na narrativa, em que as circunstâncias se mostram mais contraditórias revelando valores morais, do mesmo modo, conflitantes. Analisamos a representação da mulher marginal na literatura, bem como procuramos esclarecer alguns... Abstract: The thesis examines the image of the prostitute in Maggie: A Girl Of The Streets of Stephen Crane, published in 1896 focusing the concepts of feminist criticizes assumed to read and interpret the character Maggie Johnson. It reading from the female experience of interpretation, giving new meaning with this new reading. We assume that the character follows models of representation of women, traditionally widespreaded in the literature, especially in naturalistic works. They elect a "fallen woman" as the protagonist of several stories of degradation and death. Through the study on women prostitutes in the literature, we were able to reflect on the condition of women in the nineteenth century, noting the inability of the character to integrate socially, among other problems caused by life experiences that degraded. Resident of slums is portrayed by Crane in a wild and degrading environment, in this case, the city of New York, in full industrial development. Despite being the protagonist character, the author highlights the fragile and naive aspect of the character, presenting it as if it was morally and intellectually inferior, unable to act against the already predetermined fate, with a critical situation of working women in that context. We know that the author takes an antagonistic stance of his predecessors, romantics, and, therefore, characterizes Maggie emphasizing romantic concepts in building character, in order to oppose the ideological and formal rules of Romanticism. A key feature of Crane's irony in this story, which conditions are more revealing conflicting moral values, similarly conflicting. We analyze the representation of women in marginal literature and seek to clarify some stereotypes that served to represent the woman Doutor

Page generated in 0.0914 seconds