• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 190
  • 4
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 200
  • 91
  • 44
  • 40
  • 36
  • 30
  • 29
  • 29
  • 28
  • 24
  • 21
  • 19
  • 19
  • 18
  • 18
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

O anjo bom e o anjo mau: um estudo sobre identidade(s) prostitucional(ais) no Recife

Da Silva Alcoforado, Elizabeth 1999 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T23:16:34Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo9377_1.pdf: 632591 bytes, checksum: 6bfdf37a345265b94028a92414533c80 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 1999 Este trabalho teve como propósito, compreender a(s) formação(ões) identitária(s) das mulheres que sobrevivem da prostituição, objetivando verificar se a dicotomia identitária - o anjo bom e o anjo mau - concorreria de que forma para a formação do processo político organizativo dessas mulheres. A efetivação do estudo tomou como parâmetro a definição de identidade social concebida a partir de um processo dinâmico em que o sujeito se conhece e é reconhecido socialmente. Desta forma, as atividades estruturantes dos agentes na elaboração e produção das representações e identidades demonstram que os indivíduos pensam e representam o mundo mediante referências gestadas no social. Na busca da compreensão das significações sociais que compõem essa construção identitária, aportamo-nos nos estudos acerca do campo representacional como forma de adentrarmos esse dúbio mundo vivido pelas mulheres prostitutas, enquanto anjos bons e maus. Delimitamos como unidade de análise as prostitutas inseridas no foco prostitucional da Rio Branco, área situada na parte histórica da cidade do Recife, como locus privilegiado, histórico e socialmente reconhecido da prostituição
2

Salvar cordeiros imolados : a gestão do combate à pornografia infantil na internet e a proteção de crianças

Rabelo, Mariana Cintra 15 August 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Antropologia, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, 2013. Submitted by Elna Araújo (elna@bce.unb.br) on 2013-12-04T22:34:05Z No. of bitstreams: 1 2013_MarianaCintraRabelo.pdf: 2753535 bytes, checksum: f2d3427e8b6270273aeba90b9ca30698 (MD5) Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2013-12-10T19:21:15Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_MarianaCintraRabelo.pdf: 2753535 bytes, checksum: f2d3427e8b6270273aeba90b9ca30698 (MD5) Made available in DSpace on 2013-12-10T19:21:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_MarianaCintraRabelo.pdf: 2753535 bytes, checksum: f2d3427e8b6270273aeba90b9ca30698 (MD5) A presente pesquisa tem como proposta compreender dinâmicas práticas e discursivas envolvidas nas apurações, decisões e investigações governamentais referentes à pornografia infantil na Internet. O campo de pesquisa foi o GECOP, Grupo Especial de Combate aos Crimes de Ódio e à Pornografia Infantil na Internet, órgão central do Departamento de Polícia Federal, onde pude realizar uma etnografia da apresentação de si, por meio de explanações e demonstrações protagonizadas por funcionários deste setor institucional. Este trabalho problematiza os meios e formas de construção de um aparato tutelar cujo eixo realiza definições de menoridade, vítima, violência e perigo. As discussões se relevam pelo delineamento de um conjunto de moralidades, articulações em redes de conhecimento que se tensionam, consolidando objetivos e soluções encarnados em trajetórias individuais e institucionais, na perspectiva do GECOP. Assim, vem à tona a constituição de um dever ser de proteção compartilhada sobre menores por idade e sobre a circulação mundializada de suas imagens em linguagens sexual, pornográfica e/ou violenta. A importância empírica da construção e conquista jurídico-penal de territórios para a persecução de crimes perpetrados por meio da internet tornou-se basilar para as análises propostas. A demarcação de fronteiras de atuação, de territórios em vias de reconhecimento e classificação, embasa o empreendimento protetivo que distingue, segrega e redefine as posições entre personagens imbricados no enquadramento da pornografia infantil na internet. Por fim, a discussão recai sobre as formas de caracterização de interações carentes de intervenção policial e como isso se liga à tradução do polo vitimado de tais interações. A operacionalização de individualizações, localizações e desindividualizações se mostra elemento chave para compreensão de como se forjam ferramentas para produção de populações geríveis e como se legitima e institucionaliza ações tutelares. _________________________________________________________________________ ABSTRACT The presented research proposes to comprehend practical and discursive dynamics involved on governmental canvasses, decisions and investigations related to child pornography on internet. The research field was the GECOP (Grupo Especial de Combate aos Crimes de Ódio e à Pornografia Infantil na Internet), an special investigation group of criminal cases of hate and child pornography on internet, inserted on the central administration from Departamento de Polícia Federal (Federal Police Department), where I conducted an ethnography from the group’s self-presentation. This work problematizes the ways and means of constructing a tutelary apparatus, from which underageness, victim, violence and danger are defined. The discussions plan a set of moralities and speeches on knowledge nets, that consolidate objectives and solutions that assume individual and institutional paths on GECOP’s perspective. Thus it comes up the formulation of a shared duty of protection over underage and over the global circulation of their images on a sexual, pornographical or violent frames. The empirical relevance of the building and conquest of criminal legal territories for the prosecution of crimes occurred on the internet became basal for the proposed analysis. The delimitation of actuation territories underlies the protective work that redefines the symbolical footing of pedophiles and victims on child pornography on the internet. Lastly, the discussion focusses on the characterization of situations that demand police intervention and also on the importance of the victim to administrative procedures. The construction of individualizations, localizations and “dis-individualizations” is the key on understanding the production of population’s management and the legitimation of tutelary actions.
3

Profissionais do sexo feminino em três áreas do ceará : fatores que ampliam a vulnerabilidade para DST/AIDS Female sex workers in three areas of Ceará : factors that increase vulnerability to STD / AIDS

Macena, Raimunda Hermelinda Maia 2009 (has links)
MACENA, Raimunda Hermelinda Maia. Profissionais do sexo feminino em três áreas do Ceará : fatores que ampliam a vulnerabilidade para DST/aids. 2009. 66 f. : Tese (doutorado) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, Fortaleza-CE, 2009. Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2011-10-06T15:12:31Z No. of bitstreams: 1 2009_tese_rhmmacena.pdf: 946436 bytes, checksum: 97f25bb2b1f4798105358241461462bb (MD5) Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2011-10-07T16:36:36Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_tese_rhmmacena.pdf: 946436 bytes, checksum: 97f25bb2b1f4798105358241461462bb (MD5) Made available in DSpace on 2011-10-07T16:36:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_tese_rhmmacena.pdf: 946436 bytes, checksum: 97f25bb2b1f4798105358241461462bb (MD5) Previous issue date: 2009 Prostitution can be found in any country, regardless of their level of development. This occupation exposes the individual to a wide range of health risks. This study documents, sectional investigated risk factors for HIV and other STDs among female sex workers in three geographical areas of Ceara. Factors related to socio-demographic profile, knowledge and practices concerning STD / AIDS, prevalence of infection by HIV and Treponema palidum were related to engaging in unprotected sex. The sample consisted of 819 women who reported sexual practice paid within 180 days preceding the survey recruited through snowball in the cities of Fortaleza, Sobral, Juazeiro and Crato, between February and November 2003. The analysis was performed using STATA, version 10.0. The prevalence of HIV and syphillis was 2.1% and 19.5%, respectively. Most are young women (<28anos; 64.6%), brown (61.1%) with incomplete primary education (56.6%), with stable relationships past (44.1%), working in bars (54 2%) and brothels (17.5%) with high frequency of alcohol weekly (44.2%). Sexual behavior reveals involvement in unprotected sex (35.1%). Prostitution was characterized by an average of seven different partners in the last seven (7) days of realiação the study, collection of low values. Prostituição pode ser encontrada em qualquer país, independentemente do seu nível de desenvolvimento. Esta ocupação expõe o indivíduo a uma ampla gama de riscos para a saúde. Este estudo documental, seccional investigou os fatores de risco para HIV e outras DST entre profissionais do sexo feminino em três áreas geográficas do Ceará. Fatores relativos ao perfil sócio-demográfico, conhecimentos e práticas relativas às DST/aids, prevalência da infecção pelo HIV e pelo Treponema palidum foram relacionados ao envolvimento em relações sexuais desprotegidas. A amostra foi constituída por 819 mulheres que referiram prática sexual remunerada nos 180 dias anteriores à pesquisa recrutadas através de snowball nos municípios de Fortaleza, Sobral, Juazeiro do Norte e Crato, entre fevereiro e novembro de 2003. A análise foi realizada através do STATA, versão 10.0. A prevalência de HIV e sífils foi 2,1% e 19,5%, respectivamente. A maioria são mulheres jovens (<28anos; 64,6%), pardas (61,1%), com ensino fundamental incompleto (56,6%), com relacionamentos estáveis anteriores (44,1%), atuando em bares (54,2%) e bordéis (17,5%), com alta frequência de consumo de álcool semanal (44,2%). O comportamento sexual revela envolvimento em relações sexuais desprotegidas (35,1%). A prostituição caracterizou-se por uma média de sete parceiros diferentes nos últimos sete (7) dias da realiação do estudo, cobrança de baixos valores.
4

O tráfico de mulheres : o caso do tráfico interno de mulheres para fins de exploração sexual no estado do Ceará

Costa, Andréia da Silva 12 March 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2018-12-17T23:11:51Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2008-03-12 The crime of trafficking in persons, in its most varied purposes, is the newest form of transnational organised crime which is present in several countries in the world, moving exorbitant sums of money. The illegal trade of women for sexual exploitation is embodies in a lucrative business for criminal groups involved because of the high profits and impunity associated with it. For the traffickers, marketing people is better than market drugs, for example, because people can be used repeatedly, thus having greater durability. This search is available to analyse that mode criminal under four perspectives: a) under overall, it is touched up the trafficking in persons in the world, explaining its more general aspects, as a concept, purpose, species, etc.. b) under national, was conducted an analysis of crime in Brazil, bringing its history, treaties signed and law, among other features such as search, profiles of victims, traffickers, etc.. c) in the state, there was the context of trafficking in the state of Ceará, being made reference to performance of the Office of Combat Trafficking in Persons and Victim Assistance to the State of Ceará, and finally, d) the perspective of internal trafficking of women for sexual exploitation in Ceará, were plotted the profiles of the victims cearenses female and traffickers as well as the form of action of the Square. To illustrate the reality Ceará, two concrete cases were brought occurring in the state of Ceará. O crime de tráfico de pessoas, nas suas mais variadas finalidades, é a mais nova forma de crime organizado transnacional que está presente em diversos países do mundo, movimentando quantias exorbitantes de dinheiro. O comércio ilegal de mulheres para fins de exploração sexual se consubstancia em um negócio lucrativo para os grupos criminosos envolvidos em razão dos altos lucros e da impunidade inerente ao mesmo. Para os traficantes, comercializar pessoas é melhor do que comercializar drogas, por exemplo, pois as pessoas podem ser usadas repetidas vezes, tendo, assim, uma maior durabilidade. A presente pesquisa dispôs-se a analisar referida modalidade criminosa sob quatro perspectivas: a) no âmbito global, abordou-se o tráfico de pessoas no mundo, esclarecendo seus aspectos mais gerais, como conceito, finalidades, espécies, etc.; b) no âmbito nacional, foi realizada uma análise do crime no Brasil, trazendo seu histórico, tratados assinados e legislação interna, dentre outras particularidades como pesquisas, perfis de vítimas, de traficantes, etc.; c) no âmbito estadual, verificou-se o contexto do tráfico no Estado do Ceará, sendo feita referência à atuação do escritório de Combate ao Tráfico de Pessoas e Assistência à Vítima do Estado do Ceará; e, por fim, d) na perspectiva do tráfico interno de mulheres para fins de exploração sexual no Ceará, foram traçados os perfis das vítimas cearenses do sexo feminino e dos traficantes, bem como a forma de atuação das quadrilhas. Para ilustrar a realidade cearense foram trazidos dois casos concretos ocorridos no Estado do Ceará.
5

Marias sem glória: retratos da prostituição feminina na Salvador das primeiras décadas republicanas

Mendonça, Carolina Silva Cunha de 2014 (has links)
Submitted by PPGH null (poshisto@ufba.br) on 2017-06-26T14:33:56Z No. of bitstreams: 1 Dissertação Carolina.pdf: 1540853 bytes, checksum: 1922c0ea9526940f4c0ab1eeb992e8f8 (MD5) Approved for entry into archive by Uillis de Assis Santos (uillis.assis@ufba.br) on 2017-06-29T11:51:49Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertação Carolina.pdf: 1540853 bytes, checksum: 1922c0ea9526940f4c0ab1eeb992e8f8 (MD5) Made available in DSpace on 2017-06-29T11:51:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação Carolina.pdf: 1540853 bytes, checksum: 1922c0ea9526940f4c0ab1eeb992e8f8 (MD5) CNPq Esta dissertação busca discutir como foi retratada a prostituição feminina em Salvador, no período de 1889 a 1920, durante a Primeira República, através da análise de teses médicas da Faculdade de Medicina da Bahia, artigos acadêmicos de médicos e juristas, apreciações do Código Penal de 1890 – suas alterações e comentadores – e notícias de jornais do período sobre o cotidiano da prostituição na primeira capital do Brasil. Questões como a incidência da sífilis, a regulamentação da prostituição, o crime de lenocínio e o chamado tráfico de escravas brancas são levantadas para compreender quais preocupações circundavam os debates de médicos, juristas, legisladores, jornalistas e policiais, no que dizia respeito ao comércio sexual.
6

ESstatuto social da prostituição: uma crítica ao padrão conceitual de positivação atribuído à prostituição contemporânea

Silva, Ana Cristina Oliveira da 14 September 2012 (has links)
Submitted by Israel Vieira Neto (israel.vieiraneto@ufpe.br) on 2015-03-05T12:37:59Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇAO Ana Cristina da Silva.pdf: 1568989 bytes, checksum: c263bca3452df395c59da22420da2696 (MD5) Made available in DSpace on 2015-03-05T12:37:59Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇAO Ana Cristina da Silva.pdf: 1568989 bytes, checksum: c263bca3452df395c59da22420da2696 (MD5) Previous issue date: 2012-09-14 CNPq A partir dos anos de 1990 no Brasil, o tratamento dispensado à questão da prostituição passou por um deslocamento substancial no que se refere à conceituação de seu estatuto social. Esse período marcou o início de um processo de debates que teve seu ponto culminante materializado na elaboração do PL 98/2003, construído numa parceria entre o Deputado Federal que o subscreve e a direção hegemônica do movimento organizado de prostitutas no país. Desde então o destino da prostituição passou a despertar interesses sociais cada vez mais amplos. A concepção do PL 98/2003 é expressão de um novo tipo de militância social, circunscrito ao universo das lutas de mulheres, que busca, a partir da descriminalização e liberalização da atividade, conquistar uma série de direitos para as prostitutas e atribuir efetiva positividade à prostituição. Desse modo, procura retirar a prostituição da esfera criminal e sanitária e inscrevê-la na esfera do trabalho, associada ao turismo e ao entretenimento. Do ponto de vista teórico, a luta pela positivação da prostituição se assenta sob o espectro da crítica aos clássicos movimentos feministas e socialistas, por um lado, e ao terreno das lutas por mudanças políticas [práticas] na defesa da emancipação feminina, por outro. Toda essa tentativa de alteração do estatuto social da prostituição se articula aos impactos das profundas transformações contemporâneas desenvolvidas no mundo do trabalho e somente pode ser entendida se se procura na história social do fenômeno tanto sua exteriorização real quanto sua mistificação e teorização, demonstrando os inúmeros vínculos que ligam a prostituição às relações sociais mais gerais, ou seja, suas conexões intrínsecas ao modo como, no ―mundo dos homens‖, se constrói e se desenvolve a reprodução social. Este estudo, dentro de suas possibilidades, buscará mostrar os alcances e limites da nova proposta de positivação da prostituição a partir de reflexões acerca das determinações históricas e relacionais que marcaram a trajetória da prostituição, além de buscar expor algumas de suas complexas mediações com o poderoso complexo da cultura patriarcal, da ideologia machista e da alienação. Por fim apontaremos para a necessidade da superação da mercantilização da vida, sobretudo a das mulheres, a partir da perspectiva de uma efetiva emancipação humana.
7

A difícil vida fácil: o mundo da prostituição e suas representações na cidade de Manaus (1890-1925)

Lira, Bárbara Rebeka Gomes de 8 May 2014 (has links)
Submitted by Elaine Lucia (lucia.elaine@live.com) on 2015-06-01T18:02:53Z No. of bitstreams: 1 Dissertação - Bárbara Rebeka Gomes de Lira.pdf: 286957 bytes, checksum: 46f7fa13381f87b49a66f3379dede750 (MD5) Approved for entry into archive by Divisão de Documentação/BC Biblioteca Central (ddbc@ufam.edu.br) on 2015-06-02T18:09:32Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertação - Bárbara Rebeka Gomes de Lira.pdf: 286957 bytes, checksum: 46f7fa13381f87b49a66f3379dede750 (MD5) Approved for entry into archive by Divisão de Documentação/BC Biblioteca Central (ddbc@ufam.edu.br) on 2015-06-02T18:49:09Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertação - Bárbara Rebeka Gomes de Lira.pdf: 286957 bytes, checksum: 46f7fa13381f87b49a66f3379dede750 (MD5) Made available in DSpace on 2015-06-02T18:49:09Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação - Bárbara Rebeka Gomes de Lira.pdf: 286957 bytes, checksum: 46f7fa13381f87b49a66f3379dede750 (MD5) Previous issue date: 2014-05-08 CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior This dissertation aims to analyze the representations of the prostitution practice in Manaus city, in the late 19th century and early 20th. Aiming to comprehend the everyday of associations and images produced about prostitution, in which places the sexual commerce was established, the debates presented about the theme and the medical-hygienists and police interferences faced by the prostitutes. The narrative is built from the representations constructed by subjects from another time, through the local journals, public repartitions reports, police chiefdoms registers and medical records. Searching in these evidences, the prostitute women which were still mothers, daughters and wives, and in the streets or houses offered their sexual services as a merchandise. The everyday of (in) tolerance is presented in the moment in which the behavior patterns were forced: the luxury prostitution is masquerade as a necessary evil by the same authorities that condemned the miserable prostitution and tried to abolish the practice. The recidivists images of prostitution in Manaus present various forms of representation, revealing the phantasmagorical projections and resistance practices. Esta dissertação tem como objetivo analisar as representações da prática da prostituição na cidade de Manaus, no final do século XIX e início do XX, bem como compreender o cotidiano de associações e imagens produzidas sobre a prostituição, em quais lugares o comércio sexual era estabelecido, os debates apresentados sobre o tema e as interferências médico-higienistas e policiais enfrentadas pelas prostitutas. A narrativa é fundamentada a partir das representações construídas pelos sujeitos de outro tempo, através dos jornais locais, relatórios de repartições públicas, registros de Chefaturas de polícia e fichas médicas, buscando nesses indícios, as mulheres prostitutas que também eram mães, filhas e esposas, e que nas ruas ou nas casas ofereciam seus serviços sexuais como mercadoria. O cotidiano de (in) tolerância é apresentado no momento em que padrões de comportamentos eram impostos: a prostituição de luxo é mascarada como “mal-necessário” pelas mesmas autoridades que condenavam a prostituição miserável e tentavam abolir a prática. As imagens reincidentes da prostituição em Manaus mostram diversas formas de representações, revelando as projeções fantasmagóricas e as práticas de resistência.
8

Violência contra as mulheres trabalhadoras do sexo e vulnerabilidade ao HIV/AIDS em 10 cidades brasileiras

Lima, Francisca Sueli da Silva 7 April 2016 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2016. Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-06-03T16:38:41Z No. of bitstreams: 1 2016_FranciscaSuelidaSilvaLima.pdf: 2004300 bytes, checksum: a969e2f46444c9365ea4729dd7f78327 (MD5) Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2016-07-26T11:20:53Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_FranciscaSuelidaSilvaLima.pdf: 2004300 bytes, checksum: a969e2f46444c9365ea4729dd7f78327 (MD5) Made available in DSpace on 2016-07-26T11:20:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_FranciscaSuelidaSilvaLima.pdf: 2004300 bytes, checksum: a969e2f46444c9365ea4729dd7f78327 (MD5) A violência contra mulher é um tema explorado por estudiosos do mundo inteiro e embora seja há décadas reconhecida por órgãos internacionais como um problema de saúde pública global e uma violação aos direitos humanos, a violência contra as mulheres trabalhadoras do sexo (MTS) permanece à margem ou oculta na maioria dos estudos sobre a violência contra a mulher. A associação entre violência contra a mulher e HIV nos últimos anos despertou maior interesse de pesquisadores. Nessa perspectiva vêm sendo produzidos estudos com MTS em diversas partes do mundo e tem revelado que a violência praticada por distintos autores em suas mais variadas manifestações, bem como, a interface com outras vulnerabilidades presentes no mercado do sexo, como o uso de drogas lícitas e ilícitas, constituem barreiras para a prática de sexo seguro. As consequências incluem o risco de HIV, além de sequelas físicas, psicológicas e mortes. Este estudo tem por objetivo caracterizar a violência contra as MTS brasileiras e verificar possível associação com fatores de vulnerabilidade ao HIV. O método utilizado foi um estudo transversal com base em dados de 2.523 MTS de dez cidades brasileiras, recrutadas pelo método Respondent-Driven Sampling (RDS). Os resultados mostraram que a prevalência de violência verbal nos últimos 12 meses foi 59,5%; violência física (VF) nos últimos doze meses 38,1% e violência sexual na vida 37,8%. VF por parceiro íntimo, 25,2%; por clientes, 11,7%. Dentre os fatores associados à VF, encontram-se: idade < 30 anos (OR= 2,27; IC 95%=1,56-3,29); uso de drogas (OR= 2,02; IC 95%=1,54-2,65); valor do programa até R$ 29,00 (OR= 1,51; IC95%=1,07-2,13). Entre os fatores associados à violência física por parceiro íntimo estão: o uso inconsistente do preservativo (OR= 1,99, IC95%= 1,27-3,11, p= 0,00) e idade < de 30 anos (OR=1,92, IC95%=1,23-2,99, p=0,00). Ter menos de 30 anos também se mostrou associado à violência física cometida por cliente (OR=2,24, IC95%=1,24-3,75, p=0,00); valor do programa até R$ 29,00 está entre os fatores associados a este tipo de violência (OR=2,09, IC95%=129-3,38, p=0,00). O uso de drogas foi associado de forma significativa com todos os tipos de violência e perpetradores, entre tais, a violência física por policial (OR=2,54, IC95%=1,61-3,39, p=0,00) Conclui-se que as MTS brasileiras vivenciam uma carga desproporcional de violência e que além da própria violência, a maioria dos fatores associados a esta se constituem em possíveis barreiras para práticas de sexo seguras e consequentemente pode torná-las mais vulneráveis ao HIV. _______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT Violence against women is a topic explored by scholars worldwide. Although it has been recognized for decades by international bodies as a global public health problem and a violation of human rights, violence against female sex workers (FSW) remains marginalized or hidden in most studies on the topic. The association between violence against women and HIV in recent years aroused great interest of researchers. From this perspective, many studies with FSW were conducted in different parts of the world revealing that violence perpetrated by different social actors and their various manifestations, as well as other vulnerabilities present in the commercial sex scene, as the use of legal and illegal substances, altogether constitute barriers to safer sex. Consequences include the risk of HIV, as well as physical and psychological sequelae, and eventually deaths. This study aims to characterize violence against Brazilian FSW and verify possible association with factors of vulnerability to HIV. As a method, we used a cross-sectional design based on data from 2,523 FSW in ten Brazilian cities, recruited by Respondent-Driven Sampling (RDS). Results showed that the prevalence of verbal violence in the last 12 months was 59.5%; physical violence in the last 12 months (PhV) 38.1%. Sexual violence in the life-time was reported by 37.8%. Prevalence of PhV perpetrated by intimate partner was 25.2% and by clients, 11.7%. Factors associated to PhV were: age <30 years old (OR 2.27, 95% CI = 1.56 - 3.29); drug use (OR= 2.02, 95% CI = 1.54 to 2.65); price of sex work
9

Polícia e prostituição feminina em Brasília - um estudo de caso

Rodrigues, Marlene Teixeira 2003 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2003. Submitted by Tania Milca Carvalho Malheiros (tania@bce.unb.br) on 2009-08-18T13:15:56Z No. of bitstreams: 1 Polícia e Prostituição -tese de doutorado.pdf: 5199928 bytes, checksum: 9df551f5665043da44227915dc15b2f7 (MD5) Rejected by Tania Milca Carvalho Malheiros(tania@bce.unb.br), reason: arquivo errado on 2009-08-18T13:17:04Z (GMT) Submitted by Tania Milca Carvalho Malheiros (tania@bce.unb.br) on 2009-08-18T13:19:52Z No. of bitstreams: 1 Polícia e Prostituição -tese de doutorado.pdf: 5197427 bytes, checksum: 1c6cd1e4053c49486ee72f3417e07fd5 (MD5) Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2009-08-19T12:44:11Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Polícia e Prostituição -tese de doutorado.pdf: 5197427 bytes, checksum: 1c6cd1e4053c49486ee72f3417e07fd5 (MD5) Made available in DSpace on 2009-08-19T12:44:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Polícia e Prostituição -tese de doutorado.pdf: 5197427 bytes, checksum: 1c6cd1e4053c49486ee72f3417e07fd5 (MD5) Previous issue date: 2003 Este trabalho tem como tema a atuação da polícia na esfera da prostituição feminina. A pesquisa, concretizada mediante a observação direta da prática da polícia civil, teve por objetivo levantar e sistematizar informações que permitissem analisar os determinantes, as características e os impactos da intervenção policial nessa esfera. Com a realização do trabalho foi possível constatar que a intervenção dos policiais se dava, freqüentemente, em virtude de conflitos interpessoais, não relacionados, necessariamente, à existência de qualquer delito. Ou seja, o alvo da intervenção policial, muitas vezes, era na prática à prostituição em si e não sua exploração – que o Código Penal Brasileiro tipifica como crime de lenocínio. A atuação da polícia estava marcada pela discricionariedade, a qual era fortemente influenciada, entre outros fatores, pelo imaginário de gênero e pela abordagem moralista da prostituição. A pesquisa mostrou que eram esses valores e não a definição legal dos delitos relacionados à prostituição, ou melhor dizendo, ao lenocínio, que orientavam fundamentalmente a prática policial. Como parte desse exercício discricionário, os policiais tinham adicionalmente a possibilidade de construir o crime e o criminoso, poder que entretanto se esvaía concomitantemente ao encerramento do inquérito policial e a transferência da ação para o âmbito do Judiciário. Há que se destacar, por fim, que os contornos assumidos pela prática da polícia na esfera da prostituição são influenciados também e sobremaneira pelo estigma e abjeção que atingem policiais e prostitutas e perpassam tensamente essa relação. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT This paper has as its subject the performance of the police in the subject of female prostitution. The aim of this research, made upon direct observation of civil police action, was to lift and systematize information that would allow to analyze the determinants, the characteristics and the impact of police intervention in that matter. With the realization of this work, it was possible to verify that police intervention usually occurred because of interpersonal conflicts, not necessarily related to the existence of any crime. In other words, the police action target, a lot of times, was the practice of prostitution in itself and not its exploitation - which is considered a crime by the Brazilian penal code. The police performance was based at its judgment, which was strongly influenced, among other factors, by the common sense over that milieu and the moralist approach to prostitution. This study showed that it was those values and not the legal definition of the crimes related to prostitution - or better saying, its exploitation - that fundamentally guided the police action. As part of that discretional exercise, police also had the possibility to build the crime and the criminal. That power, however, vanished simultaneously to the closing of the police inquiry and the transfer of the lawsuit to the judiciary ambit. It is also important to emphasize that the contours assumed by police practice in the prostitution matter are also very much influenced by the stigma and abjection that reach policemen and prostitutes and intensify that already tense relationship.
10

Rotas do desejo

Venson, Anamaria Marcon 2009 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História Made available in DSpace on 2012-10-24T13:28:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 262291.pdf: 4012195 bytes, checksum: 05d714fe786ffa0fef2af8a414c4f171 (MD5) A proposta desta pesquisa é dotar de historicidade o momento da emergência de certa configuração discursiva que tornou possível a visibilidade do tráfico de mulheres brasileiras para o comércio de sexo na Espanha. O objeto da investigação são formulações discursivas que constituíram o tráfico de pessoas como um problema na virada dos séculos XX e XXI. As fontes da pesquisa são notícias veiculadas na Folha de São Paulo, jornal brasileiro de mais ampla circulação, e no El País, jornal espanhol de maior difusão. O recorte temporal é o espaço entre 1997 e 2007, período em que as referências ao tráfico ganharam regularidade no discurso midiático. A modalidade de tráfico mais noticiada nos dois periódicos foi o tráfico de mulheres para exploração sexual e este dado não constitui simples evidência da realidade, mas é efeito de certa maneira de entender as mulheres, a prostituição e as migrações contemporâneas. The intent of this research is to historicize the moment when the issue of trafficking in women for sexual exploitation was raised in media coverage in Brazil and in Spain. The object of the investigation is discourses that constituted human trafficking as a problematic phenomenon around the turn of the twenty first century. The sources are news reports from two widely-read newspapers, Brazil's Folha de São Paulo, and Spain's El País, analysed using a comparative approach. The time outlined is the period in between 1997 and 2007, which is when references to trafficking were made regularly in the media discourse. The most widely-reported modality of trafficking was the trafficking in women for sexual exploitation, and this information does not constitute simple evidence of reality, but rather is the result of a certain way of understanding women, prostitution and contemporary migration.

Page generated in 0.0641 seconds