• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 234
  • 13
  • 13
  • 13
  • 12
  • 9
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 238
  • 238
  • 54
  • 49
  • 41
  • 41
  • 34
  • 33
  • 32
  • 30
  • 28
  • 25
  • 24
  • 23
  • 22
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Um estudo dialógico sobre narrativas identitárias de mulheres jovens no contexto de coletivos lésbicos-bissexuais feministas

Camilo, Adriana Almeida 11 June 2010 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2010. / Submitted by wiliam de oliveira aguiar (wiliam@bce.unb.br) on 2011-06-20T17:36:59Z No. of bitstreams: 1 2010_AdrianaAlmeidaCamilo.pdf: 829841 bytes, checksum: fd64e8f5c4d133fc93b4909d385590a0 (MD5) / Approved for entry into archive by Guilherme Lourenço Machado(gui.admin@gmail.com) on 2011-06-21T13:51:20Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_AdrianaAlmeidaCamilo.pdf: 829841 bytes, checksum: fd64e8f5c4d133fc93b4909d385590a0 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-06-21T13:51:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_AdrianaAlmeidaCamilo.pdf: 829841 bytes, checksum: fd64e8f5c4d133fc93b4909d385590a0 (MD5) / Esta dissertação investiga as narrativas identitárias de jovens mulheres que se identificam como lésbicas e bissexuais, no contexto de coletivos autônomos feministas do Distrito Federal. Os coletivos autônomos apresentam especificidades e estruturas de organização próprias, tendendo à descentralização e às estruturas colegiadas, além de um caráter eminentemente político, configurando-se como tentativas de diferenciação e oposição à prática política partidária convencional. A pesquisa fundamenta-se na articulação das seguintes abordagens: a psicologia histórico-cultural, a perspectiva dialógica do self; a epistemologia qualitativa e os estudos de subjetividade e ação sociopolítica contemporânea. Partimos de uma perspectiva que considera o desenvolvimento da (o) jovem em contexto sócio-cultural e que preconiza tanto a unidade quanto a multiplicidade do self; as continuidades, assim como as transformações, em uma rede dialógica e narrativa de significados. O presente trabalho tem como objetivos: identificar como jovens, no contexto de coletivos autônomos feministas, constroem significações acerca de si, do mundo e de suas ações sociopolíticas por meio de narrativas; interpretar as narrativas autobiográficas de jovens que integram estes coletivos, com foco analítico em eventos significados como marcadores de trajetória e em processos dialógicos de reorganização e autoregulação psíquica frente à novidade; identificar as especificidades das articulações em redes e das ações afirmativas empreendidas por essas jovens e seus grupos. A construção das informações ocorreu a partir de metodologias qualitativas e interpretativas, contando com: 16 meses de observações etnográficas das interações, em distintos espaços de ação sociopolítica, com registro em diário de campo; análise de documentos dos três grupos participantes, com foco nos registros virtuais; e entrevistas narrativas autobiográficas com 2 jovens, integrantes ou recém saídas dos coletivos. As narrativas construídas no contexto interacional da pesquisa subsidiaram as análises, organizadas em dois momentos: no primeiro momento, denominado dimensão macrocontextual, privilegiamos aspectos como composição, histórico e autodefinição; bem como as articulações dos grupos participantes em redes de apoio e colaboração. No segundo momento, por sua vez, realizamos análises microgenéticas dos fluxos de posicionamentos identitários, a partir das entrevistas narrativas autobiográficas. A análise das entrevistas inclui negociações eu-outro no contexto da entrevista e análise microgenética de momentos de cada entrevista, com foco em significações sobre eventos marcadores de trajetória e processos dialógicos de reorganização e autoregulação psíquica diante da novidade. As narrativas construídas no contexto interacional da pesquisa sinalizam ligações entre a inserção em coletivos autônomos feministas e ressignificações das formas de vivenciar as identidades de gênero e sexual. As análises apontam para processos de adesão e resistência ao fazer político, conectados às tensões entre as representações de identidades sexuais - sustentadas como posições políticas na defesa de direitos sociais - e o complexo e múltiplo exercício da sexualidade. As análises microgenéticas das entrevistas, focadas nas relações entre os posicionamentos identitários, indicam a coerência interna como um processo de reorganização psíquica, dinâmico e mutável, continuamente atualizado e circunscrito em termos temporais e contextuais. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The present work investigates the identity narratives of lesbians and bisexual young women in the context of some autonomy collectives that have emerged in Brasilia, Federal District, Brazil. The autonomy collectives present their own specificity and structure of organization, tending to decentralization and to the collegiate structures, besides a character eminently politic, configuring themselves as groups that try to oppose the conventional practice political party. The study is based on the articulation of the following approaches: the historical-cultural psychology, the self dialogic perspective, the qualitative epistemology and the studies of contemporary subjectivity and socialpolitical action. We started from a perspective which considers the development of the youth in a social and cultural context that both the unity and the multiplicity of the self; the continuities as well the transformations in a dialogical and narrative network of meanings. The current study have the following objectives: to identify how young women placed in a context of feminist autonomy collectives build significations about themselves, about the world and also their social political actions through narratives; to interpret the autobiographical narratives of these young women, with an analytical focus on markers trajectory events and dialogical processes of reorganization and psychical self regulation before the new; to identify the specificities of the articulations in networks as well the affirmative actions launched by these young women and their groups. The construction of information occurred with the use of qualitative and interpretative methodologies, including a sixteen-month ethnographic observation of interactions into distinct spaces of social and political action, registered in a research diary; analysis of documents of three groups engaged; and autobiographical narrative interviews with two young women, either members or newly out of the collectives. The narratives built in the interactional context of the research provided the analysis, organized in two moments: at the first moment, named macro contextual dimension, we privileged aspects such as composition, historical and self definition, besides of the articulation of the participating groups in support and collaboration networks. At the second moment of the analysis, we perform micro genetics analysis of the flows of identity positioning, taken from the autobiographical narratives interviews. The analysis of the interviews includes trading me-others in the interview context and micro genetics analysis of the moments from each interview, focusing on significations about markers trajectory events and dialogical processes of reorganization and psychical self regulation before the new.
2

As relações sociais para Jean Piaget : implicações para a educação escolar /

Treviso, Vanessa Cristina. January 2013 (has links)
Orientador: José Luís Vieira de Almeida / Banca: Maria Eliza Brefere Arnoni / Banca: Carina Alves da Silva Darcoleto / Resumo: No presente estudo buscamos investigar as relações sociais para Piaget e as implicações dessa concepção para a educação escolar. É uma pesquisa de cunho teórico-bibliográfico, que partiu da hipótese de que Piaget naturalizou as relações sociais para a elaboração de sua teoria acerca do desenvolvimento do ser humano. Nosso referencial teórico sustenta que o homem é um ser social, isto é, são as relações sociais que definem suas dimensões biológica e psicológica. Assim, constatamos que Piaget tem uma concepção biológica de indivíduo, da sociedade e das relações sociais e, isso implica consequências para a área da educação escolar. No caso do Brasil alguns dos documentos oficiais sobre educação se baseiam no pensamento piagetiano sobre a formação do indivíduo. Dessa maneira, observamos que entre os principais problemas para a educação escolar está o fato que o aluno passa a aprender a aprender e, o professor tem sua função secundarizada, ele se transforma em um mero orientador no processo educativo / Abstract: In the present study we seek to investigate the social relations for Piaget and the implications of this conception for school education. It is a research-theoretical character bibliographic, which based on the hypothesis that Piaget naturalized citizen the social relations for the elaboration of his theory about the development of the human being. Our theoretical referential maintains that man is a social being, that is, are social relations that define your biological and psychological dimensions. Thus, we find that Piaget has a biological conception of person, society and of social relations, and it implies consequences for the area of school education. In Brazil, for example, some of official documents on education are based on what Piaget thought about the formation of the individual. Thus, it is observed that among the main problems for school education is the fact that the student begins to learn how to learn, the teacher has sidelined its function, becomes a mere entertainer in the educational process / Mestre
3

Efeitos de um treinamento das dimensões responsivas do modelo de relação de ajuda de Carkhuff no relacionamento interpessoal de atendentes de berçario em uma creche

Andrade, Elizabeth Queiroz Moreira de 07 1900 (has links)
Submitted by Nathanne_estagiaria Silva (nathanne.silva@fgv.br) on 2012-01-25T16:14:03Z No. of bitstreams: 1 000029008.pdf: 3704487 bytes, checksum: 080e23811db5aec58e5495b336572c9e (MD5) / Made available in DSpace on 2012-01-25T16:14:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000029008.pdf: 3704487 bytes, checksum: 080e23811db5aec58e5495b336572c9e (MD5) / O objetivo do estudo foi verificar o efeito de um treinamento das dimensões responsivas do Modelo de Relação de Ajuda de Carkhuff em um grupo de atendentes de berçário de uma creche. A amostra constou de oito atendentes de berçário, um exercício na Creche-Escola-Maternal-IBGE, localizada no Estado do Rio de Janeiro. Os resultados obtidos confirmaram a hipótese geral que predizia haver ganhos nas dimensões de relacionamento interpessoal das atendentes submetidas ao treinamento das Dimensões Responsivas do Modelo de Relação de Ajuda de Carkhuff . Deste modo, estes resultados vieram corroborar com Carkhuff (1969), quando afirma que as dimensões facilitadoras, presentes em qualquer relacionamento humano, podem ser aprendidas e aperfeiçoadas.
4

Padrões arcaicos de vínculo afetivo

Machado, Luiza Helena Rezende 07 August 1987 (has links)
Submitted by Estagiário SPT BMHS (spt@fgv.br) on 2012-04-24T11:43:55Z No. of bitstreams: 1 000051686.pdf: 8173258 bytes, checksum: 8324a043d5977cafd7ee8bed35fa25c8 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-04-24T11:47:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000051686.pdf: 8173258 bytes, checksum: 8324a043d5977cafd7ee8bed35fa25c8 (MD5) Previous issue date: 1987
5

Relações interpessoais e grupais no processo de trabalho das enfermeiras

Urbanetto, Janete de Souza January 2002 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. / Made available in DSpace on 2012-10-20T08:37:38Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-26T02:12:22Z : No. of bitstreams: 1 189680.pdf: 7839214 bytes, checksum: bb8aa735867c075591c5bd4589cdd0ee (MD5) / No presente estudo, é relatada e analisada uma trajetória experenciada com enfermeiras de um hospital universitário, comparando-o com estudo similar realizado anteriormente em outra instituição de saúde. Centrou-se no objetivo de identificar as convergências referentes à dinâmica das relações grupais e interpessoais, no desenvolvimento do processo de trabalho das enfermeiras de dois hospitais universitários da região Sul do País, na perspectiva de estabelecer subsídios seguros que possibilitem às mesmas e demais integrantes da equipe de enfermagem atualizarem o seu papel profissional e institucional. Teve como questão norteadora: quais as convergências encontradas na dinâmica das relações interpessoais e grupais no processo de trabalho das enfermeiras de dois hospitais universitários da região Sul? Como referencial teórico adotou-se a Teoria Sócio-Humanista de Beatriz B. Capella e Maria Tereza Leopardi, que forneceu a sustentação necessária para entender como se desenvolve o processo de trabalho na área da Saúde e Enfermagem, bem como o Sistema de Aprendizagem Vivencial, de Edimar Leite e Luis Carlos Ferreira, que possibilitou o suporte filosófico e teórico-metodológico para o desenvolvimento do referencial das Dinâmicas das Relações Grupais, além de subsidiar o planejamento, organização e implementação das vivências integradoras, que foram a base de todo este trabalho. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa, exploratório, descritivo, cuja coleta dos dados dividiu-se em dois momentos específicos, sendo o primeiro realizado em um hospital universitário (Hospital 1), com o auxílio da pesquisa-ação, no qual o processo foi desenvolvido com o auxílio de discussões crítico-reflexivas em encontros coletivos, denominados vivências integradoras, cujo levantamento de dados subsidiou o segundo momento em que, utilizando-se da pesquisa documental em relatórios de um programa desenvolvido em um segundo hospital universitário (Hospital 2), buscaram-se convergências com os dados anteriores. Dentre as convergências encontradas, destaca-se a ausência de um processo formal de inclusão dos profissionais na instituição; tensão e relações conflitantes entre as diversas categorias de enfermagem; desformalização e personalização da função gerencial; ausência de uma política institucional que respalde seus gerentes na tomada de decisão; dificuldade em assumir a autoridade inerente ao cargo de enfermeira; não diferenciação do papel gerencial em relação às demais enfermeiras; tendência a ancorar a autoridade da função nas referências das relações familiares; dificuldade no estabelecimento de limites mais assertivos; ausência de mecanismos permanentes e adequados de avaliação das atividades realizadas e dos processos relacionais do grupo. Conclui-se com este estudo que a temática Relações Interpessoais apesar da sua importância, não recebeu ainda a devida preocupação dos profissionais da área da Saúde, permanecendo secundarizado no processo de trabalho da enfermagem. Percebe-se que o cotidiano relacional das enfermeiras é bastante árduo, apesar de tentativas individuais ou em pequenos grupos de um aprimoramento, e que a política institucional não contempla mecanismos de minimização de fatores estressantes. Desta forma, evidenciam-se as lacunas deixadas pelos órgãos formadores e pelo sistema profissional, seja no aprendizado inicial ou na integração, apropriação e aprimoramento deste conhecimento.
6

Tensão entre as racionalidades substantiva e instrumental na gestão de ecovilas

Siqueira, Gabriel de Mello Vianna January 2012 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Administração / Made available in DSpace on 2012-10-26T11:17:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 310442.pdf: 3941443 bytes, checksum: 8e28c5ad4fa33ab19b04033bc9d6a0e5 (MD5) / Esta dissertação teve como objetivo compreender as manifestações da tensão entre as racionalidades substantiva e instrumental no processo de comunicação e relações interpessoais na gestão da Ecovila Itapeba. Trata-se de um estudo qualitativo ex-post-facto. O método utilizado foi o etnográfico, por meio de observação participante realizada entre maio e setembro de 2011. Teve como base teórica a abordagem substantiva das organizações, mais especificamente o campo de estudos de racionalidade na prática administrativa. Este trabalho introduziu na Ciência da Administração o estudo de um tipo de organização inédito, a ecovila. Buscou-se entender como os membros da organização dão significado à tensão, de que forma os gestores lidam com esta tensão e de que forma os sujeitos respondem à mesma. A análise dos resultados do trabalho de campo aponta às seguintes conclusões: racionalidades instrumental e substantiva não são excludentes; o processo de comunicação permite equilibrar a normatividade autoimposta pelo modelo de gestão com as aspirações, os valores e a autorrealização; encontros regulares, tomada de decisão, gestão de conflitos, rituais, celebrações e encontros não planejados compõem o universo das relações interpessoais no âmbito das comunidades sustentáveis; a criação de espaços para tomada de decisão e exercício da vida política que privilegiem a racionalidade substantiva não implica na redução dos espaços técnicos e burocráticos típicos da racionalidade instrumental; a participação no processo decisório, o acesso às instâncias políticas e de poder e a possibilidade de afirmar princípios pessoais são essenciais para conciliar as expectativas pessoais e as exigências organizacionais; as ecovilas representam uma síntese entre conhecimento e ação, entre teoria e prática, configurando-se como uma das diversas respostas possíveis à crise civilizatória da atualidade / This work aimed to understand the manifestations of the tension between substantive and instrumental rationality in the process of communication and interpersonal relations in the management of the Ecovillage Itapeba. This is an ex-post-facto qualitative study. The method employed was ethnography, through participant observation conducted between May and September 2011. The theoretical basis was supported by the substantive approach of organizations, specifically the field of study of rationality in administrative practice. This work introduced in the Management Sciences a novel type of organization, the ecovillage. We sought to understand how members of the organization give meaning to the tension, how managers deal with this tension and how the subjects respond to it. The results of field work points to the following conclusions: instrumental and substantive rationality are not mutually exclusive; the communication process balances the self-imposed normativity of the managerial model with the aspirations, values and self-actualization of the human person; regular meetings, decision making, conflict management, rituals, celebrations and unplanned comprise the universe of interpersonal relations in the context of sustainable communities; the creation of spaces for decision making and exercise of political life that emphasize substantive rationality does not imply the reduction of technical and bureaucratic spaces typical of instrumental rationality; participation in decision-making, access to political power and the possibility of affirm personal principles are essential to reconcile the personal expectations with organizational requirements; ecovillages represent a synthesis between knowledge and action, between theory and practice, presenting themselves as one of several possible responses to the crisis of nowadays civilization
7

A convivência conjugal com a pessoa estomizada e suas implicações sociais, psíquicas e sexuais

Silva, Ana Lúcia da 07 March 2014 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2014. / Submitted by Ana Cristina Barbosa da Silva (annabds@hotmail.com) on 2014-10-17T13:43:29Z No. of bitstreams: 1 2014_AnaLuciadaSilva.pdf: 1011339 bytes, checksum: 379eddf0079dfd7d3dbd947bc2b74348 (MD5) / Approved for entry into archive by Tania Milca Carvalho Malheiros(tania@bce.unb.br) on 2014-10-17T14:00:27Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_AnaLuciadaSilva.pdf: 1011339 bytes, checksum: 379eddf0079dfd7d3dbd947bc2b74348 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-10-17T14:00:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_AnaLuciadaSilva.pdf: 1011339 bytes, checksum: 379eddf0079dfd7d3dbd947bc2b74348 (MD5) / INTRODUÇÃO: A avaliação da problemática da estomia intestinal e a sua influência na convivência diária entre os parceiros é o ponto de partida deste estudo. A condição da pessoa com estomia intestinal permanente pode influenciar nas atividades laborais, sociais, sexuais e na convivência diária com seus parceiros. A convivência marital com o estomizado exige do parceiro a adoção de inúmeras medidas de adaptação e reajustamento às atividades diárias. OBJETIVO: Comparar a percepção sobre aspectos sociais, psíquicos e sexuais da convivência diária entre parceiros de pessoas estomizadas e de não estomizadas. MÉTODOS: Estudo comparativo do tipo caso controle, de natureza quantitativa, realizado com parceiros de estomizados, pareado a parceiros de pessoas não estomizadas de ambos os sexos, maiores de 18 anos. Os grupos caso e controle foram emparelhados de acordo com as variáveis que poderiam influenciar na convivência diária dos parceiros. RESULTADOS: Foram aplicados 108 questionários sendo 36 parceiros de estomizados denominados Grupo Caso e 72 parceiros de não estomizados, intitulado Grupo Controle. Quanto aos aspectos sociais, 30,6% do Grupo Caso e 43% do Grupo Controle, frequentemente vão ao restaurante em companhia do cônjuge; com relação a participação em eventos coletivos em companhia do cônjuge, 25% do Grupo Caso e 37,5% do Grupo Controle, comparecem frequentemente; das atividades de lazer/recreação, 27,8% do Grupo Caso e 41,7% do Grupo Controle participam frequentemente. Quanto aos aspectos sexuais: desempenho sexual dos participantes deste estudo, 27,8% do Grupo Caso e 38,9% do Grupo Controle houve redução do desempenho; quanto a frequência da atividade sexual, 72,3% do Grupo Caso e 68,1% do Grupo Controle houve redução; na visão do parceiro, 47,3% do Grupo Caso e 75% do Grupo Controle o desempenho sexual do companheiro foi satisfatório. Observou-se que 50% do Grupo Caso e 43,4% do Grupo Controle, perderam completamente o interesse sexual e 30,6% do Grupo Caso e 8,3% do Grupo Controle não tem relações sexuais com seu cônjuge. Dos 36 parceiros de estomizados, 80,6% dormem na mesma cama com seu cônjuge, 63,9% conhecem os materiais específicos para estomia do seu cônjuge, e 77,8% consideram que é difícil ser estomizado. CONCLUSÃO: A estomia interfere na vida social e sexual do casal. Ficou evidente que o parceiro enfrenta com resignação e cumplicidade as mudanças decorrentes da estomia intestinal do cônjuge. _____________________________________________________________________________ ABSTRACT / Title: The marital intimacy with an ostomized individual and its social, psychic and sexual implications. [thesis] School of Medical Sciences, Universidade de Brasília;2014. Introduction: The problematic evaluation of the intestinal ostomy and its influence on the daily living between partners it’s the basis of this study. The status of the individual with permanent intestinal ostomy can influence labor, social, sexual activities and daily living with their partners. The marital intimacy with the ostomized requires from their partner the use of numerous adaptive and readjustment measures to the daily activities. Objective: Compare the perception about social, psychic and sexual aspects of the daily living between partners of ostomized and non-ostomized individuals. Methods: Comparative study using case-control, with a quantitative nature, accomplished with partners of ostomized individuals pared with partners of non-ostomized individuals from both sexes and over 18 years old. The case and control groups were paired according to variables that could influence the daily living of the partners. Findings: A hundred and eight questionnaires were answered, with 36 partners of ostomized individuals – denominated Case Group – and 72 partners of non-ostomized individuals – titled Control Group. As for the social aspects, 30,6% of the Case Group and 43% of the Control Group, often go to the restaurant in company of their spouse; regarding the attendance on collective events in company of their spouse, 25% from Case Group and 37,5% from Control Group pften attend; activities of leisure/recreation, 27,8% from Case Group and 41,7% from Control Group often participate. As for the sexual aspects: the sexual performance of the study participants, 27,8% from Case Group and 38,9% from Control Group showed signs of a reduced performance; as for the frequency in sexual activity, 72,3% from Case Group and 68,1% from Control Group showed reduced frequency; from the partner’s point of view, 47,3%from Case Group and 75% from Control Group the sexual performance was satisfactory. It was observed that 50% of Case Group and 43,4% of Control Group, completely lost their sexual interest, 30,6% of Case Group and 8,3 of Control Group say they don’t have any sexual intercourse with their spouses, 63,9% know the specific materials for their spouse’s ostomy, and 77,8% say that it’s hard to be ostomized. Conclusion:Ostomy interferes with the social and sexual aspects of a couples’ lives. It was clear that the partner faces the changes from the intestinal ostomy of their spouses with resignation and abetment. Healthcare professionals should pay more attention to creating partner ostomy coping strategies and support.
8

Análise da implementação da política nacional de desenvolvimento de pessoal no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas

Silva, Silvilene Souza da 20 February 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, Programa de Pós-Graduação em Gestão Pública,, 2017. / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2017-05-10T21:45:30Z No. of bitstreams: 1 2017_SilvileneSouzadaSilva.pdf: 1399535 bytes, checksum: 104c9285550248c0ede7f0fcafabb241 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2017-05-16T18:25:18Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_SilvileneSouzadaSilva.pdf: 1399535 bytes, checksum: 104c9285550248c0ede7f0fcafabb241 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-05-16T18:25:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_SilvileneSouzadaSilva.pdf: 1399535 bytes, checksum: 104c9285550248c0ede7f0fcafabb241 (MD5) Previous issue date: 2017-05-16 / A presente pesquisa se propôs a apresentar uma análise sobre a influência da burocracia do nível de rua na implementação da Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoal (PNDP) numa Instituição Federal de Ensino. O estudo foi pautado na perspectiva bottom-up e na análise foram utilizadas: a) a teoria da burocracia do nível de rua (street-level bureaucracy), no intuito de identificar os principais atores envolvidos e caracterizar sua influência (ação e interação) no sucesso ou fracasso da implementação; e b) lentes de análise das relações humanas, política, estrutural e sistêmica, propostas por Yanow (1990) e utilizada por Camões (2013) em sua pesquisa. A pesquisa realizada é descritiva, exploratória e de natureza qualitativa. A estratégia de investigação utilizada foi o estudo de casos múltiplos, uma vez que a análise foi realizada em dois campi do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Amazonas. Para o tratamento de dados foi utilizada a técnica de análise de conteúdo. Os resultados permitem concluir que: a) a discricionariedade e autonomia dos responsáveis pelo processo de implementação na instituição ficam limitadas a atender demandas pontuais encaminhadas pelos próprios destinatários da política e seus dirigentes de suas unidades ou da Reitoria, sem um acompanhamento, gerenciamento ou avaliação dessas ações; e b) a influência dos responsáveis pelo processo de implementação da PNDP tem sido tanto positiva quanto negativa. Positiva no sentido desses atores não fazerem restrições à participação dos servidores nas ações de capacitação; e negativa no sentido de não disseminarem e executarem as estratégias de implementação da PNDP previstas nos documentos regimentais da Instituição, ficando na dependência de ações pontuais de capacitação. / This present research proposes to put forward an analysis about the influence of street level bureaucracy in the implementation of Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoal (PNDP), in a Federal Institution of Education. The study was guided in the bottom-up perspective and in the analysis were used: a) the theory of street-level bureaucracy (street-level bureaucracy), in order to identify the key stakeholders involved and characterize its influence (action and interaction) in the implementation’s success or failure; and b) analytical lenses of human relations, political, structural and systemic, proposed by Yanow (1990) and used by Camões (2013) on her research. The conducted research is descriptive, explanatory and qualitative nature. The investigation strategy used was the multiple case studies, once that the analysis was conducted in two campi of the Federal Institute of Education, Science and Technology of Amazonas. For data processing, was used the content analysis technique. The results show that: a) the discretion and autonomy of those responsible for the implementation process in the institution are limited to assist punctual demands submitted by the policy receipts themselves and their managers of their units or rectory, without monitoring, management and evaluation of those actions; and b) the influence of those responsible by the implementation process of PNDP has been as much positive as negative. Positive in the sense these stakeholders do not make restrictions in the participation of the servants in the qualification actions; and negative in the sense they do not spread and implement the PNDP’s implementation strategies foreseen in the Institutional regimental documents, being dependents of punctual actions of qualifications.
9

Bom dia, senhor motorista : priming conceitual e a civilidade no ônibus

Damião, Natália Ferreira 16 November 2011 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2011. / Submitted by Tania Milca Carvalho Malheiros (tania@bce.unb.br) on 2012-02-23T16:09:44Z No. of bitstreams: 1 2011_NatáliaFerreiraDamião.pdf: 727979 bytes, checksum: 9647282de6e7cb1a529af83adc05ce91 (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2012-02-24T12:53:45Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_NatáliaFerreiraDamião.pdf: 727979 bytes, checksum: 9647282de6e7cb1a529af83adc05ce91 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-02-24T12:53:45Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_NatáliaFerreiraDamião.pdf: 727979 bytes, checksum: 9647282de6e7cb1a529af83adc05ce91 (MD5) / A presente investigação aplica o referencial teórico e o paradigma metodológico de priming, junto ao comportamento prosocial, no intuito de estudar e potencializar o comportamento de civilidade. Assim sendo, o objetivo deste estudo foi investigar o fenômeno da civilidade no contexto do trânsito. Foram elaborados dois delineamentos quasi-experimentais. O primeiro consistiu na exposição de uma música com conteúdo de civilidade e o segundo realizado por meio da apresentação de um instrumento contendo uma Tarefa de Desembaralhamento de Sentenças e uma história em quadrinhos. A amostra consistiu em 267 usuários de uma linha de ônibus de vizinhança. Os resultados endossam a vasta literatura que aponta para a influência negativa da densidade no comportamento humano. Discutiram-se as contribuições do estudo para o entendimento da civilidade no contexto do trânsito, bem como as aplicações do paradigma de priming e da pesquisa experimental de campo. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This research applies the theoretical and methodological paradigm of priming, to prosocial behavior, in order to study civility and improve it. Therefore, the goal of this study was to investigate the phenomenon of civility in the context of traffic. Two quasiexperimental designs were prepared. The first was the exhibition of a music lyric content of civility and the second held by the presentation of an instrument with a task of unscrambling sentences and a comic strip. The sample consisted of 267 users, which were surveyed in a neighborhood bus line. Results endorsed the vast literature that points to the negative influence of density on human behavior. The study's contributions to the understanding of civility in the context of traffic, applications of the priming paradigm and experimental research field were discussed.
10

O Trabalho docente e as relações interpessoais no espaço escolar

Rizzi, Ana Virginia Nion January 2006 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação / Made available in DSpace on 2013-07-16T03:00:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 233627.pdf: 1072079 bytes, checksum: 9c85d6bdec8d929bf6cc6071b6746ba3 (MD5) / Esta pesquisa desenvolveu-se no Centro Integrado de Educação Pública Rodesindo Pavan, uma escola de período integral, na região oeste do município de Balneário Camboriú, Santa Catarina. Buscou-se compreender o que significa o trabalho docente na sociedade capitalista e as relações interpessoais aí entabuladas. A análise está centrada no modo como essas relações constituem-se e constituem o tecido de relações na escola por meio de estratégias que visam "driblar" os efeitos nocivos do trabalho, como cansaço e desânimo, semelhantes aos identificados na síndrome de Burnout. Por tratar-se de uma escola de período integral, organizada nos moldes da proposta acima identificada, o trabalho traz em si resquícios de particularidades impressas a partir de pressupostos idealistas que configuram sua existência inicial e resitem aos dias de hoje. A metodologia utilizada na pesquisa é de caráter qualitativo. A coleta de dados foi realizada por meio de observações, escutas, entrevistas e oficinas com registro em portfólios. As informações evidenciaram que a tomada de consciência das condições de trabalho e o esforço coletivo dos docentes podem criar bases de resistências aos mandos sociais que caracterizam o "adoecimento" do professor/professora.

Page generated in 0.0634 seconds