• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 5903
  • 151
  • 91
  • 22
  • 19
  • 19
  • 17
  • 11
  • 9
  • 8
  • 8
  • 8
  • 7
  • 3
  • 2
  • Tagged with
  • 6227
  • 3708
  • 2357
  • 1356
  • 867
  • 683
  • 534
  • 509
  • 503
  • 497
  • 467
  • 379
  • 368
  • 359
  • 349
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

Prevalência e fatores de risco para cefaleia e migrânea em epilepsia

Londero, Renata Gomes January 2010 (has links)
A epilepsia está entre as doenças mais frequentes na neurologia e atinge cerca de 1%[1] da população mundial. Os avanços no tratamento da epilepsia tiveram impacto importante na qualidade de vida dos pacientes. Entretanto, não apenas a terapêutica influencia a morbidade da epilepsia. Condições como cefaleia[2-4], transtornos psiquiátricos[5-7], apneia do sono[8], limitações funcionais[9, 10] também mostram impacto na percepção do estado de saúde e doença. As cefaleias têm prevalência considerável na população (38% a 50%) [68.6% em estudo brasileiro de 2007][11], atingindo com frequência ainda maior pacientes com epilepsia (43 a 65%) [11-15]. Sendo cefaleia uma condição dolorosa, com características clínicas que influenciam importantemente as condições do paciente, sua associação com epilepsia incorpora maior prejuízo à qualidade de vida deste grupo. Existem poucos estudos que mostram o grau de associação destas condições. A presente dissertação objetiva analisar a epidemiologia da comorbidade cefaleia e epilepsia. Para tanto cada paciente e controle foi entrevistado utilizando-se um questionário padronizado, verificando a existência de epilepsia e de cefaléia, sua frequência, intensidade, classificação, idade de início, resposta ao tratamento. Os dados foram analisados através do programa spss. A prevalência de cefaléia (75.1% em pacientes x 38.9% em controles; OR=4.75; IC95%= 3.04-7.45) e de migrânea (40.2% em pacientes com epilepsia e 17.1% em controles; OR=3.25; IC 95%=1.99-5.30) foi maior em portadores de epilepsia comparados a controles. Sexo feminino (O.R.=4.50) e história familiar de migrânea (O.R.=3.54) foram associados positivamente à ocorrência de cefaléia em portadores de epilepsia.
32

Uso de técnicas de manutenção centrada na confiabilidade no gerenciamento de riscos em instalações elétricas: uma aplicação na CHESF

OLIVEIRA, Jocílio Tavares de January 2002 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:39:26Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6872_1.pdf: 1453895 bytes, checksum: fc3bb31ef0746280a0d3feadf7258e8d (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2002 / Tem sido constatado que nas iniciativas adotadas na administração dos riscos embora se busque identificar, analisar e eliminar as causas fundamentais que provocaram as falhas, nem sempre essas medidas se caracterizam como ações definitivas tendo em vista a ausência de uma estratégia que além de bloquear as causas das falhas, assegurem um gerenciamento eficaz das falhas. Considerando essa situação, a dissertação tem como objetivo propor uma alternativa de gerenciamento de riscos utilizando, para a identificação de falhas, técnicas do reconhecido processo denominado manutenção centrada na confiabilidade (MCC). Com essa proposição, é disponibilizada aos gestores de empresas de eletricidade uma metodologia em que a partir da identificação das falhas e quantificação de riscos, entendendo risco como a possibilidade de perdas ou danos, existentes nas instalações, se possa tomar medidas adequadas dentro das políticas e diretrizes da empresa de forma que se tenha a máxima preservação dos sistemas. Segundo (JONES,1995), o risco não pode ser medido diretamente, mas calculado através dos parâmetros: chance de ocorrência e o tipo do evento. Dessa forma a metodologia proposta, alicerçada nas técnicas de MCC, enfoca o risco como uma medida das conseqüências do modo de falha, resultado de uma falha funcional potencial associado à freqüência de ocorrência. O estudo quantitativo é feito através da avaliação da gravidade e probabilidade de ocorrência da falha. Como exemplificação um caso real é apresentado com a aplicação em uma subestação de transmissão da CHESF, na qual foram aplicadas algumas técnicas para a detecção e avaliação dos riscos nos sistemas associados, como parte do processo de gerenciamento de riscos em fase inicial de aplicação na empresa. Finalmente são apresentados nos apêndices o detalhamento dos resultados da aplicação
33

Avaliação quantitativa de risco de uma refinaria de petróleo

FARIAS, Daniel Oliveira de 31 January 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:39:59Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo596_1.pdf: 4071188 bytes, checksum: c3f9ff9c1254b7b1bf89c3aecb6e757e (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2010 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Mesmo diante da maturidade tecnológica e da prática do gerenciamento dos riscos nas indústrias químicas, acidentes catastróficos continuam a ocorrer, dizimando vidas e trazendo prejuízos. As indústrias químicas apresentam riscos inerentes à utilização e ao manuseio de produtos inflamáveis e tóxicos que podem ter o potencial de causar explosões, radiações térmicas e dispersões de nuvem tóxica. Análise Quantitativa de Riscos (AQR) permite quantificar esses riscos, de forma a contribuir para a tomada de decisão quanto às ações para redução dos mesmos. As principais etapas da AQR são a caracterização do sistema a analisar, identificação dos perigos, estimativa das freqüências, estimativa das conseqüências e estimativas dos riscos. A metodologia de AQR foi elaborada com base no órgão regulamentador da CETESB, (2003) e nos modelos matemáticos apresentados no Yellow Book e Purple Book, TNO (2005). A metodologia foi utilizada então para quantificar os riscos de uma refinaria de petróleo típica, para tanto, utilizou-se com base as informações do projeto conceitual dos Estudos de Impacto Ambiental EIA e o relatório de Impactos de Meio Ambiente RIMA da Refinaria de Abreu e Lima RNEST (2006), disponível para acesso público na Agência Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos CPRH. Porém, por questões de confidencialidade, os dados de processos e densidade populacional foram fictícios. Os resultados mostraram que os alcances dos efeitos físicos gerados pelos cenários acidentais analisados ultrapassaram as fronteiras do empreendimento apenas no período noturno nas unidades de hidrotratamento de diesel e nafta. Estes resultados foram apresentados pela curva FN, para o risco social, e pela curva de iso-risco, para o risco individual. Contudo, verificou se que os cenários acidentais analisados atenderam as diretrizes legais estabelecidas pela CETESB (2003)
34

Uma metodologia para seleção e classificação de disjuntores de alta e extra alta tensão como obsoletos

COSTA, Valmir Pinheiro January 2004 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:40:02Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6999_1.pdf: 715103 bytes, checksum: 7b97a8a20c4c7f692dbf6d5eda4dd622 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2004 / Grande parte dos equipamentos elétricos de sistemas potência são projetados para uma expectativa de vida entre 25 e 35 anos, porém disjuntores submetidos a boas políticas de manutenção, incrementados com sistemas de monitoramento e diagnóstico podem chegar a mais de 50 anos de operação. Por outro lado, o acúmulo de falhas em serviço, elevam os custos de exploração, muitas vezes com perdas econômicas, evolvendo o pagamento de multas, danos a pessoas, meio ambiente e a própria imagem da empresa. A partir da contextualização do ambiente de restruturação regulamentar e institucional em prática no setor elétrico brasileiro, da implantação de políticas de aplicação e manutenção de disjuntores de alta e extra alta tensão, bem como o gerenciamento de risco para o sistema elétrico em operação, serão discutidos aspectos sobre vida residual e extensão de vida desta família de equipamentos, possibilitando um tratamento sistemático para seleção e classificação de disjuntores como obsoletos. Trata-se de uma importante ferramenta de apoio para as equipes de programação e análise de intervenções de manutenção em disjuntores, bem como, suporte para análise e discussão do montante de recursos financeiros destinados a substituição preventiva de disjuntores de alta e extra alta tensão
35

Risco e a pequena produção de fumo no Estado de Alagoas / Risk and the small tobacco production in the State of Alagoas, Brazil

Fernando José de Lira 14 September 1987 (has links)
Este estudo teve como objetivo principal estudar o efeito da diversificação da produção na renda e variabilidade da renda. Mais especificamente, os objetivos foram: a) tentar reproduzir o processo de tomada de decisão de um pequeno grupo de pequenos produtores através do uso de um modelo linear de programação linear, incorporando risco; b) identificar, com base nos resultados obtidos em a, os recursos mais limitantes do modelo; e c) investigar o efeito de uma maior disponibilidade de tais recursos sobre a renda e variabilidade da renda. A área escolhida para estudo foi a região fumageira de Arapiraca, no Estado de Alagoas. Os dados foram coletados através de entrevistas com pequenos produtores de até 10 hectares, realizadas em três épocas distintas dos ciclos produtivos das culturas, no ano agrícola de 1983. Os resultados da pesquisa mostraram que os agricultores, na sua quase totalidade, adotam sistemas consorciados de culturas, incluindo nesses consórcios, culturas de subsistência. Os planos contidos na fronteira eficiente gerada pelo modelo foram bastante semelhantes aos planos encontrados na amostra. Os recursos terra, mão-de-obra e capital não foram limitantes no modelo. Os resultados mostraram que as restrições de consumo mínimo proveniente da própria produção, foram as mais limitantes na geração da fronteira eficiente. Decidiu-se, assim, estudar o efeito que um"relaxamento"daquelas restrições teria sobre os níveis de lucro esperado e riscos das combinações de consórcios, introduzindo-se no modelo opções de compra daqueles alimentos. Os resultados mostraram que a compra de parte do consumo de feijão e batata permitiu que, aos mesmos níveis de lucro esperado, planos mais eficientes fossem obtidos, contrariando a hipótese de que o plantio de alimentos para autoconsumo contribui para diminuir o risco da pequena produção. / The main objective of this study was to investigate the effect of farm diversification on income and income variability. More specifically, the objectives were: a) to use a linear programming model, incorporating risk, in an attempt to reproduce famers decision making process; b) based on the results of a, to identify the most limiting resources in the model; and c) to investigate the effect of a greater availability of those resources on income variability. The study area was the tobacco production area of Arapiraca, State of Alagoas. The data used in the study were collected through personal interviews with farmers (owning up to 10 hectares of land), in three different production cycle points, during the 1983 agricultural year. The results of the study showed that almost all farmers cultivate crop"consorcium", including subsistence crops. The production plan on the efficient frontier generated by the model were very similar to the ones selected by farmers. The productive resources land, labor and capital were not limiting in the model. The results showed that restrictions on consumption coming from farm production were the most limiting in the generation of the efficient frontier. Thus, a modification on the consumption restrictions was introduced by allowing food to be bought (besides coming from production), in order to investigate its effect upon income and income variability. The results showed that buying part of edible beans and potatoes consumed, more efficient plans were obtained at the same prior income levels, which contradicts the belief that the practice of cultivating subsistence crops contributes to reduce risk of small production.
36

Gestão de risco nas atividades de investimentos praticada pelos municípios do Estado do Rio Grande do Sul em seus regimes próprios de previdência social /

Bogoni, Nadia Mar, Fernandes, Francisco Carlos, Universidade Regional de Blumenau. Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis. January 2008 (has links) (PDF)
Orientador: Francisco Carlos Fernandes. / Dissertação (mestrado) - Universidade Regional de Blumenau, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis.
37

Evidenciação de riscos de empresas que captam recursos no mercado de capitais brasileiro :um estudo do setor de energia elétrica /

Laudelino, Julien Ariani de Souza, Fernandes, Francisco Carlos, Universidade Regional de Blumenau. Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis. January 2008 (has links) (PDF)
Orientador: Francisco Carlos Fernandes. / Dissertação (mestrado) - Universidade Regional de Blumenau, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis.
38

Fatores prognosticos para bronquiolite viral aguda

Fischer, Gilberto Bueno January 1994 (has links)
Bronquiolite Viral Aguda (BVA) é uma doença de alta prevalência no Rio Grande do Sul e causa um importante número de hospitalizações em crianças menores de um ano de idade. Os pacientes com maior gravidade, nos três primeiros dias de internação, podem evoluir para insuficiência ventilatória e necessitarem oxigênio ou até ventilação mecânica, como forma de tratamento. Com o objetvo de identificar precocemente os episódios mais graves, investigaram-se fatores prognósticos através de sinais clínicos e laboratoriais, durante a hospitalização de crianças com BVA. Estudou-se uma coorte de 213 crianças menores de um ano com BVA admitidas no Hospital da Criança Santo Antônio de Porto Alegre. Esses pacientes foram seguidos desde a hospitalização, nos três dias subseqüentes, na alta hospitalar e até 30 e 60 dias após. Caracterizou-se a necessidade de oxigênio no terceiro dia ou de ventilação mecânica nos três primeiros dias de hospitalização, como critérios de gravidade. As hospitalizações ocorreram, predominantemente, nos meses de julho a setembro, e a maior parte das crianças (60%) apresentava idade inferior a quatro meses. Dentre as características sócio-econômicas estudadas, observou-se que 50% das famílias tinham renda mensal menor que três salários mínimos e 18% viviam em residências aglomeradas. Das 213 crianças acompanhadas até a alta hospitalar, 61(29%) necessitaram de oxigênio no terceiro dia, e 12(6%), ventilação mecânica nas primeiras 72 horas. Verificou-se que 17% dos pacientes apresentavam história de prematuridade, 24% estavam sendo amamentados quando hospitalizaram e 12% nunca haviam mamado no peito. Cerca de 35% das famílias referiram história de asma brônquica. As principais características clínicas na hospitalização foram: freqüência respiratória maior que 60(67%), presença de sibilos(76%) e estertores crepitantes(57%) à ausculta pulmonar e tiragem subcostal (56%). Entre os sinais investigados, assodaramse significativamente com nlaior gravidade: frequência respiratória maior que 70, enchimento capilar lento, cianose de extremidades e tiragem supraesternal. A saturação transcutânea de oxigênio da hemoglobina inferior a 91% e atelectasia ao exame radiológico de tórax, mostraram-se associadas significativamente com maior gravidade. Entre os fatores prognósticos, identificou-se o risco relativo associado a maior gravidade: idade inferior a 4 mes{~s (RRl~7), peso de nascimento inferior a 2500g (RR 2,3) e desnutrição grave(RR 2,0). Constituíram-se escalas de gravidade através de análise discriminante incluindo-se os seguintes itens: idade inferior a 3 meses, prostração, batimento de asas do nariz, freqüência respiratória maior ou igual a 70, tiragem (subcostal, intercostal e supraesternal), saturação de oxigênio menor ou igual a 90%, uso de oxigênio, internação em UTI e uso de ventilação mecânica. Através do somatório de cada um dos itens, resultaram os escores de gravidade. Os escores foram dicotomizados em menores ou iguaisl a 3 e maiores que 3 (mais graves). No seguimento após a alta hospitalar, observou-se que a Inaioria dos pacientes que compareceram apresentou episódios de sibilância e que foi elevado o número de reinternações (26% aos 60 dias). / Acute viral bronchiolitis(AVB) has a high prevalence in Rio Grande do Sul. It accounts for a high number of hospital admissions in infants. The patients with a more severe disease, in the first three days of hospitalization may develop respiratory failure and might need oxygen or mechanical ventilation . The aim of this study was to investigate prognostic factors (clinicaI signs and laboratory tests) in hospitalized infants with AVB. The research conducted was a cohort study of 213 infants with AVB who were admitted to the Hospital da Criança Santo Antônio, Porto Alegre. These patients were followed up from the admission, in the three first days, to their discharge and at 30 and 60 days after admission. Severity criteria were defined such as need of oxygen in the third day of admission or mechanical ventilation in the first three days. The admissions occurred predominantly from July to September and the majority (60%) were infants under four months of age. It was observed that 50% of the families had monthly wages below three minimum saIaries and 18% lived in crowded homes. Sixty one (29%) of the children needed oxygen in the third day of admission and 12 (6%) were put on mechanical ventilation. It was observed that 17% of the patients had a past history of prematurity, 24% were being breast fed at admission and 12% had never been breast fedo Around 35% of the families had a past history of bronchial asthma. The main clinicaI characteristics were: respiratory rate above 60 (67%), wheezes (76%), crepitations (57%) and subcostal retraction (56%). The following findings were significantly associated to severity : respiratory rate above 70 mpm, peripheric cyanosis, low capillary filling, supraesternal retraction, transcutaneous oxygen saturation below 91%, atelectasis at the chest X-ray. Among the prognostic features, some were identified as presenting high relative risk associated to severity: Age under 4 months (RR 1,7), birth weight below 2500 g (RR 2,3) and malnutrition (RR 2,0). Severity scales have been developed using discriminant analysis with the following items: age under 3 months, prostration, flaring of the alae nasi, respiratory rate above 70 mpm, retractions (subcostal, intercostal and supraesternal), transcutaneous oxygen saturation, need of oxygen, admission in intensive care unit and use of mechanical ventilation. Severity scores resulted from the addition of the value attributed to each of the items (O or 1). They were dichotomized in above (more severe) and below or equal to 3. At the follow up, after the discharge it was observed that the majority of the children who had been seen at thirty and sixty days had wheezing episodes and there was a high rate of re admissions (26% at 60 days).
39

Carta de susceptibilidade e risco geológico do sector Sudoeste da Serra da Estrela

Pereira, Joana Cristina Martins Rodrigues January 2010 (has links)
Tese de mestrado. Engenharia de Minas e Geoambiente. Faculdade de Engenharia. Universidade do Porto. 2010
40

Análise de risco em projectos de construção

Rodrigues, Marta Filipa Oliveira January 2009 (has links)
Tese de mestrado integrado. Engenharia Civil (Especialização em Construções). Faculdade de Engenharia. Universidade do Porto. 2009

Page generated in 0.0525 seconds