• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 27
  • Tagged with
  • 27
  • 27
  • 27
  • 13
  • 13
  • 5
  • 5
  • 5
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

[en] SILENCE AND RESISTANCE IN CONSTRUCTIONS THAT IDENTIFY THE SOCIAL CULTURES OF GOIANITY / [pt] SILENCIAMENTO E RESISTÊNCIA EM CONSTRUÇÕES IDENTITÁRIAS SÓCIO-CULTURAIS DA GOIANIDADE

CIRLENE PEREIRA DOS REIS ALMEIDA 13 April 2009 (has links)
[pt] O estudo focaliza os processos de silenciamento, exclusão e resistência em construções identitárias sócio-culturais da goianidade junto a alunos goianos da Cidade Ocidental e de Valparaíso, cidades goianas do entorno de Brasília - DF. Os objetivos são: (1) mostrar, do ponto de vista sócio-histórico, como ocorreu a formação populacional e lingüística do estado de Goiás e do Distrito Federal, apontando para relações existentes entre a goianidade e a cultura caipira; (2) analisar, na fala-em-interação, como emerge o estigma à goianidade nas coconstruções identitárias sócio-culturais, na relação entre os alunos goianos e a entrevistadora/ professora, a qual é também goiana. A metodologia é qualitativa, no contexto de entrevista de pesquisa. Os dados de análise consistem em um corpus de gravações em áudio, obtidas através de entrevistas individuais. O arcabouço teórico insere-se no âmbito da Sociolingüística Interacional e da Análise da Conversa, junto a concepções de identidade(s) de ordem sócio-cultural e interacional, informadas pela ordem micro e macro do discurso. Os resultados apontam que, durante o processo interacional, os participantes constroem e reconstroem suas identidades. Há resistência em mudar as construções identitárias estigmatizadas, uma vez que preferem omitir e/ou silenciar essas construções, a afirmar suas origens de pertencimento à comunidade goiana. O olhar de outro(s), construído no discurso, interfere para que eles assumam posições de silenciamento, de exclusão e de resistência. Este trabalho é importante para pesquisas vindouras e para formar um pensamento reflexivo acerca das identidades que cotidianamente são estigmatizadas. / [en] The study focalizes the silence processes, exclusion and resistance in constructions that identify the social cultures of goianity close to students native of Goiás of the Cidade Ocidental and of Valparaíso, cities of that State of the spill of Brasília - DF. The goals are: (1) show, of the point of view partner-historical, as it occurred the population formation and Estate of Goiás` Linguistics and of District Federal, pointing to relations between goianity and the culture yokel; (2) analyze, in the speech, as it emerges the stigma to goainity in co-constructions of cultural and social identifications, in the relation among students native of Goiás and the interviewer (teacher), which also is native of Goiás. The methodology is qualitative, in the research interview context. The analysis data consist in a corpus of recordings in audio, obtained by means of individual interviews. The theoretical framework it inserts in the scope of sociolinguistic interacional and of the talk analysis, close to order partner-cultural and interacional identities conceptions, informed by to speech order personal computer and macro. The results point that, during the process interacional, the participants build and reconstruct her identities. There is resistance in change the constructions of identifications stigmatized, once they prefer to omit and or to silence these constructions, to affirm their belong origins to the community native of Goiás. The look of another, built in the speech, interferes so that they take over silence positions, of exclusion and of resistance. This work is important for futures researches and to form a reflexive thought concerning the identities that are daily stigmatized.
2

[en] THE LIVING BODY: AN ESSAY ON A DANCE EXPERIENCE IN THE CITY OF MACAÉ - RJ / [pt] O CORPO VIVO: UM ENSAIO SOBRE UMA EXPERIÊNCIA DE DANÇA NA CIDADE DE MACAÉ - RJ

PAULO EMILIO MACHADO DE AZEVEDO 22 September 2016 (has links)
[pt] Qual a dimensão política da estética na hierarquia valorativa dos corpos em dada sociedade? De que modo uma experiência corporal através da dança pode contribuir na composição de outras políticas de alteridade nessa mesma sociedade? Mobilizado por estas questões, o texto investiga a trajetória de adolescentes e jovens, no contexto de projetos de natureza social e artística, na cidade de Macaé. Propõe-se a elaboração de um ensaio sobre algumas dessas experiências com a dança tendo como contraponto dois sistemas de percepção a respeito da ação dos sujeitos envolvidos nas mesmas: a concessão e o protagonismo. Portanto, antes foi necessário refletir sobre que formas de dança, técnicas e metodologias de seu ensino e processos criativos observamos. Essas trajetórias são analisadas tendo como parâmetro algumas políticas destinadas a segmentos sociais considerados excluídos na cidade e, por sua vez, alvos de programas de inclusão social no país. Tem-se como objetivo refletir sobre as categorias excluído/incluído e as concepções de sociedade que a acompanham na dimensão do estigma, procurando identificar, à luz de teorias, aberturas para a interpretação das performances dos sujeitos e grupos estudados. Através de uma abordagem etnográfica e observação participante, buscou-se uma aproximação com os envolvidos a fim de captar conflitos e embates relacionados às representações de si, do outro e do trabalho na experiência com a dança. / [en] What is the political dimension of aesthetics in the value hierarchy of the bodies in a given society? How a bodily experience through dance can contribute to the breakdown of other policies otherness of that same society? Mobilized by these issues, the text examines the trajectory of young people in the context of social and artistic nature projects in the city of Macaé. It is proposed to prepare an essay on some of these experiences with dance as a counterpoint with two perception systems regarding the action of the subjects involved in the same: the provision and role. So before it was necessary to reflect on that dance forms, techniques and methodologies of teaching and creative processes observed. These trajectories are analyzed having as parameter some policies to be considered excluded social groups in the city, and in turn targets of social inclusion programs in the country. It has been intended to reflect on the categories excluded / included and conceptions of society that accompany the dimension of stigma, trying to identify the light of theories openings for the interpretation of the performances of individuals and groups. Through an ethnographic approach and participant observation, it sought a rapprochement with those involved in order to capture conflicts and clashes related to representations of themselves, each other and work experience with dance.
3

[en] SLUM TOURISM: REPRESENTATIONS, STIGMA AND POWER / [pt] TURISMO DE FAVELA: REPRESENTAÇÕES, ESTIGMA E PODER

ANNE BASTOS MARTINS ROSA 18 July 2017 (has links)
[pt] O turismo de favela é uma modalidade que vem se expandindo com celeridade no mundo. Entretanto, poucas pesquisas foram conduzidas sobre o tema, em especial em relação à percepção do morador local que, na maioria das vezes, está distante dos processos de operacionalização e de venda do turismo em seu local de moradia. Trata-se, também, de prática baseada na assimetria de poder nas relações entre visitantes, visitados e agentes externos que exploram o turismo de favela. Estereótipos desfavoráveis cruzam-se no desenrolar do turismo de favela, que ocorre em local e em grupo social que são historicamente estigmatizados. O objetivo desse estudo é identificar se tais aspectos influenciam a percepção e o comportamento de moradores locais em relação ao turismo de favela. Quarenta e oito entrevistas, e observação sistematizada, foram conduzidas, entre setembro de 2015 e julho de 2016, nas favelas da Rocinha e Santa Marta, no Rio de Janeiro. Essas comunidades foram escolhidas porque que nelas o turismo de favela assume formatos diferentes. A análise, baseada em hermenêutica revelou que, em ambas as favelas, os moradores mostraram-se favoráveis ao turismo, mas com ressalvas em relação à sua exploração por agentes externos. Os relatos não sugeriram haver, por parte dos moradores, sentimentos de inferioridade nos encontros sociais com os turistas, a maioria de estrangeiros. Entretanto, na Rocinha, a maior parte dos entrevistados mostrou ressentimentos ao se sentirem invadidos e explorados por empresas de turismo estranhas à favela, confessando ter vergonha e inconformismo pela maneira como tais empresas procuram apresentar aos turistas muitos aspectos negativos, relacionados a estigmas de miséria e pobreza, mostrando deliberadamente a sujeira de valões de esgoto, a pobreza de moradores, emaranhados de fios de ligações clandestinas à rede elétrica e moradias precárias, assim desqualificando o local e seus moradores. / [en] Favela tourism is an activity that has been expanding swiftly around the world. Despite this, little research has so far been conducted around this topic, especially in relation to the perception of the local resident, who, in most cases, stands apart from the processes of tourism implementation and sale in the area where he or she resides. The practice in question is also grounded in the power asymmetry that characterises relationships among the visitors, the visited and the external agents who benefit from favela tourism. Unflattering stereotypes are evoked as favela tourism takes place involving both areas and social groups historically stigmatised. The aim of this study is to identify whether such aspects have an impact on local residents perception and behaviour vis-à-vis favela tourism. Forty-eight interviews, as well as systematised observation, have been conducted between September, 2015 and July, 2016 at the favelas of Rocinha and Santa Marta, in the city of Rio de Janeiro. These communities have been chosen because favela tourism takes different formats in them. The hermeneutics-based analysis has revealed that, in both favelas, residents take a favourable approach towards tourism, albeit with a few reservations to how it is explored by external agents. The accounts compiled do not indicate the presence of feelings of inferiority on the part of the residents during their social encounters with tourists, most of these from foreign countries. However, at Rocinha, most of the interviewees resent the feeling of invasiveness and exploitation by tourist companies with no connection to the favelas. These residents have confessed to feelings of shame and animosity towards the way in which these companies seek to introduce tourists to several negative aspects related to stigmas of poverty by deliberately pointing to the dirt building up over sewage channels, the poverty of residents, the mesh of illegal wiring connected to the electricity grid and the precariousness of homes, which contributes to the devaluation of both the area and its residents.
4

[en] IT WAS ALREADY A VEILED PERSECUTION: AN INTERACTIONIST PERSPECTIVE OF HOMOPHOBIC DISCRIMINATION NARRATIVES IN THE MILITARY CONTEXT / [pt] JÁ ERA UMA PERSEGUIÇÃO VELADA: NARRATIVAS DE DISCRIMINAÇÃO HOMOFÓBICA NO CONTEXTO MILITAR EM PERSPECTIVA INTERACIONISTA

FLÁVIA CORREIA LIMA HUBER COSTA 07 April 2016 (has links)
[pt] A presente dissertação investiga, por meio da Análise de Narrativas informada pela Sociolinguística Interacional, a discriminação homofóbica em contexto militar. Os dados aqui apresentados foram gerados em entrevistas qualitativas com nove oficiais e praças da ativa e da reserva do Exército Brasileiro que se identificam como homossexuais. A análise, também de natureza qualitativa e interpretativista, se dá em perspectiva micro-interacional e a partir do arcabouço teórico da análise de narrativas e das noções de estigma e face. Os resultados descrevem elementos estruturais e avaliativos centrais de tais narrativas, que em geral se referem a eventos de punição disciplinar, humilhação e exclusão, cuja motivação última teria sido discriminatória. Em todas as narrativas analisadas, foi possível observar um esforço contínuo dos participantes em salvaguardar a instituição a que pertencem da imputação de responsabilidade pelos episódios de discriminação. Foram, ainda, objetos de análise os processos de estigmatização e apresentação do self. Assim, os participantes reconstroem suas histórias lançando mão de recursos como a formulação de accounts e diálogos construídos, que permitem aos narradores justificar eventos que poderiam ameaçar suas faces, bem como dar veracidade a suas histórias. Quanto à análise dos estigmas construídos e rejeitados na entrevista de pesquisa, observou-se que os processos de estigmatização da identidade gay se dão na dimensão das histórias narradas, mas não durante a interação entre entrevistadora e entrevistado. A pesquisa apresenta ainda, dados de cunho etnográfico para embasar a interpretação linguístico-discuriva. Por fim, serão discutidos, através das vozes dos próprios entrevistados, os discursos do senso comum que discriminam e estigmatizam os militares gays. Para além de seus compromissos teóricos, o trabalho busca contribuir de forma aplicada para a construção de entendimentos sobre contextos em que performances identitárias da vida social de indivíduos impactam suas relações e avaliações profissionais e institucionais. / [en] This paper investigates, through Narrative Analysis informed by Interactional Sociolinguistics, homophobic discrimination in the military context. The data presented here have been generated in interviews with nine Brazilian army officers, sergeants and enlisted, in the active and reserve service, who identify themselves as homosexual. The analysis, of a qualitative and interpretative nature, occurs within a micro-interactional perspective taking into consideration the narrative analysis theoretical framework as well as the notions of stigma and face. The results describe key structural and evaluative elements of such narratives that generally refer to disciplinary punishment events, humiliation and exclusion, which ultimately have a discriminatory motivation. In all narratives analyzed, a continuing effort of the participants in safeguarding their institution from the imputation of responsibility for the episodes of discrimination has been observed. The stigmatization processes and the presentation of self were also objects of analysis. The participants reconstruct their stories by means of resources such as the use of accounts and reported speeches. These resources justify events that could threaten their faces and give veracity to their stories. As far as the analysis of the stigma built and rejected in the research interview is concerned, it has been observed that the stigmatization processes of the gay identity occur in the dimension of the narrated stories, but not during the interaction between interviewer and interviewee. This research also presents ethnographic data to support linguistic and discursive interpretation. Finally, a discussion, through the voices of the interviewees themselves, about common sense discourse that discriminates and stigmatizes the gay military will be carried out. In addition to its theoretical commitments, the research aims to contribute as an applied tool to understand contexts in which the identity that individuals perform in their social lives have impact on their relationships as well as on their professional and institutional evaluations.
5

[en] COLLECTOR: A PROFESSION A STUDY OF AN IDENTITY CONSTRUCTION PROCESS; FROM GARBAGE COLLECTING TO PROFESSIONAL COLLECTOR. JARDIM GRAMACHO, FROM 1996 TO PRESENT DAY / [pt] CATADOR: PROFISSÃO UM ESTUDO DO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO IDENTITÁRIA, DO CATADOR DE LIXO AO PROFISSIONAL CATADOR. JARDIM GRAMACHO, DE 1996 AOS DIAS ATUAIS

VALERIA PEREIRA BASTOS 18 February 2009 (has links)
[pt] Este trabalho descreve e analisa o processo histórico de construção da categoria profissional catador, que vem ocorrendo no Aterro Metropolitano de Gramacho, Rio de Janeiro, desde 1996. O estudo assume que o reconhecimento oficial da categoria - por meio da formalização desta atividade profissional - corresponde à conquista dos direitos de cidadania dos catadores. O objetivo de identificar e descrever os principais instrumentos de construção identificaria da categoria, sua organização e mecanismos de fortalecimento. A discussão teórica se desenvolve a partir dos conceitos de pobreza, exclusão social e cidadania; território e territorialidade; estigma social e identidade. Adotando um método quanti-qualitativo, a pesquisa de campo demonstra que, por permanecerem na informalidade, os trabalhadores do território de jardim gramacho dispõem de poucas possibilidades de acesso a bens e serviços; são estigmatizados socialmente e têm os seus direitos de cidadania sistematicamente negados. O trabalho de campo privilegia o conhecimento da realidade da catação a partir da relação direta com catadores de Jardim Gramacho em diversos estágios de organização para a conquista do reconhecimento profissional. Por meio da fala direta destes atores sociais, buscou-se compreender como eles se percebem e se reconhecem enquanto profissionais, embora a grande maioria ainda não esteja formalmente reconhecida como profissional. / [en] This work describes and analysis the historical construction process of the profession collector, which is in course in the Gramacho Metropolitan Embankment, Rio de Janeiro, since 1996. The study sustains that the official recognition of the profession - through the formalization of this activity - will correspond to a citizenship rights conquest by the collectors. The goal of this work is to identify and to describe the main instruments for this professional identity construction; its organization means and strengthening mechanisms. The theoretical discussion builds up from the concepts of poverty, social exclusion and citizenship; territory and territoriality; social stigma and identity. By adopting a quanti-qualitative method, the field work suggests that, due to their permanence in a working informality, the workers of jardim gramacho territory have limited access to the market; are socially stigmatized and have systematically denied their citizenship rights. The research focused in a first hand account from collectors in different stages of this professional recognition conquest. Through the direct speech of these social actors it was possible to understand how they perceive and recognize themselves as professionals, although the great majority of them are still not formally recognized as such.
6

[en] WOMEN IN THE VISITORS QUEUE: THE DISCURSIVE CONSTRUCTION OF THE INNOCENCE OF INCARCERATED RELATIVES IN VICARIOUS NARRATIVES / [pt] MULHERES NA FILA DE VISITAÇÃO: A CONSTRUÇÃO DISCURSIVA DA INOCÊNCIA DE PARENTES PRESOS EM NARRATIVAS VICÁRIAS

NATALIA CUCINELLO ALBUQUERQUE 02 August 2017 (has links)
[pt] Esta pesquisa é resultado de um encontro misto (Goffman, 1988), proporcionado por entrevistas de pesquisa realizadas por mim com mulheres envolvidas no contexto prisional, especificamente na condição de parentes/visitantes de homens presos. O encontro se deu nas periferias de um presídio do Estado do Rio de Janeiro, em novembro de 2015, com o propósito aplicado de reverter a invisibilidade social dessas mulheres, em sua maioria negras, pobres, mães e moradoras de zonas periféricas do estado. Ao narrarem a causalidade da prisão de seus pares, narrativas de experiência vicária (Norrick, 2013) emergem na interação, com o propósito interacional de inocentá-los e construí-los favoravelmente. É objetivo do trabalho investigar, à luz do campo de Análise de Narrativa (Bastos e Biar, 2015), informado pela Sociolinguística Interacional (Gumperz, 1982; Goffman, 1974), como se constituem tais narrativas de inocentação produzidas pelas entrevistadas, e que tipos de sistemas de coerência emergem dessas histórias. A análise dos dados indica que as entrevistadas animam discursos que desvinculam a agência de seus pares dos respectivos crimes, construindo-os positivamente, e, ao fazerem isso, reivindicam para si mesmas selves favoráveis que funcionam como explicação para estarem ali. Além disso, predominantemente, as participantes costuram relações de causalidade para a prisão de seus pares a partir de frágeis relações silogísticas amparadas no senso comum. / [en] This research is the result of a mixed contact (Goffman, 1988), made possible through research interviews conducted by me with women involved in the prison context, with particular focus on relatives/visitors of incarcerated men. The encounters took place in the outskirts of a prison in the state of Rio de Janeiro in November 2015, with the applied purpose of reversing the social invisibility of these women, who were mostly black, poor, mothers and residents of peripheral areas of the state. Through building external causalities for the imprisonment, the women clear their peers and portray them favorably, in narratives of vicarious experience (Norrick, 2013), which emerge from the interactions. Rooted in the field of Narrative Analysis (Bastos and Biar, 2015) and informed by Interactional Sociolinguistics (Gumperz, 1982; Goffman, 1964), this work aims at investigating how these narratives of innocence are produced by the interviewees and what types of coherence systems emerge from the stories. The analysis of the data indicates that the women animate discourses which disassociate their peers from any agency in relation to their respective crimes, constructing them positively. In doing so, the women claim for themselves favorable selves that function as an explanation for being there as visitors. Furthermore, the participants predominantly set up causality relations to the imprisonment of their peers from fragile syllogistic relations supported by common sense.
7

[en] INTERVIEWS WITH SOCIAL WORKERS: IDENTITY, DISEASE AND STIGMA IN AN ADOLESCENT WARD / [pt] ENTREVISTAS COM O ASSISTENTE SOCIAL: IDENTIDADE, DOENÇA E ESTIGMA EM UMA ENFERMARIA DE ADOLESCENTES

SONIA MARIA DE SOUZA ROSAS 18 September 2006 (has links)
[pt] A tese Entrevistas com o assistente social - identidade, doença e estigma em uma enfermaria de adolescentes investiga a construção de identidades de três adolescentes atendidos em um hospital público do Rio de Janeiro. Foram analisadas entrevistas de assistentes sociais com esses adolescentes e suas mães. Buscou-se observar como os sentidos da doença, ou de suas conseqüências, relacionam-se com as construções identitárias em situação de interação face-a-face, a partir de categorias como posicionamento, alinhamento, enquadres interativos, pistas de contextualização e narrativa. Ancorando-se na Sociolingüística Interacional, a análise assume uma perspectiva interdisciplinar, com a utilização de conceitos de outras áreas das Ciências Humanas e Sociais, tais como a Psicologia Social e Estudos Culturais Foi observado como, em suas falas, os pacientes- adolescentes e suas mães lidam com as diferenças físicas e sociais a partir das enfermidades que esses adolescentes têm ou tiveram. Observamos também como, tendo em foco tais marcas, diferentes identidades dos adolescentes se constroem, em função de diferentes relações com o estigma. Assim, identidades e sentidos das doenças se constroem localmente, durante e pela situação de interação com os assistentes sociais. Acreditamos que a análise da construção do estigma, ao se valer das noções de posicionamento e alinhamento, contribui para os estudos do discurso, que investigam a relação entre linguagem, identidade e sociedade. Por outro lado, ao focalizar a questão do estigma, acreditamos também estar contribuindo para as discussões sobre o atendimento a adolescentes oriundos de classes populares, com dificuldades para integrar-se na sociedade, em conseqüência das marcas deixadas por alguma enfermidade. / [en] The dissertation Interviews with social workers - identity, disease and stigma in an adolescent ward investigates the construction of identities of three adolescents assisted at a public hospital in Rio de Janeiro. Through the analysis of social workers interviews with these adolescents, and their mothers, we aimed at observing how the disease and its consequences were linked to the identities constructed in a situation of face-to-face interaction. The categories used in the analysis were positioning, alignment, interactive frame, contextualization cues and narrative. From an Interactional Socilolinguistics perspective, we assume an interdisciplinary view, using concepts from other areas of the Humanities and Social Sciences, such as Social Psychology and Cultural Studies. The investigation reveals how adolescent-patients, and their mothers, deal with physical and social differences caused by diseases. The research findings point to the construction of different identities for those adolescents through their discourses, and their mothers´, according to the relation they had with the stigma. It was also observed how the meaning of the disease was built during the interaction situation with the social workers. The purpose of relating the construction of the stigma to participants´ positionings and alignments in the interaction made possible to observe how the adolescents and their families deal with the social construction of the disease. This kind of analysis may contribute to discourse studies which investigate the relation between language, identity and society. The study can also contribute to the discussion of services provided to working class adolescents, who have difficulties to integrate in social life, due to health problems.
8

[en] THINKING ABOUT YOURSELF IN DIALOGUE WITH OTHERS: FOR NEW PERSPECTIVES FOR PENITENTIARY EDUCATION / [pt] PENSAR EM SI NO DIÁLOGO COM O OUTRO: POR NOVAS PERSPECTIVAS PARA EDUCAÇÃO PENITENCIÁRIA

KARINE ARAGAO DOS SANTOS FREITAS 13 February 2019 (has links)
[pt] Este trabalho apresenta uma reflexão sobre as atuais práticas leitoras que envolvem o ensino de literatura no ambiente escolar a partir da perspectiva da formação do leitor. Ao ter em vista a focalização dos procedimentos e normas que regem a Educação Penitenciária, traz-se à tona a incoerência de um formato de ensino pautado na absorção de códigos linguísticos e na introjeção de formulações já colocadas pela crítica literária sobre os livros escolhidos para leitura. A proposta, aqui desenhada, procura pensar a leitura como possibilidade de encontro com o outro, de despertar de potencialidades pessoais e de reconstituição de uma subjetividade, muitas vezes, inerte e presa a estigmas. Para isso, é necessário reconfigurar a relação entre o mediador de leitura e o leitor-aluno, bem como certos conceitos sobre os objetivos dessa prática que parecem nortear os atuais projetos de educação trabalhados dentro de presídios por todo Brasil. / [en] This research presents a reflection on the current reader practices that involve the teaching of literature in the school environment from the perspective of the formation of the reader. In order to focus on the procedures and norms governing Penitentiary Education, the incoherence of a teaching format based on the absorption of language codes and the introjection of formulations already placed by literary criticism on the books chosen for reading . The proposal, drawn here, seeks to think of reading as a possibility of meeting with the other, of awakening personal potentialities and of reconstituting a subjectivity, often inert and stigmatized. For this, it is necessary to reconfigure the relationship between the reading mediator and the student reader, as well as certain concepts about the objectives of this practice that seem to guide the current education projects worked within prisons throughout Brazil.
9

[en] AUTHORITIES TURNED ME INTO THIS: NARRATIVES OF ADHERENCE TO DRUG TRAFFICKING AND THE DISCURSIVE CONSTRUCTION OF DEVIANCE / [pt] REALMENTE AS AUTORIDADES VEIO A ME TRANSFORMAR NISSO: NARRATIVAS DE ADESÃO AO TRÁFICO E A CONSTRUÇÃO DISCURSIVA DO DESVIO

LIANA DE ANDRADE BIAR 08 November 2012 (has links)
[pt] A presente tese se propõe a identificar um tipo específico de discurso sobre a violência: as histórias de adesão ao tráfico, sua emergência no contexto de pesquisa e os processos de construção identitária dele decorrentes. Os dados aqui apresentados advêm de trabalho de campo realizado em uma das principais instituições prisionais do país ao longo do ano de 2009. Nessa ocasião, puderam ser realizadas entrevistas com internos membros de facções criminosas cariocas que frequentavam o espaço escolar da instituição, posteriormente analisadas qualitativamente e em perspectiva micro à luz tanto dos estudos sobre narrativas orais, informados pela sociolinguística interacional, quanto dos estudos sobre identidade, especialmente os que consideram o discurso narrativo um lugar privilegiado de construção e análise das identidades sociais. Consoante grande parte das teorias pós-estruturalistas que desessencializam o conceito de identidade, apostando na dimensão simbólica de sua emergência, especialmente os conceitos de desvio e estigma são produtivos neste trabalho, e perpassam as três lâminas de análise propostas nesta abordagem. Na primeira delas, de natureza interacional, lança-se foco sobre o encontro misto entre os pesquisadores e seus entrevistados, e são privilegiadas as estratégias de manipulação e invisibilização dos signos estigmatizantes que ameaçam o equilíbrio interacional e a apresentação positiva do self. Categorias analíticas como o trabalho de face foram usadas para interpretar sequências interacionais marcadas pela neutralização discursiva da experiência desviante. A segunda lâmina de análise descreve a estrutura das narrativas de adesão ao tráfico e se debruça sobre seus sistemas de coerência, isto é, sobre o modo como as relações de sequencialidade e causalidade construídas nessas histórias relacionam-se a outros discursos culturalmente consagrados. Nesse sentido, em tais narrativas, os internos negociam o extraordinário do desvio ancorados em sistemas que explicam a criminalidade a partir de fatores externos à agência individual. Finalmente, a terceira e lâmina de análise procura situar o discurso prisional no embate discursivo e ideológico que lhe dá substância, salientando a maneira como as vozes carcerárias estão se posicionando e combatendo discursivamente a tese, presente no senso-comum, segundo a qual habita os criminosos um instinto perverso. / [en] The present thesis aims at identifying a specific type of discourse about violence: the stories of adherence to drug trafficking, their emergence in the research context and the processes of identity construction resulting from such context. The data presented here comes from field work taken during 2009 in one of the main prison institutions in Brazil. Interviews were made with inmate members of criminal gangs of Rio de Janeiro who attended the prison school. These interviews were then qualitatively analyzed, from a micro-perspective approach, in the light both of the studies on oral narratives, based on interactional sociolinguistics, and of identity studies, especially those which consider narrative discourse as a privileged locus for social identities construction and analysis. Following most poststructuralist theories that dessencialize the concept of identity and bet on its symbolic dimension, the concepts of deviance and stigma are particularly productive in this study and traverse the three foci of analysis proposed. Firstly, following an interactional approach, special attention is given to the mixed meeting between the researcher and her interviewees, privileging the strategies of manipulation and invisibilization of the stigmatizing signs that menaces the interactional balance and the positive presentation of self. Analytical categories such as face work were used to interpret interactional sequences marked by the discursive neutralization of the experience of deviance. Secondly, the analysis describes the structure of narratives of adherence to drug trafficking and focuses on their systems of coherence, i.e., the way sequential ordering and causality relations constructed in these stories relate to culturally established discourses. Therefore, in such narratives, inmates negotiate the extraordinariness of deviance based on systems that explain criminality as related to external factors to individual agency. At last, the third axis of analysis situates prison discourse in the discursive and ideological debate which sustains such discourse, calling attention to the way prison voices position themselves and face, by means of discourse, the common sense thesis about a perverse instinct inhabiting criminals.
10

[en] NEGOTIATIONS WITH THE CLOSET: HOMOSEXUALITIES AND STIGMA IN NARRATIVES OF LIFE STORIES / [pt] NEGOCIAÇÕES COM O ARMÁRIO: HOMOSSEXUALIDADES E ESTIGMA EM NARRATIVAS DE HISTÓRIA DE VIDA

LEANDRO DA SILVA GOMES CRISTOVAO 15 September 2016 (has links)
[pt] A presente tese, circunscrita às tendências indisciplinares da pesquisa em Linguística Aplicada, interessa-se pela construção situada de discursos sobre homossexualidades e suas relações com a ideia de estigma. Para tanto, são analisadas sequências de entrevistas gravadas com três homens que semantizam a homossexualidade em narrativas de história de vida. Entendidas como organizações discursivas que produzem sentido sobre suas experiências de vida, essas narrativas possibilitam a observação atenta das negociações que se estabelecem com o dispositivo do armário, isto é, o agrupamento de discursos que falam sobre regimes de (in)visibilidade das performances de homossexualidade. Performance, nesta tese, é o construto teórico movido para entender as práticas identitárias que produzem as homossexualidades. Distanciando-se de perspectivas que essencializam e/ou naturalizam as identidades de sexualidade, o trabalho estabelece relações com os estudos de orientação queer para criar entendimentos sobre a significação da homossexualidade. A pesquisa afilia-se às tendências qualitativas e interpretativistas em Ciências Sociais para a geração e análise dos dados. A tarefa analítica recorre à área da Sociolinguística Interacional e aos estudos em Análise da Narrativa para debruçar-se sobre as entrevistas gravadas. Os construtos teórico-analíticos de narrativa, face e pistas de contextualização dão conta de uma observação que aponta para três diferentes camadas: a interação estabelecida entre pesquisador e participantes em situação de entrevista, a construção localizada de episódios narrativos que compõem a história de vida dos participantes e as estratégias de estabelecimento de coerência com discursos macrossociais. Perpassa o caminho analítico a ideia de que a homossexualidade é um estigma social a ser negociado no encontro. Diferentemente dos estudos clássicos sobre estigma que se debruçam sobre encontros mistos – aqueles travados entre normais e estigmatizados – no presente estudo, analisa-se a materialidade discursiva de encontros entre iguais, uma vez que pesquisador e participantes constroem-se como indivíduos homossexuais. Assumidamente um empreendimento de caráter político, a tese pretende oferecer contribuições à área dos estudos sociais sobre homossexualidades, apresentando, sob um olhar atento à interação e à construção conjunta de narrativas, a heterogeneidade das performances. Soma-se a isso, a intenção de potencializar vozes dissidentes no âmbito acadêmico. Nesse sentido, as negociações com o armário extrapolam os encontros para a geração dos dados e mantêm-se contínuas ao longo das páginas da tese. / [en] The present thesis, restricted to the indisciplinary tendencies of the research in Applied Linguistics, takes an interest in the situated construction of discourses about homosexualities and its relations with the idea of stigma. For this purpose, sequences of interviews with three men who create senses of homosexuality in narratives of life stories are analyzed. Regarded as discursive organizations that develop senses of their life experiences, such narratives enable the careful observation of the negotiations that are held with the dispositif of the closet; in other words, the compilation of discourses that deal with regimes of (in)visibility of the performances of homosexuality. Performance, in this thesis, is the theoretical construct employed in order to understand the identity practices that produce the homosexualities. By distancing itself from perspectives that essentialize the identities of sexuality, this thesis establishes relations with the studies of queer orientation in order to gain some understanding of the significance of homosexuality. This research is affiliated with qualitative and interpretivist tendencies in Social Sciences as far as data generation and analysis are concerned. The analytical task invests in the field of Interactional Sociolinguistics as well as studies in Narrative Analysis so as to address the recorded interviews. The theoretical-analytical constructs of narrative, face and contextualization cues allow for an observation that points to three different layers: the interaction established between researcher and participants in the situation of interview, the localized construction of narrative episodes that comprise the life story of the participants and the strategies of coherence setting with macro social discourses. The idea of homosexuality as a social stigma to negotiate with in the interviews covers the analytical task. Unlike classic studies about stigma that aim at mixed contexts – between non-deviant and deviant subjects – in the present thesis, the discursive materiality of encounters between equals is analyzed, since both researcher and participants construct themselves as homosexual individuals. An outspoken enterprise of a political nature, this thesis intends to offer contributions to the field of social studies about homosexualities, presenting the heterogeneity of the performances considered when a closer look into the interaction and the co-construction of narratives is taken. In addition to this is the intention of strengthening dissenting voices in the academic sphere. For this reason, the negotiations with the closet extrapolate the encounters for data generation and flow as an ongoing process throughout the pages of the thesis.

Page generated in 0.0562 seconds