• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 51
  • 32
  • 28
  • 13
  • 3
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 139
  • 139
  • 66
  • 54
  • 35
  • 34
  • 34
  • 32
  • 32
  • 32
  • 29
  • 29
  • 26
  • 20
  • 20
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

Projeto evolutivo de bases de dados : uma abordagem iterativa e incremental usando modularização de bases de dados / Evolutionary database design : an iterative and incremental approach using database modularization

Guedes, Gustavo Bartz, 1983- 02 November 2014 (has links)
Orientadores: Gisele Busichia Baioco, Regina Lúcia de Oliveira Moraes / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Tecnologia / Made available in DSpace on 2018-08-24T15:26:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Guedes_GustavoBartz_M.pdf: 5989312 bytes, checksum: 0e3053f8f1adcbcf13039b8caeb8a87e (MD5) Previous issue date: 2014 / Resumo: Sistemas de software evoluem ao longo do tempo devido a novos requisitos ou a alterações nos já existentes. As mudanças são ainda mais presentes nos métodos de desenvolvimento de software iterativos e incrementais, como os métodos ágeis, que pressupõem a entrega contínua de módulos operacionais de software. Os métodos ágeis, como o Scrum e a Programação Extrema, são baseados em aspectos gerenciais do projeto e em técnicas de codificação do sistema. Entretanto, mudanças nos requisitos provavelmente terão reflexo no esquema da base de dados, que deverá ser alterado para suportá-los. Quando o sistema se encontra em produção, alterações no esquema da base de dados são onerosas, pois é necessário manter a semântica dos dados em relação à aplicação. Portanto, este trabalho de mestrado apresenta o processo evolutivo de modularização de bases de dados, uma abordagem para projetar a base de dados de modo iterativo e incremental. A modularização é executada no projeto conceitual e amplia a capacidade de abstração do esquema de dados gerado facilitando as evoluções futuras. Por fim, foi desenvolvida uma ferramenta que automatiza o processo evolutivo de modularização de bases de dados, chamada de Evolutio DB Designer. Essa ferramenta permite modularizar o esquema da base de dados e gerar automaticamente o esquema relacional a partir dos módulos de bases de dados / Abstract: Software systems evolve through time due to new requirements or changing in the existing ones. The need for constant changes is even more present on the iterative and incremental software development methods, such as those based on the agile methodology, that demand continuous delivery of operational software modules. The agile development methods, like Scrum and Extreme Programming, are based on management aspects of the project and techniques for software coding. However, changes in the requirements will probably affect the database schema, which will have to be modified to accommodate them. In a production system, changes to the database schema are costly, because from the application¿s perspective the data semantics needs to be maintained. Therefore, the present work presents the evolutionary database modularization design process, an approach for the iterative and incremental design of the database. The modularization process is executed during the conceptual design improving the abstraction capacity of the generated data schema resulting in a graceful schema evolution. In addition, a tool that automates the evolutionary database modularization design process was developed, called Evolutio DB Designer. It allows the modular design of the database schema and automatically generates the relational data schema based on the database modules / Mestrado / Tecnologia e Inovação / Mestre em Tecnologia
32

Aplicação de práticas ágeis na construção de data warehouse evolutivo / Application of agile practices in the traditional method of data warehouse engineering

Guilherme Tozo de Carvalho 28 April 2009 (has links)
Um Data Warehouse (DW) é um banco de dados centralizado, orientado por assunto, integrado, não volátil e histórico, criado com o objetivo de dar apoio ao processo de tomada de decisão e que estrutura os dados em uma arquitetura analítica bastante distinta da arquitetura relacional utilizada nos bancos de dados transacionais. Construir um DW é um projeto de engenharia bastante complexo pois envolve muitas tecnologias e muitas pessoas, de diferentes equipes, em um grande esforço conjunto para construir esta base central de informações corporativas. O processo tradicional de construção de um DW não utiliza conceitos ágeis e, pelo escopo de desenvolvimento ser grande, pode levar muito tempo até que funcionalidades sejam entregues aos clientes. Os métodos ágeis de engenharia de software são muito usados como uma alternativa aos métodos tradicionais de desenvolvimento e têm diferenciais que trazem muito valor a projetos grandes pois, além de buscar desenvolver versões funcionais em prazos curtos, defendem que todos os sistemas têm a constante necessidade de se adaptar a mudanças. Neste trabalho são aplicadas práticas ágeis no processo tradicional de engenharia de DW para que o desenvolvimento seja realizado em ciclos iterativos curtos, tornando possível o desenvolvimento rápido e evolutivo de um DW com entregas constantes de novas funcionalidades. A contínua evolução deste complexo ambiente analítico é apoiada por conceitos de banco de dados evolutivos e também por fundamentos de métodos ágeis. / A data warehouse (DW) is a central database, subject-oriented, integrated, nonvolatile, and time-variant collection of data in support of management\'s decision making process and that summarize the data in an analytic architecture quite different from the relational one, used in transactional databases. Building a DW is a complex engineering project because it involves many technologies and many people, from different teams, in a huge corporative effort to build a central database with corporative data. The traditional engineering process to build a DW does not use agile concepts and, as its scope is quite big, it might takes a long time until the customer can use its features. Agile methods of software engineering are commonly used as an alternative to the traditional methods and they have some differentials that lead a lot of value to big projects, as the continuous attempt to develop short releases in short periods of time, or the belief that every system needs to be continuously adapted to the changes on its environment. This work applies agile practices in the traditional DW engineering method, so that the development can be done in short iterative cycles, making possible a fast and evolutive DW project, with frequent delivering of new functionalities. The continuous evolution of this complex analytical environment is supported by evolutive database concepts and also for agile methods foundations.
33

Replicação assíncrona em bancos de dados evolutivos / Asynchronous Replication in Evolutionary Databases

Helves Humberto Domingues 02 June 2011 (has links)
A modelagem evolutiva de bancos de dados é necessária devido às frequentes mudanças de requisitos das aplicações. O desafio é ainda maior quando o banco de dados tem de atender simultaneamente a várias aplicações. A solução proposta por Scott Ambler para evolução utiliza refatorações e define um período de transição, durante o qual tanto o esquema antigo quanto o novo coexistem e os dados são replicados por meio de um processo síncrono que apresenta várias dificuldades, como a interferência no funcionamento normal das aplicações. Para minimizar essas dificuldades, esta tese propõe um processo assíncrono para manter atualizados esses esquemas e apresenta um protótipo de uma ferramenta para auxiliar as evoluções dos bancos de dados. A proposta foi validada por meio de um experimento em laboratório que comparou a solução aqui apresentada com a proposta por Ambler. / Evolutionary database modeling is necessary due to the frequent changes in application requirements. The challenge is greater when the database must support multiple applications simultaneously. The solution for evolution proposed by Scott Ambler is refactoring with a transition period, during which both the old and the new database schemas coexist and data is replicated via a synchronous process, what brings several difficulties, such as interference with the normal operation of applications. To minimize these difficulties, this thesis proposes an asynchronous process to keep these schemas updated and presents a prototype tool to evolve databases. The proposal was validated by a laboratory experiment in which the solution presented here was compared with the one proposed by Ambler.
34

ECO - um ecossistema para o desenvolvimento ágil de sistemas web / ECO - An ecossystem for agile web systems development

André Luís Gouvêa de Figueiredo 03 June 2005 (has links)
A expansão vertiginosa do uso de Sistemas Web como ferramenta de negócio colocou grande pressão sobre o desenvolvimento de software, exigindo entrega deresultado tangível cada vez mais rápido, num ambiente altamente instável e dinâmico. Em resposta a essas necessidades, surgiu uma nova classe de metodologias de desenvolvimento de software, conhecidas como Metodologias Ágeis. Este trabalho apresenta as principais características desta nova classe de metodologias, analisando em detalhes três dos principais Métodos Ágeis existentes. O objetivo primordial deste trabalho é a definição de um Método Ágil especializado para as características dos Sistemas Web, ou usando uma terminologia mais alinhada com a base filosófica que permeia o trabalho, o objetivo é a criação de um Ecossistema de Desenvolvimento Ágil de software, especializado para Sistemas Web / The vertiginous expansion of the use of the Web Systems as business tool imposed great pressure on the software development, demanding delivery of tangible result faster time, in an unstable and highly dynamic environment. In response to these necessities, appeared a new methodology class of software development: Agile Methodologies. This work presents the main characteristics of this new kind of methodologies, analyzing in details three of the main existing Agile Methods. The primordial objective of this work is the definition of a specialized Agile Method for the characteristics of the Web Systems, or using a terminology aligned with the philosophical base of this work, the objective is the creation of an Ecosystem of Agile Software Development, focused on Web Systems
35

Scrum-DR: uma extensão do framework Scrum aderente ao CMMI-DEV utilizando técnicas de Design Rationale. / Scrum-DR: an extension of the scrum framework adherent to the capability maturity model using Design Rationale techniques.

Sandra Kawamoto 08 November 2017 (has links)
Os métodos ágeis introduziram uma nova abordagem de desenvolvimento de software, enfatizando os indivíduos, o produto e a comunicação. Prometem alta satisfação do cliente, baixo índice de erros, tempo de desenvolvimento mais rápido e uma solução para a rápida mudança de requisitos. Por outro lado, modelos de qualidade de software, como o CMMI, prometem previsibilidade, estabilidade e segurança, melhorando a qualidade dos produtos e dos processos da empresa. O intuito desta pesquisa é unir estas duas abordagens na tentativa de aproveitar as vantagens de ambas. Como resultado, apresenta-se o framework Scrum-DR, uma extensão do Scrum, aderente às diretrizes do CMMI-DEV na categoria Suporte. O Scrum-DR possui características do desenvolvimento ágil de software e contempla a utilização de técnicas de Design Rationale, apresentando um modelo que soluciona uma importante questão nas metodologias ágeis. / Agile methods introduced a new approach to software development, emphasizing individuals, product, and communication. They promise high customer satisfaction, low error rates, faster development time and a solution for rapidly changing requirements. On the other hand, software quality models, such as CMMI, promise predictability, stability and security, improving the quality of the company\'s products and processes. The purpose of this research is to link these two approaches in an attempt to take advantage of both. As a result, the Scrum-DR framework, a Scrum extension, adhering to the CMMI-DEV guidelines in the Support category is presented. Scrum-DR has characteristics of agile software development and contemplates the use of Design Rationale techniques, presenting a model that solves an important issue in agile methodologies.
36

Agile development of open educational resources / Desenvolvimento ágil de recursos educacionais abertos

Mauricio Massaru Arimoto 03 May 2016 (has links)
Over the years, the rapid advance of the computer and communication technologies has significantly changed the way in which the society communicates and conducts business. Similarly, changes have occurred in the way in which educational resources are designed, developed and made available to learners. Following this trend, the development and adoption of Open Educational Resources (OERs) has been gaining more supporters across the world, as a means to expand access to knowledge and improve education. Indeed, the free and open distribution of educational resources helps disseminate knowledge, facilitates access to information and promotes the democratisation of access to education, benefiting society as a whole. While OERs can bring benefits to, and impact on education, there are still challenges to their widespread production and adoption. One of the challenges faced by developers (including educators and practitioners) of OERs is to produce quality and relevant learning materials, capable of being reused and adapted in different contexts and learning situations. Also, there is a need for mechanisms that provide higher productivity of the development process and quality of the resulting OERs. This work aims to investigate the development of OERs and establish flexible approaches to effectively support the design and creation of these resources. In this context, an agile method for the development and sharing of OERs, named AM-OER, was established. It is grounded on practices of Software Engineering and on practices of Learning Design. Such practices are embedded in the development of OERs aiming at improving quality and facilitating reuse and adaptation. The ultimate aim of AM-OER is to support the development of quality OERs, able to motivate and guide learners in the process of knowledge construction. Preliminary empirical assessments were conducted to validate AM-OER through its application in the design and creation of courses in the free and open source software development and software testing domain. The results obtained so far have shown that the method is feasible and effective for the design and creation of OERs. / Ao longo dos anos, o rápido avanço nas tecnologias computacionais e de comunicação vem alterando de forma significativa o modo com que a sociedade se comunica e conduz seus negócios. De forma análoga, mudanças vêm ocorrendo na maneira com que os recursos educacionais são projetados, desenvolvidos e disponibilizados aos aprendizes. Seguindo essa tendência, o desenvolvimento e a adoção de Recursos Educacionais Abertos (REAs) vêm ganhando cada vez mais adeptos em todo o mundo, como uma forma de ampliar o acesso ao conhecimento e melhorar a educação. De fato, a distribuição livre e aberta de recursos educacionais contribui para a disseminação de conhecimento e facilita o acesso à informação, além de promover a democratização do acesso à educação, beneficiando a sociedade como um todo. Embora REAs possam trazer benefícios e impacto sobre a educação, ainda existem muitos desafios para sua ampla produção e adoção. Um dos desafios enfrentados pelos desenvolvedores (incluindo educadores e praticantes) de REAs é produzir materiais de aprendizagem de qualidade, capazes de serem reusados e adaptados a diferentes contextos e situações de aprendizagem. Evidencia-se também a necessidade de mecanismos que propiciem o aumento da produtividade do processo de desenvolvimento e da qualidade dos REAs elaborados. Este trabalho tem como objetivo investigar o desenvolvimento de REAs e estabelecer abordagens flexíveis para apoiar efetivamente o projeto e a criação desses recursos. Nesse contexto, um método ágil para o desenvolvimento e disponibilização de REAs, AM-OER, foi estabelecido. O método é fundamentado em práticas da Engenharia de Software e práticas de projeto de aprendizagem (Learning Design), incorporadas no desenvolvimento de REAs no intuito de melhorar a sua qualidade e facilitar o reúso e adaptação. O objetivo final do método é apoiar o desenvolvimento de REAs de qualidade, capazes de motivar e guiar os aprendizes no processo de construção de conhecimento. Avaliações empíricas preliminares foram conduzidas para validar o AM-OER por meio de sua aplicação no projeto e criação de cursos nos domínios de desenvolvimento de software livre e teste de software. Os resultados obtidos até o momento demonstram que o método é viável e eficaz no projeto e criação de REAs.
37

Métricas de avaliação para abordagens ágeis em projetos de software

Pegoraro, Raquel Aparecida January 2014 (has links)
A adoção de métodos ágeis é uma forma eficaz de reduzir o ciclo de entrega no desenvolvimento de software, fornecendo software de qualidade em curto espaço de tempo. Porém, a adoção desta nova abordagem de desenvolvimento de software torna necessário repensar a forma de medir e controlar os projetos. Os métodos ágeis não tratam claramente sobre os assuntos utilização de métricas e adoção de um processo de medição para projetos de softwares desta natureza, faltando estudos que tragam recomendações em como estabelecer métricas para projetos ágeis e como adotar um processo de medição compatível com esta abordagem. Visando contribuir neste sentido esta tese tem como objetivo definir um conjunto de métricas adequadas às necessidades de monitoramento e propor um processo de medição, compatível com a abordagem ágil de desenvolvimento de software. Como método de pesquisa foi realizado um trabalho exploratório através de revisão de literatura e de pesquisa de campo com entrevista em profundidade em empresas de desenvolvimento de software experientes em métodos ágeis. O primeiro resultado do trabalho é a apresentação de um conjunto de métricas consolidados para auxiliar na gestão de projetos ágeis de desenvolvimento de software nas fases de projeto/releases, iteração e diário. As métricas são especificadas detalhadamente contendo as informações necessárias para seu entendimento e aplicação. Posteriormente é proposto um processo de medição compatível com a abordagem ágil de desenvolvimento de software, visando apoiar as empresas que adotam métodos ágeis na definição de métricas adequadas para suas necessidades de medição e no monitoramento. O processo contempla as fases de planejamento de medição, monitoramento da iteração, ações da iteração, monitoramento do projeto/releases, ações sobre o projeto/releases e avaliação final, sendo que em cada fase do processo são apresentadas recomendações para a sua implantação. O processo está estruturado num ciclo de gestão baseado em etapas de planejar, executar, verificar, atuar, refletir e melhorar, respeitando as características dos projetos ágeis de desenvolvimento de software, e na proposição de um quadro visual de monitoramento que permita a gestão do processo de medição de forma visual. Além dos resultados apresentados foram deixadas hipoteses e recomendações para trabalhos futuros. / The adoption of agile methods is effective way to reduce the delivery cycle on software development, providing quality software in a short time. However, the adoption of this new approach to software development is necessary rethink how to measure and control projects. Agile methods not explain about adoption metrics and measurement process for software projects of this approach, lacking studies providing recommendations on how to establish metrics for agile projects and how to adopt a process measurement compatible with this approach. Contributing this thesis goal produce a set of metrics adequate monitoring needs and propose a measurement processcompatible with agile software development. Method of research was exploratory through literature review and field research with depth interviews in experienced software development companies in agile methods. The first result of this work is the presentation of a consolidated metrics set to help the management of agile development at the phases of project/releases, iteration and daily. The metrics are specified detailed containing the information necessary for their understanding and application. Later we propose a measurement process compatible with agile approach to software development, to support businesses that adopt agile methods in defining adequate metrics for your measurement needs and monitoring. The process include the steps of measurement planning, monitoring of the iteration, the iteration actions, monitoring project/releases, actions on the project/releases and final evaluation, in each stage of the process provides recommendations for implementation. The process is structured in a management cycle based on steps to plan, implement, check, act, reflect and improve, respecting the characteristics of agile software development projects and propose a visual tracking board that allows for the management of the measurement process. In addition to the results were allowed hypotheses and recommendations for future work.
38

Fatores de escolha entre metodologias de desenvolvimento de software tradicionais e ágeis. / Factors of choice between traditional and agile software development methodologies.

Guilherme Augusto Machado de Almeida 23 January 2017 (has links)
A escolha entre o uso de metodologias ágeis ou metodologias tradicionais de desenvolvimento de software continua sendo amplamente discutida em vários aspectos, sendo um deles a presença ou ausência de certos fatores que precisam ser identificados para que as aplicações das metodologias sejam realizadas com sucesso. Neste estudo, tanto metodologias ágeis quanto tradicionais são discutidas através da literatura desde seu surgimento, histórico e evolução, até estudos comparativos entre ambas e outros com evidências empíricas, embora ainda haja a necessidade de estudos deste último tipo para o domínio. Com o intuito de avaliar as adequações dos tipos de metodologia para os diferentes cenários que uma organização ou projeto pode apresentar a partir dos fatores encontrados na literatura, foram realizadas entrevistas e questionários com pessoas envolvidas em desenvolvimento e definição de processos de desenvolvimento de software em um estudo de caso em empresa selecionada para a obtenção de mais evidências empíricas sobre o tema. Com os resultados obtidos, identifica-se então entre os fatores estudados quais são habilitadores e quais são inibidores para cada tipo de metodologia, propondo-se um modelo para a escolha de um ou de outro tipo a partir da presença ou ausência destes fatores nos cenários de aplicação das metodologias. / The choice between agile or traditional software development methodologies continues to be widely discussed in several aspects, being one of these aspects that certain factors presence or absence must be identified for methodologies usage to be successful. In this study, both agile and traditional methodologies are discussed on the domain literature from their emergence, historical facts and evolution, to comparative studies and empirical evidences obtained, despite there is still need for studies on this last subject for the domain. In order to evaluate adequacy for both types of methodologies to the different scenarios in which an organization or project may occur considering the factors appointed by literature, interviews and surveys where done with key people involved in software development or software processes in a case study in a selected company for more empirical evidence achievement. Then it is possible to identify between the factors which are enablers and which are inhibitors for each type of methodology, then purposing a model for the choice between the two types from the presence or absence of these factors in the scenarios for their uses.
39

Qualidade de software no desenvolvimento com métodos ágeis / Software quality on agile development

Bruno Henrique Oliveira 25 April 2014 (has links)
A Engenharia de Software é uma disciplina que tem entre seus objetivos melhorar a produtividade dos processos de desenvolvimento de software, assim como propiciar qualidade ao produto resultante desses processos. Para mensurar a qualidade dos produtos de software, foram criados modelos de qualidade, que recomendam métricas, processos e atividades que passaram a se tornar parte do dia-a-dia do desenvolvimento de projetos em empresas. Considerando outra perspectiva, a indústria de software tem adotado cada vez mais os métodos ágeis. Esses métodos foram desenvolvidos visando a entrega rápida do software, com ciclos curtos e adaptáveis de desenvolvimento, foco na comunicação direta e baixo volume de documentação. Considerando a importância do tema qualidade de software, e a baixa aderência dos modelos tradicionais de qualidade aos métodos ágeis, o objetivo deste projeto foi investigar o tema qualidade de software no contexto ágil, ou seja, estudar quais métricas de qualidade são empregadas nesse processo de desenvolvimento. Para isso foram realizados dois estudos empíricos, um estudo de caso e um survey, sobre atividades de garantia e controle de qualidade, métricas de qualidade de software, processos e ferramentas utilizadas no desenvolvimento de software. Os resultados obtidos guiaram a construção de uma ferramenta de apoio para avaliação da qualidade durante o desenvolvimento ágil de software. Os resultados dos estudos mostraram que a execução constante de atividades como revisão de código e refatoração, são fatores essenciais para garantia de qualidade nos métodos ágeis. Outro resultado encontrado foi o de que praticantes de métodos ágeis são entusiastas do processo de desenvolvimento utilizado. Eles conhecem o método e praticam com alta fidelidade os passos definidos pelo processo. É possível concluir que os métodos ágeis possuem diversas atividades como foco na garantia de qualidade de seu produto desde os estágios iniciais do desenvolvimento. A cultura ágil cria um ambiente propício para motivação e engajamento das equipes de desenvolvimento, fato que reflete positivamente na qualidade final dos produtos / One of the main objectives of Software Engineering is to improve the productivity of software development processes, as well as providing quality to the product resulting from such processes. Thus, quality models were defined to measure the software quality. Those models recommend metrics, processes and activities that became part of day-to-day on development companies. Considering another perspective, the software industry has increasingly adopted agile methods. These methods were developed considering rapid software delivery, with short and adaptable development cycles, focusing on direct communication and low volume of documentation. Considering the importance of software quality and the low compliance of agile methods to traditional quality models, this project aimed to investigate software quality in agile development environments, in other words, to research wich quality metrics are employed in these development processes. Considering this objective, two empirical studies were designed, a case study and a survey. These studies have explored themes like software quality control, software quality assurance, quality metrics, development process and development tools that are employed on software development. The results guided the construction of a tool to support the quality evaluation during the agile development. The studies results showed that the high frequency of activities such as code review and refactoring, are essential factors for assuring quality on projects using agile methods. Another result was found regarding developers behavior. Agile practitioners are enthusiasts of the development process they use. They have a high level of compliance to development process they use. It is possible to conclude that agile methods have several activities focused on the quality assurance of its own products since the initial stages of development. The agile culture creates a convenient environment that engages and motivates the development teams. This fact has a positive effect on the product quality
40

AnÃlise da utilizaÃÃo de mÃtodos Ãgeis no desenvolvimento de ambientes virtuais de aprendizagem: um estudo de caso do Solar 2.0 / Analysis of the use of agile methods in the development of virtual learning environments: a case study of the Solar 2.0

Ari do Amaral Torres Filho 30 January 2014 (has links)
FundaÃÃo de Amparo à Pesquisa do Estado do Cearà / Nas duas Ãltimas dÃcadas houve um considerÃvel avanÃo no uso de Tecnologias da InformaÃÃo e ComunicaÃÃo Digitais no processo de ensino e aprendizagem, tanto na modalidade de EducaÃÃo presencial quanto a distÃncia. Neste contexto, o uso de Ambientes Virtuais de Aprendizagem - softwares criados para o suporte a cursos atravÃs da Internet - vÃm crescendo e seu acesso se tornando cada vez mais diversificado, indo de computadores desktop a celulares smartphones. Desta forma, a complexidade de criaÃÃo destes ambientes se torna cada vez maior e exige tÃcnicas de Engenharia de Software e GestÃo de Projetos cada vez melhores para garantir a qualidade do produto gerado e a satisfaÃÃo do cliente. Tendo em vista tal cenÃrio, o presente trabalho propÃe o uso de Metodologias Ãgeis tanto no desenvolvimento quanto na gestÃo de projetos de ambientes virtuais como uma soluÃÃo mais interessante que a tradicional forma de criaÃÃo de softwares baseada somente na qualidade do produto, esquecendo, muitas vezes, a satisfaÃÃo do cliente e a motivaÃÃo dos desenvolvedores / In the last two decades there has been considerable progress in the use of Information Technologies and Digital Communication in the process of teaching and learning, both in the form of classroom education as distance. In this context, the use of Virtual Learning Environments - software designed to support the courses via the Internet - is growing and access becoming increasingly diverse, ranging from desktop computers to mobile smartphones. Thus, the complexity of creating these environments becomes increasingly technical and requires Software Engineering and Project Management always better to ensure product quality and customer satisfaction generated. Given such a scenario, this paper proposes the use of Agile methodologies in the development and project management of virtual environments as a more interesting way than traditional software delivery based only on product quality, forgetting often , customer satisfaction and motivation of developers. This paper reports the adoption of agile methodologies in the development of the SOLAR AVA 2.0, showing that it is possible to succeed in both the technical level and at the organizational and personally with the adoption of agile practices in the development of AVAs that can be proven through experiments done with the satisfaction surveys with users and project developers.

Page generated in 0.2946 seconds