• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 3
  • Tagged with
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

O percurso das ideias do círculo de Bakhtin na análise do discurso francesa

Costa, Claudiana Nair Pothin Narzetti. 2012 (has links)
Orientador: Renata Maria Facuri Coelho Marchezan Banca: Sirio Possenti Banca: Odenildo Teixeira Sena Banca: Geraldo Tadeu Souza Banca: Carlos Piovezani Resumo: Este trabalho versa sobre o percurso trilhado pelas ideias do Círculo de Bakhtin no campo da Análise do discurso francesa no período de sua emergência e expansão, isto é, os anos 1970-80. Apresenta-se, assim, como um trabalho de história. Por um lado, história da Análise do discurso francesa, pois trata do processo histórico ao fim do qual o Círculo de Bakhtin tornou-se uma nova e generalizada referência para o referido campo. Por outro, história do Círculo de Bakhtin, pois trata de um capítulo daquilo que poderíamos chamar de história de suas errâncias ou de suas andanças pelos mais diferentes "cronotopos". O trabalho destaca as questões teóricas e políticas envolvidas nesse processo, seguindo uma perspectiva epistemológica e genealógica. Propõe que esse percurso foi marcado por duas recepções distintas das ideias do grupo de Bakhtin, caracterizadas por diferenças significativas não apenas quanto à amplitude da referência aos conceitos do Círculo nos trabalhos práticos, mas também quanto aos efeitos da apropriação desses conceitos. A primeira recepção, a inaugural, caracteriza-se por: uma referência praticamente exclusiva a uma obra de um dos membros do Círculo - Marxismo e filosofia da linguagem, de Voloshinov; também por uma divergência profunda, entre as tendências da análise do discurso sociolinguística e da análise do discurso de Pêcheux, quanto à pertinência da apropriação dos conceitos formulados na referida obra para o desenvolvimento teórico e metodológico da Análise do discurso; e, enfim, por uma aplicação/apropriação desses conceitos aos problemas e objetos dos analistas do discurso, aplicação na qual eram, na maioria das vezes, articulados a outros formulados no interior do campo, cujo efeito poderia ser definido como um incremento do corpo conceitual e da metodologia da... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) Résumé: Ce travail aborde le parcours des idées du Cercle de Bakhtine dans le champ de l'Analyse du discours française dans la période de son émergence et expansion, les années 1970-80. C'est, ainsi, un travail d'histoire. D'une part, histoire de l'Analyse du discours française, donc traite du processus historique à la fin duquel le Cercle de Bakhtine est devenu une référence nouvelle et globale pour ce domaine. D'autre part, histoire du Cercle de Bakhtine, parce que c'est un chapitre de ce qu'on pourrait appeler l'histoire de ses réceptions et appropriations dans les plus différentes « chronotopes ». Le travail souligne les questions théoriques et politiques impliqués dans ce processus, en suivant une perspective épistémologique et généalogique. Il est proposé que ce parcours a été marqué par deux réceptions distinctes des idées du groupe de Bakhtine, caractérisées par des différences significatives non seulement dans ce que concerne à l'amplitude de la référence aux concepts du Cercle de Bakhtine dans les travaux pratiques, mais aussi dans ce que concerne aux effets de l'appropriation de ces concepts. La première réception, l'inaugural, se caractérise par : une référence quasi exclusive à une seul oeuvre d'un des membres du Cercle - Le marxisme et la philosophie du langage, de Volochinov ; aussi par une divergence profonde, entre les tendances de l'analyse du discours sociolinguistique et l'analyse du discours de Pêcheux, concernent à la pertinence de l'appropriation des concepts formulés dans cette oeuvre pour le développement théorique et méthodologique de l'Analyse du discours ; et, enfin, par une application/appropriation de ces concepts aux problèmes et aux objets des analystes du discours, application dans laquelle, dans... (Résumé complet accès életronique cidessous) Doutor
2

O percurso das ideias do círculo de Bakhtin na análise do discurso francesa

Costa, Claudiana Nair Pothin Narzetti [UNESP] 2 March 2012 (has links)
Ce travail aborde le parcours des idées du Cercle de Bakhtine dans le champ de l’Analyse du discours française dans la période de son émergence et expansion, les années 1970-80. C’est, ainsi, un travail d’histoire. D’une part, histoire de l’Analyse du discours française, donc traite du processus historique à la fin duquel le Cercle de Bakhtine est devenu une référence nouvelle et globale pour ce domaine. D’autre part, histoire du Cercle de Bakhtine, parce que c’est un chapitre de ce qu’on pourrait appeler l’histoire de ses réceptions et appropriations dans les plus différentes « chronotopes ». Le travail souligne les questions théoriques et politiques impliqués dans ce processus, en suivant une perspective épistémologique et généalogique. Il est proposé que ce parcours a été marqué par deux réceptions distinctes des idées du groupe de Bakhtine, caractérisées par des différences significatives non seulement dans ce que concerne à l’amplitude de la référence aux concepts du Cercle de Bakhtine dans les travaux pratiques, mais aussi dans ce que concerne aux effets de l’appropriation de ces concepts. La première réception, l’inaugural, se caractérise par : une référence quasi exclusive à une seul oeuvre d’un des membres du Cercle – Le marxisme et la philosophie du langage, de Volochinov ; aussi par une divergence profonde, entre les tendances de l’analyse du discours sociolinguistique et l’analyse du discours de Pêcheux, concernent à la pertinence de l’appropriation des concepts formulés dans cette oeuvre pour le développement théorique et méthodologique de l'Analyse du discours ; et, enfin, par une application/appropriation de ces concepts aux problèmes et aux objets des analystes du discours, application dans laquelle, dans... (Résumé complet accès életronique cidessous) Este trabalho versa sobre o percurso trilhado pelas ideias do Círculo de Bakhtin no campo da Análise do discurso francesa no período de sua emergência e expansão, isto é, os anos 1970-80. Apresenta-se, assim, como um trabalho de história. Por um lado, história da Análise do discurso francesa, pois trata do processo histórico ao fim do qual o Círculo de Bakhtin tornou-se uma nova e generalizada referência para o referido campo. Por outro, história do Círculo de Bakhtin, pois trata de um capítulo daquilo que poderíamos chamar de história de suas errâncias ou de suas andanças pelos mais diferentes “cronotopos”. O trabalho destaca as questões teóricas e políticas envolvidas nesse processo, seguindo uma perspectiva epistemológica e genealógica. Propõe que esse percurso foi marcado por duas recepções distintas das ideias do grupo de Bakhtin, caracterizadas por diferenças significativas não apenas quanto à amplitude da referência aos conceitos do Círculo nos trabalhos práticos, mas também quanto aos efeitos da apropriação desses conceitos. A primeira recepção, a inaugural, caracteriza-se por: uma referência praticamente exclusiva a uma obra de um dos membros do Círculo – Marxismo e filosofia da linguagem, de Voloshinov; também por uma divergência profunda, entre as tendências da análise do discurso sociolinguística e da análise do discurso de Pêcheux, quanto à pertinência da apropriação dos conceitos formulados na referida obra para o desenvolvimento teórico e metodológico da Análise do discurso; e, enfim, por uma aplicação/apropriação desses conceitos aos problemas e objetos dos analistas do discurso, aplicação na qual eram, na maioria das vezes, articulados a outros formulados no interior do campo, cujo efeito poderia ser definido como um incremento do corpo conceitual e da metodologia da...
3

Sentidos do percurso da análise de discurso no Brasil na voz de pesquisadores da área Senses of discourse analysis trajectory in Brazil under the voice of reseachers in the area

Maria Eunice de Godoy Machado Teixeira 2014 (has links)
Resumo: Este trabalho é uma reflexão sobre a presença, nos últimos 40 anos, da Análise de Discurso no Brasil. Na perspectiva da História das Ideias Linguísticas em articulação com dispositivos teórico-metodológicos da Análise de Discurso Pechetiana, compreender, nas formulações dos enunciados de entrevistas realizadas com pesquisadores que estudam esta teoria, gestos de interpretação que historicizam sua presença e determinam diferentes direções no processo histórico de surgimento, desenvolvimento e constituição da área da Análise de Discurso no país, compondo, assim, diferentes lugares teórico-metodológicos para a teoria. O recorte dos pesquisadores a serem entrevistados foi feito pelos cursos de Letras, Linguística, Ciências Sociais, Ciências Políticas, História, Psicanálise, Psicologia e Comunicação Social, cujos mestrado e/ou doutorado fossem recomendados pela Capes. No início de 2011, foram encontrados 317 cursos nessas condições. A partir daí, passou-se a pesquisar o currículo Lattes dos docentes dos cursos, no qual deveria constar o termo Análise de(do) Discurso, seja no texto de apresentação, nas linhas ou projetos de pesquisa, ou ainda, em disciplinas ministradas. Foram consultados mais de 900 currículos Lattes de professores e se chegou ao número de 369 pesquisadores para os quais foi enviado, por e-mail, um questionário. As primeiras leituras se deram com 104 entrevistas recebidas e, a análise final, com 44 delas, cujos enunciados constituíram o corpus desta pesquisa. Ao final desse trabalho, foi possível compreender que a Análise de Discurso se configura nas relações que estabelece entre interfaces, flutuações teóricas e suas bases fundadoras. Sua constituição plural se faz em um constante movimento de construção e reconstrução de seu território, em um espaço tensionado, no qual a teoria é compreendida, ora como um campo aberto de conhecimento, ora um campo demarcado. E, nesse movimento, sua identificação é significada, em muitos dizeres, pela contraposição ao Outro; ou seja, por aquilo que não é em relação ao que é o Outro. O sentido de identificação pela negação, nos dizeres analisados, marca, entre outros, o modo de enfrentamento de um embate em torno de uma questão central entre a Análise de Discurso e outras teorias linguísticas, a saber: a compreensão da língua. Compreendeu-se, ainda, que o percurso da Análise de Discurso no Brasil se fez em diferentes temporalidades, sejam em torno de distintas inscrições teóricas dos pesquisadores; sejam temporalidades nas quais a Análise de Discurso foi posta como um divisor de águas nos estudos linguísticos, uma ruptura ou novidade em uma determinada ordem; ou mesmo, nas temporalidades em que os sujeitos-pesquisadores foram se constituindo em diferentes posições teóricas no interior de desdobramentos da Análise de Discurso. Nesta pesquisa, não se tratou de recorrer à memória de arquivo, mas ao interdiscurso e o trabalho lidou com fragmentos, sentidos à deriva, muitas vezes, contraditórios e que retornam ou avançam, conforme diferentes posições-sujeito assumidas nos dizeres dos entrevistados. Abstract: This research is a reflection on the presence, mainly in the last 40 years, of Discourse Analysis in Brazil. It aims to comprehend, on the perspective of the Linguistic Ideas History in articulation with Pecheut's Discourse Analysis theorical-methodological dispositives, in the formulation of the statements formulation in the interviews performed with researches that study such theory, interpretation gestures that historicize its presence and determine different directions in the historic process of coming through, development and constitution of Discourse Analysis area in the country, forming, this way, different theorical-methodological places for the theory.The researchers scrap to be interviewed was performed in graduation courses of Languages, Linguistics, Social Sciences, Political Sciences, History, Psychoanalysis, Psychology and Social Communication, whose mastering/doctoring were recommended by Capes. In the beginning of 2011, it was found 317 courses in this condition. From then on, Lattes curriculum of the professors in the courses started to be researched in order to find the term Discourse Analysis, in the presentation text, as well as in the research lines or projects, yet in the topics taught. More than 900 professors' curriculum were checked and it was approached a number of 369 researchers, to whom it was sent a questionnaire through email. The first readings were performed through 104 interviews received and, the final analysis, with 44 of them, whose statements constitute the corpus of this research. At the end of this research it was possible to comprehend that Discourse Analysis configures itself in the relations that it establishes among interfaces, theorical flows and its founding basis. Its plural constitution is formed in a constant construction and reconstruction movement of its territory, in a tension space in which theory is comprehended sometimes as an opened space of knowledge, sometimes as bordered one. And, in this movement, it identification is meant, in a lot of sayings, by the counter position to the Other; that is, by which it is not in relation to the Other. The meaning of identification through denying, in the statements analyzed, marks, among others the confront way of a facing surrounding the main question among Discourse Analysis and other linguistic theories, that is, language comprehension. Yet, it was considered that the route of Discourse Analysis in Brazil was performed in different temporalities, no matter if around distinct theorical inscriptions of researchers or in those temporalities in which Discourse Analysis was placed as breaking point in linguistic studies, a rupture or news in some order; as well as in temporalities in which subject-researchers were configuring themselves in different theorical positions inside Discourse Analysis. In this research, it was not a case of going through archives memory but to the interdiscourse and the research took care of fragments, derive senses, most of times contradicting and that come back or go further depending on the different subject position which are taken in the statements of the interviewed ones.

Page generated in 0.0995 seconds