• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 115
  • Tagged with
  • 116
  • 116
  • 76
  • 69
  • 54
  • 54
  • 52
  • 51
  • 35
  • 29
  • 25
  • 19
  • 17
  • 16
  • 15
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Avaliação dos resultados do atendimento de pacientes em parada cardiorrespiratória no ambiente pré-hospitalar pelo Serviço de Atemdimento Móvel de Urgência (SAMU) de Porto Alegre

Semensato, Gladis Mari January 2012 (has links)
As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no Brasil, principalmente por doença cardíaca isquêmica. Parcela expressiva desses óbitos ocorrerá na comunidade, de forma súbita e silenciosa. Estima-se que de cada cem pacientes que recebam ressuscitação cardiopulmonar em ambiente não hospitalar, seis tem alta hospitalar. A cada minuto de retardo para o tratamento a probabilidade de sobreviver diminui de 7 a 10%. A sistematização do atendimento através dos conceitos de Corrente da Sobrevivência, Suporte Básico e Suporte Avançado de Vida em Cardiologia têm contribuído para melhora dos desfechos. O rápido inicio de ressuscitação cardiopulmonar e o fornecimento de choque desfibrilatório são fatores fundamentais para o sucesso do atendimento. O "International Liaison Committee on Resuscitation" (ILCOR), entidade que congrega os principais comitês de ressuscitação do mundo, propôs diretrizes para o tratamento e definiu os principais indicadores a serem monitorados para avaliação e aperfeiçoamento dos resultados em ressuscitação pré-hospitalar. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi implementado no Brasil em 2002. Os resultados imediatos deste tipo de atendimento em nosso meio são pouco conhecidos. O presente estudo tem como objetivo avaliar a sobrevida dos pacientes em parada cardiorrespiratória (PCR) no ambiente não-hospitalar atendidos pelo SAMU de Porto Alegre e seus preditores clínicos. Realizamos estudo observacional prospectivo com pacientes em parada cardiorrespiratória (PCR) não traumática atendidos pelo SAMU na cidade de Porto Alegre. Foram incluídos atendimentos consecutivos primários para PCR avaliados pela equipe SAMU Porto Alegre (15 unidades de atendimento sendo 3 avançadas, uma de apoio rápido e as demais unidades básicas). O desfecho primário do presente estudo foi a sobrevida dos pacientes até a alta hospitalar e os desfechos secundários a sobrevida em trinta dias e a sobrevida neurologicamente favorável com escore do Cerebral Performance Category (CPC) I ou II na alta hospitalar. No período em estudo (Janeiro a Outubro de 2008), foram realizados 593 atendimentos por parada cardíaca não traumática com 260 pacientes sendo submetidos à ressuscitação cardiopulmonar (RCP). Dos pacientes inicialmente submetidos à RCP, em 52 (20%) houve sucesso inicial da reanimação, com 16 pacientes vivos no trigésimo dia (6%) e 10 tendo alta hospitalar (3,5%). A avaliação neurológica funcional realizada na alta verificou escore CPC 1 ou 2 em 6 pacientes (2,3% do grupo que recebeu RCP). A ocorrência da parada cardíaca no domicilio associou-se inversamente com a sobrevida tanto no trigésimo dia (p = 0,001) quanto na alta hospitalar (p = 0,02). A presença de ritmo “chocável” mostrou-se associada à sobrevida aos 30 dias (p = 0,008), mas não na alta hospitalar. Aos 30 dias, tanto o intervalo tempo resposta, quanto tempo do colapso até o início da RCP foram significativamente menores em sobreviventes. Na alta hospitalar, apenas o tempo do colapso até o início da RCP esteve associado com sobrevida. Em análise multivariada, permaneceram como preditores independentes de mortalidade em 30 dias a presença de ritmo cardíaco inicial que permitisse choque elétrico (razão de chance [RC] de 0,28 e intervalo de confiança [IC] de 95% de 0,10 a 0,81; p = 0,02) e PCR no domicílio (RC de 3,0 e IC 95% 1,04 a 8,7; p = 0,04). Nossos dados permitem concluir que o atendimento pré-hospitalar de paciente em PCR na comunidade atendidos pelo SAMU de Porto Alegre tem resultados limitados, porém equiparáveis a muitas outras localidades internacionais. A monitoração destes resultados é passo inicial fundamental para o aprimoramento deste sistema de atendimento. / Cardiovascular diseases are the main cause of death in Brazil, mainly due to the isquemic heart disease. A significant part of these deaths occur abruptly and silently inside the community. It is estimated that every 6 patients in a hundred – who received out-of-hospital cardiopulmonary resuscitation – have the chance to survive to hospital discharge. Each minute retarding treatment will decrease the probability of survival from 7 to 10%. Systematization of treatment through the concepts of Chain of Survival, Basic Life Support and Advanced Life Support have contributed to improvement of survival. A fast initial cardiopulmonary resuscitation and defibrillatory shocks are essential factors to the success of treatment. The "International Liaison Committee on Resuscitation" (ILCOR), an entity which congregates the main comities of resuscitation in the world, suggested guidelines for the treatment and defined the principal indicators to be monitored for the evaluation and improvement of results in pre-hospital resuscitation. The out-of-hospital emergency medical service (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU) was implemented in Brazil in 2002. The immediate results of this type of service in our society are scarcely known. The present study’s objective is to evaluate the survival of patients in cardiac arrest in an out-of-hospital environment who were attended by SAMU in Porto Alegre, and their clinical predictors. We performed prospective a cohort study with patients in non-traumatic cardiac arrest (CPR) treated by SAMU in the city of Porto Alegre. We have included primary consecutive CPRs evaluated by the SAMUs teams (15 treatment units, 3 of which with capability of advanced life support and the others with basic life support). The primary outcome of the present study was patients’ survival to hospital discharge and the secondary outcome was the 30 days survival and the neurological outcome at discharge from hospital (cerebral performance category [CPC] score I or II). In the studied period (from January to October 2008), 593 cardiac arrests were evaluated, 260 patients underwent CPR and were studied. The initial reanimation procedures succeed in 52 (20%) patients, 16 (6%) of whom were alive in the 30th day, 10 (3.5%) being discharged from hospital. The functional neurological evaluation at hospital discharge was CPC score I or II in 6 patients (2.3% of the group who received CPR). The occurrence of cardiac arrest at home was inversely associated to 30th day survival (p=0.001) and to hospital discharge (p=0.02). The presence of a cardiac rhythm amenable to shock was associated to survival at the 30th day (p=0.008), but not to hospital discharge. The response time and the collapse time until beginning of CPR was significantly reduced in survivors at the 30th day. Only the collapse time until CPR was associated to the survival at hospital discharge. In multivariate analysis, the presence of an initial cardiac rhythm amenable to shock remained as independent predictors of 30 day mortality (OR 0.28, CI 95% from 0.10 to 0.81; p=0.02) and CPR at home (OR 3.0, CI 95% 1.04 to 8.7; p= 0.04). Based on our data we conclude that the pre-hospital treatment of PCR patients in the community treated by SAMU Porto Alegre has limited results, though comparable to many other international localities. Monitoring of these results is a fundamental initial step for the improvement of the out-of-hospital emergency service system.
2

Avaliação objetiva e subjetiva de idosos usuários de próteses auditivas segundo o desempenho cognitivo e os sintomas depressivos / Subjective and objective evaluation of the elderly users ofhearing aids in the cognitive performance and depressive symptoms

Carvalho, Laura Maria Araújo de [UNIFESP] 28 January 2009 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-07-22T20:49:38Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2009-01-28 / Objetivo: avaliar, por meio de testes de reconhecimento de sentenças no ruído e questionário de auto-avaliação, o desempenho de antigos usuários de próteses auditivas, segundo o desempenho cognitivo, sintomas depressivos, tempo de uso do AASI, escolaridade e idade. Método: Foram selecionados 25 idosos, deficientes auditivos, de ambos os sexos, antigos usuários de próteses auditivas em adaptação binaural, com idade média de 69,7 anos. Os indivíduos foram submetidos a uma única sessão de avaliação com duração de aproximadamente 90 minutos. Primeiramente foi realizada uma avaliação subjetiva composta por dois testes para avaliar as habilidades cognitivas, o Mini-Exame do Estado Mental (MEEM) e a Escala de Avaliação da Doença de Alzheimer - Cognitiva (ADAS-Cog), um para detectar quadros depressivos (Escala de Depressão Geriátrica), e o outro para avaliar os benefícios da prótese auditiva (QI-AASI). A seguir, foi realizada uma avaliação objetiva, por meio de um teste comportamental para avaliar a habilidade de reconhecimento de fala no ruído que constou da pesquisa da relação sinal/ruído (relação S/R), obtida no teste de Reconhecimento de Sentenças no Ruído (LRSR), em campo livre. Todos os indivíduos realizaram o teste com as suas próprias próteses auditivas, adaptadas há pelo menos três meses. A análise estatística incluiu a elaboração de diagramas de dispersão, com respectivas curvas lowess e o cálculo de correlação de Spearman. Resultados: Os resultados revelaram não haver correlação entre os escores dos testes, MEEM, Adas-Cog, QI-AASI, EDG e da Relação S/R, com a variável idade e o tempo de uso do AASI. No que se refere à variável escolaridade, foram observadas correlações significantes entre os escores dos testes MEEM, EDG e a relação S/R. Já na análise da correlação entre os testes, MEEM, Adas-Cog, QI-AASI, EDG e a Relação S/R observamos correlação entre os escores da relação S/R com os dos testes MEEM, Adas-Cog e EDG além da correlação dos escores do Adas-Cog com os do MEEM e EDG. Conclusão: não há contribuição das variáveis, sintomas depressivos, idade e tempo de uso de próteses auditivas para explicar a relação S/R. Quanto melhor o nível cognitivo e maior a escolaridade melhor é o desempenho do paciente no ruído. / Purpose: To evaluate the performance of experienced hearing aid users using sentence recognition in noise tests and self-assessment questionnaires considering cognitive performance, period of hearing aid user, educational level and age. Method: Twenty-five hearing impaired elderly, male and female, experienced binaural hearing aid users were selected. All subjects were evaluated in one session of 90 minutes. A subjective evaluation of cognitive abilities was performed using Mini Exam of Mental State (MEMS) and Alzheimer’s Disease Global Assessment Scale – Cognitive (ADAS-Cog), one to detect depressive state (Geriatric Depression Scale - GDS) and a last one to evaluate the benefits of hearing aid adaptation (IOI-HA). Finally, the Sentence Recognition in Noise Test was administered binaurally in free field order to evaluate speech recognition by varying signal-to-noise ratio (S/N). All subjects have undergone the test wearing their own hearing aids which were dispensed at least three months early. Statistical analysis included dispersion diagrams with their respective lowess curves and Spearmann correlation. Results: Results analysis revealed no correlation among tests scores – MEEM, Adas-Cog, IOI-HA, GDS and signal-to-noise ratio and age and period of hearing aid use. Considering educational level, significant correlations were observed in the scores of MEEM, Adas-Cog, IOI-HA, GDS and Signal-to-noise ratio. In the correlation among the tests, a significant correlation was observed between signal-to-noise ratio and scores of MEEM, Adas-Cog and GDS, and also correlation between Adas-Cog and MEEM and GDS scores. Conclusion: There is no contribution of depressive symptoms, age and period of hearing aid use to explain signal-to-noise ratio. The better the cognitive and educational levels the better the performance in noise. / TEDE / BV UNIFESP: Teses e dissertações
3

Avaliação da confiabilidade dos resultados gerados a partir das verificações físicas e químicas do ensaio de dissolução de medicamentos de 1983 a 2008 / Assessing the reliability of the results generated by drug dissolution tests from 1983 to 2008

Brandão, Solange Maria Coutinho January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2014-07-28T18:10:45Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 84.pdf: 3245314 bytes, checksum: c5a4897524b601c32c4331343e8de94c (MD5) Previous issue date: 2008 / Made available in DSpace on 2014-12-22T16:56:34Z (GMT). No. of bitstreams: 2 84.pdf: 3245314 bytes, checksum: c5a4897524b601c32c4331343e8de94c (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2008 / Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde / Um procedimento analítico é considerado apropriado para uma aplicação específica quando é capaz de gerar resultados confiáveis (precisos e exatos), que possibilitem a tomada de decisão com grau de confiança adequado. O presente trabalho tem como objetivo avaliar a confiabilidade dos resultados gerados a partir das verificações físicas e químicas do ensaio de dissolução de medicamentos feitos no INCQS no período de 1983 a 2008. Os resultados obtidos nas verificações químicas, dos comprimidos de referência contribuíram para a sustentação dos procedimentos analíticos empregados desde a implantação deste ensaio no contexto das análises no Departamento de Química do INCQS. A partir dos porcentuais dissolvidos das substâncias ativas (prednisona e ácido salicílico) presentes nos comprimidos de referência ao longo dos anos, construíram-se tabelas e gráficos, o que propiciou avaliar o desempenho do instrumental de dissolução. A avaliação das diversas fontes que poderiam contribuir para a incerteza do resultado de dissolução utilizando-se a ferramenta Diagrama de Causa e Efeito foi determinante para a visualização e identificação das principais contribuições na incerteza total do resultado final. / An analytical procedure is considered adequate for a specific application when it is able to produce reliable results (precise and accurate), that make it possible to reach a conclusion with a suitable degree of confidence. The purpose of this study is to assess the reliability of the results generated by the physical and chemical inspections of drug dissolution assays carried out at the INCQS from 1983 to 2008. The results obtained from such chemical inspections (of the reference tablets) contributed to support the analytical procedures applied since the implementation of this assay, in the context of the analyses in the INCQS Department of Chemistry. Tables and charts were produced based on the dissolved percentages of the active substances (prednisone and salicylic acid) observable in the reference tablets over the years, making it possible to evaluate the performance of the method of dissolution. The evaluation of the various sources that could contribute to the uncertainty of the dissolution result, using as a tool, the Cause and Effect Diagram, was crucial for the visualization and identification of the main contributions to the overall uncertainty of the final result. In order to perform this study, it was necessary make an evaluation of: the uncertainty of the chemical substance of reference (uncertainty of 0.5), the uncertainty of the declared concentration of the active substance, prednisone, in the reference tablet (5 % of 10 mg), and the influence of the instrumental system (with the 12 readings of absorbance used for the calculation of the concentration of the active substance released into each dish from the reference tablet). The realization of this study led to the conclusion that the main contributions to the uncertainty of the percentage of the active substance, prednisone, released from its matrix (the reference tablet), in the dissolution medium, were: the relative uncertainty of the CP2 standard reading (2.2 %), the relative uncertainty of the spectrophotometer (4.9 %), and the relative uncertainty of the sample reading (92.9 %), in relation to the relative Uncertainty of the % of dissolution. The latter is the main and major source of uncertainty, because in the dissolution assay what is assessed is the variability of the product.
4

Desinstitucionalização da assistência psiquiátrica: avaliação de resultados de uma experiência de dispositivos residenciais comunitários / Desinstitutionalization of the psychiatric assistance: evaluation of results of an experience of communal residential devices

Silva, Paulo Roberto Fagundes da January 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2012-09-05T18:23:58Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 256.pdf: 541174 bytes, checksum: f332fc30d4e68386818f9087611df74e (MD5) Previous issue date: 2005 / O Estudo analisa uma experiência da passagem de pacientes que se encontravam internados em hospitais psiquiátricos para a vida comunitária, através de dispositivos residenciais com suporte de um programa de reabilitação psicossocial. O universo do estudo compreendeu um grupo de 27 pacientes que foram acompanhados na sua trajetória na comunidade e avaliados em dois momentos com um intervalo de 18 a 24 meses. As áreas avaliadas foram atividades de vida independente, comportamento social, sintomatologia psiquiátrica e qualidade de vida. Os resultados centrais apontaram para a possibilidade de manter pacientes com as características da população estudada em convívio comunitário. Nenhum paciente suicidou-se ou tentou suicídio, abandonou o programa e encontrava-se sem destino conhecido ou cometeu delitos ou agressividade que causasse danos físicos a outras pessoas e, logo, não ocorreram incidentes na esfera policial. A avaliação de resultados através de escalas de utilização internacional mostrou mudanças positivas consideradas estatisticamente significantes na maioria das áreas de atividades de vida independente e qualidade de vida. Pacientes mais idosos apresentaram menos mudanças e resultados mais discretos. No comportamento social e na sintomatologia psiquiátrica, a população em estudo partiu de padrões muito favoráveis, mas as alterações ao longo do tempo também foram estatisticamente significantes. Resultados confirmam a possibilidade de convívio comunitário para pacientes com distúrbios mentais mesmo após longo período de internação e indicam a utilidade dos dispositivos residenciais para novos pacientes ainda em período inicial de institucionalização. A importância crescente dos dispositivos residenciais na Reforma Psiquiátrica Brasileira aponta a necessidade de uma agenda de pesquisas que procure analisar quais modalidades e características estão relacionadas com melhores resultados.
5

Avaliação dos resultados do atendimento de pacientes em parada cardiorrespiratória no ambiente pré-hospitalar pelo Serviço de Atemdimento Móvel de Urgência (SAMU) de Porto Alegre

Semensato, Gladis Mari January 2012 (has links)
As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no Brasil, principalmente por doença cardíaca isquêmica. Parcela expressiva desses óbitos ocorrerá na comunidade, de forma súbita e silenciosa. Estima-se que de cada cem pacientes que recebam ressuscitação cardiopulmonar em ambiente não hospitalar, seis tem alta hospitalar. A cada minuto de retardo para o tratamento a probabilidade de sobreviver diminui de 7 a 10%. A sistematização do atendimento através dos conceitos de Corrente da Sobrevivência, Suporte Básico e Suporte Avançado de Vida em Cardiologia têm contribuído para melhora dos desfechos. O rápido inicio de ressuscitação cardiopulmonar e o fornecimento de choque desfibrilatório são fatores fundamentais para o sucesso do atendimento. O "International Liaison Committee on Resuscitation" (ILCOR), entidade que congrega os principais comitês de ressuscitação do mundo, propôs diretrizes para o tratamento e definiu os principais indicadores a serem monitorados para avaliação e aperfeiçoamento dos resultados em ressuscitação pré-hospitalar. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi implementado no Brasil em 2002. Os resultados imediatos deste tipo de atendimento em nosso meio são pouco conhecidos. O presente estudo tem como objetivo avaliar a sobrevida dos pacientes em parada cardiorrespiratória (PCR) no ambiente não-hospitalar atendidos pelo SAMU de Porto Alegre e seus preditores clínicos. Realizamos estudo observacional prospectivo com pacientes em parada cardiorrespiratória (PCR) não traumática atendidos pelo SAMU na cidade de Porto Alegre. Foram incluídos atendimentos consecutivos primários para PCR avaliados pela equipe SAMU Porto Alegre (15 unidades de atendimento sendo 3 avançadas, uma de apoio rápido e as demais unidades básicas). O desfecho primário do presente estudo foi a sobrevida dos pacientes até a alta hospitalar e os desfechos secundários a sobrevida em trinta dias e a sobrevida neurologicamente favorável com escore do Cerebral Performance Category (CPC) I ou II na alta hospitalar. No período em estudo (Janeiro a Outubro de 2008), foram realizados 593 atendimentos por parada cardíaca não traumática com 260 pacientes sendo submetidos à ressuscitação cardiopulmonar (RCP). Dos pacientes inicialmente submetidos à RCP, em 52 (20%) houve sucesso inicial da reanimação, com 16 pacientes vivos no trigésimo dia (6%) e 10 tendo alta hospitalar (3,5%). A avaliação neurológica funcional realizada na alta verificou escore CPC 1 ou 2 em 6 pacientes (2,3% do grupo que recebeu RCP). A ocorrência da parada cardíaca no domicilio associou-se inversamente com a sobrevida tanto no trigésimo dia (p = 0,001) quanto na alta hospitalar (p = 0,02). A presença de ritmo “chocável” mostrou-se associada à sobrevida aos 30 dias (p = 0,008), mas não na alta hospitalar. Aos 30 dias, tanto o intervalo tempo resposta, quanto tempo do colapso até o início da RCP foram significativamente menores em sobreviventes. Na alta hospitalar, apenas o tempo do colapso até o início da RCP esteve associado com sobrevida. Em análise multivariada, permaneceram como preditores independentes de mortalidade em 30 dias a presença de ritmo cardíaco inicial que permitisse choque elétrico (razão de chance [RC] de 0,28 e intervalo de confiança [IC] de 95% de 0,10 a 0,81; p = 0,02) e PCR no domicílio (RC de 3,0 e IC 95% 1,04 a 8,7; p = 0,04). Nossos dados permitem concluir que o atendimento pré-hospitalar de paciente em PCR na comunidade atendidos pelo SAMU de Porto Alegre tem resultados limitados, porém equiparáveis a muitas outras localidades internacionais. A monitoração destes resultados é passo inicial fundamental para o aprimoramento deste sistema de atendimento. / Cardiovascular diseases are the main cause of death in Brazil, mainly due to the isquemic heart disease. A significant part of these deaths occur abruptly and silently inside the community. It is estimated that every 6 patients in a hundred – who received out-of-hospital cardiopulmonary resuscitation – have the chance to survive to hospital discharge. Each minute retarding treatment will decrease the probability of survival from 7 to 10%. Systematization of treatment through the concepts of Chain of Survival, Basic Life Support and Advanced Life Support have contributed to improvement of survival. A fast initial cardiopulmonary resuscitation and defibrillatory shocks are essential factors to the success of treatment. The "International Liaison Committee on Resuscitation" (ILCOR), an entity which congregates the main comities of resuscitation in the world, suggested guidelines for the treatment and defined the principal indicators to be monitored for the evaluation and improvement of results in pre-hospital resuscitation. The out-of-hospital emergency medical service (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU) was implemented in Brazil in 2002. The immediate results of this type of service in our society are scarcely known. The present study’s objective is to evaluate the survival of patients in cardiac arrest in an out-of-hospital environment who were attended by SAMU in Porto Alegre, and their clinical predictors. We performed prospective a cohort study with patients in non-traumatic cardiac arrest (CPR) treated by SAMU in the city of Porto Alegre. We have included primary consecutive CPRs evaluated by the SAMUs teams (15 treatment units, 3 of which with capability of advanced life support and the others with basic life support). The primary outcome of the present study was patients’ survival to hospital discharge and the secondary outcome was the 30 days survival and the neurological outcome at discharge from hospital (cerebral performance category [CPC] score I or II). In the studied period (from January to October 2008), 593 cardiac arrests were evaluated, 260 patients underwent CPR and were studied. The initial reanimation procedures succeed in 52 (20%) patients, 16 (6%) of whom were alive in the 30th day, 10 (3.5%) being discharged from hospital. The functional neurological evaluation at hospital discharge was CPC score I or II in 6 patients (2.3% of the group who received CPR). The occurrence of cardiac arrest at home was inversely associated to 30th day survival (p=0.001) and to hospital discharge (p=0.02). The presence of a cardiac rhythm amenable to shock was associated to survival at the 30th day (p=0.008), but not to hospital discharge. The response time and the collapse time until beginning of CPR was significantly reduced in survivors at the 30th day. Only the collapse time until CPR was associated to the survival at hospital discharge. In multivariate analysis, the presence of an initial cardiac rhythm amenable to shock remained as independent predictors of 30 day mortality (OR 0.28, CI 95% from 0.10 to 0.81; p=0.02) and CPR at home (OR 3.0, CI 95% 1.04 to 8.7; p= 0.04). Based on our data we conclude that the pre-hospital treatment of PCR patients in the community treated by SAMU Porto Alegre has limited results, though comparable to many other international localities. Monitoring of these results is a fundamental initial step for the improvement of the out-of-hospital emergency service system.
6

Modelo de administração estratégica para a termoaçu: planejamento, implementação e avaliação

Zanini, Taismar 31 January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:42:51Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo9031_1.pdf: 1066158 bytes, checksum: 17eddddc6fcc26f4c34e73927e49e465 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2011 / O objetivo deste trabalho é propor um Modelo de Administração Estratégica (AE) para a Termoaçu, por meio de uma abordagem que considere a integração das etapas, processos e atividades necessárias ao Planejar, Implementar, Acompanhar e Avaliar Resultados, numa visão de sistema aberto que se retroalimenta (replanejar). Os indicadores são elementos-chave para a integração entre estas etapas (de modo que o planejamento seja transformado em ações práticas), fica justificada a inserção de um quinto elemento ao processo global da AE - o gerenciamento de processo. O modelo proposto neste trabalho deve permitir a implementação da AE na Companhia, como o primeiro ciclo de um processo permanente e contínuo. O Modelo deve ser adequado ao planejamento, implementação, gerenciamento de processos e avaliação de resultados, e ainda que dirigido para uma empresa particular, pela natureza e abrangência do assunto, pode ser adaptado para outras instituições. Para este estudo, foi considerada uma sequência de fases, etapas, atividades e ferramentas que permitem sistematizar e facilitar a gestão do projeto da AE, sem comprometer o pensamento estratégico.
7

Avaliação dos resultados do atendimento de pacientes em parada cardiorrespiratória no ambiente pré-hospitalar pelo Serviço de Atemdimento Móvel de Urgência (SAMU) de Porto Alegre

Semensato, Gladis Mari January 2012 (has links)
As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no Brasil, principalmente por doença cardíaca isquêmica. Parcela expressiva desses óbitos ocorrerá na comunidade, de forma súbita e silenciosa. Estima-se que de cada cem pacientes que recebam ressuscitação cardiopulmonar em ambiente não hospitalar, seis tem alta hospitalar. A cada minuto de retardo para o tratamento a probabilidade de sobreviver diminui de 7 a 10%. A sistematização do atendimento através dos conceitos de Corrente da Sobrevivência, Suporte Básico e Suporte Avançado de Vida em Cardiologia têm contribuído para melhora dos desfechos. O rápido inicio de ressuscitação cardiopulmonar e o fornecimento de choque desfibrilatório são fatores fundamentais para o sucesso do atendimento. O "International Liaison Committee on Resuscitation" (ILCOR), entidade que congrega os principais comitês de ressuscitação do mundo, propôs diretrizes para o tratamento e definiu os principais indicadores a serem monitorados para avaliação e aperfeiçoamento dos resultados em ressuscitação pré-hospitalar. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi implementado no Brasil em 2002. Os resultados imediatos deste tipo de atendimento em nosso meio são pouco conhecidos. O presente estudo tem como objetivo avaliar a sobrevida dos pacientes em parada cardiorrespiratória (PCR) no ambiente não-hospitalar atendidos pelo SAMU de Porto Alegre e seus preditores clínicos. Realizamos estudo observacional prospectivo com pacientes em parada cardiorrespiratória (PCR) não traumática atendidos pelo SAMU na cidade de Porto Alegre. Foram incluídos atendimentos consecutivos primários para PCR avaliados pela equipe SAMU Porto Alegre (15 unidades de atendimento sendo 3 avançadas, uma de apoio rápido e as demais unidades básicas). O desfecho primário do presente estudo foi a sobrevida dos pacientes até a alta hospitalar e os desfechos secundários a sobrevida em trinta dias e a sobrevida neurologicamente favorável com escore do Cerebral Performance Category (CPC) I ou II na alta hospitalar. No período em estudo (Janeiro a Outubro de 2008), foram realizados 593 atendimentos por parada cardíaca não traumática com 260 pacientes sendo submetidos à ressuscitação cardiopulmonar (RCP). Dos pacientes inicialmente submetidos à RCP, em 52 (20%) houve sucesso inicial da reanimação, com 16 pacientes vivos no trigésimo dia (6%) e 10 tendo alta hospitalar (3,5%). A avaliação neurológica funcional realizada na alta verificou escore CPC 1 ou 2 em 6 pacientes (2,3% do grupo que recebeu RCP). A ocorrência da parada cardíaca no domicilio associou-se inversamente com a sobrevida tanto no trigésimo dia (p = 0,001) quanto na alta hospitalar (p = 0,02). A presença de ritmo “chocável” mostrou-se associada à sobrevida aos 30 dias (p = 0,008), mas não na alta hospitalar. Aos 30 dias, tanto o intervalo tempo resposta, quanto tempo do colapso até o início da RCP foram significativamente menores em sobreviventes. Na alta hospitalar, apenas o tempo do colapso até o início da RCP esteve associado com sobrevida. Em análise multivariada, permaneceram como preditores independentes de mortalidade em 30 dias a presença de ritmo cardíaco inicial que permitisse choque elétrico (razão de chance [RC] de 0,28 e intervalo de confiança [IC] de 95% de 0,10 a 0,81; p = 0,02) e PCR no domicílio (RC de 3,0 e IC 95% 1,04 a 8,7; p = 0,04). Nossos dados permitem concluir que o atendimento pré-hospitalar de paciente em PCR na comunidade atendidos pelo SAMU de Porto Alegre tem resultados limitados, porém equiparáveis a muitas outras localidades internacionais. A monitoração destes resultados é passo inicial fundamental para o aprimoramento deste sistema de atendimento. / Cardiovascular diseases are the main cause of death in Brazil, mainly due to the isquemic heart disease. A significant part of these deaths occur abruptly and silently inside the community. It is estimated that every 6 patients in a hundred – who received out-of-hospital cardiopulmonary resuscitation – have the chance to survive to hospital discharge. Each minute retarding treatment will decrease the probability of survival from 7 to 10%. Systematization of treatment through the concepts of Chain of Survival, Basic Life Support and Advanced Life Support have contributed to improvement of survival. A fast initial cardiopulmonary resuscitation and defibrillatory shocks are essential factors to the success of treatment. The "International Liaison Committee on Resuscitation" (ILCOR), an entity which congregates the main comities of resuscitation in the world, suggested guidelines for the treatment and defined the principal indicators to be monitored for the evaluation and improvement of results in pre-hospital resuscitation. The out-of-hospital emergency medical service (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU) was implemented in Brazil in 2002. The immediate results of this type of service in our society are scarcely known. The present study’s objective is to evaluate the survival of patients in cardiac arrest in an out-of-hospital environment who were attended by SAMU in Porto Alegre, and their clinical predictors. We performed prospective a cohort study with patients in non-traumatic cardiac arrest (CPR) treated by SAMU in the city of Porto Alegre. We have included primary consecutive CPRs evaluated by the SAMUs teams (15 treatment units, 3 of which with capability of advanced life support and the others with basic life support). The primary outcome of the present study was patients’ survival to hospital discharge and the secondary outcome was the 30 days survival and the neurological outcome at discharge from hospital (cerebral performance category [CPC] score I or II). In the studied period (from January to October 2008), 593 cardiac arrests were evaluated, 260 patients underwent CPR and were studied. The initial reanimation procedures succeed in 52 (20%) patients, 16 (6%) of whom were alive in the 30th day, 10 (3.5%) being discharged from hospital. The functional neurological evaluation at hospital discharge was CPC score I or II in 6 patients (2.3% of the group who received CPR). The occurrence of cardiac arrest at home was inversely associated to 30th day survival (p=0.001) and to hospital discharge (p=0.02). The presence of a cardiac rhythm amenable to shock was associated to survival at the 30th day (p=0.008), but not to hospital discharge. The response time and the collapse time until beginning of CPR was significantly reduced in survivors at the 30th day. Only the collapse time until CPR was associated to the survival at hospital discharge. In multivariate analysis, the presence of an initial cardiac rhythm amenable to shock remained as independent predictors of 30 day mortality (OR 0.28, CI 95% from 0.10 to 0.81; p=0.02) and CPR at home (OR 3.0, CI 95% 1.04 to 8.7; p= 0.04). Based on our data we conclude that the pre-hospital treatment of PCR patients in the community treated by SAMU Porto Alegre has limited results, though comparable to many other international localities. Monitoring of these results is a fundamental initial step for the improvement of the out-of-hospital emergency service system.
8

Novo equipamento para o treinamento da musculatura pélvica no tratamento da incontinência urinária feminina

Schmidt, Adriana Prato January 2007 (has links)
Resumo não disponível.
9

Tradução para a língua portuguesa, adaptação cultural e validação do breast evaluation questionnaire / Translation to Portuguese language, cultural adaptation and validation of the Breast Evaluation Questionnaire

Ferreira, Lia Fleissig [UNIFESP] January 2009 (has links) (PDF)
Submitted by Maria Anália Conceição (marianaliaconceicao@gmail.com) on 2016-06-17T15:27:58Z No. of bitstreams: 1 Publico-novo1.pdf: 5274765 bytes, checksum: 615298cfa9291063158bd0271471100a (MD5) / Approved for entry into archive by Maria Anália Conceição (marianaliaconceicao@gmail.com) on 2016-06-17T16:39:55Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Publico-novo1.pdf: 5274765 bytes, checksum: 615298cfa9291063158bd0271471100a (MD5) / Made available in DSpace on 2016-06-17T16:39:56Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Publico-novo1.pdf: 5274765 bytes, checksum: 615298cfa9291063158bd0271471100a (MD5) Previous issue date: 2009 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Introdução: Dados mensuráveis de resultados em cirurgia plástica são escassos. Nos últimos anos, instrumentos de medida de qualidade de vida vêm sendo utilizados em escala mundial. Não há instrumentos válidos e adaptados no Brasil para avaliar qualidade de vida específicos para cirurgia das mamas. Objetivo: Traduzir para o português, adaptar e validar o Breast Evaluation Questionnaire (BEQ 55) para uso em nosso país. Métodos: Foram realizadas duas traduções e duas traduções reversas do instrumento, intercaladas por revisões de comitê multidisciplinar. A adaptação cultural foi feita com aplicação do questionário a grupos de 20 pacientes do ambulatório de cirurgia plástica, com modificações pertinentes para melhora do entendimento. Para testar a reprodutibilidade e a validade de construção, 20 pacientes foram entrevistados em duas ocasiões; na primeira por entrevistadores diferentes, e na segunda (após 7 a 14 dias), por apenas um deles. Na primeira, foi aplicado também o Short-Form 36. Resultados: Na adaptação cultural, foram modificadas todas as questões para facilitar o entendimento. Um novo grupo obteve boa compreensão de todas as questões. A consistência interna do instrumento variou de 0,931 a 0,936. O coeficiente de reprodutibilidade interobservador foi 0,962 e intra-observador foi de 0,919. Apenas os domínios do SF-36 capacidade funcional, estado geral de saúde e aspectos emocionais tiveram correlação com o escore total do BEQ 55. Conclusão: o questionário foi traduzido e adaptado com sucesso, sendo a versão brasileira denominada Questionário de Avaliação das Mamas (BEQ – Brasil), e provou ser válido e reprodutível. / Introdution: Measurable results of plastic surgery are rare. During the past years, quality of life instruments have been used world wide. There are no valid and culturally adapted instruments in Brasil specific for breast surgery. Objective: Translate to brazilian portuguese, adapt and validate the Breast Evaluation Questionnaire (BEQ). Methods: Two translations and two backtranslations were made, followed by revisions of a three doctors´ group. Cultural adaptation was accomplished with groups of 20 breast plastic surgery patients. To test validity and reliability, another 20 patients were interviewed in two occasions, by two and one interviewers. The Short- Form 36 was also answered. Results: All questions had to be changed during cultural adaptation to facilitate understanding. A second 20 patients´ group had good undestanding of the new questions. Cronbach´s alpha varied from 0,931 to 0,936. Interrater reliability was 0,962 e intrarater was 0,919. Only the domains functional capacity, general health status and emocional aspect of the Short – Form 36 were related to the total score of the BEQ. Conclusion: the questionnaire was translated and adapted sucessfully and proved to be valid and reliable.
10

Breast-Q® na Avaliação de Resultados da Mamoplastia Redutora / Breast-Q® in the assessment of reduction mammaplasty outcomes

Andrade, Adriana Corbolan [UNIFESP] January 2015 (has links) (PDF)
Submitted by Maria Anália Conceição (marianaliaconceicao@gmail.com) on 2016-06-28T12:52:47Z No. of bitstreams: 1 Publico-NOVO-23.pdf: 845826 bytes, checksum: fd38fdc43c6e4dad57749daf735541af (MD5) / Approved for entry into archive by Maria Anália Conceição (marianaliaconceicao@gmail.com) on 2016-06-28T12:53:53Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Publico-NOVO-23.pdf: 845826 bytes, checksum: fd38fdc43c6e4dad57749daf735541af (MD5) / Made available in DSpace on 2016-06-28T12:53:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Publico-NOVO-23.pdf: 845826 bytes, checksum: fd38fdc43c6e4dad57749daf735541af (MD5) Previous issue date: 2015 / Introdução: A hipertrofia mamária é uma condição frequente em mulheres de todo o mundo, e estudos prévios demonstraram a efetividade da mamoplastia redutora em melhorar diferentes aspectos da qualidade de vida dessas pacientes. Objetivo: Avaliar os resultados da mamoplastia redutora por meio do instrumento BREAST-Q ®. Métodos: Foram selecionadas 100 mulheres, sendo 50 portadoras de hipertrofia mamária (grupo controle), e 50 que haviam sido submetidas à mamoplastia redutora há no mínimo seis meses (grupo mamoplastia). Para avaliação da satisfação das pacientes com os resultados da cirurgia foi aplicada a versão brasileira do questionário BREAST-Q ® , módulo redução/mastopexia pré e pós-operatório, nos grupos controle e mamoplastia, respectivamente. Os dados obtidos foram tabulados e submetidos à análise estatística. Resultados: O Grupo mamoplastia apresentou escores superiores ao Grupo controle nas subescalas satisfação com as mamas, bem estar psicossocial, bem estar sexual e bem estar físico (ρ = 0,0001). Conclusão: A mamoplastia redutora melhora de maneira significante a satisfação das pacientes com as mamas, influenciando no bem estar psicossocial, o bem estar sexual e o bem estar físico. / Introduction: Breast hypertrophy is a common condition in women worldwide, and previous studies have shown the effectiveness of breast reduction to improve different aspects of quality of life of these patients. Objective: To evaluate the results of breast reduction through BREAST-Q ® instrument. Methods: A total of 100 women were selected, 50 with breast hypertrophy (control group), and 50 who had undergone breast reduction for at least six months (mammoplasty group). For evaluation of patient satisfaction with the results was applied to Brazilian version of the BREAST-Q ® survey, module reduction/mastopexy pre and postoperatively, in the control and mammoplasty respectively. The data were tabulated and analyzed statistically. Results: The mammoplasty group presented higher scores in the control group subscales satisfaction with breasts, psychosocial well-being, sexual well-being and physical well-being (ρ = 0.0001). Conclusion: Breast reduction improves significantly patients' satisfaction regarding the breasts, the psychosocial well-being, the sexual well-being and physical well being.

Page generated in 0.0625 seconds