• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 109
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 115
  • 115
  • 63
  • 35
  • 29
  • 24
  • 23
  • 21
  • 17
  • 17
  • 15
  • 15
  • 14
  • 13
  • 13
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Rastreio cognitivo : deve ser rotina no atendimento médico dos idosos?

Cerveira, Maria Otilia January 2010 (has links)
Atualmente, 1,4 milhões de idosos no Brasil apresentem demência. No entanto, muitas síndromes demenciais passam despercebidas, pois os médicos não suspeitam e, muitas vezes, não as reconhecem mesmo quando há evidências. A importância do diagnóstico no início dos quadros mostra evidência de melhores benefícios. Objetivo: Foi verificar a freqüência de encaminhamento pelo médico assistente ao ambulatório especializado, após a notificação de um rastreio cognitivo positivo Além de verificar a freqüência de prejuízo cognitivo nos pacientes atendidos nesses ambulatórios através do Mini Exame do Estado Mental (MEEM). Material e Método: A amostra deste estudo foi composta por pacientes que aguardavam atendimento em especialidades médicas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), com idade ≥ 65 anos. Durante 4 meses os pacientes foram submetidos a um questionário com dados demográficos e o MEEM. No atendimento de cada paciente do estudo, o médico assistente recebia o escore do MEEM realizado e uma orientação quanto à necessidade ou não encaminhamento para avaliação cognitiva especializada. Resultado: Dos 619 idosos incluídos, 152 (24%) dos pacientes apresentavam rastreio positivo para prejuízo cognitivo através do MEEM. Desses 152 pacientes, somente 50 (33%) foram encaminhados para uma avaliação diagnóstica no ambulatório especializado. Sendo que 15 (27%) preenchiam critérios para demência. Conclusão: Observou-se uma baixa taxa de encaminhamentos, enquanto que a freqüência de positividade foi similar à observada em outros estudos com pacientes da comunidade, mas menor que nos estudos com pacientes ambulatoriais. Os pacientes idosos podem apresentar prejuízo cognitivo facilmente identificado através de uma rápida avaliação cognitiva, reforçando a aplicação nas avaliações rotineiras. O rastreio cognitivo detectou quadros demenciais não suspeitos e não diagnosticados previamente.
2

Rastreio cognitivo : deve ser rotina no atendimento médico dos idosos?

Cerveira, Maria Otilia January 2010 (has links)
Atualmente, 1,4 milhões de idosos no Brasil apresentem demência. No entanto, muitas síndromes demenciais passam despercebidas, pois os médicos não suspeitam e, muitas vezes, não as reconhecem mesmo quando há evidências. A importância do diagnóstico no início dos quadros mostra evidência de melhores benefícios. Objetivo: Foi verificar a freqüência de encaminhamento pelo médico assistente ao ambulatório especializado, após a notificação de um rastreio cognitivo positivo Além de verificar a freqüência de prejuízo cognitivo nos pacientes atendidos nesses ambulatórios através do Mini Exame do Estado Mental (MEEM). Material e Método: A amostra deste estudo foi composta por pacientes que aguardavam atendimento em especialidades médicas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), com idade ≥ 65 anos. Durante 4 meses os pacientes foram submetidos a um questionário com dados demográficos e o MEEM. No atendimento de cada paciente do estudo, o médico assistente recebia o escore do MEEM realizado e uma orientação quanto à necessidade ou não encaminhamento para avaliação cognitiva especializada. Resultado: Dos 619 idosos incluídos, 152 (24%) dos pacientes apresentavam rastreio positivo para prejuízo cognitivo através do MEEM. Desses 152 pacientes, somente 50 (33%) foram encaminhados para uma avaliação diagnóstica no ambulatório especializado. Sendo que 15 (27%) preenchiam critérios para demência. Conclusão: Observou-se uma baixa taxa de encaminhamentos, enquanto que a freqüência de positividade foi similar à observada em outros estudos com pacientes da comunidade, mas menor que nos estudos com pacientes ambulatoriais. Os pacientes idosos podem apresentar prejuízo cognitivo facilmente identificado através de uma rápida avaliação cognitiva, reforçando a aplicação nas avaliações rotineiras. O rastreio cognitivo detectou quadros demenciais não suspeitos e não diagnosticados previamente.
3

Práticas integrativas e complementares exercidas pelos profissionais de saúde no Sistema Único de Saúde

Paiva, Laís Fernanda January 2016 (has links)
Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação Multidisciplinar em Saúde, Florianópolis, 2016 / Made available in DSpace on 2016-09-20T05:07:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 339980.pdf: 1613774 bytes, checksum: d48a17b74f7ed30e5c272618b5e88dfa (MD5) Previous issue date: 2016 / É crescente a visibilidade que as Práticas Integrativas e Complementares (PIC) têm demonstrado no cenário brasileiro. Destacam-se diversos eventos que constituíram uma conjuntura favorável para a legitimação e institucionalização desse modo de cuidado em saúde, em especial a aprovação da Portaria 971/2006, que publicou a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC). Apesar disso, pouco se sabe a respeito das instituições de saúde e os profissionais que empregam PIC no cuidado, assim como, as circunstâncias de seu uso pelos usuários. Neste contexto ainda são limitadas as publicações nessa área, o que evidencia a necessidade em desenvolver estudos que permitam evidenciar os riscos e benefícios relacionados a esse modo de cuidado. Com base na escassa produção científica na área e na necessidade em conhecer os processos de inserção de PIC no cotidiano do Sistema Único de Saúde é que se propõe este estudo. A intenção é contribuir para futuras reflexões sobre as PIC, destacando sua relevância para a promoção de uma saúde embasada na perspectiva ampliada e integral. Ainda, investigar o que se apresenta de mais atual na literatura científica acerca dessas práticas e sua implementação no SUS. Esta pesquisa possui o objetivo de investigar na literatura científica quais e por quem são realizadas as Práticas Integrativas e Complementares em saúde no Sistema Único de Saúde. Trata-se de um estudo de revisão sistemática da literatura, seguindo os sete passos propostos pela Colaboração Cochrane, Handbook (2008), que envolvem: formulação da pergunta; localização e seleção dos estudos; avaliação crítica dos estudos; coleta de dados; análise e apresentação dos dados; interpretação dos dados e o aprimoramento e atualização da revisão. A pergunta de pesquisa foi estruturada mediante o acrônimo PICO, no qual cada letra representa um componente importante para a realização de uma revisão sistemática: P (POPULAÇÃO): Usuários do SUS que fazem uso das Práticas Integrativas e Complementares; e Profissionais de Saúde; I (INTERVENÇÃO): Práticas Integrativas e Complementares em Saúde; C (COMPARAÇÃO): Escolha e manejo das Práticas Integrativas e Complementares nos três níveis de atenção à saúde do SUS; O (OUTCOMES): Práticas no SUS; Profissionais do SUS; Níveis de atenção à saúde no SUS. As bases de dados utilizadas foram SciELO; PubMed; Web of Science; Scopus e LILACS. A partir dos componentes do PICO foram selecionados os termos a compor as estratégias de busca, entre descritores, sinônimos e palavras-chave. Foram incluídas todas as publicações que apresentassem a temática relacionada às Práticas Integrativas e Complementares, realizadas e/ou indicadas por profissionais de saúde no âmbito do SUS, encontradas retrospectivamente a partir de abril de 2015 a qualquer data; nos idiomas português, inglês e espanhol; disponíveis gratuitamente e na integra. Constituíram critérios de exclusão os trabalhos de revisão; relatos de experiência; relatórios; pesquisas de opinião; livros; teses; dissertações; cartas ao leitor; trabalhos apresentados em seminários, congressos e conferências e; documentos oficiais de órgãos públicos. Para a seleção dos artigos foram utilizados Testes de Relevância I, II e III, propostos por Pereira e Bachion (2006). Foram selecionados para compor a Revisão 16 artigos. Os resultados organizados em quatro categorias temáticas denominadas: Acupuntura; Homeopatia; Plantas Medicinais e Fitoterapia; Outras Abordagens. Podemos concluir perante os estudos analisados o predomínio entre as práticas de Acupuntura, Homeopatia, Plantas Medicinais e Fitoterapia. Não foram identificados estudos que abordassem Termalismo e Crenoterapia, e Medicina Antroposófica. Entre os profissionais que as aplicam, foram identificados os profissionais das áreas de medicina, enfermagem, fisioterapia, biologia e biomedicina, com maior representividade entre os profissionais da medicina. Conclui-se que a publicação da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares tem contribuído para a expansão de Práticas Integrativas e Complementares no Sistema Único de Saúde e entre os profissionais de saúde. Verifica-se o aumento de estudos nessa área, o que vem a favorecer a oferta do cuidado humanizado e a garantia da universalidade, integralidade e equidade. <br> / Abstract : The visibility of the Integrative and Complementary Practices is increasing in the Brazilian scene. Several events have contributed for the legitimization and institutionalization of this kind of health care, in particular the adoption of Policy 971/2006, which published the National Policy on Integrative and Complementary Practices. Even with increased visibility, not much is known about the health institutions and professionals that employ these practices in health care, as well as the circumstances of its use by the population. In this context it is still limited publications in this area, which highlights the need to develop studies that investigate the risks and benefits related to this kind of care. Based on the scarce scientific literature in the area and the need to know the Integrative and Complementary Practices integration processes in the Health System everyday does it propose this study. The purpose of this research is to contribute to further reflections on the Integrative and Complementary Practices, highlighting its importance in promoting health.on an integrative perspective. Further, to investigate what the latest features in the scientific literature about these practices and their implementation in Unified Health System. The objetctive of this research is to investigate which complementary and integrative practices are held in the National Health System and which professionals perform them. This is a systematic literature review that followed seven steps proposed by Cochrane Collaboration, Handbook (2008): defining the review question; locating and searching for studies; selecting studies; collecting data; analyzing data and presenting results; interpreting results and overview the results of review.The research question was structed by the acronym PICO, in wich each letter represents an important component for conducting a systematic review : P ( POPULATION ) : Users of the Unified Health System who make use of Integrative and Complementary Practices ; and Health Professionals; I ( INTERVENTION ) : Integrative and Complementary Practices in Health; C ( COMPARISON ) : Choice and management of Integrative and Complementary Practices in the three levels of health care for the Unified Health System; O ( OUTCOMES ) : Practices in Unified Health System ; Professionals of the Unified Health System ; health care levels in the Unified Health System. The databases used were SciELO; PubMed; Web of Science; Scopus and LILACS. The terms to compose the search strategies were selected from the PICO components, among descriptors, synonyms and keywords. There were included all publications related to to Integrative and Complementary Practices , held and / or indicated by health professionals in the SUS , found retrospectively from April 2015 to any date; in Portuguese, English and Spanish; available for free and in full. Exclusion criteria: literature review; experience reports; reports; opinion polls; books; theses; dissertations; letters to the reader; papers presented at seminars, congresses and conferences; official documents of public institutions. The selection of the articles was done with Relevance Tests I, II and III, proposed by Pereira and Bachion (2006). It was found to compose the Review 16 articles. The results were organized into four thematic categories: Acupuncture; Homeopathy; Medicinal plants and herbal medicine; Other approaches. The prevalence of studies remained among the acupuncture practices, Homeopathy, Medicinal Plants and Herbal Medicine. No studies were found about Hydrotherapy and Crenotherapy, and Anthroposophical Medicine. It was identified the professionals of medicine, nursing, physiotherapy, biology and biomedicine, with predominancy among medical professionals. It follows that the publication of the National Policy on Integrative and Complementary Practices has contributed to the expansion of Integrative and Complementary Practices in Health System and among health professionals. There is increasing research in this area, which might contribute to the humanized care, universality and equity.
4

Rastreio cognitivo : deve ser rotina no atendimento médico dos idosos?

Cerveira, Maria Otilia January 2010 (has links)
Atualmente, 1,4 milhões de idosos no Brasil apresentem demência. No entanto, muitas síndromes demenciais passam despercebidas, pois os médicos não suspeitam e, muitas vezes, não as reconhecem mesmo quando há evidências. A importância do diagnóstico no início dos quadros mostra evidência de melhores benefícios. Objetivo: Foi verificar a freqüência de encaminhamento pelo médico assistente ao ambulatório especializado, após a notificação de um rastreio cognitivo positivo Além de verificar a freqüência de prejuízo cognitivo nos pacientes atendidos nesses ambulatórios através do Mini Exame do Estado Mental (MEEM). Material e Método: A amostra deste estudo foi composta por pacientes que aguardavam atendimento em especialidades médicas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), com idade ≥ 65 anos. Durante 4 meses os pacientes foram submetidos a um questionário com dados demográficos e o MEEM. No atendimento de cada paciente do estudo, o médico assistente recebia o escore do MEEM realizado e uma orientação quanto à necessidade ou não encaminhamento para avaliação cognitiva especializada. Resultado: Dos 619 idosos incluídos, 152 (24%) dos pacientes apresentavam rastreio positivo para prejuízo cognitivo através do MEEM. Desses 152 pacientes, somente 50 (33%) foram encaminhados para uma avaliação diagnóstica no ambulatório especializado. Sendo que 15 (27%) preenchiam critérios para demência. Conclusão: Observou-se uma baixa taxa de encaminhamentos, enquanto que a freqüência de positividade foi similar à observada em outros estudos com pacientes da comunidade, mas menor que nos estudos com pacientes ambulatoriais. Os pacientes idosos podem apresentar prejuízo cognitivo facilmente identificado através de uma rápida avaliação cognitiva, reforçando a aplicação nas avaliações rotineiras. O rastreio cognitivo detectou quadros demenciais não suspeitos e não diagnosticados previamente.
5

Aleitamento materno em recem-nascidos de muito baixo peso

Pessoto, Monica Aparecida, 1961- 26 June 1997 (has links)
Orientador: Maria Aparecida Brenelli-Vitali / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-07-22T12:54:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Pessoto_MonicaAparecida_M.pdf: 3342072 bytes, checksum: 14485bd04e807bda5b2716d6929768b6 (MD5) Previous issue date: 1997 / Resumo: o objetivo deste estudo foi avaliar a situação do aleitamento materno dos recém-nascidos de" muito baixo peso do Serviço de Neonatologia do CAISM-UNICAMP. Foram estudados 117 pacientes internados de abril de 1990 a maio de 1993, cujas mães participaram do programa de incentivo ao aleitamento materno. Neste programa, eram dadas informações sobre a importância do aleitamento natural, técnicas de ordenha, transporte, armazenamento e manutenção da produção do leite materno. Numa segunda fase, mãe e recém-nascido eram transferidos para o Alojamento Conjunto Tardio, ACT, para o início do aleitamento no seio. Quando a suplementação láctea era necessária, utilizava-se a técnica de relactação. A alta hospitalar ocorria" quando havia boa interação mãe-filho, com a criança mamando bem e em ganho de peso. O acompanhamento ambulatorial foi feito em 7 dias após a alta e, aos 3,6 e 12 meses de vida para avaliação da duração do aleitamento. Os resultados mostraram que 97,5% dos recém-nascidos estavam mamando ao seio na alta hospitalar. Na análise múltipla, somente o uso da técnica de relactação permaneceu associada, significativamente e de maneira negativa, ao aleitamento materno exclusivo na alta hospitalar. A taxa de continuação do aleitamento materno, calculada por tabela de vida, foi de 81,2% aos 3 meses, 43,3% aos 6 meses e 13,8% aos 12 meses de idade, com mediana de 5,37 meses. A duração do aleitamento foi maior nas crianças que não necessitaram de relactação e naquelas que receberam alta em aleitamento materno exclusivo. Na análise múltipla, apenas o tipo de aleitamento na alta hospitalar mostrou significação estatística / Abstract: The aim of this study is to evaluate the breastfeeding in very low weight neonates at the Neonatal Services of CAISM-UNICAMP. One hundred and seventeen patients, hospitalized between April 1990 and May 1993 whose mothers took part in the breastfeeding promoting program, were studied. In a first stage this program furnished' information on the importance of breastfeeding, milking techniques and storage, transport and maintenance of breast milk collected. During the second stage, mother and neonate were transferred to late rooming-in (Alojamento Conjunto Tardio - ACT) to breastfeed. The technique of relactation was used when supplementation was necessary. The discharge from the hospital was granted after observing a good mother-child relationship, the child was sucking well and weight was increasing. In order to evaluate the total period of breastfeeding, a follow up was carried out at 7 days after discharge, and when the child was 3, 6 and 12 months old. The results showed that 97.5% were breastfeeding when discharged from hospital. On discharge, logistic regression analysis showed that only the relactation technique was negatively related to exc1usive breastfeeding. The breastfeeding rate calculated according to the life table method was: 81.3%; 43.3% and 13.8% for the 3, 6 and 12 months old children, with a median of 5.37 months. Breastfeeding was longer for children who did not need relactation and those who, on discharge, were exc1usively breastfed. The only significant correlation shown by the multivariate survival data analysis was the time of lactation at the time of discharge from the hospital / Mestrado / Mestre em Medicina
6

Avaliação da reinserção dos retratores da palpebra inferior na correção do entropio involucional

Caldato, Roberto, 1950- 29 July 1998 (has links)
Orientadores: Marilisa Nano Costa, Edmea Rita Temporini Nastari / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-07-25T00:19:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Caldato_Roberto_M.pdf: 2366852 bytes, checksum: 9a957bf9278363137982a52a51a2d2cb (MD5) Previous issue date: 1998 / Resumo: O entrópio involucional acomete principalmente pessoas acima dos 60 anos de idade e é uma afecção cujo tratamento é cirúrgico. A recorrência é freqüente com todas as técnicas até então descritas. Apesar do enfraquecimento dos retratores, com alongamento ou mesmo desinserção do tarso, já terem sidos citados na literatura como um fator importante na fisiopatologia do entrópio involucional, nenhum estudo até então foi dirigido isoladamente aos retratores para avaliar o seu efeito no tratamento do entrópio. Foram realizadas 30 cirurgias em 30 pacientes com entrópio involucional atendidos no Ambulatório de Oftalmologia do Hospital das Clínicas da UNICAMP, com idades variando entre 61 e 75 anos, de ambos os sexos. A cirurgia foi realizada sob anestesia local. Uma incisão subciliar e dissecção da pálpebra foi feita até identificar a aponeurose do retrator, que foi suturada na borda inferior do tarso com pontos em U de seda 6.0. Em seguida a pele foi suturada com pontos separados utilizando o mesmo fio. Não houve recorrência no período de seguimento que variou de 19 a 36 meses. O estudo sugere que todo planejamento cirúrgico deve levar em consideração a reinserção dos retratores da pálpebra inferior para que a cirurgia seja bem sucedida. Ressalta-se a importância de realizar a identificação correta dos retratares da pálpebra inferior / Abstract: The involutional entropion is a problem that occurs in over 60 years old patients. A surgery is necessary to solve it. Recorrence is common with most of the techniques. Involutional lower lid entropion results from a faulty lower lid retractors complex, lid laxity and overriding of preseptal orbicularis fibres on the pretarsal fibres. There is no studies about isolated correction of the retractors. Thirdy patients with involutional entropion on Ophthalmology Service at the School of Medical Science of the Campinas State University, underwent reinsertion of the retractors at the lower tarsal border. The age ranged from 61 to 75 years old. After local anesthesia and a subciliar incision retractors was identified and sutured at the lower tarsal border with three 6.0 silk "U" sutures. There was no recorrences in a follow-up period ranged from 19 to 36 months. Ali the procedures to correct involutional entropion must include retractors defect correction to a succesfull surgery and the surgeons must be able to identify and treat this important and essencial anátomic defect / Mestrado / Mestre em Neurociencias
7

Atenção pré-hospitalar ao sujeito em crise psíquica

Almeida, Alexsandro Barreto January 2011 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem / Made available in DSpace on 2012-10-26T08:00:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 301027.pdf: 673849 bytes, checksum: cb1815c08af01a7d6e13ca86bb1e640f (MD5) / O presente estudo teve por objetivo analisar como uma equipe de Atenção Pré-Hospitalar percebe e atende o sujeito em crise psíquica. A pesquisa se caracteriza como de abordagem qualitativa do tipo exploratório-descritiva, tendo como referencial teórico-filosófico o Paradigma Psicossocial. O estudo foi realizado em um município da grande Florianópolis com quatro equipes das Unidades de Suporte Básico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Atenderam ao critério de seleção 14 profissionais, sendo que, destes, sete são técnicos de enfermagem e sete são socorristas que atuam como motoristas ou na assistência. A coleta de dados foi realizada no período de abril a junho de 2011, após autorização do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Santa Catarina (Parecer Nº 1060/11) e assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Para coleta dos dados foram utilizadas a observação da realidade, a fim de conhecer o funcionamento do serviço e permitir a aproximação com a equipe, e a entrevista semiestruturada, que possibilitou identificar o conhecimento dos participantes sobre a crise em saúde mental e a vivência no atendimento à crise. No processo de organização e análise dos dados utilizaram-se três figuras metodológicas do Discurso do Sujeito Coletivo: a Expressão-chave (ECH), a Ideia Central (IC) e o Discurso do Sujeito Coletivo (DSC). Os resultados deram origem a cinco discursos com os temas: entendimento de doença psíquica; características de situações de crise psíquica; as intervenções em crise psíquica; percepção das dificuldades no atendimento à pessoa em crise psíquica; sugestões na busca por um atendimento mais próximo do desejado à pessoa em crise psíquica. Os participantes percebem a crise psíquica como alteração de comportamento, instabilidade psicológica e como doença mental, caracterizada com a presença de alucinações, mania de perseguição, desorientação e violência. Quanto às intervenções, referiram, entre outras, a contenção física, medicamentosa e encaminhamento. Sobre as dificuldades apontaram principalmente a falta de preparo para o atendimento. As sugestões dadas para a busca de um atendimento mais próximo do desejado foram a capacitação e a sistematização do atendimento. Os resultados da pesquisa apontaram a grande dificuldade nas ações de atenção à crise pelas equipes de atendimento pré-hospitalar devido principalmente à falta de preparo dos profissionais de saúde aliada ao estigma da loucura. Apesar da mudança política em saúde mental pautada no paradigma psicossocial, pode-se verificar o processo de trabalho centrado em intervenções tutelares e normatizadoras. Com isso constata-se a necessidade de repensarmos a loucura como fenômeno social e rediscutirmos o processo de formação profissional a partir do Paradigma Psicossocial / This study aimed to analyze howw a team of Pre-Hospital Care perceives and serves a paciente in psychic crisis. It is a research with a qualitative approach of the exploratory and descriptive kind, that took the Psychosocial Paradigm as a theoretical-philophical referencial. The study was conducted in a municipality of Florianópolis with four teams of basic support units of the Department of Mobile Emergency Care (SAMU). 14 professionals came to be according the selection criteria, of whom seven were nursing techinicians, and seven were paramedics who work as drivers and help with the assistance. The data collection was held during the period of April to June 2011, after authorization by the Ethics Committee in Research of the Federal University of Santa Catarina # (Opinion No. 1060/11) and signing of the Term of Consent. For data collection, were used both 1) the observation of the reality in order to understand the operation of the servisse and 2) approach to the team and the semi-structured interviews that made the identification of the participants` Knowledge about the crisis in mental health care and experience in crisis care possible. In the process of data analysis and organization, three methodological approaches of the Collective Subject Discourse were used: Key Expression (ECH), the Central Idea (CI) and the Collective Subject Discourse (CSD). The results led to five discourses with the following themes: understanding of the mental illness, the charascteristics of psychic crisis situations, intervention in psychic crisis, perception of the difficulties in meeting a person in mental crisis; suggestions in search of a service closer to the desired for a person in mental crisis. The participants perceive the psychic crisis as a change in behavior, psychological instability, and as a mental illness, characterized by the presence of hallucinations, delusions of persecution, violence and disorientation. As for the interventions, were mentioned, among others, physical restraint, medication and referral. On the difficulties, the lack of preparation for the service was mainly pointed. The suggestions given to the search for a service closer to the desired were: capacity and the systematization of care. The results of the search indicated the great difficulty in actions of attention to the crisis, coming from the teams of pre-hospital care, mainly due to lack of training of health professional, as well as the stigma of madness. Despite the political change in mental health guided the Psychosocial Paradigm, one can check the work centeredin tutelar and normalizing interventions. Thus, there is the need to rethink this madness as a social phenomenon and revisit the processo f training, from the Psychosocial Paradigm
8

Tornar-se médico de família e comunidade : um movimento para além de paradigmas médicos vigentes / Become a family and community doctor : a move beyond current medical paradigms

Pacheco, Emílio Rossetti January 2013 (has links)
PACHECO, Emílio Rossetti. Tornar-se médico de família e comunidade : um movimento para além de paradigmas médicos vigentes. 2013. 121 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza-CE, 2013. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2014-06-05T13:44:03Z No. of bitstreams: 1 2013_dis_erpacheco.pdf: 1408036 bytes, checksum: 75d052753937f1ba931ce91c0777ed50 (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2014-06-05T13:45:21Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_dis_erpacheco.pdf: 1408036 bytes, checksum: 75d052753937f1ba931ce91c0777ed50 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-06-05T13:45:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_dis_erpacheco.pdf: 1408036 bytes, checksum: 75d052753937f1ba931ce91c0777ed50 (MD5) Previous issue date: 2013 / This research interprets a singular pathway of becoming a family and community doctor concomitant of the encounter of the personal and institutional times of its training. The subject emerges during my Master in Public Health, at the Federal University of Ceará, through the deconstruction of the doctors’ traditonal way of practising, in order to promote a movement of existential growth based on the conception of ethics-of-life. This decision is the result of a breaking with the biomedical model of health training, undertaken during my times at the University of Medicine of the Federal University of Ceará, under the influence of psychoanalysis, which for me has contributed to the establishment of the Family and Community Medicine model. This work has hermeneutics as the interpretative basis which conducts the research, and uses the narrative of formation as a means of broadening the possibilities of comprehension and the construction of new ways for the reinvention of ourselves. The general objective is to understand the sense of becoming a family and community doctor as a movement that goes beyond the current medical paradigms. The features of the biomedical and the Family and Community Medicine models, in the context of the experiences acquired in these scenarios of practice, are also described. / A pesquisa interpreta um percurso singular de nomear-se médico de família e comunidade concomitante ao encontro dos tempos pessoal e institucional de formação. A temática surge durante o Mestrado em Saúde Pública da UFC por intermédio da desconstrução do modo de ser médico tradicional para promover um movimento de ultrapassagem existencial pautado na concepção de ética-da-vida. Esse processo rompe com o modelo biomédico de formação em saúde, iniciado durante o curso de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC) sob a influência de uma crítica psicanalítica, e afirma o modelo de Medicina de Família e Comunidade. Estabelece a hermenêutica como base interpretativa que conduz a investigação e utiliza a narrativa de formação como meio de ampliar as possibilidades de compreensão e de construção de pontes para a reinvenção de si. O objetivo geral é compreender o sentido do tornar-se médico de família e comunidade como um deslocamento para além dos paradigmas médicos vigentes. O trabalho aponta características do modelo biomédico e da Medicina de Família e Comunidade, contextualizadas por elaborações advindas das vivências nesses cenários de prática.
9

O idoso no centro de diagnóstico por imagem : segurança na realização da tomografia computadorizada cardíaca

Acauan, Laura Vargas 23 April 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, 2013. / Submitted by Luiza Silva Almeida (luizaalmeida@bce.unb.br) on 2013-07-25T19:13:04Z No. of bitstreams: 1 2013_LauraVargasAcauan.pdf: 1418632 bytes, checksum: efc80c3074d81ffe639fa102a9a4acd6 (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2013-07-26T13:45:11Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_LauraVargasAcauan.pdf: 1418632 bytes, checksum: efc80c3074d81ffe639fa102a9a4acd6 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-07-26T13:45:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_LauraVargasAcauan.pdf: 1418632 bytes, checksum: efc80c3074d81ffe639fa102a9a4acd6 (MD5) / A segurança do paciente é um aspecto crítico da atenção à saúde nos serviços de saúde, e seus determinantes e condicionantes estão vinculados a ações inerentes à assistência. Os idosos constituem parcela populacional que mais cresce no mundo, e com o avanço da idade há aumento no número de doenças crônicas, portanto, são mais vulneráveis à ocorrência de eventos e reações adversas durante seu cuidado. Com a evolução tecnológica na área de imagem, a tomografia computadorizada cardíaca- angiotomografia coronariana tem sido proposta como método não invasivo para diagnóstico da doença arterial coronariana, doença crônica de elevada incidência entre os idosos. Porém, para sua realização é imprescindível a injeção intravenosa de meio de contraste iodado, o que pode ocasionar reações adversas, principalmente no idoso que apresenta fatores de riscos inerentes ao processo de envelhecimento. Nesse contexto, determinou-se como objetivo central do estudo analisar ações dos profissionais de saúde na segurança do paciente idoso que recebe o meio de contraste iodado intravenoso na realização da tomografia computadorizada cardíaca. Especificamente: caracterizar a equipe de saúde que atua no centro de diagnóstico por imagem; verificar a existência de critérios de segurança adotados pela equipe de saúde na execução da tomografia computadorizada cardíaca; conhecer o tipo de meio de contraste iodado utilizado na realização da tomografia computadorizada cardíaca, seu armazenamento, preparo e administração; averiguar os procedimentos adotados na ocorrência de reações adversas na administração do meio de contraste. Trata-se de um estudo descritivo com abordagem qualitativa. Os cenários foram dois centros de diagnóstico por imagem em dois hospitais de Brasília, Distrito Federal, Brasil. Participaram do estudo 26 profissionais de saúde que responderam a um roteiro de entrevista semiestruturada. A caracterização das equipes de saúde é demonstrada por meio de tabela e os depoimentos foram analisados pelo método análise de conteúdo de Bardin, a partir da técnica de análise temática. Os resultados mostram equipes de saúde predominantemente do sexo feminino, com tempo de formação entre um e dez anos, compostas de jovens adultos e na idade madura (21 a 40 anos), com experiência de cinco anos ou mais no centro de diagnóstico por imagem e constituídas por enfermeiras, técnicas em enfermagem, médicos (as) radiologistas, técnicos (as) em radiologia e tecnólogos (as) em radiologia. Da análise de conteúdo emergiram cinco categorias: 1) Segurança física do idoso para realização da tomografia computadorizada cardíaca; 2) Concepções e atuação da equipe de saúde do centro de diagnóstico por imagem para a segurança do idoso; 3) Estratégias para segurança do idoso em centro de diagnóstico por imagem: uso de tecnologia para a realização da tomografia computadorizada cardíaca; 4) Reações adversas na realização da tomografia computadorizada cardíaca: promoção da segurança do idoso; 5) Administração de meio de contraste iodado e a segurança do idoso na realização da tomografia computadorizada cardíaca. Conclui-se que as equipes de saúde dos centros de diagnóstico por imagem realizam ações seguras na execução da tomografia computadorizada cardíaca- angiotomografia. Estão atentas aos fatores de risco presentes no idoso e agem visando minimizar a ocorrência de reações adversas, contudo, ações devem ser aprimoradas. __________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Patient safety is a critical aspect of care in health services, their determinants and conditions are linked to actions relating to medical assistance. The elderly are the fastest growing part of the population in the world, with advancing age there is an increase in the number of chronicle diseases, therefore, they are more vulnerable to adverse events and reactions during their care. With the technological developments in imaging, a coronary computed tomography angiogram has been proposed as a noninvasive method for the diagnosis of coronary artery disease, which is a chronic disease of high incidence among the elderly. However, its realization requires an intravenous injection of iodinated contrast media, what can cause adverse reactions, especially in the elderly who presents risk factors inherent to the aging process. In this context, core objective of the study is to analyze the actions of health professionals in the safety of elderly patients, which are submitted of this kind of treatment. Specifically, the study has the following objectives: to characterize the health team that operates in diagnostic imaging center, check for safety criteria adopted by the health staff in the implementation of cardiac computed tomography; know the type of iodinated contrast media used in cardiac computed tomography, its storage, preparation and administration; check the procedures adopted in the occurrence of adverse reaction in the contrast administration. It is a descriptive study with qualitative approach in adverse events in the administration of contrast. The scenario was two diagnostic imaging centers in two different hospitals in Brasilia, Distrito Federal, Brazil. 26 healthcare professionals took part on the study answering semi-structured interviews. The characterization of the health team is demonstrated by the table and the statements were submitted by the Bardin method of content analysis, by the approach of the thematic analysis. The results show a health team predominantly female, with training time between one and ten years, composed by people between 21 and 40 years old, with experience of five years or more in the diagnostic imaging center and consisting of nurses, nursing techniques, radiologist doctors and radiology technical. From the content analysis, five categories have brought up: 1) Physical safety of the elderly for performing cardiac computed tomography; 2) Health staff concepts and actions of the diagnostic imaging center, for security of the elderly; 3) Strategies for safety of the elderly in diagnostic imaging center: use of technology to perform the cardiac computed tomography; 4) Adverse reactions in the realization of cardiac computer tomography: promoting safety of the elderly; 5) Administration of iodinated contrast agent and security of the elderly in the performance of cardiac computed tomography. The conclusion shows that the health team of diagnostic imaging centers performs actions in the safe execution of cardiac computed tomography angiogram. It is alert to risk factors in the elderly and acts to minimize the occurrence of adverse reactions, but, actions must be enhanced. __________________________________________________________________________________ RESUMEN / La seguridad del paciente es un aspecto crítico de la atención a la salud en servicios de salud, y sus determinantes y condicionantes están vinculados a acciones de la asistencia. Los mayores constituyen una parcela de la población que más crece en el mundo, y con el avance de la edad hay aumento de las enfermedades crónicas, por lo tanto, son más vulnerables a la ocurrencia de eventos y reacciones adversas durante el cuidado. Con la evolución tecnológica en la área de imagen, la tomografía computadorizada cardíaca- angiotomografia de las coronarias ha sido propuesta como método no invasivo para diagnostico de enfermedad arterial de las coronarias, enfermedad crónica de alta incidencia entre los mayores. Pero, para su realización es imprescindible inyección intravenosa del medio de contraste iodado, lo que puede ocasionar reacciones adversas, especialmente en mayores que presentan factores de riesgos por el envejecimiento. Se determinó como objetivo central analizar acciones de los profesionales de la salud en la seguridad del paciente mayor que recibe el medio de contraste iodado intravenoso en la realización de la tomografía cardíaca. En especifico: caracterizar el equipo de salud que actúa en centro de diagnóstico por imagen; verificar la existencia de criterios de seguridad adoptados por el equipo en la ejecución de la tomografía computadorizada cardíaca; conocer el medio de contraste iodado utilizado en la realización, su almacenamiento, preparo y administración; averiguar los procedimientos en la ocurrencia de reacciones adversas en la administración del medio de contraste. Se trata de un estudio descriptivo con un abordaje cualitativo. Los escenarios del estudio fueron dos centros de diagnóstico por imagen en dos hospitales de Brasilia, Distrito Federal, Brasil. Participaron del estudio 26 profesionales de salud que respondieron a una guía de entrevista semi estructurada. Las características de los equipos de salud están demostradas por tablas y las declaraciones fueron analizadas por el método de contenido de Bardin, a partir de la técnica de análisis temática. Los resultados evidencian equipos de salud predominantemente femeninas, con tiempo de formación entre uno y diez años, compuestas de jóvenes adultos y en edad madura (21 a 40 años), con experiencia de cinco años o más en centro de diagnóstico por imagen y se constituyen por enfermeras, técnicas en enfermería, médicos (as) radiólogos, técnicos(as) en radiología y tecnólogos(as) en radiología. Del análisis de contenido emergieron cinco categorías: 1) Seguridad física del mayor en la realización de la tomografía cardíaca; 2) Concepciones y actuación del equipo de salud en centro de diagnóstico por imagen para la seguridad del mayor; 3) Estrategias para la seguridad del mayor en centro de diagnóstico por imagen: utilización de tecnología para la realización de tomografía computadorizada cardíaca; 4) Reacciones adversas en la realización de la tomografía cardíaca: promoción de la seguridad del mayor; 5) Administración del medio de contraste iodado y la seguridad del mayor en la realización de la tomografía computadorizada cardíaca. Se concluyó que los equipos de salud de los centros de diagnóstico por imagen realizan acciones seguras en la ejecución de la tomografía computadorizada cardíaca- angiotomografia. Están atentas para los factores de riesgos presentes en el mayor y actúan para minimizar la ocurrencia de reacciones adversas, pero acciones deben ser perfeccionadas.
10

O perfil do adoecimento docente na Universidade de Brasília de 2006 a 2011

Sousa, Adriana Modesto de 28 February 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2013. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2013-04-26T15:48:45Z No. of bitstreams: 1 2013_AdrianaModestoSousa.pdf: 2332064 bytes, checksum: 463d192f68f38e174aefbf66d82e4018 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-04-29T11:48:32Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_AdrianaModestoSousa.pdf: 2332064 bytes, checksum: 463d192f68f38e174aefbf66d82e4018 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-04-29T11:48:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_AdrianaModestoSousa.pdf: 2332064 bytes, checksum: 463d192f68f38e174aefbf66d82e4018 (MD5) / O mundo do trabalho sofre uma transformação profunda com a reestruturação produtiva das décadas recentes. O mundo acadêmico também passa, por sua vez, por mudanças significativas, levando alguns pesquisadores a cunhar e estudar o chamado “produtivismo” na ciência. Com este panorama, procurou-se descrever parte deste processo, no tocante à relação entre esse nono modo de trabalho e a saúde, tanto física como mental dos professores universitários, segmento pouco estudado. O objetivo principal, tendo como base a epidemiologia descritiva, foi investigar a composição do perfil epidemiológico das morbidades dos docentes, em específico os professores ativos da Universidade de Brasília, entre janeiro de 2006 a dezembro de 2011, a partir dos dados de morbidade coletados junto a prontuários disponibilizados pelos órgãos de saúde da universidade. Os dados foram coletados na forma de CIDs e o perfil geral dos professores foi elaborado com dados fornecidos pela própria instituição. A população de referência foi composta por 2.507 docentes efetivos do quadro funcional da UnB sendo que destes, 2.218 estavam ativos em dezembro de 2011, dos quais 202 professores viveram episódios de afastamentos por doença. Observou-se maior prevalência de afastamentos em docentes entre 41 e 60 anos, do sexo feminino, solteiros. Foram computados no período estudado 15.108 dias de afastamentos. A pesquisa de campo revelou diversas morbidades como justificativa para o afastamento, no entanto, chama a atenção as motivadas por Transtornos Mentais e Comportamentais e as motivadas por Doenças do Sistema Musculoesquelético e Tecido Conjuntivo. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The world of work undergoes a profound transformation in the productive restructuring of recent decades. The academic world is also, in turn, significant changes, leading some researchers to study the strike and called “productivism” in science. With this background, we describe part of this process, concerning the relationship between this work mode the ninth and health, both physical and mental health of university professors, understudied segment. The main goal, based on the descriptive epidemiology, to investigate the composition of the epidemiology of morbidity of teachers, teachers in specific assets of the University of Brasilia, between January 2006 and December 2011, from morbidity data collected from the records available to health departments of the university. Data were collected in the form of CIDs and general profile of teachers was developed with data provided by the institution itself. The main goal, based on the descriptive epidemiology, to investigate the composition of the epidemiology of morbidity of teachers, teachers in specific assets of the University of Brasilia, between January 2006 and December 2011, from morbidity data collected from the records available to health departments of the university. Data were collected in the form of CIDs and general profile of teachers was developed with data provided by the institution itself. The reference population consisted of 2,507 effective professors of the staff of UnB and of these, 2,218 were active in December 2011, of which 202 teachers lived episodes of sick leave. There was a higher prevalence of sick leave in professors between 41 and 60 years old, female, single. On the studied period, over 15,108 days of absences were computed. The field research revealed several morbidities as justification for the sick leave. However, the ones motivated by Mental and Behavioral Disorders draw our attention and the ones motivated by Diseases of the Musculoskeletal System and Connective Tissue.

Page generated in 0.0696 seconds