• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 77
  • 11
  • 11
  • 11
  • 11
  • 11
  • 1
  • Tagged with
  • 78
  • 78
  • 29
  • 19
  • 19
  • 15
  • 15
  • 12
  • 12
  • 10
  • 10
  • 10
  • 9
  • 9
  • 8
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Contribuições da psicolinguística ao diagnóstico da dislexia

Blasi, Helena Ferro January 2006 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-graduação em Linguística / Made available in DSpace on 2012-10-22T23:02:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 238063.pdf: 6872756 bytes, checksum: 83320a9a5d82b9c8eeff085ea9ff344f (MD5) / Neste trabalho, procura-se esclarecer a definição da dislexia afastando-a das noções teóricas que amparam o conceito de distúrbio de aprendizagem. Comprova-se que a dificuldade do indivíduo disléxico reside, primeiramente, em perceber a distinção dos traços que formam as letras, a terceira articulação e, procura-se trazer à discussão a falta de entendimento que o professor do Ensino Fundamental possui sobre as questões patológicas da linguagem, mais especificamente sobre a dislexia. Ao se constatar que instrumentos de avaliação da dislexia podem ocupar-se exclusivamente de tarefas metafonológicas, contrariando ao que se postula nesta pesquisa, foram elaborados testes de correspondência grafo-fonológicas capazes de auxiliar na definição do perfil do indivíduo disléxico. Estes foram aplicados a 45 sujeitos de ambos os sexos, crianças regularmente matriculadas na 4ª série do Ensino Fundamental de escola pública do município de São José, na Grande Florianópolis, os quais, no entendimento de seus professores, apresentavam manifestações compatíveis com o quadro de dislexia. A partir da análise dos resultados, verificou-se que o instrumento de avaliação foi eficaz em definir o perfil do sujeito disléxico, pois foi possível identificar essa característica em 3 sujeitos da amostra. Constatou-se também que 8 sujeitos não manifestaram nenhuma dificuldade e 34 indivíduos mostraram desempenho compatível com distúrbio de aprendizagem e não com dislexia, o que levou a comprovar a dificuldade da escola em lidar com as questões patológicas da linguagem.
2

Analise funcional discriminativa em dislexia do desenvolvimento

Pestun, Magda Solange Vanzo 03 February 2001 (has links)
Orientador: Sylvia Maria Ciasca / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-07-27T17:04:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Pestun_MagdaSolangeVanzo_D.pdf: 38283082 bytes, checksum: db596eb672baab683e0a69dabe6a08c6 (MD5) Previous issue date: 2001 / Resumo: Esta tese teve por objetivos avaliar e analisar através de provas neuropsicológicas, pedagógicas e exames complementares, crianças com possível diagnóstico de Dislexia do Desenvolvimento. Participaram como sujeitos 47 crianças, sendo 27 controles (sem dificuldades de aprendizagem) e 20 experimentais, com idade entre 8 e 13 anos, alunos de 23 série do 10grau de escola da rede pública da região de Campinas, SP. A coleta de dados se deu no HCIUNICAMP para os sujeitos do grupo experimental (GE) e em escolas públicas para os sujeitos do grupo controle (GC). Os materiais empregados consistiram de testes formais e materiais acadêmicos de uso diverso. O procedimento constou de 4 etapas: 1) Entrevista com os pais (anamnese); 2) Avaliação neuropsicológica; 3) Avaliação específica para leitura; 4) Exames complementares. Os resultados obtidos revelaram que as crianças dos dois grupos apresentavam potencial intelectual normal, ausência de déficits sensoriais e desordens neurológicas que comprometessem o aprendizado mas, diferença significativa de desempenho entre os mesmos. Prejuízos lingüísticos e cognitivos foram encontrados no GE, principalmente em linguagem receptiva e expressiva, memória de curto prazo auditiva e visual, déficits na consciência fonológica e habilidades acadêmicas, principalmente leitura e escrita. Os exames complementares audiométrico e oftalmológico foram fundamentais para excluir déficits sensorial auditivo e visual, respectivamente. O exame neurológico indicou sinais leves de alterações neurológicas, e, o SPECT revelou hipoperfusão da porção mesial do lobo temporal esquerdo em 47% dos disléxicos. A análise funcional dos resultados obtidos parece indicar que os déficits encontrados são de origem constitucional, que por sua vez contribuíram para alterações no desenvolvimento perceptual auditivo, conseqüentemente com prejuízo nas aquisições lingüísticas, resultando em comprometimento do desenvolvimento cognitivo que alterou as aquisições das habilidades alfabéticas que culminaram nas dificuldades de leitura escrita. Futuras pesquisas deverão ser conduzidas empregando-se outras técnicas de neuroimagem (RM, PET) para comparar com os resultados obtidos com o SPECT, bem como realizar potenciais evocados auditivos para avaliar a área auditiva do lóbulo temporal. Estudos genéticos podem vir a ser desenvolvidos em parceria com a Neuropsicologia, com o objetivo de delinear os determinantes genéticos e não genéticos dos substratos neurológicos envolvidos na leitura. Estudos longitudinais da estrutura e funcionamento do cérebro no desenvolvimento normal e patológico serão necessários para determinar se as diferenças individuais vistas nos estados disfuncionais são causa ou consequência do distúrbio / Abstract: The purposes of this thesis were to evaluate and analyse by means of neuropsychological and pedagogical tests as well as complementary exams, children with a probable diagnosis of Developmental Dyslexia. Forty seven children participated as subjects of this research. Twenty seven were in the control group (with no learning difficulties) and twenty in the experimental group, with ages between 8 and 13 years old, second year students from the first grade public schools in Campinas, São Paulo State. The data were gathered at HC/UNICAMP for the experimental group (EG) and in public schools for the control group (CG). The materiaIs used were formal tests and academic materiaIs for several uses. The procedure consisted of four stages: I) Interview with the parents (anamnese) and the teachers; 2) Neuropsychological evaluation; 3) Specific evaluation for reading skills; 4) Complementary Exams. The obtained results revealed that the children presented normal intelectual potential; lack of sensory deficits and neurological disorders which might jeopardize the learning process, but there was significant difference of performance between them. Linguistic and cognitive damages were found in the EG, specially in terms of receptive and expressive languages, auditory and visual short-term memory, deficits in the academic skills and conscience, mainly reading and writing. The complementary exams (audiometric and ophtalmological) were essential in order to rule out auditory and visual sensory deficit , respectively. The neurological exam indicated slight signs of neurological alterations, and the SPECT revealed hypoperfusion of the mesial portion of the left temporallobe in 47% of the dyslexic people. The functional analysis of the obtained results seem to indicate that the deficits found are of constitutional origin which contributed for alterations in the auditory perceptual development with a consequent damage in the linguistic acquisitions, resulting in jeopardy of the cognitive development that altered the acquisitions of the alphabetical skills which culminated in the difficulties in reading and writing. Future researches shall be carried out making use of other neuroimage techniques (RM, PET) in order to compare them with the results obtained by the SPECT, as well as perform potential auditory evocations to evaluate the auditory área of the temporal lobe. Genetic studies may be carried out together with neuropsychology, with the purpose of delineating the genetic and non-genetic determinants of the neurological subtracts involved in reading. Longitudinal studies of the structure and functioning of the brain in the normal and pathological development will be necessary to determine if the individual differences seen in the disfunctional states are the cause or the consequence of the disorder / Doutorado / Ciencias Biomedicas / Doutor em Ciências Médicas
3

Disturbios e dificuldades da aprendizagem na aquisição da escrita : reflexões sobre seu diagnostico na sala de aula

Iturrieta Leal, Maria Alejandra 11 November 1991 (has links)
Orientador : Maria Laura Mayrink-Sabison / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação / Made available in DSpace on 2018-07-15T23:50:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 IturrietaLeal_MariaAlejandra_M.pdf: 5986783 bytes, checksum: da5c3b04b30fefda357a0b90596d7c36 (MD5) Previous issue date: 1992 / Resumo: Através de um estudo de caso, pretende-se esclarecer como vem sendo feita a avaliação das crianças na primeira série, como e quando os "erros" transformam-se, para as professoras, em sintomas ou indícios de algum problema de aprendizagem. Analisando a fala das professoras, os informes de repetência e ou que se observou em sala de aula, inferimos a concepção de alfabetização das professoras, descrevemos como identificam as dificuldades das crianças, na prática escolar, e como isto favorece o surgimento dos distúrbios de aprendizagem no processo de aquisição da escrita. A pesquisa foi realizada em três primeiras séries de três escolas, situadas em bairros periféricos da cidade de Vinã dei Mar, no Chile. Os dados são analisados considerando uma de alfabetização como um processo no qual a criança e o professor relacionam-se e interagem por meio da linguagem. É neste jogo que a criança vai construindo a linguagem escrita. Esta perspectiva da aquisição da escrita leva a pensar que os "erros" das crianças podem ser analisados como tentativas para entender a linguagem escrita e não necessariamente como sintomas de distúrbios de aprendizagem, levando-nos a pensar não em "problemas de aprendizagem" mas em "problemas de ensino", decorrentes de "problemas de formação dos professores" / Mestrado / Metodologia do Ensino / Mestre em Educação
4

Atenção e desempenho escolar : uma proposta de avaliação interdisciplinar com crianças de 1. serie

Tonelotto, Josiane Maria de Freitas 19 July 1994 (has links)
Orientador: Vanda Maria Gimenes Gonçalves / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-07-19T10:13:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tonelotto_JosianeMariadeFreitas_M.pdf: 3252664 bytes, checksum: 390bc3241237facc2c4ecc20f0d92c53 (MD5) Previous issue date: 1994 / Resumo: Este trabalho teve como objetivo comparar os aspectos neurológicos e psicológicos de escolares, cursando a primeira série da rede pública de ensino. Os sujeitos foram selecionados a partir de sua idade cronológica e submetidos a avaliações tradicionais e padronizadas e também a um roteiro, construido especialmente para este trabalho, com o objetivo principal de avaliar a Atenção dos sujeitos. A coleta do.s dados envolveu a participação de mães, pais e professoras, além dos escolares. O desempenho dos sujeitos definiu dois grupos distintos, um contendo sujeitos com algum problema de atenção e outro não. Em termos neurológicos, verificou-se diferenças entre os grupos no que diz respeito ao número de alterações encontradas em pelo menos um dos exames. Através da avaliação psicopedagógica, detectou-se diferenças no desempenho cognitivo, comportamento em sala de aula e ritmo de trabalho. Assim, destacou-se a importância do uso diversificado de instrumentos de avaliação, viabilizando a interdisciplinaridade na prática diagnóstica / Abstract: This work has had as an aim to compare the neurological and psychological aspects of school children attending the first grade of elementary govemment school. The subject were selected based on the children chronological age and submitted to tradicional and standardized evaluations as well as to an inventory especially created for this work with the main objective of assessing the subjects Attention. Data 'collecting involved the participation of mothers, fathers and teachers, besides the pupils. The subjects performance defined two distinct groups, one of them containing subjects with some attention problems and the other without them. In neurological terms, differences between the groups were verified as to the number of alterations found in at least one of the tests. By means of a psychopedagogical assessment, differences in cognitive performance, classroom behavior and work rhythm were detected. And, thus, the importance of a diversified use of evaluation instruments enabling an interdisciplinary diagnostic practice was emphasized / Mestrado / Neurociencias / Mestre em Fisiopatologia Médica
5

Programa de resposta à intervenção (RTI) em segunda camada para desenvolvimento das funções executivas no 1º ano do ensino fundamental I /

Alcantara, Graziele Kerges. January 2019 (has links)
Orientadora: Simone Aparecida Capellini / Banca: Alessandra Gotuzo Seabra / Banca: Cristiane Moço Canhetti de Oliveira / Resumo: Objetivos: Este estudo teve por objetivos elaborar um programa de resposta à intervenção (RTI), em segunda camada, para desenvolvimento das funções executivas em escolares do 1o ano do Ensino Fundamental I e analisar a significância clínica do programa em um estudo-piloto. Método: O estudo foi executado em duas fases, sendo a Fase 1 a elaboração do programa de resposta à intervenção (RTI), em segunda camada, para desenvolvimento das funções executivas em escolares do 1o ano do Ensino Fundamental I, e a Fase 2, a análise da significância clínica do desempenho dos sujeitos em situação de pré e pós-testagem após aplicação do programa de resposta à intervenção (RTI) elaborado na Fase 1 em um estudo-piloto. A amostra inicial dos sujeitos composta por 71 sujeitos foi submetida ao protocolo para pré-avalição formada pelos instrumentos: Teste de Atenção por Cancelamento; Teste dos Cinco Dígitos - FDT; subteste dígitos da escala Wechsler de Inteligência para Crianças, Teste de Trilhas - partes A e B; e ao Protocolo de Identificação Precoce dos Problemas de Leitura - IPPL. Dos 37 participantes que completaram o protocolo de pré-avalição, 18 foram eleitos para serem submetidos ao programa de intervenção desenvolvido na Fase 1 deste estudo, onde oito completaram o programa, participando ao final da pós-avaliação composta dos mesmos instrumentos utilizados na pré-avaliação. Participaram da Fase 2 deste estudo oito sujeitos do 1º ano do Ensino Fundamental I, com idade de 6 anos a 6 anos e ... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Objectives: This study aimed to develop a tier 2 response to intervention (RTI) program for the development of executive functions in first-year elementary school students and to analyze the clinical significance of the program. Method: A pilot study was carried out in two phases: Phase 1, elaboration of the tier 2 RTI program; and Phase 2, analyse clinical significance of the children's performance in pre and post-test situations, after applying the RTI program. . The initial sample, comprising 71 children was submitted to the protocol for pre-evaluation formed by the instruments: Attention by Cancellation Test; Five Digit Test (FDT); Subtest digits from the Wechsler Intelligence Scale for Children, On Trail Making Test - Parts A and B; and the Early Identification Protocol for Reading Problems. Of the 37 participants that completed the pre-assessment protocol, 18 were selected to be submitted to the RTI program developed in Phase 1, of which eight completed the program, participating to the end of the post-evaluation consisting of the same instruments used in pre-evaluation. Participants in Phase 2 were eight children (age 6 years to 6 years and 11 months, of both sexes) from two public schools in the city of Marília-SP. Application of a pre-assessment battery indicated that these children presented risk for executive function difficulties. Group I (GI): comprised seven students, of which four completed the intervention; and Group II (GII): comprised 11 students, of whom on... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
6

Dificuldades de aprendizagem na alfabetização: perspectivas do aprendiz

Griffo, Clenice January 1996 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Educação. Programa de Pós-graduação em Educação / Made available in DSpace on 2012-10-16T10:26:26Z (GMT). No. of bitstreams: 0
7

Dificuldade de aprendizagem: representações sociais de professores e alunos

Corsini, Cristina Felipe January 1998 (has links)
Dissertação (mestrado) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Instituto de Psicologia e Fonoaudiologia / Made available in DSpace on 2012-10-17T06:46:24Z (GMT). No. of bitstreams: 0
8

Potencial Cognitivo Auditivo e vectoeletronistagmografia em escolares com dislexia e distúrbios de aprendizagem /

Stenico, Mariana Banzato. January 2015 (has links)
Orientadora: Ana Claudia Figueiredo Frizzo / Banca: Katia de Freitas Alvarenga / Banca: Simone Aparecida Capellini / Resumo: Indivíduos com alterações de leitura e escrita podem apresentar disfunções visuais, auditivas e vestibular bem como atraso no desenvolvimento das funções perceptuais. Tanto os sistemas auditivos e visuais podem ser avaliados por meio de testes eletrofisiológicos auditivos-Potencial cognitivo, e visuais-vectoeletronistagmografia e são úteis na avaliação de crianças com transtorno de aprendizagem. Objetivos: descrever e comparar os resultados dos potenciais evocados auditivos (N1, P2, N2 e P3) entre os grupos GI, GII e GIII, descrever e comparar os resultados das provas oculares entre os grupos GI, GII e GIII. Método: participaram deste estudo 28 escolares, de ambos os gêneros entre 8 a 11 anos de idade do 3º ao 5º ano de escolas públicas municipais de Marília-SP, essas crianças foram divididas em três grupos: Grupo I (GI): 10 escolares disléxicos; Grupo II (GII): 9 com distúrbio de aprendizagem; Grupo III (GIII): 9 crianças sem transtorno aprendizagem. Foi realizada a avaliação do potencial evocado auditivo cognitivo (paradigma oddball - discriminação de frequência e duração) e realizado a avaliação visual por meio da vectoeletronistagmografia. Os dados foram analisados pela estatística descritiva da média, desvio padrão, mínimo e máximo. Na sequência, foram feitas análises comparativas entre os grupos com o Test F-ANOVA. No teste do potencial cognitivo auditivo o grupo com dislexia apresentou valores de latência mais curtos e amplitudes menores no P2 e P3 - frequência e P3 - duração, o grupo com transtornos de aprendizagem apresentou latência alongada e amplitudes menores no N2 e P3 - frequência e P3 - duração. Na avaliação visual - vectoeletronistagmografia, a comparação das provas de movimentos sacádicos, nistagmo optocinético e rastreio pendular mostrou que nos grupos de disléxicos ... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Individuals with reading and writing changes may have visual, hearing and vestibular disorders as well as delayed development of perceptual functions. Both auditory and visual systems can be assessed through auditory electrophysiological tests- cognitive potentials, and visual-vectoelectronystagmography and are useful in assessing children with learning disorders. Objectives: To describe and to compare the results of auditory evoked potentials (N1, P2, N2 and P3) between GI, GII and GIII groups; to describe and to compare the results of ocular evidence between GI, GII and GIII. Method: participants were 28 students, of both genders between 8-11 years of age (mean age 9.5 years), from 3rd to 5th grades of public schools in Marília-SP. These children were divided into three groups: Group I (GI): 10 dyslexic students; Group II (GII): 9 students with learning disabilities; Group III (GIII): 9 students with no learning disorders. Auditory evoked potential assessment (oddball paradigm - frequency and duration discrimination) and visual assessment through vectoelectronystagmography were performed. Data were analyzed using descriptive statistics of mean, standard deviation, minimum and maximum. Next, a comparative analysis between the groups with F-Test ANOVA was carried out. Results: In the auditory cognitive potential test, the group with dyslexia showed shorter latencies and smaller amplitudes in P2 and P3 - frequency and P3 - duration; the group with learning disorders presented longer latencies and lower amplitudes in N2 and P3 - frequency and P3 - duration. In visual assessment - vectoelectronystagmography, a comparison of saccadic movements, optokinetic nystagmus and pendular tracking showed that in the groups with dyslexic and learning disorder students, the movement is slower in the left eye. Conclusion: there was difference between the auditory ... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
9

Potencial Cognitivo Auditivo e vectoeletronistagmografia em escolares com dislexia e distúrbios de aprendizagem

Stenico, Mariana Banzato [UNESP] 26 March 2015 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-07-13T12:10:06Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2015-03-26. Added 1 bitstream(s) on 2015-07-13T12:25:46Z : No. of bitstreams: 1 000838900.pdf: 1842884 bytes, checksum: e54f4b1d457e058b3bae38e06441849e (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Indivíduos com alterações de leitura e escrita podem apresentar disfunções visuais, auditivas e vestibular bem como atraso no desenvolvimento das funções perceptuais. Tanto os sistemas auditivos e visuais podem ser avaliados por meio de testes eletrofisiológicos auditivos-Potencial cognitivo, e visuais-vectoeletronistagmografia e são úteis na avaliação de crianças com transtorno de aprendizagem. Objetivos: descrever e comparar os resultados dos potenciais evocados auditivos (N1, P2, N2 e P3) entre os grupos GI, GII e GIII, descrever e comparar os resultados das provas oculares entre os grupos GI, GII e GIII. Método: participaram deste estudo 28 escolares, de ambos os gêneros entre 8 a 11 anos de idade do 3º ao 5º ano de escolas públicas municipais de Marília-SP, essas crianças foram divididas em três grupos: Grupo I (GI): 10 escolares disléxicos; Grupo II (GII): 9 com distúrbio de aprendizagem; Grupo III (GIII): 9 crianças sem transtorno aprendizagem. Foi realizada a avaliação do potencial evocado auditivo cognitivo (paradigma oddball - discriminação de frequência e duração) e realizado a avaliação visual por meio da vectoeletronistagmografia. Os dados foram analisados pela estatística descritiva da média, desvio padrão, mínimo e máximo. Na sequência, foram feitas análises comparativas entre os grupos com o Test F-ANOVA. No teste do potencial cognitivo auditivo o grupo com dislexia apresentou valores de latência mais curtos e amplitudes menores no P2 e P3 - frequência e P3 - duração, o grupo com transtornos de aprendizagem apresentou latência alongada e amplitudes menores no N2 e P3 - frequência e P3 - duração. Na avaliação visual - vectoeletronistagmografia, a comparação das provas de movimentos sacádicos, nistagmo optocinético e rastreio pendular mostrou que nos grupos de disléxicos e com transtorno de aprendizagem o movimento é mais lento no olho esquerdo. Conclusão: houve... / Individuals with reading and writing changes may have visual, hearing and vestibular disorders as well as delayed development of perceptual functions. Both auditory and visual systems can be assessed through auditory electrophysiological tests- cognitive potentials, and visual-vectoelectronystagmography and are useful in assessing children with learning disorders. Objectives: To describe and to compare the results of auditory evoked potentials (N1, P2, N2 and P3) between GI, GII and GIII groups; to describe and to compare the results of ocular evidence between GI, GII and GIII. Method: participants were 28 students, of both genders between 8-11 years of age (mean age 9.5 years), from 3rd to 5th grades of public schools in Marília-SP. These children were divided into three groups: Group I (GI): 10 dyslexic students; Group II (GII): 9 students with learning disabilities; Group III (GIII): 9 students with no learning disorders. Auditory evoked potential assessment (oddball paradigm - frequency and duration discrimination) and visual assessment through vectoelectronystagmography were performed. Data were analyzed using descriptive statistics of mean, standard deviation, minimum and maximum. Next, a comparative analysis between the groups with F-Test ANOVA was carried out. Results: In the auditory cognitive potential test, the group with dyslexia showed shorter latencies and smaller amplitudes in P2 and P3 - frequency and P3 - duration; the group with learning disorders presented longer latencies and lower amplitudes in N2 and P3 - frequency and P3 - duration. In visual assessment - vectoelectronystagmography, a comparison of saccadic movements, optokinetic nystagmus and pendular tracking showed that in the groups with dyslexic and learning disorder students, the movement is slower in the left eye. Conclusion: there was difference between the auditory cognitive and visual measures between control, dyslexic and learning disorders groups; this...
10

Como os processos de medicalização respondem às políticas públicas e avaliações externas : um olhar a partir do discurso de uma escola de alto IDEB /

Garcia, Amanda Trindade. January 2019 (has links)
Orientadora: Claudia Regina Mosca Giroto / Banca: Dagoberto Buim Arena / Banca: Ana Paula Berberian Vieira da Silva / Resumo: O aprendizado da linguagem escrita tem sido um desafio na educação brasileira apontado nos dados e resultados de avaliações e índices educacionais, a exemplo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Nesse cenário, figura como agravante a medicalização da educação, com a atribuição equivocada de rótulos de "doenças do não aprender" aos alunos em processo de apropriação da linguagem escrita e com a transformação de questões sociais em questões individuais, o que resulta na biologização da educação e contribui para o fracasso escolar. Tal desafio articulado com essa medicalização da educação implica a necessidade de se voltar ao interior da escola, revendo também, dentre outros aspectos, a formação e prática docente precarizadas. Subsidiada por essas ideias, essa pesquisa tem como questões de pesquisa: a escola com o maior Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) tem alguma relação com a quantidade de crianças consideradas por seus professores como aquelas que apresentam "doenças do não aprender"? O IDEB alto influencia a adoção, por parte do professor, de práticas medicalizadoras, a exemplo da identificação, equivocada, de crianças com "doenças de não aprender"? Essas crianças se relacionam de modo negativo com a escrita, incorporando o sentimento de incapacidade? Frente a esses questionamentos, a pesquisa foi empreendida com o objetivo de compreender de que modo o discurso medicalizante de uma escola estadual de ensino fundamental de alto IDEB repercu... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The learning of the written language has been a challenge in Brazilian education pointed out in the data and results of educational evaluations and indexes, like the Index of Development of Basic Education (IDEB). In this scenario, the medicalization of education is aggravated, with the misattribution of labels of "diseases of not learning" to students in the process of appropriation of written language and the transformation of social issues into individual issues, which results in the biologization of education and contributes to school failure. Such a challenge articulated with this medicalization of education implies the need to return to the interior of the school, also reviewing, among other aspects, precarious teacher training and practice. Subsidized by these ideas, this work has as research questions: what is the relation of the school with the highest Basic Education Development Index (IDEB) with the number of children considered by their teachers as those with "diseases of not learning"? Does the high IDEB influence the teacher's adoption of medicalization practices, such as mistakenly identifying children with "diseases of not learning"? Do these children relate negatively to writing learning process, incorporating feelings of inadequacy? Faced with these questions, the research was undertaken with the objective of understanding how the medicalizing discourse of a high IDEB elementary school repercussions in the educational process of children in a third year room... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre

Page generated in 0.9561 seconds