• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 476
  • 26
  • 26
  • 26
  • 25
  • 18
  • 11
  • 8
  • 7
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 2
  • Tagged with
  • 503
  • 214
  • 100
  • 80
  • 59
  • 58
  • 53
  • 46
  • 44
  • 43
  • 43
  • 42
  • 37
  • 34
  • 31
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Crianças selvagens : a expressão das emoções após situação de extrema privação de convívio social

Pontes Souza, Karine 31 January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T22:58:16Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo3877_1.pdf: 1470825 bytes, checksum: d4471614b096f2b03634d06a22ce6d64 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2008 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / Os estudos sobre emoções são realizados há muito tempo, mas apesar disso não há um consenso sobre um conceito devido às muitas questões envolvidas nesse complexo processo. Um ponto controverso é sobre a existência de emoções básicas e sua universalidade. Alguns autores defendem a idéia de emoções inatas e universais, outros opinam sobre os fatores culturais presentes no desenvolvimento das emoções. Apesar dessa discussão todos concordam que as pessoas expressam externamente suas emoções através de gestos, ações, reações fisiológicas, expressões faciais e vocais. Existem vários relatos sobre crianças que foram privadas de convívio social e passaram a viver com animais ou em isolamento social e foram consideradas selvagens. Estes casos despertam no mínimo a curiosidade da população em geral e dos acadêmicos, pois representam uma forma de se tentar entender o papel da sociedade e do convívio com outros da mesma espécie para o desenvolvimento das funções únicas do ser humano. Os participantes desta pesquisa foram dois jovens descobertos num curral com suínos no interior de Pernambuco. Permaneceram nessa situação por aproximadamente sete anos. A presente pesquisa é um estudo de caso, de caráter exploratório que visou investigar as expressões emocionais nesses sujeitos no sentido de se produzir evidências para o estudo do desenvolvimento das emoções e o debate acerca da sua universalidade e/ou relatividade. Comparando os dois irmãos em relação às emoções esperadas e as observadas para as situações geradoras de emoções encontradas nos vídeos analisados, chegamos ao resultado que a congruência total entre esses tipos de emoção foi semelhante para os dois sujeitos, porém existem diferenças entre os irmãos na congruência de emoções esperadas específicas. A alegria foi a emoção mais observada nos participantes em detrimento das outras. A emoção de tristeza não foi observada nas análises, porém foi relatada pela cuidadora. Pedro demonstrava tristeza, mas João só a demonstrou quando o irmão morreu. Não houve evidências da emoção de nojo nos sujeitos deste estudo, esse fato nos levou a questionar a universalidade das emoções. O tipo de emoção (agradáveis, desagradáveis, neutras ou nenhuma; mais elaboradas ou menos elaboradas ) não interferiu na congruência dos participantes, porém se só considerarmos as emoções agradáveis e as desagradáveis observamos que Pedro demonstra ser mais incongruente nas emoções desagradáveis. João não demonstrou variação da congruência em função da época da observação, mas Pedro apresentou congruência significativamente maior a partir de 2005. Podemos concluir que após quatorze anos de ressocialização, Pedro demonstrou ser mais apático que João apesar de ter sido colocado no cativeiro numa idade maior (6/7 anos de idade). Neste caso a privação do convívio social mais tardia trouxe mais dano ao que diz respeito à expressão emocional
2

Com que corpo eu vou? : a beleza e a performance na construção do corpo midiático /

Calabresi, Carlos Augusto Mota. January 2004 (has links)
Orientador: Afonso Antônio Machado / Banca: Gisele Maria Schwartz / Banca: Maria Teresa K. Leitão / Resumo: O esporte moderno, cada vez mais, exige que os atletas superem marcas, independente se homens ou mulheres, o objetivo é vencer barreiras. Para isso, se exige que o atleta não meça esforços, caso queira ter uma carreira de sucesso. Ele acaba abrindo mão de muitas outras coisas, as quais, talvez, fossem mais prazerosas ou indolores. Esta determinação encaminhanos a pensar que o esporte possui algo que atrai aos indivíduos, que estão dispostos a romper obstáculos, simplesmente motivados por emoções que somente estarão presentes no esporte. E, para a realização desses feitos, o atleta tem como principal ferramenta o corpo. Com isso, a discussão será norteada, de acordo com estudos das Ciências Humanas. Esta pesquisa tem como objetivo entender como a mídia interfere na construção corporal de uma mulher específica, a atleta. Pois, as pesquisas voltadas aos assuntos ligados às mulheres são vastas em muitas vertentes, porém a mulher atleta, ainda está carente de pesquisas sobre seu cotidiano, tanto no desempenho de suas tarefas atléticas, como nas suas ações para se realizar como mulher. Esse fator contribuiu para o interesse nesse assunto, instigando a busca de dados que possibilitem uma melhor observação nas condutas da mulher atleta em sua preparação, na intenção de atingir os vários objetivos desejados a ela e os desejados por ela. O método, para o desenvolvimento desse trabalho, aponta para uma pesquisa qualitativa, apoiada por uma revisão de literatura específica. Para a coleta de dados foi utilizada a técnica de "histórias de vida", realizada por meio de depoimentos em entrevistas com as atletas. Esse procedimento foi tratado pelo princípio da categorização, com base nos elementos da Psicologia Fenomenológica, conforme os encaminhamentos propostos por Forghieri (2001). O número de participantes ficou em... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo). / Abstract: The modern sport, each time more, demands that the athletes surpass marks, independent if men or women, the objective is to win barriers. For this, if it demands that the athlete does not measure efforts, in case that wants to have a success career. It finishes opening hand of many other things, which, perhaps, were more pleasant or painless. This determination directs us to think it that the sport possess something that attracts the individuals, that is made use to breach obstacles, simply motivated by emotions that will only be gifts in the sport. And, for the accomplishment of these facts, the athlete has as main tool the body. With this, the quarrel will be guided, in accordance with studies of Sciences Human beings. This research has as objective to understand as the media intervenes with the corporal construction of a specific woman, the athlete. Therefore, the research directed to the on subjects to the women is vast in many sources, however the woman athlete, still is devoid of research on its daily one, as much in the performance of its athletical tasks, as in its actions to become fullfilled itself as woman. This factor contributed for the interest in this subject, instigating the search of data that make possible one better comment in the behaviors of the woman athlete in its preparation, in the intention to reach the some desired objectives it and the desired ones for it. The method, with respect to the development of this work, points with respect to a qualitative research, supported for a revision of specific literature. For the collection of data the technique of "life histories was used", carried through by means of depositions in interviews with the athletes. This procedure was treated by the principle of the categorization, on the basis of the elements of Fenomenological Psychology, as the leading considered for Forghieri... (Complete abstract, click electronic address below). / Mestre
3

Um estudo crítico das relações entre emoções e ações : Descartes e Ryle /

Oliveira, Josiane Gomes de. January 2017 (has links)
Orientador: Marcos Antonio Alves / Banca: Mariana Cláudia Broens / Banca: Leonardo Ferreira Almada / Resumo: Neste trabalho, desenvolvemos uma análise crítica da concepção cartesiana sobre as relações entre emoções, ou paixões da alma, e ações, movimentos físicos, contrapondo-a, principalmente, à concepção proposta por Ryle, a respeito do assunto. Para Descartes, as emoções são elementos pertencentes à mente, entidade independente do físico. Não raro, tais emoções são causadas pelo corpo, cujos movimentos também podem ser impulsionados, ainda que indiretamente, por aquelas. Cabe à mente, por intermédio da razão e da vontade, através do hábito, controlar as paixões e as ações resultantes delas. Um dos críticos dessa postura é Ryle. Ao contrário de Descartes, ele não caracteriza as emoções como efeitos de uma ligação causal entre o corpo e a mente. Para esse autor, as emoções precisam ser analisadas de duas formas diferentes: uma referente às inclinações pelas quais as ações tidas como inteligentes são executadas; e, outra, que consiste no estudo explicativo das disposições ou agitações. Para ele, as inclinações e as disposições são propensões e não elementos, movimentos ou estados de uma substância distinta ou independente do corpo. Para alcançar nosso objetivo central nesta dissertação, dividimo-la em três capítulos. No primeiro deles expomos a natureza do corpo, da mente e dos hábitos, segundo Descartes. Na primeira seção apresentamos as características gerais das concepções dualistas. Na segunda seção abordamos a concepção de corpo e a noção de hábito físico para, ... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: In this work, we develop a critical analysis of the Cartesian conception about the relations between emotions, or passions of the soul, and actions, physical movements, in opposition to Ryle's conception of the subject. For Descartes, emotions are elements belonging to the mind, independent entity of the physical. Not infrequently, such emotions are caused by the body, whose movements can also be driven, albeit indirectly, by those. It is up to the mind, through reason and will, through habit, to control the passions and actions resulting from them. One of the critics of this stance is Ryle. Unlike Descartes, he does not characterize emotions as effects of a causal connection between body and mind. For this author, emotions need to be analyzed in two different ways: one referring to the inclinations by which actions taken as intelligent are performed; and another, which consists in the explanatory study of dispositions or agitations. For him, inclinations and dispositions are propensities and not elements, movements or states of a substance distinct or independent of the body. To reach our central goal in this dissertation, we divide it into three chapters. In the first of these we explain the nature of the body, mind and habits, according to Descartes. In the first section we present the general characteristics of dualistic conceptions. In the second section we approach the concept of body and the notion of physical habit, in the third section, to expose the conception of mind and the notion of mental habit. In the second chapter, we deal with the relations between emotions and actions, according to Descartes. In section 2.1 we characterize the actions and passions of the soul. In section 2.2 we show how the control ... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
4

Estudo da relação entre postura corporal e expressão subjetiva de emoções em mulheres saudáveis / A study about the relationship between body posture and the expression of subjetive emotions in heathy women

Rosário, José Luis Pimentel do [UNIFESP] 27 October 2010 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-07-22T20:50:06Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2010-10-27 / INTRODUÇÃO: Muitos autores sugerem, empiricamente, que a postura de cada indivíduo é um reflexo de suas emoções. Alguns ainda atestam que a alteração de um fator altera 0 outro. OBJETIVOS: 0 objetivo deste trabalho foi pesquisar a existência de relação entre postura corporal e auto-relatos subjetivos sobre 0 estado emocional. MATERIAL E MÉTODOS: 28 mulheres, de 20 a 39 anos, que não estavam no período menstrual. Apresentavam índice de massa corpórea normal ou abaixo do peso e não possuíam comprometimentos neuro1ógicos, psiquiátricos ou músculo-esqueléticos que poderiam influenciar a postura. A postura foi fotografada e avaliada por três fisioterapeutas com mais de dez anos de experiência em avaliação postural, e outra avaliação foi feita por computador. As emoções tiveram sua avaliação por meio dos inventários de ansiedade traço estado (ID ATE) e Beck depressão, e de escalas analógicas para emoções sentidas frequentemente (Usual) e no momento do teste (Atual), ambas demarcadas de zero a dez para tristeza, alegria, preocupação, medo, raiva., depressão e ansiedade. Toda a análise estatística foi realizada ao nível de significância p<0,05. As estruturas de correlação entre as avaliações foram estudadas baseadas na técnica de Regressão Linear. RESULTADOS: Foram encontradas relações significantes Alegria Atual e Inclinação de ombro (p=0,04) c Tornozelo Valgo (p=0,002); Alegria Usual e elevação de ombro em vista lateral (p=0,05); Ansiedade Atual e Cabeça Protrusa (p=0,03) e Rotação da Cabeça (p='0,02); Ansiedade Usual com a altura das mãos (p='0,02); IDATE Atual e Joelho valgo (p=0,04) e Tornozelo Valgo (p='0,0 1);IDATE Usual e Ângulo de Tales (p=0,05) e Altura das mãos (p='0,03) e Tornozelo Valgo (p=0,03); Beck De pressão e Angulo de Tales (p=0,01) e Tornozelo Valgo (p=0,01); Depressão Atual Inclinação de. Cabeça (p=0,05); Depressão Usual e Protrusão de Ombro (0,02); Medo Atual e Protrusão de Ombros (p=0,02) e Extensão de Joelhos (p=0,05); Pressão Arterial Diastólica e1 Tristeza Atual (p=0,03), Ansiedade Atual (0,008) e Elevação dos Ombros pela vista lateral (0,03): Pressão Arterial Sistólica e Elevação de Ombro vista Lateral (p=0,003): Batimentos cardíacos e Angulo de Tales (p=0,01) e Tornozelo Vulgo (p=0,02) e Protrusão de Cabeça (0,04); Preocupação Atual e Angulo de Tales (p='0,02) e Extensão dos joelhos (p='0,04): Preocupação Usual e Angulo d Tales (p=0,03); Raiva Atual e Inclinação de Ombros (p=0,03), e Cabeça Protrusa (p=0,05) e Extensão dos Joelhos (p=0,05) e Protrusão de Cabeça (p=0,03); Raiva Usual Elevaçã0 de Ombros (p=0,05) e Extensão de Joelhos (p=0,04); Tristeza Atual e Inclinação de Ombros (p=0,02): Tristeza Usual e Inclinação de Ombros (p=0,05) e Protrusão de Ombros (p='0.05). CONCLUSÃO: Foi possível concluir que diferentes emoções têm diferentes efeitos na postura.. / TEDE / BV UNIFESP: Teses e dissertações
5

Uma Proposta de modelo fisiológico de emoções

Almeida, Licurgo Benemann de January 2004 (has links)
Este trabalho apresenta o Modelo Fisiológico de Emoções. Este modelo trata a inteligência através de um ponto de vista biológico. O comportamento de cada componente é avaliado de forma independente e evitando abstrações que não estão de acordo com o funcionamento do corpo. O Modelo Fisiológico de Emoções contém um organismo simplificado incluindo apenas um restrito grupo de órgãos e tecidos constantemente gerando diferentes estímulos a agindo como geradores de intenção. O modelo também difere de abordagens cognitivas e considera um restrito grupo de estados emocionais com manifestações fisiológicas diferentes influenciando a tomada de decisão. O pequeno grupo de órgãos pode produzir diferentes estados fisiológicos quando o organismo está comendo, correndo ou mostrando algum estado emocional específico. O trabalho ainda mostra a implementação de um agente construído com base no modelo.
6

Emoção e cognição: questões a partir de suas perspectivas

Bastos, Mauricio Canton 07 January 1991 (has links)
Submitted by Nathanne_estagiaria Silva (nathanne.silva@fgv.br) on 2012-01-18T18:02:17Z No. of bitstreams: 1 000078794.pdf: 4570597 bytes, checksum: 06b8e099df25177f6d564317aa521bef (MD5) / Made available in DSpace on 2012-01-18T18:02:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000078794.pdf: 4570597 bytes, checksum: 06b8e099df25177f6d564317aa521bef (MD5)
7

O tratamento da relação entre emoção e linguagem a partir da poética de Aristóteles

Adolfo, Rafael January 2014 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Filosofia, Florianópolis, 2014. / Made available in DSpace on 2015-02-05T20:12:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 330531.pdf: 1800428 bytes, checksum: b2b579221d6fbe716e20ef8debc181e1 (MD5) Previous issue date: 2014 / A presente pesquisa objetiva investigar as relações entre a emoção e a linguagem a partir da Poética de Aristóteles. Enquanto matéria de conhecimento e arte, as emoções (ta pathê) apresentam um modo de ser estruturado na linguagem (logos) poética. Ambas constituem a essência da poesia e do humano, segundo os aspectos racionais, estéticos e técnicos que as caracterizam. Em sua relação com a linguagem na estrutura da poesia, as emoções se tornam um artefato linguístico, isto é, uma configuração artefactual eficiente de significação. Para que resultem excelentes na obra de arte poética, é necessário que o poeta atente ao uso adequado das regras da linguagem e às regras das sensações que acompanham a poesia.<br> / Abstract : The current research aims to investigate the relation between emotion and language from Aristotle's Poetics. As a subject of knowledge and art, the emotions (ta pathê) present a way that can be structured in the poetic language (logos). Both of them stand for the essence of the poetry and of the human, according to the rational, aesthetic and technical aspects that characterize them. In its relation with the language in poetry's structure, the emotions become a linguistic artifact, that is, an efficient artifactual configuration of signification. In order to achieve excellence in the poetic art, it is necessary for the poet to be alert when it comes to the appropriate usage of the language rules and also to the sensation rules that accompany the poetry.
8

O impacto das emoções sobre o efeito disposição

Moraes, Luiz Guilherme Leite de January 2015 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Economia, Florianópolis, 2015. / Made available in DSpace on 2015-11-10T03:08:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 335975.pdf: 963585 bytes, checksum: 5dc2d6a30183874d75434e9942816f30 (MD5) Previous issue date: 2015 / Este estudo teve o objetivo de analisar o impacto das emoções sobre o efeito disposição. Adicionalmente, a influência do gênero dos indivíduos também é investigada. Para tanto, foram elaborados experimentos laboratoriais com alunos universitários a fim de testar estes efeitos. Com este intuito, foram desenhados experimentos laboratoriais nos quais alunos foram expostos a imagens do IAPS (?International affective Picture system?) para indução emocional e depois realizaram uma simulação do mercado acionário através do software Expecon. A metodologia de análise proposta é baseada na especificação de regressões ?logit? a fim de estimar a probabilidade de ser observada uma venda em cada intervalo de retorno possível dos ativos. Isso nos permite fazer comparações relativas ao efeito disposição. As hipóteses testadas foram: a existência do efeito disposição, que estados emocionais negativos estão relacionados com uma diminuição do efeito disposição e que estados emocionais positivos estão relacionados com um aumento do mesmo, tomando-se como base de comparação um grupo neutro. Além destas hipóteses, é testada a hipótese de que o gênero masculino deve apresentar menor grau de efeito disposição, tomando-se o preço de referência como o preço de compra. Os resultados da análise relativa ao efeito das emoções não corrobora as hipóteses levantada. De modo contrário, a análise que diz respeito à existência do efeito disposição e à influência do gênero corroboram as hipóteses levantadas.<br> / Abstract : This study aimed to discuss the impact of emotional states over the disposition effect. Adicionally, differences concerning individual?s gender are also investigated. Aiming that goal, I elaborated laboratorial experiments with college students so these effects could be tested. For that matter, I designed laboratorial experiments in which students were exposed to IAPS images (?International affective picture system?) for emotional induction and then realized a financial market simulation through the Expecon software. The proposed analysis methodology is based on the specification of ?logit? regressions aiming to estimate the probability of observing a sale in each possible return interval of the assets. This allows us to make comparisons regarding the disposition effect. The hypotheses that were tested were the following: the existence of the disposition effect; that negative emotional states are related to a decrease in the disposition effect and that positive emotional states are related to an increase in this effect, taking as base of comparison a neutral group. Besides that, it is also hypothesized that the male gender should show less disposition effect compared to the female gender, taking the reference price as the purchase price. The analytical results concerning the emotional states weren?t favorable to my conjectures. On the contrary, we obtained favorable evidence concerning the existence of the disposition effect and the gender influence.
9

O humano do desastre : a invenção da escrita como cuidado de si em contextos de desastres naturais e humanos

Noal, Débora da Silva 24 February 2014 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2014. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2014-04-29T14:40:56Z No. of bitstreams: 1 2014_DeboradaSilvaNoal.pdf: 2726649 bytes, checksum: 3796fd9a09ad5d14864313f3e4503359 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2014-05-28T10:49:52Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_DeboradaSilvaNoal.pdf: 2726649 bytes, checksum: 3796fd9a09ad5d14864313f3e4503359 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-05-28T10:49:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_DeboradaSilvaNoal.pdf: 2726649 bytes, checksum: 3796fd9a09ad5d14864313f3e4503359 (MD5) / Esta pesquisa se propõe a contribuir para o fomento de conhecimentos sobre cuidado de si em contexto de desastres, em particular no que se refere aos sentimentos e reações emergentes durante e após eventos abruptos que produzem sofrimento e questionamento aos profissionais que trabalham no campo dos desastres. Por se tratar de um terreno recente de trabalho e pesquisa, dispõe-se ainda a configurar-se enquanto registro histórico de experiências individuais e de reflexão crítica, fomentando aportes teóricos que auxiliem na construção de práticas de cuidado de si dentro deste específico campo de trabalho, servindo de subsídio para o enfrentamento a situações extremas de risco no processo de cuidado de si e do Outro. Como principal objetivo busco compreender os sentidos, percepções e dificuldades construídas a partir do cotidiano do processo de cuidar, vivenciados por mim como psicóloga, voluntária de uma organização humanitária internacional não governamental especializada em intervenções de emergência em desastres naturais e humanos. A partir da perspectiva do desenvolvimento humano e dos processos de subjetivação baseados nas teorias de Michel Foucault, Gilles Deleuze e Félix Guatarri busco trazer à luz reflexões sobre múltiplas formas de construção de si a partir da escrita. A pesquisa fez uso da metodologia de abordagem qualitativa. Para a produção de indicadores, inspirei-me no método cartográfico. Por método cartográfico, entendo que é o método onde o pesquisador/cartógrafo realiza seu trabalho considerando as dimensões temporal, espacial e artística, estabelecendo cisões entre a linearidade do tempo cartesiano na constante produção de formas e de novas formas. Leva-se em conta o imprevisível e a invenção. A produção de material empírico foi constituída durante a análise documental de diários pessoais, entrevistas e produções imagéticas. A partir das análises e reflexões promovidas durante a pesquisa foi possível acompanhar como o processo de construção de si a partir da escrita e das narrativas orais que participam do processo de invenção humana, bem como da experiência do cuidado de si e do Outro em situações de desastres naturais e humanos. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This study intends to contribute for the fomentation of knowledge about self-care, having disasters as context, especially those related to feelings and emergent reactions during and after sudden and abrupt events, responsible for producing suffering and questions towards the professionals who work directly at the field in such disasters. Due to the fact that this is a recent subject, both for work and research areas, it is also a purpose of this study to serve as a historical record of individual experiences and critical reflection, promoting theoretical approaches, that support the creation and construction of self-care practices within this specific field, which may be used as a reference when coping extremely risky situations during the process of self-care and caring for others. As a main objective, I search to comprehend the meanings, perceptions and difficulties established from the everyday process of caring, experienced by me, as a psychologist, who also works as a volunteer at an nongovernmental international humanitarian organization specialized in emergency interventions during natural and human disasters. Using as a reference the human development perspective and the subjectivity processes based on the theories of Michel Foucault, Gilles Deleuze and Félix Guatarri, I seek to bring out reflections upon multiple forms of self-care, using a qualitative approach as the methodology of the study, and a cartographic method to produce the indicators. Cartographic method is the method in which the researcher/cartographer does his/her work considering the temporal, spatial and artistic dimensions, determining divisions through the Cartesian linearity of time in the constant production of forms and new forms, taking into account both the unpredictable and the invention. The elaboration of empirical material was based on the documental analysis from personal diaries, interviews, photos and videos (imagery productions). From this analysis and reflections, I followed the way how these meanings, shown through the construction of the writing, take part in the human subjectivity process, as well as the experience of self-care and caring for others during situations of natural and human disasters.
10

Correlatos eletroencefalográficos dos processos de codificação e reconhecimento num teste de memória emocional

Valencia, Carlos Enrique Uribe 22 July 2011 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2011. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2012-05-08T14:04:17Z No. of bitstreams: 1 2011_CarlosEnriqueUribeValencia.pdf: 2929490 bytes, checksum: 5b6781d73a29386888671a3807fdf311 (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2012-05-10T12:17:52Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_CarlosEnriqueUribeValencia.pdf: 2929490 bytes, checksum: 5b6781d73a29386888671a3807fdf311 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-05-10T12:17:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_CarlosEnriqueUribeValencia.pdf: 2929490 bytes, checksum: 5b6781d73a29386888671a3807fdf311 (MD5) / O conteúdo e o contexto emocional facilitam a memória declarativa por meio da modulação dos mecanismos de codificação e evocação da informação. Durante a codificação, estudos neurofisiológicos têm mostrado consistentemente o efeito de memória subsequente nas oscilações Teta e Gama para estímulos visuais em geral, e em janelas de tempo com latências superiores a 300 ms nos potenciais relacionados a eventos para estímulos visuais de conteúdo emocional em particular. No entanto, os efeitos do contexto emocional sobre a memória permanecem inexplorados. A hipótese é que as oscilações eletroencefalográficas Teta e Gama devem mostrar maior atividade evocada e induzida durante a codificação e o reconhecimento de estímulos visuais associados a contexto emocional. Assim, no presente estudo, registraram-se os potenciais evocados durante a execução de um teste auditivo-visual de memória emocional de 26 voluntários usando um arranjo de 21 eletrodos no escalpo. Considerou-se como evento referência a apresentação dos estímulos visuais durante a sessão de codificação e reconhecimento. Calcularam-se os potenciais relacionados a eventos e as perturbações espectrais relacionadas a eventos em cada voluntário, além dos desempenhos comportamentais nos testes de recordação e reconhecimento. Os resultados obtidos demonstram que o contexto emocional facilitou a memória declarativa. Durante a codificação o contexto emocional induziu diferenças nos potenciais e nas perturbações espectrais relacionadas a eventos. O potencial relacionado a eventos mostrou um componente negativo mais acentuado na região anterior bilateral entre 80 e 140 ms. A atividade Teta foi maior no hemisfério esquerdo entre -50 e 300 ms. A atividade Gama evocada e induzida mostrou uma distribuição que se sobrepôs parcialmente à atividade Teta. Durante a sessão de reconhecimento, diferenças nos potenciais e perturbações espectrais apareceram novamente. O contexto emocional mostrou efeito em três janelas de tempo (200, 400 e 800 ms) dos potenciais relacionados a eventos. As oscilações Teta, Beta e Gama também apresentaram aumento durante o reconhecimento de estímulos associados a contexto emocional, principalmente nas latências em torno de 200 e 500 ms. Estes resultados sugerem que a facilitação da memória declarativa pelo conteúdo e pelo contexto emocional depende de processos eletrofisiológicos similares. É discutida a possível participação de mecanismos de controle top-down durante a codificação e o reconhecimento dos estímulos visuais. A análise tempo/frequência mostrou ser vantajosa no estudo da atividade relacionada a eventos comparada aos métodos de análise tradicionais. Os resultados do presente estudo aportam novas evidências a respeito do processamento dos estímulos relevantes do ambiente por parte do sistema de memória declarativa. Finalmente discutem-se as limitações do estudo e propõem-se diretrizes de trabalhos futuros. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Emotional content/context enhances declarative memory through modulation of encoding and retrieval mechanisms. At encoding, neurophysiological studies have consistently demonstrated the subsequent memory effect in theta and gamma oscillations for visual stimuli in general, and in time windows with latencies higher than 300 ms in the event-related potentials for visual stimuli with emotional content particularly. Nonetheless, the effects of emotional context on memory are still unexplored. The hypothesis is that theta and gamma oscillations should show higher evoked/induced activity during the encoding of visual stimuli associated with emotionally arousing context. Therefore, in the present study, the event-related potentials during the performance of an audio-visual test of emotional memory were recorded from 26 healthy volunteers using a 21 scalp electrodes montage. Visual stimulus onset was used as the time-locking event. Grand-averages of the evoked potentials and event-related spectral perturbations were calculated for each volunteer, in addition to behavioral performance on the recall and recognition tests. The results show that emotional context facilitated the declarative memory. At encoding, emotional context induced differences in potentials and event-related spectral perturbations. Event-related potentials showed a deeper negative deflection from 80 to 140 ms bilaterally at anterior locations. Theta activity was higher in the left hemisphere from -50 to 300 ms. Evoked and induced gamma activity displayed a spatial distribution that partially overlapped with the theta activity. During the recognition session, differences in event-related potentials and spectral perturbations appeared again. The emotional context effect was found in three time windows (200, 400 and 800 ms) of the event-related potentials. Theta, Beta and Gamma oscillations also increased during the recognition of stimuli associated with emotional context, especially at latencies around 200 and 500 ms. These results suggest that declarative memory enhancement for both emotional content and emotional context is supported by similar electrophysiological mechanisms. The possible involvement of top-down control mechanisms at both encoding and recognition of visual stimuli is discussed. Time/frequency analysis proved to be advantageous for the study of event-related activity when compared to the traditional methods of analysis. The results found here add new evidence about the processing of relevant stimuli from the environment by the declarative memory system. Finally, limitations of the present study are discussed and proposals for future work are presented.

Page generated in 0.0646 seconds