• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 11
  • 2
  • Tagged with
  • 13
  • 13
  • 8
  • 7
  • 5
  • 5
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

A lente refratária do eu na narrativa autobiográfica de Victoria Ocampo

2014 (has links)
Submitted by Amanda Silva (amanda.osilva2@ufpe.br) on 2015-04-17T14:05:29Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇÃO Paula Antunes de Melo.pdf: 1843546 bytes, checksum: d91651061cefbfa40368fe52815cb63b (MD5) Made available in DSpace on 2015-04-17T14:05:29Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇÃO Paula Antunes de Melo.pdf: 1843546 bytes, checksum: d91651061cefbfa40368fe52815cb63b (MD5) Previous issue date: 2014 CNPq Uma das figuras mais importantes das primeiras décadas do século XX na Argentina, Victoria Ocampo era a responsável pela Revista Sur. Sua grande obra como escritora, no entanto, é formada por livros de testemunhos, cartas compiladas, ensaios e uma autobiografia. A escrita de si é a pedra fundamental da escrita da autora e culmina com a publicação póstuma de sua autobiografia de seis volumes. Esta dissertação pretende analisar a construção identitária e recursos narrativos utilizados pela autora na construção de sua autobiografia. Os focos das análises são: a tematização da escrita do si (a consciência do processo de escrita de si), a hibridez genérica e sua presença funcional dentro da narrativa autobiográfica e a presença representativa de elementos sociológicos, como a existência de ideários feministas, a vanguarda latino-americana, entre outros. Juntos esses elementos funcionam como edificadores na construção imagética da personagem-narrada.
2

Escrita dos movimentos interiores : escrita de si e construção de uma trajetória de intelectualidade e distinção em A. Tito Filho (1971-1992)

2012 (has links)
Submitted by Marcelo Andrade Silva (marcelo.andradesilva@ufpe.br) on 2015-03-05T19:39:17Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Tese final corrigida _ Ana Cristina Meneses.pdf: 3483054 bytes, checksum: 912a86ac30e6a4ec7c8c4133f23c3c81 (MD5) Made available in DSpace on 2015-03-05T19:39:17Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Tese final corrigida _ Ana Cristina Meneses.pdf: 3483054 bytes, checksum: 912a86ac30e6a4ec7c8c4133f23c3c81 (MD5) Previous issue date: 2012 Capes/ FAPEPI Essa tese aborda as relações entre a escrita de si e a construção de uma trajetória de distinção e intelectualidade em Arimathéia Tito Filho (1924-1992). O recorte temporal compreendido, entre 1971 e 1992, correspondeu ao período em que esse foi Presidente da Academia Piauiense de Letras (APL) e participou ativamente das principais instituições culturais e literárias de Teresina. Defendo que durante sua permanência na APL construiu em torno de si uma trajetória distintiva como importante intelectual da cidade, inventando para si e para seu grupo de amigos uma tradição singular. Mostro que suas crônicas sobre a cidade de Teresina, bem como suas vivências, foram narrativas que lhe ajudaram a criar um passado para si e para o outro. Afirmo que suas crônicas foram utilizadas como escrita autoreferencial e possibilitou-lhe a (re)construção de uma trajetória de intelectualidade e distinção, que serviu para torná-lo ainda mais reconhecido no meio literário e jornalístico. Ressalto que além das crônicas, A.Tito Filho, utilizou-se da coluna jornalística como importante meio de construção de sua participação nos debates literários de sua época, forjando para si e para seus contatos uma rede de sociabilidade intelectual. Aponto que sua coluna Caderno de Anotações foi um importante espaço, que ao tempo que ajudou a atualizar sua consagração, criava uma rede de informações sobre os principais debates literários no Estado e no Brasil, além de ser uma ferramenta no processo de solidificação dos aspectos históricos e literários da cultura piauiense. Faço uso das cartas enviadas por Luis Mendes Ribeiro a A.Tito Filho, no sentido de cartografar as relações de amizade entre ambos e pontuar a onda de efervescência que se instalou durante o período estudado, com relação à criação de Planos, rotas de circulação das ideias literárias e intelectuais, investimentos em instituições culturais e de importância histórica. Mostro que na mesma medida que foi criada uma narrativa de si, que compreendeu o uso de sociabilidades, redes e microclima intelectual, houve, ao contrário, a imposição de hostilidades, rivalidades e vaidades. Concluo que a escrita de si ao tempo que cria zonas de consideração e distinção, também forja zonas de separações e individualizações.
3

A escrita autobiográfica de Thomas Jefferson : um projeto de representações de si.

Venturini, Mayara Brandão 2017 (has links)
Orientador: Marcos Sorrilha Pinheiro Resumo: A presente dissertação é resultado de uma pesquisa de mestrado que objetivou mapear o projeto de si construído por Thomas Jefferson - terceiro presidente dos Estados Unidos da América e redator da Declaração de Independência - em sua narrativa autobiográfica. Jefferson nasceu em 1743 e morreu em 1826, no dia 04 de julho, coincidentemente, aniversário de cinquenta anos de Independência do país que ajudou a fundar. Sua autobiografia foi escrita em 1821, ocasião na qual o político, na idade de 77 anos, dedicou-se a retomar parte de sua vida e trajetória política. Os anos narrados no documento, no entanto, abrangeram um recorte temporal limitado, restringindo-se aos anos 1743 (seu nascimento) e 1790 (ano em que assumiu o cargo de Secretário de Estado do governo de George Washington). A narrativa, deste modo, não abordou alguns grandes acontecimentos de sua vida, como os dois mais altos cargos políticos ocupados por ele: a Vice Presidência e a Presidência do país (1800 – 1809). A análise se propôs a apresentar uma perspectiva geral da fonte, suas características técnicas, estruturais, conteudistas e editoriais, para depois aprofundar em algumas temáticas selecionadas entre os diversos assuntos narrados por ele no texto do documento. Os temas considerados dignos de destaque foram: a escravidão, a religião, a educação e a revolução. O primeiro, a escravidão, foi escolhido por se tratar de uma referência bastante comum à imagem do político, e que acumulou durante quase dois séculos v... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) Mestre
4

[en] VISUAL AUTOBIOGRAPHY [pt] AUTOBIOGRAFIA VISUAL: PARA ALÉM DA BUSCA DE SENTIDO

LARISSA PINHO ALVES RIBEIRO 31 May 2017 (has links)
[pt] A partir da década de 1980 foi possível observar uma multiplicação de discursos autobiográficos que impregnou os hábitos, costumes e a produção das indústrias culturais e da pesquisa acadêmica. Esse interesse renovado pelas histórias de vida e pela ideia mesmo de vida como reação frente aos anos de inflacionismo teórico e da defesa violenta da impessoalidade, aponta para algo mais que a simples proliferação de formas, e expressa uma tonalidade particular da subjetividade contemporânea. A expansão do biográfico marca um movimento de retorno à problemática do sujeito, não como reafirmação daquele sujeito cartesiano, moderno, mas como continuidade da crítica a esse modelo. É nesse contexto que se insere essa pesquisa, interessada em explorar, de forma pessoal e experimental, formas de compor autobiografias visuais, ou antibiografias, que não aspirem a reconstrução de uma totalidade, a coerência cronológica, ou a afirmação de um eu testemunhal, mas que estejam empenhadas em dar movimento à existência, e não sentido (direção), e que não busque um sentido (significado), mas se colocar sensível. Para tanto, utilizou-se como ferramenta de pesquisa a experimentação artística através do dispositivo fotográfico, observando, através dessa prática, possibilidades de construção e leitura de uma escrita do eu alternativa. [en] Since 1980 it was possible to notice a multiplication of autobiographical discourses which impregnated the habits, behaviors and production of the cultural industry and the academic research. This renewed interest for life stories and for the very idea of life itself as a reaction against all the years of theoretical inflationism and the violent defense of impersonality, points to something more than just the simple proliferation of forms, and expresses a particular tone of the contemporary subjectivity. The biographical expansion marks a movement of return to the problematic of the subject, not as a restatement of the Cartesian and modern subject, but as a sequence to the critics against this very model. The present research is founded in this context, interested to explore, in a personal and experimental manner, ways to create visual autobiographies, or antibiographies, that don t aim for a full reconstruction, a chronological coherence, or the affirmation of a testimonial self, but rather to invest in putting existence into motion, instead of giving it guidance and to search not for meaning, but becoming sensitive to it. To do so, was used artistic experimentation through photographical devices as a research tool, observing, through this practice, possibilities of producing and reading an alternative self-writing.
5

[en] FROM LITERATURE TO BLOGS: A PROMENADE THROUGH SELFWRITING´S TERRITORY [pt] DA LITERATURA AOS BLOGS: UM PASSEIO PELO TERRITÓRIO DA ESCRITA DE SI

ANA PAULA LOBAO PRANGE 6 November 2003 (has links)
[pt] Este trabalho tem como objetivo investigar os significados e funções que vêm assumindo os blogs pessoais para seus autores, como espaços para a escrita de si. Para isso foi realizado primeiramente um levantamento bibliográfico de outras formas de auto-relatos escritos, inaugurados em diferentes períodos da História, desde a Antigüidade. Num segundo momento desenvolveu-se uma pesquisa qualitativa na qual foram analisados os discursos contidos em dez blogs pessoais, de autoria feminina. A partir desta análise chegou-se a algumas categorias para discussão, relacionadas às funções que parecem estar os blogs exercendo para suas autoras, aos destinos das mensagens publicadas e, ainda, aos diferentes níveis de explicitação de si presentes nos mesmos. Os resultados desta pesquisa revelaram serem os blogs um gênero híbrido de escrita de si, que reúnem algumas características dos diários pessoais, outras comumente típicas das correspondências íntimas e, ainda, certas características das formas de escrita de si destinadas à publicação. [en] The present work aims at investigating meanings and functions personal blogs have been performing; the personal ones, for their own authors - as some space for self- writing. Towards that, a bibliography research of other forms of written self-account was initially carried out, inaugurated in different periods of History, since Antiquity. Subsequently, a qualitative research was developed, in which ten speeches, extracted from blogs written by women, were analized. This analysis led to some categories to be further discussed, related to the functions the blogs in reference apparently perform for their authors, to the destinations of the posted messages and, still, to the different levels of self-expliciting present in them. The results of this research revel the blogs to be an hybrid type of selfwriting, which gathers some characteristics depicted in personal diaries, others, commonly found in intimate correspondence and, finally, some characteristics of self-writing forms, destined to posting.
6

Diários pessoais na aula de Língua Portuguesa : artesanato com a constituição da autoria e da intimidade

Peres, Danubia Fernanda Zevoli 2017 (has links)
Orientador: Laura Noemi Chaluh Resumo: Um feito-a-mão sobre escrita de si, autoria e intimidade a partir da escrita de diários pessoais na aula de Língua Portuguesa. Este é o resumo mais resumo dessa dissertação. Mas, pede a formalidade da linguagem acadêmica que o resumo seja mais amplo. Pois bem. Temos então: esta dissertação é a compreensão de alguns aspectos desencadeados por uma pesquisa, desenvolvida a partir da perspectiva sócio-histórica (FREITAS, 2003), junto a duas turmas de 8º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública da rede estadual na cidade de Rio Claro/SP. Considerando quinze diários disponibilizados pelos autores-alunos, bem como os diários de campo da professora-pesquisadora e os post its que a mesma foi escrevendo ao longo da compreensão dos dados, por meio do paradigma indiciário de Ginzburg (1996), esta dissertação busca compreender a escrita de diários pessoais como forma de constituição dos sujeitos envolvidos na pesquisa, a partir das marcas de autoria que os mesmos instituíram no gênero discursivo diário pessoal. Na sequência, adentra a intimidade, pensada como amizade, enquanto aspecto inerente das relações estabelecidas entre os sujeitos na escrita dos diários pessoais, a fim de percebê-la como espaço da constituição do “eu” junto ao “outro”, bem como a relevância da responsabilidade ética das relações de intimidade estabelecidas na pesquisa com/na escola e, consequentemente, na/com a aula de Língua Portuguesa. Por fim, traz considerações acerca de “práticas outras” na aula de Líng... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) Mestre
7

A canoa da escritura formativa: trajetórias do barro pelo rio ao mar The formative writing canoe: trajectories of the clay through the river to the sea

24 September 2015 (has links)
A dissertação investiga a escritura formativa, simultaneamente, como processo de criação e como processo formativo. Para tanto, se lastreia num enfoque autobiográfico com base no ensaio (Larossa, 2006) amplamente matizado pela obra poética da pesquisadora, num diálogo intenso com pensadores, escritores e escritoras que têm a palavra como universo de investigação e criação artística, entre eles a perspectiva fenomenológica de Gaston Bachelard, a hermenêutico-simbólica de Ferreira-Santos (1998, 2004 e outros), Ferreira-Santos e Almeida (2001 e 2012), Loureiro (2008), Willms (2013) e Rubira (2006 e 2015), bem como a dos poetas da terra Guimarães Rosa e Manoel de Barros, e das poetisas das águas Neide Arcanjo e Clarice Lispector. A investigação poética durante o próprio processo (in process) explicita as dificuldades, os obstáculos, impasses, bem como a rica produção escrita e poética derivada desse processo, mais como registro do que como produto. Tal estilo investigativo, incomum aos modelos tradicionais de pesquisa acadêmica, ainda lastreados por uma lógica aristotélica e um pensamento cartesiano, linear e previdente, apresenta-se, no desdobramento e na investigação imagética, nas metáforas da palavra com o barro, a ostra, a canoa, o rio e o mar, cotejando a travessia como grande metáfora formativa. Com originalidade de estilo, esta investigação da escrita de si tenta contribuir com os processos de formação inicial de professores, tanto na especificidade do campo da literatura como da educação em geral que façam uso da escrita de forma ensaística e autoral como criação artística e de si e das artes no cotejamento da alteridade. The dissertation investigates the formative writing simultaneously as creative and as formative process. Therefore, the background of this research is an autobiographical approach from essay (Larossa, 2006) largely tinted by the researchers poetic work in an intense dialogue with thinkers, writers and woman writers who has the word as research and artistic creation universe, including the phenomenological perspective of Gaston Bachelard, hermeneutic-symbolic of Ferreira-Santos (1998, 2004 and others), Ferreira-Santos and Almeida (2001 and 2012), Loureiro (2008), Willms (2013) and Rubira (2006 and 2015) and poets of the earth Guimarães Rosa and Manoel de Barros and poets of water Neide Arcanjo and Clarice Lispector. The poetic research during the process itself (in process) explains the difficulties, obstacles, hesitations and rich writing and poetic derived from production process, more like record than as a product. Such unusual investigative style to traditional models of academic research also backed by an Aristotelian logic and Cartesian thought, linear and thoughtful; presents itself in the unfolding investigation and imagery in word metaphors with clay, the shell, the canoe, the river and the sea, comparing the crossing as a major formative metaphor. With stylish originality, this research writing himself, tries to contribute to the initial training process of teachers in both the specificity of the field of literature and education in general to make use of writing of essays and authorial how artistic creation and himself and the arts like form to understand the alterity.
8

Anayde Beiriz e a escrita de si: (Educação, história e relações de gênero)

17 November 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2014-12-17T14:36:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 MarizaOP.pdf: 3587853 bytes, checksum: bcfebbc273c33f441df565240b4e7248 (MD5) Previous issue date: 2009-11-17 Le thème de cette dissertation est l Histoire de l éducation de la femme. Une analyse des pratiques culturelles de la professeur Anayde da Costa Beiriz (1905-1930), dans le contexte paraibanais du début du XXe siècle, est proposée. Le référentiel théoricométhodologique de l Histoire Culturelle est utilisé, pour aller contre l histoire passée sous silence dans le canon traditionnel. Basée sur le concept de représentation (Chartier, 1990), rompant avec les anciennes idées de sens intrinsèque, absolu, unique, liée aux pratiques complexes, multiples et différenciées, qui construisent le monde comme représentation. Basée aussi sur le concept de configuration (Elias, 1980), en comprenant que apparemment individu et société sont deux objets qui existent indépendamment, mais en vérité, se rapportent à deux niveaux inséparables du monde social, sont unis par des liens d interdépendance. Un dialogue est recherché entre le passé et le présent et les différentes dimensions: historique, sociale, politique et culturelle vécues par la professeur Anayde Beiriz. Pour obtenir des informations sur ses pratiques culturelles, une recherche des marques de cette histoire dans de multiples sources est effectuée: dans la bibliographie disponible parmi les domaines de la littérature, de l histoire, dês sciences sociales et de l éducation; dans des archives de l Institut Historique et Géographique de la Paraiba et de Natal; dans les Bibliothèques de l Université Fédérale de la Paraiba et du Rio Grande do Norte et chez des bouquinistes. L inventaire comprend: des périodiques, la législation en vigueur, des écrits de contemporains, dês témoignages oraux de parents, des lettres et des photos. On comprend de cette façon, que l idée d éplucher au travers de cette étude, des aspects qui n ont pas encore été vus et rappelés, peut non seulement répondre à nos doutes, mais, peut à partir de la réflexion qui se fait, se traduire par une nouvelle compréhension de cette histoire. En conclusion, des significations multiples sont contenues dans le processus d insertion de la femme dans l éducation à partir des Écoles Normales, qui englobent les relations de genre, l histoire du pouvoir, de la morale, de surpassement, des luttes et insatisfactions. On perçoit l héritage de résistances et de conquêtes. Cela a été sous l inspiration des airs de la modernité avec la Belle Époque, en répercutant dans le monde et aussi dans la Parahyba du Nord, que s est concrétisée la formation sociale de la professeur Anayde Beiriz et des femmes de son temps. L analyse de l écriture de soi confirme le discours normatif du contrôle moral social, le joug et les préjugés soufferts par Anayde Beiriz et l éducation différencié de genre qui ont déterminé ses habitudes et coutumes. C est-àdire, pour la femme, la permanence dans l espace privé, la retenue, l anoblissement des tâches ménagères et de la maternité comme sa plus haute aspiration, le support moral de la famille, la préservation de la tradition et la perpétuation des règles religieuses O tema desta dissertação é a História da educação da mulher. Propõe-se, a analisar as práticas culturais da professora Anayde da Costa Beiriz (1905-1930), no contexto paraibano de início do século XX. Utiliza-se o referencial teórico-metodológico da História Cultural, por inclinar-se contra a história silenciada no cânone tradicional. Aporta-se no conceito de representação em Chartier (1990), ao romper com antigas idéias de sentido intrínseco, absoluto, único, compreendendo as práticas complexas, múltiplas e diferenciadas, que constroem o mundo como representação. Também no conceito de configuração em Elias (1980), ao abranger que aparentemente indivíduo e sociedade são dois objetos que existem independentemente, mas na verdade, referem-se a dois níveis inseparáveis do mundo social, estão unidos por elos de interdependência. Busca-se um diálogo entre o passado e o presente e as diferentes dimensões: histórica, social, política e cultural, vivenciadas pela professora Anayde Beiriz. Para obter as informações acerca das suas práticas culturais, caminha-se na busca das marcas desta história em múltiplas fontes: na bibliografia disponível entre as áreas da Literatura, História, Ciências Sociais e Educação; em arquivos, do Instituto Histórico e Geográfico da Paraíba e de Natal; nas Bibliotecas da Universidade Federal da Paraíba e do Rio Grande do Norte e em Sebos de livros. A catalogação abrange: periódicos; a legislação vigente; escritos de contemporâneos; depoimentos orais de parentes; cartas e fotos. Entende-se desta forma, que a idéia de esmiuçar através deste estudo, aspectos que ainda não tenham sido vistos e lembrados, podem não apenas responder ao nosso questionamento, mas podem a partir da reflexão que se faz traduzir-se num novo entendimento desta história. Conclui-se que no processo de inserção da mulher na educação a partir das Escolas Normais, estão contidos múltiplos significados, que envolvem as relações de gênero, a história do poder, da moral, da superação, das lutas e insatisfações. Percebe-se o legado de resistências e conquistas. Foi sob a inspiração dos ares da modernidade com a Belle Époque, repercutindo no mundo e também na Parahyba do Norte, que se concretizou a formação social da professora Anayde Beiriz e das mulheres do seu tempo. A análise da escrita de si confirma o discurso normativo de controle moral social, a subjugação e preconceitos sofridos por Anayde Beiriz e a educação diferenciada de gênero que determinaram seus hábitos e costumes. Ou seja, à mulher, a permanência no espaço privado, o recato, o enobrecimento das funções do lar e da maternidade como a sua mais elevada aspiração, a sustentação moral da família, a preservação da tradição e a perpetuação das regras religiosas
9

Foucault e a arte do cuidado de si: uma nova possibilidade de Discussão para a formação continuada de professores de língua inglesa

14 September 2012 (has links)
Made available in DSpace on 2014-12-17T15:07:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 IvoneteBS_TESE.pdf: 686223 bytes, checksum: b6f369c540e13858a6fb1f6fddf65d7e (MD5) Previous issue date: 2012-09-14 Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior This thesis proposes a new thinking on the English teacher and their continuing education, leaving the picture emerging of a new professional, who is producing and being produced. From this perspective, I present an analysis of self writing of thirteen student-teachers, teachers on how they position themselves to be discursively constituted as subjects in the context of continuing education. As part of Applied Linguistics, the theory and method that supports the analysis of data are articulate key elements of Foucault notions, namely:The care of the self, seeking their connection with one another and care of and the self writing. In the theoretical notions of these elements are implied notions of others, such as speech, ethics, technology of the self, subject and truth. (Foucault, 1984, 1995, 2004c, 2006), and questioning the ethics of the subject. I propose to examine selected excerpts from the self writings of student teachers with a specialization in Teaching and Learning the English Language, seeking linguistic processes in the material production of subjectivities.In order to analyze the process of subjectivation, I examine the discursive statements of selected cuts, aiming to learn more specifically, the points of identification and fragments of the uniqueness of the teachers, showing how they care for themselves and reflect upon them in building their subjectivity from the technologies of the self, to occupy the position of English Language teachers. The results show that, in the exercise of self writing, the subject falls, and a practice of asceticism, discursively construct her/his subjectivity A presente tese propõe-se a construir um novo olhar acerca do professor de língua inglesa em sua formação continuada, deixando emergir a figura de um novo profissional, que está se produzindo e sendo produzido na contemporaneidade. Nessa perspectiva, apresenta-se uma análise das escritas de si de treze alunosprofessores, sobre como esses docentes posicionam-se discursivamente ao se constituírem como sujeitos em um contexto de formação continuada. No âmbito da Linguística Aplicada, a trama do tecido teórico-metodológico que sustenta a análise dos dados articula elementos principais das noções foucaultianas, tais como: o cuidado de si, buscando sua conexão com um cuidado do outro e com a escrita de si. Nas noções teóricas desses elementos estão implicadas as noções de outros, a saber: discurso, ética, tecnologia do eu, e sujeito e verdade (FOUCAULT, 1984, 1995, 2004c, 2006), além da problematização da ética do sujeito. Propõe-se ainda a analisar recortes discursivos selecionados a partir das escritas dos alunosprofessores de um curso de especialização em Ensino e Aprendizagem de língua inglesa, buscando, na materialidade linguística, os processos de produção de suas subjetividades. Com o propósito de analisar o processo de subjetivação, examinamse enunciados fazendo recortes no intuito de apreender, mais especificamente, os pontos de identificação e fragmentos da singularidade dos professores, identificando como eles cuidam de si e refletem sobre si na construção de suas subjetividades a partir das tecnologias do eu, ao ocuparem a posição de professores de língua inglesa. Os resultados apontam que, no exercício da escrita de si, o sujeito se inscreve, e, numa prática de ascese, constrói discursivamente sua subjetividade
10

A epistolografia das irmãs Lispector : nos intermúndios literários de Clarice

12 April 2016 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-22T18:30:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 EpistolografiaIrmasLispector.pdf: 1474749 bytes, checksum: d257165eb66b6a1deba81abcf5c6ac96 (MD5) Previous issue date: 2016-04-12 This work is a study of the scenes of the creation s Clarice Lispector process when she used the textual genre letter, based on the correspondence between the author and her sisters Tania Kaufmann and Elisa Lispector along the years of 1944 and 1959 - a period in which she lived in several countries following her diplomat husband . During her stay in a foreign territory, Clarice wrote a lot of letters, which were published in books called Correspondências (2002) and Minhas Queridas (2007), these books constitute a rich studying material about relationship of life and fiction. The emphasis of this research is in the letters considered as witness of the various stages of creation, because this genre is a specific form of writing about herself, talking about writers, and about everyday literary and artistic matters. Despite correspondences being a rich source for analyzing the literary work of the most acclaimed writers of our literature, epistolography has not yet reached the status it deserves and is often on the margins of research sources considered privileged by scholars and critics. The letters written by Clarice reveal a person tormented by literature itself and the enhancement and recognition of their creative process, in addition to launching new perspectives for the understanding of autobiographical traits that are often present in her fiction writing. The letters written by Clarice reveal a tormented person by literature itself and the enhancement and recognition of her creative process, in addition to it, her literary works open new perspectives for the understanding of autobiographical traits that are often present in her fiction writing. The study of life and work by epistolography side enabled us to understand more comprehensively his personal and artistic trajectory, as the author explains their fears, doubts and anxieties to their correspondents. The study of the life and work of Clarice enabled us to understand more her personal and artistic career, because the author exposes her fears, doubts and anxieties to her addressees. The fact that transformed her life in aesthetic experimentations performing made her important interlocutors as characters prepared to meet with themselves as human beings and as professionals. Este trabalho consiste em um estudo dos bastidores do processo de criação de Clarice Lispector por meio do gênero carta, tendo como base a correspondência trocada entre a autora e suas irmãs Tania Kaufmann e Elisa Lispector entre os anos de 1944 e 1959 - período no qual morou em vários países acompanhando o marido diplomata. Durante sua estada em território estrangeiro, Clarice escreveu um número considerável de missivas, que foram publicadas nos livros Correspondências (2002) e Minhas Queridas (2007) e se configuram um riquíssimo material de estudo da relação vida e ficção. A ênfase de tal investigação recai na carta como testemunho das várias etapas de criação de algumas de suas obras, tendo em vista que uma das especificidades do gênero é ser uma forma específica de escrita de si que engloba, no caso de escritores, tanto assuntos íntimos e cotidianos quanto artísticos e literários. Apesar das correspondências serem uma fonte riquíssima para analisar o fazer literário dos escritores mais consagrados da nossa literatura, a epistolografia ainda não atingiu o status que merece, estando, muitas vezes, à margem das fontes de pesquisa consideradas privilegiadas por estudiosos e críticos. As cartas escritas por Clarice revelam uma pessoa atormentada pela literatura em si e pelo aprimoramento e reconhecimento de seu processo criativo, além de lançar novas perspectivas para o entendimento de traços autobiográficos que estão frequentemente presentes em sua escrita ficcional. O estudo da relação vida e obra pelo viés epistolográfico nos possibilitou compreender de forma mais abrangente sua trajetória pessoal e artística, pois a autora expõe seus medos, dúvidas e angústias a suas correspondentes. O fato de ter transformado sua vida em palco de experimentações estéticas fizeram de suas interlocutoras personagens fundamentais na sua busca por encontrar-se como ser humano e como profissional. Mestre em Teoria Literária

Page generated in 0.0945 seconds