• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 32
  • 3
  • Tagged with
  • 35
  • 35
  • 25
  • 20
  • 10
  • 9
  • 9
  • 8
  • 7
  • 7
  • 7
  • 7
  • 5
  • 5
  • 5
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

A lente refratária do eu na narrativa autobiográfica de Victoria Ocampo

Melo, Paula Antunes Sales de 2014 (has links)
Uma das figuras mais importantes das primeiras décadas do século XX na Argentina, Victoria Ocampo era a responsável pela Revista Sur. Sua grande obra como escritora, no entanto, é formada por livros de testemunhos, cartas compiladas, ensaios e uma autobiografia. A escrita de si é a pedra fundamental da escrita da autora e culmina com a publicação póstuma de sua autobiografia de seis volumes. Esta dissertação pretende analisar a construção identitária e recursos narrativos utilizados pela autora na construção de sua autobiografia. Os focos das análises são: a tematização da escrita do si (a consciência do processo de escrita de si), a hibridez genérica e sua presença funcional dentro da narrativa autobiográfica e a presença representativa de elementos sociológicos, como a existência de ideários feministas, a vanguarda latino-americana, entre outros. Juntos esses elementos funcionam como edificadores na construção imagética da personagem-narrada.
2

Escrita de si, memória e deslocamento nas obras de Sylvia Molloy

Moura, Dayane Campos da Cunha 19 November 2012 (has links)
Esta dissertação objetiva discutir as relações entre teoria, ficção e escrita de si na obra da escritora argentina Sylvia Molloy, considerando especialmente suas reflexões acerca do gênero autobiográfico e das relações entre exílio, língua e pátria presentes em ensaios e outros textos. A partir dos livros de relatos breves Varia Imaginación (2003) e Desarticulaciones (2010), sem deixar de lado seus romances e entrevistas, procuramos mobilizar um diálogo com os ensaios sobre o gênero autobiográfico (Vale o escrito: a escrita autobiográfica na América Hispânica ─ 2004) e sobre a condição de estrangeirismo que assinala a prática de autores que vivem e pensam a literatura nacional a partir da experiência do exílio (“Back home: un posible comienzo” ─ 2006), com vistas a tentar compreender sua articulação como parte de um projeto que tem no deslocamento e na prática da frontería seu lugar de enunciação. As preocupações ou inquietações teóricas e literárias na obra da autora estão perpassadas pela própria experiência, da mesma forma que na escrita de si o veio literário, bem como as questões abordadas em seus trabalhos teóricos — seja por meio da citação, de um certo modo de contar-se e de contar o outro, das reflexões acerca da memória e da constituição plural do sujeito — estabelecem um diálogo em que esses caminhos/percursos se entrecruzam e se atravessam na conformação de um sujeito em constante deslizamento entre os gêneros, os lugares e as línguas. Esta disertación tiene el objetivo de discutir las relaciones entre teoría, ficción y escritura de sí en la obra de la escritora argentina Sylvia Molloy, considerando especialmente sus reflexiones sobre el género autobiográfico y las relaciones entre exilio, lengua y patria presentes en ensayos y entrevistas. A partir de los libros Varia Imaginación (2003) y Desarticulaciones (2010), sin dejar a un lado sus novelas y entrevistas, buscamos establecer un diálogo con los ensayos sobre el género autobiográfico (Vale o escrito: a escrita autobiográfica na América Hispânica) y sobre la condición de extranjería que señala la práctica de autores que viven y piensan la literatura nacional desde la experiencia del exilio (“Back home: un posible comienzo”), con el intento de comprender su articulación como parte de un proyecto que encuentra en el desplazamiento y en la práctica de la frontería su lugar de enunciación. Las preocupaciones o inquietudes teóricas y literarias en la obra de la autora son atravesadas por su propia experiencia, del mismo modo que en la escritura de sí la vena literaria, así como las cuestiones abordadas en sus trabajos teóricos — ya sea por medio de la práctica de la cita, de cierto modo de narrarse y de narrar al otro, ya sea por medio de las reflexiones sobre la memoria y de constitución plural del sujeto — establecen un diálogo en el cual estos caminos se entrecruzan y se atraviesan en la conformación de un sujeto en constante deslizamiento entre los géneros, los lugares y las lenguas.
3

CAIO FERNANDO ABREU POR CAIO F.

KOGURE, L. E. 19 August 2015 (has links)
Pretende-se analisar a obra literária de Caio Fernando Abreu (CFA) pela perspectiva da escrita de si (auto e/ou alterficcional) e da performance, por duas faces: a dos viajantes (em constantes deslocamentos de personagens em contiguidade às viagens do autor) e a das personae, sobretudo, as verificadas nas cartas em que CFA embaralha outros de si, assinando diferentes nomes, como Caio F. A estrutura é análoga a um roteiro de viagem. As duas faces estudadas culminam num Diário de bordo, com fragmentos de romances, contos, cartas, crônicas e entrevistas do escritor a periódicos. O Diário é assinado por Caio F., o outro de si que triunfa como rastro do rastro, a marca da escrita, o representante, a persona mais iterável que, cada vez mais substitui e/ou sobrepõe o nome do autor, mesmo após as mais de três décadas da sua criação.
4

A OUTRA CORTAZARIANA: O GÊNERO FEMININO NOS CONTOS DE FINAL DEL JUEGO

OLIVEIRA, A. C. P. S. 26 June 2015 (has links)
Esta pesquisa tem como objetivo analisar as personagens mulheres nos contos do livro Final del juego, de Julio Cortázar, sob a ótica feminista defendida nas obras O segundo sexo: fatos e mitos e O segundo sexo: a experiência vivida, de Simone de Beauvoir e Profissões para mulheres e outros artigos feministas, de Virginia Woolf, além de outras obras contidas nas referências deste trabalho. Tal análise permite a conclusão de que algumas das historietas selecionadas retratam sem nenhuma concordância do autor uma discriminação sexista das personagens masculinas em relação às femininas, ao mesmo tempo em que apontam o comportamento destas diante do tratamento opressivo de sexo e indicam uma possível causa para esse fenômeno. A busca revela uma parte da cultura ocidental que, durante milênios, perpetuou vozes como as de Aristóteles, Platão e alguns pensadores da Igreja Católica, entre outros, que enalteceram os homens e inferiorizaram as mulheres. Com alicerce no colóquio edificado com o autor, a pesquisa ressalta aspectos da obra que auxiliaram na reflexão crítica sobre os antigos conceitos estéticos sexistas e sobre o papel das mulheres na sociedade. Palavras-chave: Julio Cortázar. Contos. Fantástico. Feminismo. Insólito.
5

A imagem em meditação - Glitterbug e as formas de arquivamento no cinema de Derek Jarman Limage dans la méditation - Glitterbug et las formes de depôt dans le cinema de Derek Jarman

Carolina Alfradique Leite 15 July 2011 (has links)
Este trabalho consiste em um estudo sobre a imagem, sobretudo em sua relação com a experiência do tempo e com a memória. Tendo por objeto central o filme Glitterburg, do diretor inglês Derek Jarman, esta dissertação procura pensar a constituição da imagem a partir de três processos distintos de arquivamento, sendo eles: o arquivamento da luz, o do tempo e o de si. A prática arquivistica será considerada, desse ponto de vista, não só como constituída por um conjunto de procedimentos (cortar, fixar, organizar, montar, etc), mas como uma operação que se encontra ligada a toda uma reflexão em torno da memória, da imagem, do tempo, da escrita de si e da morte. É, portanto, num esforço simultâneo de pensar tanto a dimensão processual quanto reflexiva da prática do arquivamento implicada nesse filme que esse estudo se desenvolve. Constituindo-se, nesse sentido, como trabalho geminado de análise focada numa obra cinematográfica particular e de conceituação do que se procura definir aqui, com base no cinema de Jarman, como imagem-arquivo. Ce travail se définit comme une étude sur limage, particulièrement dans sa relation avec la mémoire et lexpérience du temps. Lobjet central est le film Glitterburg du réalisateur anglais Derek Jarman, et le mémoire se propose de réfléchir sur la constitution de limage à partir de trois processus darchivage, à savoir larchivage de la lumière, celui du temps et celui de soi-même. La pratique de larchive sera considérée non seulement comme un ensemble de procédures ( couper, fixer, organiser, monter, etc), mais aussi comme une opération liée à toute une réflexion sur la mémoire, limage, le temps, lécrit de soi et la mort. Cette étude se développe en une tentative double de penser autant la dimension de processus que réflexive de la pratique de larchive impliquée dans ce film. Il sagit dun travail danalyse dune oeuvre cinématographique particulière et dun travail de conceptualisation de la notion dimage-archive basé sur le cinema de Jarman.
6

FROM LITERATURE TO BLOGS: A PROMENADE THROUGH SELFWRITING´S TERRITORY DA LITERATURA AOS BLOGS: UM PASSEIO PELO TERRITÓRIO DA ESCRITA DE SI

ANA PAULA LOBAO PRANGE 6 February 2003 (has links)
Este trabalho tem como objetivo investigar os significados e funções que vêm assumindo os blogs pessoais para seus autores, como espaços para a escrita de si. Para isso foi realizado primeiramente um levantamento bibliográfico de outras formas de auto-relatos escritos, inaugurados em diferentes períodos da História, desde a Antigüidade. Num segundo momento desenvolveu-se uma pesquisa qualitativa na qual foram analisados os discursos contidos em dez blogs pessoais, de autoria feminina. A partir desta análise chegou-se a algumas categorias para discussão, relacionadas às funções que parecem estar os blogs exercendo para suas autoras, aos destinos das mensagens publicadas e, ainda, aos diferentes níveis de explicitação de si presentes nos mesmos. Os resultados desta pesquisa revelaram serem os blogs um gênero híbrido de escrita de si, que reúnem algumas características dos diários pessoais, outras comumente típicas das correspondências íntimas e, ainda, certas características das formas de escrita de si destinadas à publicação. The present work aims at investigating meanings and functions personal blogs have been performing; the personal ones, for their own authors - as some space for self- writing. Towards that, a bibliography research of other forms of written self-account was initially carried out, inaugurated in different periods of History, since Antiquity. Subsequently, a qualitative research was developed, in which ten speeches, extracted from blogs written by women, were analized. This analysis led to some categories to be further discussed, related to the functions the blogs in reference apparently perform for their authors, to the destinations of the posted messages and, still, to the different levels of self-expliciting present in them. The results of this research revel the blogs to be an hybrid type of selfwriting, which gathers some characteristics depicted in personal diaries, others, commonly found in intimate correspondence and, finally, some characteristics of self-writing forms, destined to posting.
7

A escrita de si nos diários de Sylvia Plath

Galvão, Raíssa Varandas 30 September 2015 (has links)
O presente trabalho tem como objetivo a análise dos diários pertencentes à fase adulta da poetisa Sylvia Plath, que abrangem o período de 1950 a 1962. Para melhor entender as características que compõem os diários no geral, recorro à Philippe Lejeune, em O pacto autobiográfico e “Diários de garotas francesas no século XIX”. No capítulo inicial, associo as escritas de si ao fortalecimento da noção de indivíduo moderno bem como ao rompimento entre espaço público e privado, noções que foram construídas ao longo da história. A partir desse panorama inicial, no decorrer do trabalho, procuro refletir a respeito da questão feminina, bem como as relações entre gênero e autoria, por meio da escrita íntima deixada pela poetisa. Para tal, recorro principalmente aos textos Um teto todo seu e “Profissões para mulheres”, de Virginia Woolf, assim como à obra O segundo sexo, de Simone de Beauvoir. Busco refletir, ainda, sobre o processo de construção do eu realizado por Plath no espaço de seus diários, uma vez que essa espécie de escrita possibilita aquilo que denominamos “arquivamento de si”. Desse modo, compreendo o texto do diário como um discurso, uma narrativa que, como tal, é dotada de aspectos ficcionais. Trabalho, assim, com as múltiplas identidades vivenciadas por Sylvia Plath, bem como as distintas imagens e interpretações que os demais realizaram dela. This study aims to analyze the adult stage diaries belonging to the poet Sylvia Plath, covering the period from 1950 to 1962. To better understand the characteristics that make up the overall of these diaries, I turn to Philippe Lejeune, in The autobiographical pact and "Diaries of French girls in the nineteenth century." In the opening chapter, I associate her writing of herself to the strengthening of the modern notion of individual as well as the split between public and private space, notions that have been built throughout history. From this initial panorama, in the course of this work, I try to reflect on the women's issue, as well as the relationship between gender and authorship, through the intimate writing left by the poet. To this end, I resort mainly to the texts A room of One's Own and "Professions for women", by Virginia Woolf, as well as to the work The Second Sex, by Simone de Beauvoir. I seek to reflect also on the construction process of the self carried out by Plath within her diaries, since this kind of writing makes possible what we call "archiving of oneself". Thus, I understand the text of the diary as a discourse, a narrative that, as such, is endowed with fictional aspects. I work then with the multiple identities experienced by Sylvia Plath, and with the different images and interpretations that others made of her.
8

[en] VISUAL AUTOBIOGRAPHY [pt] AUTOBIOGRAFIA VISUAL: PARA ALÉM DA BUSCA DE SENTIDO

LARISSA PINHO ALVES RIBEIRO 31 May 2017 (has links)
[pt] A partir da década de 1980 foi possível observar uma multiplicação de discursos autobiográficos que impregnou os hábitos, costumes e a produção das indústrias culturais e da pesquisa acadêmica. Esse interesse renovado pelas histórias de vida e pela ideia mesmo de vida como reação frente aos anos de inflacionismo teórico e da defesa violenta da impessoalidade, aponta para algo mais que a simples proliferação de formas, e expressa uma tonalidade particular da subjetividade contemporânea. A expansão do biográfico marca um movimento de retorno à problemática do sujeito, não como reafirmação daquele sujeito cartesiano, moderno, mas como continuidade da crítica a esse modelo. É nesse contexto que se insere essa pesquisa, interessada em explorar, de forma pessoal e experimental, formas de compor autobiografias visuais, ou antibiografias, que não aspirem a reconstrução de uma totalidade, a coerência cronológica, ou a afirmação de um eu testemunhal, mas que estejam empenhadas em dar movimento à existência, e não sentido (direção), e que não busque um sentido (significado), mas se colocar sensível. Para tanto, utilizou-se como ferramenta de pesquisa a experimentação artística através do dispositivo fotográfico, observando, através dessa prática, possibilidades de construção e leitura de uma escrita do eu alternativa. [en] Since 1980 it was possible to notice a multiplication of autobiographical discourses which impregnated the habits, behaviors and production of the cultural industry and the academic research. This renewed interest for life stories and for the very idea of life itself as a reaction against all the years of theoretical inflationism and the violent defense of impersonality, points to something more than just the simple proliferation of forms, and expresses a particular tone of the contemporary subjectivity. The biographical expansion marks a movement of return to the problematic of the subject, not as a restatement of the Cartesian and modern subject, but as a sequence to the critics against this very model. The present research is founded in this context, interested to explore, in a personal and experimental manner, ways to create visual autobiographies, or antibiographies, that don t aim for a full reconstruction, a chronological coherence, or the affirmation of a testimonial self, but rather to invest in putting existence into motion, instead of giving it guidance and to search not for meaning, but becoming sensitive to it. To do so, was used artistic experimentation through photographical devices as a research tool, observing, through this practice, possibilities of producing and reading an alternative self-writing.
9

[en] FROM LITERATURE TO BLOGS: A PROMENADE THROUGH SELFWRITING´S TERRITORY [pt] DA LITERATURA AOS BLOGS: UM PASSEIO PELO TERRITÓRIO DA ESCRITA DE SI

ANA PAULA LOBAO PRANGE 6 November 2003 (has links)
[pt] Este trabalho tem como objetivo investigar os significados e funções que vêm assumindo os blogs pessoais para seus autores, como espaços para a escrita de si. Para isso foi realizado primeiramente um levantamento bibliográfico de outras formas de auto-relatos escritos, inaugurados em diferentes períodos da História, desde a Antigüidade. Num segundo momento desenvolveu-se uma pesquisa qualitativa na qual foram analisados os discursos contidos em dez blogs pessoais, de autoria feminina. A partir desta análise chegou-se a algumas categorias para discussão, relacionadas às funções que parecem estar os blogs exercendo para suas autoras, aos destinos das mensagens publicadas e, ainda, aos diferentes níveis de explicitação de si presentes nos mesmos. Os resultados desta pesquisa revelaram serem os blogs um gênero híbrido de escrita de si, que reúnem algumas características dos diários pessoais, outras comumente típicas das correspondências íntimas e, ainda, certas características das formas de escrita de si destinadas à publicação. [en] The present work aims at investigating meanings and functions personal blogs have been performing; the personal ones, for their own authors - as some space for self- writing. Towards that, a bibliography research of other forms of written self-account was initially carried out, inaugurated in different periods of History, since Antiquity. Subsequently, a qualitative research was developed, in which ten speeches, extracted from blogs written by women, were analized. This analysis led to some categories to be further discussed, related to the functions the blogs in reference apparently perform for their authors, to the destinations of the posted messages and, still, to the different levels of self-expliciting present in them. The results of this research revel the blogs to be an hybrid type of selfwriting, which gathers some characteristics depicted in personal diaries, others, commonly found in intimate correspondence and, finally, some characteristics of self-writing forms, destined to posting.
10

Cesário Verde e o desconcerto do Eu Cesário Verde and the confusion of the self

André Yuiti Ozawa 12 May 2008 (has links)
O objetivo principal desta dissertação foi analisar, sob uma ótica intimista, o corpus poético do poeta português Joaquim José Cesário Verde(1855-1886). A idéia da escrita de si, da constituição do sujeito através da palavra escrita, remonta desde gregos e egípcios, ganhando força no final de Idade Média através das memórias, dos diários e dos livre de raison, e explodindo definitivamente enquanto gênero com as autobiografias. Analisando como o eu se constitui dentro do poema, e, conseqüentemente, as crises de consciência e do mundo, é possível observar como este mesmo eu caminha para um desconcerto, para a última e definitiva crise, que é o abandono da arte como forma de se conciliar consigo e com o mundo. The principal objective of this dissertation analyzed, under an intimism optics , the poetic corpus of the Portuguese poet Joaquim José Cesário Verde (1855-1886). The idea of the writing of the self, of the constitution of the subject through the written word, remounts from Greeks and Egyptians, gaining strength in the end of Middle Ages through the memories, the diaries and of release of raison, and exploding definitely while type with the autobiographies. Analyzing as I it is constituted inside the poem, and, consequently, the crises of conscience and of the world, it is possible to notice how this one himself. I walks for a confusion, for the last and definite crisis, which is the desertion of the art like the form of being reconciled by you and by the world.

Page generated in 0.1052 seconds