• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 9
  • Tagged with
  • 10
  • 10
  • 5
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Desenvolvimento de Estratégias Cognitivas Implicadas na Aprendizagem de uma Língua Estrangeira no Contexto Oficinas de Jogos

Sirley Trugilho da Silva 24 February 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T14:10:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_464_.pdf: 663918 bytes, checksum: 3f4f4f10d1fa416e8928016cf9d3127c (MD5) Previous issue date: 2005-02-24 / O propósito desta pesquisa foi o de investigar se o desenvolvimento de estratégias cognitivas implicadas na aprendizagem de uma língua estrangeira poderia ser facilitado por meio da prática de jogos de regras durante oficinas. Várias pesquisas anteriores fizeram uso desse instrumento para desenvolvimento de habilidades de raciocínio. Três alunos de um curso de inglês como língua estrangeira que estavam em uma classe iniciante participaram da pesquisa. Por não terem contato anterior com a língua e sentirem uma dificuldade inicial nesta, supôs-se que as mudanças quanto à construção de estratégias de aprendizagem seriam significativas nesse período. Os professores dos participantes preencheram uma ficha com considerações sobre o desempenho anterior e posterior a participação dos alunos nas oficinas, que foram realizadas semanalmente, com duração de uma hora, perfazendo dez encontros, utilizando-se as modalidades de jogos de senha: abc e palavra oculta, além do jogo da memória. Durante as oficinas, monitorou-se os participantes e preencheu-se um protocolo de observação; um diário foi mantido no qual informações pertinentes foram anotadas, e as partidas jogadas foram registradas em formulários específicos. De uma maneira geral, os participantes tiveram um desempenho razoável nas oficinas. As principais questões que surgiram durante os encontros foram referentes a falta de atenção, timidez e falta de confiança. Contudo, foi possível observar a construção de novas estratégias cognitivas em vários momentos dos encontros, o que parece ter refletido no desempenho de cada um dos participantes em sala de aula, como foi enfatizado pelos respectivos professores. Concluiu-se, portanto, que a prática de jogos de regras pode realmente auxiliar o desenvolvimento de estratégias cognitivas implicadas no aprendizado de uma língua estrangeira de uma maneira bastante interessante. PALAVRAS-CHAVE: jogos.
2

Edição de material instrucional para EAD baseada em estratégias cognitivas.

Orbolato, Rafael Godoi 11 February 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:06:09Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DissRGO.pdf: 2826244 bytes, checksum: b40caf573b2f34f7a33bb0485fbb5bef (MD5) Previous issue date: 2003-02-11 / A lack of support to teachers in the instructional material creation was verified during a research with computer-based distance learning environments, this support being related both to technological and pedagogical aspects. To propose a support in these two fields, technology and pedagogy, this work analyzed the learning theories. From this analysis arose the opportunity to adapt the cognitive strategies' ideas as a pedagogical support to the teacher in the content organization of the instructional material. In addiction, as the material format to the Web has a different structure from the conventional one, it was defined a basic set of usability directives and explanations about these differences, as another form of support to the teacher. The Cognitor, an instructional material creation tool was developed, joining its technological support in the material creation for the Web, with the pedagogical support mentioned previously. / Verificou-se durante um levantamento feito em ambientes computacionais de EAD a falta de apoio ao professor na criação de material, tanto com relação a aspectos tecnológicos quanto com relação a aspectos pedagógicos. Para formalizar um apoio nessas duas linhas, tecnologia e pedagogia, este trabalho analisou as teorias do aprendizado, de onde surgiu a oportunidade de se adaptar a idéia das estratégias cognitivas, como um suporte pedagógico ao professor na estruturação do conteúdo do material instrucional. Além disso, como o material instrucional criado para ser usado via Internet é diferente do material instrucional convencional, foi definido um conjunto básico de diretrizes de usabilidade e explicações com relação a essas diferenças, com o objetivo de também apoiar o professor. O Cognitor, uma ferramenta para criação de material instrucional para EAD, foi então desenvolvido, unindo a facilidade da criação de material instrucional nesse novo formato, ou seja, a Web, sendo esse o apoio tecnológico que faltava, com o apoio pedagógico citado anteriormente.
3

Estratégias cognitivas para o aumento da qualidade do hiperdocumento para educação a distância.

Almeida, Vânia Paula de 17 May 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:06:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DissVPA.pdf: 4011400 bytes, checksum: 23ac04a5dec65ed98a7cd1e53b20ec4d (MD5) Previous issue date: 2005-05-17 / Financiadora de Estudos e Projetos / Actually, the concern with the quality of the products is present in all areas. In Distance Learning (DL), this concern should be even higher. The inherent difficulties of the physical distance between teachers and students enhance the necessity of teachers prepared to the edition of well planed courses, computer environments with adjusted resources and easy to be used, and students motivated to learn in distance. To have an effective process of teaching and learning in DL, it is necessary to support teachers during the instructional material development, helping them to establish the material structure, navigation, organization and layout, considering pedagogical aspects to facilitate the student knowledge construction. In this context, the objective of this work was to validate the use of some cognitive operators in DL context, verifying if the content organization resulted from the use of the cognitive operators enhance the hyper document usability and so its quality. To evaluate the use of the cognitive strategies in DL context, comparative studies were done in which usability evaluations were applied in hyper documents with and without operators. / Nos dias de hoje, a preocupação com a qualidade dos produtos está presente em todas as áreas. Em Educação a Distância (EAD), essa preocupação precisa ser ainda maior. As dificuldades inerentes da distância física entre professor e aluno aumentam a necessidade de professores preparados para a edição de cursos bem planejados, ambientes computacionais com recursos adequados e fáceis de serem utilizados e alunos motivados a adquirir conhecimento à distância. Acredita-se que para um processo de ensino e aprendizagem efetivo em EAD se faz necessário apoiar o professor durante o desenvolvimento do material instrucional, auxiliando-o a estabelecer a estrutura do material, sua navegação, organização e layout, considerando aspectos pedagógicos para facilitar a construção do conhecimento do aluno. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi validar o uso de operadores pedagógicos no contexto de EAD, verificando se a organização e estruturação de conteúdo, resultantes do uso de operadores no material instrucional, aumentam a usabilidade do hiperdocumento e conseqüentemente sua qualidade. Para avaliar o uso dos operadores cognitivos no contexto de EAD, foram realizados estudos comparativos nos quais foram aplicadas avaliações de usabilidade em hiperdocumentos com e sem o uso dos operadores.
4

Estilos de aprendizagem e estratégias cognitivas: em busca de maior autonomia na aprendizagem de língua estrangeira.

CARDOSO, Lídia Amélia de Barros January 2007 (has links)
CARDOSO, Lídia Amélia de Barros. Estilos de aprendizagem e estratégias cognitivas: em busca de maior autonomia na aprendizagem de língua estrangeira. 2007. 169f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Estadual do Ceará, Curso de Mestrado Acadêmico em Linguística Aplicada, Fortaleza, 2007. / Submitted by anizia almeida (aniziaalmeida80@gmail.com) on 2016-09-23T13:52:31Z No. of bitstreams: 1 2007_dis_labcardoso.pdf: 522246 bytes, checksum: 8a25b3c8f82861244f594476eed49c7b (MD5) / Approved for entry into archive by Márcia Araújo (marcia_m_bezerra@yahoo.com.br) on 2016-09-27T22:17:13Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2007_dis_labcardoso.pdf: 522246 bytes, checksum: 8a25b3c8f82861244f594476eed49c7b (MD5) / Made available in DSpace on 2016-09-27T22:17:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2007_dis_labcardoso.pdf: 522246 bytes, checksum: 8a25b3c8f82861244f594476eed49c7b (MD5) Previous issue date: 2007 / This dissertation analyses the learning process of a group of seven American undergraduate students learning Portuguese as a foreign language. The research carried identified their learning styles through the Index of Learning Styles (ILS), proposed by Richard Felder (1998), and their cognitive strategies based on the Strategy Inventory for Language Learning (SILL) by Rebecca Oxford (1990). The initial hypothesis was that from the design of material and methodological procedures which tried to accommodate both learning styles and the development of cognitive learning strategies their linguistic skills and communicative competence would be significantly optimized. The results indicated that 86% of the group attained best proficiency and more autonomy. The evidence is that the students who used a bigger number of strategies and those who created their own strategies improved their proficiency significantly. The main pedagogical implication is that the use of learning strategies should be considered a key factor in language learning. / Esta dissertação analisa a aprendizagem de português como língua estrangeira de um grupo de sete alunos de graduação americanos. A pesquisa identificou, nos alunos participantes, seus estilos de aprendizagem a partir da aplicação do Índice de Estilos de Aprendizagem (IEA), proposto por Richard Felder (1998), e suas estratégias cognitivas com base no Inventário de Estratégias de Aprendizagem de Línguas (IEAL) de Rebecca Oxford (1990). A hipótese levantada foi que a partir da elaboração de procedimentos metodológicos que acomodem os estilos de aprendizagem e oportunizem o desenvolvimento de estratégias cognitivas, o desenvolvimento das habilidades linguísticas e competências comunicativas necessárias ao aprendizado de língua estrangeira implicaria em melhor proficiência e uma aprendizagem mais autônoma. A análise dos resultados constatou que 86% do grupo obtiveram melhor proficiência e maior autonomia no aprendizado. A evidencia obtida é que os alunos que utilizaram um número maior de estratégias e aqueles que desenvolveram as próprias estratégias atingiram melhor proficiência. A principal implicação pedagógica é a de que o desenvolvimento das estratégias de aprendizagem deve ser considerado um fator fundamental no aprendizado de LE.
5

Um caminho estrangeiro na compreensão do gênero : estratégias cognitivas em produção textual do CELPE-Bras

Ramos, Ana Adelina Lôpo January 2007 (has links)
Tese(doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Classicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2007. / Submitted by Luis Felipe Souza (luis_felas@globo.com) on 2008-11-14T16:51:46Z No. of bitstreams: 1 Tese_2007_AnaAdelinaLopo.pdf: 954295 bytes, checksum: fc2730de2bfeb193fe1d7cd46525e44e (MD5) / Approved for entry into archive by Georgia Fernandes(georgia@bce.unb.br) on 2009-01-28T11:55:55Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Tese_2007_AnaAdelinaLopo.pdf: 954295 bytes, checksum: fc2730de2bfeb193fe1d7cd46525e44e (MD5) / Made available in DSpace on 2009-01-28T11:55:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tese_2007_AnaAdelinaLopo.pdf: 954295 bytes, checksum: fc2730de2bfeb193fe1d7cd46525e44e (MD5) / O objetivo deste trabalho é investigar como o estrangeiro candidato ao Certificado de Proficiência em Lingua Portuguesa do Brasil - CELPE-Bras demonstra compreender os gêneros textuais que constituem as tarefas do exame. Para isso, começo por uma análise das estratégias cognitivas nas produções de candidatos, de acordo com a visão de Van Dijk, especialmente, recorro à última versão do Modelo de Processamento textual, a que agrego outros elementos, como contexto, input e output, que me conduzem em direção ao gênero. Nesse sentido, parto de uma fundamentação de cunho sociointeracionista atual sobre o gênero textual, cujas origens se encontram em idéias de Vigotski e de Bakhtin. Assim sendo, o componente cultural, na compreensão do gênero, é um fator considerado, tendo em vista que as tendências teóricas que seguem orientações desses autores contemplam o gênero como algo profundamente atrelado às raízes culturais. Isso significa um redimensionamento do gênero textual como recurso metodológico em ensino de avaliação de uma língua estrangeira, no caso em discussão, o português do Brasil, sobretudo por supor ciência de práticas de letramentos para efetivação das práticas sociais, tanto em ambiente de imersão como naqueles de não-imersão, variável analisada neste trabalho. ________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The present research aims at investigating how foreign candidates of the Certificate of Proficiency in Brazilian Portuguese - CELPE-Bras show to understand the genres that are part of the exam tasks. Therefore, I begin with an analysis of the cognitive strategies of the candidate’s productions according to Van Dijk´s view. In particular, I am based on the most recent version of the Modell of Textual Processing, viz. on textual base, to which I add other elements, such as context, and which are to lead towards the genre. For this, I start from an actual socio-interactive foundation on text genres, originated in the ideias of L. S. Vygotsky and M. Bakhtin. So, the cultural component will be considered for the understanding of the genre, since we need to have in mind that the theoretical tendencies which follow the authors’ guidelines see it deeply linked to cultural roots. This means a re-dimensioning of the text genre as a methological device in evaluation teaching of a foreign language, in our case, of Brazilian Portuguese, mainly due to presupposing the conscience of literacy practices in order to carry out social practices, both in environment of imersion and in non-immersion, which are important aspects of the present work.
6

Desenvolvimento de estratégias cognitivas implicadas na aprendizagem de uma língua estrangeira no contexto de oficinas de jogos

Silva, Sirley Trugilho da 24 February 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2016-12-23T14:37:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 dissertacao final.pdf: 663595 bytes, checksum: f747868d261af7202f50ca933efa8094 (MD5) Previous issue date: 2005-02-24 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / O propósito desta pesquisa foi o de investigar se o desenvolvimento de estratégias cognitivas implicadas na aprendizagem de uma língua estrangeira poderia ser facilitado por meio da prática de jogos de regras durante oficinas. Várias pesquisas anteriores fizeram uso desse instrumento para desenvolvimento de habilidades de raciocínio. Três alunos de um curso de inglês como língua estrangeira que estavam em uma classe iniciante participaram da pesquisa. Por terem pouco contato anterior com a língua e sentirem uma dificuldade inicial nesta, supôs-se que as mudanças quanto à construção de estratégias de aprendizagem seriam significativas nesse período. Os professores dos participantes preencheram uma ficha com considerações sobre o desempenho anterior e posterior a participação dos alunos nas oficinas, que foram realizadas semanalmente, com duração de uma hora, perfazendo dez encontros, utilizando-se as modalidades de jogos de senha: abc e palavra oculta , além do jogo da memória. Durante as oficinas, monitorou-se os participantes e preencheu-se um protocolo de observação; um diário foi mantido no qual informações pertinentes foram anotadas, e as partidas jogadas foram registradas em formulários específicos. De uma maneira geral, os participantes tiveram um desempenho razoável nas oficinas. As principais questões que surgiram durante os encontros foram referentes a falta de atenção, timidez e falta de confiança. Contudo, foi possível observar a construção de novas estratégias cognitivas em vários momentos dos encontros, o que parece ter refletido no desempenho de cada um dos participantes em sala de aula, como foi enfatizado pelos respectivos professores. Concluiu-se, portanto, que a prática de jogos de regras pode realmente auxiliar o desenvolvimento de estratégias cognitivas implicadas no aprendizado de uma língua estrangeira de uma maneira bastante interessante. / The purpose of this research was to investigate whether the development of cognitive strategies implied in foreign language learning could be facilitated by the practice of games of rules during workshops. Previous research had used this instrument to develop reasoning abilities. Three students of an English as a foreign language course who were in the beginners classes participated in this research. Since they had no previous contact with the language and felt some initial problems with English, it was assumed that the changes regarding the buildup of specific learning strategies would be significant during this period. The participants teachers filled in a form with some considerations about their performance prior to and following the participation of the students in the workshops, which were held weekly, during one hour, amounting to 10 meetings, using the versions of the Mastermind game, known as: abc and hidden word , besides the memory game. During the workshops, the participants were monitored and an observation protocol was filled in; a diary was kept in which pertinent information was noted, and the matches played were registered on specific forms. In general, the participants demonstrated a reasonable level of performance in the workshops. The main questions that appeared during the meetings were related to lack of attention, shyness and lack of confidence. However, it was possible to observe the construction of new cognitive strategies many times during the meetings, which seems to have affected the performance of each participant in the classroom, as the respective teachers emphasized. The conclusion, therefore, is that the practice of games of rules can in fact help the development of cognitive strategies implied in foreign language learning in a very interesting way.
7

Estratégias de aprendizagem e de regulação emocional de estudantes dos cursos de formação de professores / Learning and emotional regulation strategies in training courses students

Bortoletto, Denise 19 August 2018 (has links)
Orientador: Evely Boruchovitch / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação / Made available in DSpace on 2018-08-19T07:12:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Bortoletto_Denise_M.pdf: 1632704 bytes, checksum: 1188a73075c7d60b99990fe120b6ebff (MD5) Previous issue date: 2011 / Resumo: As estratégias de aprendizagem e as de regulação emocional são importantes para a autorregulação acadêmica, pois proporcionam ao estudante possibilidades de consciência e de controle de seu pensamento, bem como seu estado afetivo. Tendo como referencial teórico a Psicologia Cognitiva baseada na Teoria do Processamento da Informação, o objetivo desta pesquisa foi descrever as estratégias de aprendizagem e de regulação emocional de 298 estudantes, de variadas idades, de ambos os sexos e de diferentes anos do curso de Pedagogia de universidades públicas brasileiras. Buscou-se também identificar possíveis relações entre as variáveis estudadas. Os dados foram coletados por meio de questões abertas e por duas escalas do tipo Likert, uma para avaliar as estratégias de aprendizagem e a outra, para a regulação emocional. Os dados objetivos foram analisados quantitativamente mediante procedimentos de estatística descritiva e inferencial, ao passo que as questões abertas foram estudadas qualitativamente, por meio da análise categorial. Os resultados apontam que os universitários relataram fazer uso de estratégias de aprendizagem e de regulação emocional. Quanto às estratégias de aprendizagem, os estudantes afirmaram utilizar, em sua rotina de estudos, estratégias de aprendizagem cognitivas e metacognitivas, no entanto também mencionaram usar estratégias prejudiciais ao seu processo de aprender. No que se refere à regulação emocional, os participantes citaram empregar estratégias apropriadas para o controle das suas emoções. Os dados ainda mostram que as mulheres são mais estratégicas que os homens e que os estudantes mais velhos afirmam empregar mais estratégias de aprendizagem e de regulação emocional que seus colegas mais jovens. Frente ao reduzido número de estudos nacionais que investigam as estratégias de aprendizagem e as estratégias de regulação emocional nos cursos de formação de professores, tem-se a expectativa de que as informações obtidas nesta pesquisa possam contribuir para a melhor compreensão da relação entre essas variáveis e que os resultados encontrados possam se tornar úteis para os cursos de Pedagogia, rumo à formação de futuros docentes mais estratégicos e autorregulados. / Abstract: Learning and emotional regulation strategies are important for academic self-regulation, because they give to the student an opportunity be conscious and to control their thinking and their emotional state. The theorethical reference to this search was Cognitive Psychology based on the Theory of Information Processing and the aim was to describe learning and emotional regulation strategies of 298 varying ages, both genders students at different years of Brazilian Education College Faculties of in public universities. One aimed also to identify the possible relationship between the studied variables. Data collection used open questions and two Likert scales, one to evaluate learning strategies and another to emotional regulation. Objective data were analyzed by descriptive and inferential statistic procedures and open questions had a qualitative study by content analysis. Results show that the university students reported making use of learning and emotional regulation strategies. Concerning to the first one, they reported to use, in their study routine, cognitive and metacognitive learning strategies but they mentioned also to use strategies that that impair their learning process. They also reported to use appropriated strategies to control their emotions. Data show that women are more strategic than men and the older students seem to apply more strategies than the younger fellows. Due to the reduced number of national studies that investigate learning and emotional regulation strategies in teachers training courses it is expected that the information obtained in this research may contribute to the better comprehension of the relationship between these variables as well these results may be useful to Education courses in order to train more strategic and self regulated future teachers. / Mestrado / Psicologia Educacional / Mestre em Educação
8

O ensino de matemática na escola pública: uma (inter)invenção pedagógica no 7º ano com o conceito de fração

Silva, Welington Ribeiro da 02 June 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2016-12-23T14:01:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertacao de Welington Ribeiro da Silva.pdf: 4649282 bytes, checksum: df9a62942fe73efa527f2a6fa6fe38a4 (MD5) Previous issue date: 2011-06-02 / The present work investigates the acquisition of the concept of rational number in its fractional representation in a group of 36 seventh grade students of the fundamental schooling, in a public school of Guarapari/ES. The students developed activities about fraction for about one year. In the year 2009, it was realized a pilot study with the students from this class when they were in the sixth grade. In the year 2010 (in the second semester), the students were investigated by research activities and records developed in the lessons. It was planned and implemented a pedagogical intervention with thirty nine classrooms. These considered the cognitive, affective, social and moral development of the students. And, at the same time, they took advantage of their previous experiences with fractions. The pedagogical intervention let them look again to initial concepts of fraction already studied in previous school years. It searched to instigate the students, and to comprehend cognitive strategies used by them, while conducting them in the process of (re)discovering and (re)constructing the different meanings of fraction. This occurred while they were experimenting and manipulating with concrete materials and/or graphical representations. In the study we describe some cognitive strategies used by the students. We verified disconnection between students‟ comprehension about division and fraction. At the beginning, and during the research, the students` strategies were limited to emphasize the part-whole meaning of fraction. At the initial phases of the work, we observed a strong tendency from some students in associating the fraction idea in geometrical shapes as the relationship between the colored parts to the non-colored ones of a shape. In addition to that, they showed not to comprehend the other ideas and meanings of fraction as part-whole, ratio, division or quotient and of multiplicative operator. During the investigation path, it was taken into consideration the students` informal knowledge, and the different strategies used by them in both individual and group activities. This praised students` knowledge, actions, cognitive strategies and dialogues in classroom. And this promoted interactions among the students and with the teacher with respect to mathematics, and in particular, the fraction concept. This offered a view about the several meanings linked with fraction. In other words, it offered diversity of teaching and learning processes as well as reflections about students` strategies and teacher`s teaching methods. The work restored students` self-esteem who felt completely incapable of learning mathematics because they had remained previously in the same school year two or more time due to their several failure experiences with mathematics. The students felt able to learning mathematics, solving activities and problems and enjoying studying mathematics. The results display the importance of student`s action in the learning tasks through the reconstruction of fraction meanings in the school experience in order to occur a meaningful learning situation. The investigation points out the need to explore the acquisition of rational numbers in several situations and in different contexts, and in this way to rethink the teaching of fraction in school / Este trabalho investiga a aquisição do conceito de número racional em sua representação fracionária em um grupo de 36 estudantes do sétimo ano do Ensino Fundamental, numa escola pública do município de Guarapari/ES. Os alunos desenvolveram atividades sobre fração durante cerca de um ano. Em 2009, foi realizado um estudo piloto com os alunos no sexto ano. Em 2010 (segundo semestre), investigou-se esses alunos por meio de atividades de pesquisa e registros desenvolvidos nas aulas. Foi planejada e realizada uma intervenção pedagógica com trinta e nove aulas. Essas consideravam o desenvolvimento cognitivo, afetivo, social e moral dos estudantes. E, ao mesmo tempo, aproveitavam experiências anteriores deles com frações. A intervenção pedagógica permitia-lhes retomar conceitos iniciais de fração, já estudados em anos anteriores. Buscou-se instigar os alunos e compreender estratégias cognitivas usadas por eles, conduzindo-os no processo de (re)descoberta e (re)construção dos diferentes significados de fração. Isso ocorreu enquanto iam experimentando e manipulando com materiais concretos e/ou representações gráficas. No estudo, nós descrevemos algumas estratégias cognitivas utilizadas pelos alunos. Verificamos desconexão entre a compreensão dos alunos sobre divisão e fração. De início, e mesmo no decorrer da pesquisa, as estratégias dos alunos se limitavam a enfatizar o significado de parte-todo. Nas fases iniciais de nosso trabalho, constatamos uma forte tendência de alguns alunos em associar a ideia de fração em figuras geométricas como a relação entre as partes pintadas e as partes não pintadas de uma figura. Além de demonstrarem não compreender as outras ideias e significados de fração como parte-todo, razão, divisão ou quociente, e operador multiplicativo. Durante o caminhar da investigação levou-se em consideração o conhecimento informal dos alunos, e as diferentes estratégias utilizadas por eles em atividades individuais e em grupo. Isso valorizou conhecimentos, ações, estratégias cognitivas e diálogos dos alunos em aula. E promoveu interações entre eles e com o professor a respeito de matemática e, em particular, do conceito de fração. Isso proporcionou um olhar sobre os diversos significados associados com o tema. Ou seja, permitiu diversidade de processos de ensino e aprendizagem, assim como reflexão sobre as estratégias usadas pelos alunos e procedimentos de ensino do professor. O trabalho resgatou a autoestima de alunos que se sentiam anteriormente incapacitados de aprender matemática por terem duas ou mais reprovações anteriores em matemática. Os alunos se sentiram capazes de aprender, resolver atividades e problemas matemáticos e gostar de estudar matemática. Os resultados revelam a importância da atuação do aluno nas tarefas de aprendizagem por meio da reconstrução de significados de fração na experiência escolar para que ocorra uma situação de aprendizagem significativa. A pesquisa aponta a necessidade de explorar a aquisição de números racionais em várias situações e em diferentes contextos, e assim repensar o ensino de fração na escola
9

Um estudo sobre hábitos e estratégias de aprendizagem na realização de lição de casa de alunos do ensino fundamental / A study about habits and learning strategies in performing homework elementary school students

Sacco, Susy Generoso, 1985- 21 August 2018 (has links)
Orientador: Evely Boruchovitch / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação / Made available in DSpace on 2018-08-21T21:29:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Sacco_SusyGeneroso_M.pdf: 926594 bytes, checksum: 862e70096bfbfb7255287c79b9a23d4c (MD5) Previous issue date: 2012 / Resumo: Pesquisas sobre a prática da lição de casa revelam que essa atividade pode ser favorável para estimular hábitos e uso de estratégias benéficos aos estudos extraescolares, assim como auxiliar na melhora do desempenho escolar do aluno. O presente estudo buscou conhecer a opinião dos estudantes a respeito da importância da atividade de lição de casa, investigar o relato de hábitos e uso de estratégias de aprendizagem na realização da atividade em questão por alunos do ensino fundamental, e verificar também se há relações entre o relato de hábitos e o uso de estratégias com o desempenho escolar dos discentes, o gênero e o ano escolar. Fizeram parte da pesquisa 280 estudantes dos seguintes anos: 3º, 5º, 7º e 9º do ensino fundamental, de duas escolas públicas do município de Piracicaba - SP. Os dados foram coletados por meio de uma questão aberta, na qual os alunos responderam sobre a importância da lição de casa e da aplicação da Escala de Avaliação de Hábitos e Estratégias Relativos à Realização da Lição de Casa. Para averiguar o rendimento escolar dos participantes, foram consultados o boletim de notas dos estudantes referente ao ano da coleta. Foi feita uma análise categorial para as respostas à questão aberta e sua descrição em percentagem. Os dados provenientes da escala foram estudados por meio de estatística descritiva e inferencial. Os resultados revelaram que a maioria dos alunos acreditam na importância da lição de casa. Encontrou-se correlação positiva entre o relato de hábitos e o uso de estratégias para a aprendizagem na realização da lição de casa e o desempenho escolar. No entanto, hábitos e estratégias favorecedores da aprendizagem não aumentaram necessariamente com o avançar dos anos escolares. As meninas revelaram utilizar com mais frequência do que os meninos hábitos e estratégias que favorecem a aprendizagem, durante a realização da lição de casa. Além disso, o sexo masculino relatou, com maior frequência, ter hábitos e fazer uso de estratégias que não são benéficas à aprendizagem. Os dados apontam a importância de se prescrever a atividade de lição de casa como uma ferramenta que pode contribuir para melhora do desempenho escolar dos alunos. / Abstract: Research on the practice of homework discloses that this activity may be favorable to stimulate habits and use of strategies beneficial to extra school studies, as well as, assist in improving the academic performance of student. The present study it searched to know the opinion of the students, regarding the importance of homework activity, investigate reports of habits and use of learning strategies, in the accomplishment the activity in question, for elementary students, and, also check for relationships between reporting habits and use of strategies with the academic performance of students, gender and school year. The participants of the search were 280 students be approximately 70 of each of the following year: 3º, 5º, 7º e 9º elementary school, from two public schools in the city of Piracicaba -SP. The data were collected through an open question, in which students had answered on the importance of homework, and the application of the Rating Scale Habits and Strategies Relating to the Achievement of Homework. To assess the participants' school performance, were consulted bulletin student grades and test results of Saresp, both, referring to the year of collection. A categorial analysis for the answers to the open question and its description in percentage was made. The data proceeding from the scale had been studied by means of descriptive and inferencial statistics. The results had disclosed that majority of the students believe in the importance of homework. A positive correlation was found between reporting habits and use of strategies for learning in the realization of homework and school performance. However, habits and strategies that favor the learning had not increased necessarily with advancing of the school years. The girls had disclosed to use with more frequency than the boys, habits and strategies that favor the learning, during the accomplishment of the homework. In addition, males reported more frequently have habits and use of strategies that are not beneficial to the learning. The data show the importance of prescribing activity homework as a tool that can contribute to improved performance of students. / Mestrado / Psicologia Educacional / Mestre em Educação
10

Estratégias de leitura e a (re)significação de uma prática de leitura

Alves, Érica Vaz Domingues 09 May 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2016-04-28T19:34:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Erica Vaz Domingues Alves.pdf: 368835 bytes, checksum: 4b8279d394c20701f68659833c10705d (MD5) Previous issue date: 2008-05-09 / This search pursuit to enquire and to do connections between considerable studies about reading and readers formation, alike we better to comprehend the significant aspects that involve the apprenticeship and development of the reading s practice, as well the teacher s to play part of as motivate agent in this process. With the proposal of the we comprehend the circunstances into the entails between readers and books are constructed, with visions to readers formation, we objectify to treat the reading in the State Public Hammock and to verify the necessity of the use the cognitive strategies in the text signification construction. By to deal about proceedings the comprehend cognitive and metacognitive aspects, the perception of this aspects is fundamental to the development of the reader competence. To the execution of the our search, we elaborated a inquiry questionary destined to teachers and reading proposal directioned to students, that permit to analyse the use and appose of the cognitive strategies in the reading act. Founded by cognitivists theories, we verified that the motivation to the reading, sighting the signification construction, must to be settled in reading strategies, facilitate elements the function like motivate agents and permit to reader to monitor the proper comprehension. Aside of the adopted proceedings to prove our search, we verified that, a general mode, students and teachers use cognitive strategies, in spite of been unprovided of the teoric embasements that enable the systemizetion of this yours reading classes / A presente pesquisa procura investigar e fazer conexões entre estudos relevantes acerca de leitura e formação de leitores, a fim de melhor compreendermos os aspectos significativos que envolvem o aprendizado e o desenvolvimento das práticas de leitura, assim como o papel do professor como agente motivador nesse processo. Com o propósito de compreender as circunstâncias em que os vínculos entre leitores e livros são constituídos, com vistas à formação de leitores, objetivamos tratar da leitura na Rede Pública Estadual e verificar a necessidade do uso de estratégias cognitivas na construção de sentidos do texto. Por tratar-se de procedimentos que compreendem aspectos cognitivos e metacognitivos, a percepção desses aspectos é fundamental para o desenvolvimento da competência leitora. Para a execução de nossa pesquisa, elaboramos um questionário investigativo destinado às professoras e uma proposta de leitura direcionada aos alunos, que permitem analisar o uso e a aplicação de estratégias cognitivas no ato da leitura. Fundamentados por teorias cognitivistas, verificamos que a motivação para a leitura, visando à construção de sentidos, deve ser respaldada em estratégias de leitura, elementos facilitadores que funcionam como agentes motivadores e permitem ao leitor monitorar sua própria compreensão. A partir dos procedimentos adotados para fundamentar nossa pesquisa, constatamos que, de um modo geral, alunos e professores utlizam estratégias cognitivas, apesar de estarem desprovidos de embasamentos teóricos que possibilitariam a sistematização de suas aulas de leitura

Page generated in 0.0985 seconds