• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1317
  • 26
  • 26
  • 25
  • 23
  • 20
  • 17
  • 9
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 1379
  • 763
  • 452
  • 350
  • 345
  • 334
  • 318
  • 309
  • 302
  • 221
  • 207
  • 199
  • 198
  • 184
  • 174
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

A construção de letramentos na esfera acadêmica

Fischer, Adriana January 2007 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Lingüística. / Made available in DSpace on 2012-10-23T02:28:43Z (GMT). No. of bitstreams: 0 / Esta tese apresenta a pesquisa de doutorado desenvolvida com o objetivo de compreender como se dá a constituição letrada de alunos ingressos no curso de Letras da Unifebe (Brusque-SC), em práticas de letramento na esfera acadêmica. A reprodução do discurso do déficit do letramento de alunos ingressos nessa esfera social é a problemática que desencadeia a realização desta pesquisa. O quadro epistemológico interpretativo (SOARES, 2006) caracteriza a natureza metodológica do trabalho. Estudos de casos etnográficos (ANDRÉ, 2003) ganham destaque, por haver processos longitudinais de investigação. Esses processos ocorrem por meio da observação participante desta pesquisadora no curso Letras, durante o ano letivo de 2005 em duas disciplinas, Estudos da Língua Portuguesa I e Leitura e Produção Textual, orientadas pelo mesmo professor. Assumem a posição de sujeitos da pesquisa Renata, Beatriz e Sandra, devido à diversidade de experiências sócio-culturais, às singularidades em suas trajetórias de aprendizagem, aos propósitos distintos por estarem em Letras e às diferentes reações em situações interlocutivas de sala de aula. O acompanhamento do trabalho em Letras permitiu comprovar que os gêneros discursivos foram os objetos de ensino-aprendizagem desencadeadores de muitas ações reflexivas e críticas. Dessa forma, para compreender como se dá a constituição letrada de cada uma das três alunas, recorre-se à perspectiva sócio-cultural do letramento e às contribuições de estudos com a teoria bakhtiniana dos gêneros discursivos. As análises iniciam com aspectos relativos ao perfil de letramento das alunas quando ingressam em Letras. Depois, expõem-se os propósitos por elas estarem no curso e os objetivos do professor das disciplinas com as escolhas realizadas durante o ano. Em seguida, as análises recaem sobre a ocorrência e os sentidos dos diversos movimentos dialógicos das alunas, ou seja, das formas de interação verbal que indicam os modos de constituição letrada em Eventos interDiscursivos, identitários e reflexivo-transformativos na relação com os outros e com o conteúdo temático. Como fechamento das análises, apresentam-se as perspectivas das alunas e do professor sobre as (des)construções dos letramentos acadêmicos e o papel dos gêneros discursivos no processo de constituição letrada dessas alunas na esfera acadêmica. Esta pesquisa compreende que Renata, Beatriz e Sandra transformam suas identidades e práticas sociais devido às oportunidades de uso e de construção de letramentos acadêmicos. As transformações centrais apontam para um percurso que se inicia com o discurso do déficit ou da crise do letramento, quando as alunas se referem às experiências na escolarização básica. Esse percurso evolui para o uso do "Discurso reciclado" (GEE, 1999), com a finalidade de as alunas se inserirem nos eventos de letramento acadêmico. Como ponto mais alto nesse percurso, as alunas passam a fazer uso dos letramentos críticos, por comprovarem maior domínio e controle no uso do metaconhecimento que constitui os Discursos dominantes. Esses resultados apontam a existência de um modelo dialógico dos letramentos acadêmicos como norteador da constituição letrada das alunas ingressas em Letras. Esse modelo oportuniza, a elas, a construção de três tipos de letramentos acadêmicos: o interDiscursivo, o identitário-profissional e o reflexivo-transformativo, os quais contribuem para as transformações letradas.
2

Cenas de letramentos sociais

de Abreu Lopes, Iveuta January 2004 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:34:22Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo8282_1.pdf: 2166044 bytes, checksum: acbd2ff9211a49b8562bde1685be9592 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2004 / Compreendendo que o letramento é um fenômeno essencialmente social e que os usos da escrita são determinados pelas matrizes socioculturais que as configuram no contexto social, o presente estudo objetiva, através de uma abordagem etnográfica, investigar os usos que se fazem da escrita numa comunidade localizada na periferia da cidade de Teresina, capital do Estado do Piauí, formada a partir da ocupação de uma propriedade particular, para assentamento de famílias sem-teto, minuciosamente planejada por entidades que atuam em movimentos sociais. O trabalho tem como suporte teórico os princípios e postulados que fundamentam os Novos Estudos do Letramento, perspectiva segundo a qual o letramento é concebido como prática social que se processa pela intermediação da palavra escrita e vê a leitura e a escrita não como habilidades individuais, mas como atividades interativas, socialmente situadas e vinculadas a aspectos da cultura e das estruturas de poder nas quais se constituem. Os dados da pesquisa etnográfica revelam que, na comunidade pesquisada, como em qualquer outro espaço social, a escrita é, por natureza, um recurso que se presta a estabelecer e a manter a comunicação entre aqueles que dela lançam mão. Desta função geral, no entanto, observam-se desdobramentos que se conformam às demandas impostas pelo contexto sócio-histórico e é neste contexto que os significados dos atos de ler e de escrever adquirem nuances particulares. As demandas que emergem nos contextos por onde transitam os atores sociais da pesquisa oferecem-lhes oportunidades para que atuem em práticas sociais em instâncias diversas, numa dinâmica interacional que lhes garante a possibilidade de cultivar laços afetivos e sociais, organizar minimamente a casa onde residem e a própria vida pessoal, informar-se e participar ativamente do convívio social. Nessa dinâmica a escrita tem papel imprescindível e se reveste de um significado social muito particular: a um só tempo as ações que se processam por intermédio da palavra escrita configuramse em desafios e em símbolos de mudanças
3

Professores de lingua estrangeira em formação : seu discurso em um evento de letramento em curso de licenciatura

Bertoldo, Ernesto Sergio 01 September 1995 (has links)
Orientador: Marilda do Couto Cavalcanti / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem / Made available in DSpace on 2018-07-20T15:49:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Bertoldo_ErnestoSergio_M.pdf: 26726316 bytes, checksum: f1bcb0b97e1f193b4188138f791a5db6 (MD5) Previous issue date: 1995 / Resumo: Esta dissertação focaliza, como um evento de letramento, a produção oral de um grupo de estudantes universitários de Letras, futuros professores de língua inglesa. O evento de letramento, intitulado de Discussão de tópicos em língua inglesa, constituíase como prática recorrente das aulas da disciplina Prática Oral por nós observadas no instituto de letras de uma universidade privada do estado de São Paulo. Interessava-nos caracterizar o discurso oral dos alunos, tendo em vista as condições de produção do mesmo. Essa caracterização a que nos referimos foi verificada, basicamente, através de dois momentos distintos. No primeiro, analisamos as falas dos alunos sobre questões relativas à sua graduação. No segundo momento, analisamos as falas dos alunos propriamente ditas, quando do desenvolvimento das discussões orais nas aulas de Prática Oral. Para isso, utilizamos como instrumentos de coleta de dados, gravações em vídeo e em áudio de aulas de prática oral, diários de campo referentes às aulas gravadas e questionários informativos aplicados a alunos e professores da instituição. O resultado da análise indicou que os alunos não demonstram uma produção no referido evento que possibilite afirmar que os mesmos tenham adquirido o discurso acadêmico. Ao contrário, os alunos demonstram insegurança quando são chamados a se posicionar com relação às idéias advindas dos textos propostos para discussão. Dentre as várias implicações desse estudo para a formação de professores de língua estrangeira, destacamos, neste contexto, a necessidade de que os mesmos considerem que ensinar uma língua estrangeira consiste, dentre outras coisas, em trabalhar as práticas discursivas que encerram o dizer dessa língua, possibilitando, com isso, uma inserção dos alunos na comunidade discursiva acadêmica / Abstract: This dissertation aims at analysing the oral production of a fourth-year "Letras" college students, future English teachers. Such analysis was carried out from the point of view of a literacy event named Topie Discussion in Eng/ish, which was a current procedure of the Oral Practiee Course we observed in the "Letras" Institute of a private university in the state of São Paulo. We were interested in characterizing the students' oral discourse concerning its conditions of production. Basically, our investigation had two distinct moments. The first one refers to the analysis of students' talk while discussing topics. The second has to do with students' and professors' thoughts about issues related to the graduation in which both of them are engaged. In order to achieve our aim, we used video and audio recordings to collect data. Beyond that, joumals were also used as well as questionnaires applied to students and professors. The analysis of students' oral production indicates that students do not present a language in the literacy event that allows us to say that they master the academic discourse fluently. On the contrary, students show weak arguments while discussing the texts proposed. Among the several implications of this research to the qualification of foreign language teachers, we point out the necessity to make teachers aware of the fact that teaching a foreign language consists of teaching the discourse practices of the language, which can contribute for students to become members of the academic community / Mestrado / Ensino-Aprendizagem de Segunda Lingua e Lingua Estrangeira / Mestre em Linguística Aplicada
4

Práticas de letramento: um olhar sobre a escrita de resumos e de chats por alunos no ensino médio

Maria de Souza Leão, Cassia 31 January 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:19:42Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo2530_1.pdf: 1268389 bytes, checksum: dbc92d7278f3fada26c5113455488ad0 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2010 / Esta pesquisa tem como objetivo analisar como se dão as competências básicas em produção de textos escritos dos alunos a partir da escrita de gêneros de dois domínios diferentes: o resumo crítico e o chat. O corpus da pesquisa foi constituído por trinta e seis produções escritas por alunos de uma mesma turma do 1º ano do Ensino médio da Rede pública, sendo dezoito resumos críticos, produzidos no ambiente escolar e dezoito interações na esfera virtual. Nossa base teórica está ancorada nos conceitos de letramento, especificamente da vertente de Letramento como prática social e não apenas como prática escolar, defendida por Barton (1994), Street (1993) bem como das concepções de Letramento digital, defendidas por Xavier (2002, 2009), Marcuschi (2005, 2007), e Lévy (2008); subsidiaram também nossas análises os estudos de Dolz e Shneuwly (2004) sobre o trabalho com gêneros textuais na escola. Entre os resultados das análises está a demonstração de que os sujeitos-informantes de nossa pesquisa dominam o gênero digital chat, lançando mão de recursos linguísticos e extralinguísticos possibilitados por este gênero; assim como passaram a dominar o gênero textual resumo crítico , após apropriação das características linguístico-discursivas deste por meio de um trabalho sistemático em sala de aula. Esse estudo buscou discutir acerca da relevância da escola propiciar aos educandos o entrelaçamento de diferentes modos de letramento advindos de novas necessidades comunicativas, visto que fazem parte do cotidiano do educando nessa sociedade da informação
5

Práticas de letramento em uma escola de assentamento do movimento dos trabalhadores rurais sem terra no município de São Lourenço da Mata

ALVES, Sidney Alexandre da Costa 31 January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:23:03Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6404_1.pdf: 1860370 bytes, checksum: 1903bb435b6c61e91c38d9a7734675bf (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2011 / Faculdade de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco / Este trabalho analisa as práticas de letramento desenvolvidas em uma escola de assentamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem terra, MST, durante os meses de março e abril de 2010, com vistas a compreender os possíveis sentidos construídos pela interação entre professora e alunos, no processo de ensino aprendizagem da língua portuguesa. Para tanto, na investigação do objeto desse estudo realizamos pesquisa de natureza qualitativa através de observação das práticas acima mencionadas, tendo como sujeitos da pesquisa uma professora e seus respectivos alunos. A discussão teórica se fundamenta nas teorias sobre letramento e suas práticas, particularmente nos estudos de Street (1984, 2003), Soares (2004a, 2006), Tfouni (2006), bem como em documentos do Movimento dos Sem Terra (MST, 2005) e em estudos de Caldart (2004), dentre outros. Na análise e discussão dos resultados evidenciamos que as práticas de letramento propiciadas aos alunos pela professora pesquisada, no contexto escolar do MST, assumem tanto a perspectiva do modelo do letramento ideológico como a do modelo instrumental (STREET, 1984). As atividades escolares propostas pela professora evidenciaram finalidades do alfabetizar letrando, voltadas para o processo de apropriação do sistema de escrita alfabético (SEA) e para a construção de habilidades de compreensão e interpretação textual para usos da leitura com diferentes finalidades. Concluímos que sendo o assentamento do MST um local impregnado pelo fator político, o qual permeia as questões relacionadas à vida e às práticas sociais dos militantes e sendo a escola um elemento simbólico para este Movimento, os educandos têm a educação como ponto de partida para o desenvolvimento das ações daqueles que militam no movimento. As práticas de letramento realizadas na escola investigada assumiam, frequentemente, aspectos ideológicos subjacentes à escolarização da escrita e da leitura. Dessa forma, consideramos que as práticas de letramento pesquisadas se caracterizavam por maneiras de pensar e agir em relação aos usos da escrita em um contexto situado cultural e socialmente
6

Letramento familiar e letramento escolar: coexistentes, complementares ou independentes?

Moura, Adriana Sidralle Rolim de January 2017 (has links)
MOURA, Adriana Sidrall Rolim de. Letramento familiar e letramento escolar: coexistentes, complementares ou independentes?. 2017. 254f.– Tese (doutorado) – Universidade Federal do Ceará, Centro de Humanidades, Programa de Pós-Graduação em Linguística, Fortaleza (CE), 2017. / Submitted by Gustavo Daher (gdaherufc@hotmail.com) on 2017-11-14T12:42:49Z No. of bitstreams: 1 2017_tese_asrmoura.pdf: 2214992 bytes, checksum: f0cee24e2583dc2c5d3d5033b5b7be9b (MD5) / Approved for entry into archive by Márcia Araújo (marcia_m_bezerra@yahoo.com.br) on 2017-11-14T18:06:29Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_tese_asrmoura.pdf: 2214992 bytes, checksum: f0cee24e2583dc2c5d3d5033b5b7be9b (MD5) / Made available in DSpace on 2017-11-14T18:06:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_tese_asrmoura.pdf: 2214992 bytes, checksum: f0cee24e2583dc2c5d3d5033b5b7be9b (MD5) Previous issue date: 2017 / This thesis presents an investigation about the family and the school as contexts of literacy. As diverse institutional domains, the family and the school produce their own literacy. At school, literacy begins with reading and writing. In the family, literacy materializes, basically, by the use of oral language. The study of this theme arose from the need to deepen an understanding about family and school as spaces of formation of social subjects. As Street (2014) defines, literacy is social; Therefore, cultural, differently constructed in different peoples and different cultures. In this context (STREET, 2014), this research is based on the discursive practices of families as constitutive practices of family literacy. A literacy complexed by the relationships established in this context, according to the level of education of its members, who very commonly value school literacy, but do not always have it and do not always use reading or writing texts in their daily lives. The general objective of this research is to investigate how families of a specific city have built family literacy and school literacy. The theoretical-methodological support is the Critical Discourse Analysis (ADC) articulated to the Social Theory of Literacy (TSL): this for analysis of the events and practices of literacy and the other for analysis of the representational meaning, based on the system of transitivity, and the meaning identification, for analysis the modality and the evaluation. This research is qualitative in nature, with an ethnographic-discursive approach. At the conclusion of the research, there are indications that families value school literacy and construct family literacy in the daily life of the family; with evidence that family literacy and school literacycoexist in a complementary relationship. / Esta tese apresenta uma investigação sobre a família e a escola como contextos de letramento. Nesse direcionamento, como domínios institucionais diversos, a família e a escola produzem letramentos próprios. Na escola, o letramento escolar instaura-se com base na leitura e na escrita. Na família, o letramento materializa-se, basicamente, pelo uso da linguagem oral. O estudo desse tema surgiu da necessidade de aprofundar uma compreensão acerca da família e da escola como espaços de formação de sujeitos sociais. Como define Street (2014), os letramentos são sociais; portanto, culturais, diversamente construídos nos diferentes povos e nas diferentes culturas. É nesse enquadramento que esta investigação se apoia para denominar as práticas discursivas das famílias como práticas constitutivas do letramento familiar. Um letramento pautado complexamente pelas relações que se estabelecem nesse contexto, conforme o nível de escolaridade de seus membros, que muito comumentemente valorizam o letramento escolar, mas nem sempre o possuem e nem sempre se utilizam da leitura ou da escrita de textos no seu cotidiano. O objetivo geral desta pesquisa é investigar como famílias de uma cidade específica têm construído o letramento familiar e o letramento escolar. O suporte teórico-metodológico é a Análise de Discurso Crítica (ADC) articulada à Teoria Social do Letramento (TSL): esta para análise dos eventos e práticas de letramento e aquela para análise do significado representacional, baseado no sistema de transitividade, e o significado identificacional, para análise da modalidade e da avaliação. Esta pesquisa é de natureza qualitativa, com abordagem etnográfico-discursiva. Ao concluir a investigação, há indicações de que as famílias valorizam o letramento escolar e constroem o letramento familiar no cotidiano da vida em família; com evidências de que o letramento familiar e o letramento escolar coexistem em relação de complementaridade.
7

Um convite à cena não ensaiada : enquadres interacionais e letramento na Educação de Jovens e Adultos (EJA)

Carvalho, Diego Borges de 21 February 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2017. / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2017-08-16T20:04:53Z No. of bitstreams: 1 2017_DiegoBorgesdeCarvalho.pdf: 1783695 bytes, checksum: ed04cc5cb6370324f2b6272a222ad8ba (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2017-08-18T16:53:56Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_DiegoBorgesdeCarvalho.pdf: 1783695 bytes, checksum: ed04cc5cb6370324f2b6272a222ad8ba (MD5) / Made available in DSpace on 2017-08-18T16:53:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_DiegoBorgesdeCarvalho.pdf: 1783695 bytes, checksum: ed04cc5cb6370324f2b6272a222ad8ba (MD5) Previous issue date: 2017-08-18 / Este trabalho se insere no domínio dos estudos interacionais e tem o objetivo de analisar como os enquadres interativos (frames), propostos no domínio da Linguística, contribuem para os estudos de letramento no contexto da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Procuramos estabelecer uma interface entre a Sociolinguística Interacional, a partir dos trabalhos de Gumperz (1998); Goffmann (1998) e Tannen (1998) e os estudos de letramento, com Street (2006; 2012; 2014) e Barton (1994), propondo algumas reflexões de natureza prática e linguística no que tange às habilidades, em língua portuguesa, desenvolvidas no âmbito da EJA. Por meio de observação participante, utilizamos como metodologia a orientação etnográfica da pesquisa qualitativa. Os enquadres, gerados a partir de interação face a face, além de referência teórica, nos serviram como base metodológica. Os dados foram gerados em turmas do 3º segmento da EJA, correspondente ao ensino médio na modalidade regular, em escola da rede pública de ensino do Distrito Federal. Por meio deles, foi possível perceber que os enquadres nos revelam muitas possibilidades, especialmente, no que se refere às práticas e aos procedimentos de ampliação do letramento escolar dos estudantes. Notamos que se faz necessário o bom aproveitamento de condições pragmáticas de uso da língua, sobretudo por se tratar de contexto menos escolarizado, como o da EJA. O diálogo entre o conhecimento social e o conhecimento novo, trazido a partir do letramento escolarizado, resulta em um papel de completude no desenvolvimento das competências comunicativa e interacional dos alunos. Neste sentido, ficou evidenciando, ainda, a importância do papel que o professor exerce, como a principal referência em sala de aula. No que tange às entrevistas semiestruturadas, foi possível compreender a importância e o valor que os colaboradores atribuem às habilidades letradas, desenvolvidas a partir do processo de escolarização. Para alguns, os conhecimentos produzidos na escola servem para atender necessidades mais subjetivas e pontuais. Para outros, esses conhecimentos são oportunidades de transformar as suas realidades e representam ações de natureza mais social. / This dissertation is inserted in the field of interactive studies and has as its objective analyzing how the proposed frames in the field of Linguistics contribute to literacy studies in the context of Youth and Adult Education (YEA). We try to establish an interface between interactional sociolinguistics, based on the works of Gumperz (1998); Goffmann (1998) and Tannen (1998) and the literacy studies, with Street (2006; 2012; 2014) and Barton (1994), proposing some reflections of a practical and linguistic nature concerning skills with the Portuguese language developed under the scope of YAE. By means of a participative observation, we use as methodology the ethnographic orientation of qualitative research. The frames, resulting from face to face interaction, besides being theoretical reference, served as a methodological basis. The data were gathered in groups of the 3rd segment of the YAE, corresponding to the high school of the regular system, in a school part of the public school system of the Federal District. As a result, it was possible to perceive that the frames reveal many possibilities, especially with regard to the practices and procedures for expanding students' literacy in public system schools. It has been noted that it is necessary to make good use of pragmatic conditions for the use of language, overall considering the fact that we are dealing with a less scholarly context, such as the YAE. The dialogue between social knowledge and new knowledge, brought forth by schooling literacy, results in a wholeness role in the development of students' communicative and interactional skills. In this sense, it was also highlighted the importance of the role that the teacher plays, as the main reference in the classroom. Regarding the semi-structured interviews, it was possible to understand the importance and value that the employees attribute to the literate skills, developed as part of the schooling process. For some, knowledge developed at school serves to meet more subjective and specific needs. For others, these knowledge are opportunities to change their realities and it represents actions of a more social nature.
8

Letramentos Acadêmicos: práticas e eventos de letramento na educação à distância

LÊDO, Amanda Cavalcante de Oliveira 31 January 2013 (has links)
Submitted by Chaylane Marques (chaylane.marques@ufpe.br) on 2015-03-06T17:12:17Z No. of bitstreams: 2 DISSERTAÇÃO amanda.pdf: 3043311 bytes, checksum: 14906b45131c556300a8288315adf9ba (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-06T17:12:17Z (GMT). No. of bitstreams: 2 DISSERTAÇÃO amanda.pdf: 3043311 bytes, checksum: 14906b45131c556300a8288315adf9ba (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Previous issue date: 2013 / CNPQ / A presente pesquisa está inserida na perspectiva dos estudos sobre letramento a partir de uma abordagem social, conforme os Novos Estudos sobre Letramento – New Literacy Studies – (STREET, 2012, 2010, 2007; BARTON; HAMILTON, 2005), e investiga as práticas e os eventos de letramento ocorridos em um curso de Letras a distância oferecido pela Universidade de Pernambuco (UPE). Considerando que os eventos de letramento apresentam o texto como elemento central na mediação das interações, neste trabalho parte-se de uma perspectiva textualmente orientada, ou seja, a partir da análise dos principais textos com os quais os estudantes lidam, levando em conta o conceito de gênero, objetivou-se estudar as peculiaridades das práticas e eventos de letramento no ambiente acadêmico, no contexto específico do referido curso. Além disso, objetivamos também identificar o conjunto de gêneros com o qual os alunos lidam (produtiva e receptivamente) ao estarem inseridos no sistema de atividades da Universidade e analisar a percepção, crenças e valores dos participantes da interação (alunos e professores) durante o processo de ensino-aprendizagem acerca dos gêneros principais presentes nos eventos de letramento que ocorrem nas disciplinas: fórum de discussão e WebQuest, bem como o fascículo das disciplina. Teoricamente, destacamos os conceitos de práticas e eventos de letramento, como ferramentas analíticas produtivas para a compreensão do fenômeno do letramento; além desses, foram centrais os conceitos de gênero (cf. MILLER, 2009 [1984]; SWALES, 1990) e conjunto de gênero (cf. DEVITT, 1991), relacionado com os sistemas de gêneros e os sistemas de atividades (BAZERMAN, 2005). A fim de proceder a uma descrição significativa desse fenômeno, os corpora se constituíram através de um conjunto de dados diversificados, recolhidos por meio de instrumentos como: aplicação de questionário, realização de entrevistas com professores e alunos, acompanhamento de uma disciplina pela pesquisadora através da observação do AVA, além do corpus textual composto por fóruns, WebQuest e fascículos. Foi realizada uma análise qualitativa dos dados, a partir de uma abordagem de cunho etnográfico. Os dados analisados revelam que o conjunto de gêneros dos estudantes é diversificado e composto por gêneros de diferentes esferas de atividades. Embora o curso de EaD seja mediado por gêneros específicos, com características estruturais e de linguagem próprias, como os fóruns e a WebQuest, eles ocorrem juntamente com os gêneros acadêmicos propriamente ditos (resumo, resenha, artigo científico, projeto de pesquisa). Apesar de existirem em outros contextos, esses gêneros adquirem nova dimensão e importância específicas nesse ambiente. Embora o processo de ensino-aprendizagem em um curso superior a distância aconteça por meio de gêneros distintos daqueles utilizados em um curso presencial, modificando alguns eventos de letramento, não foram observadas alterações significativas nas práticas de letramento envolvidas, visto que refletem as práticas, crenças e ideologias (como hierarquia, linguagem formal, valorização de referência nos textos, entre outras) típicas do meio acadêmico, independente de serem realizadas através de recursos tecnológicos.
9

Letramento digital e formação de professores: limites e potencialidades na perspectiva do plano nacional de formação de professores (PARFOR)

Ataíde, Denyse Mota da Silva 25 January 2013 (has links)
Nessa dissertação apresentamos os resultados de uma pesquisa realizada na Universidade Federal do Tocantins (UFT) campus de Araguaína. O objetivo foi identificar, descrever e analisar as práticas de letramento digital, tendo como foco o Curso de Letras do Plano Nacional de Formação de Professores (PARFOR), alcançando professores formadores e em formação, avaliando suas interações na construção do conhecimento (formação continuada), mediados pelo computador e seus artefatos. O método escolhido para a realização de nossa pesquisa está circunscrito no âmbito da Fenomenologia, tendo como base teórica os estudos de Oliveira e Cunha (2007), que caracterizam o método fenomenológico como aquele que busca a compreensão do fenômeno questionado, não se preocupando com explicações e/ou generalizações, uma vez que o pesquisador não parte de um problema específico, mas conduz a pesquisa a partir de uma indagação acerca de um fenômeno, o qual precisa ser situado e vivenciado pelo sujeito. Quanto à forma de abordagem, nossa pesquisa se configura como quantiqualitativa e estudo de caso. É qualitativa uma vez que sua abordagem é eminentemente descritiva e seus procedimentos indutivos, considerando a existência de uma relação dinâmica entre mundo real e sujeito, conforme Ludke e André (1986); Alves-Mazzotti e Gewandsznajder (1999); Severino (2000); Duarte (2002); e Marconi e Lakatos (2006), sendo que o processo é o foco principal. É um estudo de caso, considerando os estudo Sturman (1988). As teorias que fundamentam nossa pesquisa abrangem: letramento; letramentos; cibercultura; leitura; escrita; formação de professores; NTCIs; prática docente e os diferentes contextos nos quais transitam todas essas ocorrências. Para as teorias de letramento utilizamos, em maior proporção os trabalhos de Kleiman (1995; 1998; 2006); Soares (1995; 1998; 2002; 2003), Heath (1983; 2004); Street (2003); Barton (1994). Sobre letramento digital, Buzatto (2003; 2007); Freitas (2010); Leffa (2005); Machado e Teruya (2009); Noveleto e Claus (2009); Acerca da formação de Professores , Pinho (2007); Rocha e Pinho (2011); Gastti (2000); Pimentel (2006. Os resultados apontam que mesmo diante dos percalços que enfrentam os professores da rede pública de ensino no Tocantins, eles se desdobram no sentido de realizarem uma formação continuada que permita melhorar seu desempenho docente, e o PARFOR se apresenta como possibilidade real. Nessa perspectiva, o fato de fazerem um curso semipresencial, colabora para que efetivem práticas de letramento digital, o que favorece a vida em sociedade. O estudo constatou que os estudantes do curso de letras do PARFOR da UFT de Araguaína enfrentam algumas dificuldades quando precisam lidar com as novas tecnologias, no caso aqui estudado, o computador e suas ferramentas digitais. Todavia, o letramento digital se dá, mesmo em detrimento das dificuldades, como é o caso do acesso ao ambiente virtual Moodle, quando precisam acessar os conteúdos que são postados pelos professores formadores on line. / In this thesis we present the results of a survey conducted at the Federal University of Tocantins (UFT) Araguaína campus. The goal was to identify, describe and analyze the digital literacy practices, focusing on the Course of Literature of the National Teacher Training (PARFOR), reaching teachers and trainers in training, evaluating their interactions in the construction of knowledge (continuing education) , mediated by computer and its artifacts. The method chosen to conduct our research is limited to the field of phenomenology, based on theoretical studies of Oliveira and Cunha (2007), featuring the phenomenological method as one that seeks to understand the phenomenon questioned, not bothering with explanations and / or generalizations, since the researcher is not part of a specific problem, but conducts research from a question about a phenomenon which needs to be situated and experienced by the subject. How to approach our research is configured as quantiqualitative and case study. It is qualitative since his approach is essentially descriptive and its inductive procedures, considering the existence of a dynamic relationship between the real world and subject, as Ludke and Andrew (1986); Alves-Gewandsznajder and Mazzotti (1999); Severino (2000); Duarte (2002), and Marconi and Lakatos (2006), and the process is the main focus. It is a case study considering the study Sturman (1988). The theories that underlie our research include: literacy; literacies; cyberculture, reading, writing, teacher training NTCIs; teaching practice and the different contexts in which pass all these occurrences. To use the theories of literacy, a higher proportion of jobs Kleiman (1995, 1998, 2006), Soares (1995, 1998, 2002, 2003), Heath (1983, 2004), Street (2003), Barton (1994). About digital literacy, Buzatto (2003; 2007); Freitas (2010); Leffa (2005); Machado and Teruya (2009); Noveleto and Claus (2009); About Teacher training, Pine (2007); Rock and Pine ( 2011); Gastti (2000); Pimentel (2006. Results show that even before the troubles faced by teachers of public schools in Tocantins, they unfold in order to conduct a continuing education that will improve their teaching performance, and PARFOR presents itself as a real possibility. From this perspective, the fact of making a blended course, contributes to that enforce digital literacy practices, which favors life in society. study found that students of letters PARFOR of the UFT Araguaína face some difficulties when they have to deal with new technologies, in the case studied here, the computer and its digital tools. Nevertheless, computer literacy takes place, even at the expense of difficulties, such as access to virtual environment Moodle, when need to access the contents that are posted by professors online.
10

Leitura de narrativas visuais e verbo-visuais no PNBE-2010

Oliveira, Lucila Guedes de 14 August 2013 (has links)
Como os estudantes de 5° ano significam narrativas visuais e verbo-visuais do Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE/2010), frente às potencialidades das linguagens presentes nas obras literárias selecionadas? Essa pergunta revela o problema da investigação. Para fundamentar as discussões sobre educação, linguagem e literatura, foram utilizadas reflexões de Adorno (1995), Bakhtin (2003), Ramos e Panozzo (2011), Zilberman (1998; 2004), Solé (1998), Martins (1994), Soares (2010), Candido (2004) Benjamim (1996), Dondis (2000) e Oliveira (2008a e b), Panozzo (2001) e Rojo (2009). A pesquisa analisou a leitura de quatro obras literárias do acervo Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) 2010, efetivada por quatro estudantes da escola pública da rede municipal de Farroupilha, no período de três meses, apresentando potencialidades de sentidos que configuram as linguagens constitutivas de cada obra, que são: Pula, Gato (CASTANHA, 2006), Leonardo (CRUZ, 2006), O Capitão e a Sereia (NEVES, 2010) e Quando eu era pequena (PRADO, 2011). As evidências reveladas pelo modo como os sujeitos leram as linguagens presentes na obra literária ressaltam a necessidade de implementar ações que contribuam para os letramentos verbal e visual. Este estudo pertence à linha de pesquisa Educação, Epistemologia e Linguagem do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de Caxias do Sul. / Submitted by Marcelo Teixeira (mvteixeira@ucs.br) on 2014-05-29T16:13:33Z No. of bitstreams: 1 Dissertacao Lucila Guedes de Oliveira.pdf: 3512444 bytes, checksum: ee3451e4d6200a465489ecd8496730b8 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-05-29T16:13:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertacao Lucila Guedes de Oliveira.pdf: 3512444 bytes, checksum: ee3451e4d6200a465489ecd8496730b8 (MD5) / How do the students of the 5th grade attribute meaning to the Visual and Verb-visual narratives of the National Programme of the School Library (PNBE/2010), facing the potential of languages presented in the chosen literary works? That question reveals the problem of this research. To base the discussions about education, language and literature, we have used the contributions of Adorno (1995), Bakhtin (2003), Ramos and Panozzo (2011), Zilberman (1998; 2004), Solé (1998), Martins (1994), Soares (2010), Candido (2004) Benjamin (1996), Dondis (2000), Oliveira (2008a e b), Panozzo (2001) and Rojo (2009). This research analyzed four reading literary works of the National School Library Program (PNBE) 2010, carried out by four students from the public school of municipal Farroupilha, within three months, showing the potential of senses that configure the constituent languages of each work, which are: Pula, Gato, (CASTANHA, 2006), Leonardo (CRUZ, 2006), O Capitão e a Sereia (NEVES, 2010) and Quando eu era pequena (PRADO, 2011). The evidence revealed by how the subjects read the languages present in these four books underscored the need to implement actions which may contribute to the verbal and visual literacy. This study belongs to the line of research on education, epistemology and language by the graduate program in education at the Universidade de Caxias do Sul.

Page generated in 0.177 seconds