• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 44
  • Tagged with
  • 45
  • 45
  • 33
  • 30
  • 27
  • 26
  • 15
  • 14
  • 12
  • 9
  • 8
  • 8
  • 8
  • 8
  • 7
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

O viés ensaístico na ficção de José Saramago

Beijo, Marilda. 2012 (has links)
Orientador: Odil José de Oliveira Filho Banca: Nelyse Apparecida Melro Salzedas Banca: Clarice Zamonaro Cortez Banca: Sandra Aparecida Ferreira Banca: Rubens Pereira dos Santos Resumo: O presente trabalho propõe um estudo acerca da configuração ensaística no gênero romance, ou seja, o romance visto como um espaço que possibilita o desenvolvimento do gênero ensaio, seguindo o viés da narrativa e da ficção. Para a realização da pesquisa, foram utilizados como corpus principal do trabalho as seguintes obras: Manual de Pintura e Caligrafia, (1977) e o Ano da morte de Ricardo Reis (1984), ambas do escritor português contemporâneo José Saramago. A reflexão sobre a discussão ensaística ficcionalizada no romance desenvolve-se da seguinte forma: primeiramente, busca-se apurar a existência embrionária da discussão ensaística na trajetória romanesca de José Saramago, ressaltando as influências de Montaigne em sua obra. Posteriormente, um segundo momento é destinado ao conhecimento e sistematização da teoria sobre o gênero ensaio, abordando-se os principais teóricos sobre o assunto, buscando referência sobre o ensaio desde Michel de Montaigne. Por fim, para dar prosseguimento à pesquisa, foi necessário abordar os dois romances que fazem parte do corpus do trabalho, procurando demonstrar como se dá o ensaio crítico ficcionalizado em cada um deles, enfatizando como se dá a discussão sobre o fazer literário e o fazer artístico por meio da metalinguagem, intertextualidade, chegando a um ensaio crítico construído por meio da narrativa de ficção Abstract: This work aims at studying the novel genre, analyzing it from the perspective of essay genre, in other words, novel seen as a space that enables the development of essay genre, following narrative and fiction view. In order to do this research, it was used as the work main corpus the following works: Manual of Painting and Calligraphy (1977) and The year of Ricardo Reis‟death (1984), both written by the contemporary Portuguese writer José Saramago. The reflection about the discussion essay fictionalized in the novel develops itself in the following way: at first, it is tried to investigate the embryonic existence of the essay discussion in José Saramago‟s novelistic trajectory, highlighting Montaigne‟s influences in his work. At a later time, a second moment is dedicated to knowledge and systematization of theory about essay genre, approaching the main researchers about the subject, searching for references about the essay since Michael de Montaigne. At last, to continue the research, it was necessary to approach these two novels that make part of the work corpus, trying to demonstrate how the critical essay fictionalized in each one of them occurs, emphasizing how occurs the discussion about the literary making and the artistic making by the means of metalanguage, intertextuality, getting to a critical essay written by the means of narrative fiction Doutor
2

Ensaio sobre a cegueira, de José Saramago, e a experiência pós-moderna da verdade

Passos, Rodolfo Pereira. 2013 (has links)
Orientador: Jorge Vicente Valentim Banca: Maria Lúcia Outeiro Fernandes Banca: Luci Ruas Pereira Resumo: O presente trabalho tem como objetivo pesquisar as relações intertextuais existentes entre o romance Ensaio Sobre a Cegueira, de José Saramago, e as reflexões propostas pelo pensamento de Martin Heidegger (1889-1976). Tendo como ponto central a obra Ser e Tempo (1927), e a partir de questões como o ser e a verdade, tentaremos estabelecer parâmetros possíveis de leitura da representação da "cegueira", apresentada e criada por Saramago, capaz de afetar o homem contemporâneo. Delimitando como palco de atuação o mundo denominado pela crítica como "pós-moderno", é nosso intuito apresentar e questionar algumas teorizações sobre o pós-modernismo e refletir sobre sua correspondência com a sociedade atual e suas consequentes correlações com a ficção de Saramago. Servirão, também, como acicate ao pensamento interpretativo, conceitos filosóficos heideggerianos, tais como pre-sença, ser-no-mundo, impessoal, angústia, e ser-para-a-morte. A verdade será (des)construída, principalmente no sentido de evidenciar que o sujeito racional perdeu sua força dentro da trama complexa do mundo pós-moderno. Pensaremos, também, neste sujeito cego e sua caminhada por uma cidade labiríntica. A realidade tornou-se plural e o homem não pode enxergar mais sua segurança epistemológica. Procuraremos perceber como o romancista português utilizase destes dados, através de uma dominante ontológica, para problematizar o ser humano e seu vínculo com um mundo marcado por um estado de "cegueira", e assim, através da ficção, compor seus questionamentos pautados na ética e na existência Abstract: The objective of the present work is to research the existent relation between José Saramago‟s novel Ensaio sobre a Cegueira, and the reflections offered by Martin Heidegger (1889-1976). Based in the philosophic work Ser e Tempo (1927), by Heidegger, as our main point, and in accordance with questions as being and truth, we have tried to establish possible parameters to interpret the "blindness" proposed by José Saramago, capable of affecting the contemporary man. We have the post-modern world as the center stage with the intention to expose and to ask about the postmodernism and to reflect about the relation between contemporary society and the consequent relation with Saramago's fiction. Heideggerian concepts will be used as incentive to comprehend Saramago's ideas as dasein, being-in-the-world, who, angst, and being-towards-death. The truth will be deconstructed to show that the rational subject lost his strength inside the complex postmodern world. We'll also think about this blind subject and his walk through a maze city. The reality became plural and the human being could no longer see his epistemological safety. We'll try to understand how the Portuguese writer has utilized these data through an ontological dominant to analyze the human being and his connection with a world marked by a state of blindness, and then, through the fiction, to establish his questionings based on ethic and existence Mestre
3

Retratos da arte e do artista : projeto autobiográfico de José Saramago

Marcon, Adriana. 2014 (has links)
Orientadora: Sandra Aparecida Ferreira Banca: Gilberto Figueiredo Martins Banca: Sônia Helena de Oliveira Raymundo Piteri Resumo: Esta dissertação propõe uma análise de Manual de Pintura e Caligrafia (1977) e As Pequenas Memórias (2006), do escritor português José Saramago, procurando destacar suas singularidades, semelhanças e diferenças. Objetiva-se mostrar como o romance Manual de Pintura e Caligrafia, por possuir laivos autobiográficos, é prenúncio do retrato da arte/escrita exercida por Saramago na sua produção literária vindoura, enquanto As Pequenas Memórias, sua autobiografia propriamente dita, exibe o retrato do artista/escritor nos tempos juvenis. Com a escolha dessas obras que representam, respectivamente, o ponto inaugural e o porto de chegada de um projeto autobiográfico que é também literário, pretende-se evidenciar as tensões de gêneros instaladas na autobiografia quando produzida por um ficcionista, bem como a presença de indícios autobiográficos na elaboração de um romance. Para cumprir este propósito, recorreu-se a um aporte teórico-metodológico pautado na fortuna crítica saramaguiana, na reflexão sobre os gêneros romanesco e autobiográfico e nos estudos de análise estrutural da narrativa. Após um caminho minucioso de reflexões acerca dos objetos que presidem a dissertação, efetua-se a comparação entre as narrativas estudadas, evidenciando-se os pontos de semelhança e de contraste entre ambas Abstract: This dissertation proposes an analysis of Manual of Painting and Calligraphy (1977) and Memories of my Youth (2006), written by the Portuguese writer José Saramago, seeking to highlight their singularities, similarities and differences. It objectifies to show how the novel Manual of Painting and Calligraphy, for having autobiographical vestiges, is the sign of the portrayal of the art/ writing that will be put into practice in Saramago's future writing, while Memories of my Youth, his autobiography, shows the portrayal of the artist/writer when his was young. With the choice of these books that represent, respectively, the beginning and the end of an autobiographical and literary project, it intends to consider the genre tensions installed in the autobiography when written by a novelist, as well as the presence of autobiographical vestiges in a novel. To reach this objective, it appeals to a theoreticalmethodological contribution based on specialists of Saramago's writing, on reflections about novel and autobiography, and on studies of the structural analysis of narrative. After a long way of detailed reflections about the objects of this dissertation, it accomplishes the comparison between the narratives, evidencing the possible connections and differences between both texts Mestre
4

O viés ensaístico na ficção de José Saramago

Beijo, Marilda [UNESP] 3 July 2012 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:32:48Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-07-03Bitstream added on 2014-06-13T20:27:46Z : No. of bitstreams: 1 beijo_m_dr_assis_parcial.pdf: 50709 bytes, checksum: 16e0c0e29d83b223e8a3aa1ffb34b26f (MD5) Bitstreams deleted on 2015-06-03T11:42:35Z: beijo_m_dr_assis_parcial.pdf,. Added 1 bitstream(s) on 2015-06-03T11:44:03Z : No. of bitstreams: 1 000694614_20150703.pdf: 50550 bytes, checksum: eef4ffd53b9cc93ffb9c1082588a561b (MD5) Bitstreams deleted on 2015-07-06T11:21:03Z: 000694614_20150703.pdf,. Added 1 bitstream(s) on 2015-07-06T11:21:36Z : No. of bitstreams: 1 000694614.pdf: 474737 bytes, checksum: e412f95c9cdd1c2da91862d50f600a9c (MD5) Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) O presente trabalho propõe um estudo acerca da configuração ensaística no gênero romance, ou seja, o romance visto como um espaço que possibilita o desenvolvimento do gênero ensaio, seguindo o viés da narrativa e da ficção. Para a realização da pesquisa, foram utilizados como corpus principal do trabalho as seguintes obras: Manual de Pintura e Caligrafia, (1977) e o Ano da morte de Ricardo Reis (1984), ambas do escritor português contemporâneo José Saramago. A reflexão sobre a discussão ensaística ficcionalizada no romance desenvolve-se da seguinte forma: primeiramente, busca-se apurar a existência embrionária da discussão ensaística na trajetória romanesca de José Saramago, ressaltando as influências de Montaigne em sua obra. Posteriormente, um segundo momento é destinado ao conhecimento e sistematização da teoria sobre o gênero ensaio, abordando-se os principais teóricos sobre o assunto, buscando referência sobre o ensaio desde Michel de Montaigne. Por fim, para dar prosseguimento à pesquisa, foi necessário abordar os dois romances que fazem parte do corpus do trabalho, procurando demonstrar como se dá o ensaio crítico ficcionalizado em cada um deles, enfatizando como se dá a discussão sobre o fazer literário e o fazer artístico por meio da metalinguagem, intertextualidade, chegando a um ensaio crítico construído por meio da narrativa de ficção This work aims at studying the novel genre, analyzing it from the perspective of essay genre, in other words, novel seen as a space that enables the development of essay genre, following narrative and fiction view. In order to do this research, it was used as the work main corpus the following works: Manual of Painting and Calligraphy (1977) and The year of Ricardo Reis‟death (1984), both written by the contemporary Portuguese writer José Saramago. The reflection about the discussion essay fictionalized in the novel develops itself in the following way: at first, it is tried to investigate the embryonic existence of the essay discussion in José Saramago‟s novelistic trajectory, highlighting Montaigne‟s influences in his work. At a later time, a second moment is dedicated to knowledge and systematization of theory about essay genre, approaching the main researchers about the subject, searching for references about the essay since Michael de Montaigne. At last, to continue the research, it was necessary to approach these two novels that make part of the work corpus, trying to demonstrate how the critical essay fictionalized in each one of them occurs, emphasizing how occurs the discussion about the literary making and the artistic making by the means of metalanguage, intertextuality, getting to a critical essay written by the means of narrative fiction
5

A ficção portuguesa contemporânea na revista Colóquio Letras : seção "Recensões Críticas" (1971-2013)

Mendes, Amanda. 2016 (has links)
Orientadora: Rosane Gazolla Alves Feitosa Banca: Sandra Aparecida Ferreira Banca: Telma Maciel da Silva Resumo: Esta dissertação tem por objetivo tecer um panorama das obras de ficção portuguesa contemporânea recenseadas pela revista Colóquio Letras, a qual vem abrigando o que de melhor a crítica literária tem produzido, com o intuito de identificar o pensamento crítico desde anos 70, por meio das resenhas de ficção presentes na seção "Recensões Críticas" (romances, novelas, contos e crônicas) deste periódico entre os anos de 1971 e 2013. Também visa: a) à utilização desse corpus como fonte de pesquisa para a literatura portuguesa contemporânea; b) à divulgação de obras de ficção portuguesa contemporânea; c) à análise do perfil do periódico aproximando-o do momento político-histórico correspondente em Portugal, visto que o nascimento da revista (1971) ocorreu em uma fase delicada pela qual o país passava, pouco depois da morte de António de Oliveira Salazar (27/07/1970). Recensões ou resenhas são conceituadas como uma exposição do conteúdo de um texto específico, acrescentada de comentários críticos e interpretativos, os quais discutem, comparam e avaliam as obras com o propósito de divulgação. A justificativa pela escolha da Colóquio Letras se dá por esta ser uma revista de qualidade e credibilidade no que se refere a assuntos literários. A dissertação está estruturada em três capítulos: o primeiro apresenta, descreve e comenta a revista Colóquio Letras, bem como a Fundação Calouste Gulbenkian que a financia e publica durante todos esses anos, contextualizando-a no momento... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) Abstract: This dissertation has for objective to give an overview of the contemporary Portuguese fiction books in Colóquio Letras journal, which has been publishing the best literary criticism produced, in order to identify the critical thinking from the 70s, through review fiction present in the "Reviews" section (novels, short stories and chronicles) of this journal between the years 1971 and 2013. The work also aims to: a) the use of this corpus as a source of research for contemporary Portuguese literature; b) the dissemination of works of contemporary Portuguese fiction; c) the analysis of the journal profile approaching the corresponding political and historical moment in Portugal, as the journal's birth (1971) occurred in a delicate phase in which the country was, shortly after the death of António de Oliveira Salazar (07/27/1970). Reviews are conceptualized as a display of the content of a specific text, added critical and interpretive comments, which discuss, compare and evaluate the works for the purpose of disclosure. The reasons for choosing Colóquio Letras is because it is a quality and credibility journal with respect to literary matters. The dissertation is divided into three chapters: the first presents, describes and comments on the Colóquio Letras journal, and the Calouste Gulbenkian Foundation that finances and publishes all these years, contextualizing it in the Portuguese social and political moment; the second chapter is dedicated to the academic gender... (Complete abstract click electronic access below) Mestre
6

Aspectos culturais em A viagem do elefante : um estudo do romance de José Saramago

Zollner, Cíntia de Vito. 2017 (has links)
Orientador: Márcio Roberto Pereira Banca: Denise Rocha Banca: Sandra Aparecida Ferreira Resumo: O presente estudo propõe uma análise de A Viagem do elefante (2008) do escritor José Saramago e as relações do romance com a cultura de Portugal como país expansionista luso, destacando o percurso do personagem protagonista, o tratador indiano Subhro em seu processo de busca da valorização dos aspectos culturais de sua origem, através do contexto da cultura hindu e costumes da tradição indiana, nos espaços de fronteiras e deslocamentos geográficos. Seguindo esse enfoque, será feita uma análise desses elementos presentes na narrativa, bem como no discurso, partindo da ideia da cultura como construção identitária do sujeito. Por meio de um aporte teórico-metodológico, realizada será a fortuna crítica de Saramago, bem como a reconstituição histórica de Portugal, considerando o projeto hegemônico do Império luso de D. Manuel, o venturoso (1469-1521) no século XVI. Objetiva-se apresentar a obra como produto da cultura, a partir da reflexão teórica da metaficção historiográfica, de Linda Hutcheon. Com esse estudo reflexivo, o tratador será analisado como personagem marginalizado, que busca 'reconstrução' de sua identidade nos espaços de 'entre-lugares', como personagem 'ex-cêntrico'. Para estudar esse difícil processo do personagem indiano, entre outras identidades, será também realizado um estudo teórico desses espaços, a partir das reflexões de Homi k. Bhabha Abstract: The curret study proposes an analysis of The Elephant's Journey (2008) by the writer José Saramago and the relation between the novel and Portugal culture, as a Portuguese expansionist country exposing the trajectory of protagonist character, the Indian Keeper Subhro in his constant process of search by his culture aspects valorization, through the context of Hindu culture and customs of the Indian tradition in the border spaces and geographical dislocation. Through these topics, this study will show an analysis of those elements present in the narrative, as well as in the discourse, starting from the idea of culture as the identity construction of being, based on a theoretical-methodological contributions about critical fortune from Saramago and the historical reconstitution of Portugal, considering the hegemonic project of Portuguese Empire from D. Manuel, the fortunate (1469-1521) in the sixteen century. In addition, it aims to present the work as a culture product, based on the theoretical reflections of historiographic metafiction, by Linda Hutcheon. From this reflective study, that keeper Subhro will be analysed as a marginalized character, a theoretical study of these spaces will also be realized, from the reflections of Homi K. Bhabha Mestre
7

Representações da memória no romance "A máquina de fazer espanhóis" de Valter Hugo Mãe

Ribeiro, Beatriz Sodré. 2017 (has links)
Orientador: Marcio Roberto Pereira Banca: Wellington Ricardo Fioruci Banca: Sandra Aparecida Ferreira Resumo: A memória emerge como uma das principais inquietudes culturais da pósmodernidade. Na literatura destacam-se obras que representam em seu processo narrativo a preocupação humana em engendrar os conjuntos de lembranças, seja controlando o pensamento coletivo ou combatendo o esquecimento. Este trabalho tem o objetivo de pensar a memória como um dos principais pilares do romance pósmoderno, interpretando representações da memória na obra A maquina de fazer espanhóis de Valter Hugo Mãe. O romance contempla a memória do narrador, reconstituindo o passado recente de Portugal entre figuras e eventos da história submetidos a distorções da ficcionalização. A obra conta a história de António Jorge Silva, que ao ser abandonado pelos filhos numa casa de repouso, se agarra ao passado na tentativa de preservar sua identidade. Nesse espaço de confinamento ele se depara com outros Silvas e se reconhece em suas memórias, conectando passado e presente em jogos metaliterários que remetem a símbolos, textos e ícones da portugalidade. A pesquisa se justifica por requerer uma observação atenta das variações do conceito de memória ao longo dos tempos e por encontrar no romance a engrenagem ideal para representar diferentes passados no tempo presente. Para nortear e embasar tal reflexão, estarão presentes os conceitos de memória na perspectiva de autores como Walter Benjamin (1980), Antonio Candido (1964), Erich Auerbach (1987) e Andreas Huyssen (2000) sobre a representação da realidade no romance e sua relação com a memória, bem como a teoria de Ana Paula Arnaut (2010) e Fernando Rosas (2001) sobre a literatura portuguesa contemporânea. A análise da obra combina a teoria com elementos da narrativa demonstrando que sua arte expõe uma preocupação em preservar o passado e pensar a memória tanto como uma ferramenta de crítica social, como num recurso poético Abstract: The memory emerges as one of the main postmodernity social distresses. In the literature, they stand out works that represent in their narrative process, not only their fluid nature but also the human concern in engendering the sets of memories, whether controlling collective thinking or combating forgetfulness. This dissertation has the main goal to think about the memory as one of the main pillars of the postmodern novel, reflecting and interpreting memory representations in the work a maquina de fazer espanhóis from Valter Hugo Mãe. The novel contemplates the narrator's memory rebuilding the recent past of Portugal amongst historic figures and events subjected to fictionalization distortions. The literary work tells the story of Antônio Jorge Silva that, once left by his children in a nursery home holds to the past in an attempt to preserve his identity. In that confination space facing other Silvas, this common hero recognizes himself in other memories connecting past and present into modern literary writing games, that refers to Portuguese symbols, texts and icons. The research is justified by requiring an attentive look on the concept throughout time and finds, in the novel, the ideal gear to represent different pasts in the present time. The concepts to guide such thought are principally based on authors Walter Benjamin (1980), Antonio Candido (1964), Erich Auerbach (1987) and Andreas Huyssen (2000) perspective about the reality representation in the novel and its relation to the memory, as well as Ana Paula Arnaut (2010) and Fernando Rosas (2001) perspective about contemporary Portuguese literature. The work analysis combines the theory with narrative elements proving that its art exposes a concern to preserve the past and think of memory both as a social critic tool and as a poetic resource Mestre
8

A enciclopédia aberta de Agustina Bessa-Luís : uma escrita entre parênteses

Denubila, Rodrigo Valverde. 2018 (has links)
Orientador: Jorge Vicente Valentim Banca: André S. D. Corrêa de Sá Banca: Luci Ruas Pereira Banca: Maria Lúcia Outeiro Fernandes Banca: Márcia Valéria Zamboni Gobbi Resumo: Esta pesquisa fundamenta-se na hipótese de entender a obra da escritora portuguesa Agustina Bessa-Luís como uma enciclopédia aberta. Faz-se necessário, em vista disso, discutir o modo pelo qual a enciclopédia se estrutura e quais temas-chave privilegia. Frisa-se, aqui, que o termo "aberta", no título deste trabalho, especifica a estética da incompletude ou a poética do inacabado. Justificando a segunda parte do título, nossa reflexão tem também por objetivo identificar traços da composição da escritora portuguesa a partir da concepção de uma escrita entre parênteses, representativa da multiplicação como qualificador do seu método composicional. Estruturalmente, identificamos esse fenômeno pela presença de diferentes níveis narrativos e, consequentemente, de cadeias de sentidos. Sendo assim, procura-se refletir sobre a pluralidade, como Agustina Bessa-Luís vale-se deste aspecto para estabelecer a modalização de vozes, de verdades e de conhecimentos e, assim, dar forma a sua enciclopédia ficcional construída em mais de sessenta obras. Esta pesquisa de doutorado toma como corpus três romances, a saber: A Corte do Norte (1987), Um cão que sonha (1997) e A Ronda da Noite (2006), com algumas incursões pelo texto ficcional paradigmático da autora em foco: A Sibila (1954). Abstract: This research is based on the hypothesis of understanding the work of the Portuguese writer Agustina Bessa-Luís as an open encyclopedia. It is therefore necessary to discuss the way in which the encyclopedia is structured and which main topics it privileges. It is emphasized here that the term "open", in the title of this work, specifies the aesthetics of incompleteness or the poetics of the unfinished. Justifying the second part of the title, our reflection also aims to identify traces of the composition of the Portuguese writer from the conception of a writing in parentheses, representative of multiplication as qualifier of its compositional method. Structurally, we identify this phenomenon by the presence of different narrative levels and, consequently, of chains of meanings. Thus, we try to reflect on the plurality, as Agustina Bessa- Luís uses this aspect to establish the modalization of voices, truths and knowledge and, thus, give shape to her fictional encyclopedia constructed in more than sixty works. This doctoral research takes as corpus three novels, namely: A Corte do Norte (1987), Um cão que sonha (1997) and A Ronda da Noite (2006), with some incursions by the paradigmatic fictional text of the author in focus: A Sibila (1954) Doutor
9

Metaforas da historia : uma leitura dos romances de Helder Macedo History's methafors : a reading of the Helder Macedo's novels

Dantas, Gregorio Foganholi 2009 (has links)
Orientador: Vilma Sant'Anna Areas Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem Made available in DSpace on 2018-08-13T06:29:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dantas_GregorioFoganholi_D.pdf: 1002303 bytes, checksum: ce0bc577a7fff0948472c75e25d58bfb (MD5) Previous issue date: 2009 Resumo: A presente tese pretende realizar uma leitura dos romances do escritor português Helder Macedo - Partes de África, Pedro e Paula, Vícios e virtudes e Sem nome - considerando três pontos principais de análise: a elaboração de um narrador caprichoso que se filia a uma determinada tradição literária; a apropriação de referências intertextuais e o discurso metaficcional; a estrutura narrativa construída a partir de oposições ou antinomias, presentes em todos os níveis de seus romances. Para tanto, faremos uso de um corpus de ensaios de autoria de Helder Macedo e que tratam da tradição literária evocada em seus romances. Deste modo, pretendemos interpretar seus livros a partir dos critérios adotados pelo próprio autor para interpretar as obras ficcionais de sua eleição. Abstract: The present thesis intends to undertake a reading of the novels by the Portuguese author Helder Macedo -- Partes de África, Pedro e Paula, Vícios e virtudes and Sem nome -taking into account three major points of analysis: the elaboration of a capricious narrator who affiliates himself to a certain literary tradition; the appropriation of intertextual references and the metafictional discourse; the narrative structure built up from oppositions or antinomies, present in all levels of his novels. In order to do so, we'll make use a corpus of essays by Helder Macedo concerning the literary tradition evoked in his novels. Thus, we intend to interpret his books from the criteria adopted by the very author to interpret the fictional works of his election. Doutorado Literatura Portuguesa Doutor em Teoria e História Literária
10

Ensaio sobre a cegueira, de José Saramago, e a experiência pós-moderna da verdade

Passos, Rodolfo Pereira [UNESP] 25 January 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:25:22Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2013-01-25Bitstream added on 2014-06-13T18:26:21Z : No. of bitstreams: 1 passos_rp_me_arafcl.pdf: 859479 bytes, checksum: 94ab286536014492513d474636ecf0b3 (MD5) O presente trabalho tem como objetivo pesquisar as relações intertextuais existentes entre o romance Ensaio Sobre a Cegueira, de José Saramago, e as reflexões propostas pelo pensamento de Martin Heidegger (1889-1976). Tendo como ponto central a obra Ser e Tempo (1927), e a partir de questões como o ser e a verdade, tentaremos estabelecer parâmetros possíveis de leitura da representação da “cegueira”, apresentada e criada por Saramago, capaz de afetar o homem contemporâneo. Delimitando como palco de atuação o mundo denominado pela crítica como “pós-moderno”, é nosso intuito apresentar e questionar algumas teorizações sobre o pós-modernismo e refletir sobre sua correspondência com a sociedade atual e suas consequentes correlações com a ficção de Saramago. Servirão, também, como acicate ao pensamento interpretativo, conceitos filosóficos heideggerianos, tais como pre-sença, ser-no-mundo, impessoal, angústia, e ser-para-a-morte. A verdade será (des)construída, principalmente no sentido de evidenciar que o sujeito racional perdeu sua força dentro da trama complexa do mundo pós-moderno. Pensaremos, também, neste sujeito cego e sua caminhada por uma cidade labiríntica. A realidade tornou-se plural e o homem não pode enxergar mais sua segurança epistemológica. Procuraremos perceber como o romancista português utilizase destes dados, através de uma dominante ontológica, para problematizar o ser humano e seu vínculo com um mundo marcado por um estado de “cegueira”, e assim, através da ficção, compor seus questionamentos pautados na ética e na existência The objective of the present work is to research the existent relation between José Saramago‟s novel Ensaio sobre a Cegueira, and the reflections offered by Martin Heidegger (1889-1976). Based in the philosophic work Ser e Tempo (1927), by Heidegger, as our main point, and in accordance with questions as being and truth, we have tried to establish possible parameters to interpret the “blindness” proposed by José Saramago, capable of affecting the contemporary man. We have the post-modern world as the center stage with the intention to expose and to ask about the postmodernism and to reflect about the relation between contemporary society and the consequent relation with Saramago´s fiction. Heideggerian concepts will be used as incentive to comprehend Saramago´s ideas as dasein, being-in-the-world, who, angst, and being-towards-death. The truth will be deconstructed to show that the rational subject lost his strength inside the complex postmodern world. We´ll also think about this blind subject and his walk through a maze city. The reality became plural and the human being could no longer see his epistemological safety. We´ll try to understand how the Portuguese writer has utilized these data through an ontological dominant to analyze the human being and his connection with a world marked by a state of blindness, and then, through the fiction, to establish his questionings based on ethic and existence

Page generated in 0.0896 seconds