• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 695
  • 12
  • 5
  • 4
  • 1
  • Tagged with
  • 720
  • 203
  • 157
  • 151
  • 140
  • 126
  • 90
  • 84
  • 68
  • 54
  • 49
  • 49
  • 45
  • 44
  • 43
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Esfron e as estratégias de segurança pública na Tríplica Fonteira: Brasil, Colômbia e Peru

Marques, Lenivaldo Carvalho, 9298270-2878 25 June 2018 (has links)
Submitted by Ilvana Bentes (vovoquinha.ufam@gmail.com) on 2018-09-24T13:51:07Z No. of bitstreams: 1 DISSERTACAO FINAL - LENIVALDO - 28.07.pdf: 9512618 bytes, checksum: 737f68043087915e7459ec10a6c99572 (MD5) / Approved for entry into archive by Marcos Roberto Gomes (mrobertosg@gmail.com) on 2018-09-25T19:29:33Z (GMT) No. of bitstreams: 1 DISSERTACAO FINAL - LENIVALDO - 28.07.pdf: 9512618 bytes, checksum: 737f68043087915e7459ec10a6c99572 (MD5) / Approved for entry into archive by Divisão de Documentação/BC Biblioteca Central (ddbc@ufam.edu.br) on 2018-09-27T12:14:58Z (GMT) No. of bitstreams: 1 DISSERTACAO FINAL - LENIVALDO - 28.07.pdf: 9512618 bytes, checksum: 737f68043087915e7459ec10a6c99572 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-09-27T12:14:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DISSERTACAO FINAL - LENIVALDO - 28.07.pdf: 9512618 bytes, checksum: 737f68043087915e7459ec10a6c99572 (MD5) Previous issue date: 2018-06-25 / CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Currently, issues surrounding the borders of National States are at the center of international discussions. What is perceived is that these artificially created legal entities, concomitant with the emergence of the Modern National State in the eighteenth century, are becoming more rigid in the sense of hampering the free movement of people. It was imagined that, with the implosion of the socialist world and the rise of the regional economic blocs, the borders would tend to disappear. However, recent events have shown that these theories, spread mainly by large international corporations, did not remain solid after the first refugee crisis headed toward the old continent. Suddenly, fences and walls began to rise in an attempt to prevent the passage of refugees moving to the center of European Union territory. Xenophobic discourses, attempts of territorial section of countries around the world, have proven the importance of maintaining territorial unity and its borders. With respect to the Brazilian territory, the central government created specific programs for its external borders, contemplating the joint work of the different actors of the border, as well as sharing responsibilities with the federated entities that have frontier borders in their territories (states and municipalities). With regard to the State of Amazonas, the State Strategy for Public Security at Frontiers (ESFRON) was created, when this state became associated with ENAFRON. This dissertation is divided into four chapters, complementary to each other. The first chapter will deal with the emergence of National Borders from the creation of the Modern National State, based on the signing of the Treaty of Westphalia, as well as the return of the border discussions that is currently taking place. The second chapter will discuss the formation of the external borders of the Brazilian State and its implications on the national territory. The third chapter will discuss the ENAFRON program, created by the federal government to bring together efforts to combat crimes that occur along the borders of Brazil, but which affect society as a whole. The fourth chapter will explain the adhesion of the State of Amazonas to the federal program, creating, from this agreement, the State Strategy Program on Public Security at the borders, as well as its operations in the region of the Triple Amazonian border between Brazil, Colombia and Peru. / Na atualidade as questões envolvendo as fronteiras dos Estados Nacionais estão no centro das discussões internacionais. O que se percebe é que estas entidades jurídicas criadas artificialmente, concomitante ao surgimento do Estado Nacional Moderno, no século XVIII, estão se tornando mais rígidas no sentido de regular a livre circulação de pessoas. Imaginou-se que com a implosão do mundo socialista e a ascensão dos blocos econômicos regionais, as fronteiras tenderiam a desaparecer. No entanto, eventos recentes têm demonstrado que essas teorias, difundidas, principalmente pelas grandes corporações internacionais, não se mantiveram sólidas na primeira após a crise de refugiados, indo em direção ao velho continente. De repente, cercas e muros começaram a se erguer na tentativa de impedir a passagem de refugiados, que se deslocam para o centro do território da União Europeia. Discursos xenofóbicos, tentativas de secção territorial de países ao redor do mundo, tem comprovado a importância de se manter a unidade territorial e suas fronteiras. Com relação ao território brasileiro, o governo central criou programas específicos para as suas fronteiras externas, contemplando o trabalho conjunto dos diversos atores da fronteira, bem como partilhar responsabilidades com os entes federados, que possuem lindes fronteiriças em seus territórios (estados e municípios). No tocante ao estado do Amazonas, foi criado o programa Estratégia Estadual de Segurança Pública nas Fronteiras (ESFRON), quando este estado se associou ao ENAFRON. Esta dissertação está dividida em quatro capítulos, complementares entre si. O Primeiro Capítulo tratará sobre o surgimento das Fronteiras Nacionais, a partir da criação do Estado Nacional Moderno, com base na assinatura do Tratado de Westfália, bem como o retorno das discussões sobre as fronteiras que está ocorrendo atualmente. O Segundo Capítulo dissertará sobre a formação das fronteiras externas do Estado Brasileiro e suas implicações sobre o território nacional. O Terceiro Capítulo discorrerá sobre o programa ENAFRON, criado pelo governo federal para aglutinar esforços de combate aos delitos que ocorrem nas bordas do território brasileiro, mas, que afetam a sociedade como um todo. O Quarto Capítulo explanará sobre a adesão do estado do Amazonas ao programa federal, criando, a partir desse convênio, o programa Estratégia Estadual de Segurança Pública nas fronteiras, bem como suas operações na região da Tríplice fronteira amazônica entre Brasil, Colômbia e Peru.
2

Dramaturgia de Fronteira: Táticas de arte-ação no contato entre arquivos, corpos e territórios

Macedo, André de Souza 04 1900 (has links)
Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação Interdisciplinar em Estudos Latino- Americanos da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, como requisito parcial à obtenção do título de Mestre em Estudos Latino-Americanos. Orientadora: Profa. Dra. Diana Araujo Pereira Coorientadora: Profa. Dra. Alai Garcia Diniz / Submitted by André de Souza Macedo (andremacedo.arte@gmail.com) on 2017-06-06T22:58:12Z No. of bitstreams: 1 Dramaturgia de Fronteira com fichacor.pdf: 14325749 bytes, checksum: ac2e80c9d5340e5662a3cc42103a8568 (MD5) / Approved for entry into archive by Nilson Junior (nilson.junior@unila.edu.br) on 2017-06-07T12:14:20Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dramaturgia de Fronteira com fichacor.pdf: 14325749 bytes, checksum: ac2e80c9d5340e5662a3cc42103a8568 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-06-07T12:14:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dramaturgia de Fronteira com fichacor.pdf: 14325749 bytes, checksum: ac2e80c9d5340e5662a3cc42103a8568 (MD5) Previous issue date: 2017-04 / Este trabajo documenta el proceso práctico-teórico de una investigación que tiende a lo marginal y a lo desviante en la construcción epistemológica y artística. Por lo tanto, establecemos como objeto de este análisis el percurso de la creación poética denominada dramaturgia de frontera, la cual nace de la aproximación del texto teatral El Acompañamiento (Gorostiza, 1981), con la Triple Frontera. En el camino, buscamos mezclar nuestras referencias, textos y cuerpos con el paisaje que compone lo cotidiano y lo imaginario de este territorio, con vistas a la práctica transcultural y descolonizadora. Observamos el texto teatral en su relación con el paisaje local, donde establecemos una serie de sentidos a partir de la memoria del espectador. Es decir, incluimos al espectador desde la producción artística para que experimente posiciones nuevas en el circuito de recepción. A través de la potencialidad de la performance nos aproximamos a los transeúntes de la región para oír e registrar sus relatos, memorias y experiencias acerca de sus sueños (desde un plano íntimo) y transmitirlas – en colectivo. Nuestra operación fue la de incluir sus voces (archivos) en la (re)escrita de la dramaturgia, en un proceso de colaboración e intermedialidad entre los diferentes archivos/textos como renovación de las metáforas que circulan en la memoria cultural de este paisaje. El cuerpo surge en esta creación, como una pulsación que nos recuerda la ética y la política que el contacto humano y cultural requieren. Esta dramaturgia, que es un acto performático, incluye las voces y los cuerpos en el cotidiano del paisaje como texto, mostrándo una alternativa de resistencia estética de descolonización de los sentires y de los saberes. En este sentido señalamos a la etnoperformance funcionando como un método de investigación y a la dramaturgia de frontera como un espacio abierto a la liminariedad entre los archivos y el repertorio que se tocan y danzan, estableciendo un espacio entre la estructura y el caos, el control y el descontrol, en los des-límites de lo nacional, de la ficción y lo real, de la vida y del arte. Esta dramaturgia es el resultado del cruzamiento de los bordes que separan a las artes y de la acción de atravesar las fronteras, en relación al territorio en cuanto un cuerpo y de los cuerpos en cuanto territorios a ser conquistados. / Este trabalho documenta o processo teórico-prático de uma pesquisa que tende ao marginal e ao desviante na construção epistemológica e artística. Para tanto, estabelecemos como objeto desta análise o percurso da criação poética denominada dramaturgia de fronteira, a qual nasce da aproximação do texto teatral El Acompañamiento (Gorostiza, 1981), com a Tríplice Fronteira. No caminho, buscamos mesclar nossas referências, textos e corpos com a paisagem que compõe o cotidiano e o imaginário deste território, com vistas à prática transcultural e descolonizadora. Observamos o texto teatral em sua relação com a paisagem local, onde estabelecemos uma série de sentidos a partir da memória do espectador. Ou seja, incluímos o espectador desde a produção artística para que vivenciasse posições novas no circuito de recepção. Através da potencialidade da performance nos aproximamos dos transeuntes da região para ouvir e registrar seus relatos, memórias e experiências acerca de seus sonhos (no plano íntimo), para transmití-los – no coletivo. Nossa operação foi a de incluirmos suas vozes (arquivo) na (re)escrita da dramaturgia, num processo de colaboração e intermidialidade entre os diferentes arquivos/textos como renovação das metáforas que circulam na memória cultural desta paisagem. O corpo surge nesta criação, como uma pulsação que nos lembra da ética e da política que o contato humano e cultural requerem. Esta dramaturgia, que é um ato performático, inclui as vozes e os corpos no cotidiano da paisagem como texto, mostrando uma alternativa de resistência estética de descolonização dos sentires e dos saberes. Neste sentido assinalamos a etnoperformance como um método de pesquisa e a dramaturgia de fronteira como um espaço aberto a liminaridade entre arquivos e repertórios que se tocam e dançam, estabelecendo um espaço entre a estrutura e o caos, o controle e o descontrole, nos (des)limites do nacional, da ficção e do real, da vida e da arte. Esta dramaturgia é o resultado do cruzamento das bordas que separam as artes e uma prática provocada pelo atravessar as fronteiras, em relação ao território enquanto um corpo e dos corpos enquanto territórios a serem conquistados.
3

Povoamento romano no actual concelho de Fronteira

Carneiro, André, January 2004 (has links)
Originally presented as the author's Thesis (mestrado)--Universidade de Lisboa, 2002. / Includes bibliographical references (p. 193-217).
4

Os limites das fronteiras internas de domínio do estado da Bahia: conflitos e atualização

Luquini, Rita de Cassia da Silva January 2015 (has links)
Submitted by Puentes Torres Antônio (antoniopuentes@hotmail.com) on 2016-09-05T12:27:15Z No. of bitstreams: 1 Rita_Cassia_Silva_Luquini_Dissertacao_Mestrado_Final.pdf: 26109152 bytes, checksum: c87eacd545b437829ec26538f98f4887 (MD5) / Approved for entry into archive by Vanessa Reis (vanessa.jamile@ufba.br) on 2016-09-05T14:20:41Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Rita_Cassia_Silva_Luquini_Dissertacao_Mestrado_Final.pdf: 26109152 bytes, checksum: c87eacd545b437829ec26538f98f4887 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-09-05T14:20:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Rita_Cassia_Silva_Luquini_Dissertacao_Mestrado_Final.pdf: 26109152 bytes, checksum: c87eacd545b437829ec26538f98f4887 (MD5) / Fronteira e limite, tema carregado de complexidade e significados para o Estado Nação, discutido exaustivamente no meio acadêmico por geógrafos, cientistas políticos, sociólogos, antropólogos, historiadores e outros. Entretanto, parece haver uma lacuna quando se trata da abordagem a respeito das fronteiras internas, principalmente entre municípios, ainda pouco debatida na ciência geográfica. De certo, a mobilidade da população na busca por serviços, a dinâmica da natureza e dos lugares, os interesses e as ações político-administrativas do poder local, por vezes, acabam por fragilizar essas linhas jurídicas que delimitam o polígono dos entes federados. Esse trabalho tem por objetivo analisar os conflitos nos limites das fronteiras internas entre os municípios baianos de Feira da Mata, Coribe, São Félix do Coribe e Serra do Ramalho. Com base nos conceitos de fronteira e de limite, discute a natureza contraditória entre o limite formal instituído por lei e o limite informal praticado pela população e pelo poder local. Com esse entendimento e embasado nos depoimentos desses habitantes, analisa o processo de atualização dos limites municipais da área em questão. Como resultado disso, apresenta as mudanças ocorridas com a nova delimitação dos municípios trabalhados: novos limites, novos mapas. / ABSTRACT Frontier and limit, a theme loaded with complexity and meanings for the Nation State, exhaustively discussed in academia by geographers, political scientists, sociologists, anthropologists, historians and others. However, there seems to be a gap when dealing with the approach regarding the internal frontiers, mainly between municipalities, still superficially debated in the geographic science. Decidedly, population mobility in search for services, the dynamics of nature and of the locations, the interests and the political and administrative actions of the local power, at times, end up weakening the judicial lines that delimit the polygon of federal entities. The objective of this thesis is to analyze the conflicts on the limits of the internal frontiers between the municipalities of Feira da Mata, Coribe, São Félix do Coribe and Serra do Ramalho in the state of Bahia. Based on the the concepts of frontier and limit, the contradictory nature between the formal limit instituted by law and the informal limit, practiced by the population and local power, is discussed. With this understanding and supported by the testimonials of these inhabitants, the process of updating the limits of the municipalities of the area in question, is analyzed. As a result, the changes that occurred with the new delimitation of the researched municipalities is presented: new limits, new maps.
5

Eficiência técnica e heterogeneidade tecnológica na agropecuária brasileira

Silva, Felipe Pinto da January 2017 (has links)
SILVA, Felipe Pinto da. Eficiência técnica e heterogeneidade tecnológica na agropecuária brasileira. 2017. 92f. Dissertação (Mestrado em Economia Rural) - Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017 / Submitted by Carlene Miranda (carlenematias@hotmail.com) on 2017-04-26T14:38:15Z No. of bitstreams: 1 2017_dis_fpsilva.pdf: 1782222 bytes, checksum: 174fb1d5896a2562bf68b2e1e070636d (MD5) / Rejected by Margareth Mesquita (margaret@ufc.br), reason: on 2017-04-26T15:17:51Z (GMT) / Submitted by Carlene Miranda (carlenematias@hotmail.com) on 2017-04-27T14:28:24Z No. of bitstreams: 1 2017_dis_fpsilva.pdf: 1764921 bytes, checksum: ca3f74aab3faea433099a99f52b0f489 (MD5) / Approved for entry into archive by Margareth Mesquita (margaret@ufc.br) on 2017-05-02T18:18:18Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_dis_fpsilva.pdf: 1764921 bytes, checksum: ca3f74aab3faea433099a99f52b0f489 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-05-02T18:18:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_dis_fpsilva.pdf: 1764921 bytes, checksum: ca3f74aab3faea433099a99f52b0f489 (MD5) Previous issue date: 2017 / This thesis analyzes the technological differences in agricultural production between municipalities located in the great Brazilian regions, with a special attention on the Brazilian Northeast. As methodological support was utilized the meta-frontier model, proposed by Battese, Rao and O’Donnell (2004) and O’Donnell, Rao and Battese (2008) to answer how these regional differences influence the efficiency of production and like this spatial heterogeneity impacts on municipalities’ technical efficiency (TE). The analysis was divided into two models. The first one proposes to analyze and identify the technological differences in agricultural production between the municipalities located in the Brazilian regions, except in the North region, for methodological reasons. On the other hand, the second one searches for the technological differentiation of agricultural production in the semi-arid and non-semiarid regions of the Northeast. For present thesis, the hypothesisis is the existence of a process of technological heterogenization of the Brazilian rural production and that this differentiation affects the level of TE of agricultural production between different regions of Brazil and within the same region as well. It was found that this hypothesis proved to be true for both models. The Model 1 revealed that the production technology practiced in the municipalities located in the South and Center-West regions are more advanced. Regarding the Model 2 indicated that the non-semiarid has the highest average TE with reference to the meta-frontier, when compared to the semiarid region. / Esta dissertação busca analisar as diferenças tecnológicas da produção agropecuária entre os municípios situados nas grandes regiões brasileiras, com enfoque especial para o Nordeste brasileiro. Como aporte metodológico, utilizou-se o modelo de meta-fronteira tecnológica proposta por Battese, Rao e O’Donnell (2004) e O’Donnell, Rao e Battese (2008), para responder até que ponto essas diferenças regionais influenciam na eficiência da produção e qual os seus impactos nos municípios. A análise foi dividida em dois modelos. No Modelo 1 propôs-se analisar e identificar as diferenças tecnológicas da produção agropecuária entre os municípios situados nas grandes regiões brasileiras, exceto pela região Norte, por questões metodológicas. Já o Modelo 2 voltou-se à diferenciação tecnológica da produção agropecuária existente no semiárido e no não-semiárido do Nordeste. A hipótese assumida nesta pesquisa é a existência de um processo de heterogeneização tecnológica do meio rural brasileiro e que esta diferenciação impacta no nível de eficiência técnica da produção agropecuária nas diferentes regiões do Brasil e mesmo dentro de uma mesma região. Detectou-se que esta hipótese se mostrou verdadeira para os dois Modelos. O Modelo 1 indicou que a tecnologia de produção agropecuária praticadas nos municípios situados nas regiões Sul e Centro-Oeste são mais avançadas. Já em relação ao Modelo 2, os resultados indicaram que, quando comparadas as duas regiões, o não-semiárido possui a maior eficiência técnica média em referência à meta-fronteira.
6

Articulações familiares transnacionais:estrategias de cuidado e manuntenção familiares na fronteira Brasil/Venezuela

Vasconcelos, Iana dos Santos 19 September 2013 (has links)
Submitted by Natalia de Souza Gonçalves (natalia.goncalves@ufpe.br) on 2015-05-19T12:54:08Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) VERSÃO ENCAMINHADA CORRIGIDA BIBLIOTECA 11.09.14 (1).pdf: 1850472 bytes, checksum: e44899a3bb3cdc6b98f44de22309744e (MD5) / Made available in DSpace on 2015-05-19T12:54:08Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) VERSÃO ENCAMINHADA CORRIGIDA BIBLIOTECA 11.09.14 (1).pdf: 1850472 bytes, checksum: e44899a3bb3cdc6b98f44de22309744e (MD5) Previous issue date: 2013-09-19 / A migração entre países fronteiriços vem se caracterizando pelos deslocamentos mais frequentes de pessoas que transitam e cruzam as fronteiras de um país a outro. São pessoas que mantêm fortes vínculos com o lugar de origem, mas também reorganizam novos vínculos afetivos e familiares nos lugares de trânsito ou de trabalho. A família, neste cenário, torna-se um projeto que é constantemente construído e reavaliado pelos seus membros, com vistas a atualizar estratégias de cuidado e manutenção e reprodução familiar. Desse modo, a presente dissertação tem como objetivo analisar a constituição das redes e demandas de cuidados das articulações familiares transnacionais, compostas por migrantes brasileiros(as) na fronteira Brasil/Venezuela localizada entre as cidades transfronteiriças de Santa Elena de Uairén, no estado Bolívar na Venezuela, e Pacaraima, no estado de Roraima no Brasil. A genealogia como método de pesquisa possibilitou compreender o parentesco e a família, não apenas articulado a relacionalidades constituídas por laços consanguíneos, mas por afinidades e solidariedades construídas simbolicamente. A família articulada ao processo migratório e ao contexto fronteiriço descortinou uma diversidade de articulações familiares, nas quais a transnacionalidade não está associada apenas ao espaço de coabitação em diferentes países pelos membros da família, mas às formas de vinculação de seus membros aos diferentes territórios nacionais mediadas por distintas lógicas simbólicas de pertencimento, tanto aos grupos familiares, quanto à nação. A identidade nacional em conjunção, fruto dessas articulações familiares, é frequentemente negociada por meio de estratégias de cuidados e manutenção familiar. Nesse sentido, o pertencimento às articulações familiares transnacionais na fronteira Brasil/Venezuela corroboram para o fortalecimento de uma ―identidade local‖ que justapõe às identidades nacionais, a qual passa a ser avaliado dentro/ fora da família e entre Estados- nação.
7

Trilhas trasnfronteiriças: o fluxo de pessoas, coisas e objetos na fronteira Brasil e República Cooperativista da Guiana

BARBOSA, Edio Batista 19 September 2013 (has links)
Submitted by Fabio Sobreira Campos da Costa (fabio.sobreira@ufpe.br) on 2015-05-25T15:14:34Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇÃO EDIO BATISTA.pdf: 2038406 bytes, checksum: 10461c2a1b02c8e1ff9bf423ae27106a (MD5) / Made available in DSpace on 2015-05-25T15:14:35Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) DISSERTAÇÃO EDIO BATISTA.pdf: 2038406 bytes, checksum: 10461c2a1b02c8e1ff9bf423ae27106a (MD5) Previous issue date: 2013-09-19 / As fronteiras não são limites naturais, elas são representações simbólicas. À medida que os homens começam a se relacionar as fronteiras começam a definir suas formas e o espaço e o tempo tornam-se elementos primordiais na definição dessas formas. No novo mundo as fronteiras geopolíticas sobrepostas às fronteiras étnicas deram as bases para o desenho atual das Américas. A fronteira entre Brasil e República Cooperativista da Guiana foi desenhada e redesenhada a partir das relações estabelecidas entre indígenas e europeus no processo de conquistas e colonizações. O comércio, no início, era visto como elemento mediador entre indígenas e colonizador. Por meio do comércio o colonizador pode explorar as regiões inóspitas. Porém a relação entre indígenas e colonizador tornou-se frágil e conflituosa. O colonizador, considerando apenas os seus interesses, subjugou os nativos. Contudo, os nativos não foram passivos nessa história. Além de mercadoria (escravos) foram mercadores, negociantes e milícia. No final, serviram como peça fundamental na determinação dos marcos limítrofe entre o Brasil e a Inglaterra. Hoje essas fronteiras são permeadas por outras relações, coisas e objetos; temos a questão étnica negociada permanentemente com a nacional; temos a cidade de Lethem (GUY), que abriga um comércio de produtos importados advindos da China e a cidade de Bonfim (BRA), que oferece a mão de obra necessária para esse comércio, e temos o fluxo diário de pessoas que dá a essa fronteira o sentido de espaço social transfronteiriço.
8

ESCOLA DO CAMPO EM COMUNIDADES DE FRONTEIRAS

PEIZINI, A. M. L. 25 July 2016 (has links)
Made available in DSpace on 2018-08-01T23:37:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_10381_Dissertação- Ângela.pdf: 3406607 bytes, checksum: c58f5f6562db4635f0e94f57cffff0a4 (MD5) Previous issue date: 2016-07-25 / Esta pesquisa está vinculada à linha de pesquisa Cultura Currículo e Formação de Educadores do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Espírito Santo e foi desenvolvida de forma articulada ao Grupo de Pesquisa (CNPq) Culturas, Parcerias e Educação do Campo. Analisa como e quais os diálogos que emergem com as diversas culturas vivenciadas pelos professores que transitam entre uma comunidade e outra, ou entre um município e outro nas fronteiras do Distrito de Aracê, em Domingos Martins/Estado do Espírito Santo/Brasil. Para evidenciar questões sobre cultura e interculturalidade, aprofundam-se reflexões sobre as implicações das diversas culturas na Educação do Campo em um contexto de fronteiras. Discute-se a interlocução entre as fronteiras geográficas e culturais do campo onde se dá o trânsito dos professores e suas relações com o outro através do diálogo. Compreende-se a geografia não inserida em mapas no contexto das comunidades e escolas em regiões fronteiriças, mas nas fronteiras concretas das relações sociais. Beneficia-se do estudo de caso para análise de documentos, observações de encontros de planejamento na escola, bem como de sala de aula, participação em encontros de formação continuada, com realização de entrevista semiestruturada com os professores e, anotações no diário de campo. Situam-se brevemente aspectos sobre os municípios que integram a fronteira e da Educação do Campo. Foram estabelecidos diálogos com autores que discutem alguns conceitos-chave, como Educação do Campo (CALDART, 2012), fronteira (HEIDEGGER, 2012; FOUCHER, 2009), hibridação cultural (CANCLINI, 2001; 2013), interculturalidade (FOERSTE, 2010), diálogo (FREIRE, 1967), cartografia social (ALMEIDA, 2008), comunidade (BRANDÃO, 2012). As investigações se beneficiaram de abordagens qualitativas em educação (LUDKE e ANDRÉ, 1996; BRANDÃO, 2008; FICHTNER et al, 2012). Aponta-se que o sentimento de bem-estar institucional é dimensão preponderante na decisão de ir e vir nas fronteiras, entre um município e outro. As práticas dos professores se (re) significam na interação com os diversos saberes culturais, experienciais e coletivos, produzidos na dinâmica escolar e comunitária da fronteira. Pode-se afirmar que no contexto da escola investigada existem algumas condições que favorecem práticas de interculturalidade. Cabe aprofundar estudos sobre as relações estabelecidas na fronteira e seus impactos à valorização das culturas.
9

Determinação da eficiência técnica e da rentabilidade econômica dos produtores de leite do estado do Ceará: Uma aplicação de fronteira estocástica de produção

Silva, Francisco Dreno Viana da January 2007 (has links)
SILVA, Francisco Dreno Viana da. Determinação da eficiência técnica e da rentabilidade econômica dos produtores de leite do estado do Ceará: Uma aplicação de fronteira estocástica de produção. 2007. 92 f.: Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará. Mestrado Acadêmico em Economia Rural (MAER). Centro de Ciências Agrárias. Fortaleza-CE. 2007 / Submitted by Francisco Helder Macêdo Rangel (fhelder@ufc.br) on 2014-09-08T17:33:04Z No. of bitstreams: 1 2007_dis_fdvsilva.pdf: 531778 bytes, checksum: 341a2ab2bc45ad5650f292b0813d6162 (MD5) / Approved for entry into archive by Margareth Mesquita(margaret@ufc.br) on 2014-09-11T14:19:12Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2007_dis_fdvsilva.pdf: 531778 bytes, checksum: 341a2ab2bc45ad5650f292b0813d6162 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-09-11T14:19:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2007_dis_fdvsilva.pdf: 531778 bytes, checksum: 341a2ab2bc45ad5650f292b0813d6162 (MD5) Previous issue date: 2007 / Analyzes the technical efficiency and economic profitabillity of commercail dairy farmers from Ceará State. The stochastic frontier production methodology was used to estimate milk producers technical efficiency. As primary conclusion, the study observed a high rate of mean technical efficiency in the set of companies, about 80%, which points, however, to a relevant space to the unities efficiency growth, especially considering the efficiency rates dispersion. As it regards to the variable used to define the production frontier, all of them were statistically significant, and the expense with labor was the variable that presented the main contribuition to the production growth. Among varables used tio expalain techb=nical inefficiency, all resulted significant, and the genetic group of the herd was the one that presented the main participation at decreasing inefficiency. After the estimative of each company's efficiency, the present research analyzed the behavior of some technical indicators of productivity and economic profitability. It fouond that as the technical efficiency of the unities increased the indexes of productivity also improved, as well as a reduction of operational expenses and an elevation of profit margins. Finally, the research focused the important correlation between the efficiency level and the volume produced, suggesting a scale effect on milk production. / Analisa a eficiência técnica e a rentabilidade econômica dos produtores comerciais de leite do Estado do Ceará. A metodologia de fronteiras estocásticas de produção foi utilizada para estimara eficiência técnicas dos produtores. Como principais conclusões, observou-se elevada taxa de eficiência técnica média para o conjunto das firmas, em torno de 80%, indicando, contudo, um espaço relevante para o crescimento da eficiência das unidades, principalmente se for considerada a dispersão das taxas de eficiência. Em relação às variáveis utilizadas para definir a fronteira de produção, todas foram estatisticamente significativas, sendo a despesa com mão-de-obra aquela que apresentou maior contribuição para o crescimento da produção, enquanto, das variáveis utilizadas para explicar a ineficiência técnica, todas se mostraram significativas, sendo a composição racial do rebanho aquela que apresentou maior participação para a redução da ineficiência. Após a estimativa da eficiência de cada firma, estudou-se o comportamento de alguns indicadores técnicos de produtividade e de rentabilidade econômica, percebeu-se que, à medida que crescia a eficiência técnica das unidades, observava-se também melhora nos índices de produtividade, uma redução dos custos operacionais e elevação das margens de rentabilidade. Por fim, foi observada importante correlação entre o nível de eficiência e o volume produzido, indicando um efeito escala na produção de leite.
10

Fronteiras (in)visíveis: um olhar crítico sobre uma comunidade étnica de origem germânica do sul do estado de Santa Catarina.

Campos, Valdirene da Silva January 2013 (has links)
The main objective of this study was identifying and analyzing questions about of physical and metaphorical and/or symbolic borders in a Germanic ethnic community localized in the Southern Santa Catarina – Vargem do Cedro community – from the critical viewpoint of cultural studies and transnational anthropology, based on discussions which involve the new conceptions of the terms "community" and "border". This research is characterized methodologically as qualitative and quantitative. Thirty residents from the community participated in this study and they were divided into two groups: the first one represented by businessmen and employees of commercial establishments directly connected with tourism, and the second group was composed by individuals who are not linked to tourist activities, but they representing the community families. The main instruments for the research corpus collection were: questionnaire with open and closed questions, field journal and current and historical photographic records. The results revealed a diversity of visible and (in)visible borders from political mechanisms, inclusive/exclusionary social and cultural, in which certain aspects are formed as "barriers" to community identity reformulations from their constant contact with tourists and visitors. Therefore, the community object in this study presents very peculiar and with discrete reformulation cultural and identity characteristics, because it presents a certain resistance to flow, preferring to remain more strongly focused on maintaining their ethnic and cultural ties of “origin”, because in this way they “sell” and “project” in the tourism field, as ethnically peculiar in Brazilian lands. Thereby, it is possible conclude that this community, within the modernity concept, lives in an in-between place, in two borders, between “there” and “here”, between the solid and liquid modernity discussed by Zygmunt Bauman (2001). / Submitted by Rogele Pinheiro (rogele.pinheiro@unisul.br) on 2017-10-23T16:58:26Z No. of bitstreams: 1 108896_Valdirene.pdf: 24022333 bytes, checksum: 07a3ccfbaa823295c8668d4277303ee7 (MD5) / Approved for entry into archive by Fabiane dos Santos (fabiane.santos3@unisul.br) on 2017-10-23T16:58:55Z (GMT) No. of bitstreams: 1 108896_Valdirene.pdf: 24022333 bytes, checksum: 07a3ccfbaa823295c8668d4277303ee7 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-10-23T16:58:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 108896_Valdirene.pdf: 24022333 bytes, checksum: 07a3ccfbaa823295c8668d4277303ee7 (MD5) Previous issue date: 2013-07-31 / O objetivo principal deste estudo consiste em identificar e analisar questões de fronteiras físicas e metafóricas e/ou simbólicas, em uma comunidade étnica de origem germânica do Sul do Estado de Santa Catarina – comunidade de Vargem do Cedro – a partir do ponto de vista crítico dos estudos culturais e da antropologia transnacional, baseando-se nas discussões que envolvem as novas concepções dos termos “comunidade” e “fronteira”. Metodologicamente esta pesquisa se caracteriza como qualitativa e quantitativa. Foram participantes 30 moradores da comunidade, divididos em dois grupos: o primeiro representado por empresários e colaboradores dos estabelecimentos comerciais ligados diretamente ao turismo, e o segundo pelos indivíduos que não estão ligados às atividades turísticas, mas que representam as famílias da comunidade. Os principais instrumentos para coleta do corpus da pesquisa foram: questionário com perguntas abertas e fechadas, diário de campo e registros fotográficos atuais e históricos. Os resultados revelaram uma diversidade de fronteiras visíveis e (in)visíveis oriundas de mecanismos políticos, sociais e culturais includentes/excludentes, que em certos aspectos se formam como “barreiras” às reformulações identitárias da comunidade a partir de seus contato constante com turistas e visitantes. Assim, a comunidade objeto de estudo apresenta características culturais e identitárias bastante peculiares e com discretas reformulações, justamente por apresentar certa resistência aos fluxos, preferindo manter-se mais fortemente voltada para a manutenção de seus laços étnicos e culturais de “origem”, pois é dessa forma que se “vende” e se “projeta” turisticamente, como sendo etnicamente peculiar ao solo brasileiro. Sendo assim, pode-se concluir que esta comunidade, dentro do contexto da modernidade, vive no entre-lugar, nas duas margens, entre “lá” e o “cá”, entre a modernidade sólida e a modernidade líquida discutida por Zygmunt Bauman (2001).

Page generated in 0.0843 seconds