• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 44
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 45
  • 45
  • 14
  • 9
  • 9
  • 7
  • 7
  • 7
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 5
  • 5
  • 4
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Analise da multiplicação de virus entomopatogenicos no hospedeiro Diatraea saccharalis (Lepidoptera : Pyralidae)

Stoppe, Nancy de Castro, 1963- 22 March 1991 (has links)
Orientador : Octavio Henrique de Oliveira Pavan / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-13T22:49:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Stoppe_NancydeCastro_M.pdf: 2830576 bytes, checksum: aa7c3abb034e8ff499f184e61f1e0a13 (MD5) Previous issue date: 1991 / Mestrado / Genetica / Mestre em Ciências Biológicas
2

Estudos ecologicos e patologicos da infecção por Polidispyrenia simulu (Microspora : Pleistophoridae) em uma comunidade de Simulideos

Branco Junior, Armando Castello 31 July 1991 (has links)
Orientador : Carlos Fernando S. de Andrade / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-14T00:21:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 BrancoJunior_ArmandoCastello_M.pdf: 5894643 bytes, checksum: 115de0a11659e19ead484b0be8a5b106 (MD5) Previous issue date: 1991 / Resumo: No presente trabalho foi avaliada a ocorrência natural da microsporidiose causada por Polidispyrenia simulii em uma comunidade de simulídeos composta por três espécies, Simulium pertinax, S. subpallidum e S. pruinosum, em um riacho pertencente à bacia do rio Jaguari, no município de Morungaba, SP. Os resultados obtidos a partir de amostragens periódicas de larvas ao longo de um ano revelaram que as três espécies de simulídeos são susceptíveis à P. simulii, sendo que este ocorre em freqüentes epizootias nas populações larvais de S. pertinax e S. subpallidum, enquanto sua presença em S. pruinosum foi detectada muito raramente. As freqüências de infecção em larvas pequenas, médias e grandes indicam que larvas pequnas são mais afetadas pela doença. Além das freqüências de infecção diferenciadas nas três classes de tamanho, a ausência da infecção em pupas e adultos originados de indivíduos infectados indicam que a manutenção da doença no campo deve-se em grande parte a um mecanismo de transmissão horizontal. Estudos de laboratório revelaram que a infecção por P. simulii provoca o fenômeno de metatetelia nos indivíduos doentes, além de alterações nas respostas comportamentais destas. Estas alterações provavelmente comprometem a capacidade de competição por substrato para fixação e sítios de alimentação, além de aumentar a susceptibilidade dos indivíduos infectados a outros inimigos naturais, como predadores e parasitas...Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: The present work was undertaken to investigate natural occurence of Polidispyrenia simulii (Microspora, Pleistophoridae) in larvae populations of blackfly and to study ecological and pathological aspects of the pathogen-host relation. This work undertaken under field and laboratory conditions. Field work was done with Simulium pertinax, S. Subpallidum a S. Posum larvae while laboratory work was done with larvae, pupae and adults of S. Pertina00x and subpallidum. All these species occured in a stream nearby Morungaba/SP, a city located 60 km easterly from Campinas/SP. All the species investigated were susceptible to P. Simulii. The pathogen occured frequently in epizootic levels in S. Pertinax and S. Subpallidumlarvae while it was uncommon in S. Pruinosum larvae. The infection frequencies of P. Simulii in the larvae of different sizes suggests that small larvae are the most affect by the disease. The different infection levels in the size classes and the fact that pupae and adults originated from infected individuals were free of infection indicate that the microsporidiosis is maintained in the field population by a mecanism of horizontal transmission...Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations / Mestrado / Ecologia / Mestre em Ciências Biológicas
3

Controle do percevejo castanho (Scaptocoris castanea Perty, 1830 (Hemiptera: Cydnidae)) na cultura da soja (Glycine max (L.) Merrill) /

De Angelis, Salvatore, 1974- January 2002 (has links)
Orientador: Wilson Badiali Crocomo / Resumo: Este trabalho foi realizado com o objetivo de verificar o efeito da forma de semeadura e de alguns produtos químicos sobre a incidência do percevejo castanho na cultura da soja. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com 2 tratamentos e 4 repetições, com parcelas de 8m de comprimento x 8 m de largura, espaçadas de 1m. Os dados foram analisados segundo o esquema fatorial (2x6). Os fatores estudados foram: 2 formas de semeadura (preparo do solo e semeadura direta) e 6 tratamentos, sendo 5 produtos químicos comerciais - Temik 150 G (aldicarb - 15kg p.c. /ha), Regent 20 G (fipronil - 200g p.c./ha), Kumulus GrD (enxofre - 50kg p.c. /ha), Cruiser 700 WS (thiamethoxam - 200g p.c. /100kg sementes), Kilval 300 CE (vamidothion - 2 L p.c. /ha) e a testemunha (sem tratamento). Inicialmente, foi realizada uma amostragem prévia da incidência de percevejos castanho nas diferentes parcelas, e após o início dos tratamentos foram realizadas avaliações semanais, num total de sete, visando o acompanhamento da população dos insetos. Foram avaliados os seguintes parâmetros vegetativos da cultura: altura de planta; número de entrenós, ramos e vagens por planta; altura de inserção da primeira vagem; número de grãos por vagem; número de plantas (determinado em uma área de 1,5 m2 - repetido 3 vezes por parcela). Após a colheita avaliou-se o peso total de grãos por parcela, percentagem de umidade e peso de 100 sementes. Os dados obtidos permitiram concluir que a forma de preparo do solo convencional, rompendo as camadas e galerias mais profundas do solo, provoca uma redução da população do percevejo castanho da raiz maior que o uso desses inseticidas químicos testados, melhorando o desenvolvimento vegetativo e a produtividade da cultura. / Abstract: This work aimed to evaluate different systems to the control of burrowing bug, Scaptocoris castanea, in soybean crops. The experimental design was entirely randomized with 12 treatments and 4 replications, using plots with 8m length x 8 m width, distant 1m. The data were analised under factorial design (2x6x4), being 2 crop systems (conventional and no till) and 6 treatments: 5 commercial insecticides - Temik G (aldicarb - 15kg p.c./ha), Regent G (fipronil - 200g p.c./ha), Kumulus GrD (sulfur - 50kg p.c./ha), Cruiser 700 WS (thiamethoxan - 200g p.c./100kg seeds), Kilval CE (vamidothion - 1.0 L p.c./ha) and the control (without treatment). Initially was made a previous sampling of the burrowing bugs incidence in each plot. During the experimental period seven evaluations were made weekly to follow the insect population development. The vegetative evaluated parameters were: plant height; internodes number, branches and pods per plant; height of insert of the first pod; number of grains per pod; number of plants (determined in an area of 1.5 m2, replicated 3 times per plot). After the harvest were evaluated the total weigth of grains per plot, humidity percentage and weigth of 100 seeds. The obtained data indicated that the conventional system, that breaks the deepest layers of the soil, reduce the burrowing bug population more than the chemical insecticides tested, increasing the vegetative development and crop protuctivity. / Mestre
4

Controle de populações de Periplaneta americana (Linnaeus, 1758) (Blattodea: Blattidae) utilizando inseticida químico ou biológico

Baggio, Mariah Valente [UNESP] 17 March 2015 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-08-20T17:10:03Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2015-03-17. Added 1 bitstream(s) on 2015-08-20T17:25:57Z : No. of bitstreams: 1 000843029.pdf: 2165099 bytes, checksum: 8071b2bc7f900fdb98f8d13a65affa58 (MD5) / A espécie Periplaneta americana (Linnaeus, 1758) é uma praga urbana capaz de carrear patógenos para habitações humanas, depreciar alimentos, vestimentas e documentos. Estratégias de controle do organismo com menor risco ambiental podem ser utilizadas, como os fungos entomopatogênicos, com potencial no controle de suas ootecas, que são a fase de maior propagação do inseto. A estrutura geográfica em que as baratas vivem pode levar a subdivisões populacionais, com efeitos na patogenicidade e virulência dos entomopatógenos. O objetivo deste trabalho foi verificar o nível de divergência genética de populações de P. americana de duas cidades do Estado de São Paulo e avaliar a eficiência de controle de fêmeas e ootecas de P. americana após o tratamento com inseticidas sintéticos e fungos entomopatogênicos. As duas populações apresentaram alto nível de segregação, com diferenças em sua mortalidade. O uso dos fungos Metarhizium anisopliae (Metschnikoff, 1879) e Beauveria bassiana (Bals.-Criv.) Vuill. (1912) foi menos eficaz no controle de fêmeas de P. americana do que calda inseticida contendo lambdacialotrina na primeira aplicação em campo. M. anisopliae apresentou resultados promissores no controle de ootecas e fêmeas de P. americana, indicando seu potencial de uso em programas de manejo integrado deste inseto / Periplaneta americana's (Linnaeus, 1758) species is an urban pest capable of carrying pathogens to human habitations, depreciating food, clothing and documents. Control strategies of the organism with less environmental risk can be used, such as entomopathogenic fungi with potential in control of their oothecae, which is the stage of higher spreading of the insect. The geographical structure in which the cockroaches live can lead to population subdivisions, with effects on pathogenicity and virulence of entomopathogenic. The objective of this study was to determine the level of genetic diversity of P. americana's populations of two cities of São Paulo and evaluate the control efficiency of P. americana's females and ootheace after treatment with synthetic insecticides and entomopathogenic fungi. Both populations showed a high level of segregation, with differences in their mortality. The use of fungi Metarhizium anisopliae (Metschnikoff, 1879) and Beauveria bassiana (Bals.-Criv.) Vuill. (1912) was less effective in the control of P. americana's females than spraying containing insecticide lambdacyhalothrin in the first field application. M. anisopliae showed promising results in control of P. americana's oothecae and females, indicating its potential use in integrated pest management programs for this insect
5

Potencial inseticida de um extrato quitinolítico de Streptomyces sp. ENT-21 sobre Spodoptera frugiperda (J.E. Smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae)

Agostini, Thiago Trevisoli. January 2017 (has links)
Orientador: Guilherme Duarte Rossi / Banca: Angela Regina Araujo / Banca: Ricardo Antonio Polanozyk / Resumo: A exigência da sociedade por alimentos produzidos com baixos riscos de contaminação aos consumidores e ao meio ambiente tem aumentado constantemente. Nesse cenário, a identificação de novas formas eficazes e seguras para o controle de insetos-praga se mostra como uma tarefa contínua e as quitinases aparecem como uma interessante ferramenta. As quitinases são enzimas com ação de hidrólise sobre quitina e podem interferir no desenvolvimento de pragas visto que esse polímero constitui estruturas como a cutícula e a membrana peritrófica dos insetos. No presente trabalho, foi realizada a produção de um extrato quitinolítico a partir do cultivo da actinobactéria Streptomyces sp. ENT-21 em meio contendo quitina e avaliaram-se os efeitos desse extrato sobre o desenvolvimento de lagartas de Spodoptera frugiperda (J.E. Smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae), importante praga da cultura do milho. O extrato quitinolítico produzido resultou na interferência do desenvolvimento larval de S. frugiperda, no aumento da mortalidade e na redução do ganho de peso das lagartas em relação a lagartas mantidas como controle. Após fervura, o extrato produzido teve sua atividade quitinolítica inativada e não exerceu influência sobre a mortalidade larval de S. frugiperda em relação ao controle na concentração avaliada. Os resultados indicam que o extrato quitinolítico produzido pelo cultivo de Streptomyces sp. ENT-21 possui atividade inseticida sobre lagartas de S. frugiperda e que a atividade quitinolít... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Society's demand for food production at low contamination risks to consumers and to the environment is in constant increase. In this scenario, the identification of new effective and safe forms for the control of insect pests come into sight as a continuous task and chitinases are considered an interesting promisse. Chitinases are enzymes that hydrolyze chitin and can disrupt the development of insect pests since this polymer constitutes vital structures such as the cuticle and peritrophic membrane of insects. In the present work, we produced a chitinolytic extract using the actinobacterium Streptomyces sp. ENT-21 and evaluated the effects of this extract on larval development of an important pest of maize, Spodoptera frugiperda (J.E. Smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae) larvae. The chitinolytic extract interfered in the larval development of S. frugiperda affecting parameters such as larval mortality and larval weight gain. After boiling, no chitinolytic activity was detected in the extract and no influence of boiled extract was observed over S. frugiperda larval development at the evaluated concentration. The results suggest that the evaluated chitinolitic extract has insecticidal activity against S. frugiperda larvae and indicate the chitinolytic activity as an important component of the insecticidal activity of the extract / Mestre
6

Análise de mutações no fragmento do gene que expressa a proteína transmembrana de canal de sódio (Kdr) e da suscetibilidade a inseticidas em populações de Aedes (Stegomyia) aegypti (Linnaeus, 1762) (Diptera: Culicidae)

Piccoli, Carla Fernanda 06 December 2010 (has links)
Resumo: O uso continuado de inseticidas químicos ocasiona uma intensa pressão de seleção, acarretando problemas para os programas de controle de vetores. O termo “Knockdown Resistance” (kdr) é aplicado a insetos que perdem sua coordenação imediatamente após a exposição ao inseticida, recuperando-se após o seu efeito; sendo frequentemente causado por mutações de caráter recessivo Val1016Ile no canal de sódio voltagem dependente. Este trabalho teve como objetivos levantar dados e avaliar a suscetibilidade de larvas de 3° instar final e 4° inicial ao inseticida temephos, e verificar a presença da mutação Val1016Ile, que confere a resistência a adulticidas piretróides, em populações do Estado do PR. Foram recebidos ovos de 12 municípios paranaenses (Cianorte, Floraí, Guaíra, Ibaiti, Iguatu, Ivaiporã, Loanda, Londrina, Maringá, Nova Londrina, Paranavaí e Pitanga). Bioensaios para verificar a suscetibilidade ao temephos, estimando os valores das CL50, CL95, RR50 e RR95 foram realizados apenas para as populações de Aedes aegypti de Cianorte, Maringá e Paranavaí. A partir da calibração com a linhagem suscetível Rockefeller, foram estabelecidas oito concentrações do organofosforado, com quatro réplicas, tanto para as populações avaliadas como para o controle. A presença da mutação no códon 1016 foi verificada nos municípios de Floraí, Loanda, Londrina, Paranavaí e Foz do Iguaçu, sendo o último dividido em cinco regiões (Norte, Sul, Leste, Oeste e Central) devido a sua localização em área de tríplice fronteira. Para análises moleculares foram utilizados três iniciadores na técnica PCR alelo específico: um para o alelo mutante, um para o selvagem, e um terceiro específico da região conservada e comum a ambos. A verificação da amplificação foi realizada com eletroforese em gel de poliacrilamida, no qual a presença de uma banda 98bp indica homozigoto mutante (resistente), a presença de uma banda 78bp indica homozigoto selvagem (suscetível) e a presença de duas bandas indica heterozigoto (suscetível). A criação em laboratório resultou em 5857 adultos, sendo 4267 Aedes aegypti e 1586 Aedes albopictus. O número de paletas positivas variou de 2,0% a 100% e a taxa de eclosão oscilou entre 0 e 87,5%. A relação entre sexos aproximou-se do esperado (1:1) em todas as localidades para ambas as espécies. Os resultados a partir da concentração diagnóstico indicam que a amostra de Cianorte está com a suscetibilidade alterada, enquanto Maringá e Paranavaí estão resistentes. As razões de resistência (RR95) foram 3,56; 7,18 e 3,97; respectivamente. A presença da mutação Val1016Ile em todos os municípios avaliados sugere que o uso de piretróides está expondo as populações a intensas pressões de seleção. O predomínio de heterozigotos, observado em quase todas as regiões, pode elevar a frequência de indivíduos mutantes (resistentes) nas próximas gerações. O acompanhamento das populações deve ser feito de modo contínuo, a fim de detectar prontamente qualquer alteração no status de suscetibilidade e aumento na frequência da mutação. Informação a respeito da resistência é imprescindível para auxiliar nos programas de controle de vetores, podendo ser utilizada na indicação de metodologias alternativas, visando manter e restaurar a eficácia dos inseticidas químicos.
7

Flutuação populacional de Plutella xylostella (L., 1758) (Lepidoptera : Yponomeutidae) e seus parasitóides larvais no sudeste do Paraná

Marchioro, Cesar Augusto 06 May 2011 (has links)
Resumo: A traça-das-crucíferas, Plutella xylostella L., é a principal praga de brássicas em todo o mundo. A sua grande capacidade de desenvolver resistência a inseticidas e a ocorrência em elevadas densidades populacionais tem tornado a produção econômica de brássicas praticamente impossível em certas regiões do mundo. Nesse contexto, a adoção de métodos de controle alternativos é importante para a elaboração de um plano de manejo integrado para a espécie. Para isso, faz-se necessário o conhecimento da dinâmica entre insetos herbívoros, planta hospedeira e inimigos naturais. Desta forma, a presente tese teve por objetivo avaliar os fatores que afetam a biologia, sobrevivência, reprodução e dinâmica populacional de P. xylostella na Região Metropolitana de Curitiba. O estudo realizado em cultivos comerciais orgânicos demonstrou que apesar da contínua e abundante disponibilidade de plantas hospedeiras durante todo o ano, a ocorrência de P. xylostella se restringiu entre Junho e Novembro. Quatro espécies de parasitóides larvais foram identificadas associadas a P. xylostella, das quais Diadegma leontiniae (Brèthes) (Hymenoptera: Ichneumonidae), Apanteles piceotrichosus Blanchard (Hymenoptera: Braconidae) e Siphona sp. Meigen (Diptera: Tachinidae) foram freqüentes, enquanto Oomyzus sokolowskii (Kurdjumov) (Hymenoptera: Eulophidae) foi raramente encontrada. O parasitismo foi o principal fator que influenciou a abundância de P. xylostella na região, evidenciando o importante papel do complexo de inimigos naturais na regulação populacional da praga. A abundância de P. xylostella na área de estudo foi baixa em comparação com a registrada em regiões tropicais do Brasil e do mundo. Os parâmetros demográficos estimados para diferentes temperaturas evidenciam que médias mais elevadas de temperatura proporcionam uma maior capacidade de aumento da população. Este fato pode explicar a maior abundância de P. xylostella em regiões tropicais, que apresentam médias de temperaturas maiores que as registradas na região subtropical. O estudo também demonstrou que P. xylostella é capaz de completar o ciclo biológico utilizando brássicas silvestres como hospedeiro. Além disso, foi comprovado que as fêmeas ovipositam em brássicas silvestres mesmo na presença de hospedeiros cultivados. Em teste de preferência alimentar, foi demonstrado que lagartas de primeiro e terceiro instares aceitam folhas de brássicas silvestres como hospedeiro. Estes resultados evidenciam que brássicas silvestres podem ser utilizadas por P. xylostella como refúgio, favorecendo as chances de sobrevivência da praga em campo quando espécies cultivadas não estão disponíveis, ou quando o cultivo é afetado pela aplicação de inseticidas ou irrigação. Ademais, as brássicas silvestres em floração também podem fornecer alimento para os adultos. Foi comprovado que o acesso a fontes de carboidrato influencia significativamente a duração do período de oviposição, a fecundidade e, conseqüentemente, os parâmetros demográficos de P. xylostella. Existe atualmente uma crescente demanda por métodos de controle alternativos, que sejam efetivos em regular a população de P. xylostella e minimizem o efeito negativo sobre o meio ambiente. Nesse contexto, as informações contidas na tese a respeito da biologia e ecologia de P. xylostella e de seus parasitóides larvais são úteis para a elaboração de planos de manejo da espécie, principalmente no que diz respeito ao controle biológico.
8

Comparação entre o uso do tratamento termico com expurgo e de folhas de eucalipto com aplicação de inseticida no controle de insetos do feijão armazenado (Phaseolus vulgaris L.)

Rodrigues, Ester 16 August 1996 (has links)
Orientador: Benedito Carlos Benedetti / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Agricola / Made available in DSpace on 2018-07-25T15:19:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Rodrigues_Ester_M.pdf: 2001932 bytes, checksum: ec5a1f638b43c0b4240e4c704052f39b (MD5) Previous issue date: 1996 / Resumo: Neste trabalho, foi verificado o efeito da utilização de folhas de eucalipto (Eucaliptus citriodora) e tratamento ténnico (70°C por 8 min), comparando-os com o tratamentos químicos de aplicação de inseticida (Sumithion) e expurgo (fosfina), respectivamente, no controle do inseto Acanthoscelides obtectus (Say) no feijão (Phaseolus vulgaris L.) armazenado. o feijão foi armazenado com umidade de 13,4%, em sacos de aniagem de 22 kg cada, à temperatura ambiente. Nove tratamento foram utilizados. Inicialmente, o feijão foi caracterizado através da classificação comercial e as propriedades fisicas, peso específico aparente, peso específico real, porosidade e curvas de umidade de equilíbrio. O produto foi armazenado por 8 meses e mensalmente foram realizadas análises de umidade, grau de infestação e perda de peso. A cada 2 meses foram realizadas detenninações de acidez e análise sensorial. Os resultados demonstraram que o feijão sem nenhum tipo de tratamento apresentou o maior índice de infestação. Os tratamentos ténnico e folha de eucalipto se equivalem em eficiência. Os tratamentos folha de eucalipto, expurgo e tratamento ténnico-folha de eucalipto se equivalem em eficiência. Os tratamentos ténnico-folha de eucalipto, expurgo-folha de eucalipto, inseticida, tratamento ténnico-inseticida e expurgo-inseticida também se equivalem em eficiência e foram os que se mostraram mais eficazes no controle do caruncho do feijão armazenado, sendo que o tratamento alternativo mais indicado para a conservação do produto foi o tratamento ténnico- folha de eucalipto. As folhas de eucalipto não proporcionaram alteração no sabor, porém ocasionaram um aumento no teor de umidade do feijão armazenado / Abstract: The objective of this work was to verify the use of eucalyptus leaves (Euca/iptus citriodora) and thermal treatment (70°C for 8 min) in comparison with chemical treatment using insecticide (Sumithion) and fumigation (phosphine), respectively, in the control of the insect canthosce/ides obtectus (Say) in stored beans (Phaseo/us vu/garis L.). The product was stored with 13,4% moisture content, w.b., in bags of 22 kg each, at room temperature. Nine treatments were used. lnitially, the beans were commercially classified and the physical properties true density, bulk density, porosity and equilibrium moisture content were determined. The product was stored for 8 months and once a month moisture content, infestation leveI and lose of weight were measured. At every 2 months acidity and sensory analysis were realized. The results showed that the beans with no treatment had a higher rate of infestation. The thermal and eucalyptus leaves treatments were similar in efficiency. The eucalyptus leaves, fumigation and thermal-eucalyptus leaves treatments were also similar in efficiency. The thermal treatment-eucalyptus leaves, fumigation-eucalyptus leaves, insecticide, thermal treatment-insecticide and fumigation insecticide were also similar in efficiency and showed a stronger effect in the control of stored bruchid beans. However the best altemative treatment for insect control in beans was the combination of thermal treatment-eucaliptus leaves. The product stored with eucalyptus leaves had no change in the taste of the cooked beans, but the moisture content of the beans showed some increase during the storage period / Mestrado / Pre-Processamento de Produtos Agropecuarios / Mestre em Engenharia Agrícola
9

Taxonomia molecular de Bacillus entomopatogenicos

Kaji, Denise Akiko 18 August 1993 (has links)
Orientador : Vanderlei Perez Canhos / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos / Made available in DSpace on 2018-07-18T15:49:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Kaji_DeniseAkiko_D.pdf: 5928225 bytes, checksum: 2d2fec6671a89cddc1769763cf34ecc3 (MD5) Previous issue date: 1993 / Resumo: Foi efetuado um estudo taxômico de 15 isolados entomopatogênicos de mostras de solos e insetos do Brasil com características de bactérias aeróbias, formadoras de endosporos e presença de cristal. Treze isolados acarretaram 100 % de mortalidade a larvas de Aedes fluviatilis em leituras observadas a 24 h. Os resultados dos testes de caracterização morfológica, bioquímica e fisiológica indicaram que 14 isolados pertencem a espécie Bacillus thuringiensis (B.t.) enquanto que o 15° foi determinado como Bacillus sphaericus (B.s.). Através dos perfis eletroforéticos de proteínas totais 11 B.t. isolados foram identificados como subespécie israelensis (sorotipo H-14, incluindo duas linhagens não sorotipadas), 1 como kurstaki (soro tipo H3a, 3b) e 1 como morT!isoni (sorotipo H8a, 8b). As linhagens de B. thuringiensis subsp. israelensis (B.t.i.) formaram um grupo homogêneo distinto das linhagens de referências tóxicas. a lepidópteros e coleópteros. O isolado identificado como B. sphaericus demonstrou alta similaridade com a linhagem 2362 através de testes de atividade larVicida; fagotipagem (fagotipo 3) e sorologia (H5). Os 11 isolados identificados como B.t.i. pela sorologia e/ou perfIS eletroforéticos de proteínas totais não apresentaram polimorflsmo quanto aos fragmentos de restrição, quando foram utilizadas sondas do gene 16S rRNA e do cristal de B.t.i.. A sonda do gene toxigêniro de B.t.i. demonstrou ser bastante específica para a subespécie israelensis, não apresentando hibridizaçóes Com outras subespécies. O gene do cristal de B.t.i. de referência IPS82 e isolados identificados como B.t.i. foram amplificados através da reação em cadeia da polimerase (PCR), digeridos com Sau3AI e separados por eletroforese. Os perfis de restrição destes fragmentos foram idênticos. Esses resultados indicam que os B.t.i. isolados no Brasil formam uni grupo. homogêneo e de organização genética bastante conservada. Outras 28 linhagens de referência representando 12 subespécies de B.t. com 9 sorotipos diferentes, 4 B. cereus e 4 B. anthracis foram incluídas na análise do perfil de hibridização com o gene 16S rRNA Os dados obtidos mostraram correspondência com os testes de sorologia (DE BARJAC & FRACHON, 1990) e a taxonomia numérica (PRIEST et ai., 1988) / Abstract: Fifteen bacterial isolates from Brazilian soil and insects with aerobic, endospores and crystal characteristics were taxonomically analysed. Thirteen strains were shown to be pathogenic to Aedes fluviatilis larvae causing 100 % mortality in 24 hours and two strains were non-pathogenic. The results of morphological, biochemical and physiological tests indicated that 14 strains belong B. thuringiensis (8.t.) while the remaining strain was identified as B. sphaericus. Electrophoresis ofwhole celI protein patterns helped in the identification of eleven isolates as israelensis (serotype H-14, including two non-serotypable strains), 1 as kurstaki (serotype H3a, 3b) and 1 as morrisoni (serotype H8a, 8b). Moreover, it was shown that alI B. thuringiensis subsp. israelensis (8.t.i.) strains. formed a homogenous group distinct from reference strains toxic for Lepidoptera or Coleoptera. The isolate identified as B. sphaericus presented high similarity with strain 2362 by larvicidal tests, phagotyping (group 3) and serotyping (H5). The is.olates identified as subspecies israelensis by serology and/or electrophoresis of whole cell proteins patterns showed the same patterns using restriction fragments length polymorphisms (RFLPs) analysis with the 16S rRNA and the crystal gene of B.t.i. as probes. The crystal gene of B.t.i. used as the probe was specific only to the subspecies israelensis. The crystal gene of B.t.i. reference (IPS82) and isolated strains of B.t.i. were amplified by Polymerase Chain Reaction (PCR), digested with Sau3AI and electrophoresed in agarose gel. The restriction fragment patterns obtained were identical. It confirmed as stated above that the B.t.i. isolates used in this study are a highly homogenous group with a conserva tive. genetic organization. Furthermore, 28B.t. reference strains representing 12 subspecies (with 9 different serotypes), 4 B. cereus and 4. B. anthracis were compared with regard to their ribosomal RNA gene restriction patterns. The results obtained match the serological tests (DEBARJAC & FRACHON, 1990) and numerical taxonomy studies (PRIEST et al., 1988). The results in this study suggest that the techniques could be an altemative to serological tests / Doutorado / Doutor em Ciência de Alimentos
10

Biologia reprodutiva comparada de dois parasitoides de Drosophila: trybliographa brasiliense (HYMENOPTERA: EUCOLIDE) e Trichopria drosophilae (HYMENOPTERA : DIAPRIIDAE)

Almeida, Gilberto de Souza Soares de 20 February 1987 (has links)
Orientador: Crodowaldo Pavan / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-20T02:06:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Almeida_GilbertodeSouzaSoaresde_M.pdf: 2494070 bytes, checksum: aef15486e657175446a1a3a3bc36df13 (MD5) Previous issue date: 1987 / Resumo: Foram analisadas várias características biológicas de T.brasiliensis e T. drosophilae, duas espécies de microhimenópteros parasitóides de Drosophila. Na análise das várias atividades destes parasitóides durante a corte, verificou-se que o processo é complexo e pode mesmo servir de base para manter o isolamento sexual entre espécies. A atração do macho pela fêmea está relacionada com substâncias químicas atrativas e excitantes (feromônios) que estão distribuídas de forma diferencial nas várias partes do corpo da fêmea. Estes feromônios não são produzidos pelos machos e sua presença nas fêmeas parece ser detectada pelas antenas dos machos da mesma espécie. É a fêmea quem decide se aceita ou não ser copulada, sendo que ela demonstra ter aceitado ao abrir sua genitália. A fêmea pode permitir a corte, mas não necessariamente aceita ser copulada. A fêmea só permite uma cópula, embora possa aceitar múltiplas cortes. A especificidade dos microhimenópteros em relação às espécies de Drosophila é relativa, pois espécies taxonomicamente próximas podem ser parasitadas pela mesma espécie de microhimenóptero. Quando isto ocorre, o tempo de desenvolvimento do parasitóide no corpo do hospedeiro está relacionado com o tempo do ciclo vital deste. Quanto mais longo for o tempo de desenvolvimento do hospedeiro, mais longo torna-se o tempo de desenvolvimento do parasitóide. É tentada uma explicação para esta correlação. A oviposição do microhimenóptero nos casos estudados se dá em larvas ou pupas de Drosophila, em nenhum caso deu-se nas duas fases. A oviposição em geral é múltipla, mas apenas um microhimenóptero se desenvolve. As larvas derivadas dos ovos extra introduzidos no hospedeiro abortam. Há uma diferença significativa no número de descendentes de T.drosophilae e T.brasiliensis. Para as condições experimentais estabelecidas, a razão sexual média em T. brasiliensis é de 1,29 machos: 1 fêmea, enquanto que em T.drosophilae é de 3,23 machos: 1 fêmea / Abstract: It has analysed several biological features of Trybliographa brasiliensis (Hymenoptera: Eucoilidae) and Trichopria drosophilae (Hymenoptera: Diapriidae), two species of parasitoids of Drosophila. In the analysis of the several activities of these parasitoids during the courtship, it was verified that the process is complex and also can serve as a basis for the sexual isolation between species. The attraction of male to female is related to attractive and exciting chemical substances (pheromone) that are distributed at a distinctive way along the several parts of the female body. These pheromones are not produced by males and its presence in females seems to be detected by the antennae of males of the same specie. It is the female who decides if accept or no be copulated, and the female demonstrated the acceptance by openning its genitalia. The female may permite the courtship, but no necessarily accept be copulated. The female only permit one copula, although may accept several courtship. The specificity of the rnicrohimenoptera in relation to the species of Drosophila is relative, because taxonomically close species may be parasitized by the same of microhimenoptera. When this occur, the time of development of the parasitoid in the host body, is related to the time of the vital cicle of it. The longer the time of development of the host, longer will be the time of development of the parasitoid. A tentative explanation of this correlation is attempt. The oviposition of the microhimenoptera in the studied cases occur in larvae and pupae of Drosophila, and in none of them have occurred in both phases. The oviposition generally is multipla, but only one microhimenoptera develops itself. The larvae derivated from the extra eggs introduced in the host, are aborted. There is one significant difference between the prole of T. brasiliensis e T. drosophilae. The sex ratio is variable and may be or no equal of one to one / Mestrado / Mestre em Genetica

Page generated in 0.0879 seconds