• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 5
  • Tagged with
  • 5
  • 5
  • 5
  • 4
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Epistemologia da pesquisa em educação : estruturas logicas e tendencias metodologicas

Sanchez Gamboa, Silvio Ancisar, 1949- 16 November 1987 (has links)
Orientador: Pedro L. Goergen / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação. / Made available in DSpace on 2018-07-13T20:23:07Z (GMT). No. of bitstreams: 1 SanchezGamboa_SilvioAncisar_D.pdf: 6343342 bytes, checksum: 6551629ebf765ba9cecc61231d3156ec (MD5) Previous issue date: 1987 / Resumo: Esta pesquisa teve como objetivo analisar, a partir das abordagens metodológicas, a problemática epistemológica das dissertações e teses aprovadas nos Cursos de Pós-Graduação em Educação do Estado de São Paulo (1971-5.934) Utilizou-se, como categoria metodológica fundamental, a relação entre o lógico e o histórico. 1) No lógico, procurou-se reconstituir as estruturas internas das abordagens encontradas: as empírico-analíticas (66%), as fenomenológico-hermenêuticas (2.5%> e as crítico-dialéticas (9.5%), explicitando-se as categorias técnicas, teóricas, epistemológicas (níveis de articulações explícitas) e as categorias gnosiológicas e ontológicas (pressupostos implícitos). A reconstrução da lógica entre as abordagens metodológicas e seus pres-suPostos permitiurecuperar o nexo entre conhecimento e interesse presente nos processos de pesquisa. 2) No histórico procurou-se elucidar as tendências das várias abordagens, verificando-se que as primeiras quase hegemônicas num primeiro período, foram diminuindo progressivamente ante o surgimento e consolidação das outras alternativas. Ante a diversidade de opções metodológicas, das indefinições e incertezas, dos debates e conflitos decorrentes dela, e que dinamizam a atual produção dos Cursos de Pós-Graduação e contextualizam a formação dos pesquisadores, sugere-se o aprofundamento no estudo das questões epistemológicas da pesquisa para superar os riscos inerentes a essa diversidade, tais como, o reducionismo, a crítica fácil, a indefinição metodológica, o ecletismo e os modismos, e garantir assim, o desenvolvimento qualitativo da investigação em educação. / Abstract: Not informed. / Doutorado / Filosofia e História da Educação / Doutor em Educação
2

Grupos de estudo: uma possibilidade para qualificar a aprendizagem em ciências nas séries iniciais

Fagundes, Suzana Margarete Kurzmann January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T18:51:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000407196-Texto+Completo-0.pdf: 1545112 bytes, checksum: 99a3f98f943139edcbf70d1998c8cacb (MD5) Previous issue date: 2008 / The supported idea in this research shows the necessity to teach Science since the first cycles of the initial grades of elementary school, considering to the fact that children of that age are naturally curious, investigators and observers. The role of the teachers is offer opportunities to their students interact with the new knowledge, linking them to the previous one. For this, the teacher should remain always in forming, preparing themselves for the proposed changes. Thus, it was promoted study meetings with a group of initial grades of elementary school teachers (1st to 4 th) from a school of the interior of Rio Grande do Sul (RS) state. The meetings allow each of them to rethink their pedagogical practices to the expose their initial experiences. This activity contributed to a new position in face of the reality in which we live, and to the compromise with a pedagogical practice centralized in the new paradigms of education. Only this way, the teacher can provide means to the student becomes subject of construction of their own knowledges and, consequently, promote the construction of a significant learning. The methodology used in this study has a qualitative character, and the data collection was performed at school, in their natural environment, of prolonged and direct manner. The meetings intended to recognize and analyse the experiences, aspirations, frustrations, concerns, ideas and perspectives of the initial grades of elementary school series teachers in Science classes, and relate their practices and implicits theories with the meaning attributed to the Science teaching in this stage of schooling.From the study of these meetings, through Discoursive Textual Analysis, were built four categories: School Curriculum: who is the responsibility?, in which is presented the discussion that beyond the conceptual content, are also desirable the procedural and attitudinal contents. This categorie talks about the strategies that can be used to work this contents in the Sciences classes; Autonomy, which presents provisional findings as the teacher autonomy improvement as the student autonomy formation; The Teacher x modern times, which examines the concerns of teachers in front of modernity in both the cognitive and technological aspects and Projects: how to start?, reporting and analyzing concerns and possibilities of the group of teachers work with interdisciplinary projects in the Sciences classes. Through this analysis, it was concluded that the study groups can contribute to the transformation and development of pedagogical practice to the teachers, in special to the Sciences classes. Study groups are also important to the reflection of the student learning and to the construction of their knowledge. This growth can be noted in the course of the meetings, when the teachers were more worried about making "changes" in their classes, as well as to take decisions that became necessary in that period. / A idéia defendida nesta pesquisa mostra a necessidade de se ensinar Ciências já desde o primeiro ciclo das séries iniciais, repousando no fato de que as crianças dessa faixa etária são naturalmente curiosas, investigativas e observadoras. O papel dos professores é o de proporcionar aos seus alunos oportunidades para eles interagirem com os novos conhecimentos, associando-os aos conhecimentos prévios. Para isso, há necessidade de o professor manter-se sempre em formação, preparando-se para as mudanças que lhes são propostas. Assim, procurou-se promover encontros de estudo com um grupo de professoras de séries iniciais (de 1ª a 4ª) de uma escola do interior do estado do Rio Grande do Sul (RS), permitindo a cada uma delas repensar sua prática pedagógica ao explicitarem suas vivências iniciais, colaborando, desta forma, para um novo posicionamento diante da realidade em que vivemos, e para o comprometimento com uma prática pedagógica assentada em novos paradigmas de ensino. Acredita-se que só assim o professor possa oportunizar meios para que o aluno se torne sujeito da construção de seus conhecimentos e, desta maneira, possa promover a construção de uma aprendizagem significativa. A metodologia utilizada nesta pesquisa tem caráter qualitativo, sendo a coleta de dados efetuada em seu ambiente natural, na escola, de maneira prolongada e direta. Os encontros tiveram como objetivo conhecer e analisar as vivências, anseios, frustrações, preocupações, concepções e perspectivas das professoras de séries iniciais nas aulas de Ciências, bem como relacionar suas práticas e teorias implícitas com a significação atribuída ao ensino de Ciências nesta etapa de escolaridade.Do estudo destes encontros, por meio de Análise Textual Discursiva, foram construídas quatro categorias: Currículo escolar: de quem é a responsabilidade?, na qual se discute que, além dos conteúdos conceituais, também são desejáveis os procedimentais e os atitudinais e se reflete sobre as estratégias que podem ser utilizadas para trabalhar estes conteúdos nas aulas de Ciências; Autonomia, que apresenta conclusões provisórias, tanto sobre o aperfeiçoamento da autonomia do professor como sobre a formação da autonomia do aluno; O Professor frente à modernidade, que analisa as preocupações dos professores frente às modernidades tanto no aspecto cognitivo quanto tecnológico, e Projetos: como se começa?, relatando e analisando preocupações e possibilidades do grupo de professoras sobre formas de se trabalhar com projetos interdisciplinares nas aulas de Ciências. Através desta análise, concluiu-se que grupos de estudo podem contribuir para a transformação e desenvolvimento do fazer pedagógico dos professores, em especial no que se refere às aulas de Ciências, refletindo também na aprendizagem do aluno e na construção de seu conhecimento, pois pode-se observar esse crescimento no decorrer dos encontros, quando as professoras se mostravam mais preocupadas em fazer "mudanças" em suas aulas, bem como nas tomadas de decisões que se fizeram necessárias nesse período.
3

O educar pela pesquisa e a aprendizagem significativa crítica: uma união a favor do aluno na construção da autonomia e de conhecimentos

Amaral, Ionara Barcellos January 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T18:52:06Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000426666-Texto+Completo-0.pdf: 1328645 bytes, checksum: 552d36b6efc360b9b4655c29f8802ee1 (MD5) Previous issue date: 2010 / This work aims at understanding the way a methodological proposal for teaching Human Anatomy and Physiology may promote a (re)construction of knowledge and also give students of a Technical Nursing Course a higher level of autonomy while learning, which is achieved through the use of the principles of Education Through Research, Meaningful Learning, and Critical Meaningful Learning. This research was carried out at a school where the researcher established direct contact with the subjects. The methodological approach of this work is qualitative, descriptive, investigative and interpretative, with no generalizations at all. The data analyzed was taken from field diaries and audio recordings of all classes. The interpretation of the data was made with the Discourse Textual Analysis methodology, through which it was possible to recognize the fundamentals of a classroom with research, the main core of meaningful learning, and the principles of critical meaningful learning. The study had as result an organization of two categories and their subcategories. In the Building up Knowledge category it was possible to verify and validate the influence of the role of both teacher and student while constructing knowledge, not to mention the evidences of the construction of such knowledge, everything generated in order to benefit humankind and society itself. The Autonomy category ended up corroborating and legitimating the influence of the role of teachers in developing the autonomy of their students, not to mention the role of the students in developing autonomy themselves.This research also presents some evidences of the autonomous work developed by the students and the constitution of the assessment of such activities by the own subjects. We also analyze the importance of the teacher in stimulating research in the classroom, in considering the students‟ previous knowledge and in evidencing to the learner the purpose of the acquisition of a new knowledge. This investigation allowed us to conclude that the strategies developed with the students helped them to acquire an intellectual autonomy, a construction of knowledge dedicated to the formation of connections with further areas of knowledge, and the (re)discovery of interpersonal relations, which will contribute in their lives as health workers, as well as promote a personal growth. / Esta investigação tem por objetivo compreender como uma proposta metodológica, para o ensino de Anatomia e Fisiologia Humana, utilizando os princípios do Educar pela Pesquisa, da Aprendizagem Significativa e da Aprendizagem Significativa Crítica, pode proporcionar (re) construção de conhecimentos e maior autonomia na aprendizagem dos alunos do Curso Técnico de Enfermagem. Esta pesquisa foi realizada em ambiente escolar, através de contato direto da pesquisadora com os sujeitos da pesquisa. A abordagem metodológica caracterizou-se como qualitativa, descritiva, investigativa e interpretativa, sem intenções de generalização. Os dados analisados foram coletados por meio de diários de campo e de gravações em áudio. Para a interpretação dos dados, foi adotada a metodologia de Análise Textual Discursiva, pela qual foi possível reconhecer os fundamentos de uma sala de aula com pesquisa; o núcleo central da aprendizagem significativa; os princípios da aprendizagem significativa crítica. O estudo resultou na organização de duas categorias e suas subcategorias. Na categoria Construção de Conhecimentos, verificou-se e validou-se a influência do papel do professor e do aluno na construção de conhecimentos e as evidências da construção desse conhecimento, gerados em benefício do ser humano e da sociedade. A categoria Autonomia corroborou e legitimou a influência do papel do professor no desenvolvimento da autonomia do aluno, bem como o papel do estudante no desenvolvimento da própria autonomia. Apresentam-se evidências de trabalho autônomo realizado pelo estudante e a composição da avaliação das atividades propostas aos sujeitos. Interpreta-se a avaliação das atividades propostas aos sujeitos, pelos sujeitos.Analisa-se a importância de o professor estimular a pesquisa na sala de aula, considerar os conhecimentos prévios dos alunos e evidenciar ao aprendiz a finalidade da aquisição de um novo conhecimento. Concluiu-se que as estratégias desenvolvidas com os estudantes os auxiliaram o desenvolvimento da autonomia intelectual, a construção de conhecimentos para a formação de conexões com as demais áreas do conhecimento, a (re) descoberta de relações interpessoais, as quais propiciaram crescimento pessoal e os auxiliarão em suas vidas de trabalhadores na área da saúde.
4

Grupos de estudo : uma possibilidade para qualificar a aprendizagem em ci?ncias nas s?ries iniciais

Fagundes, Suzana Margarete Kurzmann 25 March 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-14T14:12:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 407196.pdf: 1545112 bytes, checksum: 99a3f98f943139edcbf70d1998c8cacb (MD5) Previous issue date: 2008-03-25 / A id?ia defendida nesta pesquisa mostra a necessidade de se ensinar Ci?ncias j? desde o primeiro ciclo das s?ries iniciais, repousando no fato de que as crian?as dessa faixa et?ria s?o naturalmente curiosas, investigativas e observadoras. O papel dos professores ? o de proporcionar aos seus alunos oportunidades para eles interagirem com os novos conhecimentos, associando-os aos conhecimentos pr?vios. Para isso, h? necessidade de o professor manter-se sempre em forma??o, preparando-se para as mudan?as que lhes s?o propostas. Assim, procurou-se promover encontros de estudo com um grupo de professoras de s?ries iniciais (de 1? a 4?) de uma escola do interior do estado do Rio Grande do Sul (RS), permitindo a cada uma delas repensar sua pr?tica pedag?gica ao explicitarem suas viv?ncias iniciais, colaborando, desta forma, para um novo posicionamento diante da realidade em que vivemos, e para o comprometimento com uma pr?tica pedag?gica assentada em novos paradigmas de ensino. Acredita-se que s? assim o professor possa oportunizar meios para que o aluno se torne sujeito da constru??o de seus conhecimentos e, desta maneira, possa promover a constru??o de uma aprendizagem significativa. A metodologia utilizada nesta pesquisa tem car?ter qualitativo, sendo a coleta de dados efetuada em seu ambiente natural, na escola, de maneira prolongada e direta. Os encontros tiveram como objetivo conhecer e analisar as viv?ncias, anseios, frustra??es, preocupa??es, concep??es e perspectivas das professoras de s?ries iniciais nas aulas de Ci?ncias, bem como relacionar suas pr?ticas e teorias impl?citas com a significa??o atribu?da ao ensino de Ci?ncias nesta etapa de escolaridade. Do estudo destes encontros, por meio de An?lise Textual Discursiva, foram constru?das quatro categorias: Curr?culo escolar: de quem ? a responsabilidade?, na qual se discute que, al?m dos conte?dos conceituais, tamb?m s?o desej?veis os procedimentais e os atitudinais e se reflete sobre as estrat?gias que podem ser utilizadas para trabalhar estes conte?dos nas aulas de Ci?ncias; Autonomia, que apresenta conclus?es provis?rias, tanto sobre o aperfei?oamento da autonomia do professor como sobre a forma??o da autonomia do aluno; O Professor frente ? modernidade, que analisa as preocupa??es dos professores frente ?s modernidades tanto no aspecto cognitivo quanto tecnol?gico, e Projetos: como se come?a?, relatando e analisando preocupa??es e possibilidades do grupo de professoras sobre formas de se trabalhar com projetos interdisciplinares nas aulas de Ci?ncias. Atrav?s desta an?lise, concluiu-se que grupos de estudo podem contribuir para a transforma??o e desenvolvimento do fazer pedag?gico dos professores, em especial no que se refere ?s aulas de Ci?ncias, refletindo tamb?m na aprendizagem do aluno e na constru??o de seu conhecimento, pois pode-se observar esse crescimento no decorrer dos encontros, quando as professoras se mostravam mais preocupadas em fazer "mudan?as" em suas aulas, bem como nas tomadas de decis?es que se fizeram necess?rias nesse per?odo
5

O educar pela pesquisa e a aprendizagem significativa cr?tica : uma uni?o a favor do aluno na constru??o da autonomia e de conhecimentos

Amaral, Ionara Barcellos 26 March 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-14T14:12:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 426666.pdf: 1328645 bytes, checksum: 552d36b6efc360b9b4655c29f8802ee1 (MD5) Previous issue date: 2010-03-26 / Esta investiga??o tem por objetivo compreender como uma proposta metodol?gica, para o ensino de Anatomia e Fisiologia Humana, utilizando os princ?pios do Educar pela Pesquisa, da Aprendizagem Significativa e da Aprendizagem Significativa Cr?tica, pode proporcionar (re) constru??o de conhecimentos e maior autonomia na aprendizagem dos alunos do Curso T?cnico de Enfermagem. Esta pesquisa foi realizada em ambiente escolar, atrav?s de contato direto da pesquisadora com os sujeitos da pesquisa. A abordagem metodol?gica caracterizou-se como qualitativa, descritiva, investigativa e interpretativa, sem inten??es de generaliza??o. Os dados analisados foram coletados por meio de di?rios de campo e de grava??es em ?udio. Para a interpreta??o dos dados, foi adotada a metodologia de An?lise Textual Discursiva, pela qual foi poss?vel reconhecer os fundamentos de uma sala de aula com pesquisa; o n?cleo central da aprendizagem significativa; os princ?pios da aprendizagem significativa cr?tica. O estudo resultou na organiza??o de duas categorias e suas subcategorias. Na categoria Constru??o de Conhecimentos, verificou-se e validou-se a influ?ncia do papel do professor e do aluno na constru??o de conhecimentos e as evid?ncias da constru??o desse conhecimento, gerados em benef?cio do ser humano e da sociedade. A categoria Autonomia corroborou e legitimou a influ?ncia do papel do professor no desenvolvimento da autonomia do aluno, bem como o papel do estudante no desenvolvimento da pr?pria autonomia. Apresentam-se evid?ncias de trabalho aut?nomo realizado pelo estudante e a composi??o da avalia??o das atividades propostas aos sujeitos. Interpreta-se a avalia??o das atividades propostas aos sujeitos, pelos sujeitos. Analisa-se a import?ncia de o professor estimular a pesquisa na sala de aula, considerar os conhecimentos pr?vios dos alunos e evidenciar ao aprendiz a finalidade da aquisi??o de um novo conhecimento. Concluiu-se que as estrat?gias desenvolvidas com os estudantes os auxiliaram o desenvolvimento da autonomia intelectual, a constru??o de conhecimentos para a forma??o de conex?es com as demais ?reas do conhecimento, a (re) descoberta de rela??es interpessoais, as quais propiciaram crescimento pessoal e os auxiliar?o em suas vidas de trabalhadores na ?rea da sa?de.

Page generated in 0.0812 seconds