• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 4
  • Tagged with
  • 4
  • 4
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Política de inclusão digital no ProJovem: um estudo das repercussões do programa no Recife

SILVA, Maria do Rozario Gomes da Mota 31 January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:23:07Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo7022_1.pdf: 1752425 bytes, checksum: 073b65dd40500ae087811b97dbb54760 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2009 / Neste trabalho, realizamos um estudo sobre a inclusão digital no ProJovem. A análise que realizamos se inseriu no debate sobre políticas de inclusão de jovens e a importância da ação pública voltada a esses segmentos. Partimos da problematização sobre como o ProJovem do Recife está promovendo (ou não) a inclusão digital; quais as percepções dos gestores, professores e jovens que participam do Programa sobre a inclusão digital e se os mesmos consideram que o ProJovem está conseguindo promover essa inclusão. Trabalhamos o conceito de inclusão digital, buscando superar a noção tradicional, sob a ótica do puro e simples acesso às tecnologias da informação e comunicação (TIC), pois, além dessa dimensão físico-material, pressupomos também as dimensões culturais e sociais da inclusão digital. Trata-se de um estudo de caso e pesquisa de campo, em que fizemos a análise da proposta pedagógica de inclusão digital do Programa, cotejando suas relações com as políticas de inclusão digital já implementadas pela administração municipal do Recife e com as condições de exclusão social, a que os estudantes estão submetidos. A pesquisa, de corte qualitativo, envolveu uma revisão bibliográfica, uma análise documental, a realização de três entrevistas semiestruturadas com dois gestores e um ex-gestor da Secretária da Educação, Esporte e Lazer do Recife; dezoito entrevistas semiestruturadas com professores e coordenadores Pedagógicos dos Polos; e a aplicação de cinquenta questionários com estudantes do Programa. Apoiamo-nos na técnica de análise de conteúdo, procurando captar o máximo de elementos relevantes, expressos nas falas dos entrevistados e nas entrelinhas dos documentos analisados. Como resultados, verificamos que, na prática, ainda existe uma valorização da dimensão físico-material, fazendo-se necessário uma maior articulação entre as dimensões culturais e sociais da inclusão digital proposta pelo ProJovem. Constatamos também que se torna necessário a realização de formação continuada para os docentes, para a apropriação crítica das TIC como forma de autoafirmação cultural e de conscientização e mobilização político-ideológica para a transformação da sociedade. Evidenciamos ainda que apesar dos indícios das ambiguidades e contradições da prática, uma ampla maioria dos professores e estudantes consideram a proposta de inclusão digital imprescindível para o exercício da cidadania
2

Política pública, juventude e educação:o programa nacional de inclusão de jovens na perspectiva dos atores envolvidos

ARAÚJO, Alexandre Viana 31 January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:20:27Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo9490_1.pdf: 971003 bytes, checksum: b2539584592f81e377c9c568e3fa5991 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2011 / Inserido entre os que se preocupam com a análise das políticas públicas para a educação, especificamente para a juventude brasileira, esse estudo tomou como foco o Programa Nacional de Inclusão dos Jovens ProJovem (período de 2005 a 2008). Teve como objetivo geral analisar o referido Programa como uma política pública para a juventude estabelecida pelo governo federal e materializada pelo município do Recife voltada para inclusão social dos jovens. Para tanto, analisou como se deu o seu processo de materialização na cidade do Recife tendo como referência as opiniões dos participantes. No estudo, a juventude é entendida como categoria social, indo além de uma visão biológica ou fisiológica. Tomando as políticas públicas como o Estado em ação, o ProJovem se insere no interior dessas políticas sendo considerada como uma política de caráter exclusiva relacionada aos jovens. Como opção metodológica, optou-se por realizar um estudo de caráter qualiquantitativo valendo-se de instrumentos estatísticos como ferramentas fundamentais para analisar os dados. Optou-se pela técnica de coleta de dados primários através de questionários, cujas respostas foram analisadas com ajuda do Statistical Package for the Social Sciences (SPSS). Os resultados revelaram que existe uma aprovação por parte dos sujeitos envolvidos em relação aos elementos inovadores do Programa. Identificou-se que os alunos reconhecem que o ProJovem atendeu as expectativas e trouxe contribuições positivas em suas vidas, com exceção da inserção no mundo do trabalho. Em relação aos professores, observou-se que apresentaram expectativas pessimistas, já que subestimam o futuro dos alunos participantes do Programa. Além deste aspecto, os principais problemas apresentados pelos professores para a permanência dos alunos no Programa estão relacionados às condições socioeconômicas dos jovens, sendo listados o trabalho, as demandas familiares e o atraso do auxilio financeiro como motivos. Em síntese, contatou-se que o ProJovem na sua versão original foi inovador em relação aos seus aspectos da gestão, como também em relação à sua estrutura pedagógica, no entanto, limites estruturais e conjunturais do público e do próprio Programa acabam por delineá-lo como uma ação governamental restrita e limitada no que se refere aos objetivos a que se propôs
3

Queixa escolar e adolescência: sentidos construídos em contexto de vulnerabilidade social em Camaçari-Bahia

Sena, Isael de Jesus 25 May 2015 (has links)
Submitted by Oliveira Santos Dilzaná (dilznana@yahoo.com.br) on 2016-04-11T17:49:23Z No. of bitstreams: 1 Dissertação de Isael Sena Queixa escolar e adolescência sentidos construídos em contexto de vulnerabilidade social.pdf: 1510435 bytes, checksum: 6958e661a054694c1fc5a1a5d6cfdd4f (MD5) / Approved for entry into archive by Ana Portela (anapoli@ufba.br) on 2016-04-28T19:16:04Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertação de Isael Sena Queixa escolar e adolescência sentidos construídos em contexto de vulnerabilidade social.pdf: 1510435 bytes, checksum: 6958e661a054694c1fc5a1a5d6cfdd4f (MD5) / Made available in DSpace on 2016-04-28T19:16:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação de Isael Sena Queixa escolar e adolescência sentidos construídos em contexto de vulnerabilidade social.pdf: 1510435 bytes, checksum: 6958e661a054694c1fc5a1a5d6cfdd4f (MD5) / A queixa escolar envolvendo adolescentes em contexto de vulnerabilidade social deve ser analisada considerando-se as especificidades da referida etapa do desenvolvimento humano e as condições concretas de existência do estudante. Diante disso, esta pesquisa fundamenta-se numa vertente da Psicologia Social denominada práticas discursivas e produção de sentido, uma abordagem que considera o conhecimento como construção social e busca identificar os processos pelos quais as pessoas descrevem, explicam e/ou compreendem o mundo em que vivem, isto é, constroem repertórios interpretativos que são constituídos histórica e culturalmente. O objetivo principal dessa pesquisa consistiu em investigar os sentidos construídos a partir da queixa escolar envolvendo adolescentes em situação de vulnerabilidade social e as estratégias utilizadas para lidar com a problemática, tendo como ponto de partida as famílias atendidas no Centro de Referência de Assistência Social de Camaçari-BA. Para isso, descrevemos o processo de encaminhamento dos adolescentes ao CRAS, considerando a rede institucional e os trâmites regulatórios e operacionais de tais encaminhamentos, bem como delineamos os sentidos construídos pelos representantes de diferentes instituições; e, após identificar as estratégias utilizadas pelos profissionais que lidam com a queixa escolar, mapeamos a rede acionada. Partimos de dois casos de adolescentes encaminhados ao CRAS e entrevistamos alguns profissionais com o objetivo de captar concepções e estratégias utilizadas. O procedimento de coleta de dados compreende 15 entrevistas episódicas, transcritas na íntegra e submetidas a análise a partir da elaboração de mapas de associações de ideias e da árvore de associações. Com base nos diferentes repertórios interpretativos, constatamos que os estudantes que apresentam dificuldades no processo de escolarização e não correspondem ao ideal da escola são encaminhados para os serviços especializados na tentativa de desenvolverem a temperança e a obediência aos princípios escolares. Assim, a ampliação da rede de abordagem da “queixa escolar” não se deve à compreensão da problemática, e, portanto, das repercussões para o processo de ensino-aprendizagem. Antes, trata-se de mais um desvio da “queixa escolar” que, relacionada ao uso, abuso e tráfico de drogas, e à violência, qualifica o espaço educativo como instrumental do processo hercúleo de sobrevivência de adolescentes e de suas famílias. A presente investigação poderá possibilitar uma melhor compreensão da queixa escolar com adolescentes, em escola pública, em contexto de vulnerabilidade social. Ademais, esperamos contribuir para a elaboração de políticas públicas voltadas para a juventude, ajudando, dessa forma, a reduzir a desigualdade social a que está submetida uma parcela de adolescentes em decorrência da vulnerabilidade individual, social e programática. The school complaints involving teenagers in social vulnerability context must be analyzed considering the specificities of the stage of human development mentioned and the concrete conditions of students’ existence. Facing this, this research is grounded on a branch of Social Psychology called discursive practices and production of meaning, an approach that considers knowledge as a social construction and seeks to identify the processes by which people describe, explain and/or comprehend the world in which they live, that is, they build interpretative repertoires that are constituted historically and culturally. The main objective of this research consisted in investigating the meanings constructed from the school complaint involving adolescents in situations of social vulnerability and the strategies used to deal with the issue, taking as its starting point the families attended in the Social Assistance Reference Center (Centro de Referência de Assistência Social - CRAS) of Camaçari, Bahia. For this, we describe the process of forwarding adolescents to CRAS, considering the institutional framework and the regulatory and operational procedures of such forwardings, as well as outline the meanings constructed by the representatives of different institutions; and after, identifying the strategies used by the professionals who deal with the school complaint, we map the actuated network. We have started from two cases of adolescents forwarded to CRAS and have interviewed some professionals with the objective of capturing concepts and strategies used. The data collection procedure comprises 15 episodic interviews, fully transcribed and submitted to analysis from the elaboration of idea association maps and the tree of associations. Based on different interpretative repertoires, we deduced that students who presented difficulties in the schooling process and do not correspond to the school’s ideals are forwarded to specialized services in an attempt of developing temperance and obedience to school principles. Thus, the expansion of the approach network of the school complaint is not due to comprehending the problematic, and therefore the impact on the teaching-learning process. Rather, it is one more deviation from the “school complaint” that, related to the use, abuse and traffic of drugs, and to violence, qualifies the educational space as a tool for the herculean process of survival of teenagers and their families. The present investigation may enable a better understanding of school complaints with adolescents in public schools, in context of social vulnerability. Moreover, we hope to contribute for the elaboration of public policies for youth, helping thereby to reduce the social inequality to which is submitted a portion of teenagers due to the individual, social and programmatic vulnerability.
4

A formação para o trabalho em saúde: uma análise a partir da qualificação em saúde do programa projovem trabalhador no município do Rio de Janeiro

Santos, Mércia Maria dos January 2012 (has links)
Submitted by Mario Mesquita (mbarroso@fiocruz.br) on 2014-11-05T18:49:14Z No. of bitstreams: 1 Mercia_Santos_EPSJV_Mestrado_2012.pdf: 1271584 bytes, checksum: 24e5652775d4e65dde19b67357b3d16d (MD5) / Approved for entry into archive by Mario Mesquita (mbarroso@fiocruz.br) on 2014-11-05T19:03:58Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Mercia_Santos_EPSJV_Mestrado_2012.pdf: 1271584 bytes, checksum: 24e5652775d4e65dde19b67357b3d16d (MD5) / Made available in DSpace on 2014-11-05T19:03:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Mercia_Santos_EPSJV_Mestrado_2012.pdf: 1271584 bytes, checksum: 24e5652775d4e65dde19b67357b3d16d (MD5) Previous issue date: 2012 / Fundação Oswaldo Cruz. Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio. Laboratório de Educação Profissional em Vigilância em Saúde / Essa pesquisa teve como objetivo analisar a concepção de saúde e de qualificação em saúde desenvolvida no Programa Projovem Trabalhador no Rio de Janeiro e suas implicações na vida profissional, sócio-economica e política a partir da percepção dos alunos e egressos. Para alcançar esse objetivo foram realizadas entrevistas abertas e fechadas com alunos e egressos participantes do programa.Utilizamos o método dialético, por acreditar que o método permite conhecer e caminhar pela realidade dos sujeitos envolvidos, suas relações sociais, políticas, econômicas, ao mesmo tempo em que possibilita um olhar crítico sobre a realidade ainda que a transformação da mesma nos pareça utópica. O caminho percorrido possibilitou o entendimento de uma Política para Jovens que se preocupa em orientá-los para o mercado de trabalho sem considerar a saúde e suas especificidades. Para analisar a formação e a concepção de saúde do programa, buscamos na Política de Educação Profissional em Saúde seus fundamentos históricos na luta pela formação dos profissionais que atuam no setor e os fundamentos teóricos que nos esclarecem como as políticas educacionais são influenciadas pelos conceitos de empregabilidade, formação para o trabalho e competência. Finalmente concluímos que na visão dos alunos e egressos, o curso não aprofundou conhecimentos de saúde, não ofereceu aulas práticas para os alunos e os professores tinham pouca qualificação.Na opinião dos alunos, eles não se sentiam qualificado o suficiente para enfrentar o mercado de trabalho. Sabendo que essa investigação não se esgota aqui, esse foi apenas um movimento curioso de buscar entender a política para os jovens e levantar alguns questionamentos em relação ao que de fato significa formar profissionais para atuar no setor saúde. / This study aimed to analyze the concept of health and health qualification developed in Projovem Worker Program in Rio de Janeiro and its implications for jobs, socio-economic and policy from the perspective of students and graduates. To achieve this goal were open and closed interviews with students and graduates and participants of Programa.Utilizamos the dialectical method, believing that the method allows to know and walk in the reality of the subjects involved, their social, political, economic, while it allows a critical look at the reality even though the transformation of it will seem utopian.The path has enabled the understanding of a policy that cares for young people to advise them for the labor market without regard to health and their specificities. To analyze the formation and development of health program, we sought in Policy Health Professional Education in its historical foundations in the fight for the training of professionals working in the sector and the theoretical foundations that we clarify how educational policies are influenced by the concepts of employability job training and competence. Finally we conclude that in view of students and graduates, the course did not deepen knowledge of health, did not offer practical lessons for students and teachers had little qualificação.Na opinion of the students, they did not feel qualified enough to face the labor market.Knowing that this investigation does end here, this was just a curious movement of seeking to understant the policy for Young people and raise some questions about what it really means to train professionals to work in the health sector.

Page generated in 0.0652 seconds