• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 72
  • 4
  • Tagged with
  • 76
  • 43
  • 38
  • 37
  • 28
  • 25
  • 24
  • 24
  • 22
  • 21
  • 21
  • 20
  • 20
  • 20
  • 19
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

[en] YOUTH PARTICIPATION AND RIGHTS: YOUTH PERCEPTIONS ABOUT THEIR PARTICIPATION ON THE FEDERAL GOVERNMENT PROJECT PROJOVEM (NATIONAL PROGRAM OF INCLUSION OF YOUNG: EDUCATION, QUALIFICATION AND COMMUNITARIAN ACTION) / [pt] JUVENTUDE, PARTICIPAÇÃO E DIREITOS: UM OLHAR PARA AS PERCEPÇÕES DE JOVENS DO RIO DE JANEIRO SOBRE SUA PARTICIPAÇÃO NO PROJOVEM (PROGRAMA NACIONAL DE INCLUSÃO DE JOVENS: EDUCAÇÃO QUALIFICAÇÃO E AÇÃO COMUNITÁRIA)

LUCILEIA PEREIRA 20 December 2007 (has links)
[pt] Esta dissertação aborda as percepções de jovens sobre sua participação no PROJOVEM. O estudo foi realizado em seis estações da juventude na cidade do Rio de Janeiro onde o programa foi implantado. A reflexão é acerca do direito à participação da juventude nas políticas públicas de promoção da cidadania, conforme proposto pela Constituição Federal de 1988, pelo Estatuto da Criança e do Adolescente de 1990 e pelo Estatuto da Juventude de 2004, nos quais as políticas públicas para este segmento são concebidas como um direito. A análise da participação e direitos à juventude brasileira da atualidade, se impõe como necessidade perante o grande contingente jovem e à situação de vulnerabilidade que se encontra grande parte desse contingente. A pesquisa demonstra que o PROJOVEM é percebido pelos jovens entrevistados não somente como um direito, mas também como um favor. Em alguns aspectos os jovens reconhecem benefícios nesta iniciativa do governo, no entanto, não acreditam que venha promover uma mudança em sua condição de vida, pois não atende suas expectativas de direitos igualitários. Os jovens demonstram estar conscientes de seus direitos, participação e responsabilidades. / [en] This dissertation explores the perception of youth about their participation on the Federal Government Project known as PROJOVEM. The research took place in six different establishments where the project was implemented in the city of Rio de Janeiro. The main focus is on the right to participation for youth guaranteed in the Brazilian Constitution of 1988, in the National Statute for Children and Youth created in 1990 and also by the Youth Statute from 2004. The analyses of youth participation and their rights have a particular importance considering the number of youth in Brazil living in vulnerable situations. The research has demonstrated that the youth interviewed perceives PROJOVEM as a right but at the same time as a favor. Even though they recognize that this federal project offer alternatives in general they feel that it won´t change their life conditions. The youth demonstrated to have a good understanding of their rights and responsibilities.
2

Juventude, participação e cidadania : um estudo sobre a experiência do Projovem Urbano em Recife/PE

Melo, Rosicleide Araújo de, Fonte, Eliane Maria Monteiro da 31 January 2014 (has links)
Submitted by Paula Quirino (paula.quirino@ufpe.br) on 2015-03-10T17:42:05Z No. of bitstreams: 1 TESE Rosicleide Araújo de Melo.pdf: 2246161 bytes, checksum: 725f7302091257bc1015705be5894409 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-10T17:42:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 TESE Rosicleide Araújo de Melo.pdf: 2246161 bytes, checksum: 725f7302091257bc1015705be5894409 (MD5) Previous issue date: 2014 / CNPq / O Projovem Urbano visa fomentar nos jovens uma cultura de participação e exercício de cidadania ativa. Este estudo teve como objetivo compreender a dinâmica de participação e construção de cidadania, tal como concebidas nas estratégias e ações do Projovem Urbano, a partir do Plano de Ação Comunitária – PLA. Buscando analisar como este processo se configura na prática, foram selecionadas como estudo de caso duas escolas participantes do Projovem Urbano em Recife – PE. A pesquisa buscou identificar qual a percepção dos jovens em relação às experiências vivenciadas no Programa e possíveis contribuições dessas atividades sobre mudanças de percepções, valores e práticas cidadãs e de participação política destes jovens. Do ponto de vista teórico, foram abordados os conceitos de políticas públicas, juventude, participação e cidadania. Os documentos oficiais do programa foram analisados a fim de subsidiar o conhecimento de como se configura esta Política e suas estratégias de ação. Para o estudo empírico, optou-se pela utilização de métodos de pesquisa qualitativa e quantitativa, através da combinação das duas abordagens. Como instrumentos de recolha dos dados foram utilizados entrevistas semiestruturadas, questionário e entrevistas de grupo. As entrevistas foram realizadas com os professores das duas escolas selecionadas e os coordenadores dos Polos onde se localizavam as escolas. O questionário e entrevistas de grupo foram aplicados a uma amostra não probabilística de jovens matriculados nas duas escolas, selecionados por acessibilidade e disposição em participar da pesquisa. Como resultado, foram identificadas nas falas dos jovens as contribuições das atividades de Participação Cidadã em temas como cidadania e participação na comunidade, apesar de alguns mostrarem descrédito e desinteresse em relação à política. As críticas e opiniões de insatisfação dos alunos quanto à execução do Projovem incidiram principalmente sobre os cursos de qualificação profissional oferecidos, considerando-se como pontos críticos a questão da não garantia de realização dos cursos pretendidos pelos alunos e aspectos estruturais de seu funcionamento. Os resultados da pesquisa apontam também o reconhecimento por parte dos jovens da contribuição do Programa em relação à construção de projetos futuros, envolvendo a continuidade dos estudos e a busca de uma profissão. As conclusões do estudo indicam que a efetividade da dimensão educativa na construção de uma cultura de participação e exercício de cidadania ativa, presente na proposta do Programa, é perceptível na fala dos jovens pesquisados. Porém, elementos estruturais e institucionais do Projovem Urbano trouxeram problemas para o funcionamento do Programa nas escolas estudadas. Além disso, por se tratar de uma intervenção voltada para os jovens se faz necessário que canais de diálogo sejam estabelecidos entre os gestores e os beneficiários dessa Política, para que o Projovem Urbano seja uma Política para e com as juventudes.
3

A Materialização da integração entre a Qualificação Profissional e a Formação geral no âmbito do PROJOVEM em Recife-PE

OLIVEIRA, Maria Angela Alves de 31 January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:17:15Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo193_1.pdf: 1376749 bytes, checksum: 1ce0de6267b6de269e9d469c8b96e603 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2009 / Universidade Federal de Pernambuco / Esta pesquisa analisou a proposta metodológica de integração entre a formação geral e a formação profissional de jovens no âmbito do Programa Nacional de Inclusão de Jovens: ProJovem, tendo a rede municipal de ensino da cidade do Recife como espaço empírico de investigação. O levantamento de dados foi feito a partir de três instrumentos de pesquisa: análise documental, realizada em documentos do programa produzidos tanto em nível do governo federal como pela Secretaria Municipal de Educação; aplicação de questionários a educadores do Programa; e entrevista semi-estruturada com gestores, formadores e educadores. Os resultados evidenciaram que a integração entre a formação geral e a formação profissional, ainda que seja objetivada nos documentos norteadores do Programa, não se concretizou como um princípio pedagógico e político na prática cotidiana dos educadores, por conseguinte, no interior do ProJovem. As práticas pedagógicas, desenvolvidas no chão da escola, estão respaldadas em concepções que revelam uma nítida separação entre a formação geral e a formação para o mundo do trabalho. Esta separação tem uma maior expressão na prioridade dada pelos alunos às aulas dos arcos ocupacionais, na dicotomia entre os conhecimentos gerais e específicos e nas diversas dificuldades que se constituem impedimentos para o estabelecimento de práxis pedagógica baseada em relações de cooperação e em produções coletivas de conhecimentos. Dessa maneira, pode-se afirmar que os achados da pesquisa tendem a confirmar análises desenvolvidas por outras investigações que apontam para o aprofundamento da precarização econômica e cultural dos trabalhadores e num permanente movimento contraditório de humanização/alienação nas ações de qualificação profissional
4

A relação dos/das jovens com o saber a partir da experiência no programa de inclusão de jovens - PROJOVEM

ARAUJO, Dayse Alves Pessoa de 31 January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:20:45Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo3481_1.pdf: 6221646 bytes, checksum: 599d01008dc13d36cf4fe24ec672895a (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2008 / A presente pesquisa tem como objetivo compreender a relação dos/as jovens com o saber a partir da experiência do Programa de Inclusão de Jovens ProJovem vivenciado na Cidade do Recife. A pesquisa está ancorada no campo teórico da Educação Popular, por entendermos que a educação dos/as jovens a quem se destina o Programa ProJovem vai ao encontro deste campo na medida em que a realidade começa a fazer algumas exigências à sensibilidade e à competência científica dos educadores e educadoras. Trabalhamos a relação com o saber a partir das idéias de Charlot (2000), compreendendo-a como elemento da parcialidade prática discente desenvolvida de acordo com a concepção de Prática/Práxis Pedagógica conforme é teorizada por Souza (2007). Partindo da reflexão sobre a nossa prática, o estudo sobre o objeto relação com o saber desenvolve-se na perspectiva da Pesquisa Participante, a qual buscamos, através de uma abordagem qualitativa do conhecimento, organizar estratégias para dialogar com os/as jovens participantes da pesquisa e dessa forma obtermos dados que subsidiassem a compreensão dessa relação. Ao considerarmos a Proposta Pedagógica do ProJovem, dialogamos sobre as concepções as quais se pautam o referido Programa e, assim, discutimos o saber integrado, partindo das categorias saberes teóricos ou intelectuais, saberes práticos e saberes de natureza ético-moral; e dos conteúdos educacionais, instrumentais e operativos, formuladas pelos referidos teóricos, para a criação das unidades de análise saberes privilegiados, saberes priorizados e estratégias para aprender presentes na concepção do objeto em questão. Essas unidades, em confronto com os dados obtidos na vivência em campo, possibilitaram chegar às seguintes considerações: a) partindo do saber integrado (formação básica, qualificação profissional e ação comunitária) não há privilegiamento de saber/es, mas sim privilegiamento do ProJovem em relação à Escola; b) constatamos que houve a priorização dos saberes teóricos ou intelectuais (conteúdos educacionais e instrumentais) ligados aos conhecimentos da formação básica e saberes práticos que relacionamos à qualificação profissional; c) verificamos que os/as jovens desenvolvem estratégias próprias para aprender, que se misturam com as estratégias convencionais e criam o que denominamos de dispositivos de retorno pedagógico . Desta forma, as considerações parciais desta pesquisa apresentam resultados de suma importância à compreensão da noção de relação com o saber, anunciando a necessidade e a possibilidade de novas investigações acerca da temática
5

Nada para fazer! Interesses, processos educativos e suportes presentes nas interações dos jovens com o Projovem Adolescente em Ribeirão Preto - SP / Nothing to do! Interests, educational processes and support present on young peoples interactions with the Projovem Adolescente Project in Ribeirão Preto SP.

Vinha, Gisele Cristina Gentilini 29 May 2014 (has links)
Criado pelo Governo Federal, em 2008, o Projovem Adolescente Serviço Socioeducativo vem sendo executado de forma descentralizada e através de parcerias que envolvem o Governo Federal e governos de administrações locais. De natureza socioeducativa, compreendemos o Projovem Adolescente como uma iniciativa pública que propõe adensar e diversificar os processos de socialização secundária e ampliar os suportes de determinados segmentos da juventude brasileira, mediante (re)inserção do jovem no sistema escolar e o oferecimento de atividades de educação não formal. A partir de inquietações profissionais da pesquisadora, o estudo visou (1) compreender os processos de implantação e implementação da versão do Projovem Adolescente Serviço socioeducativo, num território específico da cidade de Ribeirão Preto; (2) verificar os interesses e as opiniões dos sujeitos que interagiram com as atividades socioeducativas e ainda; (3) levantar as contribuições daquela iniciativa pública aos jovens homens e mulheres que tiveram interesse em acessar e fruir das ações educativas de natureza não formal ou não escolar sob a perspectiva da socialização secundária e dos suportes. O estudo é de natureza qualitativa, no qual realizamos levantamento e leitura de obras pertinentes às temáticas centrais da pesquisa, formulamos e aplicamos questionário estruturado com 47 jovens que participaram das atividades socioeducativas do Projovem nos anos de 2008 a 2012, realizamos entrevistas semiestruturadas com quatro (4) profissionais representantes da geração adulta que interagiram com aqueles jovens; e investimos em atividades de observação. O conjunto dos dados obtidos por meio dos procedimentos mencionados foi analisado, a partir de referências situadas nos domínios das Ciências Sociais. Os resultados indicaram que as etapas de implantação e desenvolvimento dos Coletivos socioeducativos do Projovem Adolescente em diferentes bairros de Ribeirão Preto, especialmente no bairro Quintino II, foram marcadas por problemas de diferentes ordens: estruturais, de recursos humanos, e dificuldades dos responsáveis diretos em estabelecer parcerias com os setores municipais e demais instituições, em especial com os gestores das unidades escolares. Já os resultados da aplicação dos questionários, da observação e das interações com os sujeitos jovens, demonstraram que o poder público local não proporcionou espaços e condições adequadas para os jovens viverem a condição juvenil com qualidade. Ao ingressar nas atividades socioeducativas da Estação do Alto, no bairro Quintino II, os jovens buscavam ampliar as opções de socialização secundária, principalmente aquelas direcionadas à capacitação para a inserção no trabalho formal, de acesso às atividades culturais, de lazer e ocupação do tempo livre e adensar a rede de amizades. Para os jovens que permaneceram nas atividades socioeducativas da Estação do Alto, eles tiveram suas experiências juvenis mais diversificadas, pois puderam expandir os quadros socializadores e contar com o suporte possibilitado pelas interações intergeracionais e o grupo de pares. Por outro lado, os jovens que não permaneceram nas atividades do Projeto, relataram que se desinteressaram pelas atividades educativas em virtude de sua fragilidade, por que não viram suas necessidades ou demandas contempladas, por que encontraram na esfera do trabalho, no matrimônio, na maternidade ou no mundo do ilícito outras referências significativas e socializadoras. / Created by the Federal Government in 2008, the Projovem Adolescente Socio-educational Service project has been carried out in a decentralized manner and through partnerships which involve the Federal Government and local administration governments. Socio-educational in its nature, we understand the Projovem Adolescente project as a public initiative which aims to intensify and diversify the secondary socialization processes and amplify support to certain layers of the Brazilian youth, through (re)insertion of the young subjects into the educational system and the provision of non-formal educational activities. Based on professional observations and inquiries from the researcher, this study aimed to (1) understand the processes of implantation and implementation of the version of the Projovem Adolescente Socio-educational Service project, in a specific territory of the city of Ribeirão Preto; (2) verify the interests and opinions of the subjects that interacted with the projects socio-educational activities and; (3) bring up the contributions of this public initiative to young people men and women who were interested in taking part and enjoying the non-formal educational actions under the perspective of support and the secondary socialization. The study has a qualitative nature, and in it we reviewed and studied the literature concerning the core themes of the research, formulated and applied a structured questionnaire with 47 young people who participed in the socio-educacional activities of Projovem between the years 2008 and 2012, we conducted semi-structured interviews with four (4) professionals representatives of the adult generation who interacted with the young people, and we invested in observation activities. The data collected by means of the aforementioned procedures were analyzed from references placed in the domain of the Social Sciences. The results indicated who that the stages of implementation and development of the socio-educational Collectives of the Projovem Adolescente project in different neighborhoods of Ribeirão Preto, specially Quintino II, showed important problems of different natures: structure, human resources, and difficulties of those directly in charge in establishing partnerships with city offices and other institutions, specially school unit principals. On the other hand, the results of the questionnaires, the observations and the interactions with the young subjects demonstrated that local government did not provide adequate space and conditions for young people to live juvenile condition with quality. Entering in the socio-educational activities of the Estação do Alto, in the Quintino II neighborhood, young people made an effort to broaden their options of secondary socialization, especially those aimed at the preparation for work-market inclusion, cultural activity and leisure access, free time activities, and friendship network improvement. For young people who remained in socio-educational activities at the Estação do Alto, they had more diverse youth experiences, because they were able to broaden their socializing scenes and count on the support provided by the intergenerational group of peers. On the other hand, young people who did not remain in the project activities stated lack of interest for the educational activities due to their weakness, because they didnt see their needs or demands satisfied, or because they found in the work environment, in matrimony, in maternity or in the sphere of illegality other significant and socializing references.
6

Nada para fazer! Interesses, processos educativos e suportes presentes nas interações dos jovens com o Projovem Adolescente em Ribeirão Preto - SP / Nothing to do! Interests, educational processes and support present on young peoples interactions with the Projovem Adolescente Project in Ribeirão Preto SP.

Gisele Cristina Gentilini Vinha 29 May 2014 (has links)
Criado pelo Governo Federal, em 2008, o Projovem Adolescente Serviço Socioeducativo vem sendo executado de forma descentralizada e através de parcerias que envolvem o Governo Federal e governos de administrações locais. De natureza socioeducativa, compreendemos o Projovem Adolescente como uma iniciativa pública que propõe adensar e diversificar os processos de socialização secundária e ampliar os suportes de determinados segmentos da juventude brasileira, mediante (re)inserção do jovem no sistema escolar e o oferecimento de atividades de educação não formal. A partir de inquietações profissionais da pesquisadora, o estudo visou (1) compreender os processos de implantação e implementação da versão do Projovem Adolescente Serviço socioeducativo, num território específico da cidade de Ribeirão Preto; (2) verificar os interesses e as opiniões dos sujeitos que interagiram com as atividades socioeducativas e ainda; (3) levantar as contribuições daquela iniciativa pública aos jovens homens e mulheres que tiveram interesse em acessar e fruir das ações educativas de natureza não formal ou não escolar sob a perspectiva da socialização secundária e dos suportes. O estudo é de natureza qualitativa, no qual realizamos levantamento e leitura de obras pertinentes às temáticas centrais da pesquisa, formulamos e aplicamos questionário estruturado com 47 jovens que participaram das atividades socioeducativas do Projovem nos anos de 2008 a 2012, realizamos entrevistas semiestruturadas com quatro (4) profissionais representantes da geração adulta que interagiram com aqueles jovens; e investimos em atividades de observação. O conjunto dos dados obtidos por meio dos procedimentos mencionados foi analisado, a partir de referências situadas nos domínios das Ciências Sociais. Os resultados indicaram que as etapas de implantação e desenvolvimento dos Coletivos socioeducativos do Projovem Adolescente em diferentes bairros de Ribeirão Preto, especialmente no bairro Quintino II, foram marcadas por problemas de diferentes ordens: estruturais, de recursos humanos, e dificuldades dos responsáveis diretos em estabelecer parcerias com os setores municipais e demais instituições, em especial com os gestores das unidades escolares. Já os resultados da aplicação dos questionários, da observação e das interações com os sujeitos jovens, demonstraram que o poder público local não proporcionou espaços e condições adequadas para os jovens viverem a condição juvenil com qualidade. Ao ingressar nas atividades socioeducativas da Estação do Alto, no bairro Quintino II, os jovens buscavam ampliar as opções de socialização secundária, principalmente aquelas direcionadas à capacitação para a inserção no trabalho formal, de acesso às atividades culturais, de lazer e ocupação do tempo livre e adensar a rede de amizades. Para os jovens que permaneceram nas atividades socioeducativas da Estação do Alto, eles tiveram suas experiências juvenis mais diversificadas, pois puderam expandir os quadros socializadores e contar com o suporte possibilitado pelas interações intergeracionais e o grupo de pares. Por outro lado, os jovens que não permaneceram nas atividades do Projeto, relataram que se desinteressaram pelas atividades educativas em virtude de sua fragilidade, por que não viram suas necessidades ou demandas contempladas, por que encontraram na esfera do trabalho, no matrimônio, na maternidade ou no mundo do ilícito outras referências significativas e socializadoras. / Created by the Federal Government in 2008, the Projovem Adolescente Socio-educational Service project has been carried out in a decentralized manner and through partnerships which involve the Federal Government and local administration governments. Socio-educational in its nature, we understand the Projovem Adolescente project as a public initiative which aims to intensify and diversify the secondary socialization processes and amplify support to certain layers of the Brazilian youth, through (re)insertion of the young subjects into the educational system and the provision of non-formal educational activities. Based on professional observations and inquiries from the researcher, this study aimed to (1) understand the processes of implantation and implementation of the version of the Projovem Adolescente Socio-educational Service project, in a specific territory of the city of Ribeirão Preto; (2) verify the interests and opinions of the subjects that interacted with the projects socio-educational activities and; (3) bring up the contributions of this public initiative to young people men and women who were interested in taking part and enjoying the non-formal educational actions under the perspective of support and the secondary socialization. The study has a qualitative nature, and in it we reviewed and studied the literature concerning the core themes of the research, formulated and applied a structured questionnaire with 47 young people who participed in the socio-educacional activities of Projovem between the years 2008 and 2012, we conducted semi-structured interviews with four (4) professionals representatives of the adult generation who interacted with the young people, and we invested in observation activities. The data collected by means of the aforementioned procedures were analyzed from references placed in the domain of the Social Sciences. The results indicated who that the stages of implementation and development of the socio-educational Collectives of the Projovem Adolescente project in different neighborhoods of Ribeirão Preto, specially Quintino II, showed important problems of different natures: structure, human resources, and difficulties of those directly in charge in establishing partnerships with city offices and other institutions, specially school unit principals. On the other hand, the results of the questionnaires, the observations and the interactions with the young subjects demonstrated that local government did not provide adequate space and conditions for young people to live juvenile condition with quality. Entering in the socio-educational activities of the Estação do Alto, in the Quintino II neighborhood, young people made an effort to broaden their options of secondary socialization, especially those aimed at the preparation for work-market inclusion, cultural activity and leisure access, free time activities, and friendship network improvement. For young people who remained in socio-educational activities at the Estação do Alto, they had more diverse youth experiences, because they were able to broaden their socializing scenes and count on the support provided by the intergenerational group of peers. On the other hand, young people who did not remain in the project activities stated lack of interest for the educational activities due to their weakness, because they didnt see their needs or demands satisfied, or because they found in the work environment, in matrimony, in maternity or in the sphere of illegality other significant and socializing references.
7

A educaÃÃo profissional destinada à juventude trabalhadora no governo Lula: anÃlise do Programa Projovem Trabalhador no Cearà / The professional education aimed at young workers in the Lula government: analysis Projovem Worker Program in CearÃ

Gilson de Sousa Oliveira 10 April 2012 (has links)
Conselho Nacional de Desenvolvimento CientÃfico e TecnolÃgico / A emergÃncia da crise estrutural do capital promove no nÃvel planetÃrio uma sÃrie de mudanÃas que atinge de modo especial o mundo do trabalho e da produÃÃo, com graves consequÃncias para à classe trabalhadora. Desde entÃo, os trabalhadores passaram a conviver, com o um ânovoâ fenÃmeno: o desemprego. Esse, por sua vez, contribuiu para o aumento da pobreza e a segregaÃÃo social desses sujeitos. A juventude trabalhadora, sobretudo Ãquela dos paÃses perifÃricos, a exemplo do Brasil à a mais prejudicada com o surgimento desse fenÃmeno. Para a classe dominante, o desemprego de jovens trabalhadores està relacionado com a baixa escolaridade, falta de qualificaÃÃo e pouca experiÃncia profissional, fatores que justificam, inclusive, a adoÃÃo de programas e projetos de educaÃÃo e formaÃÃo profissional, a exemplo do Programa Projovem Trabalhador â Juventude CidadÃ. O objetivo deste trabalho à identificar as concepÃÃes que orientam a qualificaÃÃo profissional do referido Programa a fim de perceber seus limites e possibilidades para a inserÃÃo dos jovens no mercado de trabalho. Sob a luz do materialismo histÃrico-dialÃtico, o estudo procura discutir e desnudar a suposta relaÃÃo existente entre desemprego e baixa escolaridade, qualificaÃÃo profissional de jovens trabalhadores no Brasil e por fim, conclui que o referido Programa, assim como muitas aÃÃes voltadas para minimizar os altos Ãndices de desemprego entre os jovens das classes populares durante o octanato do governo Lula da Silva, alÃm de nÃo ter assegurado uma formaÃÃo profissional de qualidade, nÃo garantiu, tambÃm, a inserÃÃo dos cursistas no mercado formal de trabalho. Nesse sentido, a formaÃÃo e a inserÃÃo no mercado formal de trabalho, ainda continuam sendo bandeiras de lutas dos trabalhadores.
8

Nova sociabilidade do capital e a natureza das políticas para jovens trabalhadores no governo Lula: uma análise da participação cidadã do ProJovem Urbano / New sociability of capital and the nature of policies for young workers in the Lula government: an analysis of " citizen participation " at the ProJovem Urban Program

Carlos Soares Barbosa 20 September 2013 (has links)
Fruto das mudanças realizadas no Programa Nacional de Inclusão de Jovens ProJovem, criado em 2005, o ProJovem Urbano é o programa do governo federal destinado a proporcionar o aumento da escolaridade, qualificação profissional inicial e a participação cidadã de jovens de 18 a 29 anos, prioritariamente aqueles que se encontram em maior estado de vulnerabilidade social. Entendendo-o de forma integrada às políticas de alívio à pobreza e à política novo desenvolvimentista implementadas durante o governo Lula, o presente estudo analisou os nexos existentes entre o ProJovem Urbano e a educação para o desenvolvimento sustentável do novo milênio proposta na Política de Desenvolvimento do Milênio e nas orientações dos organismos internacionais, na qual a educação adquire um novo papel: produzir não só capital humano, mas também capital social. A pesquisa centrou-se em uma das dimensões curriculares do programa denominada participação cidadã, que tem entre suas atividades o Plano de Ação Comunitária (PLA) - ação social a ser planejada e executada pelos jovens no intuito de levá-los a resolução de alguns problemas locais. A partir da pesquisa empírica realizada nas cidades de Palmas, São Vicente e Guarujá, nosso objetivo foi identificar o sentido dado à participação e as contradições que essas experiências podem suscitar. Se elas contribuem para ação dos jovens no sentido oposto ao associativismo colaboracionista aos interesses do capital e para a constituição de comportamentos políticos capazes de (re)fortalecer os movimentos sociais progressistas organizados. Com base no método do materialismo histórico e dialético, concluímos que a dimensão ético-político do programa constitui em formar os jovens para a nova sociabilidade capitalista; tanto no plano econômico, ao educar para os valores do novo desenvolvimentismo centrado no consumo, quanto no plano político, por meio do consentimento passivo/ativo aos ajustes executados pelos intelectuais orgânicos do capital na virada do milênio, com a finalidade de abrandar os efeitos da ortodoxia neoliberal. Que não cabe a programas como o ProJovem Urbano a formação da cultura política participativa que venha contribuir para o (re)fortalecimento dos movimentos sociais. E que, apesar das ações comunitárias serem conduzidas pela perspectiva do capital social, na prática, esta ideologia também não é tão facilmente permeável aos jovens participantes do programa das cidades investigadas, frente às suas precárias condições de existência e reprodução da vida, o que faz com que o programa permaneça fortemente em disputa para ser redirecionado ou superado / Result of the changes made in the National Youth Inclusion Program - ProJovem, created in 2005, the Urban ProJovem is the federal government program designed to provide higher levels of schooling, initial professional qualification and participation as really citizens of young people 18-29 years old, primarily those who are most in state of social vulnerability. Understanding it as integrated to the policies to alleviate poverty and to the "new developmental" policy implemented during the Lula government, the present study examined the links between ProJovem Urban and the "education for sustainable development" for the new millennium proposed be the Millennium Development Goals Policy" and the guidelines of international organizations, in which education takes a new role: to produce not only human capital but also social capital . The research focused on one of the curricular dimensions of the program called "citizen participation", which has among its activities the Community Action Plan (PLA), social action to be planned and executed by young people in order to get them to solve some of the local problems. From the empirical research conducted in the cities of Palmas, São Vicente and Guarujá our goal was to identify the meaning of participation and contradictions that these experiences may ensue. If they contribute to the work of the youth as in opposition to the collaborative association, to the interests of capital and the creation of political behaviors able to (re)strengthen progressive organized social movements. Based on the method of dialectical and historical materialism, we conclude that the ethical-political dimension of the program is to form young people for the new capitalist sociability, both in economic terms, when educating for values of the new developmentalism centered on consumption, as in the political aspect by means of passive / active adjustments performed by the organic intellectuals of the capital at the turn of the millennium, in order to mitigate the effects of neoliberal orthodoxy. It is not for programs like Urban ProJovem the formation of participatory political culture that may contribute to the (re)taughening of social movements. And that despite the community actions be conducted from the perspective of social capital, in practice, this ideology is not so easily permeable to the program youth participants of the cities surveyed, compared to their precarious conditions of existence and reproduction of life, which makes the program to remain strongly in contention to be redirected or exceeded
9

Jovens e cidadãos? uma análise sobre o princípio de cidadania ativa no ProJovem Urbano

Carvalho, Leila Tibiriçá de 31 May 2013 (has links)
Submitted by Jamile Barbosa da Cruz (jamile.cruz@ucsal.br) on 2017-01-16T14:29:39Z No. of bitstreams: 1 Dissertacao Leila.pdf: 1320272 bytes, checksum: bef17052c47f2b54bcc9ccd64abe7374 (MD5) / Approved for entry into archive by Rosemary Magalhães (rosemary.magalhaes@ucsal.br) on 2017-01-16T19:19:19Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertacao Leila.pdf: 1320272 bytes, checksum: bef17052c47f2b54bcc9ccd64abe7374 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-01-16T19:19:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertacao Leila.pdf: 1320272 bytes, checksum: bef17052c47f2b54bcc9ccd64abe7374 (MD5) Previous issue date: 2013-05-31 / Frente às desigualdades sociais evidenciadas ao longo da história do Brasil, muitos jovens são tratados como um “problema social” a ser contido ou assistido, reproduzindo uma codificação negativa, não os considerando como sujeitos-cidadãos. A partir da discussão sobre a construção da cidadania nas políticas brasileiras, este estudo visa analisar a concepção de cidadania ativa no ideário do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem Urbano - PJU) e discussão sobre o alcance e limites dessa, assim como sua prática, ao concebê-lo como parte de uma política pública voltada para a juventude (PPJs) neste país. Busca-se assim analisar as ações desenvolvidas (planejamento, implementação e avaliação), no período de 2008 a 2011, para que os jovens reconheçam os seus direitos e deveres, saibam buscar os seus direitos e saibam reconhecer os direitos dos outros, como membros pertencentes a uma comunidade. Este estudo se pretende uma análise documental referente a diferentes momentos do ProJovem Urbano tendo como campo básico uma leitura própria da documentação sobre o mesmo, considerando a literatura relacionada à juventudes, políticas e cidadania. Para tal análise, de forma suplementar, recorremos a algumas entrevistas semiestruturadas com jovens que participaram do PJU no município de Salvador em 2010. Os dados obtidos foram organizados e descritos através da análise de discurso (LEFEVRE; LEFEVRE, 2005; GILL, 2002) estabelecendo categorias de acordo com os objetivos da pesquisa. A partir desta análise constata-se a defasagem das concepções apresentadas no planejamento desse programa com o que ocorreu na prática, contribuindo para o próprio esvaziamento do conceito de cidadania, devido à pluralidade de definições. Percebe-se ainda a dificuldade das jovens entrevistadas em se reconhecerem como sujeitos-ativos, pertencentes à sociedade brasileira e responsáveis pela transformação da realidade na qual estão inseridas, o que proporciona a problematização da coerência entre estas ações do PJU e das PPJs. Desta forma, este estudo pretende contribuir com o acréscimo de material bibliográfico sobre o reconhecimento dos jovens como cidadãos, ao possibilitar a identificação de pontos de discussões para o desenvolvimento de políticas que visem o princípio da cidadania ativa, além de incentivar a construção acadêmico-científica e social sobre as juventudes brasileiras. / Faced with social inequalities evident throughout the history of Brazil, many young people are treated as a "social problem" to be contained or assisted, repeating a negative codification, not considering themselves as citizen-subjects. From the discussion on the construction of citizenship in Brazilian policies, this study aims to analyze the concept of active citizenship in the ideals of the National Youth Inclusion (Urban ProJovem - PJU) and the discussion on the scope and limits of this, as well as its practical, to conceive it as part of a Public Policy for Youth (PPJs) in this country. The aim is thus to analyze the actions developed in PJU (planning, implementation and evaluation) from 2008 to 2011, so that young people recognize their rights and duties, seek to know their rights and know how to recognize the rights of others, like members belonging to a community. This study aims to make a documental analysis referring to different moments of the program Urban ProJovem having as basic field a reading of documentation on the PJU itself, considering the literature related to youth policies and citizenship. For this analysis, so further, we turn to some semi-structured interviews with young people who participated in the PJU in Salvador in 2010. The data were organized and described through the analysis of discourse (LEFEVRE; LEFEVRE, 2005; GILL, 2002) establishing categories according to the research objectives. From this analysis it appears to lag the concepts presented in the planning of this program what occurred in practice, contributing to the actual emptying of citizenship concept because of the plurality of definitions. It is also noticed a difficulty of the young people interviewed in recognize themselves as active-subjects belonging to the Brazilian society and responsible for the transformation of reality where they are inserted, which contributes to the questioning of the coherence between these actions of the PJU and of the PPJs. Thus, this study aims to contribute to the growth of publications on the recognition of young people as citizens, by enabling to identify possible points of discussion for the development of policies aimed at the development of the principle of active citizenship and contribute to building academic- scientific and social on Brazilian youths.
10

Juventude e educação em direitos humanos: Uma relação presente no currículo do projovem urbano de joão pessoa

Moraes, Renildo Lucio de 30 September 2014 (has links)
Submitted by Maike Costa (maiksebas@gmail.com) on 2016-08-09T14:13:52Z No. of bitstreams: 1 arquivo total.pdf: 2961658 bytes, checksum: 63abcc77a289a2477a82e4520dc87dc1 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-08-09T14:13:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 arquivo total.pdf: 2961658 bytes, checksum: 63abcc77a289a2477a82e4520dc87dc1 (MD5) Previous issue date: 2014-09-30 / "Educación de jóvenes y derechos humanos: una relación presente en el currículo del Projovem Urbano de João Pessoa" propone entender la integración de la educación en derechos humanos en el currículo de la Projovem Urbano de João Pessoa, que forma parte del modo EJA de la educación básica. Para identificar la educación en derechos humanos acciones prácticas, tomamos como campo empírico el núcleo Projovem Urbano en E.M.E.F. maestro Durmeval Trigueiro Mendes, ubicado en el barrio de Rangel, en el lado oeste de la ciudad de João Pessoa/PB. La colección de datos de la investigación tenía 18 meses puede recorte de tiempo durante la ejecución del programa, ocurrió entre mayo / 2012 y diciembre / 2013. Los objetivos del estudio fueron: Analizar el currículo Projovem Urbano que forma parte de la política nacional de juventud en la educación básica y su relación con la inserción de los derechos humanos, educación proporcionada por el Plan Nacional de Educación en Derechos Humanos y la Resolución N ° 1/2012 del Consejo Nacional de Educación , que define las directrices nacionales de educación en derechos humanos en el sistema educativo brasileño ; Construir la trayectoria histórica de la Projovem Urbano en João Pessoa, centrándose en los siguientes artículos: historia del programa, perfil de los jóvenes participantes, diseño curricular y su relación con la pedagogía freireana y la educación en derechos humanos. Este es un estudio de caso , con énfasis en los datos cuantitativos y cualitativos , obtenidos a través de referencias bibliográficas, documentales y empíricas insertos participación de profesores / as , alumnos / as y gerente escuela municipal que trabajaba en la Projovem João Pessoa urbana. Como resultados de la búsqueda, hubo muchos puntos de convergencia entre el Projovem Urbano, educación en derechos humanos y pedagogía freireana, con un énfasis en la educación como desafío, la propuesta de Paulo Freire y conductor principal entre educación en derechos humanos y el Projovem Urbano. Otro resultado es el reconocimiento de los jóvenes como sujetos de derechos y la afirmación del una conciencia cívica; el desarrollo de procesos metodológicos participativos y el fortalecimiento de las prácticas individuales y sociales que generan acciones e instrumentos para la promoción y defensa de los derechos humanos. La tesis pretende ofrecer aportes teóricos y prácticos a la labor del Projovem Urbano de João Pessoa, señalado claramente la ubicación de los contenidos por unidad de formación, y sus acciones pedagógicas con educación en derechos humanos presente en el currículo oficial y las acciones por educadores construcción a través de las necesidades presentan en la realidad social en la comunidad escolar. / Juventude e Educação em Direitos Humanos: uma relação presente no currículo do Projovem Urbano de João Pessoa‖ propõe a compreender a inserção da Educação em Direitos Humanos no currículo do Projovem Urbano de João Pessoa, faz parte da modalidade EJA da educação básica. Para identificar as ações prático-educativas em direitos humanos, tomamos como campo empírico o Núcleo do Projovem Urbano de João Pessoa que funciona na E.M.E.F. Prof. Durmeval Trigueiro Mendes, situada no bairro do Rangel, na Zona Oeste do município de João Pessoa/PB. A coleta de dados da pesquisa teve recorte temporal de 18 meses durante a execução do programa, que aconteceu entre maio/2012 e dezembro/2013. Os objetivos do estudo foram: Analisar o currículo do Projovem Urbano que faz parte da Política Nacional de Juventude na educação básica e sua relação com inserção da Educação em Direitos Humanos, na educação prevista pelo Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos e pela resolução nº 1/2012 do Conselho Nacional de Educação, que define as diretrizes nacionais da Educação em Direitos Humanos no Sistema Educacional Brasileiro; Construir a trajetória histórica do Projovem Urbano em João Pessoa, tendo como foco os seguintes itens: histórico do programa, perfil dos jovens participantes, desenho curricular e sua relação com a pedagogia freireana e educação em direitos humanos. Trata-se de um estudo de caso, com a ênfase em dados quantitativos e qualitativos, realizado através de inserções bibliográficas, documentais e empíricas, envolvendo educadores/as, educandos/as e gestor escolar municipal que atuaram junto ao Projovem Urbano de João Pessoa. Como resultados da pesquisa, verificaram-se diversos pontos de convergências entre o Projovem Urbano, a Educação em Direitos Humanos e a pedagogia freireana, com destaque para a Educação como ato de liberdade, proposta de Paulo Freire e principal fio condutor entre a Educação em Direitos Humanos e o Projovem Urbano. Outro resultado é o reconhecimento dos jovens como sujeitos de direitos e a afirmação de uma consciência cidadã; o desenvolvimento de processos metodológicos participativos e o fortalecimento de práticas individuais e sociais que gerem ações e instrumentos em favor da promoção e da defesa dos direitos humanos. A dissertação pretende oferecer contribuições teórico-práticas ao trabalho do Projovem Urbano de João Pessoa, apontado de forma clara a localização dos conteúdos, por unidade formativa, e suas ações pedagógicas com educação em direitos humanos presentes no currículo oficial e as ações apontadas pelos educadores/as construídas através das necessidades presentes na realidade social na comunidade escolar.

Page generated in 0.0325 seconds