• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 24
  • Tagged with
  • 24
  • 24
  • 12
  • 9
  • 7
  • 6
  • 5
  • 5
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Travesias do feminino: potencialidades no mundo

Stasevskas, Kimy Otsuka. January 2004 (has links) (PDF)
Doutor -- Universidade de Sao Paulo. Faculdade de Saude Publica. Departamento Materno Infantil, Sao Paulo, 2004.
2

Violencia sexual contra mulheres: entre a (in)visibilidade e a banalizacao

Berger, Sonia Maria Dantas. January 2003 (has links) (PDF)
Mestre -- Escola Nacional de Saude Publica, Rio de Janeiro, 2003.
3

A influência da habilidade empática sobre o perdão interpessoal / The influence of empathic skill on the interpersonal forgiveness

Vanessa Dordron de Pinho 28 April 2011 (has links)
Diversos estudos têm apontado os benefícios da habilidade empática. Ela está associada à saúde e bem-estar psicológicos, a relacionamentos mais satisfatórios, a comportamentos pró-sociais e morais, à resiliência etc., ao passo que sua ausência está associada a diversos prejuízos pessoais e interpessoais. Como habilidade social, entende-se que a empatia é um fenômeno multidimensional, com aspectos cognitivos, afetivos e comportamentais. Respectivamente, envolve a capacidade de compreender o ponto de vista do outro, de se interessar genuinamente pelo seu bem-estar, e de expressar, por meio de comportamentos verbais e/ou não verbais, sua compreensão e interesse ao interlocutor, permitindo a este se sentir entendido e validado em suas experiências. Esta habilidade tem sido associada, mais recentemente, por diversos estudos internacionais, à capacidade de perdoar um ofensor por suas transgressões. Com isso, o propósito do presente trabalho foi investigar a influência da habilidade empática sobre o perdão interpessoal, em uma amostra brasileira. O perdão também vem sendo considerado uma experiência multifatorial, com domínios cognitivos, afetivos e comportamentais, que abrangem os pensamentos, as emoções e os comportamentos em relação a um ofensor. Para a realização desta investigação, 172 participantes responderam o Inventário de Empatia (IE), a Escala de Atitudes (o Enright Forgiveness Inventory EFI) e uma ficha sobre dados socidemográficos. O IE apresenta quatro subescalas: Tomada de Perspectiva, Sensibilidade Afetiva, Flexibilidade Interpessoal e Altruísmo. O EFI apresenta uma Escala Global de perdão e três Subescalas: Afetiva, Cognitiva e Comportamental. Testes correlacionais e de regressão foram processados a fim de investigar as relações entre os fatores do IE e do EFI, bem como a predição da empatia sobre o perdão. Os resultados indicaram diversas relações positivas e significativas estatisticamente: a Tomada de Perspectiva se relacionou à Escala Global do perdão e às Subescalas Afetiva e Comportamental; a Sensibilidade Afetiva e o Altruísmo se relacionaram à Escala Global e à Comportamental do perdão; a Flexibilidade Interpessoal foi o único fator empático que não apresentou correlações significativas com o perdão. Com a regressão, constatou-se que: Altruísmo e Tomada de Perspectiva, combinados, ou Tomada de Perspectiva, sozinha, predisseram o Perdão Global; Sensibilidade Afetiva, Tomada de Perspectiva e Altruísmo, combinados ou individualmente, tiveram valor preditivo sobre a Subescala Comportamental do perdão; e apenas a Tomada de Perspectiva, sozinha, predisse a Subescala Afetiva do perdão. Nenhum fator do IE teve valor preditivo sobre a Subescala Cognitiva do perdão e a Flexibilidade Interpessoal não predisse qualquer dimensão do EFI. Os resultados encontrados apoiam pesquisas anteriores, confirmando a importância da empatia para a ocorrência do perdão interpessoal. Contudo, ressalta-se que a Tomada de Perspectiva se destacou como a dimensão empática mais importante, sugerindo a relevância que a capacidade de adotar o ponto de vista do outro tem para que o perdão seja alcançado. / Several studies have demonstrated the benefits of empathic skill. It is associated with psychological health and well-being, the more satisfying relationships, pro-social and moral behaviors, resilience etc., while its absence is associated with various personal and interpersonal losses. As a social skill, empathy is considered a multidimensional phenomenon with cognitive, affective and behavioral aspects. Respectively, it involves the ability to understand the point of view of another person, to genuinely be interested in ones welfare, and to express, through verbal and/or non-verbal behaviors, ones understanding and interest to the interlocutor, allowing the former to feel understood and validated in his/her experiences. This skill has been linked more recently, by several international studies, to the ability of forgiving an offender for his/her transgression. Thus, the purpose of this work was to investigate the influence of the empathic skill about the interpersonal forgiveness in a Brazilian sample. Forgiveness has also been considered a multifactorial experience, with cognitive, emotional and behavioral aspects, which encompass the thoughts, emotions and behaviors in relation to an offender. To carry out this investigation, 172 participants completed the Empathy Inventory (EI), the Attitude Scale (The Enright Forgiveness Inventory - EFI) and a form about sociodemographic data. EI has four subscales: Perspective Taking, Affective Sensitivity, Interpersonal Flexibility and Altruism. EFI presents a Global Scale of forgiveness and three Subscales: Affective, Cognitive and Behavioral. Correlational and regression tests were processed to investigate the relationship between factors of EI and EFI, and the prediction of empathy on forgiveness. The results indicated several statistically significant and positive relationships: Perspective Taking was related to the Global Forgiveness Scale and to the Emotional and Behavioral Subscales; Affective Sensitivity and Altruism were related to the Global and the Behavioral Forgiveness Scales; Interpersonal Flexibility was the only empathic factor that did not show significant correlations with forgiveness. Concerning regression, it was found that: Altruism and Perspective Taking combined, or Perspective Taking alone predicted the Global Forgiveness; Affective Sensitivity, Perspective Taking and Altruism, combined or individually, have predictive value on the Behavioral Forgiveness Subscale, and only the Perspective Taking, alone, predicted the Affective Forgiveness Subscale. No EI factor was predictive on the Cognitive Subscale of interpersonal forgiveness, and Interpersonal Flexibility did not predict any dimension of EFI. The results support previous researches, confirming the importance of empathy for the occurrence of interpersonal forgiveness. However, it is noteworthy that Perspective Taking stood out as the most important empathic dimension, suggesting the relevance that the ability to adopt the point of view of another person has to achieve forgiveness
4

A ESCCA e lei. Encontros e despedidas / The sexual exploitation and the law. Meeting and farewells

Remy Damasceno Lopes 11 December 2009 (has links)
A prostituição infanto-juvenil tornou-se um fenômeno independente da adulta nos idos de 1990, tanto em nível nacional quanto internacional. Percebida sob os signos da gravidade e da urgência, suscitou denúncias, intervenções e saberes especializados. Na busca por compreender as condições de surgimento desses novos discursos, seus fundamentos e perspectivas hegemônicas acerca da prostituição infanto-juvenil, a presente dissertação percorre quatro etapas. Inicialmente, elabora uma genealogia das três principais fontes brasileiras sobre a exploração sexual na década de mil novecentos e noventa: documentos do CECRIA, a série de reportagens Meninas Escravizadas da Folha de S. Paulo e a CPI da Prostituição Infantil de 1993. Sob inspiração foucaultiana, elabora nova genealogia, agora sobre o sexo, em sua relação com o cristianismo, o direito e as ciências humanas e médicas. Visando a perceber novos olhares sobre a prostituição infanto-juvenil, em seguida ouve prostitutas adultas, uma militante dos direitos das prostitutas e também adolescentes envolvidas com o mercado sexual. A última etapa, de feições ensaísticas, constitui uma tentativa de vislumbrar possibilidades para uma sexualidade mais livre e de apontar trajetórias mais interessantes para a prostituição adulta e infanto-juvenil / The juvenile prostitution became an adult independent phenomenon in the 1990s, both nationally and internationally. Being realized by its gravity and urgency, it aroused denunciations, interventions, and specialized skills. This dissertation covers four stages which aim to understand the conditions in which these new discourses have sprouted as well as their foundations, and the juvenile prostitution perspectives. Initially, it elaborates a genealogy of the three main Brazilian sources about the sexual exploration in the 1990s: documents of the Child and Adolescent Center for Reference, Study and Action (CECRIA); the series of news articles entitled Slaved Girls from Folha de São Paulo; and the investigations conducted by the legislative branch (CPI) about the juvenile prostitution in 1993. Keeping the Foucaultion inspiration, it elaborates a new genealogy, but now about the sex in relation to the Christianity, the human rights, and the medical and human sciences. Some adult prostitutes, a militant of the prostitutes rights, and adolescents involved in the sexual market were heard with the aim of realizing new views on the juvenile prostitution. The last stage, with essayistic features, constitutes an attempt of glimpsing possibilities for a freer sexuality, and of pointing at more interesting paths for the adult and the juvenile prostitution
5

Análise comparativa entre mobbing e dimensões do burnout nos servidores da justiça do trabalho / Comparative analysis between mobbing and burnout dimensions on servers of the labour court

Marcos Pereira Tavares Dorea 30 September 2013 (has links)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / O presente estudo, epidemiológico e de caráter exploratório, tem como objeti-vo analisar, comparativamente, as relações entre mobbing (assédio moral) e as di-mensões da Síndrome de Burnout em servidores da justiça do trabalho. A escolha deste tópico de pesquisa é justificada pelo aumento dos números estatísticos e pela evidência empírica de que o burnout é o dano mais prevalente que acomete vítimas de mobbing. Os 552 participantes desta pesquisa constituem uma amostra repre-sentativa, extraída de uma população de 3239 servidores públicos. O respectivo plano amostral levou em consideração variáveis sócio-demográficas, entre as quais: gênero, cargo, escolaridade e outras de relevância para a pesquisa. Foram quatro os instrumentos de medida aplicados nos participantes: um questionário sócio-demográfico, a Escala de Percepção do Assédio Moral no Trabalho - EP-AMT (Mar-tins; Ferraz, 2008), a Escala de Impacto Afetivo do Assédio Moral no Trabalho - EIA-AMT (Martins; Ferraz, 2008) e o Maslach Burnout Inventory General Survey MBI-GS (Maslach; Schaufeli, 1993). Na análise estatística, foram utilizados os softwares SPSS V17, Minitab 16 e Excel Office 2010 e, para medir a significância entre as amostras, foi utilizada a estatística t de Student. Os resultados desta investigação permitem identificar a existência de interfaces entre os construtos mobbing e bur-nout. Além disso, os dados gerados pela pesquisa favorecem a construção de indi-cadores úteis ao planejamento de ações em políticas públicas de prevenção, anteci-pação, identificação, intervenção e enfrentamento de casos de assédio moral e bur-nout no ambiente laboral, com conseqüente preservação da saúde mental dos traba-lhadores desse segmento.
6

Percepções femininas sobre a participação do parceiro das decisões reprodutivas e no aborto induzido / Perceptions femininas about the participation of the spouses of the decisions reproductive and in the abortion induced

Cuenca Chumpitaz, Violeta Angélica January 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2012-09-06T01:12:07Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 557.pdf: 1633097 bytes, checksum: 55290e9d3b82280ae3a9dd6a50207d55 (MD5) Previous issue date: 2003 / Trata-se de uma pesquisa qualitativa que teve como objetivo principal identificar a influência e participação do parceiro na decisão de abortar através das percepções e experiências de mulheres que referiram situações de aborto induzido e de relacionamentos estáveis com estes parceiros. Foram realizadas 16 entrevistas semiestruturadas com moradoras de duas favelas da zona norte do Rio de Janeiro, das quais analisamos 20 casos de abortos. Utilizamos a perspectiva relacional de gênero como categoria de análise.Incluímos como temas de análise: as representações de gênero, a contracepção e gravidez indesejada, a tomada da decisão de abortar e a participação masculina na decisão de abortar. Observamos que estas mulheres conciliam significados de uma ideologia de gênero tradicional com outra mais igualitária, principalmente em relação à identidade feminina e ao trabalho da mulher, o que denotaria um processo de transição de gênero. A gravidez indesejada foi construída a partir da visão e interação de ambos os parceiros e condicionada fortemente por fatores de contexto, entre eles, o desemprego. A participação masculina na decisão de abortar é variada (o parceiro se exclui, promove ou recusa o aborto); mas o desejo de não assumir a paternidade parece refletir as características da natureza e qualidade do relacionamento, assim como a situação do parceiro como trabalhador ou provedor da família.
7

A influência da habilidade empática sobre o perdão interpessoal / The influence of empathic skill on the interpersonal forgiveness

Vanessa Dordron de Pinho 28 April 2011 (has links)
Diversos estudos têm apontado os benefícios da habilidade empática. Ela está associada à saúde e bem-estar psicológicos, a relacionamentos mais satisfatórios, a comportamentos pró-sociais e morais, à resiliência etc., ao passo que sua ausência está associada a diversos prejuízos pessoais e interpessoais. Como habilidade social, entende-se que a empatia é um fenômeno multidimensional, com aspectos cognitivos, afetivos e comportamentais. Respectivamente, envolve a capacidade de compreender o ponto de vista do outro, de se interessar genuinamente pelo seu bem-estar, e de expressar, por meio de comportamentos verbais e/ou não verbais, sua compreensão e interesse ao interlocutor, permitindo a este se sentir entendido e validado em suas experiências. Esta habilidade tem sido associada, mais recentemente, por diversos estudos internacionais, à capacidade de perdoar um ofensor por suas transgressões. Com isso, o propósito do presente trabalho foi investigar a influência da habilidade empática sobre o perdão interpessoal, em uma amostra brasileira. O perdão também vem sendo considerado uma experiência multifatorial, com domínios cognitivos, afetivos e comportamentais, que abrangem os pensamentos, as emoções e os comportamentos em relação a um ofensor. Para a realização desta investigação, 172 participantes responderam o Inventário de Empatia (IE), a Escala de Atitudes (o Enright Forgiveness Inventory EFI) e uma ficha sobre dados socidemográficos. O IE apresenta quatro subescalas: Tomada de Perspectiva, Sensibilidade Afetiva, Flexibilidade Interpessoal e Altruísmo. O EFI apresenta uma Escala Global de perdão e três Subescalas: Afetiva, Cognitiva e Comportamental. Testes correlacionais e de regressão foram processados a fim de investigar as relações entre os fatores do IE e do EFI, bem como a predição da empatia sobre o perdão. Os resultados indicaram diversas relações positivas e significativas estatisticamente: a Tomada de Perspectiva se relacionou à Escala Global do perdão e às Subescalas Afetiva e Comportamental; a Sensibilidade Afetiva e o Altruísmo se relacionaram à Escala Global e à Comportamental do perdão; a Flexibilidade Interpessoal foi o único fator empático que não apresentou correlações significativas com o perdão. Com a regressão, constatou-se que: Altruísmo e Tomada de Perspectiva, combinados, ou Tomada de Perspectiva, sozinha, predisseram o Perdão Global; Sensibilidade Afetiva, Tomada de Perspectiva e Altruísmo, combinados ou individualmente, tiveram valor preditivo sobre a Subescala Comportamental do perdão; e apenas a Tomada de Perspectiva, sozinha, predisse a Subescala Afetiva do perdão. Nenhum fator do IE teve valor preditivo sobre a Subescala Cognitiva do perdão e a Flexibilidade Interpessoal não predisse qualquer dimensão do EFI. Os resultados encontrados apoiam pesquisas anteriores, confirmando a importância da empatia para a ocorrência do perdão interpessoal. Contudo, ressalta-se que a Tomada de Perspectiva se destacou como a dimensão empática mais importante, sugerindo a relevância que a capacidade de adotar o ponto de vista do outro tem para que o perdão seja alcançado. / Several studies have demonstrated the benefits of empathic skill. It is associated with psychological health and well-being, the more satisfying relationships, pro-social and moral behaviors, resilience etc., while its absence is associated with various personal and interpersonal losses. As a social skill, empathy is considered a multidimensional phenomenon with cognitive, affective and behavioral aspects. Respectively, it involves the ability to understand the point of view of another person, to genuinely be interested in ones welfare, and to express, through verbal and/or non-verbal behaviors, ones understanding and interest to the interlocutor, allowing the former to feel understood and validated in his/her experiences. This skill has been linked more recently, by several international studies, to the ability of forgiving an offender for his/her transgression. Thus, the purpose of this work was to investigate the influence of the empathic skill about the interpersonal forgiveness in a Brazilian sample. Forgiveness has also been considered a multifactorial experience, with cognitive, emotional and behavioral aspects, which encompass the thoughts, emotions and behaviors in relation to an offender. To carry out this investigation, 172 participants completed the Empathy Inventory (EI), the Attitude Scale (The Enright Forgiveness Inventory - EFI) and a form about sociodemographic data. EI has four subscales: Perspective Taking, Affective Sensitivity, Interpersonal Flexibility and Altruism. EFI presents a Global Scale of forgiveness and three Subscales: Affective, Cognitive and Behavioral. Correlational and regression tests were processed to investigate the relationship between factors of EI and EFI, and the prediction of empathy on forgiveness. The results indicated several statistically significant and positive relationships: Perspective Taking was related to the Global Forgiveness Scale and to the Emotional and Behavioral Subscales; Affective Sensitivity and Altruism were related to the Global and the Behavioral Forgiveness Scales; Interpersonal Flexibility was the only empathic factor that did not show significant correlations with forgiveness. Concerning regression, it was found that: Altruism and Perspective Taking combined, or Perspective Taking alone predicted the Global Forgiveness; Affective Sensitivity, Perspective Taking and Altruism, combined or individually, have predictive value on the Behavioral Forgiveness Subscale, and only the Perspective Taking, alone, predicted the Affective Forgiveness Subscale. No EI factor was predictive on the Cognitive Subscale of interpersonal forgiveness, and Interpersonal Flexibility did not predict any dimension of EFI. The results support previous researches, confirming the importance of empathy for the occurrence of interpersonal forgiveness. However, it is noteworthy that Perspective Taking stood out as the most important empathic dimension, suggesting the relevance that the ability to adopt the point of view of another person has to achieve forgiveness
8

A ESCCA e lei. Encontros e despedidas / The sexual exploitation and the law. Meeting and farewells

Remy Damasceno Lopes 11 December 2009 (has links)
A prostituição infanto-juvenil tornou-se um fenômeno independente da adulta nos idos de 1990, tanto em nível nacional quanto internacional. Percebida sob os signos da gravidade e da urgência, suscitou denúncias, intervenções e saberes especializados. Na busca por compreender as condições de surgimento desses novos discursos, seus fundamentos e perspectivas hegemônicas acerca da prostituição infanto-juvenil, a presente dissertação percorre quatro etapas. Inicialmente, elabora uma genealogia das três principais fontes brasileiras sobre a exploração sexual na década de mil novecentos e noventa: documentos do CECRIA, a série de reportagens Meninas Escravizadas da Folha de S. Paulo e a CPI da Prostituição Infantil de 1993. Sob inspiração foucaultiana, elabora nova genealogia, agora sobre o sexo, em sua relação com o cristianismo, o direito e as ciências humanas e médicas. Visando a perceber novos olhares sobre a prostituição infanto-juvenil, em seguida ouve prostitutas adultas, uma militante dos direitos das prostitutas e também adolescentes envolvidas com o mercado sexual. A última etapa, de feições ensaísticas, constitui uma tentativa de vislumbrar possibilidades para uma sexualidade mais livre e de apontar trajetórias mais interessantes para a prostituição adulta e infanto-juvenil / The juvenile prostitution became an adult independent phenomenon in the 1990s, both nationally and internationally. Being realized by its gravity and urgency, it aroused denunciations, interventions, and specialized skills. This dissertation covers four stages which aim to understand the conditions in which these new discourses have sprouted as well as their foundations, and the juvenile prostitution perspectives. Initially, it elaborates a genealogy of the three main Brazilian sources about the sexual exploration in the 1990s: documents of the Child and Adolescent Center for Reference, Study and Action (CECRIA); the series of news articles entitled Slaved Girls from Folha de São Paulo; and the investigations conducted by the legislative branch (CPI) about the juvenile prostitution in 1993. Keeping the Foucaultion inspiration, it elaborates a new genealogy, but now about the sex in relation to the Christianity, the human rights, and the medical and human sciences. Some adult prostitutes, a militant of the prostitutes rights, and adolescents involved in the sexual market were heard with the aim of realizing new views on the juvenile prostitution. The last stage, with essayistic features, constitutes an attempt of glimpsing possibilities for a freer sexuality, and of pointing at more interesting paths for the adult and the juvenile prostitution
9

Análise comparativa entre mobbing e dimensões do burnout nos servidores da justiça do trabalho / Comparative analysis between mobbing and burnout dimensions on servers of the labour court

Marcos Pereira Tavares Dorea 30 September 2013 (has links)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / O presente estudo, epidemiológico e de caráter exploratório, tem como objeti-vo analisar, comparativamente, as relações entre mobbing (assédio moral) e as di-mensões da Síndrome de Burnout em servidores da justiça do trabalho. A escolha deste tópico de pesquisa é justificada pelo aumento dos números estatísticos e pela evidência empírica de que o burnout é o dano mais prevalente que acomete vítimas de mobbing. Os 552 participantes desta pesquisa constituem uma amostra repre-sentativa, extraída de uma população de 3239 servidores públicos. O respectivo plano amostral levou em consideração variáveis sócio-demográficas, entre as quais: gênero, cargo, escolaridade e outras de relevância para a pesquisa. Foram quatro os instrumentos de medida aplicados nos participantes: um questionário sócio-demográfico, a Escala de Percepção do Assédio Moral no Trabalho - EP-AMT (Mar-tins; Ferraz, 2008), a Escala de Impacto Afetivo do Assédio Moral no Trabalho - EIA-AMT (Martins; Ferraz, 2008) e o Maslach Burnout Inventory General Survey MBI-GS (Maslach; Schaufeli, 1993). Na análise estatística, foram utilizados os softwares SPSS V17, Minitab 16 e Excel Office 2010 e, para medir a significância entre as amostras, foi utilizada a estatística t de Student. Os resultados desta investigação permitem identificar a existência de interfaces entre os construtos mobbing e bur-nout. Além disso, os dados gerados pela pesquisa favorecem a construção de indi-cadores úteis ao planejamento de ações em políticas públicas de prevenção, anteci-pação, identificação, intervenção e enfrentamento de casos de assédio moral e bur-nout no ambiente laboral, com conseqüente preservação da saúde mental dos traba-lhadores desse segmento.
10

Experiencia masculina da paternidade nos anos 1990: estudo de relacoes de genero com homens de camadas medias

Unbehaum, Sandra G 2000 July 1900 (has links) (PDF)
Mestre -- Universidade de Sao Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciencias Humanas. Departamento de Sociologia, Sao Paulo, 2000.

Page generated in 0.0313 seconds