• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 32
  • Tagged with
  • 33
  • 33
  • 26
  • 24
  • 20
  • 18
  • 16
  • 15
  • 13
  • 12
  • 11
  • 9
  • 9
  • 8
  • 7
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Estudo das emissões otoacústicas evocadas por produto de distorção em trabalhadores normo-ouvintes expostos a diferentes doses de ruído ocupacional

Boger, Marlene Escher 06 December 2012 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2012. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2013-02-18T14:50:08Z No. of bitstreams: 1 2012_MarleneEscherBoger.pdf: 1154198 bytes, checksum: b9aa61a74a43942cbf5e1f404979e0c1 (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2013-02-21T21:49:09Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_MarleneEscherBoger.pdf: 1154198 bytes, checksum: b9aa61a74a43942cbf5e1f404979e0c1 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-02-21T21:49:09Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_MarleneEscherBoger.pdf: 1154198 bytes, checksum: b9aa61a74a43942cbf5e1f404979e0c1 (MD5) / O teste das emissões otoacústicas evocadas é útil no monitoramento de mudanças auditivas ainda não detectáveis na audiometria tonal, bem como para monitorar os danos da cóclea ocasionados por exposição a ruídos. Objetivo: Avaliar as emissões otoacústicas evocadas por produto de distorção em trabalhadores normo-ouvintes expostos a diferentes doses de ruído ocupacional. Método: Trata-se de estudo prospectivo de coorte realizado em indústrias metalúrgicas, nas quais avaliou-se trabalhadores normo-ouvintes divididos em três diferentes grupos, sendo o GI não exposto, o GII exposto esporadicamente e o GIII exposto frequentemente ao ruído ocupacional. Resultados: Foi possível observar alterações significantes nas emissões otoacústicas nos grupos II e III em ambas as orelhas. Na amplitude e na relação sinal/ruído observou-se que quanto mais alta é a frequência do som, piores são os resultados do GII e GIII, e quanto maior a exposição ao ruído, menores são as médias encontradas nas emissões otoacústicas. A frequência com piores registros é a de 6 kHz. O grupo II, apesar de exposto esporadicamente ao ruído, sofre os efeitos da exposição e revela risco importante para perda auditiva. Conclusão: As emissões otoacústicas são piores nos grupos expostos em relação ao grupo não exposto e quanto maior a exposição ao ruído, piores são os resultados. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The otoacoustic emission test is useful in monitoring hearing changes still not detectable in pure-tone audiometry, as well as in monitoring cochlear damage caused by exposure to noise. Objective: To evaluate distortion product otoacoustic emissions in normal hearing workers exposed to different occupational noise doses. Method: This is a cohort prospective study performed in metalworking industries, in which normal hearing workers were assessed by being divided into three different groups, with GI not exposed, GII sporadically exposed and GIII often exposed to occupational noise. Results: Otoacoustic emission alterations were found in groups II and III bilaterally. Both in the amplitude and in the signal/noise ratio it was observed that the higher the frequency the worse are the results of GII and GIII, and the greater the exposure dose the lower the averages found in otoacoustics emission. The worst frequency record is 6 kHz. Group II, although sporadically exposed to noise, suffers the effects of exposure and reveals an important risk for hearing loss. Conclusion: The otoacoustic emissions are worse in the exposed groups compared to the unexposed group and the greater the noise dose the worse the results.
2

Monitoramento auditivo por meio da avaliação coclear em militares do exército brasileiro expostos a ruído de impacto

Barreto, Monique Antunes de Souza Chelminski 12 September 2011 (has links)
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2011. / Submitted by Shayane Marques Zica (marquacizh@uol.com.br) on 2011-10-20T16:04:33Z No. of bitstreams: 1 2011_Monique AntunesdeSouzaChelminskiBarreto.pdf: 1192062 bytes, checksum: 8cd2d707c67c265dfaf03c36da35cae1 (MD5) / Approved for entry into archive by Elzi Bittencourt(elzi@bce.unb.br) on 2011-10-21T14:18:15Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_Monique AntunesdeSouzaChelminskiBarreto.pdf: 1192062 bytes, checksum: 8cd2d707c67c265dfaf03c36da35cae1 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-10-21T14:18:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_Monique AntunesdeSouzaChelminskiBarreto.pdf: 1192062 bytes, checksum: 8cd2d707c67c265dfaf03c36da35cae1 (MD5) / A exposição ao ruído, ou níveis elevados de pressão sonora, se constitui na principal causa de perda auditiva sensório-neural (PASN) em indivíduos adultos e tal exposição pode produzir uma alteração na percepção sonora principalmente para as freqüências altas. Este estudo ressalta a importância da detecção precoce de alteração coclear, por meio de Programa de Prevenção da Perda Auditiva (PPPA). Objetivo: Estudar por meio das emissões otoacústicas evocadas por produto de distorção (EOAEPD) a amplitude, a relação sinal/ruído e a ocorrência, por frequência, antes e após a exposição a ruído de impacto em militares do Exército Brasileiro. Trata-se de estudo analítico, observacional, longitudinal e prospectivo. Método: Foi realizada avaliação auditiva por meio das EOAEPD em 60 militares antes da exposição ao ruído de impacto de arma de fogo. Posteriormente, os militares foram alocados em dois grupos: G1, reavaliado logo após a exposição ao ruído e G2, reavaliado após 24 horas da exposição. Todos fizeram uso de protetor auditivo de inserção. Resultados: A análise estatística constatou diferença significativa nos critérios de amplitude e relação sinal/ruído das EOAEPD após exposição ao ruído nos dois grupos, principalmente nas frequências de 6 KHz e 8 KHz em ambas as orelhas. Conclusão: Concluiu-se que o exame de EOAEPD apresentou sensibilidade para detectar mudanças sutis nas amplitudes e na relação sinal/ruído, bem como na ocorrência, comprovando alteração da função coclear em militares expostos a ruído de impacto. Assim, ficou demonstrada a necessidade de implementação de PPPA para os militares. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / Exposure to noise, or high levels of sound pressure is the main cause of Sensorineural Hearing Loss (SNHL) in adult individuals and that exposure may produce an alteration in sound perception mainly at high frequencies. The present study highlights the importance of the early detection of cochlear alterations by means of a Hearing Loss Prevention Program (HLPP). Objective: Studying by means of distortion product otoacoustic emissions (DPOAE) the amplitude, the signal/noise ratio and the occurrence, by frequency, before and after exposure to noise in soldiers of the Brazilian Army. It is an analytical, observational, longitudinal and prospective study. Method: Auditory evaluation was performed by means of DPEOAEs in 60 soldiers before exposure to fire gun impulse noise. Subsequently, the soldiers were allocated into two groups: G1, reevaluated immediately after exposure to noise and G2, reevaluated 24 hours after exposure. All made use of molded auditory protection devices fit into the ear canal. Results: Statistical analysis has detected a significant difference in the criteria for amplitude and signal/noise ratio of the DPEOAEs after exposure to noise in both groups, mainly at the frequencies of 6 KHz and 8 KHz in both ears. Conclusion: It was concluded that the DPEOAE test was sensitive to detect subtle shifts in the amplitudes and in the signal/noise ratio, as well as their occurrence, detecting alterations in the cochlear function in soldiers exposed to impulse noise. In this way, the need for implementation of a HLPP for soldiers was demonstrated.
3

Avaliação do dano gerado pelo ruído nas células ciliadas externas de professores do ensino fundamental de uma regional de ensino do Distrito Federal

Novanta, Gabriela Guenther Ribeiro January 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências Médicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2015. / Submitted by Cristiane Mendes (mcristianem@gmail.com) on 2015-07-01T13:31:28Z No. of bitstreams: 1 2015_GabrielaGuentherRibeiroNovanta.pdf: 1104044 bytes, checksum: 4620c6c3837e965c9c48dde66a920791 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2015-07-02T15:02:26Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_GabrielaGuentherRibeiroNovanta.pdf: 1104044 bytes, checksum: 4620c6c3837e965c9c48dde66a920791 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-07-02T15:02:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_GabrielaGuentherRibeiroNovanta.pdf: 1104044 bytes, checksum: 4620c6c3837e965c9c48dde66a920791 (MD5) / Introdução: O excesso de ruído presente nas escolas tem sido uma queixa frequentemente referida pela categoria dos professores. Embora a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) estabeleça que o ruído dentro da sala de aula deve atingir no máximo 50dB (1), diversos estudos realizados no Brasil citam intensidades próximas ou superiores a 70 dB dentro das salas de aula. Este excesso de ruído poderá provocar reações psicológicas, fisiológicas e patológicas na saúde dos professores, e principalmente, prejudicar a audição. Objetivos: Avaliar do dano gerado pelo ruído nas células ciliadas externas de professores do ensino fundamental de uma regional de ensino do Distrito Federal. Métodos: Foram realizados os testes de emissões otoacústicas transientes (EOAT) e emissões otoacústicas por produto de distorção (EOAPD) com repouso acústico e o teste de EOAPD após a jornada de trabalho. Para a análise das EOAT e EOAPD foi utilizado o critério "passa/falha", por meio da avaliação da amplitude da resposta e da relação sinal/ruído. Durante o período de aula, foram realizadas medições dos níveis de pressão sonora dentro das salas de aula, por meio de um decibelímetro. Foram realizadas medições de 10 minutos, e registrados o LAeq (nível de pressão sonora equivalente), o valor mínimo e o valor máximo. Resultados: Foram avaliados 67 professores com idades entre 21 e 54 anos (Média 37,1; DP 8,4) dos quais 61 do sexo feminino (91%) e 6 do sexo masculino (9%). O tempo de magistério variou entre 1 e 27 anos (Média 10,7; DP 6,8). Foram realizadas 210 medições dos níveis de pressão sonora, sendo três registros para cada uma das 67 salas de aula. A média do ruído (LAeq) foi de 76,6 dB (A) (DP 5,4), a mínima foi de 59,2 dB (A) (DP 4,3) e a máxima foi de 90,2 dB (A) (DP 7,1). Pelo critério “passa/falha”, apenas 34,3% dos professores apresentou "passa" ou normal nas EOAT em ambas as orelhas e 16,4% dos professores apresentou "passa" ou normal nas EOAPD para ambas as orelhas. Na comparação entre os dois momentos (com repouso auditivo e após exposição da jornada de trabalho) das EOAPD, foi encontrada uma diminuição significante na amplitude da resposta e na relação sinal/ruído na segunda avaliação para as frequências de 2 e 4 kHz. O aumento dos níveis de ruído esteve relacionado com a diminuição da amplitude da resposta nas frequências de 2 e 4 kHz e com a relação sinal/ruído na frequência de 4 kHz. Conclusão: O ruído presente dentro da sala de aula foi capaz de gerar uma alteração na função das células ciliadas externas dos professores avaliados. Foi encontrada uma alta prevalência de resultados alterados mesmo com repouso auditivo, que sugere uma relação entre a exposição ao ruído e o dano auditivo. / Introduction: The excessive noise present in schools has been a frequent complaint reported by teachers’. Although the Brazilian Association of Technical Standards (ABNT) has established that noise inside classrooms should not exceed 50 dB, several studies conducted in Brazil have mentioned intensities close to or higher than 70 dB in classrooms. This excess of noise may cause psychological, physiological and pathological reactions in the health of teachers, especially damage to hearing. Objectives: To evaluate the damage generated by noise in outer hair cells of elementary school teachers of one of the Federal District´s area. Methods: otoacoustic emission tests (EOAT) and otoacoustic emissions by distortion product (DPOAE) were performed with acoustic rest and the DPOAE test after a day of work. For the analysis of TEOAE and DPOAE the "pass / fail" criteria was used, through the evaluation of the amplitude response and signal / noise ratio. During teaching classes, measurements were made on sound pressure levels in classrooms through a decibel meter. Ten-minute measurements were performed, and registered at the LAeq (equivalent sound pressure level), the minimum value and the maximum value. Results: A total of 67 teachers aged between 21 to 54 years (average 37.1, SD 8.4) from which 61 were females (91%) and 6 males (9%). Their teaching experience ranged from 1 to 27 years (average 10.7, SD 6.8). 210 measurements of sound pressure levels were conducted, being three records for each of the 67 classrooms. The noise average (LAeq) was 76.6 dB (A) (SD 5.4), the lowest was 59.2 dB (A) (SD 4.3) and the highest was 90.2 dB (A) (SD 7.1). Through "pass / fail" criteria, only 34.3% of teachers were considered "pass" or normal in TEOAE in both ears and 16.4% of teachers were considered "pass" or normal in DPOAE in both ears. Comparing the two time points (with auditory rest and after exposure of the day of work) DPOAE, we found a significant decrease in response amplitude and signal / noise ratio in the second evaluation for the frequencies of 2 and 4 kHz. The increase in noise levels was related to the decrease in amplitude response for 2 and 4 kHz frequency and the signal / noise ratio in 4 kHz frequency. Conclusion: The noise inside classrooms was capable to generate a change in the function of the outer hair cells of the evaluated teachers. A high prevalence of abnormal results was found even with hearing rest, which suggests a relation between noise exposure and hearing damage.
4

Avaliação de riscos na reparação de moldes para vidro de embalagem

Ferreira, Cátia Carina Guerra January 2012 (has links)
Estágio realizado na BA Vidro - e orientado pelo Eng. Sérgio Alexandre Fonseca Correia de Sousa / Tese de mestrado. Engenharia de Segurança e Higiene Ocupacionais. Faculdade de Engenharia. Universidade do Porto. 2012
5

Exposição ao ruído ocupacional em meio hospitalar - open space

Pinto, Hugo Leandro Carvalho January 2012 (has links)
Tese de mestrado integrado. Engenharia de Segurança e Higiene Ocupacionais. Faculdade de Engenharia. Universidade do Porto. 2012
6

Associação entre perda auditiva induzida pelo ruído e zumbido

Dias, Adriano [UNESP] January 2004 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:29:36Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2004Bitstream added on 2014-06-13T20:38:57Z : No. of bitstreams: 1 dias_a_me_botfm.pdf: 225371 bytes, checksum: 5683d13d21fc4540666dc05f73c4a5ca (MD5) / Universidade Estadual Paulista (UNESP) / Verificar a associação entre PAIR e a queixa de zumbido em trabalhadores expostos ao ruído ocupacional. Método: Foram entrevistados e avaliados trabalhadores com histórico de exposição ao ruído ocupacional atendidos me dois ambulatórios de audiologia. Estudou-se a existência de associação entre PAIR e a ocorrência de zumbido por intermédio do ajuste de um modelo de regressão logística tendo como variável dependente o zumbido e como variável independente a PAIR, classificada em 6 graus, controlada pela covariável idade. Resultados: Os dados foram coletados entre os meses de abril e outubro de 2004, na cidade de Bauru, Estado de São Paulo, contemplando 284 trabalhadores. Estimou-se que a prevalência de zumbido aumenta de acordo com a evolução do dano auditivo, controlado para a idade. Discussão: Justifica-se o investimento em programas de conservação auditiva particularmente voltados para o controle da emissão de ruídos na fonte e para a intervenção na evolução das perdas auditivas geradas pela exposição ao ruído objetivando não apenas a manutenção da saúde auditiva, mas também a diminuição dos sintomas associados. / To study the association between noise-induced hearing loss (NIHL) and tinnitus in workers exposed to occupational noise. Method: Workers attending with history of work noise exposure were interviewed and evalueted at two audiology outpatient clinics. The association between NIHL and tinnitus was studied using an adjusted linear regression model with tinnitus as the dependent and NIHL the independent variable and classified into six levels, with age as a controlling co-variable. Results: Data were collected from284 workers between April and October 2003 in Bauru, São Paulo State. Tinnitus was seen to increase with evolution of auditory damage, controlled by age. Discussion: Investment is needed in hearing conservation programs, especially for controlling noise emission at source and for intervention in hearing loss evolution caused bu noise exposure, not just in maintaining auditory health, but also reducing associated symptoms.
7

Papel do treinamento em saúde auditiva na percepção de perda auditiva e proteção auditiva auto-declaradas por funcionários de indústrias sucroalcooleira de Alagoas / Role of health training in the perception of hearing loss and hearing protection self-reported by officials in sugarcane industries Alagoas

Brandão, Kristhine Keila Calheiros Paiva [UNIFESP] 26 January 2011 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-07-22T20:50:33Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2011-01-26 / Objetivo: verificar e comparar as crenças e atitudes frente à perda auditiva e proteção auditiva auto-declaradas por funcionários entre duas indústrias do ramo sucroalcooleiro, com e sem participação em um programa de conservação em saúde auditiva.Método: Participaram do estudo 120 funcionários da usina A que receberam o treinamento específico em saúde auditiva e 87 funcionários da usina B, que não receberam o mesmo treinamento. Foi utilizado o questionário “Crenças e atitudes sobre proteção auditiva e perda auditiva”, elaborado por pesquisadores do NIOSH (1996), o qual foi aplicado após o treinamento em saúde auditiva, que é uma das etapas do Programa de Saúde Auditiva - PCA, desenvolvido pela usina A. Para a usina B, o questionário foi aplicado em dias marcados com o setor de engenharia de segurança do trabalho, não seguindo, portanto a seqüência do treinamento em saúde auditiva, uma vez que esta empresa ainda não desenvolve o PCA. A idade média dos funcionários da usina A foi de 31,8 anos e para usina B 30,5 anos. O tempo de exposição médio a ruído dos voluntários da usina A e B foi de 10 anos. A maior parte dos funcionários de ambas as usinas trabalhavam expostos a ruído superior a 85 dBA, com até 10 anos de tempo de exercício. Resultados: Das 10 temáticas avaliadas no questionário destacam-se três: a melhor percepção de susceptibilidade de adquirir uma perda auditiva (p<0,001), melhor percepção de obstáculos de uma ação preventiva quando relacionado ao conforto do uso do protetor auditivo (p=0,022) e melhor percepção da auto-eficácia relacionada ao sucesso frente as ações recomendadas para proteção da saúde auditiva(0,005) observadas na Usina A quando comparadas a usina B. Apenas um funcionário da usina A afirmou não fazer uso de protetor auricular. O escore total das respostas ao questionário da usina A foi maior (p= 0,010) e estatisticamente significantes , em relação aquele da usina B. Conclusão: Através do presente estudo, verificou-se que a aplicação do questionário “Crenças e atitudes sobre a proteção auditiva e perda auditiva”, nos permitiu conhecer a realidade mais próxima dos funcionários quanto ao seu conhecimento sobre a saúde auditiva que demonstrou o cumprimento mínimo das normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho. Ao se comparar os resultados entre as usinas com e sem programa de conservação auditiva, foi possível concluir que a usina sucroalcooleira A, que implementou um PCA, desde 2006, apresentou melhor percepção com diferença estatística significante, comparada à usina B em relação às temáticas T1,T4 e T10 referentes à: percepção de susceptibilidade de adquirir uma perda auditiva, percepção de obstáculos para uma ação preventiva:conforto; e auto-eficácia. / the hearing loss and hearing protection for employees between two industries of the sugarcane branch, with and without participation in a program of conservation in hearing health. Methodology: 120 employees had participated of the study in the sugarcane industry A whom had received the specific training in hearing health and 87 employees from the sugarcane industry B, whom they had not received the same training. The questionnaire was used “Beliefs and attitudes on hearing protection and hearing loss”, elaborated for researchers of the NIOSH (1996), which was applied after the training in hearing health, that is one of the stages of the Program of Hearing Health - PCA, developed for the sugarcane industry A. For the sugarcane industry B, the questionnaire was applied in days marked with the sector of engineering in security of the work, not following, therefore, the sequence of the training in hearing health, however, this company not yet develops the PCA. The average age of the employees in the sugarcane industry A was of 31, 8 years and for sugarcane industry B was 30, 5 years. The average of years of study in the sugarcane industries A and B were of 10 years. Most of the employees both the industries had high risk of hearing loss for exposition to the loud noise above 85db, with interval of 0 the 10 years, as working in the same function for the majority of the employees in the two industries. However, an employee of the sugarcane industry A affirmed that He didn´t use any hearing protector. Results: Nevertheless, 10 thematic evaluated in the questionnaire, the best perception of susceptibilities was observed in the sugarcane industry A to acquire a hearing loss (p<0,001), perception of obstacles of an injunction when related to the comfort of the use of the hearing protector (p=0,022) and better perception of the auto-effectiveness related to the success front the actions recommended for protection of the hearing health (0,005), as well as for a total score(p=0,010) when compared sugarcane industry B that does not develop the PCA. Conclusion: Through this study it was found that the questionnaire "Beliefs and attitudes about hearing protection and hearing loss", allowed us to know the reality closer to employees about their hearing health knowledge that has demonstrated compliance with minimum standards regulating the Ministry of Labour. Comparing the results between plants with and without a hearing conservation program, it was concluded that the sugarcane mill, which implemented a PCA, since 2006, had a relation to thematic T1, T4 and T10 regarding: perceived susceptibility of acquiring a hearing loss, perceived barriers to preventive action, comfort, and self-efficacy. / TEDE
8

Estudo da prevalência e das características do zumbido em trabalhadores expostos ao ruído ocupacional

Possani, Lissi Nara Amaral January 2006 (has links)
Introdução: O zumbido é definido como uma sensação auditiva ilusória sem a presença de um som externo. Acomete homens e mulheres, mais comumente entre 40 e 70 anos de idade, às vezes podendo ocorrer em crianças. Análises de dados epidemiológicos indicam que a exposição ao ruído é uma das causas mais comuns de zumbido. Objetivos: Os objetivos gerais deste estudo foram verificar a prevalência do zumbido em trabalhadores expostos ao ruído ocupacional e avaliar a freqüência e a intensidade do zumbido. Os objetivos específicos foram avaliar a gravidade do zumbido; analisar a presença do zumbido por sexo, cor, idade e tempo de trabalho com exposição ao ruído e analisar a relação do zumbido com as freqüências mais acometidas na audiometria e com a presença e grau da perda auditiva, independente do nexo da perda. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo transversal para o qual foram selecionados 362 prontuários de trabalhadores expostos a ruído ocupacional ≥80dB(NA)/8h diárias. Estes trabalhadores haviam sido submetidos a meatoscopia, anamnese clínica e ocupacional, audiometria de via aérea, avaliação de freqüência e intensidade do zumbido e à escala de avaliação da gravidade do zumbido. Conclusão: A prevalência do zumbido foi de 9,9%. Nas análises de regressão conclui-se que trabalhadores com presença de perda auditiva em pelo menos um dos ouvidos têm 2,396 vezes mais chances de ter zumbido quando comparados com os que não tem perda auditiva. Os trabalhadores com faixa etária acima ou igual a 30 anos tem 5,353 vezes mais chances de ter perda auditiva em pelo menos um dos ouvidos quando comparados com os de faixa etária menor que 30 anos. Com relação ao tempo de trabalho em contato com o ruído, a analise estatística revela que trabalhadores com diferença de 1 ano no tempo de trabalho em contato com ruído tem um risco 5,3 % (OR=1,053) maior de apresentar perda auditiva. / Background: Tinnitus is an auditory phantom sensation experienced when no external sound is present. It occurs in both men and women, and is more prevalent between the age of 40 and 70; however, it may also occur in children. Analyses of epidemiologic data indicate that exposure to noise is its most common cause. Object: The aim of this study was to investigate the prevalence and characteristics of tinnitus in noise-exposed workers. Its specific objectives were to evaluate the severity of tinnitus, to compare the presence of tinnitus with the individual’s sex, race, age, and time of exposure to noise in the workplace, and to analyze the relation between tinnitus and the most affected frequencies in audiometric tests as well as the presence and level of hearing loss. Materials and Methods: The present was a cross-sectional study for which 362 files of workers exposed to noise (≥80dB(A)/8h per day) were selected. These workers had undergone otoscopy, clinical and occupational anamnesis, audiometric test of ear conduction, and an investigation of frequency, intensity, and severity of tinnitus. Conclusion: The prevalence of tinnitus found was 9.9%. After logistic regression analyses, it was concluded that workers with hearing loss in at least one ear have 2.396 times more chance of having tinnitus than those who do not have hearing loss. Workers aged 30 or older have 5.353 times more chance of having hearing loss in at least one ear than those younger than 30. As to time of exposure to noise in the workplace, statistical analysis showed that workers with a difference of 1 year in time of exposure to noise have a 5.3% (OR=1.053) higher risk of suffering hearing loss.
9

Estudo da prevalência e das características do zumbido em trabalhadores expostos ao ruído ocupacional

Possani, Lissi Nara Amaral January 2006 (has links)
Introdução: O zumbido é definido como uma sensação auditiva ilusória sem a presença de um som externo. Acomete homens e mulheres, mais comumente entre 40 e 70 anos de idade, às vezes podendo ocorrer em crianças. Análises de dados epidemiológicos indicam que a exposição ao ruído é uma das causas mais comuns de zumbido. Objetivos: Os objetivos gerais deste estudo foram verificar a prevalência do zumbido em trabalhadores expostos ao ruído ocupacional e avaliar a freqüência e a intensidade do zumbido. Os objetivos específicos foram avaliar a gravidade do zumbido; analisar a presença do zumbido por sexo, cor, idade e tempo de trabalho com exposição ao ruído e analisar a relação do zumbido com as freqüências mais acometidas na audiometria e com a presença e grau da perda auditiva, independente do nexo da perda. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo transversal para o qual foram selecionados 362 prontuários de trabalhadores expostos a ruído ocupacional ≥80dB(NA)/8h diárias. Estes trabalhadores haviam sido submetidos a meatoscopia, anamnese clínica e ocupacional, audiometria de via aérea, avaliação de freqüência e intensidade do zumbido e à escala de avaliação da gravidade do zumbido. Conclusão: A prevalência do zumbido foi de 9,9%. Nas análises de regressão conclui-se que trabalhadores com presença de perda auditiva em pelo menos um dos ouvidos têm 2,396 vezes mais chances de ter zumbido quando comparados com os que não tem perda auditiva. Os trabalhadores com faixa etária acima ou igual a 30 anos tem 5,353 vezes mais chances de ter perda auditiva em pelo menos um dos ouvidos quando comparados com os de faixa etária menor que 30 anos. Com relação ao tempo de trabalho em contato com o ruído, a analise estatística revela que trabalhadores com diferença de 1 ano no tempo de trabalho em contato com ruído tem um risco 5,3 % (OR=1,053) maior de apresentar perda auditiva. / Background: Tinnitus is an auditory phantom sensation experienced when no external sound is present. It occurs in both men and women, and is more prevalent between the age of 40 and 70; however, it may also occur in children. Analyses of epidemiologic data indicate that exposure to noise is its most common cause. Object: The aim of this study was to investigate the prevalence and characteristics of tinnitus in noise-exposed workers. Its specific objectives were to evaluate the severity of tinnitus, to compare the presence of tinnitus with the individual’s sex, race, age, and time of exposure to noise in the workplace, and to analyze the relation between tinnitus and the most affected frequencies in audiometric tests as well as the presence and level of hearing loss. Materials and Methods: The present was a cross-sectional study for which 362 files of workers exposed to noise (≥80dB(A)/8h per day) were selected. These workers had undergone otoscopy, clinical and occupational anamnesis, audiometric test of ear conduction, and an investigation of frequency, intensity, and severity of tinnitus. Conclusion: The prevalence of tinnitus found was 9.9%. After logistic regression analyses, it was concluded that workers with hearing loss in at least one ear have 2.396 times more chance of having tinnitus than those who do not have hearing loss. Workers aged 30 or older have 5.353 times more chance of having hearing loss in at least one ear than those younger than 30. As to time of exposure to noise in the workplace, statistical analysis showed that workers with a difference of 1 year in time of exposure to noise have a 5.3% (OR=1.053) higher risk of suffering hearing loss.
10

Estudo comparativo de exames audiométricos de trabalhadores de cinco categorias profissionais / Audiogram comparison of workers from five professional categories

Duarte, Alexandre Scalli Mathias, 1982- 28 August 2018 (has links)
Orientador: Reinaldo Jordão Gusmão / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-08-28T02:13:31Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Duarte_AlexandreScalliMathias_M.pdf: 1456659 bytes, checksum: 02d867305f679922c5ce3ca16dccc79a (MD5) Previous issue date: 2015 / Resumo: Introdução: O ruído é considerado a terceira maior causa de poluição ambiental e pode ser visto como um risco de agravo à saúde. A Organização Mundial da Saúde estima que 10% da população mundial está exposta a níveis elevados de pressão sonora potencialmente lesivos. Torna-se mais problemático quando se trata de ruído no ambiente de trabalho. A exposição ao ruído, ocupacional ou não, pode acarretar alterações auditivas (hipoacusia, zumbido, dificuldade de compreensão da fala e hiperacusia) e não auditivas (irritação, distúrbios do sono, doenças cardiovasculares, dentre outros). Quando é intenso e a exposição a ele é continuada, podem surgir alterações estruturais na orelha interna, que determinam a ocorrência da Perda Auditiva Induzida por Ruído. O mecanismo de lesão do órgão espiral ocorre na espira basal da cóclea, área responsável pelo som de frequências altas. Objetivos: Avaliar as médias aritméticas dos limiares auditivos tonais das frequências 3, 4 e 6 kHz de trabalhadores de setores industriais diversos e relacioná-las com o tempo de exposição ao ruído e diferentes tipos de trabalho. Metodologia: Foram calculadas as médias aritméticas das frequências audiométricas de 3, 4 e 6 kHz para cada orelha de 2.140 exames audiométricos e verificado suas relações com o tempo de exposição ao ruído, idade e categorias de trabalho. Conclusões: Houve piora significativa das médias aritméticas em 3, 4 e 6 kHz nos quatro grupos, por tempo de exposição, em todas as categorias profissionais analisadas. As médias aritméticas, dos limiares tonais das frequências 3, 4 e 6 kHz, em decibéis, podem ser consideradas úteis para análise de lesões cocleares relacionadas com a exposição contínua a ruído. Na comparação entre as diferentes categorias profissionais, foram observadas diferenças significativas das médias aritméticas em 3, 4 e 6 kHz apenas entre transportadores de cargas e os trabalhadores das demais categorias. A orelha esquerda apresentou limiares audiométricos piores do que a direita, em todas as avaliações, independentemente da categoria profissional / Abstract: Introduction: Noise is considered the third largest cause of environmental pollution and can be seen as a risk to health conditions. The World Health Organization (WHO) estimates that 10% of the world population is exposed to high levels of potentially harmful sound pressure. It becomes more problematic when it comes to noise in the working environment. Exposure to noise, occupational or not, can cause hearing disorders (hearing loss, tinnitus, difficulty in speech understanding and hyperacusis) and not hearing disorders (irritation, sleep disorders, cardiovascular diseases and others). When intense and exposure to it is continued, there may be structural changes in the inner ear, which determine the occurrence of Noise-Induced Hearing Loss. The spiral organ injury mechanism occurs in the basal turn of the cochlea, area responsible for the sound of high frequencies. Objectives: To assess the arithmetic average of audiometric pure tone thresholds in frequencies 3, 4 and 6 kHz of various industrial sectors workers and relating them to the time of exposure to noise and different types of work. Methods: We calculated the arithmetic means of audiometric frequencies of 3, 4 and 6 kHz for each ear of 2.140 audiometry and verified its relations with the noise exposure time, age and job categories. Conclusions: There was a significant worsening of the arithmetic averages in 3, 4 and 6 kHz in the four groups, exposure time, in all occupational categories analyzed. The averages, of pure tone thresholds of frequencies 3, 4 and 6 kHz, in decibels, can be considered useful for analysis of cochlear injury related to continuous exposure to noise. Comparing the different professional categories, significant differences of arithmetic means were observed in 3, 4 and 6 kHz only between carriers of cargo and workers in other categories. The left ear had audiometric thresholds worse than the right, in all evaluations regardless of profession / Mestrado / Otorrinolaringologia / Mestre em Ciências Médicas

Page generated in 0.0905 seconds