• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 31599
  • 3254
  • 229
  • 181
  • 180
  • 179
  • 148
  • 113
  • 60
  • 59
  • 58
  • 58
  • 39
  • 39
  • 25
  • Tagged with
  • 35611
  • 24920
  • 11888
  • 10782
  • 10377
  • 10366
  • 5169
  • 3946
  • 3735
  • 3219
  • 3073
  • 2984
  • 2984
  • 2935
  • 2794
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

Integralidade da atenção básica à saúde bucal no Brasil : análise dos dados do PMAQ-AB

Neves, Matheus January 2016 (has links)
No Brasil, desde a implantação do Sistema Único de Saúde (SUS), as três esferas de governo têm sido mobilizadas a buscar inovadoras e apropriadas formas de gestão em saúde. Para o cumprimento efetivo de tais aspirações políticas e gerenciais, a gestão eficiente e eficaz das ações e serviços de saúde deve subsidiar decisões que gerem bons resultados na produção de serviços, deve resultar em garantia da qualidade da atenção e, sobretudo, deve gerar impacto positivo na saúde. O objetivo desta tese foi verificar o desempenho das equipes de saúde bucal participantes do primeiro ciclo do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) de todo o território nacional, na provisão de cuidado integral em saúde bucal. Foram conduzidos dois estudos exploratórios com análise multinível, realizados a partir dos dados secundários do PMAQ-AB. O PMAQ-AB recebeu a adesão e contratualização de 3.972 municípios brasileiros (71,3%), observou condições de infraestrutura e ambiência na totalidade das Unidades Básicas de Saúde (38.811 – 100%), analisou 17.479 Equipes de Atenção Básica, dentre as quais 12.403 contavam com equipe de saúde bucal, de todas as macrorregiões brasileiras. Os dados do primeiro nível (equipe de saúde) são referentes às entrevistas estruturadas realizadas com os profissionais das equipes de saúde bucal e à disponibilidade de insumos odontológicos e os dados do segundo nível (contextual) dizem respeito às características dos municípios e aos indicadores dos sistemas de saúde locais. Regressão de Poisson Multinível foi utilizada para obtenção das razões de prevalências brutas e ajustadas em uma modelagem hierárquica. A prevalência de realização de procedimentos odontológicos preventivos, desfecho agrupado pela aplicação tópica de flúor somada à aplicação de selantes, à detecção de lesões bucais e ao acompanhamento de casos suspeitos ou confirmados de câncer de boca, tem-se que dentre as 10,334 equipes de saúde bucal avaliadas, 29,46% (3044/10334) (IC95% 28,57–30,33) realizaram o rol de procedimentos preventivos elencados. Já, a prevalência de realização de procedimentos odontológicos curativos, desfecho derivado da realização de restaurações de amálgama e resina; exodontias; raspagem, alisamento e polimento periodontal; curativo de demora e drenagem de abscesso dento-alveolar, foi de 69,51% (7906/11374) (IC95% 68,66 – 70,35). Com este estudo, foi possível explorar a distribuição desigual da realização de procedimentos odontológicos preventivos e curativos no Brasil, bem como seus condicionantes e o quão importante é o efeito contextual nessas iniquidades, principalmente em relação às diferenças macrorregionais. A promoção da saúde comprometida com o enfrentamento das inequidades intra e interregionais tem potência para fortalecer os princípios doutrinários e organizativos do SUS, além de qualificar a integralidade do cuidado em saúde bucal. / In Brazil, since the implementation of the Unified Health System (SUS), the three levels of government have been mobilized to seek innovative and appropriate forms of health management. For the effective implementation of such policies and managerial aspirations, efficient and effective management of the actions and health services should support decisions that generate good results in the production of services, result in ensuring the quality of care and, mainly, generate positive impact in health. The objective of this thesis was to evaluate the performance of oral health teams participating in the first cycle of the Program of Improvement of Access and Quality of Primary Care (PMAQ-AB) all over the country, in the provision of comprehensive oral health care. Two exploratory studies with multilevel analysis were conducted from secondary data of PMAQ-AB. The PMAQ-AB was contracted by 3,972 Brazilian municipalities (71.3%), with infrastructure and ambience conditions carried out in all Primary Care Services (38811-100%), and work processes in 17,479 Primary Care Teams, of which 12,403 had primary oral health care. Data from the first level (health staff) were obtained by in loco structured interviews conducted with professionals of oral health teams, while the availability of dental supplies and the data of the second level (contextual) are related to the characteristics of municipalities and health indicators of local systems. Multilevel Poisson regression was used to obtain the crude and adjusted prevalence ratios in a hierarchical modeling. The prevalence of performance of comprehensive preventive dental procedures, outcome represented by the provision by the team of topical fluoride, dental sealants and the detection of oral lesions and the monitoring of suspected or confirmed cases of oral cancer was 29.46% (3044/10334) (95% CI 28.57 to 30.33) among the 10,334 oral health teams assessed. However, the prevalence of performing comprehensive restorative dental procedures, represented by the provision by the team of amalgam and resin restorations, extractions, supragingival scaling, drainage of abscess and temporary endodontic dressing was 69,51% (7906/11374) (95% CI 68.66 to 70.35). Therefore, this study was important to explore the unequal distribution of the provision of comprehensive preventive and restorative dental procedures in Brazil, as well as their conditions and how important is the contextual effect on these inequities, especially in relation to macro-regional differences. Health promotion committed to tackling the intra and interregional inequalities have the power to strengthen the doctrinal and organizational principles of the SUS, in addition to qualifying the comprehensiveness of oral health care.
22

Integralidade da atenção básica à saúde bucal no Brasil : análise dos dados do PMAQ-AB

Neves, Matheus January 2016 (has links)
No Brasil, desde a implantação do Sistema Único de Saúde (SUS), as três esferas de governo têm sido mobilizadas a buscar inovadoras e apropriadas formas de gestão em saúde. Para o cumprimento efetivo de tais aspirações políticas e gerenciais, a gestão eficiente e eficaz das ações e serviços de saúde deve subsidiar decisões que gerem bons resultados na produção de serviços, deve resultar em garantia da qualidade da atenção e, sobretudo, deve gerar impacto positivo na saúde. O objetivo desta tese foi verificar o desempenho das equipes de saúde bucal participantes do primeiro ciclo do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) de todo o território nacional, na provisão de cuidado integral em saúde bucal. Foram conduzidos dois estudos exploratórios com análise multinível, realizados a partir dos dados secundários do PMAQ-AB. O PMAQ-AB recebeu a adesão e contratualização de 3.972 municípios brasileiros (71,3%), observou condições de infraestrutura e ambiência na totalidade das Unidades Básicas de Saúde (38.811 – 100%), analisou 17.479 Equipes de Atenção Básica, dentre as quais 12.403 contavam com equipe de saúde bucal, de todas as macrorregiões brasileiras. Os dados do primeiro nível (equipe de saúde) são referentes às entrevistas estruturadas realizadas com os profissionais das equipes de saúde bucal e à disponibilidade de insumos odontológicos e os dados do segundo nível (contextual) dizem respeito às características dos municípios e aos indicadores dos sistemas de saúde locais. Regressão de Poisson Multinível foi utilizada para obtenção das razões de prevalências brutas e ajustadas em uma modelagem hierárquica. A prevalência de realização de procedimentos odontológicos preventivos, desfecho agrupado pela aplicação tópica de flúor somada à aplicação de selantes, à detecção de lesões bucais e ao acompanhamento de casos suspeitos ou confirmados de câncer de boca, tem-se que dentre as 10,334 equipes de saúde bucal avaliadas, 29,46% (3044/10334) (IC95% 28,57–30,33) realizaram o rol de procedimentos preventivos elencados. Já, a prevalência de realização de procedimentos odontológicos curativos, desfecho derivado da realização de restaurações de amálgama e resina; exodontias; raspagem, alisamento e polimento periodontal; curativo de demora e drenagem de abscesso dento-alveolar, foi de 69,51% (7906/11374) (IC95% 68,66 – 70,35). Com este estudo, foi possível explorar a distribuição desigual da realização de procedimentos odontológicos preventivos e curativos no Brasil, bem como seus condicionantes e o quão importante é o efeito contextual nessas iniquidades, principalmente em relação às diferenças macrorregionais. A promoção da saúde comprometida com o enfrentamento das inequidades intra e interregionais tem potência para fortalecer os princípios doutrinários e organizativos do SUS, além de qualificar a integralidade do cuidado em saúde bucal. / In Brazil, since the implementation of the Unified Health System (SUS), the three levels of government have been mobilized to seek innovative and appropriate forms of health management. For the effective implementation of such policies and managerial aspirations, efficient and effective management of the actions and health services should support decisions that generate good results in the production of services, result in ensuring the quality of care and, mainly, generate positive impact in health. The objective of this thesis was to evaluate the performance of oral health teams participating in the first cycle of the Program of Improvement of Access and Quality of Primary Care (PMAQ-AB) all over the country, in the provision of comprehensive oral health care. Two exploratory studies with multilevel analysis were conducted from secondary data of PMAQ-AB. The PMAQ-AB was contracted by 3,972 Brazilian municipalities (71.3%), with infrastructure and ambience conditions carried out in all Primary Care Services (38811-100%), and work processes in 17,479 Primary Care Teams, of which 12,403 had primary oral health care. Data from the first level (health staff) were obtained by in loco structured interviews conducted with professionals of oral health teams, while the availability of dental supplies and the data of the second level (contextual) are related to the characteristics of municipalities and health indicators of local systems. Multilevel Poisson regression was used to obtain the crude and adjusted prevalence ratios in a hierarchical modeling. The prevalence of performance of comprehensive preventive dental procedures, outcome represented by the provision by the team of topical fluoride, dental sealants and the detection of oral lesions and the monitoring of suspected or confirmed cases of oral cancer was 29.46% (3044/10334) (95% CI 28.57 to 30.33) among the 10,334 oral health teams assessed. However, the prevalence of performing comprehensive restorative dental procedures, represented by the provision by the team of amalgam and resin restorations, extractions, supragingival scaling, drainage of abscess and temporary endodontic dressing was 69,51% (7906/11374) (95% CI 68.66 to 70.35). Therefore, this study was important to explore the unequal distribution of the provision of comprehensive preventive and restorative dental procedures in Brazil, as well as their conditions and how important is the contextual effect on these inequities, especially in relation to macro-regional differences. Health promotion committed to tackling the intra and interregional inequalities have the power to strengthen the doctrinal and organizational principles of the SUS, in addition to qualifying the comprehensiveness of oral health care.
23

Promoção da saúde, capital social e capital cultural: o caso do Projeto Acari / Health promotion, social capital and cultural capital: the case of Project Acari

Afonso, Carmelinda Monteiro Costa January 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2014-05-29T12:01:37Z (GMT). No. of bitstreams: 4 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 0000036.pdf: 2506292 bytes, checksum: 645ea9fa01966a1f8ae0d0e4f4a4365a (MD5) 0000036.pdf.txt: 619365 bytes, checksum: aa5aa083b8854dd6585ee11060ea0cda (MD5) 0000036.pdf.jpg: 1302 bytes, checksum: 015f5d19771e6cfe49f934ec474d38f2 (MD5) Previous issue date: 2013 / Trata-se de um estudo qualitativo, do tipo caso único, que teve como categorias centrais de investigação os capitais: social e cultural em um programa realizado, inicialmente,numa Escola pública do Município do Rio de Janeiro, que desenvolveu ações inspiradas nos princípios da Promoção da Saúde, onde nas principais atividades foi utilizada a arte como artifício de inclusão social e melhoria da autoestima das crianças. Objetivos: Buscou-se uma sistematização das estratégias de Promoção da Saúde envolvidas, o que incluiu análise da evolução do programa, a identificação e proposição das teorias que explicassem os processos e mecanismos adotados, com ênfase nos capitais social e cultural, além da identificação dos ingredientes ativos, presentes nas fases de implantação e implementação do programa. Métodos: Foi definida como método central, a abordagem da avaliação de programas complexos, que partiu do enfoque qualitativo da sistematização, como ferramenta de interpretação e compreensão da experiência. Foi estudado o período de 1999 2011, em que se identificou três fases ou ciclos na evolução do programa, originados a partir das mudanças identificadas no contexto, que compôs parte da análise. Os dados empíricos foram obtidos pela observação direta e participante, entrevistas semiestruturadas e entrevistas não estruturadas, além da análise de documentos produzidos pelo Projeto Acari. A análise de conteúdo temática foi utilizada como método no tratamento dos dados empíricos. Discussão e Resultados: Esse estudo apresentou os processos de mobilização e participação social como cruciais na condução e sustenilidade do Projeto Acari, que utilizou a formação de redes sociais como uma de suas principais estratégias de ação. O estudo lançou mão da teoria de ator-rede adaptada por Potvin, como parte da explicação na formação e desdobramentos das diferentes composições de redes identificadas, ao longo dos três ciclos. / Outra teoria proposta como parte explicativa dos mecanismos desse estudo, foi a empowerment education, que reforça o paradigma da Promoção da Saúde aplicada à educação, baseada na teoria freireana, e parte do estímulo ao empoderamento dos jovens e crianças da comunidade. A prática da avaliação interna realizada pelo Projeto Acari permaneceu ao longo dos 12 anos estudados e demonstrou sua imprescindibilidade na tomada de decisões e ajustes do programa, em tempo real,acompanhando as demandas geradas por seus usuários e as constantes variações do contexto. Conclusão:A mobilização, participação e empoderamento dos agentes sociais locais, em articulação inicial com a Escola pública foi imprescindível na proposição e sustenilidade do programa, partindo do consenso coletivo da importância da atualização e adaptação do Projeto Político Pedagógico (PPP) e do currículo, como estratégia inicial de mudança social, capazes de gerar bens materiais e simbólicos(social e cultural). O Projeto Acari tomou a Promoção da Saúde como modelo norteador das ações e se organizou, coletivamente, em torno dos capitais social e cultural, no enfrentamento às adversidades e iniquidades presentes no contexto. Cabe salientar que,as atividades do Projeto Acari foram estendidas à comunidade local, e esse estudo possibilitou demonstrar a importância de programas sociais desenvolvidos em territórios de segregação social iniciadas no espaço escolar, além de gerar conhecimento aplicável a outras experiências.
24

Saúde do trabalhador e saúde ambiental : articulando universidade, SUS e movimentos sociais em território rural

Pontes, Andrezza Graziella Veríssimo January 2010 (has links)
PONTES, Andrezza Graziella Veríssimo. Saúde do trabalhador e saúde ambiental : articulando universidade, SUS e movimentos sociais em território rural. 2010. 263 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2010. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2012-11-20T16:07:47Z No. of bitstreams: 1 2010_dis_agvpontes.pdf: 6835521 bytes, checksum: 902c8d2ba208d99ae86cec062703a169 (MD5) / Approved for entry into archive by Erika Fernandes(erikaleitefernandes@gmail.com) on 2012-12-11T15:40:24Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_dis_agvpontes.pdf: 6835521 bytes, checksum: 902c8d2ba208d99ae86cec062703a169 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-12-11T15:40:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_dis_agvpontes.pdf: 6835521 bytes, checksum: 902c8d2ba208d99ae86cec062703a169 (MD5) Previous issue date: 2010 / The theoretical categories production, labor, environment and health are important to the discussion of disciplinary fields of Occupational Health and Environmental Health. The research aimed to analyze the relationship between university, SUS and social movements to approach the production relations-work-environment-health in peasant territory. It occurred in Apodi-RN, which goes through a context of resistance of social movements and peasant who practice family farms agroecological-based installing near Irrigated Perimeter Santa Cruz, which comes to subsidizing agribusiness expansion of irrigated horticulture in the region. This is an acting research in which were accomplished six meetings with a group consisting of community health workers, Reference Center for Occupational Health, University Professor and social movements - the Pastoral Land Commission (CPT) and the Rural Workers Union . Were developed moments of discussion, semi-structured interviews, field studies and visits to health territorialization, workshops and thematic seminars. Analytical categories were used to analyze the information. It was observed that the relationship between university, SUS and social movements to address the relationships between production-workenvironment- health is possible and fruitful, tensioned for hegemony in the context of the interests of capital. Stood out as potential actors, teachers who rely on critical theories, autonomous social movements and community health workers. Among the potential of articulation, include: exchange of experiences, interdisciplinarity, intersectionality, search, resignification of academic work and health, deconstructing the myths of the ideology of development and visibility to the needs of environmental and occupational health. The relationship of these actors to identify the context of production relations-work-environmenthealth and health needs in specific territory, as well as collectively to build a plan of action and intervene in reality is a way that can contribute to the strengthening of praxis of Occupational Health and Environmental Health shared between so many different subjects, industries, knowledge and disciplines, and can be incorporated into the university, SUS and social movements. / As categorias teóricas produção, trabalho, ambiente e saúde são importantes para a discussão dos campos disciplinares Saúde do Trabalhador e Saúde Ambiental. A pesquisa teve como objetivo analisar a articulação entre universidade, SUS e movimentos sociais para a abordagem das relações produção-trabalho-ambiente-saúde, em território rural. Ocorreu no município Apodi-RN o qual vivencia um contexto de resistência de movimentos sociais e camponeses que praticam agricultura familiar de base agroecológica à instalação do Perímetro Irrigado Santa Cruz, que vem a subsidiar a expansão do agronegócio da fruticultura irrigada na região. Trata-se de uma pesquisa-ação na qual foram realizados seis encontros com um grupo constituído por agentes comunitários de saúde, Centro de Referência em Saúde do Trabalhador, professor universitário e movimentos sociais – Comissão Pastoral da Terra (CPT) e Sindicato de Trabalhadores Rurais. Foram desenvolvidos momentos de discussão, entrevistas semiestruturadas, estudos e visitas em campo para territorialização em saúde, oficinas e seminários temáticos. Categorias analíticas foram utilizadas para análise das informações. Observou-se que a articulação entre universidade, SUS e movimentos sociais para a abordagem das relações entre produção-trabalho-ambiente-saúde é possível e fecunda, num contexto tencionado pela hegemonia dos interesses do capital. Sobressaíram-se, como atores em potencial, professores que se apoiam em teorias críticas, movimentos sociais autônomos e agentes comunitários de saúde. Entre as potencialidades da articulação, destacam-se: troca de experiências, interdisciplinaridade, busca da intersetorialidade, ressignificação do trabalho acadêmico e em saúde, desconstrução dos mitos da ideologia do desenvolvimento e visibilidade às necessidades de saúde do trabalhador e ambiental. A articulação desses atores para identificar o contexto das relações produção-trabalho-ambientesaúde e as necessidades de saúde em território concreto, bem como para construir coletivamente um plano de ação e intervir sobre a realidade é um caminho que pode contribuir para o fortalecimento da práxis da Saúde do Trabalhador e Saúde Ambiental de modo compartilhado entre diversos sujeitos, setores, saberes e campos disciplinares, e pode ser incorporado na universidade, no SUS e nos movimentos sociais.
25

Demanda por planos de saúde odontológicos após atendimento sem cobertura

Cavalcante, Lindemberg Azevedo January 2016 (has links)
CAVALCANTE, Lindemberg Azevedo. Demanda por planos de saúde odontológicos após atendimento sem cobertura. Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Fortaleza, 2016. 31f. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2017-02-09T17:53:49Z No. of bitstreams: 1 2016_dis_lacavalcante.pdf: 173248 bytes, checksum: c7ba06db05269299cfc62a0acbe4ad13 (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2017-02-09T17:54:05Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_dis_lacavalcante.pdf: 173248 bytes, checksum: c7ba06db05269299cfc62a0acbe4ad13 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-02-09T17:54:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_dis_lacavalcante.pdf: 173248 bytes, checksum: c7ba06db05269299cfc62a0acbe4ad13 (MD5) Previous issue date: 2016 / The aim of this study is to analyze the determinants of demand for plans with dental coverage - medical plans with dental coverage in Brazil. The database used is the Pesquisa Nacional por Amostra Domiciliar (PNAD) of 2008, mainly the information of additional notebook health. The demand for health services and the impossibility of covering this demand through only the public network resulted in the strengthening of the health insurance in Brazil. To analyze the demand plan for dental plans, estimated a logistic model, since the dependent variable is dummy resulting from the option of whether or dental plan. The sample was restricted to individuals in the last dental care was not covered by health insurance. The main results of the demand analysis showed an expected behavior. The explanatory variable income was significant and showed that the increase in income is in favor of option of having a dental health plan. The same behavior was variable in education the option to join a plan accompanied the increase in the level of schooling. In contrast, age was significant only in the range of older people and proved to be unfavorable to the acquisition of a dental health plan. In addition to these, the explanatory variables related to chronic diseases, urban location of the municipality, the last dental care characteristics, self-rated health and macro-region also presented with statistical significance for the model. / O objetivo desse trabalho é analisar os determinantes da demanda por planos com alguma cobertura odontológica - planos de assistência médica com cobertura odontológica no Brasil. A base de dados utilizada é a Pesquisa Nacional por Amostra Domiciliar (PNAD) de 2008, principalmente as informações do caderno suplementar de saúde. A demanda por serviços de saúde e a impossibilidade da cobertura dessa demanda através apenas da rede pública, resultou no fortalecimento da saúde suplementar no Brasil. Para analisar a demanda por planos odontológicos, estimamos um modelo logístico, visto que a variável dependente é dummy, resultante da opção de se ter ou não o plano odontológico. A amostra foi restrita aos indivíduos em que o último atendimento odontológico não foi coberto por plano de saúde. Os principais resultados da análise de demanda mostraram um comportamento esperado. A variável explicativa renda foi significante e apresentou que o aumento de renda é favorável à opção de se ter um plano de saúde odontológico. O mesmo comportamento houve na variável educação, a opção em se aderir a um plano acompanhou o aumento do nível de escolaridade. Já a idade foi significante apenas na faixa das pessoas mais idosas e mostrou-se ser desfavorável à aquisição de um plano de saúde odontológico. Além dessas, as variáveis explicativas referentes à presença de doenças crônicas, localização urbana do município, características do último atendimento odontológico, autoavaliação de saúde e macrorregião também se apresentaram com significância para a estatística do modelo.
26

Análise da atenção primária em saúde no âmbito da saúde bucal / Analysis of primary health under the oral health

Sá, Paloma Stephania Guilhermina Prado de January 2014 (has links)
SÁ, Paloma Stephania Guilhermina Prado de. Análise da atenção primária em saúde no âmbito da saúde bucal. 2014. 104 f. Universidade Federal do Ceará. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2014. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2014-08-26T13:29:02Z No. of bitstreams: 1 2014_dis_psgpsá.pdf: 1414245 bytes, checksum: 8b5ae3ab09503fb7ac65de222d152b59 (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2014-08-26T13:30:55Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_dis_psgpsá.pdf: 1414245 bytes, checksum: 8b5ae3ab09503fb7ac65de222d152b59 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-08-26T13:30:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_dis_psgpsá.pdf: 1414245 bytes, checksum: 8b5ae3ab09503fb7ac65de222d152b59 (MD5) Previous issue date: 2014 / A saúde bucal tem importância reconhecida como componente da qualidade de vida das pessoas. Porém, uma parcela importante da população ainda não tem acesso às ações e serviços odontológicos. Além disso, a fragilidade das avaliações em saúde bucal compromete a dinâmica dos processos de trabalho na Estratégia Saúde da Família. O objetivo do estudo foi investigar a atenção em saúde bucal no âmbito da atenção primária em saúde, a partir do critério de efetividade das decisões tomadas pelos coordenadores municipais de saúde bucal, além de descrever e compreender os modelos da organização do processo de trabalho das Equipes de Saúde Bucal, na 6ª Coordenadoria Regional de Saúde do Ceará. Refere-se a uma pesquisa qualitativa em que população foi composta por coordenadores municipais de saúde bucal de Amontada, Itapipoca, Miraíma, Trairi, Tururu e Uruburetama, por meio de entrevista semiestruturada. Os resultados da pesquisa apontam distintas maneiras de organização do processo de trabalho, apesar de voltadas para a demanda agendada, além de relatos imprecisos a respeito da fluoretação das águas de abastecimento público. Dentre os principais resultados destacam-se a interrupção do atendimento por dois dias ou mais por restrições de recursos humanos ou infraestrutura; a inexistência de atenção odontológica no âmbito da puericultura e da adolescência ou ainda na detecção precoce de câncer de boca através de matriciamento. A atenção domiciliar é esporádica e não há disponibilidade de horário alternativo para o atendimento. O presente estudo poderá nortear os municípios sobre efetividade na tomada de decisões, com impacto em saúde bucal para população; ao mesmo tempo sensibilizar gestores, para que possam voltar o olhar para a saúde bucal, dando suporte para a realização das ações, bem como a busca por uma melhoria constante da atenção prestada, tendo por base o gestor da saúde bucal, por meio de capacitações, além do empenho, dedicação e interesse em atingir esse sucesso.
27

Eficácia dos atendimentos à saúde da mulher na estratégia saúde da família de Fortaleza / Efficacy of women's health care in Fortaleza family health strategy

Melo, Emanuella Carneiro 21 September 2016 (has links)
MELO, E. C. Eficácia dos atendimentos à saúde da mulher na estratégia saúde da família de Fortaleza. 2016. 99 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016. / Submitted by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-01-20T15:27:16Z No. of bitstreams: 1 2016_dis_ecmelo.pdf: 1759755 bytes, checksum: 0d68b73d9897777120b75c1c242c4830 (MD5) / Approved for entry into archive by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-01-20T15:27:24Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_dis_ecmelo.pdf: 1759755 bytes, checksum: 0d68b73d9897777120b75c1c242c4830 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-01-20T15:27:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_dis_ecmelo.pdf: 1759755 bytes, checksum: 0d68b73d9897777120b75c1c242c4830 (MD5) Previous issue date: 2016-09-21 / Over the years we have seen improvement in the assistance to Women's Health, however some indicators related to prenatal care still remain unsatisfactory. This situation led us to establish the objective of analyzing the characteristics of the Units of Primary Health Care (UAPS) and the indicators of performance and monitoring of the Women's Health area, produced by the Family Health Strategy (ESF) teams in the city of Fortaleza . This is a descriptive research with a quantitative approach. Data collection took place in May 2016, through the Basic Attention Information System (SIAB), based on information from 2014 and the first five months of 2015, from the ESF teams, with or without a team Of Oral Health in its composition, belonging to the 93 UAPS. The sample was composed of 184 FHS teams, randomly selected to represent the micro-areas covered by Health Agent. We used indicators from the validated instrument of the National Program for Improving Access and Quality of Basic Care (PMAQ-AB) to profile Of the target units of analysis. Data were submitted to the Kolmogorov-Smirnov and Mann-Whitney and / or Kruskall / Wallis tests and analyzed using the chi-square or Fisher's exact test. The analyzes were performed in SPSS 17.0 for Windows. In the results, in relation to the characteristics of the UAPS, it was identified that 60.2% were reformed and 79.5% had electronic medical records implanted. Among the ESF teams studied, 30.4% participated in the second cycle of the PMAQ, 60.3% belonged to the reformed UAPS, 79.3% had PEP implanted and 35.3% had a Oral Health team. Regarding the prenatal quality, 87.4% of the teams had pregnant women with seven or more prenatal consultations, 3.9% of the teams had all their pregnant women with day-care and 11.7% of the teams had all their Pregnant women accompanied by a home visit, 110 teams belonged to the reformed UAPS and 86.4% had pregnant women with seven or more prenatal visits. It is concluded that the results may induce to a certain extent the reorientation of the health care model, as well as the greater organization of the service with a view to implementing actions aimed at improving care practices. / Ao longo dos anos verificamos melhoria na assistência à Saúde da Mulher, entretanto alguns indicadores relacionados à assistência pré-natal ainda permanecem insatisfatórios. Essa conjuntura nos levou a estabelecer como objetivo analisar as características das Unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPS) e os indicadores de desempenho e monitoramento da área da Saúde da Mulher, produzidos pelas equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) do município de Fortaleza. Trata-se de uma pesquisa descritiva com abordagem quantitativa. A coleta de dados deu-se em maio de 2016, por meio do Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB) tendo como referência as informações do ano de 2014 e dos primeiros cinco meses de 2015, das equipes da ESF, com ou sem equipe de Saúde Bucal em sua composição, pertencentes às 93 UAPS. A amostra foi de 184 equipes da ESF, selecionadas aleatoriamente para representar as micro-áreas cobertas por Agente de Saúde. Utilizamos indicadores do instrumento validado do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) para traçar o perfil das unidades alvo de análise. Os dados foram submetidos aos testes de Kolmogorov-Smirnov e de Mann-Whitney e/ou Kruskall/Wallis e analisados por meio do teste do qui-quadrado ou exato de Fisher. As análises foram realizadas no SPSS 17.0 para Windows. Nos resultados, em relação às características das UAPS, identificou-se que 60,2% foram reformadas e 79,5% possuíam prontuário eletrônico implantado. Entre as equipes da ESF estudadas, 30,4% participaram do segundo ciclo do PMAQ, 60,3% pertencem a UAPS reformada, 79,3% possuem PEP implantado e 35,3% possuem equipe de Saúde Bucal. Quanto à qualidade do pré-natal, 87,4% das equipes apresentavam gestantes com sete ou mais consultas de pré-natal, 3,9% das equipes apresentavam todas suas gestantes com vacina em dia e 11,7% das equipes possuem todas suas gestantes acompanhadas em visita domiciliar, 110 equipes pertenciam à UAPS reformada e destas 86,4% apresentavam gestantes com sete ou mais consultas de pré-natal. Conclui-se que os resultados poderão induzir em certa medida a reorientação do modelo de atenção a saúde, bem como, a maior organização do serviço com vistas a implementação de ações voltadas para o aprimoramento das práticas de atendimento.
28

Perfil dos idosos usuários de academias ao ar livre para a terceira idade da cidade de Fortaleza, Ceará / Profile of elderly users of outdoor gyms for the elderly in the city of Fortaleza, Ceará

Pinheiro, Wesley Lessa 30 August 2016 (has links)
PINHEIRO, W. L. Perfil dos idosos usuários de academias ao ar livre para a terceira idade da cidade de Fortaleza, Ceará. 2016. 92 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016. / Submitted by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-05-29T15:37:54Z No. of bitstreams: 1 2016_dis_wlpinheiro.pdf: 2228943 bytes, checksum: b065ad88465f87fef2346b7ddf4b4e96 (MD5) / Approved for entry into archive by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-05-29T15:38:02Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_dis_wlpinheiro.pdf: 2228943 bytes, checksum: b065ad88465f87fef2346b7ddf4b4e96 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-05-29T15:38:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_dis_wlpinheiro.pdf: 2228943 bytes, checksum: b065ad88465f87fef2346b7ddf4b4e96 (MD5) Previous issue date: 2016-08-30 / Open-air Academies for the Elderly have been implanted in several Brazilian cities, however, the profile of the elderly who use the equipment of these academies is still unknown. This study aims to describe the profile of elderly users of open-air academies in the city of Fortaleza. A cross-sectional study was carried out using a questionnaire applied to 374 elderly people aged 60 and over, users of the first 11 open air academies installed in Fortaleza. Sociodemographic data, clinical conditions and standard of use were collected. It was verified that the majority of the elderly were women (54.7%), aged 60-69 years (66.8%), white (66%), married (61%), (38.5%) and higher education (34.8%), mostly retirees or pensioners (77.3%). Among the self-reported clinical conditions, hypertension (40.9%), high cholesterol (32.4%), osteoarthritis (26.2%) and alcohol consumption (31.6%) were the most common conditions Reported. Regarding the profile of use, the majority (68.2%) used the academies for over a year, for a time of up to 30 minutes a day (49.5%), attending at least 5 days a week ( 51.1%), living in the same neighborhood where the academy was located (83.2%), moving to it on foot (72.5%). Just over half (50.5%) underwent medical evaluation before beginning exercise. The majority (84%) practiced another exercise and had previous practice history (74.6%), and more than half (55.3%) practiced sports when young. A large proportion received family support (66%). Improvement in physical fitness and health was the most cited reason (93%) for the practice. Life improvement with practice was reported by 93.6% of the subjects. A prevalence of overweight was found in 42.8% of the individuals. Few differences were found among groups that used gyms installed in locations of different economic conditions. It was verified that the elderly present a young and active profile, being the conditions of health of greater prevalence in this group easily managed with the practice of physical activity. Individuals presented similar characteristics regardless of the economic context in which they are inserted. / Academias ao Ar-Livre para a Terceira Idade vem sendo implantadas em diversas cidades brasileiras, entretanto, o perfil dos idosos que utilizam os equipamentos das referidas academias ainda é desconhecido. Este estudo tem o objetivo de descrever o perfil dos idosos usuários das academias ao ar-livre da cidade de Fortaleza. Realizou-se um estudo transversal, por meio de um questionário aplicado com 374 idosos com idade maior ou igual a 60 anos, usuários das 11 primeiras academias ao ar-livre instaladas em Fortaleza. Coletaram-se dados de cunho sociodemográfico, condições clínicas e padrão de utilização. Verificou-se que a maioria dos idosos eram mulheres (54,7%), na faixa etária entre 60 a 69 anos (66,8%), da cor branca (66%), casada (61%), possuía segundo grau completo (38,5%) e ensino superior completo (34,8%) sendo em sua maioria aposentados ou pensionistas (77,3%). Entre as condições clínicas autorreferidas, a hipertensão arterial (40,9%), o colesterol alto (32,4%), a osteoartrite (26,2%) e o consumo de bebidas alcoólicas (31,6%) foram as condições mais relatadas. No que diz respeito ao perfil de utilização, a maioria (68,2%) utilizava as academias há mais de um ano, por um tempo de até 30 minutos por dia (49,5%), frequentando ao menos 5 dias na semana (51,1%), morando no mesmo bairro em que a academia se encontrada instalada (83,2%), locomovendo-se até ela a pé (72,5%). Pouco mais da metade (50,5%) fizeram avaliação médica antes de iniciar a prática de exercícios. A maioria (84%) praticava outro exercício e possuía histórico de prática anterior (74,6%), sendo que mais da metade (55,3%) praticava esportes quando jovens. Grande parte recebia incentivo familiar (66%). A melhora do condicionamento físico e saúde foi o motivo mais citado (93%) para a prática. Melhora de vida com a prática foi relatada por 93,6% dos sujeitos. Uma prevalência de excesso de peso foi encontrada em 42,8% dos indivíduos. Poucas diferenças foram encontradas entre grupos que utilizavam as academias instaladas em locais de diferentes condições econômicas. Verificou-se que os idosos apresentam um perfil jovem e ativo, sendo as condições de saúde de maior prevalência nesse grupo facilmente manejadas com a prática de atividade física. Os indivíduos apresentaram características semelhantes independentemente do contexto econômico em que se encontram inseridos.
29

Tecendo redes, superando desafios: estudo dos processos de trabalho de casos exitosos em Saúde do Trabalhador no Sistema Único de Saúde do Estado de São Paulo / Weaving Webs, Overcoming Challenges: A study of the work processes for successful cases in the Workers’ Health within the State of São Paulo’s Health System

Santos, Ana Paula Lopes dos [UNIFESP] 28 July 2010 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-07-22T20:50:50Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2010-07-28 / Situamos esta de tese de doutorado na Saúde Coletiva, com referência aos conhecimentos e práticas do Campo Saúde do Trabalhador (ST). Tomamos o processo de trabalho em saúde como categoria central de análise, na qual procedemos ao estudo de caráter qualitativo sobre três experiências desenvolvidas por Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), no Sistema Único de Saúde (SUS) do Estado de São Paulo, habilitados à Rede de Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (Renast), nos municípios de Amparo, Campinas e São Paulo. Os casos em ST pesquisados são executados por equipes multiprofissionais e considerados exitosos pelos atores destas esperiências, as quais foram o objeto privilegiado do nosso campo empírico. No município de Amparo, analisamos a experiência do Apoio Matricial em ST junto à rede básica de saúde, composta por 14 Unidades Básicas de Saúde e 20 Equipes de Saúde da Família. Em Campinas investigamos o Projeto de Vigilância dos Postos de Combustível, que representa uma potencial ação integrada, com a participação de profissionais do Centro de Referência em ST, das Comissões do Benzeno e da Vigilância em Saúde municipal. Em São Paulo, analisamos a experiência desenvolvida em Santo Amaro, na região sul do município, representada pelo Grupo de Reorientação Profissional (GRP), que objetiva reintegrar os trabalhadores, com seqüelas de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho, no mercado de trabalho e/ou na vida social. Apresentamos a dinâmica das ações, a configuração das relações entre os sujeitos, as dimensões técnico-políticas do processo de trabalho e suas possíveis repercussões sobre a saúde dos trabalhadores. Concluímos que as experiências de êxito foram desenvolvidas com a integração de redes de pessoas e instituições, numa trama de relações entre profissionais de saúde e trabalhadores. Compreendemos que a formação dessas redes tem forte potencial de ampliar os impactos das ações em ST, sejam elas na Atenção Básica, na Vigilância em Saúde e na Assistência aos trabalhadores em grupo. Com esta pesquisa foi possível ressaltar a importância do uso de referenciais do campo ST para potencializar as ações na área e buscar superar os desafios que atravessam cotidianamente as práticas dos Cerests. Acreditamos que ao revelar o detalhamento dessa integração apresentamos novas possibilidades de trabalho que poderão servir de base para construção de outras experiências relevantes para o Campo. / We situate this doctoral thesis in Public Health with reference to the Workers’ Health Field’s knowledge and practices. We take the work process in health as a central category of analysis in which we carried out a qualitative study on three experiments developed by Reference Centers in Workers’ Health (Cerest) in the National Health System (SUS) of the State of São Paulo, connected to the National Network of Integral Attention to Workers’ Health (Renast) in the municipalities of Amparo, Campinas and São Paulo. The cases surveyed are undertaken by multidisciplinary teams and considered successful by the actors of these experiences, which were the privileged object of our empirical field. In Amparo, we analyzed the Matrix Support experiment in Workers’ Health with the primary care network, consisting of 14 Basic Health Units and 20 Family Health Teams. In Campinas, we investigated the Monitoring Project in Gas Stations, which represents an potential integrated action, with the participation of professionals from the Reference Center in Workers’ Health, the Benzene Committees, and the Municipal Health Surveillance. In Sao Paulo, we analyzed the experiment undertaken in Santo Amaro, in the southern region, represented by the Professional Reorientation Group, which aims to reintegrate those workers with sequelae from accidents and illnesses related to work, into the job market and/or social life. We present the dynamics of the actions, the configuration of relations between subjects, technical and political dimensions of the work process and its possible repercussions on workers’ health. We conclude that the successful experiments have been developed with the integration of networks of people and institutions in a web of relationships between health professionals and workers. We understand that the formation of these networks has great potential to expand the impact of shares in Workers’ Health, whether in Primary Care, in Health Surveillance, and group Assistance to workers. With this research it was possible to emphasize the importance of using benchmarks of the Workers’ Health field to enhance actions in the field and seek to overcome the challenges that daily traverse the practices of the Cerests. We believe that by revealing the details of these cases we present new work possibilities that could serve for the basis to build other relevant experiments to the field. / TEDE / BV UNIFESP: Teses e dissertações
30

O Programa de Saúde da Família no Ceará : uma análise de sua estrutura e funcionamento / The Family Health Program in Ceará : an analysis of its structure and functioning

Andrade, Francisca Maria Oliveira January 1998 (has links)
ANDRADE, Francisca Maria Oliveira. O Programa de Saúde da Família no Ceará : uma análise de sua estrutura e funcionamento. 1998. 154 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 1998. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2013-12-17T11:28:06Z No. of bitstreams: 1 1998_dis_fmoandrade.pdf: 26536643 bytes, checksum: 143f344f02b97136ac449b057625d917 (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2013-12-17T11:29:36Z (GMT) No. of bitstreams: 1 1998_dis_fmoandrade.pdf: 26536643 bytes, checksum: 143f344f02b97136ac449b057625d917 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-12-17T11:29:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 1998_dis_fmoandrade.pdf: 26536643 bytes, checksum: 143f344f02b97136ac449b057625d917 (MD5) Previous issue date: 1998 / The objective of this study was to contribute for the improvement of the Family Health Program ( FHP) developed in the State of Ceará, northeast Brazil, in terms of program functioning and impact. Based on the results, recomendations on interventions aimed to the main problems found were prepared. Self-administered questionnaires were answered by 82 (78%) secretaries of health of the municipalities where the program is being carried out, 230 (67,4%) physicians, 278 (81,5%) nurses and 2.507 (73,5%) community health agents working in the program. The FHP teams (composed mainly by physicians, nurses and health agents) also answered together, an specific questionnaire, with a response of 149 (43,6%). Many positive aspects of the program were found such as : many health activities being developed in some villages where, in the past, there was no regular assistance, including activities to reach groups like youth and elders; more frequently follow up of patients with chronic diseases like diabetes, and hypertension; almost all physicians and nurses working full time in the program; many health agents reporting that they were receiving technical support and refreshing courses from the other members of the team. Also a better organized referral system for patients in need of a more complex level of health care was found. According to secretaries, physicians and nurses there was a significant improvement of the quality of the assistance, that now is supposed to be more comprehensive. The problems found were: The majority of doctors and nurses had no labor rights guaranteed; an important number of health professionals were working in the program suitable qualification; a great diversity of salaries leading to a considerable turnover of doctors; lack of physicians willing to work in the poorest municipalities; an excessive number of families to follow by most of the teams; poor infrastructure of many local health facilities; teams providing assistance in many communities; insufficient provision of medicines; few activities of health control, just few intersetorial initiatives and lack of community participation. The conclusions of the study indicate that it is necessary a greater discussion among the federal, state and municipal health managers, including the effective participation of the local professionals, about the adjustments that need to be done in FHP. This discussion must happen before the important increase of number of health teams planned for the coming years. This study is expected to be also useful for other brazilian states that are developing, or planning to develop the program, as well as to the national coordination of FHP ,hoping that such strategy bring solutions for many health problems faced by the public health sector in Brazil. / O objetivo deste estudo foi contribuir para o aperfeiçoamento do Programa de Saúde da Família (PSF) desenvolvido no Ceará, através da análise de sua estrutura e funcionamento e da elaboração de propostas de intervenção para a solução dos principais problemas encontrados. O estudo foi baseado em questionários sobre vários aspectos do programa respondidos por 82 (78%) secretários de saúde dos municípios onde o mesmo está implantado; 230 (67,4%) médicos; 278 ( 81,5%) enfermeiros e 2.507 (73,5%) agentes de saúde envolvidos no PSF. Além disso, 149 (43,6%) equipes responderam, conjuntamente, outro tipo de questionário. Os resultados encontrados evidenciaram pontos bastante positivos do programa, tais como: a realização de diversas ações de saúde em localidades anteriormente não assistidas com uma atenção regular, inclusive contemplando atividades voltadas para grupos muitas vezes esquecidos pelos sistemas de saúde, como adolescentes e idosos; um acompanhamento mais freqüente de pacientes com patologias crônicas, como diabéticos e hipertensos; praticamente todos os médicos e enfermeiros dedicando tempo integral ao programa; muitos agentes de saúde sentindo-se bem apoiados e recebendo treinamento por intermédio de outros membros das respectivas equipes; médicos e enfermeiros acompanhando os agentes durante as visitas domiciliares, analisando dados produzidos pelos mesmos e encaminhando providencias para os problemas encontrados. Verificou-se também um encaminhamento mais organizado dos pacientes que necessitam de atendimento nos níveis de maior complexidade de assistência. Além disso, pelo relato dos diversos respondentes, parece ter havido uma melhoria significativa na qualidade da atenção, passando a ser mais contínua, integral e humanizada. Também foram encontrados problemas, dentre os quais destacamos: a maioria dos médicos e enfermeiros sem a garantia dos direitos trabalhistas; um número significativo de profissionais sem a qualificação adequada para a atuação no programa; uma grande variação salarial entre os municípios e falta do profissional médico em algumas equipes, decorrente da dificuldade de fixação do mesmo em municípios mais carentes; número excessivo de famílias sob a responsabilidade de algumas equipes; más instalações físicas das unidades de saúde e atendimento sendo prestado em várias localidades, quase sempre em situação precária; quantidade de medicamentos insatisfatória; poucas ações de vigilância sanitária e somente uma incipiente tentativa de ação intersetorial. Constatou-se, igualmente, que muitas ações básicas de saúde, como o exame ginecológico e pequenas cirurgias, infelizmente não estão sendo ainda realizadas em todas as comunidades atendidas pelo programa. Percebe-se, também, que não há uma grande ênfase nas ações de promoção da saúde e nem tampouco de participação da comunidade no planejamento e acompanhamento das atividades realizadas. As conclusões do estudo indicam a necessidade de uma ampla discussão, entre os gestores dos níveis federal, estadual e municipal de saúde, com a participação efetiva dos profissionais do PSF sobre os ajustes que são necessários e redefinições de vários aspectos relacionados ao programa. Essa discussão deveria ser realizada antes da ampliação do número de equipes, prevista para os próximos anos. Espera-se, finalmente, que este estudo seja útil para outros estados que estejam desenvolvendo ou pretendam iniciar o programa, assim como para a coordenação nacional do PSF, na permanente busca de um Sistema Único de verdadeiramente resolutivo, humano e solidário.

Page generated in 0.065 seconds