• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 315
  • 10
  • 1
  • Tagged with
  • 329
  • 76
  • 65
  • 64
  • 62
  • 62
  • 49
  • 45
  • 40
  • 38
  • 38
  • 36
  • 35
  • 33
  • 31
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Os sertões pelos sertanejos: identidade, representação e regionalização nos territórios de identidade sertão produtivo e sertão do São Francisco

Vaz, Caroline Bulhões Nunes January 2016 (has links)
Submitted by Puentes Torres Antônio (antoniopuentes@hotmail.com) on 2016-09-16T12:57:57Z No. of bitstreams: 1 VAZ, CAROLINE BULHOES NUNES_DISSERTAÇÃO 02-05-2016.pdf: 8844450 bytes, checksum: 7fb076979bb793389821d48a995eb776 (MD5) / Approved for entry into archive by Vanessa Reis (vanessa.jamile@ufba.br) on 2016-09-16T13:25:50Z (GMT) No. of bitstreams: 1 VAZ, CAROLINE BULHOES NUNES_DISSERTAÇÃO 02-05-2016.pdf: 8844450 bytes, checksum: 7fb076979bb793389821d48a995eb776 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-09-16T13:25:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 VAZ, CAROLINE BULHOES NUNES_DISSERTAÇÃO 02-05-2016.pdf: 8844450 bytes, checksum: 7fb076979bb793389821d48a995eb776 (MD5) / No ano de 2007 foi implantada uma nova regionalização no estado da Bahia e, segundo esta proposição, o estado foi dividido em 27 Territórios de Identidade. Esta pesquisa se propôs a verificar a existência de identidades regionais sertanejas em dois Territórios de Identidade: o Sertão do São Francisco e o Sertão Produtivo, valorizando os significados e sentimentos sobre o sertão nutridos pelos agentes de cultura. Metodologicamente foram realizadas pesquisa direta, em campo, nos dois Territórios de Identidade, contemplando ao todo 10 municípios, e pesquisa indireta a partir da busca de dados secundários e de referências bibliográficas. Os principais resultados mostram que: a) não há expressões identitárias sertanejas, em nível regional, ligadas aos Territórios de Identidade, que tenham rebatimento nas políticas culturais do governo do estado da Bahia; b) o sertão é amplamente significado e ressignificado pelas pessoas e ultrapassa os limites dos Territórios de Identidade; c) a vegetação assume um papel central na identificação do sertão por parte dos agentes de cultura; d) há uma influência de obras artísticas já consagradas nos significados e percepções do sertão pelos entrevistados; e) o rio são Francisco exerce uma marcação identitária para aqueles que estão em suas margens. / ABSRACT Bahia is regionalized in Territórios de Identidade since 2007. This research aimed to verify the existence of regional identities by valuing the meanings and feelings about the sertão nourished by cultural agents in two Territórios de Identidade in Bahia the Sertão do São Francisco and Sertão Produtivo. Methodologically was procceded an empirical study, in both Identity Territories contemplating ten municipalities, in order to interview cultural agents and people involved with the cultural policies created by Bahia’s government. We also searched for secondary data and bibliographic references to base the analyses. The main results indicate that: a) there is not regional identities related to the Territórios de Identidade and the regional identities that exists don’t repercute at the cultural policies of Bahia state government; b) sertão as region is extensively significated and reinterpreted by people and its limits exceed the Território de Identidade; c) the caatinga vegetation has a central role on the process of identificating sertão by the interviewees; d) there is an influence of artistic works on the creation of meanings and perceptions of the sertão by the cultural agents; e) the São Francisco River is an identity marker for those who live on its banks.
2

Dos processos aos poderes delegados: Inquisição e jurisdição eclesiástica no sertão da Bahia colonial (1745-1756)

Cerqueira, Aline da Silva January 2016 (has links)
Submitted by PPGH null (poshisto@ufba.br) on 2017-06-13T14:13:14Z No. of bitstreams: 1 ALINE CERQUEIRA.pdf: 2445979 bytes, checksum: 71e2e60c4b6b4da98a4086215779c76a (MD5) / Approved for entry into archive by Uillis de Assis Santos (uillis.assis@ufba.br) on 2017-06-27T23:49:19Z (GMT) No. of bitstreams: 1 ALINE CERQUEIRA.pdf: 2445979 bytes, checksum: 71e2e60c4b6b4da98a4086215779c76a (MD5) / Made available in DSpace on 2017-06-27T23:49:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 ALINE CERQUEIRA.pdf: 2445979 bytes, checksum: 71e2e60c4b6b4da98a4086215779c76a (MD5) / Fapesb / A proposta deste trabalho é analisar a relação entre a estrutura eclesiástica no sertão da Bahia do século XVIII e a Inquisição. Cumpre perceber, particularmente, a atuação de ambas as esferas na freguesia de Jacobina. Nos processos inquisitoriais vamos encontrar para além dos delitos, mecanismos judiciais que correspondiam a lógica de ambas as instituições. Nessa perspectiva, visamos compreender como essas instituições interviram em freguesias distantes da sede da Inquisição em Lisboa, mas também da sede do arcebispado, em Salvador. Analisamos especificidades que evidenciam os mecanismos da Inquisição a nível local, sobretudo o modo como se articulava com as autoridades eclesiásticas ao instrumentalizar as denúncias e punir os delitos. É em torno da relação multifacetada que agrupamos informações significativas que resultam nos procedimentos das instituições.
3

História e cinema : sertão e redenção em Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964)

Gomes, Salatiel Ribeiro 19 March 2010 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de História, 2010. / Submitted by Shayane Marques Zica (marquacizh@uol.com.br) on 2011-05-06T19:36:52Z No. of bitstreams: 1 2010_SalatielRibeiroGomes.pdf: 8288145 bytes, checksum: 494b5504e6d130ac7c89e1db3b43f43e (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(tempestade_b@hotmail.com) on 2011-05-09T16:56:49Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_SalatielRibeiroGomes.pdf: 8288145 bytes, checksum: 494b5504e6d130ac7c89e1db3b43f43e (MD5) / Made available in DSpace on 2011-05-09T16:56:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_SalatielRibeiroGomes.pdf: 8288145 bytes, checksum: 494b5504e6d130ac7c89e1db3b43f43e (MD5) / O estudo que se materializa nesta dissertação de mestrado coloca-se num campo de pesquisa historiográfica que articula a relação entre Cinema e História. Inspirado em alguns aspectos de História de Walter Benjamin, procuro analisar, no filme Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964), escrito e dirigido por Glauber Rocha, rememorações de passados oprimidos, associados a diferentes tempos históricos da sociedade brasileira de final dos anos 50 e início da década de 60. Tomo esse filme como alegoria para nele perscrutar também os sentidos de sertão e algumas identidades sociais ali evidenciadas, a partir da maneira como o cineasta se apropria, encena e interpreta as diferentes memórias dos sujeitos constitutivos daquele cenário histórico-cultural. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The study that is embodied in this dissertation is placed in a field of historical research that articulates the relationship between Cinema and History. Inspired by some aspects of History, Walter Benjamin, I try to look in the film "Good and Evil in the Land of the Sun (1964), written and directed by Glauber Rocha, recollections of past oppressed, associated with different historical periods of Brazilian society in the late 50 and early 60's. I take this film as an allegory for him also scrutinize the meanings of wilderness and some social identities there evident from the way the filmmaker appropriates, interprets and acts out the various constituent subjects' memories of that historical-cultural scenario.
4

Aplicação de técnicas espectrométricas e cromatográficas na caracterização de seis tipos químicos de Myracrodruon urundeuva (Aroeira-do-sertão)

Aquino, Nayara Coriolano de January 2013 (has links)
AQUINO, N. C. Aplicação de técnicas espectrométricas e cromatográficas na caracterização de seis tipos químicos de Myracrodruon urundeuva (Aroeira-do-sertão). 2013. 112 f. Dissertação (Mestrado em Química) - Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013. / Submitted by Daniel Eduardo Alencar da Silva (dealencar.silva@gmail.com) on 2014-11-26T21:08:56Z No. of bitstreams: 1 2013_dis_ncaquino.pdf: 4871248 bytes, checksum: 8eb7e2e8d78850953c15e7b3989d985a (MD5) / Approved for entry into archive by José Jairo Viana de Sousa(jairo@ufc.br) on 2016-03-29T20:43:05Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_dis_ncaquino.pdf: 4871248 bytes, checksum: 8eb7e2e8d78850953c15e7b3989d985a (MD5) / Made available in DSpace on 2016-03-29T20:43:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_dis_ncaquino.pdf: 4871248 bytes, checksum: 8eb7e2e8d78850953c15e7b3989d985a (MD5) Previous issue date: 2013 / Myracrodruon urundeuva Fr. Alem. (Anacardiaceae) is the scientific designation of “aroeira-do-sertão”, a tree well dispersed at the northeasttern of Brazil characteristic “caatinga”, whose medicinal use is widespread throughout the rural population. The inner trunk bark decoction is ethnopharmacologically used to treat cutaneous affections, urinary and respiratory diseases, as an aseptic bath postpartum, and as a remedy to other gynecological problems. Recently, “aroeira-do-sertão” has been included by ANVISA, in the official list of plants with reputed folk medicinal use having potential for phitoterapic exploration. On the hand, due to its predatory extractivism, it has also been included in the IBAMA list of native species under extinction threat. This work has as the main objective the phytochemical analysis of the leaves of “aroeira-do-sertão” seeking for scientific details about the volatile chemical composition as well as the non-volatile constitution. Fresh leaves of 52 wild “aroeira-do-sertão” specimens were submitted to hydrodistillation. Analyses by 1H NMR and GC-MS of all oil samples permited the characterization of six chemomarkers and, in consequence, the characterization of six “aroeira-do-sertão” chemotypes: (E)-β-ocimene (Z)-β-ocimene, Δ3-carene, α-pinene, myrcene and limonene. The volatile composition of oil samples from leaves of 43 cultivated “aroeira-do-sertão” revealed the same type of behavior for young plants. Both the aqueous (obtained by decoction) and the ethanol (by maceration) extracts from leaves of “aroeira-do-sertão” were submitted to pharmacological assays showing no cytotoxic effect, but antiflammatory potential. The phytochemical analysis of both extracts, using spectroscopic and chromatographic techniques, lead to the isolation and characterization of gallic acid, methyl gallate, quinic acid and the unknown N-methyl-3R*, 5R*-dihydroxy-2-piperidinone / Myracrodruon urundeuva Fr. Allem (Anacardiaceae) é a designação científica para a aroeira-do-sertão, uma das plantas cujo uso medicinal é dos mais difundidos na população rural no Nordeste do Brasil. O decocto da entrecasca apresenta uso etnofarmacológico no tratamento de afecções cutâneas, problemas relacionados com doenças respiratórias e urinárias, além de excelente “banho-de-assento” no pós-parto e outros problemas ginecológicos. Recentemente a aroeira-do-sertão foi incluída na lista oficial de plantas ANVISA, preconizadas pelo uso popular, com potencial uso fitoterápico, mas o extrativismo predatório a tem colocado na lista do IBAMA das espécies da caatinga nordestina em risco de extinção. Este trabalho tem como objetivo a análise fitoquímica das folhas de Myracrodruon urundeuva, visando o detalhamento da composição química volátil, e o isolamento dos constituintes não voláteis. As folhas frescas de 52 espécimes silvestres de aroeira-do-sertão foram submetidas à extração por hidrodestilação, para obtenção dos óleos essenciais. As análises por RMN 1H e CG-MS das diversas amostras de óleos essenciais provenientes de folhas de aroeira-do-sertão silvestres permitiu a caracterização de seis marcadores quimiotaxonômicos e, em conseqüência de seis diferentes tipos químicos ((E)-β-ocimeno, (Z)-β-ocimeno, Δ3-careno, α-pineno, mirceno e limoneno) revelando, portanto uma variação química intra-específica. Também foram analisados os óleos essenciais das folhas de plantas cultivadas, caracterizando-se a constituição química volátil semelhante as plantas silvestres. Os extratos aquoso (decocção) e etanólico (maceração) da folhas de aroeira-do-sertão foram submetidos a testes farmacológicos de citotoxicidade e anti-inflamatório em neutrófilo humano, revelando que os extratos não apresentaram citotoxicidade, mas tinham potencial anti-inflamatório. O estudo fitoquímico dos extratos resultou no isolamento e caracterização de quatro compostos: ácido gálico, galato de metila, ácido quínico e N-metil-3R*,5R*-di-hidroxi-2-piperidinona, uma lactama inédita na literatura.
5

Apodanthera congestiflora e Myracrodruon urundeuva: Investigação das propriedades biológicas em preparações brutas e produtos isolados

VIDERES, Larissa Cardoso Corrêa de Araújo 21 February 2017 (has links)
Submitted by Pedro Barros (pedro.silvabarros@ufpe.br) on 2018-07-25T17:39:51Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE Larissa Cardoso Corrêa de Araújo Videres.pdf: 4657445 bytes, checksum: d062402347289014d625ee123335311c (MD5) / Approved for entry into archive by Alice Araujo (alice.caraujo@ufpe.br) on 2018-07-27T21:37:00Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE Larissa Cardoso Corrêa de Araújo Videres.pdf: 4657445 bytes, checksum: d062402347289014d625ee123335311c (MD5) / Made available in DSpace on 2018-07-27T21:37:00Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE Larissa Cardoso Corrêa de Araújo Videres.pdf: 4657445 bytes, checksum: d062402347289014d625ee123335311c (MD5) Previous issue date: 2017-02-21 / CAPES / Myracrodruon urundeuva (Aroeira do sertão) e Apodanthera congestiflora são amplamente utilizadas pela população do nordeste do Brasil. Este trabalho teve como objetivo investigar atividades biológicas de preparações e metabólitos destas plantas. Extratos orgânicos da raiz de A. congestiflora foram avaliados quanto à constituição química, atividades antioxidante, citotóxica, hemolítica e antimicrobiana. As frações foram avaliadas quanto à constituição, citotoxicidade e atividade antimicrobiana. A cucurbitacina isolada foi investigada quanto à citotoxicidade. Valores de CI₅₀ para células cancerígenas variaram de 3,7 a 15,5 μg/mL (extrato hexânico) e de 18,02 a 32,0 μg/mL (acetato de etila). Na atividade hemolítica valores de CE₅₀ variaram de 594,1 a 1.087 μg/mL. As frações exibiram CI₅₀ entre 0,54 a 24,35 μg/mL. A cucurbitacina foi citotóxica para células cancerígenas e normais, promovendo em HL-60 apoptose, necrose secundária e despolarização da membrana mitocondrial. A concentração mínima inibitória (CMI) e a concentração mínima microbicida (CMM) dos extratos variaram de 0,23 a 15 mg/mL e 1,87 a 15 mg/mL, respectivamente. Valores de CMI e CMM para as frações variaram de 0,125 a 2,5 mg/mL e de 0,5 a 5 mg/mL, respectivamente. O extrato hidroalcoólico de A. congestiflora foi avaliado quanto à constituição, atividades antioxidante, hemolítica, citotóxica, toxicidade aguda, genotoxicidade e mutagenicidade. Identificou-se terpenos, alcalóides e baixa quantidade de compostos fenólicos. O extrato hidroalcoólico apresentou atividade antioxidante (CI₅₀ de 81,29 μg/mL- teste do ABTS e de 64,79 μg/mL- teste do DPPH), não apresentou atividade hemolítica e foi potencialmente citotóxico sobre células normais. Na toxicidade, o extrato não promoveu alterações em parâmetros fisiológicos, bioquímicos e hematológicos. Adicionalmente, não foi genotóxico ou mutagênico. Extratos, frações protéicas e lectinas de cerne (MuHL), entrecasca (MuBL) e folha (MuLL) de M. urundeuva foram avaliados quanto às atividades citotóxica, hemolítica, genotóxica e mutagênica in vitro. Estes extratos e frações inibiram de 2,6 a 55% e de 3,8 a 63,3% a viabilidade de células cancerígenas, respectivamente. Extratos e frações proteicas apresentaram fraca citotoxicidade sobre linfócitos (inibição entre 3,81% e 17,58%). MuBL, MuHL e MuLL reduziram a viabilidade de células cancerígenas variando de 10,51% a 42,36%, 6,35% a 62,56% e 26,8% a 68,2%, respectivamente. MuBL, MuHL e MuLL mostraram CI50 sobre linfócitos de 58,41, 43,19 e 62,28 μg/mL, respectivamente, e percentual de hemólise variando de 0 a 11,6. No ensaio cometa a frequência de danos promovida por MuBL, MuHL e MuLL na maior concentração foi 33,5%, 35,67% e 65,2%, respectivamente. O número de micronúcleos na maior concentração foi 7,91, 7,41 e 8,91 para MuBL, MuHL e MuLL, respectivamente. O trabalho revelou que 1) extratos da raiz de A. congestiflora são agentes antimicrobianos e extratos, frações orgânicas bem como a cucurbitacina isolada são citotóxicos sobre células cancerígenas; 2) o extrato hidroalcoólico da raiz de A. congestiflora é fonte de compostos antioxidantes sem efeitos sistêmicos tóxicos ou dano ao DNA; 3) lectinas de M. urundeuva não promovem danos a eritrócitos, são potencialmente citotóxicas a linfócitos humanos, com fraca genotoxicidade e ausência de mutagenicidade. Também foi definido que extratos, frações proteicas e lectinas de M. urundeuva apresentaram fraca ou moderada citotoxicidade para células cancerígenas. / Myracrodruon urundeuva (Aroeira do sertão) and Apodanthera congestiflora are used by the population of northeastern Brazil. This work aimed to investigate biological activities of preparations and metabolites from these plants. Organic extracts from A. congestiflora root were evaluated for chemical composition, antioxidant activity, cytotoxicity, hemolytic and antimicrobial activities. Fractions were evaluated for their constituents, cytoxicity and antimicrobial activity. Cucurbitacin isolated was investigated for cytotoxicity. IC₅₀ values on cancer cell lines ranged from 3.7 to 15.5 μg/mL (hexane extract) and from 18.02 to 32.0 μg/mL (ethyl acetate extract). On hemolytic assay, EC₅₀ values ranged from 594.1 to 1087 μg/mL. Fractions showed IC₅₀ values ranging from 0.54 to 24.35 μg/mL. The cucurbitacin was cytotoxic to cancer and normal cells, promoting on HL-60 apoptosis, secondary necrosis and mitochondrial membrane depolarization. The Minimum inhibitory concentration (MIC) and the Minimum microbicidal concentration (MMC) of the extracts ranged from 0.23 mg/mL to 15 mg/mL and from 1.87 to 15 mg/mL, respectively. MIC and MMC values for fractions ranged from 0.125 to 2.5 mg/mL and from 0.5 to 5 mg/mL, respectively.The hydroalcoholic extract of A. congestiflora was evaluated for composition, antioxidant, hemolytic and cytotoxic activities, acute toxicity, genotoxicity and mutagenicity. Were identified terpenes, alkaloids and low amount of phenolic compounds. Hydroalcoholic extract presented antioxidant activity (IC50 of 81.29 μg/mL- ABTS test and 64.79 μg/mL- DPPH test), showed no hemolytic activity and was potentially cytotoxic to normal cells. On acute toxicity, the extract did not promote changes in physiological, biochemical and hematological parameters. Additionally, the hydroalcoholic extract was not genotoxic or mutagenic. Extracts, protein fractions and lectins from heartwood (MuHL), bark (MuBL) and leaf (MuLL) from M. urundeuva were evaluated for cytotoxic, hemolytic and in vitro genotoxic and mutagenic activities. These extracts and fractions inhibited from 2.6 to 55% and from 3.8 to 63.3% the viability of cancer cells, respectively. Extracts and protein fractions showed weak cytotoxicity on lymphocytes, with inhibition percentage varying between 3.81% and 17.58%. MuBL and MuHL promoted reduction of the viability of the cancer cells ranging from 10.51% to 42.36%, 6.35% to 62.56% and 26.8% to 68.2%, respectively. MuBL, MuHL and MuLL showed IC₅₀ lymphocytes of 58.41, 43.19 and 62.28 μg/mL, respectively and percentage of hemolysis ranged from 0 to 11.6. On comet assay, frequency of damage promoted by MuBL, MuHL and MuLL at highest concentration was 33.5%, 35.67% and 65.2%, respectively. The number of micronuclei to the highest concentration tested was 7.91, 7.41 and 8.91 to MuBL, MuHL and MuLL, respectively. This work revealed that 1) A. congestiflora extracts are antimicrobial agents and extracts, fractions and the cucurbitacin isolated are cytotoxic against cancer cells; 2) hydroalcoholic extract from A. congestiflora is a source of antioxidant compounds without systemic toxic effects or deleterious action on DNA; 3) M. urundeuva lectins did not promote damage to erythrocytes, showed to be potentially cytotoxic to human lymphocytes with weak genotoxicity and absence of mutagenicity. Also, was defined that extracts, protein fractions and lectins from M. urundeuva presented weak or moderately cytotoxicity on the cancer cell lines tested.
6

Cotidiano e vida escrava nos ares do sertão : Boa vista, Tacaratu 1850/1888

Luciana de Moraes Peixoto, Ívina January 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:32:35Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo3397_1.pdf: 746311 bytes, checksum: ed10e6dde1e6f585873e4da990f602d1 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2007 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Este trabalho incide, principalmente, sobre a presença do escravo nos municípios de Boa Vista e Tacaratu, sertão pernambucano, entre 1850 e 1888. Para sua realização foi investigada, sobretudo, a documentação cartorial, eclesiástica e policial; além de outras fontes oficiais, como os Relatórios Provinciais e da Comissão Central de Socorros. A proposta desse estudo é compreender o cotidiano do cativo nesse espaço de forma atuante, percebendo, por esse viés, seu desempenho nas diversas atividades requeridas. Busca-se também distinguir e analisar em que teias relacionais ele poderia inserir-se e aliviar para si e para os seus as cruezas da vida em cativeiro. Por essa questão são destacadas as formas de viver escravo, nos sertões de Boa Vista e Tacaratu, e realçados os caminhos traçados pelo cativo do lugar para viabilizar e concretizar sua saída do cativeiro. Entretanto, para que essa proposta analítica pudesse ser alcançada, tornou-se necessária a ampliação do foco teórico-metodológico, e a agregação da figura marcante do sertanejo livre nesse contexto sócio-econômico do sertão, o qual caracteriza o espaço. Nesse estudo, o sertanejo é vislumbrado na análise de sua relação com o homem e com o meio, fosse ele fazendeiro rico ou modesto agricultor. Em virtude de sua cultura a vida do sertanejo era bastante simples, questão notificada no arrolamento de seus bens, o qual demonstra a ausência de conforto e ressalta a rusticidade de sua moradia. Mas, a obtenção da propriedade fundiária era conteúdo de interesse para o fazendeiro ou agricultor, que agia de forma a assegurar a conquista da terra. Em conseqüência da ausência de Estado, a população local vivia, comumente, situações de tensão e conflito, questão que auxiliou na formação de um código próprio de regras. Neste as reações violentas sinalizavam a valentia do envolvido em discórdias. O escravo aqui analisado é enxergado nas relações travadas fosse com seus pares ou com o sertanejo livre. São contempladas alternativas possíveis ao cativo para fugir, ou aliviar as tensões: fugas, construção de famílias e laços de amizade, além dos crimes de furto e morte
7

Palavras nos lábios, armas nas mãos : narrativas, trajetórias e encon(fron)tros no chamado sertão do Maranhão no começo do século XX

MELO, Irisnete Santos de 31 January 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:35:56Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo774_1.pdf: 2398804 bytes, checksum: eff23cc32b03e809ca2a677aad25cad3 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2010 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / A proposta deste estudo é fazer uma leitura da metáfora espacial sertão, enquanto parte constitutiva do território do Estado do Maranhão. De modo que vale lançar o olhar para um reticulado de discursos e representações que no começo do século XX o construíram através de um arquivo de imagens, de textos e de gestos. Para isso, utiliza-se como corpus documental as narrativas produzidas pela imprensa, pela literatura, e pela história oficial. O objetivo é tentar examinar como essas narrativas conferem sentido, significado e sensibilidade para a representação espacial sertão. No intuito de compreender como essas leituras ajudaram a construir e difundir dizibilidades e visibilidades sobre essa espacialidade atenta-se para o universo das práticas sociais, culturais e políticas que atuam na produção do lugar-sertão
8

Dom Arcoverde: o Cardeal dos Sertões 1870-1922

Socorro farias de Vasconcelos Leite, Marjone January 2004 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:36:13Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo7762_1.pdf: 6988310 bytes, checksum: 53f127018b383e655e61d2ec5cd7d59b (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2004 / O ponto principal da nossa investigação histórica é a análise do processo político eclesiástico que culminou com a nomeação de D. Arcoverde como o primeiro cardeal da América Latina, processo este que ocorreu num momento de transição política em que o Estado Brasileiro encontrava-se institucionalmente separado da Igreja Católica por ocasião da Proclamação da República. Na Historiografia Brasileira, destacamos as relações políticas entre o Estado Brasileiro, a Igreja Católica do Brasil e a cúpula da Igreja Católica em Roma, dentro de um contexto da romanização do Catolicismo brasileiro no período que vai de 1870 a 1922. A partir da análise de fontes primárias, muitas delas inéditas, sistematizadas no Arquivo Público Estadual Jordão Emerenciano, no Arquivo da Cúria Metropolitana de Recife e Olinda, no Arquivo da Cúria do Estado de São Paulo e documentos referentes as autoridades civis da Chancelaria brasileira, julgamos que mesmo o Estado Brasileiro encontrando-se secularizado, enceta uma campanha acirrada para a conquista do cardinalato, com altíssimos custos financeiros. Do ponto de vista metodológico, acreditamos que nosso estudo circunscreve-se no âmbito da História Social, onde foi necessária a utilização de conceitos como o de circularidade histórica discutido por Carlo Ginzburg e Mikhail Bakhtin; disciplinamento social para Michel Foulcault e biografia como construção do sujeito social. Do que foi argumentado, é possível compreender que mesmo separada oficialmente do Estado, a Igreja Católica no Brasil, na alvorada republicana, continuou detentora de poderes e benefícios muito especiais
9

Atravessando Sertões Memórias de Velhas e Velhos Camponeses do Baixo-Jaguaribe-Ce

Olivenor Souza Chaves, José January 2002 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:31:03Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo7626_1.pdf: 1858889 bytes, checksum: 7cfb047b94d81a9d4951fed849d4f9fb (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2002 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Articulando memória e experiência pessoal, procurei acompanhar o curso ordinário das experiências registradas pelas memórias de velhas e velhos camponeses da região do Baixo- Jaguaribe-CE, objetivando expressar a pluralidade de sentidos que os camponeses atribuem aos sertões em que nasceram e cresceram. Assim, através da História Oral de vida, estabeleci outros níveis de compreensão acerca das experiências vividas por esses sujeitos, que pudessem contrapor as interpretações que absolutizam a seca como sendo a única experiência vivida nos sertões do Ceará. Quanto à narrativa do trabalho, ela sugere ao leitor uma idéia de travessia que se realiza por diversos pedaços de sertões e por várias temporalidades que marcam o tempo da memória de meus entrevistados
10

A força do fraco : a astúcia como estratégia de desorganização dos jogos de poder no sertão nordestino / The strength of the weak : cunning as a strategy of the power games disorganization in the northeastern wilderness (or sertão)

Sarmento, Layra de Sousa Cruz 17 July 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de História, Programa de Pós-graduação em História, 2017. / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2017-12-06T17:52:27Z No. of bitstreams: 1 2017_LayradeSousaCruzSarmento.pdf: 1194000 bytes, checksum: ac3baa7ef105099cb2001e76d35fa269 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-02-01T19:20:27Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_LayradeSousaCruzSarmento.pdf: 1194000 bytes, checksum: ac3baa7ef105099cb2001e76d35fa269 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-02-01T19:20:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_LayradeSousaCruzSarmento.pdf: 1194000 bytes, checksum: ac3baa7ef105099cb2001e76d35fa269 (MD5) Previous issue date: 2018-01-01 / Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF). / O presente trabalho é o resultado de uma pesquisa a respeito de, como o Imaginário da sociedade sertaneja das décadas de 1930-1950, produz realidades e reproduz experiências vividas pelos sertanejos. A astúcia ou o quengo fino são as estratégias de sobrevivência utilizadas pelas categorias oprimidas, a fim de desorganizar os jogos de poder e opressão, determinados pelos detentores do poder. A partir das pelejas travadas entre diversos tipos sociais sertanejos versus o Diabo, conseguimos reconhecer valores, sensibilidades, posturas, cultura, sentimentos e significados de mundo importantes ao sertanejo nordestino. Tais axiomas são formatadores e construtores de cenários históricos específicos. Acessar esse imaginário tão profícuo, tornou-se possível graças a Literatura de Cordel. Com todas as suas especificidades e o jeito próprio de falar sobre o Sertão, a Literatura de Cordel privilegia a regionalidade da sua produção e valoriza os viventes do Sertão. / The present work is the result of a research about how the Imaginary of the 30’s to 50’s society from the Northeastern Wilderness produces realities and reproduces experiences lived by those people. Cunning, or quengo fino (as it is known there) are the strategies of survival for the oppressed categories, in order to disorganize the games of power and oppression, determined by the holders of power. Usingthe narratives of fights between different and characteristic types of Northeastern citizens (or sertanejos, as they are known there) versus the Devil, we can recognize values, sensibilities, postures, culture, feelings and world meanings that are so key to the northeastern sertanejo. Such axioms are formatters and constructors of specific historical scenarios. Access such a proficient imaginary, became possible thanks to the Cordel Literature. With all its specificities and its own way to talk about the Sertão, the Cordel Literature privileges the regionality of its production and values the people who live the Sertão.

Page generated in 0.0798 seconds