• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 27
  • Tagged with
  • 28
  • 28
  • 16
  • 12
  • 12
  • 9
  • 9
  • 9
  • 8
  • 6
  • 6
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Validação do guia de acolhimento com classificação de risco em pediatria na prática clínica Validation of the guide with pediatric risk classification in clinical practice

Veras, Joelna Eline Gomes Lacerda de Freitas 30 December 2016 (has links)
VERAS, J. E. G. L. F. Validação do guia de acolhimento com classificação de risco em pediatria na prática clínica. 2016. 157 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016. Submitted by Programa de Pós-graduação em Enfermagem PPGENF (pgenfermagem.ri@gmail.com) on 2017-07-24T12:22:29Z No. of bitstreams: 1 2016_tese_jeglfveras.pdf: 3025292 bytes, checksum: 1e51fed633cdf99fd1e34b0f77458d42 (MD5) Approved for entry into archive by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-07-24T13:23:47Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_tese_jeglfveras.pdf: 3025292 bytes, checksum: 1e51fed633cdf99fd1e34b0f77458d42 (MD5) Made available in DSpace on 2017-07-24T13:23:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_tese_jeglfveras.pdf: 3025292 bytes, checksum: 1e51fed633cdf99fd1e34b0f77458d42 (MD5) Previous issue date: 2016-12-30 With overcrowding and prolonged waiting time in emergencies, the Risk Rating Reception (RRR) of patients, has become an important strategy to improve the quality of care. The Guide RRR in Pediatrics is a clinical evaluation technology, easy to handle and simple presentation, used by nurses in the evaluation of clinical indicators and biophysiological parameters from the main complaint, to adequately identify the priority of patient care, according to the five classification levels: red (Priority I), orange (priority II) yellow (priority III), green (priority IV) and blue (priority V). The objective of the study was to validate the Guide to RRR in Pediatrics in clinical practice. Methodological study, developed in three stages. In the first stage, the content of the first version of the guide was reviewed, through the analysis of two experts on the theme. In the second stage, the interobserver reliability of the 2nd version of the guide between the researcher and two nurses (E1 and E2) trained by the researcher with 206 children and / or adolescents in June 2016 at a pediatric municipal hospital in Fortaleza- CE. In the third stage, the second version of the guide was applied in clinical practice with 400 participants, exclusively by the researcher, in July and August of 2016, in that institution. Data were analyzed in SPSS 20.0, using the Kappa index with a 95% confidence interval (CI) for reliability analysis. The effect of the use of the guide in clinical practice was evaluated through the association between the risk classification and the variables age, sex, weight, risk discriminator, procedures performed and destination after discharge by Fisher-Freeman-Halton exact tests considering statistically significant when p <0.05 and the likelihood ratio with 95% CI. The variables that presented values of p <0.20 entered into the multivariate logistic regression model. The results showed a revised guide in its content, structure and layout, valid and reliable. There was high agreement (Kappa = 0.701) between the researcher and E1 and almost perfect (Kappa = 0.847) with E2, being p <0.001. There was a statistically significant association between risk classification and risk discriminators (p = 0.0001), emergency procedures (p <0.0001) and patient's destination (p = 0.0132). The prevalence of the risk discriminator was found to be respiratory change (207; 51.8%) at priority level IV (green color) (117; 56.5%). The odds ratio (RC) of risk discriminators to be more urgent (orange, yellow and green) compared to non-urgent (blue) ranged from 1 to 12.3 times and 95% CI [1-82,7]. Of the 15 items of greatest urgency analyzed in the guide, more than half (8; 53.3%) had a statistically significant association and 10 (66.7%) had CR> 1, that is, they were more likely to be classified at the level of priority. It was concluded that the Guide to RRR in Pediatrics is a reliable valid health technology, capable of classifying the child's risk in emergency situations to establish the order of priority of care, in order to minimize errors of decision-making by nurses, making possible humanized and quality assistance. Com a superlotação e o tempo de espera prolongado nas emergênicia, o Acolhimento com Classificação de Risco (ACCR) de pacientes, tornou-se importante estratégia de melhoria da qualidade do atendimento. O Guia de ACCR em Pediatria é uma tecnologia de avaliação clínica, de fácil manuseio e apresentação simples, usada por enfermeiros na avaliação de indicadores clínicos e parâmetros biofisiológicos a partir da queixa principal, para identificar, adequadamente, a prioridade de atendimento dos pacientes, conforme os cinco níveis de classificações: vermelho (prioridade I), laranja (prioridade II) amarelo (prioridade III), verde (prioridade IV) e azul (prioridade V). O objetivo do estudo foi validar o Guia de ACCR em Pediatria na prática clínica. Estudo metodológico, desenvolvido em três etapas. Na primeira etapa realizou-se a revisão do conteúdo da 1ª versão do guia, por meio da análise de dois experts na temática. Na segunda etapa, avaliou-se a confiabilidade interobservadores da 2ª versão do guia entre a pesquisadora e duas enfermeiras (E1 e E2) treinadas pela pesquisadora com 206 crianças e/ou adolescentes, em junho de 2016, em um hospital municipal pediátrico de Fortaleza-CE. Na terceira etapa, realizou-se a aplicação da 2ª versão do guia na prática clínica com 400 participantes, exclusivamente pela pesquisadora, em julho e agosto de 2016, na referida instituição. Os dados foram analisados no SPSS 20.0, utilizando-se o índice Kappa com intervalo de confiança (IC) de 95% para análise da confiabilidade. Avaliou-se o efeito do uso do guia na prática clínica, por meio da associação entre a classificação de risco e as variáveis idades, sexo, peso, discriminador de risco, procedimentos realizados e destino após alta pelos testes Fisher-Freeman-Halton exact considerando estatísticamente significantes quando p<0,05 e a razão de verossimilhança com IC95%. As variáveis que apresentaram valores de p<0,20 ingressaram no modelo multivariado de regressão logística. Os resultados evidenciaram um guia revisado em seu conteúdo, estrutura e layout, válido e confiável. Houve concordância alta (Kappa=0,701) entre a pesquisadora e a E1 e quase perfeita (Kappa=0,847) com a E2, sendo p<0,001. Houve associação estatisticamente significante entre a classificação de risco e os discriminadores de risco (p=0,0001), realização de procedimentos na emergência (p<0,0001) e destino do paciente (p=0,0132). Verificou-se a prevalência do discriminador de risco alteração respiratória (207; 51,8%) no nível de prioridade IV (cor verde) (117; 56,5%). A razão de chance (RC) dos discriminadores de risco em ser mais urgente (laranja, amarelo e verde) em comparação ao não urgente (azul) variou de 1 a 12,3 vezes e o IC95% [1-82,7]. Dos 15 itens de maior urgência analisados no guia, mais da metade (8; 53,3%) obteve associação estatisticamente significante e 10 (66,7%) obtiveram RC>1, ou seja, tinham mais chances de serem classificados no nível de prioridade adequado. Concluiu-se que o Guia de ACCR em Pediatria é uma tecnologia em saúde confiável, válida e capaz de classificar o risco da criança em situações de emergência para estabelecer a ordem de prioridade de atendimento, visando minimizar erros de tomada de decisão do enfermeiro, possibilitando assistência humanizada e de qualidade.
2

Desenvolvimento de um Sistema de Recursos Humanos no Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas

Michel, Elisabete 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2016-01-07T13:34:26Z (GMT). No. of bitstreams: 2 elisabete_michel_ini_2013.pdf: 7620984 bytes, checksum: 8b5a1905055fd6b80849db86b79ad9be (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2015-10-29 Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas. Rio de Janeiro, RJ, Brasil Este trabalho teve como objetivo a implementação de novas tecnologias de gestão da força de trabalho do Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas, dos seus servidores e dos diferentes vínculos que atuam na instituição, permitindo assim o gerenciamento das informações funcionais. A metodologia empregada foi a gestão por processos, conforme preconizado no Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização \2013 o GesPública, sendo utilizada a ferramenta BizAgi para a modelagem dos processos de ingresso e desligamento de recursos humanos. O mapeamento dos processos permitiu ter uma visão completa de todos os processos de trabalho e corrigir os gargalos existentes. Com isso, as informações relativas a força de trabalho do Instituto passaram a seguir o fluxo correto, possibilitando seu gerenciamento pelo Serviço de Gestão do Trabalho Como produtos foram gerados os Procedimentos Operacionais Padronizados referentes ao ingresso e desligamento de recursos humanos, padronização das pastas funcionais de servidores e colaboradores, normatização para permissão de acessos aos recursos de informática, bem como critérios para concessão de crachás e adesivos de veículos. O banco de dados de recursos humanos criado como decorrência da organização dos processos, permitiu ao Serviço de Gestão do Trabalho gerenciar as informações da sua força de trabalho e atender as demandas de relatórios dos diversos setores da instituição, dos projetos de pesquisa clínica e dos órgãos regulatórios This study aimed the implementation of new management technologies for the Evandro Chagas Clinical Resear ch Institute’s workforce, its public servants and other different employment ties working in the Inst itution, allowing the administration of the functional informations. The methodology employed was the management by processes, as recommended by the National Program of Public Management and debureaucratisation - GesPública, using the Bi zAgi tool for modeling admission and dismissal processes of human resources. The mapping of processes allowed a complete view of all workflows and the co rrection of existing bottlenecks. Thus, the Institute’s workforce information has begun to follow the correct flow, allowing its management by the Service of Labor Ma nagement. Products related to human resources processes of admission and di smissal, such as Standard Operating Procedures, were generated, besides the standardization of functional employees and collaborators records, standardization of IT resources’ clearance authorization and the establishment of criteria for t he grant of functional badges and vehicle access stickers. The human resources database created as a result of the organization of processes enabled the Serv ice of Labor Management to administrate the information on its workforce and fulf ill the report demands of the various institutional sectors, clinical rese arch projects and regulatory agencies
3

Elaboração de materiais científicos educacionais multimídia na área da saúde utilizando conceitos de design gráfico de interfaces, usabilidade e ergonomia

Soares, Sandramara Scandelari Kusano de Paula 2015 (has links)
Orientador: Prof. Dr. Antonio Carlos L. Campos Co-orientador: Prof. Dr. Jorge Eduardo Fouto Matias Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Clínica Cirúrgica. Defesa: Curitiba, 13/03/2015 Inclui referências : fls. 110-114 Resumo: Nos programas de pós-graduação stricto sensu das Instituições de Ensino Superior (IES) são geradas teses e dissertações sobre diversos temas na área da saúde. Os trabalhos, após defendidos e revisados, permanecem disponíveis para consulta nas bibliotecas das IES, sejam fisicamente ou por meio de portais na Internet. Para que estas pesquisas possam ser transformadas em material científico educacional multimídia, considerou-se a estrutura referenciada pelos estudos da Educação a Distância (EaD) na área de produção de material didático e dos conceitos de design gráfico, usabilidade e ergonomia das interfaces, possibilitando a geração de conteúdos, tanto impressos quanto em meio digital, para consultas em qualquer lugar ou tempo, permitindo ao leitor autonomia para estudos e reflexões, seja na graduação, pós-graduação, educação médica continuada, entre outros. Objetivo: Elaborar projeto gráfico de interfaces de usuário para conteúdos científicos educacionais multimídia a partir de teses e dissertações da área da saúde, nas mídias impressa e digital, utilizando conceitos de usabilidade e ergonomia, bem como os referenciais de qualidade para produção de materiais didáticos de cursos na modalidade à distância. Materiais e métodos: Foi desenvolvido projeto gráfico de Interfaces de Usuário (IU), utilizando-se conceitos de usabilidade e ergonomia, e os referenciais de material didático da EaD. O layout desenvolvido para mídia digital foi avaliado utilizando-se o método de inspeção por critérios ergonômicos. O layout desenvolvido para mídia impressa foi analisado por meio de conceitos referenciados nas pesquisas da EaD. Após avaliação do projeto de interfaces de usuário, foram gerados os materiais científicos educacionais multimídia a partir de três teses e duas dissertações selecionadas de programas de pósgraduação, para concretizar o processo de importação e visualizar as pesquisas no formato proposto. Estes materiais foram disponibilizados na Internet, no ambiente virtual de aprendizagem Moodle. Resultados: A análise das interfaces de usuário da versão digital resultou no atendimento de 91% das recomendações ergonômicas aplicáveis ao tipo de sistema informacional. A análise do layout para versão impressa atendeu todos os requisitos propostos. Os materiais científicos educacionais multimídia, gerados a partir das teses e dissertações, possuem IU que permitem a interação humana com a tecnologia de forma amigável, atrativa e funcional, para cativar o leitor e potencializar a formação de sua autonomia pela própria aprendizagem. Conclusão: O projeto gráfico de interfaces de usuário para conteúdos científicos educacionais multimídia na área da saúde, elaborado sob a luz de conceitos de usabilidade e dos referenciais de qualidade para produção de materiais didáticos de cursos na modalidade à distância atingiu o objetivo proposto, com alto índice de recomendações ergonômicas atendidas. Palavras-chave: Educação a Distância. Usabilidade. Ergonomia. Materiais Científicos Educacionais Multimídia. Informática Médica. Abstract: Graduate schools in Higher Education Institutions (HEIs) generate theses and dissertations on various health care topics. This kind of work, after it is presented and revised, becomes available in HEIs' libraries, physically or digitally through Internet portals. In order for this research to be turned into scientific educational multimedia material, we considered the structure referenced by Distance Learning (DL) studies in production of educational material and graphic design concepts, usability and interface ergonomics, enabling content generation, printed or digital, to be used any place any time, thus allowing the reader to be autonomous at his studies and reflections, whether in undergraduate, graduate, continuing medical education, among others. Objective: To develop a graphic project of user interfaces for scientific educational multimedia content from theses and dissertations in the health care area, in print and digital media, using concepts of usability and ergonomics, as well as the quality references for the production of teaching materials distance learning courses. Methods and materials: We developed a User Interface graphic project (UI), using the concepts of usability and ergonomics, and the teaching material references of DL. The layout developed for the digital media was evaluated using the inspection method for ergonomic criteria. The layout developed for the printed media was analyzed by concepts referenced in DL. After an evaluation of the user interface project, scientific educational multimedia material from three theses and dissertations of two selected graduate programs were generated to make the importation and visualization process tangible in proposed format. These materials were made available online in the Moodle virtual learning environment. Results: The analysis of the user interfaces in the digital version resulted in meeting 91% of the ergonomic recommendations applicable to the informational system type. The layout analysis for the printed version met the proposed requirements. The scientific educational multimedia materials generated from the theses and dissertations have a UI that allows human interaction with user friendly technology, attractive and functional, to entertain the reader and enhance the formation of autonomy for their own learning. Conclusion: The graphic project of user interfaces for scientific educational multimedia content in the health area, build upon the usability concepts and quality reference for the production of teaching materials in distance learning courses met its proposed objective, with high level of ergonomic recommendations met. Keywords: Distance Learning. Usability. Ergonomics. Scientific Educational Multimedia Materials. Medical Informatics.
4

Fortalecimento das vantagens competitivas de Bio-Manguinhos no âmbito da inovação tecnológica de vacinas decorrentes da exposição à competição internacional Strengthening the competitive advantages of Bio-Manguinhos in the technological innovation of vaccines from exposure to international competition

Nunes, Daniele Kastrup 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2011-05-04T12:36:27Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2009 É importante compreender que para melhorar a questão da saúde pública é necessário produzir produtos com qualidade e em quantidade para atender às demandas públicas nacionais e internacionais. Para isso, é preciso desenvolver o complexo produtivo de bens e serviços de saúde. Diante da pressão do ambiente político e institucional em que o complexo econômico industrial da saúde está inserido, associado à necessidade de geração de novos produtos e da incerteza decorrente da globalização, a inovação tecnológica torna-se hoje elemento essencial para a obtenção de vantagem competitiva e sobrevivência das empresas. No caso de Bio-Manguinhos, o aprimoramento do controle e processos de produção da vacina febre amarela, com vista a atender os pré-requisitos necessários para a obtenção da certificação internacional, contribuiu significativamente para o fortalecimento das vantagens competitivas da organização. Em 2001, Bio-Manguinhos foi certificado pela Organização Mundial da Saúde para exportar a vacina febre amarela 5 e 50 doses. A certificação internacional foi obtida devido ao planejamento de longo prazo e à implementação de um rigoroso sistema de garantia da qualidade. Foram a melhoria e aperfeiçoamento dos processos de controle de qualidade e dos procedimentos de produção, que proporcionaram a entrada de Bio-Manguinhos no mercado externo de vacinas. Com a certificação, Bio-Manguinhos alcançou o reconhecimento mundial pela sua qualidade, garantindo com isso a sua competitividade no setor. Este trabalho teve por objetivo avaliar o ganho que a unidade obteve em função do procedimento para se obter esta certificação - processo esse chamado de pré qualificação - e o impacto da certificação internacional em inovações de processos, produtos e estrutura organizacional. It is important to understand that in order to improve the public health system it is necessary to produce high quality products and in quantities to meet the national and international public demand. For this, we must develop and innovate in the goods and health services production complex. Under the pressure of political and institutional environment in which the health and economic-industrial complex is in, with the need to introduce new products and the uncertainty concerning globalization, technological innovation is nowadays essential to achieve competitive advantage and for survival of the companies. Regarding Bio-Manguinhos, the improvement of the control and production processes of yellow fever vaccine, in order to meet the pre-requisites necessary for obtaining the international certification, contributed significantly for the strengthening of internal competitive advantages. In 2001, Bio-Manguinhos was certified by the World Health Organization to export yellow fever vaccine 5 and 50 doses. The international certification was obtained due to longterm planning and the implementation of a rigorous quality system. It was with the improvement and development of quality control and production procedures, which provided the access of Bio-Manguinhos in the global vaccine market. With the certification, Bio-Manguinhos has achieved worldwide recognition for its quality, ensuring its competitiveness in the sector. The objective of this study was to evaluate the gain that Bio-Manguinhos obtained due to the certification procedure – this process is also known as pre-qualification - and the impact of international certification in innovating processes, products and organizational structure.
5

Tecnologias em saúde: proposição de um time de terapia intravenosa na Unidade de Terapia Intensiva

Moreira, Ana Paula Amorim 2012 (has links)
Submitted by Fabiana Gonçalves Pinto (benf@ndc.uff.br) on 2015-12-03T11:47:16Z No. of bitstreams: 1 Ana Paula Amorim Moreira.pdf: 2354952 bytes, checksum: f6129eae8a3f46d9bfa3f464dca30854 (MD5) Made available in DSpace on 2015-12-03T11:47:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Ana Paula Amorim Moreira.pdf: 2354952 bytes, checksum: f6129eae8a3f46d9bfa3f464dca30854 (MD5) Previous issue date: 2012 Mestrado Profissional em Enfermagem Assistencial A terapia intravenosa (TIV) é considerada mundialmente como um importante recurso terapêutico, sendo indicado para a maioria dos pacientes hospitalizados, representando por vezes uma condição básica no seu tratamento, trata-se de uma prática comum no cotidiano dos profissionais de Enfermagem. Nesse estudo trataremos das TIVs centrais e contínuas. Hoje temos a tecnologia e inovação ao nosso favor disponibilizando no mercado uma gama de produtos que irá contribuir para um cuidado de Enfermagem eficiente e seguro durante as TIVs. Por isso, a sensibilização dos hospitais para a qualidade é uma importante ferramenta na ampliação da segurança dos pacientes e na vigilância pós - comercialização. Têm-se como objeto desse estudo, as tecnologias em saúde utilizadas na TIV central contínua durante a assistência de Enfermagem. Foram traçados os seguintes objetivos: identificar as tecnologias em saúde disponíveis para uso durante a TIV central contínua no Centro de Terapia Intensiva (CTI), verificar a utilização dessas tecnologias pela equipe de enfermagem no cuidado às TIVs centrais contínuas instaladas nos pacientes internados no CTI e discutir os desafios no uso das tecnologias durante a TIV central contínua. Estudo descritivo de abordagem qualitativa realizado em um hospital universitário por meio de observação não participante norteada por roteiro com base nos padrões internacionais da Joint Commission International e entrevista semi estruturada. O corpus de dados obtidos a partir das entrevistas através do Softwear Alceste. Os resultados da observação foram agrupados em Estrutura, Processo e Resultado na utilização da TIV, dos quais pôde-se constatar: inexistência de monitoramento dos registros dos trabalhos pela engenharia clínica; de treinamentos com simulações práticas e testes documentados; não conformidade no manejo das tecnologias no preparo das TIVs; medicamentos de emergência indisponíveis, não monitorados e sem segurança. Dos dados resultantes das entrevistas emergiram duas categorias: As Tecnologias em Saúde nas Terapias Intravenosas Centrais Contínuas e Desafios no Manejo das Tecnologias em Saúde nas Terapias Intravenosas. Concluiu-se que o gerenciamento das tecnologias em saúde visa a organização do trabalho permitindo ao enfermeiro estabelecer prioridades durante sua prática, minimiza desperdícios com redução de custos, evita a ocorrência do (re)trabalho e principalmente fortalece a qualidade assistencial The VIT is considered as an important therapeutic resource worldwide, and is indicated for the majority of hospitalized patients, representing sometimes a basic condition in its treatment, it is a common practice in the daily lives of nursing professionals. In this study we will deal with the continuous and central VITs. Today we have the technology and innovation to our favor making available on the market a range of products that will contribute to an efficient and safe Nursing care during the VITs. Therefore, the awareness of hospitals for the quality is an important tool in the expansion of patient safety and post-marketing surveillance. It has as an object of this study, the health technology used in continuous and central VIT during nursing care. The following objectives were tracings: identify the available health technology for use during the continuous and central VIT in Intensive Care Unit (ICU), check the use of these technologies by the nursing team in the care of continuous and central VITs installed in hospitalized patients in the ICC and discuss the challenges in the use of technologies during the continuous and central VIT. Qualitative descriptive study conducted in a university hospital by not participant means of observation guided by roadmap based on international standards of the Joint Commission International and semi structured interview. It was drawn up a corpus of data obtained from the interviews which was analyzed by Alceste Softwear. The results were grouped into structure, process and result in the use of VIT, noting: lack of monitoring of the records of the work by clinical engineering; trainings with practical simulations and documented tests; bad practices of technologies management in the preparation of VITs; unavailable emergency drugs, not monitored and no security. The interviews emerged two categories: The health technologies in continuous and central intravenous therapies and challenges in the health technologies management in intravenous therapies. It was concluded that the management of technologies in health aims to the organization of work allowing the nurse to establish priorities during his practice, minimizes waste with cost reduction, prevents the occurrence of (re)working and mainly strengthens health care quality
6

Consulta de enfermagem em puericultura como tecnologia na preceptoria: estudo com abordagem sociopoética

Augusto, Verônica de Oliveira 2016 (has links)
Submitted by Fabiana Gonçalves Pinto (benf@ndc.uff.br) on 2018-03-13T19:50:47Z No. of bitstreams: 1 Veronica de Oliveira Augusto.pdf: 804281 bytes, checksum: 98df52562eeab211da81f516ae053a73 (MD5) Made available in DSpace on 2018-03-13T19:50:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Veronica de Oliveira Augusto.pdf: 804281 bytes, checksum: 98df52562eeab211da81f516ae053a73 (MD5) Previous issue date: 2016 Mestrado Profissional em Ensino na Saúde No contexto atual, o Ministério da Saúde organizou uma grande estratégia, a fim de qualificar as Redes de Atenção Materno-Infantil em todo o País com o objetivo de reduzir as taxas de morbimortalidade. Dessa forma, a puericultura efetiva-se como ação fundamental, na atenção básica de saúde pelo acompanhamento periódico e sistemático das crianças para avaliação de seu crescimento e desenvolvimento. A puericultura é uma assistência de saúde aonde o profissional realiza um acompanhamento da criança saudável em uma fase da vida onde o ser humano se encontra mais vulnerável. Ao pensar na formação do enfermeiro para cuidar de crianças seja em hospitais, em unidades básicas de saúde, escolas ou creches, tal temática é imprescindível e atual, tendo em vista que os modelos de consulta de enfermagem delimitam espaços físicos, materiais específicos e condições de segurança à clientela. O enfermeiro-preceptor possui fundamental importância no processo de formação do aluno, tendo que possuir um perfil diferenciado do meio acadêmico com uma posição aonde o mesmo insere e socializa novos profissionais no campo pratico de trabalho. Demonstrando compromisso com o processo de ensino e de aprendizado do desenvolvimento prático, onde o estudo nos contempla com uma temática inovadora e relevante, tendo em vista a dificuldade do pesquisador utilizar todos os descritores relacionado ao tema conjugados, foi necessário realizar uma pesquisa de maneira fragmentada, onde houve conjugação de 2 a 3 descritores, mesmo assim foram encontrados poucos artigos que englobando a temática. O estudo tem como objetivo evidenciar a Consulta de Enfermagem em Puericultura como tecnologia na preceptoria. Foi desenvolvido um estudo qualitativo, descritivo, com abordagem sociopoética. Realizou-se oficinas que aconteceram em um espaço de atividade educativa, existente no Ambulatório Escola, tivemos a participação de 5 enfermeiros, 2 que atuam no cenário ambulatorial e 3 da ESF, a princípio seriam nove mas 4 não puderam participar devido férias, licença médica e compromisso particular. Os que participaram realizam e/ou realizaram consultas de enfermagem em puericultura em cenários distintos, 5 unidades ESF (Estratégia Saúde da Família) e um Ambulatório Escola (AMBE) da região serrana do estado do Rio de Janeiro. Questão norteadora que foi abordada em uma das oficinas, utilizando o método "Lugares Geomiticos", uma das técnicas da sociopoética: “Se a Consulta de Enfermagem em Puericultura fosse (exemplo) um poço como seria esse poço?” e assim sucessivamente com os outros lugares escolhidos pelas participantes. O estudo conforme exigência obteve a liberação do comitê de ética, sob nº parecer 1.326.808, CAAE: 49067415.5.00005245. Diante das falas do grupo pesquisador foi procedida análise categorial temática, na qual as falas foram sendo agrupadas por similaridade, assim as categorias emergiram para posterior análise. São essas as seguintes categorias: 1- Valorização profissional, através do reconhecimento da Consulta de Puericultura realizada pelo Enfermeiro na preceptoria; 2-Interferência do cenário de atuação, na realização da CEP na preceptoria; 3-Cultura do modelo biomédico presente na comunidade, interferindo na adesão. Obtivemos como conclusão questões que divergem na pratica dos enfermeiros-preceptores, onde o cenário se torna significativo para um bom desempenho dos discentes diante a CEP, fez-se necessário compreender e descrever essa atividade, buscando tê-la como tecnologia educacional, onde os confetos foram intensificados, evidenciando fatores que interferem na realização e reconhecimento da CEP trazidos pelo GP e assim dando visibilidade a identidade profissional In the current context, the Ministry of Health organized a great strategy in order to qualify the Maternal and Child Care Networks throughout the country in order to reduce morbidity and mortality rates. Thus, the effective up childcare as a key action in basic health care for the regular and systematic monitoring of children to assess their growth and development. The child care is a health care where the professional performs a monitoring of healthy child in a stage of life where the human being is more vulnerable. When thinking about the education of nurses to care for children or in hospitals, basic health units, schools or day care centers, this theme is essential and current, considering that the nursing consultation models delimiting physical spaces, specific materials and conditions security to customers. The nurse-teacher is of fundamental importance in the student's education process, having to have a different profile from academia to a position where it enters and socializes new professionals in the practical field work. Demonstrating commitment to the process of teaching and learning practical development, where the study contemplates us with an innovative and relevant thematic, with a view to researcher difficulty using all related descriptors to connecting theme, it was necessary to perform a piecemeal search where there was conjunction 2-3 descriptors still found a few articles covering the thematic. The study aims to show the Nursing Consultation on Child Care and technology in preceptorship. a qualitative, descriptive study, with poetics approach was developed. Held workshops that took place in a educational activity space, existing at the Clinic School, had the participation of five nurses, two working in the outpatient setting and 3 of the ESF, the principle would be nine but 4 could not attend due to vacation, sick leave and private commitment. Those who participated perform and / or carried out nursing consultations in child care in different scenarios, 5 units FHS (Family Health Strategy) and Ambulatory School (AMBE) in the mountainous region of the state of Rio de Janeiro. guiding question that was addressed in one of the workshops, using the method "Places Geomiticos", one of the techniques of poetics: "If the Nursing Consultation on Child Care were (example) a well as it would be this well" and so on with the other places chosen by the participants. The study as exigency obtained the release of the committee of ethics under nºparecer 1,326,808, CAAE: 49067415.5.00005245.Diante the speeches of the research group was preceded analysis categorical thematic, in which the lines were being grouped by similarity, so the categories emerged for further analysis. These are the following categories: 1. Professional Valuation, by recognizing the Child Care consultation conducted by the Nurse in the preceptorship; 2-Interference performance scenario, the achievement of the CEP in precptoria; 3- Culture of the biomedical model present in the community, affecting the membership. We obtained as issues conclusion that diverge in practice of nurses, tutors, where the scenery becomes significant for a good performance of students on the zip code, became necessary to understand and describe this activity, seeking to have it as an educational technology, where confects They were intensified, highlighting factors that interfere with the achievement and recognition of the CEP brought by GP and thus giving visibility to professional identity
7

As análises econômicas na incorporação de tecnologias em saúde: reflexões sobre a experiência brasileira The economic analysis in the incorporation of health technologies: reflections on the Brazilian experience

Santos, Vania Cristina Canuto 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2011-05-04T12:36:23Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2010 Nas últimas décadas, os gastos crescentes no setor saúde vêm preocupando diversos países, em especial aqueles cuja atenção à saúde é garantida pelo setor público. A grande pressão pela incorporação de tecnologias cada vez mais caras, além de impactar no orçamento dos países, produz restrição ao acesso dos serviços de saúde, visto que não é possível garantir todas as intervenções a todos. Diante desta situação, técnicas para a racionalização dos gastos, tais como as análises econômicas em saúde, são utilizadas na tentativa de maximizar a saúde, mas resguardando a viabilidade financeira dos sistemas públicos de saúde. Países desenvolvidos com forte financiamento público, assim como Austrália, Canadá e Reino Unido têm empregado cada vez mais estas ferramentas para a tomada de decisão acerca da incorporação de novas tecnologias. O Brasil, na última década, também tem empreendido esforços para a adoção de critérios de custo-efetividade, tanto na entrada de medicamentos no mercado privado, com a alteração da lei de registro e com a criação da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), quanto com o estabelecimento de uma Comissão de Incorporação de Tecnologias do Ministério da Saúde (CITEC). As decisões da CITEC são subsidiadas por estudos desenvolvidos pela área de Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS) do Departamento de Ciência e Tecnologia (DECIT) do Ministério da Saúde. Neste aspecto, as Agências Nacionais de Vigilância Sanitária e de Saúde Suplementar também instituíram áreas de ATS para responder as suas demandas. E, apesar do avanço na institucionalização de áreas que utilizam análises econômicas na incorporação de tecnologias, ainda há uma fragilidade institucional nas etapas seguintes do ciclo de vida destas. O País também carece de profissionais capacitados e padece de uma desorganização neste campo causa da principalmente pela sobreposição de atividades e atribuições das áreas que realizam a ATS no governo federal. Ademais, para que as análises econômicas em saúde sejam realmente úteis na tomada de decisão é imprescindível a definição de um limite custo-efetividade para o Brasil. In recent decades, increasing spending in the health sector is worrying many countries, particularly those whose health care is guaranteed by the public sector. The big push for the incorporation of technologies increasingly expensive is impacting the budgets of countries and producing a restriction on access to health services, since we cannot guarantee all interventions for everybody. Facing this situation, techniques for the rationalization of expenditures, such as health economic analysis, are used in an attempt to maximize health, but protecting the financial viability of public health systems. Developed countries with strong public support, such as Australia, Canada and the UK have progressively more used this tool for decision making regarding the incorporation of new technologies. Brazil, more recently, has also made efforts to adopt criteria of cost-effectiveness, both at the entrance of drugs in the private market, with the adjustment of the law of register and the establishment of the Board of Market Regulation of Medicines (CMED) and the Commission of Technology Incorporation of the Ministry of Health (CITEC). The decisions of CITEC are subsidized by studies undertaken by the area of Health Technology Assessment (HTA) at Department of Science and Technology (DECIT) of the Ministry of Health. The Brazilian Health Surveillance Agency and Brazilian National Private Health Insurance Agency also established areas of HTA to answer to their demands. Despite advances in the institutionalization of areas that use economic analysis in the incorporation of technologies, there is fragility in the following stages of the life cycle of these. The country also lacks qualified professionals and suffers from a disruption in this field mainly caused by overlapping of activities and tasks of the areas that hold the HTA in the Federal Government. Moreover, for the health economic analyses are really useful in decision making is essential to define threshold costeffectiveness for Brazil.
8

Até onde investir no paciente grave?: decisões envolvendo a prática médica na UTI Until where to invest in the serious patient: decisions involving the physician practice in the Intensive Care Units

Rodriguez Uller, Alessandra 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2012-09-06T01:11:16Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 999.pdf: 337747 bytes, checksum: dab331a2a96992d64fd70968a8183fdb (MD5) Previous issue date: 2007 As Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), a partir da utilização de tecnologia sofisticada e emprego de metodologias criadas para aferir e controlar as variáveis vitais, sãoresponsáveis pela manutenção e prolongamento da vida, por vezes, além do desejado ou indicado para certos pacientes. Frente a real possibilidade de adiar o momento da morte, cada vez mais as equipes de saúde da UTI se deparam com questões éticas, morais,religiosas e até judiciais, que tornam o trabalho realizado neste setor por vezes difícil, complexo e desgastante. A grande dúvida para estes profissionais parece ser até quando investir em tratamentos e quando interrompê-los.O presente estudo procurou conhecer, através de entrevistas e observaçãoparticipante, como os médicos intensivistas responsáveis pela rotina de uma UTI lidam com questões por eles mesmos qualificadas como dilemas e identificar os aspectos da organização de trabalho que, por ventura, facilitam ou dificultam este enfrentamento. Osresultados revelam a angústia do médico intensivista em tomar decisões solitariamente e ao mesmo tempo a dificuldade na criação de espaços de discussão e compartilhamento dascondutas. Questões como a relação dos médicos com as famílias dos pacientes, a interação com outros membros da equipe, as inadequações da formação médica para lidar com a morte foram discutidas, bem como as motivações e perspectivas profissionais futuras.
9

O processo de incorporação de tecnologias em oncologia noSUS: análise da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde O processo de incorporação de tecnologias em oncologia no SUS: análise da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde

Lima, Sandra Gonçalves Gomes 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2016-04-04T12:31:24Z (GMT). No. of bitstreams: 2 130.pdf: 862760 bytes, checksum: 9800df472ac65986c410d2879dd1b096 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2015 A sofisticação dos sistemas de saúde acarreta o aumento de seus custos. Na área oncológica,este cenário é corroborado com o aumento da incidência de casos de câncer e o lançamento de novas tecnologias que já chegam ao mercado com custos superiores aos praticados até o momento. A incorporação dessas e de outras tecnologias em saúde no SUS é um desafio aos seus gestores. Nesse contexto, é necessário contar com um processo de avaliação e de incorporação de tecnologias que seja baseado em critérios técnico-científicos, transparentes e objetivos. Nesta dissertação objetivou-se analisar o processo nacional de incorporação de tecnologias em saúde no SUS, levado a efeito pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias em Saúde do Ministério da Saúde (Conitec). Primeiramente, foi feita uma comparação do processo conduzido pela Conitec com aqueles realizados por agências internacionais (Austrália, Canadá e Reino Unido). Em seguida foi investigado o processo realizado pela Conitec comparativamente ao da Comissão que a precedeu (Comissão para Incorporação de Tecnologias do Ministério da Saúde Citec). Com base na legislação e na documentação disponíveis publicamente foi feita a análise do funcionamento da Conitec quando da incorporação de tecnologias em oncologia para o período compreendido entre janeiro de 2012 e agosto de 2014. (...) O processo da Conitec legalmente previsto apresentou mais similaridades do que distinções em comparação com aqueles das agências internacionais, a despeito de o caso nacional estar normatizado há menos de uma década. Os principais problemas identificados na análise do processo nacional referem-se a: falta de padronização e de clareza das informações dos relatórios de recomendação da Conitec, com implicações para a transparência; não cumprimento dos prazos estabelecidos legalmente; e ausência em algumas demandas de informações definidas como obrigatórias, incluindo-se os estudos de avaliação econômica. Como pontos fortes evidenciaram-se o uso de resultados de estudos com elevado nível de evidência científica na tomada de decisão e a inclusão das contribuições da consulta pública no relatório final.Concluiu-se que, apesar dos avanços, a incorporação de tecnologias em saúde no país deve buscar a melhoria contínua na direção da excelência do processo. The advances in healthcare systems cause the increase of their costs. In oncology, this scenario is supported by the growing incidence of cancer and the launch of new technologies,which are introduced in the market with costs higher than the actual ones. The incorporation of these and of other health technologies in the SUS is a challenge to managers. In thiscontext, it is necessary to promote the evaluation and the incorporation based on technical, scientific, transparent and objective criteria. This dissertation aimed to study the national process of health technologies incorporation in SUS, carried out by the Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias em Saúde do Ministério da Saúde (Conitec). This study firstly compared the components and the attributions of Conitec with the ones of some international HTA agencies (Australia, Canada and United Kingdom). Then, we investigated the processperformed by Conitec in comparison to the Commission that preceded it (Comissão para Incorporação de Tecnologias do Ministério da Saúde Citec). We assessed the Conitec s procedures when technologies in oncology are evaluated for incorporation. This analysis was based on the legislation and on the documentations publicly available for the period comprised from January/2012 to August/2014. (...)^ien The Conitec s legally established process has more similarities than differences when compared with the international agencies, despite the national process is regulated for less than one decade. The main problems identified are: lack of patterns and of clearness of the information reported, with consequences to the transparency; non-compliance with the deadlines legally established; and absence of mandatory information in some demands, including economic evaluation studies. As strengths we can point out the use of the results from studies with highlevel of scientific evidence in the decision-making and the inclusion of the public consultation contributions in the final report. We concluded that, despite the improvements, the incorporation of health technologies in our country should pursue continuous improvements towards the process excellence. (AU)^ien
10

Tratamento quimioterápico do mesotelioma pleural maligno: uma revisão sistemática Chemotherapy treatment of malignant pleural mesothelioma: a systematic review

Souza, André de Oliveira 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2016-04-20T12:33:54Z (GMT). No. of bitstreams: 2 51.pdf: 1382638 bytes, checksum: ff6fa2a28495066458e47509b7a3474b (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2015 Contexto - O mesotelioma pleural maligno é um tipo de câncer raro, agressivo e com uma expectativa de aumento na incidência até 2030. As melhores formas de diagnosticar,estadiar e tratar essa neoplasia continuam em debate. Objetivos - Estabelecer a evidência de eficácia e segurança dos diferentes esquemas quimioterápicos disponíveis para o tratamento do mesotelioma pleural maligno.Fontes de Dados - As bases bibliográficas utilizadas para a busca de artigos indexados foram Cochrane Controlled Trials Register, Lilacs, Medline (via Pubmed), Scopus e Webof Science. Além disso, foram buscados estudos na literatura cinzenta.Critérios de Elegibilidade Participantes: pacientes com mesotelioma pleural maligno virgens de tratamento quimioterápico; Intervenção: tratamento quimioterápico; Controle:tratamento quimioterápico ou controle ativo de sintomas; Desfechos: Tempo de sobrevida,tempo livre de progressão, resposta tumoral e toxicidade; Estudos: ensaios clínicos randomizados de fase II ou III.Resultados - Um total de nove estudos envolvendo treze esquemas terapêuticos preencheram os critérios para inclusão nesta revisão. Em relação à eficácia, o único esquema quimioterápico que se apresenta superior ao seu comparador com significância estatística nos três desfechos é cisplatina mais pemetrexede. Os outros esquemas que demonstraram superioridade, mas sem a significância estatística foram: cisplatina mais raltitrexede, vinorelbina e carboplatina mais pemetrexede. Em relação à toxicidade, cisplatinamais pemetrexede, cisplatina mais raltitrexede se destacaram negativamente. Conclusões O uso da combinação derivado de platina mais antifolato como opção de primeira escolha no tratamento quimioterápico do mesotelioma pleural maligno está de acordo com as diretrizes terapêuticas e outras revisões sistemáticas publicadas. Cisplatina epemetrexede têm a preferência sobre carboplatina e raltitrexede. Avaliações econômicas e estudos clínicos realizados no Brasil são necessários para embasar a decisão de incorporação dos antifolatos no tratamento rotineiro dessa neoplasia. Background - Malignant pleural mesothelioma is a rare and aggressive cancer with anexpected increase in the incidence by 2030. The best ways to diagnose, staging and treat this disease still under discussion.Objectives - To establish the evidence of efficacy and safety of different chemotherapy regimens available for the treatment of malignant pleural mesothelioma. Data Sources - The bibliographic databases used for the search of indexed articles were Cochrane Controlled Trials Register, Lilacs, Medline (via Pubmed), Scopus and Web of Science. In addition, studies were sought in the gray literature. Study Eligibility Criteria - Participants: chemotherapy naïve patients with malignant pleural mesothelioma; Intervention: chemotherapy; Control: chemotherapy or active symptom control; Outcomes: survival time, progression-free time, tumor response and toxicity; Studies: phase II or III randomized clinical trials. Data Synthesis - A total of nine studies involving thirteen regimens met the criteria for inclusion in this review. Regarding efficacy, the only chemotherapy regimen that appears superior to their control group with statistical significance in the three outcomes is cisplatinplus pemetrexed. The other schemes that have shown superiority but without statistical significance were: cisplatin plus raltitrexed, vinorelbine and carboplatin plus pemetrexed. Regarding toxicity, cisplatin plus pemetrexed, cisplatin plus raltitrexed stood out negatively. Conclusions - The use of platinum more antifolate combination as first line chemotherapy ofmalignant pleural mesothelioma is in accordance with therapeutic guidelines and other systematic reviews published. Cisplatin and pemetrexed have preference over carboplatinand raltitrexed. Economic evaluations and a clinical study in Brazil are required to give foundation incorporating decision of antifolates in the routine treatment of this cancer. (AU)^ien

Page generated in 0.0827 seconds