• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 230
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 236
  • 153
  • 65
  • 51
  • 36
  • 33
  • 32
  • 30
  • 26
  • 26
  • 26
  • 22
  • 22
  • 20
  • 20
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
41

Diferentes terapias na osteoartrite induzida por papaína em joelhos de ratos /

Rosseto, Laryssa Petrocini. January 2016 (has links)
Orientador: Paola Castro Moraes / Coorientador: Luis Gustavo Gosuen Gonçalves Dias / Banca: Geórgia Modé Magalhães / Banca: Annelise Carla Camplesi dos Santos / Resumo: Devido ao aumento da expectativa de vida dos animais e ocrescente número de pessoas, a osteoartrite (OA), também conhecida como artrose,surge como uma das afecções mais relevantes na medicina veterinária e humana. Diversos tratamentos são utilizados e propostos, porém não há ainda consenso sobre a melhor terapia. Objetivou-se investigar e comparar a eficácia do Laser de baixaintensidade e o ultrassom terapêutico em conjunto com plasma rico em plaquetas(PRP), no tratamento da osteoartrite induzida em joelhos de ratos. Foram utilizados72 ratos distribuídos aleatoriamente em nove grupos de oito animais: Grupo Controle(GC), Grupo solução fisiológica (GCF), Grupo osteoartrite 21 dias (GOA21), Grupoosteoartrite 42 dias (GOA42), Grupo osteoartrite e Laser (GOALa), Grupo osteoartritee Ultrassom terapêutico (GOAUS), Grupo osteoartrite e PRP (GOAPrp), Grupoosteoartrite, PRP e Laser (GOAPrpLa) e Grupo osteoartrite, PRP e ultrassomterapêutico (GOAPrpUS). Foi realizada infiltração intra-articular de papaína 4% ecisteína 0,03M e, 21 dias após a indução, iniciou-se tratamento por três semanas comlaser, ultrassom e/ou PRP. Foram realizadas avaliações perimétricas, termográficas,macro e microscópicas. Os resultados mostraram interação significativa entre osgrupos em relação ao tempo para as avaliações perimétricas e termográficas,comprovando que a termografia foi eficaz para avaliar o comportamento da inflamaçãoarticular. Não foram observadas alterações macrosc... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Due to increasing life expectancy of animals and the growing number of people, osteoarthritis (OA), also known as arthrosis, appears as one of themost important diseases in veterinary and human medicine. Several treatments areuse and proposed, but there is no consensus about the best therapy. This study aimedto investigate and compare the efficacy of Low-level laser therapy and therapeuticultrasound in conjunction with platelet-rich plasma (PRP) in the treatment ofosteoarthritis induced in rats' knees. Randomly were used 72 mice divided into ninegroups of eight animals: Control Group (CG), group saline (GCF), Group osteoarthritis21 days (GOA21), Group osteoarthritis 42 days (GOA42), Group osteoarthritis andLaser (GOALa), Group osteoarthritis and therapeutic Ultrasound (GOAUS),osteoarthritis and PRP Group (GOAPrp), osteoarthritis Group, PRP and Laser(GOAPrpLa) and Group osteoarthritis, PRP and therapeutic ultrasound (GOAPrpUS).It was performed intra-articular infiltration of papain and cysteine 0.03M 4% and 21days after the induction started three weeks treatment with laser, ultrasound and / orPRP. Evaluations were performed perimeter, thermographic, macro and microscopic.A significant interaction between the groups with respect to time to the perimeter andthermographic ratings, proving that thermography was effective to evaluate thebehavior of articular inflammation. Macroscopic changes were observe in the articularcartilage in any animal, a ... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
42

Avaliação do uso do hormônio do crescimento recombinante humano na ATM de coelhos com osteoartrite induzida

Prockt, Anderson Pedroso January 2012 (has links)
Submitted by Ginamara Lima (ginaj@pucrs.br) on 2012-10-29T17:20:50Z No. of bitstreams: 1 443201.pdf: 4831267 bytes, checksum: 8dd21e93476eb996bc1ebeb289330d2b (MD5) / Made available in DSpace on 2012-10-29T17:20:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 443201.pdf: 4831267 bytes, checksum: 8dd21e93476eb996bc1ebeb289330d2b (MD5) / A osteoartrite é uma doença lentamente progressiva e degenerativa que atinge várias articulações do corpo humano, incluindo a ATM. A engenharia tecidual tem avançado no sentido de reduzir os defeitos osteocondrais e regenerar essa articulação. Foram utilizados no estudo 19 coelhos, dos quais 18 tiveram os discos articulares da ATM removidos, com o intuito de induzir osteoartrite. Os animais foram divididos em 3 grupos com 6 cobaias: grupo A, onde 5 coelhos realizaram 1 infiltração na articulação direita com rhGH (0,5UI/kg) e na esquerda com NaCl (0,9%) em 14 dias; grupo B, onde 5 coelhos realizaram 1 infiltração na articulação direita com rhGH (0,5UI/kg) e na esquerda com NaCl (0,9%) em 14 e 21 dias; grupo C, onde 5 coelhos realizaram 1 infiltração na articulação direita com rhGH (0,5UI/kg) e na esquerda com NaCl (0,9%) em 14, 21 e 28 dias. O sexto coelho de cada grupo não recebeu infiltrações e serviu como controle. O 19º coelho não foi operado e serviu como controle de ATM normal. Os animais foram avaliados por tomografia computadorizada cone beam e histologicamente. Os resultados demonstraram que, tomograficamente, as articulações tratadas com 3 infiltrações de NaCl 0,9% e o grupo controle obtiveram maiores índices de osteoartrite (p<0,05). Na análise histológica, as articulações tratadas com rhGH apresentaram maior celularidade e espessura tecidual no grupo A, no grupo B, as articulações infiltradas com rhGH e NaCl (0,9%) apresentaram maior celularidade e espessura que no grupo controle. Quanto ao grau de severidade da osteoartrite, não houve diferença estatística. / Osteoarthritis is a slowly progressive degenerative disease affecting several joints of the human body, including the TMJ. Tissue engineering has advanced to reduce osteochondral defects and to regenerate the TMJ. Nineteen rabbits were used in the present study. Eighteen of them had the articular discs of the TMJ removed in order to induce osteoarthritis. The animals were divided into three groups of six rabbits: group A - five rabbits treated with injections of rhGH (0.5 IU/kg) in the right joint and NaCl (0.9%) in the left joint in 14 days; group B - five rabbits received injections of rhGH (0.5 IU/kg) in the right joint and NaCl (0.9%) in the left joint in 14 and 21 days; and group C - five rabbits underwent injections of rhGH (0.5 IU/kg) in the right joint and NaCl (0.9%) in the left joint in 14, 21, and 28 days. The sixth rabbit of each group was the control and did not receive injections. The 19th rabbit was used as a normal TMJ control and did not undergo surgery. The animals were evaluated using cone beam computed tomography and histological examination. CT showed that the joints treated with three injections of 0.9% NaCl and the control group had higher rates of osteoarthritis (p < 0.05). Histological analysis revealed that the joints treated with rhGH had higher tissue cellularity and thickness in group A, whereas the joints treated with rhGH and NaCl (0.9%) had high tissue cellularity and thickness in group B than in the control group. There was no statistical difference in terms of degree of severity of osteoarthritis.
43

Síntese de complexos nanoestruturados formados por óxidos de ferro e sulfato de condroitina

Ramírez Rivera, Luis Miguel 27 December 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Nanociência e Nanobiotecnologia, 2013. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2014-06-02T15:52:30Z No. of bitstreams: 1 2013_LuisMiguelRamirezRivera.pdf: 12034472 bytes, checksum: 879d72b368bc5c71a7e0df5eebf90f5f (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2014-06-03T12:45:08Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_LuisMiguelRamirezRivera.pdf: 12034472 bytes, checksum: 879d72b368bc5c71a7e0df5eebf90f5f (MD5) / Made available in DSpace on 2014-06-03T12:45:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_LuisMiguelRamirezRivera.pdf: 12034472 bytes, checksum: 879d72b368bc5c71a7e0df5eebf90f5f (MD5) / O objetivo desde projeto é sintetizar complexos nanoestruturados formados por óxidos de ferro e 4-sulfato de condroitina (4-SC). Dois métodos de síntese química foram empregados. No primeiro, nanopartículas de magnetita foram sintetizadas por meio da técnica de coprecipitação em meio aquoso, funcionalizadas com 4-sulfato de condroitina por meio da técnica de automontagem e em seguida dispersas em pH neutro. Na segunda rota de síntese, as nanopartículas de magnetita foram coprecipitadas na presença do 4-sulfato de condroitina e suspensas em meio aquoso com pH neutro. A espectroscopia Raman foi empregada para identificar a fase do óxido de ferro produzido, cujo resultado confirmou a síntese de magnetita. A análise dos espectros obtidos no infravermelho e dos dados de potencial zeta confirmaram a presença da cobertura de 4-sulfato de condroitina. Em adição, os resultados mostraram também diferenças no modo de interação do 4-SC com a superfície das partículas produzidas por meio dos diferentes métodos de síntese. Também foi realizado um monitoramento da estabilidade coloidal em meio biológico tais como a solução tampão fosfato (PBS) e meio de cultura DMEM. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The aim of this study is to produce nanostructured complexes of iron oxides and chondroitin-4-sulphate (C4S). Two synthesis routes were employed. On the first, magnetite nanoparticles were synthetized via the technique of coprecipitation in aqueous media, functionalized with chondroitin-4-sulphate via the layer-by-layer technique and then dispersed in neutral pH. On the second method, the magnetite nanoparticles were precipitated in the presence of chondroitin-4-sulphate and peptized in aqueous media with neutral pH. Raman spectroscopy was used to identify the iron oxide phase, confirming the synthesis of magnetite. The analysis of the infrared spectra and the data from zeta potential confirmed the presence of chondroitin-4-sulphate on the nanoparticles surface. In addition, the results indicated that the attachment of chondroitin-4-sulphate at the nanoparticle surface depends on the synthesis method. The colloidal stability was monitored in biological media, including phosphate buffer solution and DMEM culture medium.
44

Osteotomia valgizante da tibia proximal com e sem enxerto osseo autologo = estudo clinico prospectivo / Opening-wedge high tibial osteotomy with and without bone graft : a prospective randomized clinical trial

Zorzi, Alessandro Rozim 15 August 2018 (has links)
Orientador: João Batista de Miranda / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-15T13:23:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Zorzi_AlessandroRozim_M.pdf: 2318090 bytes, checksum: 67428e73d40fe1ff0a25f4c17e78e4f8 (MD5) Previous issue date: 2010 / Resumo: Introdução: A técnica de abertura de cunha medial apresenta vantagens em relação às outras de osteotomia valgizante da tíbia, o que a tem tornado muito popular. Sua desvantagem é a criação de uma falha óssea na tíbia proximal, o que poderia possibilitar perda de correção ou retardo de consolidação. O uso de enxerto ósseo autólogo da crista ilíaca tem sido preconizado para diminuir o risco destas complicações. Entretanto, nenhum estudo clínico comparou a evolução clínica entre pacientes com e sem o uso do enxerto ósseo. Hipótese: Não há necessidade de enxerto ósseo na osteotomia de abertura medial, fixada com placa-calço igual ou menor que 12,5 mm. Desenho do estudo: Estudo clínico controlado, duplo-cego, randomizado. Métodos: Foram realizadas 46 osteotomias entre Abril de 2007 e Novembro de 2008. As osteotomias foram divididas aleatoriamente por um programa de computador em dois grupos de 23 joelhos cada. No grupo A, foi usado enxerto autólogo da crista ilíaca para preencher o espaço. No grupo B, o espaço foi deixado sem preenchimento. O enxerto foi coletado nos dois grupos, para garantir o mascaramento tanto dos pacientes quanto dos avaliadores. Avaliações clínicas foram realizadas a cada duas semanas até que sinais clínicos de consolidação estivessem presentes. Resultados: As varáveis demográficas foram similares nos dois grupos. A média de tempo para consolidação no grupo A foi de 12,4 semanas (IC 11,2 - 13,6), e no grupo B foi de 13,7 semanas (IC 12,5-14,9), sem diferença estatística (p=0,130). Perda de correção ocorreu em um paciente no grupo A (4,35%) e em dois pacientes no grupo B (8,7%). Conclusão: Nesta amostra, o tempo de consolidação das osteotomias foi similar nos grupos com e sem enxerto ósseo / Abstract: Background: Medial opening-wedge has gained popularity among other techniques of high tibial osteotomy with many advantages. The disadvantage of this method is the creation of a gap, with the possibility of collapse or delayed bone healing, and the need to harvest iliac crest bone graft. The filling of the gap is recommended, but no reports have compared grafted and ungrafted osteotomies. Hypothesis: There is no need for graft to achieve bone union in medial opening-wedge high tibial osteotomy when 12,5 mm or less spacer plate is used. Study design: Double-blinded randomized controlled clinical trial. Methods: Forty-six opening-wedge high tibial osteotomies were carried out. They were randomly divided by software in two groups of 23 knees: group A filled with autologous bone graft and group B unfilled. Bone graft was taken in all cases to ensure blindness of patients and investigators. Clinical evaluations were performed each two weeks until signs of bone union were achieved. Results: Demographic variables were similar in both groups. Mean time to bone union in group A was 12.4 weeks (CI 11.2-13.6) and in group B was 13.7 weeks (CI 12.5-14.9), without significant difference (p=0.130). Signals of loosening of screws occurred in one patient (4,35%) in group A, against two patients (8,7%) in group B. Conclusion: In this series both groups achieved bone union in similar times / Mestrado / Cirurgia / Mestre em Cirurgia
45

Desenvolvimento de polissacarÃdeos com aÃÃo terapÃutica em osteoartrite / Development of polysaccharides with therapeutic action in osteoarthristis.

Pablyana Leila Rodrigues da Cunha 03 August 2006 (has links)
CoordenaÃÃo de AperfeiÃoamento de Pessoal de NÃvel Superior / A viscossuplementaÃÃo à uma tÃcnica terapÃutica utilizada no tratamento de osteoartrite, a qual busca substituir o lÃquido sinovial (lubrificante das articulaÃÃes) por soluÃÃes viscoelÃsticas de derivados do Ãcido hialurÃnico com propriedades reolÃgicas melhores que a deste lÃquido. Este tratamento à caro e comercialmente sà se utilizada o Ãcido hialurÃnico. O estudo de outros polissacarÃdeos, tais como a goma guar e a quitina, para aplicaÃÃo em viscossuplementaÃÃo, aumenta a possibilidade de substituir o Ãcido hialurÃnico por outros de fontes mais abundantes e viÃveis. A goma guar (GGNP) foi purificada por vÃrios mÃtodos com a finalidade de reduzir contaminantes, como polissacarÃdeos (que nÃo galactomanana) e principalmente proteÃnas. O mÃtodo de maior eficiÃncia na reduÃÃo destes contaminantes foi o mÃtodo fÃsico+Fehling, resultando em uma guar (GGFISFEH) com 96% de galactomanana e 0% de proteÃnas. A goma comercial (GGNP) e a purificada (GGFISFEH) foram reticuladas com glutaraldeÃdo para originar hidrogÃis fluidos de alta viscosidade. O aumento da viscosidade do polissacarÃdeo com o tempo de reaÃÃo de reticulaÃÃo à gradativo e pode ser interrompido no momento em que se obtÃm um hidrogel fluido, por diÃlise contra Ãgua. Os hidrogÃis obtidos tem viscosidade quarenta vezes (GelGGNP) e oitocentas vezes (GelGGFISFEH) a viscosidade das soluÃÃes iniciais das gomas. A goma guar purificada (GGFISFEH) foi modificada por reaÃÃo de oxidaÃÃo com reagente TEMPO e por reaÃÃo de sulfataÃÃo, com a finalidade de introduzir grupos carboxilato e sulfato, assemelhando a estrutura desta ao Ãcido hialurÃnico e ao condroitim sulfato. As reaÃÃes foram eficientes na modificaÃÃo, resultando em grau de substituiÃÃo (GS) de 0,36 para a goma oxidada (GGOXID) e 0,60 para a sulfatada (GGSULF). AnÃlises de RMN de 13C e 1H indicam que a sulfataÃÃo ocorreu no C6 da galactose e a oxidaÃÃo no C6 da manose. A quitina foi carboximetilada para originar um polieletrÃlito solÃvel em Ãgua e com grupo acetil glicosamina semelhante ao do Ãcido hialurÃnico. Esta reaÃÃo foi testada em vÃrias condiÃÃes reacionais, resultando em GS diferentes. O melhor rendimento foi de 92% com um GS de 0,53. Os testes farmacolÃgicos foram realizados em ratos Wistar. Avaliou-se o efeito per si na cavidade articular de GGNP e GGFISFEH, ambas em soluÃÃo e gel. A GGNP causou incapacitaÃÃo e influxo celular dosedependente, efeito nÃo demonstrado por GGFISFEH. A incapacitaÃÃo articular foi maior com a administraÃÃo do GelGGNP. Avaliou-se tambÃm, o efeito terapÃutico da GGFISFEH em soluÃÃo e gel, e Hilano G-F20 em osteoartrite induzida pelo modelo de transecÃÃo do ligamento cruzado anterior. A inibiÃÃo da incapacitaÃÃo articular obtida pelo gel ou pela soluÃÃo de guar foram absolutamente semelhantes ao resultado obtido com o Hilano G-F 20. A goma guar apresenta potencial como agente viscossuplementador. / The viscosupplementation is a therapeutic technique used in the osteoarthritis treatment, in which the sinovial fluid (lubricant of the ligaments) is replaced by viscoelastic solutions derived from hyaluronic acid with rheological properties better than the starting material. This treatment is expensive and commercially, only hialuronic acid is used. The research of other polysaccharides such as the guar gum and chitin, for the application on viscosupplementation, increases the possibility of substituting the hyaluronic acid with other from more abundant sources and more viable. The guar gum (GGNP) was purified through various methods with the aim to reduce contaminants, such as polysaccharides (but not galactomannan) and most importantly, proteins. The method with best efficiency in the reduction of these contaminants was the physic+Fehling method, resulting in a guar (GGFISFEH) with 96% of galactomannan and 0% of proteins. The commercial gum (GGNP) and the purified (GGFISFEH) were crosslinked with glutaraldehyde to originate fluids hydrogel of high viscosity. The increase in viscosity of the polysaccharides with the increase of the crosslinking reaction time is gradual and can be interrupted at the moment a hydrogel fluid is obtained through dialysis against water. The hydrogels obtained have viscosity forty times (GelGGNP) and eight hundred times (GelGGFISFEH) than the initial viscosities of the gums. The purified guar gum (GGFISFEH) was modified through oxidative reaction with a TEMPO reagent and through a sulfatation reaction, with the aim of introducing carboxylated and sulphate groups, making their structure similar to the one from the hyaluronic acid and the chondroitin sulfate. The reactions were efficient in the modification, resulting in degree of substitution (DS) of 0.36 for the oxidated gum (GGOXID) and 0.60 for the sulfated gum(GGSULF). 13C and 1H NMR analyses indicated that the sulfatation occurred in C6 of galactose and the oxidation on C6 of mannose The chitin was carboxylated to form a water soluble polyeletrolite and with a group of acetyl glucosamine similar to the hyaluronic acid. This reaction was tested in various conditions, resulting in different DS. The best yield was of 92% with a DS of 0.53. The pharmacological tests were conducted on rats Wistar. The effect, per si, in the articulate cavity of GGNP and GFISFEH, both in solution and gel was also studied. The GGNP caused incapacitation and dosage-dependant cell influx, an effect not demonstrated by GGFISFEH. The articular incapacitation was greater with the administration of GelGGNP. It was also evaluated the therapeutic effect of GGFISFEH in solution and gel, and Hilano G-F20 in osteoarthritis induced by the transection of the anterior cruciate ligament. The inhibition of the articular incapacitation obtained through gel or through the guar solution were entirely similar to the results obtained with the Hilano G-F20. The guar gum presents potential as a viscosuplemented agent.
46

Relação entre osteoartrite de joelho e equilíbrio em idosas da comunidade = Relationship between knee osteoarthritis and balance in the community elderly / Relationship between knee osteoarthritis and balance in the community elderly

Barcelos, Caroline Coutinho de, 1982- 24 August 2018 (has links)
Orientador: Ibsen Bellini Coimbra / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-08-24T17:23:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Barcelos_CarolineCoutinhode_D.pdf: 1979405 bytes, checksum: cec79f3f27610781d0bff4ab161fc971 (MD5) Previous issue date: 2014 / Resumo: A osteoartrite (OA) é a enfermidade articular mais prevalente entre os idosos e pode causar incapacidades. Representa importante causa de morbidade, alto custo para o paciente e para a sociedade, além de afetar significativamente a qualidade de vida relacionada à saúde. O objetivo deste projeto foi estimar a influência da osteoartrite (OA) de joelhos no equilíbrio e a composição corporal do idoso. A amostra foi constituída por 94 idosas (188 joelhos) acima de 60 anos. As idosas foram submetidas a uma entrevista, radiografia de ambos os joelhos, densitometria corporal, avaliação do equilíbrio através de uma plataforma de força AMTI e antropometria; a dor no joelho foi graduada de 0 (sem dor) à 10 (dor máxima) através da Escala Visual Analógica e a caracterização da síndrome metabólica foi obtida por meio de auto relato das comorbidades. A análise dos resultados foi realizada por meio da ANOVA, regressão logística univariada e multivariada, Tukey e correlação linear de Spearman, tendo o nível de significância estabelecido em 5% (p<0,05), com 95% de intervalo de confiança. Em relação à presença ou ausência de OA no joelho as variáveis sobrepeso, obesidade (p=0,025) e dor (p<0,001) apresentaram influência estatisticamente significante; o mesmo ocorreu em relação à massa muscular e massa gordurosa (p=0,002) e OA. Durante os ensaios sobre a plataforma, a presença ou ausência de OA nos joelhos não apresentaram diferença estatística em relação ao equilíbrio estático. Quando houve manipulação da informação visual, as idosas apresentaram significância estatística para a maioria das variáveis (p=0,0007). As idosas caracterizadas com síndrome metabólica por auto relato tiveram pior desempenho nos teste de equilíbrio dinâmico. A maior massa gorda nos membros inferiores apresentou prevalência sobre a ocorrência de OA de joelhos bem como à sua gravidade; a OA, isoladamente, não interferiu no equilíbrio estático das idosas; apesar da dor ser um fator limitante, ela não interferiu nos testes / Abstract: Osteoarthritis (OA), the most prevalent joint disorder causing disability in the elderly, represents an important cause of morbidity and significantly affects quality of life, leading to high costs for both patients and society. This work aimed to identify the influence of OA in the knees in balance and body composition in elderly. The sample comprised 94 elderly individuals (188 knees; all women) over 60 years of age. The subjects were interviewed and underwent PA radiography of both knees, total body densitometry, balance assessment using an AMTI force platform and anthropometry; knee pain was graded using a visual analogue scale and characterization of the metabolic syndrome was obtained through self-report of comorbidities. Statistical analysis of the results was performed using ANOVA, univariate and multivariate regression analyses, Tukey¿s test and Spearman¿s linear correlation coefficient, with a 5% significance level (p <0.05) and 95% confidence interval (CI). Overweight, obese (p = 0.025) and pain (p <0.001) variables, as well as muscle mass and fat mass (p = 0.002), showed a statistically significant influence on the presence or absence of knee OA. During platform tests, the presence or absence of knee OA showed no statistical association with static balance. When there was manipulation of visual information, elderly subjects demonstrated statistical significance for most variables (p= 0.0007). Elderly with metabolic syndrome characterized by self-report had worse performance in dynamic balance test. The results indicated that increased fat mass in the lower limbs was associated with the prevalence and severity of knee OA. OA alone did not affect the static equilibrium of elderly subjects, and although pain was a limiting factor, it did not interfere with the testing / Doutorado / Clinica Medica / Doutora em Clínica Médica
47

Avaliação da articulação patelo femoral e da função do joelho, pós-osteotomia medial e valgizante, supra tuberositária da tíbia = estudo prospectivo clínico e radiológico / Avaliation of patella height and knee function after medial opening-wedge hight tibial osteotomy : clinical and radiological prospective study

Muszkat, Carlos, 1948- 18 August 2018 (has links)
Orientador: João Batista de Miranda / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-08-18T22:46:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Muszkat_Carlos_M.pdf: 807816 bytes, checksum: df5b34a3b17698df3a8b73ff4b02643f (MD5) Previous issue date: 2011 / Resumo: Objetivos: Avaliar a altura da patela e a função do joelho, pós-osteotomia medial e valgizante, supra tuberositária da tíbia (OMV-ST). Métodos: Vinte e cinco pacientes portadores de osteoartrite (OA) medial do joelho e instabilidade ligamentar, associados à deformidade em varo, foram submetidos à correção da deformidade, por meio de osteotomia medial e valgizante, de cunha aberta, supra tuberositária da tíbia. Estes pacientes e seus dados radiológicos foram avaliados pré e pós-operatoriamente, sendo medido a altura da patela e a função do joelho. Para estas medidas foram utilizados os Índices de Insall-Salvati(IIS), Caton-Deschamps(ICD) e o Knee Score(KS). Resultados: Pré-operatoriamente, a média das medidas da altura patelar, determinado pelo método de Insall-Salvati, resultou em 0,88+/-0,17. Após a cirurgia foi de 0,92+/-0,20, sem diferença estatística (p=0,186). Pelo método de Caton-Deschamps, a média da altura da patela antes da cirurgia foi de 0,64+/-0,14. Após a cirurgia houve uma redução significativa da altura da patela, com média de 0,53+/-0,11(p=0,0004). A média dos valores do Knee Score variou de 48,25+/-15,15 a 72,08+/- 16,87(p<0,001), aumento estatístico significativo após a cirurgia. Conclusão: Concluiu-se que após a osteotomia medial e valgizante, de cunha aberta, supra tuberositária da tíbia, o Índice de Caton-Deschamps indicou a ocorrência de patela baixa. O mesmo não ocorreu quando foi utilizado o Índice de Insall-Salvati. Houve melhora da função do joelho, segundo o Knee Score / Abstract: Objective: To measure patella height and knee function after medial opening-wedge high tibial osteotomy (MOW-HTO). Methods: MOW-HTO was carried out on 25 patients with osteoarthritis, or deficient knee ligament, associated with varus deformity. The patella height was measured before and after MOW-HTO with the Caton-Deschamps and Insall-Salvati Indices. The Knee Score was used to evaluate Knee Function. Results: Before surgery the average patella height using the Caton-Deschamps Index was 0.64+/-0.14. After surgery there was a significant reduction of patella height with an average of 0.53+/-0.11(p=0,0004). Using the Insall-Salvati Index the average pre-operation patella height was 0.88+/-0.17 and post-operatively 0.92+/-0.20 without any statistical significance(p=0.186). The average pre-operative Knee Score was 48.25+/-15,15 and 72,08+/-16,87 post-operative with a statistically significant improvement (p<0,001). Conclusion: After MOW-HTO there was patella baja when the Caton-Deschamps Index was used to measure height but the same did not occur when the Insall-Salvati Index was used. There was an improvement in Knee Function according to the Knee Score / Mestrado / Fisiopatologia Cirúrgica / Mestre em Ciências
48

Viscossuplementação em pacientes portadores de gonartrose avançada

Campos, André Luiz Siqueira January 2017 (has links)
Submitted by Ana Lúcia Torres (bfmhuap@gmail.com) on 2018-01-09T12:25:20Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) ANDRE CAMPOS.pdf: 1231707 bytes, checksum: 3e1489a22081a3ec5a3ec05965d5052d (MD5) / Approved for entry into archive by Ana Lúcia Torres (bfmhuap@gmail.com) on 2018-01-09T12:25:28Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) ANDRE CAMPOS.pdf: 1231707 bytes, checksum: 3e1489a22081a3ec5a3ec05965d5052d (MD5) / Made available in DSpace on 2018-01-09T12:25:28Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) ANDRE CAMPOS.pdf: 1231707 bytes, checksum: 3e1489a22081a3ec5a3ec05965d5052d (MD5) Previous issue date: 2017 / Hospital dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro / A artroplastia é o tratamento mais eficiente para a osteoartrite grave do joelho sintomática. No nosso meio, o tempo de espera entre a indicação e a realização de tal procedimento, pelo sistema público de saúde, é demasiadamente demorado. A motivação deste estudo era tentar melhorar a qualidade de vida dos pacientes enquanto aguardam a cirurgia. O objetivo, portanto, foi avaliar os resultados, no seguimento de curto prazo, da viscossuplementação nos pacientes com osteoartrite grave do joelho e compará-los com a Triancinolona e com a associação entre ambas. Foi realizado um ensaio clínico randomizado duplo cego com 143 joelhos divididos em 3 grupos. Grupo 1: infiltração de Triancinolona; Grupo 2: infiltração de Hilano G-F 20; Grupo 3: infiltração de Triancinolona + Hilano G-F 20. Todos os pacientes foram submetidos à avaliação através de escores funcionais de Lysholm e KSS pré-infiltração e pós-infiltração com um, três e seis meses. Na comparação dentro de cada grupo, houve melhora da pontuação média do Lysholm em todos os grupos na avaliação de 1 mês comparadas à avaliação pré-infiltração (p<0,01) e essa melhora foi mantida na média da avaliação de 3 meses (p>0,05). Na avaliação de 6 meses, houve uma piora em relação às avaliações pós-infiltração anteriores (p<0,05), mas ainda com média superior àquela realizada antes do tratamento (p<0,05). Na comparação do KSS, todos os grupos também apresentaram melhor pontuação do escore na avaliação de 1 mês em relação àquela pré-infiltração (p<0,01). Essa melhora se manteve para as avaliações de KSS funcional de 3 meses no grupo da triancinolona (p>0,05). Já nos grupos com o uso do Hilano houve piora no escores subsequentes (p<0,05). Não houve diferença estatisticamente significativa na comparação entre os três tratamentos (p>0,05). O tratamento com viscossuplementação apresentou melhora dos escores funcionais, principalmente, até 3 meses após a infiltração em pacientes com gonartrose avançada. Porém, não se mostrou superior quando comparado ao uso de triancinolona intra-articular e à associação de ambas as substâncias / The final treatment for symptomatic severe osteoarthritis of the knee is total knee replacement. In our country, the time between indication and accomplishment of such procedure by the public health system is too time consuming. This study was born from the idea of trying to improve the quality of life of patients while awaiting surgery. The purpose of this research is to analyze the early outcomes of viscosupplementation in patients with severe knee osteoarthritis and compare it to the use of triamcinolone and the association of both. A randomized double-blind clinical trial was performed with 143 knees divided into three groups. Group 1: intra-articular injection of Triamcinolone; Group 2: Hylan G-F 20; Group 3: Triamcinolone + Hylan G-F 20. The outcome was measured using Lysholm and KSS scores before treatment and after one month, three and six months. In comparison within each group, there was improvement in average Lysholm score in all groups in the 1 month evaluation compared to initial evaluation (p<0,01) and this improvement was maintained at the average of third month evaluation (p>0,05). At 6 months, there was a decrease compared to previous post- infiltration ratings (p<0,05), but still higher than average performed before treatment (p<0,05). In comparing KSS, all groups also had better scores in the evaluation of 1 month compared to that pre-infiltration (p<0,01). This improvement remained up to 3rd and 6th months in the corticosteroid injection group (p>0,05). The groups using the Hylan presented lower scores in subsequent evaluation (p<0,05). There is no statistically difference among the three groups (p>0,05). Viscosupplementation increased functional scores in patients with severe osteoarthritis of the knee, especially within 3 months of injection. However, it was not superior when compared to the use of triamcinolone or the association of both
49

Alterações provocadas por esforços repetitivos na cartilagem articular do joelho: estudo realizado em ratos / not available

Camargo Filho, José Carlos Silva 17 June 1998 (has links)
Esta pesquisa teve como objetivo estudar as alterações da cartilagem articular dos côndilos femural de ratos, provocadas pela variação da amplitude de movimento e da frequência, utilizando-se uma máquina de movimentação de flexo-extensão contínua passiva. Foram utilizados 24 ratos machos Wistar, divididos em quatro grupos: G1 (exercitados com 80 ciclos/minuto em grande amplitude), G2 (exercitados com 80 ciclos/minuto em pequena amplitude), G3 (exercitados com 40 ciclos/minuto em grande amplitude) e G4 (exercitados com 40 ciclos/minuto em pequena amplitude). Os animais pertencentes aos quatro grupos realizaram exercícios de flexo-extensão contínuas, diariamente, por 1 hora, através de um equipamento que atende aos princípios do mecanismo biela-manivela, o qual produz movimentos contínuos de flexo-extensão com grande e pequena amplitude, em frequência de 80 e 40 ciclos por minuto. Após 15 dias os animais foram sacrificados e de cada um a cartilagem articular do côndilo lateral do joelho direito foi retirada, incluída, cortada, corada com hematoxilina-eosina e analisada em fotomicroscópio. Pela análise histológica observou-se aumento do número de células na área da cartilagem articular definida para o estudo, nos quatro grupos exercitados, quando comparados ao respectivo controle. Os animais exercitados à velocidade de 80 ciclos por minuto e grande amplitude apresentaram um aumento no número de células quando comparados aos animais exercitados à velocidade de 40 ciclos por minuto em grande e pequena amplitude. O mesmo ocorreu com os animais exercitados com velocidade de 80 ciclos por minuto e pequena amplitude, comparados aos animais exercitados com velocidade de 40 ciclos por minuto e pequena amplitude. Quanto à análise das medidas de espessura foi encontrado aumento em todos os grupos em relação ao respectivo controle. Os animais exercitados à velocidade de 80 ciclos por minuto e grande amplitude apresentaram um aumento da medida de espessura quando comparados aos animais exercitados à velocidade de 40 ciclos por minuto e pequena amplitude, o mesmo ocorrendo com os animais exercitados com velocidade de 40 ciclos por minuto e pequena amplitude. Os dados demonstram que os exercícios de flexo-extensão contínua passiva estimulam aumento do número de células e aumento da espessura, não podendo ser atribuída como processo de lesão e, sim, como aumento de atividade metabólica e fator de proteção e adaptação. / This research had as objective to study the alterations of the articular cartilage of the knee of mices provoked by the variation of the movement width and of the frequency, using a machine of movement of passive continuous flexo-extension. 24 Wistar male mices were used, divided in four groups: G1 (exercised with 80 cycles/minute in great width), G2 (exercised with 80 cycles/minute in small width), G3 (exercised with 40 cycles/minute in great width) and G4 (exercised with 40 cycles/minute in small width). The animals belonging to the four groups accomplished flexo-extension exercises daily for 1 hour, through a equipment that assists to the principles of the \"rod-cranck\" mechanism, which produces continuous movements of flexo-extension with great width and small width in frequency of 80 and 40 cycles per minute. After 15 days the animals were sacrificed, the articular cartilage was collected, included, cut, colored with hematoxiline-eosine and analyzed in a photomicroscope. For the histologic analysis an increase of the number of cells was observed in every area of the articular cartilage in the 4 exercised groups when compared to the respective control, that the exercised animals at the speed of 80 cycles/minute and great width presented an increase in the number of cells when compared the exercised animals at the speed of 40 cycles/minute in great and small width, the same thing happening with the animals exercised with speed of 80 cycies/minute and small width, when compared to the exercised animals of 40 cycles/minute and small width. As the analysis of the measures of thickness it was found an increase in all the groups in relation to the respective control. The exercised animals at the speed of 80 cycles/minute and great width presented an increase of the measure of thickness when compared the exercised animals the speed of 40 cycles/minute and small width, the same happening with the animals exercised with speed of 40 cycles/minute and small width. The data demonstrate that the exercises of passive continuous flexo-extension stimulate an increase of the number of cells and increase of the thickness, not allowing us to attribute it as a Iesion process, but as an increase of metabolic activity as a protection and adaptation factor.
50

Análise da influência de um calçado flexível e desprovido de salto sobre a mecânica da marcha e a carga articular de indivíduos com osteoartrite de joelho / Influence of flexible footwear and without heel on the gait mechanics and joint loading in individuals with knee osteoarthritis

Souza, Francis Trombini de 25 May 2010 (has links)
A literatura tem dado evidências de que uso de um calçado flexível e desprovido de salto que reproduza as características cinemáticas e cinéticas da marcha descalça poderia reduzir as cargas articulares e a progressão da osteoartrite (OA) de joelho. Assim, o propósito deste estudo foi avaliar e comparar a influência do uso agudo de um calçado flexível, desprovido de salto e de baixo custo (Moleca®), de um calçado moderno de salto e da condição descalça sobre os padrões cinéticos e cinemáticos do membro inferior durante a marcha de idosas com e sem OA de joelho. Foi avaliada a marcha de 45 idosas: 21 com OA (GOA) grau 2 ou 3 pelos critérios de Kellgren e Lawrence e 24 assintomáticas como grupo controle (GC) entre 60 e 75 anos. Foram adquiridas a força reação do solo vertical e horizontal e a variação angular sagital do tornozelo, joelho e quadril nas condições: descalça, Moleca® e salto alto. Também foram calculados, para as mesmas condições, os picos e o impulso dos momentos de força de adução do joelho por dinâmica inversa. As comparações inter-grupos e intercondições foram realizadas por ANOVAs dois fatores, sendo as três condições de marcha, medidas repetidas. Em ambos os grupos, o uso agudo da Moleca® impôs ao tornozelo uma variação angular sagital semelhante à condição descalça. Observou-se também que, em ambos os grupos, o uso agudo da Moleca® e do salto, gerou um aumento da amplitude de movimento sagital e da flexão final do joelho. No GOA, o salto impôs maior flexão de quadril que a condição descalça. Em ambos os grupos, o salto e a Moleca® apresentaram aumento do 1º pico da força vertical em relação à marcha descalça. Por outro lado, a magnitude dessa variável foi ainda maior com o uso do salto em relação à Moleca®. No GOA, o uso agudo da Moleca® comparado à marcha descalça proporcionou maior atenuação da força vertical durante o médio apoio. Ainda no GOA, a Moleca® em relação ao salto proporcionou maior capacidade de desaceleração e aceleração. Em ambos os grupos, o uso da Moleca® proporcionou momento de adução do joelho semelhante à marcha descalça. A Moleca®, porém, foi ainda mais efetiva que a marcha descalça na diminuição do momento de adução do joelho durante o médio apoio. Conclui-se que o calçado flexível, desprovido de salto e de baixo custo (Moleca®), em idosas com OA de joelho, devido à associação das características cinemáticas dos membros inferiores e da força reação do solo, proporciona momentos de força resultantes no joelho semelhantes à marcha descalça e uma efetiva redução de sobrecarga em relação ao calçado de salto. O uso agudo da Moleca® permitiu também, em algumas fases do apoio, uma redução ainda maior do momento de força do joelho em relação à marcha descalça, com a vantagem, porém, de proporcionar proteção externa aos pés durante a locomoção. / The literature has been given evidences that the use of flexible and non-heeled footwear that reproduces the kinematic and kinetic characteristics of barefoot gait may reduce the joint loads and the progression of the knee osteoarthritis (OA). The purpose of this study was to evaluate and compare the influence of the acute use of flexible, non-heeled and inexpensive footwear (Moleca®), with a modern heeled shoe and barefoot condition on the lower limb kinetic and kinematic patterns during gait in elderly women with and without knee OA. The gait of 45 elderly women was evaluated: 21 with OA grade 2 or 3 (OAG) according to Kellgren and Lawrence´s criteria and 24 asymptomatic control group (CG) between 60 and 75 years. Vertical and horizontal ground reaction force, ankle, knee and hip sagittal angular variation were acquired in the follow conditions: barefoot, Moleca® and heeled shoe. Knee adduction moments and angular impulse were also calculated by inverse dynamics. Comparisons intergroups and inter-conditions were performed by two-way ANOVAs, and the three gait conditions were within factors. In both groups, the acute use of Moleca® produced ankle sagittal angular variation similar to barefoot condition. In the sagittal plane, the use of Moleca® and heeled shoe generated an increased knee range of motion and increased knee final flexion in both groups. In the OAG, the heeled shoe imposed an increased hip flexion compared to the barefoot condition. In both groups, the heeled shoe and Moleca® increased the 1st vertical force peak in comparison to barefoot condition. Moreover, the magnitude of this variable was even greater when using the heeled shoe compared to the Moleca®. In the OAG, the acute use of Moleca® provided greater attenuation of the vertical force in midstance. Also in the OAG, the Moleca® provided greater capacity of deceleration and acceleration in comparison to the heeled shoe. In both groups, the Moleca® provided joint loads to the knee medial compartment similar to barefoot gait. Moleca®, however, was even more effective than barefoot gait in reducing the knee loads during midstance. We conclude that flexible, nonheeled and inexpensive footwear (Moleca®), in elderly women with knee OA, due to the association of the lower limb kinematics and ground reaction force characteristics, provides loads on the knee joint similar to barefoot gait and a significant reduction of overloads in comparison to the heeled shoe. The Moleca® also allows, in some gait support phases, a greater reduction in the knee joint load compared to the barefoot gait; however, with the advantage of providing external protection to the feet during gait.

Page generated in 0.1038 seconds